Prefeitura de Belo Jardim - PE

PREFEITURA MUNICIPAL DE BELO JARDIM

ESTADO DE PERNAMBUCO

EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N.º 01/2007

O Município de Belo Jardim, Estado de Pernambuco, em cumprimento ao Art. 37, inciso II da Constituição Federal, informa que fará realizar, mediante as condições estabelecidas neste Edital, CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E DE PROVAS E TÍTULOS, para admissão de pessoal efetivo à sua estrutura, para os cargos indicados no “anexo I” deste Edital.

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1. O concurso será regido por este Edital e pelos princípios gerais do Direito que norteiam a Administração Pública.

1.2. O concurso destina-se a selecionar candidatos para admissão no quadro efetivo do Município de Belo Jardim aos cargos disposto no “anexo I” deste Edital, onde se encontram também dispostos os respectivos vencimentos, carga horária e exigências mínimas à admissão.

1.3. Os candidatos admitidos através do presente processo seletivo terão a relação de trabalho regida pelo regime jurídico estatutário.

1.4. O “anexo II” conterá o conteúdo programático que será utilizado à elaboração das questões das provas.

1.5. O processo seletivo ocorrerá por meio de aplicação de provas objetivas de caráter eliminatório e classificatório, e Provas de Títulos de caráter classificatório.

1.6. Os candidatos aprovados serão convocados para a realização dos procedimentos pré-admissionais e de exames médico complementares, de caráter unicamente eliminatório.

2. DOS CANDIDATOS

2.1. São requisitos indispensáveis aos candidatos quando da admissão:

2.1.1. Estarem quites com o serviço militar, se do sexo masculino.

2.1.2. Terem nacionalidade brasileira ou portuguesa, desde que estejam amparados pelo disposto no art. 12, § 1º da Constituição Federal.

2.1.3. Estarem quites com obrigação eleitoral.

2.1.4. Terem idade mínima de 18 (dezoito) anos.

2.2. Outros pré-requisitos constam no “anexo I” deste Edital.

3. DOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA FÍSICA

3.1. As pessoas portadoras de deficiências poderão participar do Concurso Público, desde que a deficiência seja compatível com as atribuições do cargo, na proporção de três por cento e no mínimo uma vaga, quando o numero ofertado for superior a uma vaga, conforme legislação vigente.

3.2. É considerada pessoa portadora de deficiência a que se enquadra nas categorias descritas no artigo 4º do Decreto Federal nº 3.298, de 20 de dezembro de 1999, cuja nova redação se encontra no Decreto nº 5.296, de 2 de dezembro de 2004.

3.3. Os portadores de deficiência participarão do concurso em igualdade de condições com os demais candidatos no que concerne ao conteúdo das provas, à avaliação e aos critérios de aprovação, ao local de aplicação das provas e à nota mínima exigida para aprovação nas diversas fases do certame.

3.4. Quando da inscrição, os portadores de deficiência deverão informar esta condições na ficha de inscrição e, caso necessário, requerimento para tratamento diferenciado nos dias do concurso, indicando as condições diferenciadas de que necessita para a realização das provas.

3.5. As solicitações de condições especiais serão atendidas de acordo com os critérios da razoabilidade e exeqüibilidade.

3.6. Os candidatos inscritos como portadores de deficiência serão convocados para se submeterem a junta pericial oficial ou credenciada pela Administração Pública, que será realizada antes da posse, e que terá decisão terminativa sobre a qualificação do candidato como deficiente ou não, o grau de deficiência ou não com as atribuições do cargo.

3.7. A compatibilidade entre as atribuições do cargo e a deficiência apresentada pelo candidato será avaliada, ainda, durante o estágio probatório.

3.8. O não comparecimento á convocação para a Perícia acarretará na eliminação do candidato do Concurso.

3.9. A perícia será realizada, preferencialmente, por especialista na área de deficiência de cada candidato, devendo o laudo ser proferido no prazo de cinco dias úteis contados a partir da data da realização do exame.

3.10. Quando a perícia concluir pela inaptidão do candidato, havendo recurso, constituir-se-á junta pericial para nova inspeção, da qual poderá participar profissional indicado pelo interessando e sua indicação ser feita no prazo de três dias úteis, contados a partir da data de ciência do laudo.

3.11. A junta pericial deverá apresentar o laudo conclusivo no prazo de cinco dias úteis contados a partir da data da realização do exame.

3.12. Não caberá qualquer recurso da decisão proferida pela junta pericial referenciada no item anterior.

3.13. O candidato que não for qualificado pela junta pericial oficial ou credenciada como portador de deficiência, nos termos do art.4º do Decreto Federal nº 3.298, de 20 de dezembro de 1999, cuja nova redação se encontra no Decreto nº 5.296, de 2 de dezembro de 2004, perderá o direito de concorrer ás vagas reservadas a candidatos em tal condição e passará a concorrer juntamente com os demais candidatos.

3.14. O candidato que for qualificado pela junta pericial ou credenciada como portador de deficiência, mas esta seja considerada, pela perícia, incompatível para o exercício do cargo, será considerado INAPTO e, conseqüente, eliminado do Concurso, para todos os efeitos.

3.15. Das vagas destinadas aos portadores de deficiência, aquelas que não forem preenchidas, em virtude da inexistência de candidatos aprovados em número suficiente ou em decorrência de reprovação no concurso ou na perícia, serão incorporadas as destinadas à ampla disputa.

4. DAS INSCRIÇÕES

4.1. Período: De 10 a 26 de janeiro de 2007 (exceto sábados, domingos e feriados), no horário de 8 as 12 h e das 14 as 17 h.

Local: As inscrições serão realizadas no Prédio do Anexo da Câmara Municipal de Belo Jardim localizada a Rua Siqueira Campos, 189, Centro, Belo Jardim – PE.

4.2. No ato da inscrição, o candidato deverá:

4.2.1. Inscrição presencial.

4.2.1.1. Adquirir o Manual de Inscrição pelo valor de R$ 5,00 (cinco reais).

4.2.1.2. Preencher a Ficha do Candidato que acompanha o Manual.

4.2.1.3. Pagar a taxa de inscrição em qualquer agência bancaria ou correspondente bancário que utilize para recebimentos o código FEBRABAN.

4.2.1.4. Entregar comprovante de pagamento e a Ficha do Candidato no local de inscrição para receber seu Comprovante de Inscrição validado.

4.2.1.5. Não haverá entrega de cartão de inscrição em data posterior, a relação de inscritos e os locais de provas serão divulgados no site www.neconsultoria.com.br em 15 de fevereiro de 2007.

4.2.2. Inscrição pela internet.

4.2.2.1. A inscrição poderá ser através da internet, no endereço eletrônico www.neconsultoria.com.br.

4.2.2.2. Para os candidatos que solicitarem sua inscrição por meio da internet não haverá taxa de aquisição do manual do candidato, devendo o mesmo fazer download do edital e seus anexos no endereço eletrônico www.neconsultoria.com.br.

4.2.2.3. O Documento para o pagamento da taxa de inscrição e aquisição do manual estará disponível no endereço eletrônico www.neconsultoria.com.br.

4.2.2.4. A Nordeste Consultoria não se responsabilizará por solicitação de inscrição não recebida por motivos de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, bem como outros fatores que impossibilitem a transferência de dados.

4.2.2.5. As inscrições efetuadas somente serão acatadas após a comprovação de pagamento da taxa de inscrição.

4.3. O período de inscrições poderá ser prorrogado a critério da Administração Municipal.

4.4. As taxas de inscrições corresponderão ao valor de R$ 25,00 (vinte e cinco reais) para os cargos de nível elementar, R$ 50,00 (cinqüenta reais) para os cargos do nível intermediário e R$ 75,00 (setenta e cinco reais) para os cargos do nível superior.

4.5. A efetivação da inscrição presencial só ocorrerá quando o candidato devolver a Ficha do Candidato, devidamente preenchido e quitado, e receber o Comprovante de Inscrição validado.

4.6. Não haverá sob hipótese alguma, isenção total ou parcial da taxa de inscrição.

4.7. No caso de inscrição por terceiro, mediante procuração simples, especificar, no instrumento de mandato, o cargo ou emprego ao qual se candidata, juntando à inscrição a cópia da Cédula de Identidade do outorgante. O candidato inscrito por procuração, assume total responsabilidade pelas informações prestadas por seu procurador.

4.8. Em nenhuma hipótese haverá devolução do valor pago a título de inscrição.

4.9. O candidato é responsável por todas as informações contidas na Ficha do Candidato, sendo eliminado do certame caso preste uma informação inexata.

4.10. O candidato só poderá inscrever-se utilizando os códigos dispostos no “Anexo I” deste Edital; caso haja desistência do cargo, o candidato deverá efetuar uma nova inscrição, sem devolução da taxa paga anteriormente.

4.11. Os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos no presente Edital serão apresentados por ocasião da posse.

4.12. A relação dos inscritos será divulgada na internet no endereço eletrônico www.neconsultoria.com.br, em 15 de fevereiro de 2007, devendo ser observada pelos candidatos, visto que será contado desta data, o prazo de 05 dias úteis, para qualquer requerimento dos candidatos em relação à sua inscrição (inclusão, alteração de dados, etc).

4.13. O candidato que pagar o valor da taxa de inscrição não correspondente ao cargo, constará em relação de inscrições pendentes, e terá que fazer opção a um dos cargos referente ao valor pago, no prazo estabelecido no item 4.12, caso contrário, a inscrição será indeferida por haver divergência da taxa paga com o cargo apontado na Ficha do Candidato.

