Secretaria Estadual de Educação - RJ

SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO

ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Uma boa oportunidade de emprego para o magistério. A Secretaria de Educação inscreve de hoje (26/12/2005) a 11 de janeiro, apenas pelo site www.see.rj.gov.br, professores temporários interessados em trabalhar nas escolas estaduais. Serão oferecidas 10 mil vagas para docentes I (de 5ª a 8ª série do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio) e docentes II (1ª a 4ª série do Ensino Fundamental).

Na página eletrônica, a primeira tela vai pedir o CPF do candidato. Após tomar ciência da legislação, ele deverá preencher um formulário, com os dados pessoais e a habilitação. Quem concorre às vagas de Professor Docente I, deve ter Licenciatura Plena para a disciplina a que concorre. Já o Docente II deverá possuir o Ensino Normal.

Para ter direito a títulos, o candidato deverá informar a experiência no magistério (prestado à SEE ou a outro órgão), pós-graduação, mestrado e doutorado, se tiver.

Cada item corresponderá a uma pontuação específica, que o profissional terá acesso logo após a impressão da ficha.

A convocação acontecerá pelo correio ou por e-mail. Quando for chamado, o profissional deverá comparecer à Coordenadoria Regional, em dia e horário determinados na correspondência, apresentando a seguinte documentação (original e cópia): comprovante da habilitação a que concorre, dos títulos e da experiência no magistério; carteira de identidade; CPF; carteira de trabalho; título de eleitor; Pis/Pasep; comprovante de residência; certificado de Serviço Militar e comprovante de naturalização, se for o caso. Caso todos os dados informados na inscrição não sejam comprovados, o candidato será eliminado.

As vagas serão ocupadas apenas em locais onde não há concursados habilitados ou docentes com interesse em fazer horas-extras, a chamada Gratificação por Lotação Prioritária (GLP). Os contratos temporários também vão suprir a falta de 9 mil profissionais com licenças por tempo determinado que precisam ser substituídos.

- Por serem vagas temporárias não podemos chamar concursados para preenchê-las - explica o Secretário de Educação, Claudio Mendonça.

O salário é de R$ 540 para os professores que vão lecionar da 5ª série do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio. Os interessados em dar aulas de 1ª a 4ª série do Ensino Fundamental receberão R$ 431. O contrato terá validade de dois anos, com possibilidade de prorrogação por mais um ano.

Além da contratação temporária, a Governadora Rosinha Garotinho autorizou a convocação de aprovados no concurso de 2004 e a ampliação da carga horária de 15 mil docentes da rede, que é a GLP (Gratificação por Lotação Prioritária).

A pedido da Empresa de Correios e Telégrafos, sobrecarregada com as festas de fim de ano, os telegramas para os concursados serão expedidos hoje e amanhã. A previsão é de que os 3.992 classificados recebam a correspondência até sexta-feira.

Na primeira semana de janeiro, eles deverão se apresentar às coordenadorias regionais, levando a documentação completa (identidade, CPF, Pis/Pasep, título de eleitor, certificado de reservista e diploma de conclusão, que comprove habilitação para o cargo escolhido). O edital completo foi publicado no Diário Oficial de 22 de dezembro. Esta é a sétima convocação desde a realização do concurso.

Tanto os temporários quanto os concursados começam a trabalhar no dia 1º de fevereiro, antes do início do ano letivo, para preparar as aulas.

Itens da pontuação para professores temporários Títulos na área de Educação

Professor Docente I
Licenciatura Plena na disciplinaOBRIGATÓRIO
Licenciatura Plena em outra disciplina01 (um) ponto
Pós-Graduação lato sensu de especialização na área de educação, com carga horária mínima de 360 horas02 (dois) pontos
Mestrado na área de Educação03 (três) pontos
Doutorado na área de Educação04 (quatro) pontos
Professor Docente II
Curso NormalOBRIGATÓRIO
Graduação de nível superior na área de Educação01 (um) ponto
Pós-Graduação lato sensu de especialização na área de educação, com carga horária mínima de 360 horas02 (dois) pontos
Mestrado na área de Educação03 (três) pontos
Doutorado na área de Educação04 (quatro) pontos

Experiência Comprovada

Nas escolas da Secretaria de Educação
Até um ano02 pontos
De um a dois anos03 (três) pontos
De dois a três anos04 (quatro) pontos
De três a quatro anos05 (cinco) pontos
De quatro a cinco anos06 (seis) pontos
Mais de cinco anos07 (sete) pontos
Em escolas municipais, federais, particulares ou de outro estado
Até um ano01 (um) ponto
De um a dois anos02 (dois) pontos
De dois a três anos03 (três) pontos
De três a quatro anos04 (quatro) pontos
De quatro a cinco anos05 (cinco) pontos
Mais de cinco anos06 (seis) pontos

68111

Política de Privacidade 2000-2014 PCI Concursos Telefone (11) 2122-4231