DCTA - Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial

MINISTÉRIO DA DEFESA

DCTA - DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA AEROESPACIAL

EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES

CONCURSO PÚBLICO N° 001/2009

Notícia:   93 vagas na carreira de Ciência e Tecnologia destinadas ao CTA

O Diretor-Geral do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial, no uso das suas atribuições legais e tendo em vista a autorização concedida pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão - MPOG, por meio da Portaria n° 78, de 09 de abril de 2009, publicada no Diário Oficial da União - DOU de 13 de abril de 2009 e a delegação de competência contida na Portaria 307/GC1, de 17 de abril de 2009, do Comando da Aeronáutica, torna pública a realização de concurso público regido pelo presente edital, para provimento de cargos efetivos das carreiras de Ciência e Tecnologia de que trata a Lei n° 8.691, de 28 de julho de 1993, observado o disposto na Lei n° 8.112, de 11 de dezembro de 1990 e na Portaria n° 450, de 06 de novembro de 2002, do MPOG, sob responsabilidade, organização e aplicação da Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - Fundação VUNESP.

INSTRUÇÕES ESPECIAIS

I - DOS CARGOS

1. O Concurso Público destina-se a selecionar candidatos ao provimento de 93 (noventa e três) vagas.

2. Os cargos, respectivas áreas, número de vagas, remuneração e requisitos exigidos são os estabelecidos nas tabelas que seguem:

Cargo/Classe

Descrição

Local

Nº de Vagas

Pré- requisitos (*)

Código

Tecnologista Pleno

Elétrica/Eletrônica

São José dos Campos (SP)

01

Graduação Plena em Engenharia Elétrica ou Eletrônica ou Telecomunicações e Mestrado, com enfoque teórico e experimental em engenharia elétrica, ou eletrônica, ou em telecomunicações, preferencialmente com especialização na área optoeletrônica.

046

Gerência de Projetos

São José dos Campos (SP)

01

Graduação Plena em Engenharia Mecânica ou Engenharia Elétrica ou Engenharia Eletrônica ou Engenharia Aeronáutica, com três anos de experiência na área de gerência de projetos.

047

Tecnologista Junior

Civil

São José dos Campos (SP)

01

Graduação Plena em Engenharia Civil ou Engenharia de Infraestrutura Aeronáutica.

036

Elétrica

São José dos Campos (SP)

01

Graduação Plena em Engenharia Elétrica.

038

Elétrica / Eletrônica

São José dos Campos (SP)

02

Graduação Plena em Engenharia Eletrônica ou Engenharia Elétrica, modalidade Eletrônica, ou Engenharia Aeroespacial.

039

Eletrônica

Natal (RN)

01

Graduação Plena em Engenharia Eletrônica ou Engenharia Elétrica, modalidade Eletrônica.

037

Mecânica

São José dos Campos (SP)

03

Graduação Plena em Engenharia Mecânica ou Engenharia Aeronáutica ou Engenharia Aeroespacial.

041

Mecânica

São José dos Campos (SP)

04

Graduação Plena em Engenharia Mecânica ou Engenharia Aeronáutica

040

Química

São José dos Campos (SP)

01

Graduação Plena em Engenharia Química.

042

Tecnologia da Informação

São José dos Campos (SP)

03

Curso Superior em Ciência da Computação ou Processamento de Dados ou Engenharia da Computação ou Sistemas de Informação.

044

Natal (RN)

01

043

Telecomunicações

Natal (RN)

01

Graduação Plena em Engenharia de Telecomunicações.

045

Analista C&T Junior

Administração

São José dos Campos (SP)

02

Graduação Plena em Administração Pública ou de Empresas ou Ciências Contábeis ou Ciências Econômicas.

030

Alcântara (MA)

01

029

Orientação Educacional

São José dos Campos (SP)

01

Graduação Plena em Psicologia.

031

Recursos Humanos

São José dos Campos (SP)

02

Curso Superior Completo na Área de Humanas.

032

Segurança do Trabalho

Natal (RN)

01

Graduação Plena em Engenharia e Especialização em Segurança do Trabalho.

033

Serviço Social

São José dos Campos (SP)

01

Graduação Plena em Serviço Social.

034

Técnico
Técnico 1

Desenhista Projetista

São José dos Campos (SP)

03

Ensino Médio completo e Curso Técnico em Mecânica

008

Edificações

São José dos Campos (SP)

02

Ensino Médio completo e Curso Técnico em Edificações.

011

Alcântara (MA)

02

009

Natal (RN)

01

010

Elétrica

São José dos Campos (SP)

01

Ensino Médio completo e Curso Técnico em Eletricidade,

019

Eletromecânica

Alcântara (MA)

01

Ensino Médio completo e Curso Técnico em Eletromecânica ou Mecânica.

012

Natal (RN)

01

013

Eletrônica

São José dos Campos (SP)

01

Ensino Médio completo e Curso Técnico em Eletrônica ou Mecatrônica.

018

Eletrônica

São José dos Campos (SP)

01

Ensino Médio completo e Curso Técnico em Eletrotécnica ou Eletrônica ou Telecomunicações.

014

Eletrônica

São José dos Campos (SP)

02

Ensino Médio completo e Curso Técnico em Eletrônica.

017

Alcântara (MA)

01

015

Natal (RN)

02

016

Informática

São José dos Campos (SP)

03

Ensino Médio completo e Curso Técnico em Informática.

021

Natal (RN)

01

020

Mecânica

São José dos Campos (SP)

11

Ensino Médio completo e Curso Técnico em Mecânica.

022

Qualidade

São José dos Campos (SP)

01

Ensino Médio completo e Curso Técnico em Qualidade ou Eletrônica ou Mecânica ou Informática.

023

Química

São José dos Campos (SP)

03

Ensino Médio completo e Curso Técnico em Química.

024

Refrigeração

São José dos Campos (SP)

02

Ensino Médio completo e Curso Técnico em Refrigeração ou Mecânica.

025

Segurança do Trabalho

São José dos Campos (SP)

01

Ensino Médio completo e Curso Técnico em Segurança do Trabalho.

026

Soldagem

São José dos Campos (SP)

01

Ensino Médio completo e Curso Técnico em Mecânica.

027

Telecomunicações

Natal (RN)

01

Ensino Médio completo e Curso Técnico em Telecomunicações.

028

Assistente em C&T
Assistente 1

Almoxarifado

São José dos Campos (SP)

01

Ensino Médio completo e experiência de um ano na área de almoxarifado.

003

Recursos Humanos

São José dos Campos (SP)

04

Ensino Médio completo e experiência de um ano na área de recursos humanos.

006

Administração

São José dos Campos (SP)

11

Ensino Médio completo e experiência de um ano na área administrativa.

002

Natal (RN)

01

001

Contabilidade

São José dos Campos (SP)

02

Ensino Médio completo e experiência de um ano na área de contabilidade.

005

Alcântara (MA)

01

004

Secretariado

São José dos Campos (SP)

02

Ensino Médio completo e experiência de um ano na área de secretariado.

007

- REMUNERAÇÃO (Posição em Julho/2009):

NÍVEL

CARGO

CLASSE

PADRÃO

VENCIMENTO BÁSICO (R$)

GDACT R$

GTEMPCT R$

TOTAL R$

SUPERIOR

TECNOLOGISTA

PLENO 1

I

2.758,63

1.635,20

717,24

5.111,07

TECNOLOGISTA

JÚNIOR

I

2.419,07

1.501,60

628,96

4.549,63

ANALISTA EM C&T

PLENO 1

I

2.758,63

1.635,20

717,24

5.111,07

ANALISTA EM C&T

JÚNIOR

I

2.419,07

1.501,60

628,96

4.549,63

INTERMEDIÁRIO

TÉCNICO

TÉCNICO 1

I

1.331,97

826,40

346,31

2.504,68

ASSISTENTE EM C&T

ASSISTENTE 1

I

1.331,97

826,40

346,31

2.504,68

Os portadores de títulos de doutor, de mestre e de certificados de aperfeiçoamento ou especialização das carreiras de nível superior, poderão fazer jus a Retribuição por Titulação, de acordo com os valores constantes do Anexo XIX da Lei n° 11.907, de 02 de fevereiro de 2009. Os das carreiras de nível intermediário portadores de títulos de doutor, de mestre e de certificados de aperfeiçoamento ou especialização, poderão fazer jus a Gratificação de Qualificação, de acordo com os valores constantes do Anexo XX da Lei n° 11.907, de 02 de fevereiro de 2009. Os títulos devem ser compatíveis com as atividades do órgão ou entidade onde o servidor for lotado, e

3.A remuneração dos respectivos cargos, em jornada de trabalho de 40 horas semanais, tem como base o mês de julho de 2009.