4.14. Havendo divergência entre o código e o nome do cargo, será considerado como válida a informação do código.

5. DAS PROVAS

5.1. Nível Elementar.

5.1.1. Auxiliar de Serviços Gerais, Operador de Máquina e Tratorista.

5.1.2. Para os cargos de Auxiliar de Serviços Gerais, Operador de Máquina e Tratorista, a prova contará de 20 (vinte) questões de raciocínio Lógico.

5.2. Nível Intermediário.

5.2.1. Auxiliar Administrativo, Coordenador Executivo, Fiscal Fazendário, Motorista, Professor Educação Especial, Professor I, Professor II, Técnico em Agropecuária, Técnico em Enfermagem e Técnico em Laboratório.

5.2.2. Para os cargos de Auxiliar Administrativo, Coordenador Executivo e Fiscal Fazendário, a prova constará de 30 (trinta) questões, sendo 15 (quinze) questões de Português, 10 (dez) questões de matemática e 05 (cinco) questões de Conhecimentos globais.

5.2.3. Para os cargos de Motorista e Técnico em Enfermagem, a prova constará de 30 (trinta) questões, sendo 15 (quinze) questões de conhecimentos específicos, 10 (dez) questões de Português e 05 (cinco) questões de Matemática.

5.2.4. Para os cargos de Professor I/ Educação Especial e Professor I, a prova constará de 30 (trinta) questões, sendo 10 (dez) questões de Português, 05 (cinco) questões de Matemática, 05 (cinco) questões de ciências, 05 (cinco) questões de conhecimentos globais e 05 (cinco) questões de Conhecimentos Pedagógicos.

5.2.5. Todas as questões serão de Múltipla escolha, sendo 01 (uma) correta.

5.3. Nível Superior.

5.3.1. Arquiteto, Assistente Social, Coordenador Técnico Pedagógico, Enfermeiro, Médico Clínico, Médico Ginecologista, Médico Pediatra, Odontólogo, Professor II (Ciências, Educação Física, Geografia, História, Língua Portuguesa e Matemática) e Psicólogo.

5.3.2. Arquiteto, Assistente Social, Coordenador Técnico Pedagógico, Enfermeiro, Médico Clínico, Médico Ginecologista, Médico Pediatra, Odontólogo e Psicólogo, a prova constará de 30 (trinta) questões, sendo 25 (vinte e cinco) questões de conhecimentos específicos e 05 (cinco) questões de Português.

5.3.3. Professor II (Ciências, Educação Física, Geografia, História e Matemática), a prova constará de 30 (trinta) questões, sendo 20 (vinte) questões de conhecimentos específicos, 05 (cinco) questões de Português e 05 (cinco) questões de Conhecimentos Pedagógicos.

5.3.4. Professor II (Língua Portuguesa), a prova constará de 30 (trinta) questões, sendo 20 (vinte) questões de conhecimentos específicos, 05 (cinco) questões de Literatura e 05 (cinco) questões de Conhecimentos Pedagógicos.

5.3.5. Todas as questões serão de múltipla escolha, sendo 01(uma) correta.

5.4. Os programas para todos os cargos estão disponíveis no Manual do Candidato.

6. DA REALIZAÇÃO DAS PROVAS

6.1. A prova objetiva será realizada no dia 25 de fevereiro de 2007 em horário e local a ser divulgado no site www.neconsultoria.com.br, no Diário Oficial do Estado e na sede da Prefeitura Municipal de Belo Jardim em 16 de janeiro de 2007.

6.2. O candidato deverá comparecer ao local da realização das provas com antecedência mínima de 01(uma) hora, munido do Documento de Identidade original, Comprovante de Inscrição e caneta esferográfica azul ou preta.

6.3. Serão considerados documentos de identidade: Carteiras expedidas pelos militares, pelas Secretarias de Segurança Pública, pelos Institutos de Identificação e pelos Corpos de Bombeiros Militares; carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (Conselhos, Ordens, etc.); Passaporte; Certificado de Reservista; carteiras funcionais do Ministério Público; carteiras funcionais expedidas por órgãos públicos que, por lei federal, valham como identidade; Carteira de Trabalho; Carteira Nacional de Habitação (somente o modelo com foto).

6.4. Não será permitida, durante a realização das provas, a comunicação entre os candidatos nem a utilização de máquina calculadora e/ou similares, livros, anotações, impressos e/ou qualquer outro material de consulta. Não será permitida, também, a entrada de candidatos portando armas e/ou a utilização de aparelhos eletrônicos (celular, bip, telefone, walkman, receptor, gravador, etc.).

6.5. Acarretará a eliminação do candidato do processo seletivo, sem prejuízo das sanções penais cabíveis, à burla ou a tentativa de burla a quaisquer das normas definidas neste edital e/ou em outros editais relativos ao concurso, nos comunicados e/ou nas instruções constantes de cada prova, bem como o tratamento incorreto e/ou descortês a qualquer pessoa envolvida na aplicação das provas.

6.6. Terá sua prova anulada e será automaticamente eliminado do concurso o candidato que, durante a realização das provas:

6.6.1. Usar ou tentar usar meios fraudulentos e/ou ilegais para a sua realização;

6.6.2. For surpreendido dando e/ou recebendo auxílio para a execução de quaisquer provas;

6.6.3. Faltar com a devida cortesia para com qualquer membro da equipe de aplicação da prova, as autoridades presentes e/ou aos demais candidatos;

6.6.4. Recusar-se entregar o material de prova ao término do tempo estabelecido.

6.6.5. Afastar-se da sala, a qualquer tempo, sem o acompanhamento do fiscal;

6.6.6. Ausentar-se da sala, a qualquer tempo, portando a folha de resposta e/ou a folha de rascunho;

6.6.7. Descumprir as instruções contidas no caderno de provas;

6.6.8. Perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos, incorrendo em comportamento indevido,

6.6.9. Quando, após as provas, for constatado, por meio eletrônico, estatístico, visual ou grafológico, ter o candidato utilizado processos ilícitos, suas provas serão anuladas e ele será automaticamente eliminado do concurso.

6.7. No dia de realização das provas, não serão fornecidas, por qualquer membro da equipe de aplicação de prova e/ou qualquer outro presente, informações referentes ao conteúdo das provas.

6.8. Não haverá segunda chamada para nenhuma das provas.

6.9. O tempo máximo de duração, das provas, será de 03(três) horas a partir do início da sua realização, que será determinado pelo fiscal.

7. DA AVALIAÇÃO DA PROVA OBJETIVA

7.1. A prova terá um valor máximo de 100 (cem) pontos.

7.2. O candidato que obtiver nota inferior a 50(cinqüenta) pontos na prova objetiva (escrita-eliminatória) será desclassificado.

7.3. Qualquer candidato que deixar de comparecer a prova objetiva (escrita-eliminatoria), qualquer que seja o motivo, será, de pronto, desclassificado.

7.4. Os gabaritos das provas objetivas serão divulgados no site www.neconsultoria.com.br, 48 (quarenta e oito) horas após o término aplicação.

8. DA CLASSIFICAÇÃO DA PROVA OBJETIVA

8.1. Os candidatos serão classificados se obtiverem nota igual ou superior a 50(cinqüenta) pontos.

8.2. A classificação final dos candidatos obedecerá à ordem decrescente das notas finais por código a que está inscrito, já devidamente aplicado o critério de desempa

9. DA PROVA DE TÍTULOS

9.1. Será realizada a prova de títulos com os candidatos ao cargo de Professor e Coordenador Técnico Pedagógico que obtiverem nota superior a 50 (cinqüenta) pontos na prova objetiva.

9.2. Para o Cargo de Professor I, Professor I/ Educação Especial e Coordenador Técnico Pedagógico a Prova de Títulos valoração de 5 a 20 pontos, não cumulativa, aplicada apenas aos candidatos classificados na prova objetiva.

1.0TÍTULOS DE PÓS-GRADUAÇÃO – (não cumulativo).Valor Unitário
1.1Doutorado “Scritu Sensu” ou Livre docência sem área de concentração conexa àquela da especialidade de conhecimento objeto do Concurso, reconhecida pelo MEC.20
1.2Mestrado “Scritu Sensu” sem área de concentração conexa àquela da especialidade de conhecimento objeto do Concurso, reconhecida pelo MEC.15
1.3Especialização “Latu Sensu” com exigência de aproveitamento e freqüência, com duração mínima de 360 horas, em área de concentração conexa àquela da especialidade de conhecimento objeto do Concurso ou, ainda, conclusão com aproveitamento comprovado pelos conceitos de todos os créditos de Mestrado ou Doutorado em área de concentração conexa àquela da especialidade de conhecimento objeto do Concurso, reconhecida pelo MEC.10
1.4Licenciatura Plena ou Graduação em Pedagogia e/ou nas áreas objeto deste concurso, desde que não sejam pré‑requisitos para o emprego.05

9.3. Para o cargo de Professor II a Prova de Títulos terá valoração de 10 a 20 pontos, não cumulativa, aplicada apenas aos candidatos classificados na prova objetiva, conforme tabela abaixo:

2.0

TÍTULOS DE PÓS-GRADUAÇÃO – (não cumulativo).

Valor Unitário

2.1

Doutorado “Scritu Sensu” ou Livre docência sem área de concentração conexa àquela da especialidade de conhecimento objeto do Concurso, reconhecida pelo MEC.

20

2.2

Mestrado “Scritu Sensu” sem área de concentração conexa àquela da especialidade de conhecimento objeto do Concurso, reconhecida pelo MEC.

15

2.3

Especialização “Latu Sensu” com exigência de aproveitamento e freqüência, com duração mínima de 360 horas, em área de concentração conexa àquela da especialidade de conhecimento objeto do Concurso ou, ainda, conclusão com aproveitamento comprovado pelos conceitos de todos os créditos de Mestrado ou Doutorado em área de concentração conexa àquela da especialidade de conhecimento objeto do Concurso, reconhecida pelo MEC.

10

9.4. Os títulos dos candidatos aprovados na prova objetiva deverão ser entregues no local de realização das inscrições em data e horário a ser informado após a divulgação do resultado da prova objetiva.

9.5. Os títulos deverão ser apresentados em cópia xerográfica legível, devidamente autenticado acompanhado do formulário (anexo III) dentro de envelope tamanho A4.

9.6. A inexatidão da informação, a falta de autenticação e/ou o não comparecimento no período de entrega dos documentos caracterizará a eliminação do candidato.

9.7. A pontuação para os cargos de professor poderá ser de até 120(cento e vinte) pontos, sendo 100(cem) pontos da prova objetiva e 20(vinte) pontos de títulos.

9.8. Será realizada a prova de títulos para os candidatos ao cargo de nível superior que obtiverem nota superior a 50(cinqüenta) pontos na prova objetiva.

10. DOS RECURSOS

10.1. Serão admitidos recursos quanto: a) à formulação das questões; b) à opção considerada como certa nas provas objetivas; c) ao resultado das provas e; d) ao resultado final do Concurso Público.

10.2. Admitir-se-á um único recurso para cada candidato, para cada evento, sendo desconsiderado recurso de igual teor.

10.3. Somente serão apreciados os recursos expressos em termos convenientes e que apontarem as circunstâncias que os justifiquem, bem como tiverem indicados o nome do candidato, número de sua inscrição, cargo e endereço para correspondência, se interposto dentro do prazo.

10.4. O(s) ponto(s), à(s) questão (ões) eventualmente anulada(s) será (ão) atribuído(s) a todos os candidatos que participam do certame.

10.5. O prazo para interposição de recurso será de 48(quarenta e oito) horas após a divulgação oficial do resultado, no caso de recurso referente à formulação de questão, resultado das provas objetivas e gabaritos, a contar da divulgação oficial dos respectivos.

10.6. O recurso interposto fora do prazo acima especificado, não será apreciado, por ser intempestivo.

10.7. Os recursos deverão ser protocolados em 03(três) vias junto na Secretaria de Saúde da Prefeitura Municipal de Belo Jardim.

11. DO RESULTADO DA PROVA OBJETIVA

11.1. O resultado da prova objetiva ocorrerá no prazo máximo de 30 dias após a realização das provas.

11.2. A lista de aprovados será publicada em ordem decrescente, de acordo com a nota obtida, segundo as informações contidas na Ficha de Inscrição.

11.3. Será publicado o resultado das provas na Sede da Prefeitura e no site www.neconsultoria.com.br.

12. DO RESULTADO FINAL

12.1. O resultado final para os cargos que não forem submetidos à prova de títulos será o resultado da prova objetiva, e para os cargos que participem das provas de títulos será o resultado da prova objetiva acrescido do valor da prova de títulos e poderá chegar a 120 (cento e vinte) pontos.

13. DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE

13.1. Em caso de igualdade de notas, o desempate beneficiará sucessivamente o candidato que:

13.1.1. Tiver maior número de acertos nas questões específicas da prova objetiva.

13.1.1.1. Para o cargo de Professor I e Professor I/ Educação Especial conhecimentos pedagógicos é considerado conhecimento específico da área.

13.1.1.2. Para o cargo Professor II/ Letras Literatura faz parte dos conhecimentos específicos.

13.1.2. Tiver maior número de acertos nas questões de português.

13.1.3. Tiver maior número de acertos nas questões de matemática. 13.1.4. Tiver maior idade civil.

13.2. Quando a prova objetiva não tiver questões específicas o desempate inicia-se pelo item seguinte.

14. DOS CRITÉRIOS DE ADMISSÃO

14.1. A admissão obedecerá rigorosamente à ordem de classificação final para cada código de inscrição, ficando a concretização desse ato, condicionada às disposições legais e às necessidades de pessoal do Município de Belo Jardim.

14.2. Para todas as categorias, são condições de admissão:

14.2.1. Estar quite com o serviço militar, se do sexo masculino;

14.2.2. Estar quite com a obrigação eleitoral.

14.2.3. Apresentar cópia da Cédula de Identidade, Título de Eleitor, Certidão de Nascimento e/ou Casamento e CPF.

14.2.4. Comprovação do nível de escolaridade e/ou habilitação legal para o exercício do cargo.

14.2.5. Declaração de bens.

14.2.6. Declaração negativa de acumulação de cargo público.

14.2.7. Gozar de boa saúde física e mental comprovada mediante exame médico, determinado pelo Município de Belo Jardim.

14.2.8. Uma fotografia recente tipo 3x4.

14.2.9. Idade mínima de 18 anos.

14.3. O candidato deverá comprovar, na data de admissão, às informações constantes na inscrição.

15. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

15.1. O concurso terá prazo de validade de 02 (dois) anos, contado da data de sua homologação, prorrogável por mais 02 (dois) anos consecutivo, a critério da Administração Municipal, por Decreto específico.

15.2. O resultado final do concurso será homologado pelo Senhor Prefeito do Município de Belo Jardim.

15.3. A inscrição do candidato importará no conhecimento das presentes instruções e na aceitação tácita das condições do concurso, tais como se acham estabelecidas neste Edital.

15.4. A inexatidão das informações ou as irregularidades dos documentos eliminarão o candidato ao concurso, tornado sem efeito os atos decorrentes da inscrição.

15.5. A chamada para admissão poderá ser feita por mala direta ou comunicação via Correios, unicamente pelo endereço constante da Ficha do Candidato ou de sua alteração, ou por edital publicado no Diário Oficial do Estado.

15.6. O Município de Belo Jardim excluirá do concurso àquele que não atender à chamada para admissão, no prazo de 30(trinta) dias, convocando no seu lugar o imediatamente classificado.

15.7. O candidato admitido deverá cumprir estágio probatório por período de 03 (três) anos, quando adquirirá a estabilidade após avaliação especial de desempenho, conforme art. 41 da Constituição Federal.

15.8. O candidato residente neste ou em outro Município se classificado e nomeado, não terá direito à ajuda de custo para se deslocar até o local de trabalho, exceto quando determinado em Lei.

15.9. A classificação não assegura ao candidato o direito ao ingresso automático, mas apenas a expectativa de ser admitido, segundo as rigorosas ordens classificatórias, ficando a concretização deste ato, condicionada à observância das disposições legais pertinentes e, sobretudo, ao interesse e conveniência do Município de Belo Jardim.

15.10. O candidato aprovado e classificado sendo convocado poderá exercer sua função na zona urbana ou rural de acordo com a necessidade do Município de Belo Jardim.

15.11. Não será fornecido ao candidato, qualquer documento comprobatório de classificação.

15.12. Qualquer alteração no presente Edital será feita através de publicação afixada nos quadros de avisos da Prefeitura e no Diário Oficial do Estado.

15.13. Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Organizadora do Concurso Público, criada por ato do Exmo. Sr. Prefeito do Município de Belo Jardim e de acordo com as normas legais vigentes.

15.14. Publique-se e cumpra-se.

Gabinete do Prefeito Municipal de Belo Jardim (PE), 09 de janeiro de 2007.

João Mendonça
Prefeito

ANEXO I

Cód.

Cargo

Exigência

Vagas

Vencimento Base em R$

Carga Horária Semanal

E 01

Auxiliar de Serviços Gerais

Alfabetizado

50

350,00

150 h mensais

E 02

Operador de Máquina

Alfabetizado e experiência comprovada de dois anos

02

350,00

40 h

E 03

Tratorista

Alfabetizado e experiência comprovada de dois anos

02

400,00

40 h

I 04

Auxiliar Administrativo

1a Fase do Ensino Fundamental

20

350,00

40 h

I 05

Coordenador Executivo

Ensino Médio Completo

10

700,00

40 h

I 06

Fiscal Fazendário

Ensino Fundamental Completo

04

440,00

40 h

I 07

Motorista

1a Fase do ensino Fundamental e CNH tipo “D”

06

400,00

40 h

I 08

Professor I

Titulação em formação para o magistério em nível médio e/ou Graduação com habilitação em magistério.

188

354,20

150 h mensais

I 09

Professor I – Educação Especial

Titulação em formação para o magistério em nível médio e/ou Graduação com habilitação em magistério.

12

354,20

150 h mensais

I 10

Técnico em Enfermagem

Curso de Técnico em Enfermagem e Registro no COREN

15

350,00

40 h

S 11

Arquiteto

Graduação em Arquitetura

01

700,00

20 h

S 12

Assistente Social

Graduação em Serviço Social e registro no CRESS

03

700,00

20 h

S 13

Coordenador Técnico Pedagógico

Graduação em Pedagogia

05

700,00

40 h

S 14

Enfermeiro

Graduação em enfermagem e registro no COREN

06

583,22

20 h

S 15

Médico Clínico

Graduação em Medicina e registro no CRM.