4.O candidato nomeado, pelo Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis da União, das Autarquias e das Fundações Públicas Federais, previsto na Lei n° 8.112, de 11.12.90, deverá prestar serviços dentro do horário estabelecido pela Administração, podendo ser diurno e/ou noturno, em dias de semana, sábados, domingos e feriados, obedecida a carga horária semanal de trabalho.

5.As atribuições a serem exercidas pelo candidato nomeado encontram-se no Anexo I - DAS ATRIBUIÇÕES.

6.DOS REQUISITOS PARA A INVESTIDURA NO CARGO

O candidato deverá atender, cumulativamente, na data da posse, aos seguintes requisitos:

a) ser brasileiro, nato ou naturalizado, ou gozar das prerrogativas previstas no art. 12 da Constituição Federal e demais disposições de lei, no caso de estrangeiros;

b) ter idade mínima de 18 anos;

c) quando do sexo masculino, estar em dia com as obrigações militares;

d) ser eleitor e estar quite com a Justiça Eleitoral;

e) estar com o CPF regularizado;

f) possuir os requisitos exigidos para o exercício do cargo;

g) apresentar folha de antecedentes da Polícia Federal e da Polícia dos Estados onde tenha residido nos últimos cinco anos expedida no máximo a 90 (noventa) dias antes da data da apresentação;

h) apresentar certidão dos setores de distribuição dos foros criminais da Justiça Federal e Estadual dos lugares onde tenha residido, nos últimos cinco anos, expedida no máximo 90 (noventa) dias antes da data de apresentação;

i) não estar em débito com os cofres públicos;

j) não estar incompatibilizado para nova investidura em cargo público federal, nos termos dos artigos 136 e 137 da Lei n° 8.112/90;

k) apresentar declaração de bens, ajustada para inclusão dos bens dos dependentes;

l) apresentar declaração negativa de acumulação de cargo ou função pública, devendo ser excepcionado os casos permitidos pela Constituição Federal;

m) firmar declaração negativa de acumulação de proventos e vencimentos ou opção de vencimentos se for servidor aposentado em órgão público;

n) apresentar outros documentos que forem exigidos pelo Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial;

o) ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo, comprovada em avaliação médica.

II - DAS INSCRIÇÕES

1. A inscrição deverá ser efetuada, das 10 horas de 02 de outubro às 16 horas de 30 de outubro de 2009 (horário de Brasília), exclusivamente pela internet - site www.vunesp.com.br.

1.1. Não será permitida inscrição por meio bancário, pelos Correios, fac-símile, condicional ou fora do prazo estabelecido.

1.2. Caso o candidato opte por mais de uma inscrição, deverá recolher o valor correspondente ao número de inscrições a ser realizada.

1.3. Após efetivada a inscrição, não será permitida qualquer alteração de cargo pretendido.

1.4. O candidato que efetuar mais de uma inscrição, cujos horários das provas coincidirem, deverá fazer a opção no momento da realização da prova objetiva e não poderá requerer alteração ou devolução do valor da taxa de inscrição da prova que não realizou, sendo considerado ausente e eliminado do Concurso Público no correspondente cargo.

2. A inscrição implicará a completa ciência e a tácita aceitação das normas e condições estabelecidas neste Edital, sobre as quais o candidato não poderá alegar qualquer espécie de desconhecimento.

3. O pagamento da importância do valor da taxa de inscrição poderá ser efetuado, em dinheiro ou em cheque, em qualquer agência bancária.

Cargos

Valor (R$)

- Assistente em C&T
- Técnico

40,00

- Analista em C&T
- Tecnologista

70,00

3.1. Se, por qualquer razão, o cheque for devolvido, a inscrição do candidato será automaticamente cancelada.

3.2. Não será aceito pagamento da taxa de inscrição por depósito em caixa eletrônico, pelos Correios, fac-símile, transferência, DOC, ordem de pagamento ou depósito comum em conta corrente, condicional ou fora do período de inscrição (das 10 horas de 02de outubro às 16 horas de 30 de outubro de 2009) ou por qualquer outro meio que não os especificados neste Edital. O pagamento por agendamento somente será aceito se comprovada a sua efetivação dentro do período de inscrição.

3.3. O não atendimento aos procedimentos estabelecidos nos itens anteriores implicará o cancelamento da inscrição do candidato, verificada a irregularidade a qualquer tempo.

3.4. Para o pagamento da taxa de inscrição, somente poderá ser utilizado o boleto bancário gerado no ato da inscrição, até a data limite do encerramento das inscrições. Atenção para o horário bancário.

3.5. A efetivação da inscrição ocorrerá após a confirmação, pelo banco, do pagamento do boleto referente à taxa. A pesquisa para acompanhar a situação da inscrição poderá ser feita no site www.vunesp.com.br, na página do Concurso Público, a partir de 03 (três) dias úteis após o encerramento do período de inscrições. Caso seja detectada falta de informação, o candidato deverá entrar em contato com o Disque VUNESP - (11) 3874-6300, para verificar o ocorrido.

3.6. Não haverá devolução de importância paga, ainda que efetuada a mais ou em duplicidade, nem isenção total ou parcial de pagamento do valor da taxa de inscrição, seja qual for o motivo alegado, exceto ao candidato amparado pelo Decreto n° 6.593, de 02 de outubro de 2008.

4. A devolução da importância paga somente ocorrerá se o Concurso Público não se realizar.

5. O candidato será responsável por qualquer erro, omissão e pelas informações prestadas na ficha de inscrição.

5.1. O candidato que prestar declaração falsa, inexata ou, ainda, que não satisfaça a todas as condições estabelecidas neste Edital, terá sua inscrição cancelada e, em consequência, anulados todos os atos dela decorrentes, mesmo que aprovado e que o fato seja constatado posteriormente.

6. As informações prestadas na ficha de inscrição são de inteira responsabilidade do candidato, cabendo ao Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial o direito de excluir do Concurso Público aquele que preenchê-la com dados incorretos ou que prestar informações inverídicas, ainda que o fato seja constatado posteriormente.

7. No ato da inscrição, não serão solicitados os documentos comprobatórios constantes no item 6 do capítulo I, sendo obrigatória a sua comprovação quando da posse sob pena de exclusão do candidato do Concurso Público.

7.1. Não deverá ser enviada ao DCTA ou à Fundação VUNESP qualquer cópia de documento de identidade.

8. Informações complementares referentes à inscrição poderão ser obtidas no site www.vunesp.com.br e pelo Disque VUNESP.

9. Para inscrever-se, o candidato deverá:

a) acessar o site www.vunesp.com.br, durante o período de inscrição (das 10 horas de 02 de outubro às 16 horas de 30 de outubro de 2009 - horário de Brasília);

b) localizar no site o "link" correlato ao Concurso Público;

c) ler, na íntegra, o respectivo Edital e preencher total e corretamente a ficha de inscrição;

d) imprimir o boleto bancário;

e) transmitir os dados da inscrição;

f) efetuar o pagamento da taxa de inscrição, de acordo com o item 3, deste Capítulo, até a data limite para encerramento das inscrições (30 de outubro de 2009).

10. Em conformidade com o que dispõe o Decreto n° 6.593, de 02 de outubro de 2008, poderá ser concedido ao candidato o direito de redução do valor da taxa de inscrição para o Concurso Público, desde que, CUMULATIVAMENTE, preencha os seguintes requisitos:

I - esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal - CadÚnico, de que trata o Decreto nº 6.135, de 26 de junho de 2007; e

II - seja membro de família de baixa renda, nos termos do Decreto nº 6.135, de 2007.

11. O candidato que desejar solicitar o referido direito e que preencher as condições estabelecidas no item 10 deste Capítulo, deverá:

11.1. acessar, no período das 10 horas de 22 de setembro às 23h59min de 23 de setembro de 2009 (horário de Brasília), o "link" próprio da página do Concurso Público - site www.vunesp.com.br;

11.2. preencher o requerimento, total e corretamente, com os dados solicitados, em especial o Número de Identificação Social - NIS, atribuído pelo CadÚnico;

11.3. imprimir, datar, assinar e encaminhar à Fundação VUNESP, por SEDEX, até 24 de setembro de 2009, o requerimento, juntamente com a declaração (Anexo III) de que atende à condição estabelecida no Inciso II do Decreto n° 6.593/2008, fazendo constar no envelope "CONCURSO PÚBLICO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA AEROESPACIAL - DCTA - SOLICITAÇÃO DE ISENÇÃO DO VALOR DA TAXA DE INSCRIÇÃO".

11.4. Caso o candidato faça uso de outros meios que não o estabelecido neste Capítulo ou que não satisfaça integralmente ao exigido terá seu pedido de isenção do pagamento da taxa de inscrição indeferido.

11.5. Todas as informações prestadas são de inteira responsabilidade do candidato, assim como a idoneidade dos documentos encaminhados, sob pena da nulidade da inscrição e de todos os atos dela decorrentes, além de sujeitar-se o candidato às penalidades previstas em lei, não sendo admitida alteração ou qualquer inclusão após o período de solicitação do benefício.

11.6. Não será permitido, no prazo de análise de recurso, o envio de documentos comprobatórios e/ou a complementação de documentos.

11.7. O resultado da solicitação será divulgado oficialmente, na data prevista de 10 de outubro de 2009, após às 14 horas, no endereço eletrônico www.vunesp.com.br.

11.8. Será considerado indeferido o requerimento de solicitação de redução do valor da taxa:

a) preenchido incorretamente (omissões, informações inverídicas etc.);

b) enviado pelos Correios, após a data de 24 de setembro de 2009, ou por qualquer outro meio que não o especificado no subitem 11.3 deste Capítulo.

c) que não encaminhar a documentação exigida no subitem 11.3;

d) que não comprovar os requisitos previstos no item 10.

11.9. O candidato que tiver seu pedido de isenção deferido terá automaticamente sua inscrição efetivada, não havendo necessidade de qualquer outro procedimento.

11.10. Da decisão que venha eventualmente indeferir o pedido de isenção da taxa de inscrição, fica assegurado ao candidato o direito de interpor, devidamente justificado e comprovado, recurso no período previsto das 10 horas de 08 de outubro às 16 horas de 10 de outubro de 2009, conforme o Capítulo IX - DOS RECURSOS.

11.10.1. Não será permitido, no prazo de análise de recurso, o envio de documentos comprobatórios e/ou a complementação de documentos.

11.11. O resultado da análise do recurso será divulgado oficialmente, na data prevista de 22 de outubro de 2009, após as 14 horas, no endereço eletrônico www.vunesp.com.br.

11.12. O candidato que tiver a solicitação indeferida, e queira participar do Certame, deverá acessar novamente o "link" próprio na página da Fundação VUNESP - site www.vunesp.com.br, digitar seu CPF e proceder à efetivação da inscrição, imprimindo e pagando o boleto bancário, com valor da taxa de inscrição plena, até 30 de outubro de 2009.

12. A inscrição somente será efetivada após a confirmação, pelo banco, do pagamento do boleto referente à taxa de inscrição.

13. As informações prestadas pelo requerente são de sua inteira responsabilidade, podendo o DCTA utilizá-las em qualquer época, no amparo de seus direitos, bem como nos dos demais candidatos, não podendo ser alegada qualquer espécie de desconhecimento.

14. Informações inverídicas, mesmo que detectadas após a realização do Concurso, acarretarão a eliminação do candidato do Concurso Público, importando em anulação da inscrição e dos demais atos praticados pelo candidato, sem prejuízo das ações criminais cabíveis.

15. Às 16 horas (horário de Brasília) de 30.10.2009, a ficha de inscrição não estará mais disponibilizada no site.

15.1. O descumprimento das instruções para inscrição pela internet implicará a não efetivação da inscrição.

15.2. A Fundação VUNESP e o DCTA não se responsabilizam por solicitação de inscrição pela internet não recebida por motivo de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, bem como outros fatores de ordem técnica que impossibilitem a transferência de dados.

16. O candidato que necessitar de condições especiais, inclusive prova em braile, prova ampliada, etc., deverá, no período das inscrições, encaminhar, por SEDEX, à Fundação VUNESP, ou entregar pessoalmente, na Fundação VUNESP, solicitação contendo nome completo, RG, CPF, telefone e os recursos necessários para a realização da prova, indicando, no envelope, o Concurso Público para o qual está inscrito.

16.1. O candidato que não o fizer, durante o período de inscrição e conforme o estabelecido neste item, não terá a sua prova especial preparada ou as condições especiais providenciadas.

16.2. O atendimento às condições especiais pleiteadas para a realização da prova ficará sujeito, por parte do DCTA e da Fundação VUNESP, à análise e razoabilidade do solicitado.

16.3. Para efeito dos prazos estipulados neste Capítulo, será considerada, conforme o caso, a data da postagem fixada pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos - ECT - ou a data do protocolo firmado pela Fundação VUNESP.

16.4. O candidato portador de necessidades especiais deverá observar ainda o Capítulo III - DA PARTICIPAÇÃO DE CANDIDATO PORTADOR DE NECESSIDADES ESPECIAIS.

III - DA PARTICIPAÇÃO DE CANDIDATO PORTADOR DE NECESSIDADES ESPECIAIS

1. A participação de candidatos portadores de necessidades especiais no presente Concurso Público será assegurada nos termos do artigo 37, inciso VIII, da Constituição Federal.

1.1. O candidato, antes de se inscrever, deverá verificar se as atribuições do cargo, especificadas no Anexo I - DAS ATRIBUIÇÕES, são compatíveis com a deficiência de que é portador.

2. O candidato deverá especificar, na ficha de inscrição, o tipo de deficiência que apresenta, observado o disposto no artigo 4° do Decreto Federal n° 3.298, de 20.12.99, e, no período de inscrição (02 a 30.10.2009), encaminhar à Fundação VUNESP, por SEDEX, ou entregar pessoalmente, na Fundação VUNESP, com a identificação do Concurso Público para o qual está inscrito:

a) relatório médico atestando a espécie, o grau ou nível da deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doença - CID, bem como a causa da deficiência, inclusive para assegurar previsão de adaptação da sua prova;

b) anexado ao relatório médico, documento com seus dados pessoais: nome completo, RG e CPF.

2.1. Serão consideradas deficiências aquelas conceituadas pela medicina especializada, de acordo com os padrões mundialmente estabelecidos e legislação aplicável à espécie, e que constituam inferioridade que implique em grau acentuado de dificuldade para integração social.

2.2. O tempo para a realização da prova a que os portadores de necessidades especiais serão submetidos poderá, desde que requerido justificadamente, ser diferente daquele previsto para os demais candidatos, levando-se em conta o grau de dificuldade apresentado em decorrência da deficiência.

2.3. O candidato inscrito como portador de necessidades especiais que necessitar de condições especiais para a realização da prova deverá observar o item 16 e seus subitens do Capítulo II - DAS INSCRIÇÕES.

2.4. O candidato portador de necessidades especiais participará do Certame em igualdade de condições com os demais candidatos, no que tange ao conteúdo, avaliação, horário e local de aplicação das provas e à avaliação das provas.

3. O candidato que, no ato da inscrição, não declarar ser portador de necessidades especiais ou aquele que se declarar e não atender, ao solicitado na alínea "a" do item 2 deste Capítulo, não será considerado portador de necessidades especiais e não poderá impetrar recurso em favor de sua situação.

4. Após o prazo de inscrição, fica proibida qualquer inclusão ou exclusão de candidato da lista especial de candidatos portadores de necessidades especiais.

5. O candidato aprovado como portador de necessidades especiais que atender ao disposto no item 2 deste Capítulo, será convocado para equipe multidisciplinar, pelo DCTA, a fim de verificar a configuração da deficiência e a compatibilidade da deficiência com o exercício das atribuições do cargo, por especialista na área de deficiência de cada candidato, devendo o laudo ser proferido no prazo de 10 dias corridos contados do respectivo exame.

6. Quando a perícia concluir pela inaptidão do candidato, desde que requerido ao Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial em São José dos Campos - SP constituir-se-á, no prazo de 10 dias corridos, contados da data da divulgação do resultado do respectivo exame, equipe multidisciplinar para nova inspeção, da qual poderá participar profissional indicado pelo interessado.

6.1. A equipe multidisciplinar deverá apresentar conclusão no prazo de 10 dias corridos, contados da data da realização do exame.

7. Não ocorrendo inscrição no Concurso Público ou aprovação de candidatos portadores de necessidades especiais, será elaborada somente a Lista de Classificação Definitiva Geral.

8. Quando da classificação definitiva, será excluído da Lista de Classificação Definitiva Especial o candidato que não tiver configurada a deficiência declarada, passando a figurar apenas na Lista de Classificação Definitiva Geral.

9. Serão excluídos do Concurso Público o candidato que não comparecer à perícia médica e/ou aquele que tiver deficiência considerada incompatível com as atribuições do cargo, mesmo que submetidos e aprovados em qualquer de suas etapas.

10. Após o ingresso do candidato portador de necessidades especiais, essa não poderá ser arguida para justificar a concessão de readaptação do cargo e de aposentadoria por invalidez.