05

880,00

20 h

S 16

Médico Ginecologista

Curso superior completo em Medicina com residência médica em Ginecologia credenciada pelo MEC ou título de Mestrado ou Doutorado em Ginecologia, e registro no CRM.

01

880,00

20 h

S 17

Médico Pediatra

Curso superior completo em Medicina com residência médica em Pediatria credenciada pelo MEC ou título de Mestrado ou Doutorado em Pediatria, e registro no CRM.

01

880,00

20 h

S 18

Odontólogo

Graduação em Odontologia e registro no CRO.

06

400,00

20 h

S 19

Professor II – Ciências

Graduação em Licenciatura Plena nas diversas disciplinas da área relacionada à sua atuação no ensino de 5ª a 8ª série do Ensino Fundamental.

01

525,08

150 h mensais

S 20

Professor II – Educação Física

Graduação em Licenciatura Plena nas diversas disciplinas da área relacionada à sua atuação no ensino de 5ª a 8ª série do Ensino Fundamental.

01

525,08

150 h mensais

S 21

Professor II – Geografia

Graduação em Licenciatura Plena nas diversas disciplinas da área relacionada à sua atuação no ensino de 5ª a 8ª série do Ensino Fundamental.

01

525,08

150 h mensais

S 22

Professor II – História

Graduação em Licenciatura Plena nas diversas disciplinas da área relacionada à sua atuação no ensino de 5ª a 8ª série do Ensino Fundamental.

01

525,08

150 h mensais

S 23

Professor II – Língua Portuguesa

Graduação em Licenciatura Plena: Português / Inglês ou Português/ Espanhol nas diversas disciplinas da área relacionada à sua atuação no ensino de 5ª a 8ª série do Ensino Fundamental.

01

525,08

150 h mensais

S 24

Professor II – Matemática

Graduação em Licenciatura Plena nas diversas disciplinas da área relacionada à sua atuação no ensino de 5ª a 8ª série do Ensino Fundamental.

01

525,08

150 h mensais

S 25

Psicólogo

Graduação em Psicologia e registro no CRP

02

400,00

20 h

ANEXO II – CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Nível Elementar

AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS, OPERADOR DE MÁQUINA E TRATORISTA: A PROVA CONSTARÁ DE 20 (VINTE) QUESTÕES DE RACIOCÍNIO LÓGICO.

Nível Intermediário

CONTEÚDO COMUM A TODOS OS CARGOS DE NÍVEL INTERMEDIÁRIO

PORTUGUÊS: Leitura, Analise, Compreensão e interpretação de textos. Estudo de classes de palavras (flexão de gênero, número e grau); substantivo; adjetivo; artigo; numeral; pronome; verbo; advérbio; conjunção; preposição; interjeição, Crase, Pontuação. Ortografia, emprego do porquê, por que, por quê, porque. Acentuação gráfica.

MATEMÁTICA: NÚMEROS NATURAIS E INTEIROS: adição, subtração, multiplicação e divisão; Números primos e compostos; Maior divisor comum e menor múltiplo comum; Sistemas de numeração, sistema decimal; Calculo de valor de um termo desconhecido em uma igualdade; Números Racionais: frações, números decimais, noções de ordem, potenciação e percentagem, regra de três simples e composta, juros simples, Sistema de medidas de comprimento, de superfície, de volume, de capacidade e de massa; Operações Algébricas, Produtos Notáveis; Fatoração Algébrica; Média aritmética Simples e ponderada e média geométrica; Introdução a Geometria.

CONTEÚDO ESPECÍFICO DOS CARGOS DE NÍVEL INTERMEDIÁRIO

AUXILIAR ADMINISTRATIVO

CONHECIMENTOS GLOBAIS: O Mundo em que vivemos: O Sistema Solar, A Tera; Brasil: Localização, Divisão Politico-Administrativa, Aspectos Físicos, Humanos e Econômicos, As regiões geográficas brasileiras; PERNAMBUCO: Divisão, Aspectos Físicos, Humanos e Econômicos, Municípios; BELO JARDIM: Divisão, Distritos, Aspectos históricos, Aspectos Culturais e seus dilemas, Aspectos Econômicos, disputas políticas, aspectos econômicos, artes do seu povo, identidades Étnicas; O Descobrimento do Brasil: Os primeiros habitantes, capitanias hereditárias, Governos Gerais, Invasões; O Brasil Império: Independência, o primeiro reinado, as Regências, Segundo Reinado; O Brasil Republica: Proclamação da Republica, Os governos Republicanos, Os poderes que governam a Nação e o Estado.

COORDENADOR EXECUTIVO

Elementos da Administração; Organização do Espaço Brasileiro Contemporâneo, Economia Política, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Técnicas de organização de escritório, informática em secretariado, psicologia geral e social, administração das relações humanas no trabalho, elementos de contabilidade.

FISCAL FAZENDÁRIO

Orçamento público: O orçamento na Constituição Federal de 1988, Evolução do Orçamento Público, Os Princípios Orçamentários, O Orçamento-programa, O Processo Orçamentário, A Execução Orçamentária, A Avaliação Orçamentária; Receita pública: Conceito, A Receita Orçamentária, Classificação da Receita Orçamentária, Receita Extra-orçamentária, Estágio da Receita Pública; Despesa pública: Conceito, Despesa Orçamentária, Classificação da Despesa Orçamentária, Despesa Extra-orçamentária, Estágio de Despesa Pública, Contablização da Despesa Pública; Os restos a pagar; despesas de exercícios anteriores; licitação: Conceito, Legislação Aplicada, Edital, Modalidades de Licitação, a execução orçamentária na administração federal: O Sistema Integrado de Administração Financeira SIAF, Os Documentos da Execução Orçamentária, O Plano de Contas, A Tabela de Eventos, Roteiros de Contablização, O Ambiente de Processamento da Execução Orçamentária, INVENTÁRIO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: Material Permanente, Material de Consumo, AS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: O Balanço Orçamentário, O Balanço Financeiro, O Balanço Patrimonial, A Demonstração das Variações Patrimoniais, Outros Anexos, TOMADAS E PRESTAÇÃO DE CONTAS: Prazos, Documentos, Responsáveis. Lei tributária. Fato gerador. Base de cálculo. Alíquota. Lançamentos – modalidades: por declaração, de ofício e por homologação, revisão, atualização de valores imobliários, recursos contra lançamentos. Crédito tributário – exigiblidade, extinção, pagamento, decadência, prescrição, exclusão, anistia, cobrança judicial. Imunidade e isenção – isenções: unilaterais, bilaterais, subjetivas e objetivas. Incidência e não incidência. Bitributação e “BIS IN IDEM”. Parafiscalidade e extrafiscalidade. Normas gerais de direito financeiro e tributário. Tributos e outras receitas municipais. Impostos privativos – imposto predial urbano (IPTU): zona urbana – incidência, alíquotas, base de cálculo e contribuintes, imposto sobre transmissão “inter vivos” de imóveis e de direitos reais (ITBI), imposto sobre serviço de qualquer natureza (ISS) – incidência, base de cálculo e contribuinte. Impostos partilhados – imposto de renda, imposto teritorial rural (ITR), imposto sobre a propriedade de veículos automotores (IPVA), imposto sobre operações relativas ‘a circulação de mercadorias e sobre prestações de serviço de transporte interestadual e intermunicipal e de comunicação (ICMS), imposto sobre produtos industrializados (IPI), fundo de participação dos municípios (FPM) e outros fundos. Tributos comuns – taxas diversas e contribuição de melhoria. Outras receitas – preços, empréstimos, financiamentos, auxílios e subvenções. Tributos municipais: critérios estruturais; princípios constitucionais; da progressividade; isenções tributárias; do processo administrativo. Autonomia e competência tributária do município. Extinção do crédito tributário. Código Tributário Municipal.

MOTORISTA

Regulamento Do Transito; Placas De Regulamento; Placas De Advertência; Conhecimentos Básicos Em Mecânica De Automóveis; Conhecimentos Básicos Em Eletricidade De Automóveis, Código De Trânsito Brasileiro. Conhecimentos De Mecânica Em Veículos Automotores: Classificação; Motor De Combustão Interna; Sistemas De Alimentação, Distribuição E Inflamação; Sistema Completo De Carburação Simples E Dupla; Processo De Injeção Eletrônica De Combustível; Processo De Lubrificação De Motores; Refrigeração De Motores; Sistema De Transmissão; Sistema De Freio E De Direção; Chassi E Caroceria; Sistema De Suspensão; Órgãos De Rodagem. Sistema Elétrico De Automóveis; Distribuidor – Suas Funções E Panes Mais Comuns; Alternador – Suas Funções, Tipos De Voltagem, Defeitos Mais Comuns E Como Consertá-Los; Bateria- Amperagem, Tipos E Funções Da Bateria; Sistema De Injeção Eletrônica De Combustível; Velas; Ignição; Platinado; Condensador; Sistema Elétrico Da Refrigeração De Autos; Instalação Elétrica De Autos Em Geral; Fusíveis – Amperagem, Características e Funções.

PROFESSOR I

CIÊNCIAS: Propriedade da matéria; Estados físicos da matéria; Mudanças de Estado físico da matéria; Misturas homogêneas e heterogêneas; Formas de Energia; Ciclos da Água na Natureza; Luz, Calor e Temperatura; Fotossíntese; Órgãos dos sentidos; Digestão, Respiração, Circulação e vias de eliminação de dejetos; Características sexuais primarias.