11. Para efeito dos prazos estipulados deste Capítulo, será considerada, conforme o caso, a data de postagem fixada pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos - ECT - ou a data do protocolo firmado pela Fundação VUNESP ou pelo Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial.

12. Os documentos encaminhados fora da forma e dos prazos estipulados neste Capítulo não serão considerados.

IV - DAS PROVAS

1. O Concurso Público constará das seguintes provas:

- Cargo / Classe: Assistente / Assistente 1- Secretariado (Código: 007)

Tipo de prova

Disciplinas

Nº de questões

Valor de cada questão em pontos

Valor máximo em pontos

Mínimo para aprovação em pontos

Escrita

Língua Portuguesa

20

1,5

30

25 pontos no conjunto das disciplinas comuns a todos os perfis

Raciocínio Lógico

05

1,0

05

Noções de Informática

10

1,0

10

Lei 8.112/90

05

1,0

05

Conhecimentos Específicos

20

2,5

50

25 pontos na disciplina

- Cargo / Classe: Assistente / Assistente 1- Demais perfis (Códigos: 001, 002, 003, 004, 005 e 006)

Tipo de prova

Disciplinas

Nº de questões

Valor de cada questão em pontos

Valor máximo em pontos

Mínimo para aprovação em pontos

Escrita

Língua Portuguesa

20

2,0

40

30 pontos no conjunto das disciplinas comuns a todos os perfis

Raciocínio Lógico

10

1,0

10

Lei 8.112/90

10

1,0

10

Conhecimentos Específicos

20

2,0

40

20 pontos na disciplina

- Cargo / Classe: Técnico / Técnico 1 - Soldagem (Código: 027)

Tipo de prova

Disciplinas

Nº de questões

Valor de cada questão em pontos

Valor máximo em pontos

Mínimo para aprovação em pontos

Escrita

Língua Portuguesa

15

1,6

24

20 pontos no conjunto das disciplinas comuns a todos os perfis

Raciocínio Lógico

10

1,1

11

Lei 8.112/90

05

1,0

05

Conhecimentos Específicos

30

2,0

60

30 pontos na disciplina

Prova Prática

Específica do perfil

 

 

 

 

- Cargo / Classe: Técnico / Técnico 1 - Demais perfis (Códigos: 008, 009, 010, 011, 012, 013, 014, 015, 016, 017, 018, 019, 020, 021, 022, 023, 024, 025, 026 e 028)

Tipo de prova

Disciplinas

Nº de questões

Valor de cada questão em pontos

Valor máximo em pontos

Mínimo para aprovação em pontos

Escrita

Língua Portuguesa

15

1,6

24

20 pontos no conjunto das disciplinas comuns a todos os perfis

Raciocínio Lógico

10

1,1

11

Lei 8.112/90

05

1,0

05

Conhecimentos Específicos

30

2,0

60

30 pontos na disciplina

- Cargo / Classe: Tecnologista/ Tecnologista Júnior (Códigos: 036, 037, 038, 039, 040, 041, 042, 043, 044 e 045)

Tipo de prova

Disciplinas

Nº de questões

Valor de cada questão em pontos

Valor máximo em pontos

Mínimo para aprovação em pontos

Escrita

Língua Portuguesa

15

1,0

15

15 pontos no conjunto das disciplinas comuns a todos os perfis

Língua Inglesa

10

1,0

10

Lei 8.112/90

10

0,5

05

Conhecimentos Específicos

35

2,0

70

35 pontos na disciplina

Análise de Títulos

--

--

--

10

--

- Cargo / Classe: Tecnologista/ Tecnologista Pleno 1 (Códigos: 046 e 047)

Tipo de prova

Disciplinas

Nº de questões

Valor de cada questão em pontos

Valor máximo em pontos

Mínimo para aprovação em pontos

Escrita

Língua Portuguesa

15

1,0

15

15 pontos no conjunto das disciplinas comuns a todos os perfis

Língua Inglesa

10

1,0

10

Lei 8.112/90

10

0,5

05

Conhecimentos Específicos

35

2,0

70

35 pontos na disciplina

Análise de Títulos

--

--

--

10

--

- Cargo / Classe: Analista/ Analista Júnior (Códigos: 029, 030, 031, 032, 033 e 034)

Tipo de prova

Disciplinas

Nº de questões

Valor de cada questão em pontos

Valor máximo em pontos

Mínimo para aprovação em pontos

Escrita

Língua Portuguesa

15

1,0

15

20 pontos no conjunto das disciplinas comuns a todos os perfis

Raciocínio Lógico

05

1,0

05

Língua Inglesa

10

1,0

10

Lei 8.112/90

10

1,0

10

Específica do perfil

30

2,0

60

30 pontos na disciplina

Análise de Títulos

--

--

--

10

--

- Cargo / Classe: Analista/ Analista Pleno 1 (Código: 35)

Tipo de prova

Disciplinas

Nº de questões

Valor de cada questão em pontos

Valor máximo em pontos

Mínimo para aprovação em pontos

Escrita

Língua Portuguesa

15

1,0

15

20 pontos no conjunto das disciplinas comuns a todos os perfis

Raciocínio Lógico

05

1,0

05

Língua Inglesa

10

1,0

10

Lei 8.112/90

10

1,0

10

 

Específica do perfil

30

2,0

60

30 pontos na disciplina

Análise de Títulos

--

--

--

10

--

2. A prova escrita, de caráter eliminatório e classificatório, visa avaliar o grau de conhecimento teórico do candidato, necessário ao desempenho do cargo. Essa prova terá duração de 3 horas e 30 minutos, para os cargos de Técnicos e Assistentes e de 4 horas para os cargos de Analistas e Tecnologistas e será composta de questões de múltipla escolha, com 5 alternativas cada uma, de acordo com o conteúdo programático constante do Anexo II - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO.

3. A prova prática, de caráter eliminatório e classificatório, permite avaliar o grau de conhecimento e as habilidades do candidato por meio de demonstração prática das atividades a serem desempenhadas no exercício do cargo. A prova prática será elaborada tendo em vista o conteúdo de Conhecimentos Específicos.

4. A prova de títulos, de caráter classificatório, visa avaliar o grau de conhecimento adquirido por meio de cursos, visando o necessário desempenho do candidato ao cargo pretendido.

V - DA PRESTAÇÃO DAS PROVAS

1. As provas objetivas e de títulos serão realizadas nas cidades de Natal (RN), São José dos Campos (SP) e São Luiz (MA), conforme opção efetivada pelo candidato no ato da inscrição.

1.1. A prova prática, para o cargo de Técnico - Soldagem, será aplicada somente na cidade de São José dos Campos (SP).

1.2. Caso haja impossibilidade de aplicação das provas nas cidades referidas, por qualquer motivo justificável, a Fundação VUNESP poderá aplicá-las em municípios vizinhos.

2. O candidato somente poderá realizar as provas na data, horário e local constantes do respectivo Edital de Convocação.

2.1. O candidato que tiver efetuado mais de 01 inscrição deverá observar atentamente o disposto no subitem 1.4. do Capítulo II - DAS INSCRIÇÕES.

3. O candidato deverá comparecer ao local designado para a prova, constante do Edital de Convocação, com antecedência mínima de 30 minutos, munido de:

a) caneta de tinta azul ou preta, lápis preto n.° 2 e borracha macia;

b) original de um dos seguintes documentos de identificação: Cédula de Identidade (RG), Carteira de Órgão ou Conselho de Classe, Carteira de Identidade expedida pelas Forças Armadas, Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares, Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), Certificado Militar, Carteira Nacional de Habilitação, expedida nos termos da Lei Federal n° 9.503/97, ou Passaporte.

3.1. Somente será admitido na sala ou local de prova o candidato que apresentar um dos documentos discriminados neste item e desde que permita, com clareza, a sua identificação.

3.1.1. O candidato que não apresentar o documento conforme o item 3. e seu subitem deste Capítulo, não fará a prova, sendo considerado ausente e eliminado do Concurso Público.

3.2. Não serão aceitos protocolo, cópia dos documentos citados, ainda que autenticada, boletim de ocorrência ou quaisquer outros documentos não constantes deste Edital, inclusive carteira funcional de ordem pública ou privada.

4. Não será admitido na sala ou local de prova o candidato que se apresentar após o horário estabelecido para o seu início.

5. Não haverá segunda chamada, seja qual for o motivo alegado para justificar o atraso ou a ausência do candidato, nem aplicação da prova fora do local, data e horário preestabelecidos.

6. O candidato não poderá ausentar-se da sala ou local de prova sem o acompanhamento de um fiscal.

7. O candidato que, eventualmente, necessitar alterar algum dado cadastral, deverá, no dia da prova, solicitar ao fiscal da sala, formulário específico para tal finalidade. O formulário deverá ser datado e assinado pelo candidato e entregue ao fiscal. O candidato que queira fazer alguma reclamação ou sugestão deverá procurar a sala de coordenação no local em que estiver prestando a prova.