CONHECIMENTO GLOBAL: O Mundo em que vivemos: O Sistema Solar, A Tera; Brasil: Localização, Divisão Politico-Administrativa, Aspectos Físicos, Humanos e Econômicos, As regiões geográficas brasileiras; Pernambuco: Divisão, Aspectos Físicos, Humanos e Econômicos, Municípios; Belo Jardim: Divisão, Distritos, Aspectos históricos, culturais e econômicos; O Descobrimento do Brasil: Os primeiros habitantes, capitanias hereditárias, Governos Gerais, Invasões; O Brasil Império: Independência, o primeiro reinado, as Regências, Segundo Reinado; O Brasil Republica: Proclamação da Republica, Os governos Republicanos, Os poderes que governam a Nação e o Estado.

CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS: Lei 9394/96 (LDB); Diretrizes Curiculares Nacionais; Parâmetros Curiculares Nacionais; Tendências Pedagógicas: Projeto Pedagógico Tradicional, Projeto Pedagógico Escola Nova, Projeto Pedagógico Tecnicista, Projeto Pedagógico Progressista; Concepções da teoria sócio­construtivista; Didática e Conhecimento; Planejamento Escolar (Elaboração de planos de ensino, de projetos); Contribuições da Psicologia para o processo de ensino aprendiz na Educação; Avaliação Escolar (concepções, funções, instrumentos).

PROFESSOR I/ EDUCAÇÃO ESPECIAL

CIÊNCIAS: Propriedade da matéria; Estados físicos da matéria; Mudanças de Estado físico da matéria; Misturas homogêneas e heterogêneas; Formas de Energia; Ciclos da Água na Natureza; Luz, Calor e Temperatura; Fotossíntese; Órgãos dos sentidos; Digestão, Respiração, Circulação e vias de eliminação de dejetos; Características sexuais primarias.

CONHECIMENTO GLOBAL: O Mundo em que vivemos: O Sistema Solar, A Tera; Brasil: Localização, Divisão Politico-Administrativa, Aspectos Físicos, Humanos e Econômicos, As regiões geográficas brasileiras; Pernambuco: Divisão, Aspectos Físicos, Humanos e Econômicos, Municípios; Belo Jardim: Divisão, Distritos, Aspectos históricos, culturais e econômicos; O Descobrimento do Brasil: Os primeiros habitantes, capitanias hereditárias, Governos Gerais, Invasões; O Brasil Império: Independência, o primeiro reinado, as Regências, Segundo Reinado; O Brasil Republica: Proclamação da Republica, Os governos Republicanos, Os poderes que governam a Nação e o Estado.

CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS: Lei 9394/96 (LDB); Diretrizes Curiculares Nacionais; Parâmetros Curiculares Nacionais; Tendências Pedagógicas: Projeto Pedagógico Tradicional, Projeto Pedagógico Escola Nova, Projeto Pedagógico Tecnicista, Projeto Pedagógico Progressista; Concepções da teoria sócio­construtivista; Didática e Conhecimento; Planejamento Escolar (Elaboração de planos de ensino, de projetos); Contribuições da Psicologia para o processo de ensino aprendiz na Educação; Avaliação Escolar (concepções, funções, instrumentos). Fundamentos e princípios da educação inclusiva; Legislação: Constituição, LDB e Convenção da Guatemala; Atendimento educacional especializado e a educação inclusiva.

TÉCNICO EM ENFERMAGEM

Ética e legislação profissional; Princípios básicos quanto a limpeza, desinfecção e esterlização de materiais; Anotações e registros de enfermagem; Técnicas básicas de enfermagem: Sinais vitais, termoterapia, crioterapia, sondagens, aspirações, nebulização, uso de aparadeiras e papagaios, oxigenoterapia, lavagens, banho no leito, peso mensuração, curativos, posição para exames, alimentações e colheita de material para exames; Administração de medicamentos por via oral e parenteal; Assistência de enfermagem em saúde pública: imunizações, teste tuberculínico, controle de pacientes e de comunicantes em doenças transmissíveis: tuberculose, hanseníase, cólera, AIDS, hepatite, meningite e leptospirose; Assistência de enfermagem ao paciente durante admissão, alta, no transporte e pós – morte; Assistência de enfermagem ao paciente quanto a higiene, conforto e segurança; Assistência de enfermagem ao paciente portador de: hipertensão arterial, diabetes, hemoragia digestiva, cardiopatias, neoplasias, acidente vascular cerebral e politraumatismo; Assistência de enfermagem ao paciente no pré, trans e pós-operatório; Assistência de enfermagem à mulher com doença ginecológica e prevenção; Assistência de enfermagem a gestante, parturiente e puérpera normais e patológicas; Assistência de enfermagem ao recém nascido à termo, pré-termo e pós-termo; Assistência de enfermagem à criança normal e portadora de diaréia, infecções respiratórias, desnutrição, glomerulone-frite difusa aguda e síndrome nefrótica; Assistência de enfermagem na prevenção e controle da infecção hospitalar.

Nível Superior

CONTEÚDO COMUM A TODOS OS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR, EXCETO PROFESSOR II DE PORTUGUÊS.

PORTUGUÊS: LEITURA, ANALISE, COMPREENSÃO E INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS; SINTAXE: de Concordância, de Regência, de Colocação pronominal, do Período: frase, oração, termos essenciais, integrantes e acessórios da oração; Processo de Coordenação e Subordinação; PONTUAÇÃO; ACENTUAÇÃO; ORTOGRAFIA; ESTUDO DAS CLASSES DE PALAVRAS (flexão de gênero, número e número) Substantivos, Adjetivos, Pronomes, Artigos, Numeral, Advérbio, Preposição; CRASE; VERBO - Classificação, conjugação e emprego.

CONTEÚDO COMUM A TODOS OS CARGOS DA SAÚDE

Saúde Pública: Pacto pela Saúde e pela Vida, Lei orgânica do SUS (8080/90), Legislação e Ética profissional, Lei 7498/86, NOAS. Legislação Básica do SUS (Leis Federais 8080/90 e 8.142/90). Noas 2002. Programa Estratégia Saúde da Família – PSF (Programa Saúde da Família) – Normas e Bases Operacionais. Organização da estrutura física e funcional. Pacto pela vida, em defesa do SUS e de Gestão – Port MS 399/2006. COAS/DST/AIDS (Centro de Orientação e Aconselhamento Sorológico a Doenças Sexualmente Transmissíveis e AIDS)

ARQUITETO

PROJETO DE ARQUITETURA: Conceitos básicos sobre projeto arquitetônico; Métodos e técnicas de desenho e projeto; Programa de necessidades físicas das atividades, incluindo organograma, fluxograma e diagrama de acessos; Funcionalidade, flexiblidade e adaptablidade dos edifícios; Estudos de viabilidade técnico-financeira; Informática aplicada à arquitetura; Controle ambiental das edificações (térmico, acústico e luminoso); Legislação ambiental e urbanística aplicada ao projeto arquitetônico; Projetos complementares: especificação de materiais e serviços e dimensionamento básico (instalações elétricas e hidrossanitárias; elevadores; ventilação/exaustão; ar condicionado; telefonia; prevenção contra incêndio). PROGRAMAÇÃO, CONTROLE, ACOMPANHAMENTO E FISCALIZAÇÃO DE OBRAS: orçamento e composição de custos, levantamento de quantitativos, planejamento e controle físico-financeiro. PROJETO URBANO: Conceitos básicos sobre urbanismo e paisagem; Métodos e técnicas de desenho e projeto urbano; Noções de sistema cartográfico, de geoprocessamento e de informática aplicada ao urbanismo; Dimensionamento e programação dos equipamentos públicos e comunitários; Sistema viário (hierarquização, dimensionamento e desenho); Sistemas de infra-estrutura de parcelamentos urbanos: energia, pavimentação e saneamento ambiental (drenagem, abastecimento, coleta e tratamento de esgotos, coleta e destinação de resíduos sólidos); Acessibilidade de pessoas portadoras de deficiências e edificações, espaço, mobiliário e equipamentos urbanos – NBR 9050; Paisagismo, áreas verdes e arborização urbana. PLANEJAMENTO E GESTÃO URBANA: Conceitos básicos sobre planejamento e gestão urbana; Estatuto da cidade (Lei Federal nº. 10.257/2001 e posteriores alterações); Instrumentos de gestão urbana (como planos diretores, análise de impactos ambientais urbanos, licenciamento ambiental, instrumentos econômicos e administrativos e zoneamento ambiental); Legislação urbanística e ambiental federal, estadual e municipal aplicada à gestão urbana como Lei Municipal de Uso Ocupação do Solo – LUOS e a Lei do Parcelamento do Solo Urbana (Lei Federal nº. 6766/1979 e posteriores alterações); Sustentablidade urbana (agenda habitat e agenda 21); Conservação integrada do patrimônio natural e construído municipal. LEGISLAÇÃO E PERÍCIA: normas técnicas e legislação profissional.

ASSISTENTE SOCIAL

O Serviço Social na divisão social e técnica do trabalho: necessidades, finalidades, demandas e utilidades da profissão. Ética profissional em Serviço Social, Assistência Social como garantia de direitos: seguridade social (saúde, assistência social e previdência). Álcool, tabagismo, outras drogas e redução de danos; Aids: formas de transmissão, epidemia atualmente no Brasil e tratamento; DST: formas de transmissão e tratamento. Legislação profissional. Lei Orgânica da Assistência Social. Lei Orgânica da Saúde. Lei da Pessoa Portadora de Deficiência. SUAS – Sistema único de assistência social. Papel do serviço social no CAPS. Noções básicas de Doenças Mentais.