7.1. O candidato que não atender aos termos deste item deverá arcar, exclusivamente, com as consequências advindas de sua omissão.

8. Não haverá prorrogação do tempo previsto para a aplicação da prova em virtude de afastamento, por qualquer motivo, de candidato da sala ou local de prova.

9. Em caso de necessidade de amamentação durante a prova objetiva, e tão somente nesse caso, a candidata deverá levar um acompanhante, que ficará em local reservado para tal finalidade e será responsável pela guarda da criança.

9.1. No momento da amamentação, a candidata deverá ser acompanhada por uma fiscal.

9.2. Não haverá compensação do tempo de amamentação à duração da prova da candidata.

10. Excetuada a situação prevista no item 9 deste Capítulo, não será permitida a permanência de qualquer acompanhante nas dependências do local de realização de qualquer prova, podendo ocasionar inclusive a não participação do(a) candidato(a) no Concurso Público.

11. Durante as provas, não será permitida qualquer espécie de consulta a códigos, livros, manuais, impressos, anotações ou outro tipo de pesquisa, utilização de outro material não fornecido pela Fundação VUNESP, máquina e relógio com calculadora, agenda eletrônica ou similar, aparelhos sonoros, telefone celular, BIP, pager, walkman, gravador ou qualquer outro tipo de receptor e emissor de mensagens, assim como uso de boné, gorro, chapéu e óculos de sol.

12. Durante a aplicação da prova, poderá ser colhida a impressão digital do candidato, sendo que, na impossibilidade de o candidato realizar o procedimento, esse deverá registrar sua assinatura, em campo predeterminado, por três vezes.

12.1.. A autenticação digital ou assinatura do candidato visa atender ao disposto no item 3 do Capítulo X - DA NOMEAÇÃO.

12.2. Quando da posse, o candidato deverá entregar os documentos comprobatórios constantes no item 6 do Capítulo I - DOS CARGOS.

13. Será excluído do Concurso Público o candidato que:

a) não comparecer à prova, ou qualquer das etapas, conforme convocação oficial, seja qual for o motivo alegado;

b) apresentar-se fora de local, data e/ou do horário estabelecidos no Edital de Convocação;

c) não apresentar o documento de identificação conforme o previsto no item 3 e seu subitem deste Capítulo;

d) ausentar-se, durante o processo, da sala ou local de prova sem o acompanhamento de um fiscal;

e) for surpreendido em comunicação com outro candidato ou terceiros, verbalmente ou por escrito, bem como fazendo uso de material não permitido para a realização da prova ou de qualquer tipo de equipamento eletrônico de comunicação;

f) usar meios ilícitos para a realização da prova;

g) não devolver ao fiscal, seguindo critérios estabelecidos neste Edital, qualquer material de aplicação e de correção da prova;

h) estiver portando arma, ainda que possua o respectivo porte;

i) durante o processo, não atender a uma das disposições estabelecidas neste Edital;

j) perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos;

k) agir com incorreção ou descortesia para com qualquer membro da equipe encarregada da aplicação da prova.

14. A prova escrita tem data prevista para sua realização em 13 de dezembro de 2009, conforme segue:

8 horas (horário de Brasília)

Para os cargos de Assistentes em C&T e Técnicos.

14 horas (horário de Brasília)

Para os cargos de Analistas em C&T e Tecnologistas.

14.1. O horário de início da prova será definido em cada sala de aplicação, após os devidos esclarecimentos sobre sua aplicação.

14.2. A confirmação da data e horário e informação sobre o local para a realização da prova deverão ser acompanhadas pelo candidato por meio de Edital de Convocação a ser publicado no Diário Oficial da União - DOU, não podendo ser alegada qualquer espécie de desconhecimento.

14.3. Nos 5 dias que antecederem a data prevista para a prova objetiva, o candidato poderá ainda:

- consultar o site www.vunesp.com.br; ou

- contatar o Disque VUNESP.

14.4. Se por qualquer motivo o nome do candidato não constar do Edital de Convocação, este deverá entrar em contato com a Fundação VUNESP, para verificar o ocorrido.

14.4.1. Ocorrendo o caso constante deste item, poderá o candidato participar do Concurso Público e realizar a prova se apresentar o respectivo comprovante de pagamento, efetuado nos moldes previstos neste Edital, devendo, para tanto, preencher, no dia da prova, formulário específico.

14.4.2. A inclusão de que trata este item será realizada de forma condicional, sujeita à posterior verificação da regularidade da referida inscrição.

14.4.3. Constatada eventual irregularidade na inscrição, a inclusão do candidato será automaticamente cancelada, sem direito à reclamação, independentemente de qualquer formalidade, considerados nulos todos os atos dela decorrentes.

14.5. O candidato somente poderá retirar-se da sala de aplicação da prova objetiva depois de transcorrido o tempo de 50% da duração da prova.

14.6. No ato da realização da prova, o candidato receberá a Folha de Respostas e o Caderno de Questões.

14.6.1. O candidato deverá transcrever as respostas para a Folha de Respostas, com caneta de tinta azul ou preta, bem como assinar no campo apropriado.

14.6.2. A Folha de Respostas, cujo preenchimento é de responsabilidade do candidato, é o único documento válido para a correção eletrônica e deverá ser entregue no final da prova ao fiscal de sala. O candidato, após transcorrido o tempo de 50% da duração da prova ou ao seu final, levará consigo somente o Caderno de Questões.

14.6.3. Não será computada questão com emenda ou rasura, ainda que legível, nem questão não respondida ou que contenha mais de uma resposta, mesmo que uma delas esteja correta.

14.6.4. Não deverá ser feita nenhuma marca fora do campo reservado às respostas ou à assinatura, sob pena de acarretar prejuízo ao desempenho do candidato.

14.6.5. Em hipótese alguma, haverá substituição da Folha de Respostas por erro do candidato.

14.6.6. Após o término do prazo previsto para a duração da prova, não será concedido tempo adicional para o candidato continuar respondendo questão ou procedendo à transcrição para a Folha de Respostas.

15. Para prestação da prova prática, o candidato deverá observar total e atentamente os termos constantes do item 2 do Capítulo VI - DO JULGAMENTO DAS PROVAS E HABILITAÇÃO.

16. Para prestação da prova de títulos, o candidato deverá observar atentamente os termos constantes do item 3 do Capítulo VI - DO JULGAMENTO DAS PROVAS E HABILITAÇÃO.

16.1. A entrega de títulos, por todos os candidatos aos cargos de Analistas em C&T e Tecnologistas, deverá ocorrer na mesma data e local da prova objetiva, após o término dessa.

16.2. Somente serão avaliados os títulos dos candidatos habilitados na prova objetiva.

VI - DO JULGAMENTO DAS PROVAS E HABILITAÇÃO

1. DA PROVA OBJETIVA

1.1. A prova objetiva será avaliada na escala de 0 a 100 pontos.

1.2. As notas das provas objetivas serão obtidas conforme segue:

- Cargo / Classe: Assistente / Assistente 1- Secretariado (Código: 007)

NF = (LP x 1,5) + (RL x 1,0) + (NI x 1,0) + (LG x 1,0) + (CE x 2,5)

Considerando-se:

NF = Nota Final

LP = número de acertos de Língua Portuguesa

RL = número de acertos de Raciocínio Lógico

NI = número de acertos de Noções de Informática

LG = número de acertos Lei 8.112/90

CE = número de acertos de Conhecimentos Específicos

- Cargo / Classe: Assistente / Assistente 1- Demais perfis (Códigos: 001, 002, 003, 004, 005 e 006)

NF = (LP x 2,0) + (RL x 1,0) + (LG x 1,0) + (CE x 2,0)

Considerando-se:

NF = Nota Final

LP = número de acertos de Língua Portuguesa

RL = número de acertos de Raciocínio Lógico

LG = número de acertos Lei 8.112/90

CE = número de acertos de Conhecimentos Específicos

- Cargo / Classe: Técnico / Técnico 1 - Soldagem (Código: 027)

NF = (LP x 1,6) + (RL x 1,1) + (LG x 1,0) + (CE x 2,0)

Considerando-se:

NF = Nota Final

LP = número de acertos de Língua Portuguesa

RL = número de acertos de Raciocínio Lógico

LG = número de acertos Lei 8.112/90

CE = número de acertos de Conhecimentos Específicos

- Cargo / Classe: Técnico / Técnico 1 - Demais perfis (Códigos: 008, 009, 010, 011, 012, 013, 014, 015, 016, 017, 018, 019, 020, 021, 022, 023, 024, 025, 026 e 028)

NF = (LP x 1,6) + (RL x 1,1) + (LG x 1,0) + (CE x 2,0)

Considerando-se:

NF = Nota Final

LP = número de acertos de Língua Portuguesa

RL = número de acertos de Raciocínio Lógico

LG = número de acertos Lei 8.112/90

CE = número de acertos de Conhecimentos Específicos

- Cargo / Classe: Tecnologista/ Tecnologista Júnior (Códigos: 036, 037, 038, 039, 040, 041, 042, 043, 044 e 045)

NF = (LP x 1,0) + (LI x 1,0) + (LG x 0,5) + (CE x 2,0)

Considerando-se:

NF = Nota Final

LP = número de acertos de Língua Portuguesa

LI = número de acertos de Língua Inglesa

LG = número de acertos Lei 8.112/90

CE = número de acertos de Conhecimentos Específicos

- Cargo / Classe: Tecnologista/ Tecnologista Pleno 1 (Códigos: 046 e 047)

NF = (LP x 1,0) + (LI x 1,0) + (LG x 0,5) + (CE x 2,0)

Considerando-se:

NF = Nota Final

LP = número de acertos de Língua Portuguesa

LI = número de acertos de Língua Inglesa

LG = número de acertos Lei 8.112/90

CE = número de acertos de Conhecimentos Específicos

- Cargo / Classe: Analista/ Analista Júnior (Códigos: 029, 030, 031, 032, 033 e 034)

NF = (LP x 1,0) + (RL x 1,0) + (LI x 1,0) + (LG x 1,0) + (EP x 2,0)

Considerando-se:

NF = Nota Final

LP = número de acertos de Língua Portuguesa

RL = número de acertos de Raciocínio Lógico

LI = número de acertos de Língua Inglesa

LG = número de acertos Lei 8.112/90

EP = número de acertos de Específica do perfil

- Cargo / Classe: Analista/ Analista Pleno 1 (Código: 35)

NF = (LP x 1,0) + (RL x 1,0) + (LI x 1,0) + (LG x 1,0) + (EP x 2,0)

Considerando-se:

NF = Nota Final

LP = número de acertos de Língua Portuguesa

RL = número de acertos de Raciocínio Lógico

LI = número de acertos de Língua Inglesa

LG = número de acertos Lei 8.112/90

EP = número de acertos de Específica do perfil

1.3. Será considerado habilitado o candidato que obtiver no mínimo 50% (cinqüenta por cento) de acerto na disciplina específica do perfil e 50% (cinqüenta por cento) de acertos no conjunto das disciplinas comuns da Prova Escrita, e não zerar em nenhum dos componentes da prova.

1.4. O candidato não habilitado será excluído do Concurso Público.

2.DA PROVA PRÁTICA

2.1. A convocação para a prova prática, para o cargo de Técnico (Soldagem), será publicada oportunamente no DOU e aplicada somente na cidade de São José dos Campos (SP), em data, turma e local preestabelecidos, sendo de responsabilidade do candidato o acompanhamento, não podendo ser alegada qualquer espécie de desconhecimento.

2.2. Serão convocados para realizar a prova prática os 10 (dez) candidatos mais bem habilitados na prova objetiva.

2.2.1. Havendo empate na décima colocação, todos os candidatos nestas condições serão convocados.

2.3. O candidato deverá, ainda, observar atentamente o disposto nos itens 1 a 13 do Capítulo V - DA PRESTAÇÃO DAS PROVAS, não podendo ser alegada qualquer espécie de desconhecimento.

2.3.1. Nenhum candidato poderá retirar-se do local da prova prática sem autorização expressa do responsável pela aplicação.

2.3.2. O candidato, ao terminar a prova, entregará ao aplicador todo o seu material de exame.

2.4. A prova prática será elaborada tendo em vista os Conhecimentos Específicos do Conteúdo Programático.

2.5. A prova prática será avaliada na escala de 0 a 100 pontos.

2.6. Será considerado habilitado o candidato que obtiver nota igual ou superior a 50 pontos.

2.7. O candidato não habilitado na prova prática ou aquele habilitado na prova objetiva, mas não convocado para a prova prática, será excluído do Concurso Público.

3. DA PROVA DE TÍTULOS

1. A entrega de títulos, por todos os candidatos aos cargos de Analistas em C&T e Tecnologistas, deverá ocorrer na mesma data e local da prova objetiva, após o término dessa.

1.1. Os títulos não poderão ser entregues fora da data, horário e do local estabelecidos neste item.

2. Os documentos deverão ser entregues em cópias reprográficas simples, acompanhada de seu original.

3. É de exclusiva responsabilidade do candidato a entrega dos títulos.

4. Após a entrega dos títulos, não será permitida a substituição ou complementação, a qualquer época, dos títulos entregues.

5. O recebimento e avaliação dos títulos estarão sob a responsabilidade da Fundação VUNESP.

6. Somente serão considerados os títulos apresentados nas respectivas áreas afins à formação exigida ou aos pré-requisitos do perfil escolhido pelo candidato e serão avaliados conforme discriminados na tabela a seguir:

TÍTULOS

COMPROVANTES

QUANTIDADE MÁXIMA

VALOR UNITÁRIO

VALOR MÁXIMO

Doutor obtido até a data do encerramento da inscrição.

Diploma devidamente registrado ou documento comprobatório de conclusão do doutorado.

1

4,0

4,0

Mestre obtido até a data do encerramento da inscrição.

Diploma devidamente registrado ou documento comprobatório de conclusão do mestrado.

1

3,0

3,0

Curso de Pós-Graduação - Especialização, concluído até a data do encerramento da inscrição, com 360 horas no mínimo.

Certificado/Declaração de conclusão de curso, em papel timbrado da instituição, com assinatura e carimbo do responsável, número de horas e data do documento.

2

1,0

2,0

Curso de Pós-Graduação - Aperfeiçoamento, concluído até a data do encerramento da inscrição, com 180 horas no mínimo.

2

0,5

1,0

6.1. Não serão avaliados títulos não especificados na tabela e aqueles dos candidatos não habilitados na prova objetiva.

7. Não serão considerados, para fins de pontuação, protocolos de documentos.

8. Não será considerado para contagem de títulos o requisito exigido para o cargo pretendido.

9. Os cursos realizados no exterior deverão ser revalidados por universidades oficiais que mantenham cursos congêneres, credenciados nos órgãos competentes.

10. Os documentos apresentados, cuja devolução não for solicitada à Fundação VUNESP, no prazo de 90 dias contados a partir da data de homologação do resultado final do Concurso Público, poderão ser incinerados por aquela Fundação.

VII - DA PONTUAÇÃO FINAL

1. A pontuação final do candidato será a somatória, conforme o caso, das notas obtidas nas provas objetiva e prática, acrescidas da pontuação obtida na prova de títulos.

VIII - DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE E DA CLASSIFICAÇÃO FINAL

1.Os candidatos aprovados serão classificados por ordem decrescente da pontuação final.

2.Em caso de igualdade da pontuação final, serão aplicados, sucessivamente, os seguintes critérios de desempate ao candidato:

a) com idade igual ou superior a 60 anos, nos termos da Lei Federal nº 10.741/03, entre si e frente aos demais, sendo que será dada preferência ao de idade mais elevada;

b) que obtiver maior nota da prova prática, conforme o caso;

c) que obtiver maior pontuação nas questões de Conhecimentos Específicos;

d) que obtiver maior pontuação nas questões de Língua Portuguesa;

e) que obtiver maior pontuação nas questões de Legislação;

f) que obtiver maior pontuação nas questões de Noções de Informática, conforme o caso;

g) que obtiver maior pontuação nas questões de Raciocínio Lógico;

h) que obtiver maior pontuação nas questões de Língua Inglesa, conforme o caso;

i) mais idoso entre aqueles com idade inferior a 60 anos.

2.1. Persistindo, ainda, o empate, poderá haver sorteio na presença dos candidatos envolvidos para cada cargo.

3. Os candidatos classificados serão enumerados, por cargo, em duas listas, sendo uma geral (todos os candidatos aprovados) e outra especial (portadores de necessidades especiais aprovados).

IX - DOS RECURSOS

1. O prazo para interposição de recurso será de três dias úteis, contados da data da divulgação ou do fato que lhe deu origem.

2. Em caso de interposição de recurso contra o resultado da solicitação de isenção da taxa de inscrição, o candidato deverá acessar o endereço eletrônico www.vunesp.com.br e seguir as instruções ali contidas.

2.1. O resultado da análise do recurso será divulgado oficialmente, na data prevista de 22.10.2009, após as 14 horas, exclusivamente, no site da Fundação VUNESP.