COORDENADOR TÉCNICO PEDAGÓGICO

O processo de Alfabetização; Letramento; A educação pública como instrumento de inclusão social; O Projeto Político Pedagógico da escola (conceito, caracterização, elaboração e execução); O trabalho escolar e o processo educacional: o desenvolvimento da aprendizagem enquanto instrumento de inclusão; A organização curricular compromissada com a aquisição de competências e habilidades; A interdisciplinaridade e a contextualização dos currículos; Os processos de avaliação da aprendizagem; A organização dos tempos e dos espaços escolares; Os colegiados escolares (composição, atribuições e participação dos segmentos); A relação da escola com a família: a transformação na estrutura familiar e suas repercussões no processo educativo e nas funções da escola; A articulação escola/família no processo educativo; As Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei n.º 9394/96) análise do seu significado para a educação brasileira. LEI NO 9.394/96 (LDB) Conhecimentos Básicos. Parâmetros curiculares nacionais. ESTRATÉGIAS EM RELAÇÃO ÀS ETAPAS DO PROCESSO ENSINO – APRENDIZAGEM: Composição da grade escolar, elaboração dos conteúdos programáticos, elaboração dos planos de ensino, aplicação dos objetivos às diversas fazes do processo, os conselhos de classe, escolha do material escolar do aluno. ESTRATÉGIAS ESPECÍFICAS DA AÇÃO SUPERVISORA: Planejamento da supervisão, o plano educacional ou geral da escola, controle, reuniões, observação, relacionamento humano, o contato com os pais, atualização dos professores, integração como serviço de orientação escolar. A FORMAÇÃO PARA O MAGISTÉRIO NO NÍVEL DE 2o GRAU. Os Parâmetros Curiculares em Ação, primeiro e segundo ciclos; As Diretrizes Curiculares Nacionais.

MÉDICO CLÍNICO

Cuidados gerais com o paciente em medicina interna. Doenças cardiovasculares: hipertensão arterial, cardiopatia isquêmica, insuficiência cardíaca, miocardiopatias e valvulopatias, aritmias cardíacas. Doenças pulmonares: asma brônquica e doença pulmonar obstrutiva crônica; embolia pulmonar; pneumonias e abscessos pulmonares; doença pulmonar intersticial; hipertensão pulmonar. Doenças gastrointestinais e hepáticas: úlcera péptica, doenças intestinais inflamatórias e parasitárias, diaréia, colelitíase, e colecistite, pancreatite, hepatites virais, e hepatopatias tóxicas, insuficiência hepática crônica, cirose hepática, Doenças renais: insuficiência renal aguda, e crônica, glomerulonefrites, síndrome nefrótica, litíase renal, Doenças endócrinas: diabetes melitus, hipotireoidismo e hipertireoidismo, tireoidite e nódulos tireoidianos, distúrbios das glândulas supra-renais, distúrbios das glândulas paratireóides. Doenças reumáticas: artrite reumatóide, espondiloartropatias, colagenoses, gota. Doenças infecciosas e terapia antibiótica: abordagem do paciente febril, malária, estreptococcias, endocardite infecciosa, estafilococcia, meningites, tétano, Febre tifóide, tuberculose, DST, leptospirose, resfriado comum, influenza, malaria, micoses sistêmicas, herpes simples e varicela-zoster, doença de Chagas, leishmanioses, sida e principais infecções oportunista. Distúrbios idroeletrolíticos e acidobásicos. Exames complementares invasivos e não-invasivos de uso coriqueiro na prática clínica diária. Emergências clínicas. Neoplasias: rastreamento e história natural das neoplasias ginecológicas, próstata, cólon e pulmão. Relação médico-paciente. Pré e pós-operatório: avaliação pré-operatória, critérios e complicações da transfusão de hemoderivados, profilaxia e tratamento do tromboembolismo venoso. Pré natal de baixo risco. Crescimento e desenvolvimento infantil e esquema básico vacinal.

MÉDICO PEDIATRA

Crescimento e desenvolvimento: crescimento normal e os problemas do crescimento e desenvolvimento do recém-nascido à puberdade (adolescência); imunizações (vacinação); alimentação da criança. Distúrbios nutricionais desidratação; desnutrição protéico-calórica. Sobrepeso e obesidade na infância e adolescência. Problemas neurológicos: meningites e meningoencefalites. Abscesso Cerebral. Tumores intracranianos. Tétano. Convulsões. Epilepsia. Cefaléia. Problemas oftalmológicos: conjuntivites; alterações oculares nas hipovitaminoses; estrabismo. Problemas do ouvido, nariz, boca e garganta: otites; infecções das vias aéreas superiores; rinites; sinusites; amídalas e adenóides. Distúrbios respiratórios do trato inferior: bronquiolite; bronquites; asma; tuberculose pulmonar; pneumonias; fibrose cística (mucoviscidose). Distúrbios cardiológicos: cardiopatias congênitas cianóticas e acianóticas; endocardite infecciosa; miocardite; insuficiência cardíaca; febre reumática. Problemas do aparelho digestivo: doença diaréica aguda; diaréia crônica; doença celíaca; alergia alimentar; parasitoses intestinais; patologias cirúrgicas; hepatites; constipação. Problemas urinários: infecções do trato urinário; hematúria; glomerulonefrite difusa aguda e glomerulopatias; síndrome nefrótica; refluxo vésico-ureteral; válvulas da uretra posterior. Problemas hematológicos: anemias carenciais; anemia aplástica; anemia falciforme; anemias hemolíticas; leucemias; púrpuras (trombocitopênica e anafilactóide); hemoflia. Hepatoesplenomegalia e adenomegalia: mononucleose; adenite cervical; toxoplasmose; calazar; blastomicose. A febre e as infecções na infância: a criança febril; doenças imunopreveníveis; dengue; doenças exantemáticas; febre tifóide e salmonelose; malária; brucelose; síndromes de deficiência imunológica na infância; doença estafilocócica; cólera. Tumores na infância: tumor de Wilms; neuroblastoma; doença de Hodgkin; linfomas; rabdomiossarcoma. Antibióticos e quimioterápicos. Patologias endocrinológicas, diabetes infanto-juvenil. Disfunções da tireóide. Emergências em pediatria: Abordagem da criança seriamente doente; abordagem da criança politraumatizada; avaliação e abordagem inicial do trauma craniano; queimaduras; acidentes com animais (ofídicos, mordidas); envenenamentos; abordagem do choque; afogamento; abdômen agudo; sinais de abuso e violência à criança. Abuso de substâncias (álcool e drogas).

MÉDICO GINECOLOGISTA

Aparelho genital feminino: Embriologia, Anatomia, Fisiologia, e propedêutica clínica. Exames complementares, indicações, e interpretações clínicas: citologia oncótica (exame de lâmina), colposcopia, biópsia de colo e endométrio, colpocitologia funcional, histrerossalpingografia, ultra-sonografia pélvica e transvaginal, laparoscopia pélvica, punção transvaginal. TPM (tensão pré-menstrual): etiopatogenia ,diagnóstico clínico e laboratorial; tratamento clínico e cirúrgico. Anomalias congênitas do aparelho genital feminino: Vulva , Vagina ,Útero, Ovários e Mamas. Amenoréia primária e secundária: Etiologia, fisiopatologia, exames complementares, diagnóstico e tratamento. Hemoragias disfuncionais: Etiopatogenia , diagnóstico e tratamento. Esterlidade e infertlidade: Etiologia, exames complementares e tratamento. Contracepção Hormonal : oral, injetável e transdérmica: Avaliação do clínica das pacientes, exames complementares, indicações , contra-indicações e efeitos colaterais. DIU (dispositivo intra-uterino) :

Indicações clínicas, contra-indicações, avaliação propedêutica das pacientes antes, durante e após o uso do DIU; complicações mais freqüentes e tratamento. Distúrbios do climatério e da pós-menopausa: Avaliação clínica, exames complementares, diagnóstico e tratamento. Distúrbios e estados hiperandrogênicos. Diagnóstico e tratamento das alterações da prolactina. Planejamento familiar. Infecções inespecíficas do aparelho genital feminino: etiologia, diagnóstico e tratamento. Infecções específicas e doenças sexualmente transmissíveis: etiologia, diagnóstico e tratamento. Distopia do aparelho genital feminino: etiologia, diagnóstico e tratamento. Incontinência urinária de esforço: etiologia, diagnóstico e tratamento. Endometriose: etiologia, diagnóstico e tratamento. Neoplasia Benigna de: útero, ovários, vulva, vagina e mamas, diagnóstico e tratamento. Neoplasias malignas de: útero, ovários, vulva, vagina e mamas; diagnóstico e tratamento hormonais, cirúrgicos, quimioterápicos e radioterápicos. Urgências em Ginecologia: Hemoragia interna pós-operatória; Corpo lúteo hemorágico; Hematossalpíngeo e rotura de vasos útero-anexiais; Traumas da genitália externa; Doença inflamatória pélvica (DIPA); Bartolinite aguda; Torções de anexos; Roturas de cistos inflamatórios e hemorágicos dos ovários; Traumas e processos inflamatórios agudos de mamas. Adaptações do organismo materno à gravidez. Assistência Pré-Natal: Exames complementares, orientações clínicas, vacinação, medicamentos usados na gravidez, controle, indicações e contra-indicações. Diagnóstico clínico e laboratorial da gravidez. Ultra-sonografia :importância e indicações nas diversas etapas e patologias da gravidez. Avaliação clínica da vitalidade fetal; Avaliação da maturidade fetal; Amnioscopia e amniocentese; Exame da placenta. Abortamentos: Causas, diagnósticos, e tratamentos. Gravidez ectópica: diagnóstico e tratamento. Gravidez Molar. Placenta Prévia.

Desenvolvimento prematuro da placenta. Polidrâmnio e Oligoidrâmnio. -Rotura prematura das membranas ovulares. Isoimunização pelo Fator Rh. DHEG-etiologia, diagnóstico e tratamento. Gestação Pré-Termo e Pós- Termo. Nefropatias e cardiopatias no ciclo grávido- Puerperal. Infecções nocivas ao concepto. Infecção urinária na gravidez. Diabetes Melitus na gravidez. Epilepsia, na gravidez: tratamento e efeitos colaterais dos quimioterápicos usados. Efeitos adversos de agentes químicos e da radioterapia sobre o concepto. Distocias do mecanismo de parto. Fórceps: Indicações e mecanismos de aplicações. Sofrimento fetal agudo. Prolapso do cordão umblical. Traumas maternos no parto normal. Curetagem uterina e cesárea: Indicações, técnicas e complicações. Patologias da dequitação e do 4º período. Infecção puerperal. Tipos de anestesias e suas indicações nas urgências obstétricas. Assistência ao recém-nascido (RN) gravemente asfixiado: Conduta e prognóstico a longo prazo.

PROFESSOR II – CIÊNCIAS

AR, ÁGUA, SOLO, ECOLOGIA/PROGRAMAS DE SAÚDE. O UNIVERSO: Como tudo começou; O Sistema Solar; O Planeta Tera. AR ATMOSFÉRICO: Características do Ar Atmosférico; Propriedades do Ar; Os Componentes do Ar; A Atmosfera; Pressão Atmosférica; Meteorologia; Poluição da Atmosfera. A ÁGUA NA NATUREZA: Conheça a água; Estados físicos da água; A água no meio ambiente; A pressão da água; A água, o homem e o ambiente; A água e a saúde. A CROSTA TERRESTRE: As rochas; O solo; Erosão e queimadas; O solo e a saúde. ECOLOGIA: O que é ecologia; Cadeia alimentar. HIGIENE E SAÚDE: Saúde e doença; Preservação da saúde. ORIGEM DA VIDA E EVOLUÇÃO: Matéria viva e matéria bruta; A evolução dos seres vivos; FORMAS DE VIDA MAIS SIMPLES: Os Vírus; Reino Monera; Reino Protista (Filo Protozoa); Os Fungos. O REINO DAS PLANTAS: As Algas; Vegetais Inferiores; Vegetais Superiores; Fisiologia Vegetal; Órgãos Reprodutivos dos Vegetais Superiores. REINO ANIMAL: Animais Inferiores; Vermes Lisos/Anelados e animais de corpo mole. ARTRÓPODES; Equinodermos; Cordados; Anfíbios; Reptéis; Aves; Mamíferos. ECOLOGIA: Os Seres Vivos no Ecossistema; Habitat; Populações e Comunidades; Relações entre os seres vivos; Equilíbrio ecológico. NÍVEIS DE ORGANIZAÇÃO DO CORPO HUMANO: Da célula ao organismo: Citologia; Histologia; Funções de Nutrição; Alimentos; Saúde e Alimentação; Anatomia e Fisiologia dos Sistemas; Funções de Relação; Sistema de Sustentação; Sistema Muscular; Os Sentidos; Sistemas de Coordenação e Controle; Sistema Reprodutor e Reprodução Humana; O Corpo: desenvolvimento e maturidade. O MÉTODO CIENTÍFICO: Noções de termologia, Óptica; Eletricidade; Magnetismo; Mecânica (Movimentos) e Estática. INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA QUÍMICA: Noções gerais de matéria; Mudanças de estado de substâncias e misturas; Análise Imediata; Sistemas; Substâncias; Misturas; Átomo e suas partes; Classificação periódica dos elementos; Ligações Químicas; Funções e Reações Químicas; Classificação e Nomenclatura.

PROFESSOR II - EDUCAÇÃO FÍSICA

HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO FISÍCA NO BRASIL: Fases da Educação Física no País. EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: Metodologia, Avaliação, Cultura Corporal; EMPREGO DA TERMINOLOGIA APLICADA À EDUCAÇÃO FISÍCA. FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO: Abordagem neuromuscular, Estrutura e Funções Pulmonares; Permuta e transporte de gases; O sistema cardiovascular; Capacidade funcional do sistema cardiovascular; Músculo esquelético (estrutura e função). TREINAMENTO DESPORTIVO E ATIVIDADES FÍSICAS: Etapas da preparação desportiva; A periodização do treinamento; Velocidade motora; Resistência motora; Força motora; Flexiblidade; Coordenação; Equilíbrio motor; Capacidade de inteligência motora; Aprendizagens de habilidades motoras. PSICOLOGIA DO ESPORTE: Atenção; Concentração; Motivação; Personalidade; Agressão; Emoção; Estresse; Liderança; Desportos: Futsal, Futebol, Voleibol, Handebol, Basquetebol, Ginástica, Natação, Judô.

PROFESSOR II - GEOGRAFIA

O PLANETA TERRA: coordenadas geográficas, representações geográficas, principais movimentos e conseqüências. A ATMOSFERA, OS CLIMAS E A VEGETAÇÃO: estrutura, composição e importância da atmosfera; Elementos, fatores e tipos climáticos; As formações vegetais e o clima; Zonas bioclimáticas. A LITOSFERA: Estrutura interna da tera; As placas litosféricas; Relevo terestre: Agentes endógenos e exógenos; Principais tipos de relevo, o relevo submarino; Rochas e solos: tipos, principais características. A HIDROSFERA: Distribuição das águas oceânicas; O ciclo hidrológico; Os principais movimentos do mar; Principais unidades do relevo submarino; Elementos determinantes da região de um rio; principais bacias hidrográficas do mundo. A POPULAÇÃO MUNDIAL: Crescimento e distribuição da população mundial; estrutura da população; migrações; população urbana e rural; urbanização. AS ATIVIDADES AGRÍCOLAS: Agricultura comercial e de subsistência no mundo tropical; Agricultura moderna nos países desenvolvidos; Pecuária; Impactos ambientais das atividades agrícolas. Extrativismo vegetal e mineral. AS ATIVIDADES INDUSTRIAIS E AS FONTES DE ENERGIA: Evolução da atividade industrial; fatores condicionadores das grandes concentrações industriais; Principais tipos de industria; Relação entre as atividades industriais e as principais fontes energéticas; impactos ambientais causados pela atividade industrial e pela produção de energia. A ORGANIZAÇÃO DO ESPAÇO BRASILEIRO: Os principais aspectos do quadro natural brasileiro; Os domínios morfoclimáticos; as pressões antrópicas sobre os grades biomas brasileiros; a população brasileira; a urbanização brasileira; Impactos ambientais da urbanização; A industrialização do Brasil; A economia agrária brasileira; Problemas da agricultura brasileira; O comercio interno e externo brasileiro; A divisão regional do Brasil; as grandes regiões brasileiras: aspectos naturais e sócio-econômicos; O Nordeste brasileiro.

PROFESSOR II - HISTÓRIA

HISTÓRIA GERAL: A economia da antigüidade oriental: Aspectos econômicos, políticos, sociais e culturais das civilizações egípcia e mesopotâmica; As civilizações da antigüidade clássica: aspectos econômicos, políticos, sociais e culturais; A formação da sociedade medieval: as invasões bárbaras e suas conseqüências, a economia e a sociedade feudais; O papel da igreja nessa sociedade; as civilizações bizantina e muçulmana; a decadência do feudalismo; O renascimento e sua manifestações nas artes e nas ciências; A ilustração; as reformas religiosas do século XVII; A expansão marítima-comercial e a posse da América pelos europeus; A ação colonizadora das nações européias nesse continente; a formação do Estado moderno e o absolutismo; Os fundamentos do iluminismo e as revoluções burguesas na Inglatera e na França; As etapas da revolução francesa e o governo de Napoleão Bonaparte; O processo de independência das colônias europeus da América; Os problemas enfrentados pelas nações americanas no Século XIX; A guerra da sucessão; os avanços da ciência e da tecnologia e a revolução industrial; conseqüência sociais e políticas; A burguesia industrial e o proletariado; A expansão do capitalismo europeu na Ásia e África; A concordância imperialista, a questão do nacionalismo e a guerra de 1914-18; As idéias socialistas e a revolução de 1917 na Rússia; O fascismo, o nazismo e a segunda guerra mundial; A descolonização na África e Ásia; A Revolução Chinesa e o desenvolvimento do Japão; Conflitos e contradições na segunda metade do século XX; A norma ordem mundial; as diversas manifestações culturais do século XX. HISTÓRIA DO BRASIL: Características da organização econômica e social dos povos que viviam no Brasil antes da chegada do europeu; os fundamentos da colonização portuguesa; as formas do controle administrativo adotadas na colônia por Portugal; As disputas entre as metrópoles européias e a presença holandesa no Nordeste; A penetração nos sertões pela pecuária e a procura por metais preciosos; a importância da mineração no século XVIII; As manifestações culturais no Brasil colônia; As crise no sistema colonial e os movimentos precursores da independência; a decadência da mineração e a inconfidência mineira de 1789; A conjuração baiana de 1798; O processo da independência: transferência do governo português para o Brasil; Revolução pernambucano da 1817; Reflexo no Brasil da revolução de 1820 em Portugal; A independência do Brasil; O primeiro reinado; situação econômica, crises políticas e revoltas internas; Política externa; A instabilidade do período regência e as diversas revoltas desse período; O Segundo Reinado: A expansão da lavoura cafeeira e sua conseqüência, política interna e externa; Atuação do Brasil na região platina; O longo processo de abolição da escravatura, a crise da monarquia e a proclamação de republica; A cultura brasileira no século XIX; O período Getulista; O Estado Novo e os reflexos da Segunda Guerra mundial no Brasil; Característica da republica brasileira no período de 1946 a 1964; Os fundamentos do populismo e os principais aspectos da crise de 1964; A Republica autoritária de 1964 a 1985 e chamado Milagre Econômico; A luta pela abertura política e a Republica Brasileira hoje; A cultura brasileira no século XIX.