2.2. No caso de deferimento do recurso interposto dentro das especificações, previstas neste item, o candidato não deverá tomar mais qualquer medida para que seja efetivada a inscrição. No caso de indeferimento, o candidato deverá proceder conforme estabelecido no subitem 11.12 do Capítulo II - DAS INSCRIÇÕES.

2.2.1. O candidato deverá observar, ainda, o disposto no item 12 do Capítulo II - DAS INSCRIÇÕES.

3. O candidato que interpuser recurso contra o gabarito, resultado das diversas etapas do Concurso Público e classificação, deverá utilizar o campo próprio para interposição de recursos, no endereço www.vunesp.com.br, na página específica do Concurso Público, e seguir as instruções ali contidas.

3.1. Não será aceito recurso interposto por meio de fax, e-mail, protocolado pessoalmente, ou por qualquer outro meio além do previsto neste item.

3.2. A pontuação relativa à(s) questão(ões) anulada(s) será atribuída a todos os candidatos presentes na prova objetiva.

3.3. No caso de recurso em pendência à época da realização de alguma das etapas do Concurso Público, o candidato poderá participar condicionalmente da etapa seguinte.

3.4. No caso de provimento do recurso interposto dentro das especificações, esse poderá, eventualmente, alterar a nota/classificação inicial obtida pelo candidato para uma nota/classificação superior ou inferior, ou ainda poderá ocorrer a desclassificação do candidato que não obtiver a nota mínima exigida para habilitação.

3.5. A resposta ao recurso interposto será objeto de divulgação no Diário Oficial da União, com exceção do resultado da solicitação de isenção da taxa de inscrição, que será apenas divulgado no site da Fundação VUNESP.

4. Será indeferido o recurso interposto fora da forma e dos prazos estipulados neste Edital, aquele que não apresentar fundamentação e embasamento, ou aquele que não atender às instruções constantes do "link" Recursos na página específica do Concurso Público.

5. Não será aceito pedido de revisão de recurso e/ou recurso de recurso.

6. Não haverá, em hipótese alguma, vistas de prova.

X - DA HOMOLOGAÇÃO, NOMEAÇÃO E POSSE

1. O resultado final do Concurso Público será homologado no Diário Oficial da União, obedecendo à estrita ordem de classificação e de acordo com o previsto na Portaria n° 450, de 06 de novembro de 2002, do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e o Decreto N° 6.944, de 21 de agosto de 2009.

2. A publicação do resultado final será feita em duas listas, contendo, a primeira, a pontuação de todos os candidatos, inclusive a dos portadores de necessidades especiais, e a segunda, somente a pontuação destes últimos.

3. O candidato concorre às vagas existentes neste Edital e àquelas que vierem a surgir durante a validade do Concurso Público.

4. O candidato aprovado e classificado dentro do número de vagas, de acordo com subitem 3, será convocado, obedecida a estrita ordem de classificação, para nomeação, através de carta com Aviso de Recebimento (AR) ou telegrama, obrigando-se a declarar, por escrito, no prazo de 7 (sete) dias úteis a contar da data de recebimento da convocação, se aceita ou não ocupar a vaga para o cargo/cidade para o qual está sendo convocado. O não pronunciamente do candidato no prazo aqui estabelecido implicará a sua exclusão do Concurso Público e permitirá a Administração nomear substituto, observando a ordem rigorosa de classificação.

5. A nomeação dependerá de prévia autorização do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão - MPOG e obedecerá à ordem de classificação dos candidatos, de acordo com as necessidades do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial.

6. Por ocasião da posse, deverão ser comprovadas, mediante entrega dos devidos documentos, observados os termos do item 2 do Capítulo XI - DAS DISPOSIÇÕES FINAIS, as seguintes exigências:

a) ter, na data da posse, os requisitos exigidos para o cargo, previstos na inscrição;

b) Documentos comprobatórios de tempo de experiência (somente Carteira de Trabalho, Contrato de Prestação de Serviços, Certidão de Tempo de Serviço)

7. O Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial, no momento do recebimento dos documentos para a posse, afixará 1 (uma) fotografia atualizada 3x4 cm do candidato no Cartão de Autenticação Digital - CAD, e, na sequência, confirmará o procedimento coletado no dia da realização da prova.

8. Os candidatos nomeados serão convocados para etapa dos exames médicos e deverão apresentar, na Junta de Saúde designada, do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial, os seguintes exames às suas expensas:

a) Óculos e lentes de contato, se fizerem uso, ou um exame de refração recente;

b) Mapeamento de retina se tiver mais de quatro graus de miopia;

c) Eletroencefalograma com laudo;

d) Exame colpocitológico para os candidatos do sexo feminino;

e) Dosagem de beta-HCG, para os candidatos do sexo feminino;

f) Dosagem do PSA total (antígeno prostático específico) para os candidatos do sexo masculino, com idade igual ou acima de 45 (quarenta e cinco) anos; e

g) Pesquisa de anti-HIV.

8.1 O candidato passará por avaliação na clínica médica, odontológica, otorrinolaringologia, fonoaudiologia com audiometria, oftalmologia, patologia clínica (exames laboratoriais), radiodiagnóstico (raio X do tórax), ginecologia para os candidatos do sexo feminino, cardiologia com eletrocardiograma, psiquiatria e neurologia e outras especialidades que porventura forem solicitadas pelas clínicas.

XI - DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

1. A inscrição implicará a completa ciência e a tácita aceitação das normas e condições estabelecidas neste Edital e das demais normas legais pertinentes, sobre as quais não poderá o candidato alegar qualquer espécie de desconhecimento.

2. Quando da posse, o candidato deverá entregar os documentos comprobatórios constantes no item 6 do Capítulo I - DOS CARGOS. 2.1. A inexatidão e/ou irregularidades nos documentos, mesmo que verificadas a qualquer tempo, em especial por ocasião da contratação, acarretarão a nulidade da inscrição com todas as suas decorrências, sem prejuízo das demais medidas de ordem administrativa, cível ou criminal.

3. A aprovação e a classificação definitiva geram, para o candidato, apenas a expectativa de direito à nomeação.

4. O prazo de validade deste Concurso Público será de 01 (um) ano, contado da data da sua homologação, podendo ser prorrogado, a critério da Administração, uma única vez e por igual período.

5. Caberá ao Diretor-Geral do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial a homologação deste Concurso Público.

6. Os itens deste Edital poderão sofrer eventuais atualizações ou retificações, enquanto não consumada a providência ou evento que lhes disser respeito, circunstância que será mencionada em Edital ou Aviso a ser publicado no Diário Oficial da União.

7. A legislação com entrada em vigor após a data de publicação deste Edital e alterações posteriores não serão objetos de avaliação da prova neste Concurso Público.

8. As informações sobre o presente Concurso Público serão prestadas pela Fundação VUNESP, por meio do Disque VUNESP, e pela internet, no site www.vunesp.com.br, sendo que após a classificação definitiva as informações serão de responsabilidade do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial.

9. Em caso de alteração de algum dado cadastral até a emissão da classificação definitiva, o candidato deverá requerer a atualização à Fundação VUNESP, após o que e durante o prazo de validade deste certame, pessoalmente, no Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial.

10. O Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial e a Fundação VUNESP se eximem das despesas decorrentes de viagens e estadas dos candidatos para comparecimento a qualquer fase deste Concurso Público e da responsabilidade de documentos e/ou objetos esquecidos ou danificados no local ou sala de prova.

11. O Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial e a Fundação VUNESP não se responsabilizam por eventuais prejuízos ao candidato decorrentes de:

a) endereço não atualizado;

b) endereço de difícil acesso;

c) correspondência devolvida pela ECT por razões diversas de fornecimento e/ou endereço errado do candidato;

d) correspondência recebida por terceiros.

12. O Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial e a Fundação VUNESP não emitirão Declaração de Aprovação no Concurso Público, sendo a própria publicação no Diário Oficial da União documento hábil para fins de comprovação da aprovação.

13. Todas as convocações, avisos e resultados oficiais, referentes à realização deste Concurso Público, serão publicados no Diário Oficial da União e divulgados no site www.vunesp.com.br, com exceção do resultado da solicitação de redução da taxa de inscrição, que será apenas divulgado no site da Fundação VUNESP, sendo de inteira responsabilidade do candidato o seu acompanhamento, não podendo ser alegada qualquer espécie de desconhecimento.

14. Toda menção a horário neste Edital e em outros atos dele decorrentes terá como referência o horário oficial de Brasília.

15. Os questionamentos relativos a casos omissos ou duvidosos serão julgados pelo Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial.