PROFESSOR II - MATEMÁTICA

PROPORCIONALIDADE, JUROS, PORCENTAGENS E MÉDIAS: Conceito de Razões e Proporções : Proporções Contínuas, cálculo de termos desconhecidos de uma proporção; Divisão em parte diretas e inversamente proporcionais; Regra de três simples e composta; Frações e Dizimas periódicas; Cálculo de médias: Aritmética, Ponderada, Geométrica e Harmônica. TEORIA DOS CONJUNTOS: Conjuntos Numéricos, Conjuntos Naturais, Conjuntos dos Inteiros, Conjuntos dos Racionais, Conjuntos dos Reais, Conjuntos dos Complexos. FUNÇÕES: Conceito de funções: domínio, imagem, contradomínio, notação, funções numérica. Funções elementares e funções definidas por várias sentenças; Operações com função. Composição de funções; Classificação de funções. Polinômios: função polinomial. Equações, inequações e sistemas de 1o e 2o graus. Equações redutíveis ao 1o e 2o graus. Funções lineares quadráticas e valor absoluto. Funções exponencial e logarítmica. Progressão Geométrica e Progressão Aritmética. Análise combinatória e binômio de Newtom. Matrizes, determinantes e sistemas de equações lineares. Introdução à geometria, ângulos, triângulos, polígonos, circunferência e círculo. Área das superfícies planas e área e volumes dos sólidos usuais. Geometria no espaço: Postulado da reta e do plano, Intersecção de planos; Paralelismos e perpendicularismos de retas, de planos, de retas e planos. Poliedros, poliedros conexos regulares. Relação de Euler; Prismas e pirâmides: conceito, elementos, classificação, transversais, troncos e relações métricas; Clindro e Cone: Conceitos, elementos, plano secante, parte da esfera e relações métricas. Sólidos Gerados; funções trigonométricas, equações trigonométricas e resolução de triângulos. Estudo analítico da reta, circunferência, elipse, parábola hipérbole.

PROFESSOR II – LÍNGUA PORTUGUESA

MORFOLOGIA: Estrutura e Formação das Palavras - Radicais Gregos e Latinos; Prefixos e Sufixos; Substantivo e Adjetivo - Classificação, Flexão e Grau; Verbo - Classificação e Conjugação; Artigo; Pronome; Numeral; Preposição; Advérbio; Conjunção; Interjeição. SINTAXE: de Concordância; de Regência; de Colocação; do Período; Processo de Coordenação e Subordinação. SEMÂNTICA: Significação das Palavras - Sinônima, Antinomia, Hiperonimia; Conotação e Denotação; PONTUAÇÃO. ACENTUAÇÃO. ORTOGRAFIA. LEITURA, ANALISE, COMPREENSÃO E INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS. LITERATURA: Características da Época de cada um dos períodos literários - Baroco, Romantismo, Realismo, Parnasianismo, Simbolismo, Modernismo, O Romance Nordestino, Arcadismo; Estrutura das obras dos seguintes autores: Antônio Vieira, Gregório de Matos, Gonçalves Dias, José de Alencar, Castro Alves, Machado de Assis, Aluisio de Azevedo, Olavo Bilac, Carlos Drummond de Andrade, Cecília Meireles, Manuel Bandeira, Ascenso Fereira, José Lins do Rego, Gracliano Ramos, Raquel de Queiroz.

ODONTÓLOGO

PATOLOGIA ORAL – Alterações no desenvolvimento e crescimento das estruturas orais e para-orais; Cárie dentária e suas seqüelas; Neoplasias benignas de origem não-odontogênica; Lesões pré-malígnas e malignas da cavidade oral; Tumores odontogênicos e não-odontogênicos; Cistos odontogênicos e não-odontogênicos; Manifestações orais das doenças sistêmicas e infecções orais por fungos, vírus e bactérias; Doenças das glândulas salivares; Lesões inflamatórias dos maxilares; Aspectos semiológicos da prática odontológica: anamnese, exames objetivos e complementares. FARMACOLOGIA – Conceitos gerais de vias de introdução e eliminação dos medicamentos e suas posologias; Anestésicos locais, analgésicos, antinflamatórios, antibióticos, quimioterápicos e coagulantes: uso em odontologia; Pacientes especiais fármacos-dependentes, condutas do profissional de odontologia; Tratamento das emergências médicas no consultório dentário; Interações medicamentosas de interesse do cirurgião-dentista.. DENTÍSTICA – Diagnóstico e plano de tratamento em dentística; Preparo do campo operatório, isolamento relativo e absoluto do campo operatório – instrumental e técnica; Técnicas de aumento de coroa clínica, cirurgia de cunha distal e proximal, espaço biológico – conceitos e importância; Materiais dentários: resina composta, ionômero de vidro, compômeros, amálgama dentário e materiais utlizados na proteção do complexo pulpar; Clareamento dental. CIRURGIA – Períodos pré e pós- operatórios; Exodontia; Acidentes e complicações em cirurgia buco-maxilo-facial; Cirurgia dos dentes inclusos; Princípios gerais de traumatologia buco-maxilo-facial; Tratamento cirúrgico das infecções orais bem como de cistos e tumores da cavidade oral; Cirurgia pré-protética; Instrumental cirúrgico; Anestesiologia. RADIOLOGIA-Princípios gerais de aplicação em odontologia; Conceito e física das radiações; Filmes e métodos de processamento radiográfico; Efeitos biológicos dos RX; Técnicas radiográficas intra e extra-orais; Métodos de localização radiográfica; Interpretação radiográfica das patologias orais; Novos métodos em imagenologia odontológica.BIOSSEGURANÇA EM ODONTOLOGIA – Métodos de controle de infecção e esterlização; Proteção profissional e do paciente. OCLUSÃO – Fundamentos de oclusão e dos movimentos mandibulares; Classificação, diagnóstico e tratamento das disfunções têmporo- mandibulares. ÉTICA E LEGISLAÇÃO ODONTOLÓGICA – O código de ética odontológico.

PSICÓLOGO

Psicologia da família: dinâmica, ciclo de vida familiar e novas contribuições famliares. Psicologia do desenvolvimento. Psicologia geral. Tanatologia. Conhecimento específico das DST, HIV/AID – rotinas de COAS e de SAE. Impacto do diagnóstico: processo de adoecimento, enfrentamento da doença e adesão ao tratamento. Processo de Hospitalização. Psicologia Hospitalar. Psicossomática. Reforma psiquiátrica no Brasil. Equipe interdisciplinar em saúde. Clínica infantil – teoria e técnica. Clínica de adolescente – teoria e prática. Psicoterapia familiar – teoria e prática. Psicoterapia de grupo – teoria e técnica. Clínica da terceira idade – teoria e prática. Saúde do trabalhador – conceitos e prática. Código de ética profissional. Tratamento multidisciplinar da obesidade.

ANEXO III

Formulário para entrega dos documentos para Prova de Títulos.

CONCURSO:

 

NOME:

 

IDENTIDADE:

 

INSCRIÇÃO:

 

CÓD. CARGO

 

CARGO

 

 

QUADRO DE PONTUAÇÃO DA AVALIAÇÃO DE TÍTULO E COMPROVAÇÃO DE EXPERIÊNCIA

TÍTULOS DE PÓS-GRADUAÇÃO – (não cumulativo)

Valor Unitário

Do Candidato

Da NEconsultoria

Doutorado “Scritu Sensu” ou Livre docência sem área de concentração conexa àquela da especialidade de conhecimento objeto do Concurso, reconhecida pelo MEC.

20

 

 

Mestrado “Scritu Sensu” sem área de concentração conexa àquela da especialidade de conhecimento objeto do Concurso, reconhecida pelo MEC.

15

 

 

Especialização “Latu Sensu” com exigência de aproveitamento e freqüência, com duração mínima de 360 horas, em área de concentração conexa àquela da especialidade de conhecimento objeto do Concurso ou, ainda, conclusão com aproveitamento comprovado pelos conceitos de todos os créditos de Mestrado ou Doutorado em área de concentração conexa àquela da especialidade de conhecimento objeto do Concurso, reconhecida pelo MEC.

10

 

 

Licenciatura Plena ou Graduação em Pedagogia e/ou nas áreas objeto deste concurso, desde que não sejam pré-requisitos para o emprego.

05

 

 

Assinatura do Candidato

Equipe de Avaliação ____________________________________________

Obs: Entregar formulário e documentos dentro de envelope A4.

80283

Política de Privacidade 2000-2014 PCI Concursos Telefone (11) 2122-4231