16. Decorridos 90 dias da data da homologação e não caracterizando qualquer óbice, é facultada a incineração da prova e demais registros escritos, mantendo-se, porém, pelo prazo de validade do Concurso Público, os registros eletrônicos.

17. Sem prejuízo das sanções criminais cabíveis, a qualquer tempo, o Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial poderá anular a inscrição, prova ou nomeação do candidato, verificadas falsidades de declaração ou irregularidade no certame.

18. O candidato será considerado desistente e excluído do Concurso Público quando não comparecer às convocações nas datas estabelecidas ou manifestar sua desistência por escrito.

Informações

- Fundação VUNESP
Rua Dona Germaine Burchard, 515 - Água Branca - Perdizes - São Paulo - CEP 05002-062
Horário: dias úteis - das 8 às 13 horas e das 14 às 17 horas (horário de Brasília)
Disque VUNESP: (11) 3874-6300 - dias úteis - das 8 às 20 horas (horário de Brasília)
Site: www.vunesp.com.br

- Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial

Avenida Brigadeiro Faria Lima, 1.941 - Parque Martim Cererê - CEP 12.227-000 - São José dos Campos - SP
Telefones (12) 3947- 6635
Site: www.cta.br
Horário: dias úteis - das 10h às 12h e das 15h às 17h

São José dos Campos, 11 de setembro de 2009.

Ten Brig Ar CLEONILSON NICÁCIO SILVA
Diretor-Geral do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial

ANEXO I - DAS ATRIBUIÇÕES

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES, DE ACORDO COM A LEI Nº 8.691, DE 28 DE JULHO DE 1993: CARGO DE TECNOLOGISTA E TÉCNICO: Exercer atividades específicas de pesquisa e desenvolvimento tecnológico;

CARGO DE ANALISTA EM C&T E ASSISTENTE EM C&T: Exercer atividades de apoio à direção, coordenação, organização, planejamento, controle e avaliação de projetos de pesquisa e desenvolvimento na área de ciência e tecnologia, bem como toda atividade de suporte administrativo.

ANEXO II - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Ensino Médio

Língua Portuguesa - Comum para todos os cargos (Códigos: 001, 002, 003, 004, 005, 006, 007, 008, 009, 010, 011, 012, 013, 014, 015, 016, 017, 018, 019, 020, 021, 022, 023, 024, 025, 026, 027 e 028)

Interpretação de texto. Pontuação. Classes de palavras: substantivo, adjetivo, numeral, pronome, verbo, advérbio, preposição e conjunção: emprego e sentido que imprimem às relações que estabelecem. Vozes verbais: ativa e passiva. Colocação pronominal. Concordância verbal e nominal. Regência verbal e nominal. Crase. Sinônimos, antônimos e parônimos. Sentido próprio e figurado das palavras.

Raciocínio Lógico - Comum para todos os cargos (Códigos: 001, 002, 003, 004, 005, 006, 007, 008, 009, 010, 011, 012, 013, 014, 015, 016, 017, 018, 019, 020, 021, 022, 023, 024, 025, 026, 027 e 028)

Visa avaliar a habilidade do candidato em entender a estrutura lógica das relações arbitrárias entre pessoas, lugares, coisas, eventos fictícios; deduzir novas informações das relações fornecidas e avaliar as condições usadas para estabelecer a estrutura daquelas relações. As questões desta prova poderão tratar das seguintes áreas: estruturas lógicas, lógicas de argumentação, diagramas lógicos.

Legislação - Comum para todos os cargos (Códigos: 001, 002, 003, 004, 005, 006, 007, 008, 009, 010, 011, 012, 013, 014, 015, 016, 017, 018, 019, 020, 021, 022, 023, 024, 025, 026, 027 e 028)

Lei nº 8.112/ 90: Título I - Capítulo Único - Das Disposições Preliminares; Título II - Capítulo I - Do Provimento; Capítulo II - Da Vacância; Título IV - Capítulo I - Dos Deveres; Capítulo II - Das Proibições; Capítulo III - Da Acumulação; Capítulo IV - Das Responsabilidades; Capítulo V - Das Penalidades.

Assistente em C&T (Administração - Área Administrativa) (Códigos: 001 e 002)

Conhecimentos Específicos

Processos Administrativos: Lei N° 9.784/99; Constituição da República Art. 37 a 41, princípios constitucionais relativos à administração pública; probidade administrativa; discricionariedade administrativa; atos administrativos. Noções de arquivo em ordem numérica e alfabética. Noções de organização. Noções de controle de materiais. Noções básicas de rotinas de escritório. Noções básicas das rotinas de pessoal.

Assistente em C&T (Administração - Área de Almoxarifado) (Código: 003)

Conhecimentos Específicos

Conceitos e noções gerais de almoxarifado. Administração de depósitos. Atividades de um depósito. Registros de estoque. Precisão dos registros. Modelos e formulários de controle. Codificação e classificação de materiais. Controle do almoxarifado. Controle físico e de segurança. Inventário de materiais. Estocagem de materiais. Conservação e tipos de embalagens de materiais. Requisição de materiais. Recepção, armazenamento e distribuição de materiais. Localização e movimentação de materiais. Arranjo físico, higiene e segurança em depósitos.

Assistente em C&T (Administração - Área de Recursos Humanos) (Código: 006)

Conhecimentos Específicos

Administração Pública: Constituição da República Art. 37 a 41, EC 20/98, EC 41/03, EC 43/03 e EC 47/05, princípios constitucionais relativos à administração pública; probidade administrativa; discricionariedade administrativa; atos administrativos; Lei N° 8.112/90 (Regime Jurídico dos Servidores Públicos Federais) atualizada e Lei N° 8.691/93 (Carreira de Ciência e Tecnologia) atualizada.

Assistente em C&T (Contabilidade) (Códigos: 004 e 005)

Conhecimentos Específicos

Contabilidade geral: princípios contábeis, estrutura contábil e o método das partidas dobradas, classificação contábil, operações com mercadorias, avaliação de estoque, balancete, balanços e demonstrações contábeis, análises e conciliações de contas, conhecimentos de contabilidade pública. Lei n.° 8.666/1993 e suas alterações; Lei 10.520/2002 e suas alterações.

Assistente em C&T (Secretariado) (Código: 007)

Noções de Informática

MS-Windows XP: conceito de pastas, diretórios, arquivos e atalhos, área de trabalho, área de transferência, manipulação de arquivos e pastas, uso dos menus, programas e aplicativos, interação com o conjunto de aplicativos MS-Office 2003. MS-Word 2003: estrutura básica dos documentos, edição e formatação de textos, cabeçalhos, parágrafos, fontes, colunas, marcadores simbólicos e numéricos, tabelas, impressão, controle de quebras e numeração de páginas, legendas, índices, inserção de objetos, campos predefinidos, caixas de texto. MS-Excel 2003: estrutura básica das planilhas, conceitos de células, linhas, colunas, pastas e gráficos, elaboração de tabelas e gráficos, uso de fórmulas, funções e macros, impressão, inserção de objetos, campos predefinidos, controle de quebras e numeração de páginas, obtenção de dados externos, classificação de dados. MS-PowerPoint 2003: estrutura básica das apresentações, conceitos de slides, anotações, régua, guias, cabeçalhos e rodapés, noções de edição e formatação de apresentações, inserção de objetos, numeração de páginas, botões de ação, animação e transição entre slides. Correio Eletrônico: uso de correio eletrônico, preparo e envio de mensagens, anexação de arquivos. Internet: Navegação Internet, conceitos de URL, links, sites, busca e impressão de páginas.

Conhecimentos Específicos

Noções de organização, sistemas e métodos. Correspondência: fluxo e redação. Técnicas de arquivo. Ética profissional. Conceito de Organograma. Técnica de atendimento. Agenda e Administração do tempo. Noções sobre relações humanas.

Língua Inglesa

Compreensão e interpretação de texto (sentido global do texto, localização de determinada ideia, palavras cognatas). Conhecimento de vocabulário fundamental e de aspectos gramaticais em nível funcional, ou seja, como acessório à compreensão do texto.

Técnico 1 (Desenhista Projetista) (Código: 008)

Conhecimentos Específicos

Instrumentação técnica. Dimensionamentos e formatos do papel: normas. Estudo de escalas e sua aplicação prática. Teoria das cores: cor-luz, cor-pigmento, monocromia, policromia, escalas cromáticas, irradiação, matizes, nuances, harmonia e contraste. Noções básicas sobre composição bidimensional: campo, diagramação, planos de profundidade, simetria, assimetria, peso, equilíbrio, contraste, unidade, ritmo e tensão. Sistemas projetivos: projeções ortogonais e tipos de perspectiva. Técnica, tipos e sistemas ilustrativos, análise e confecção de projetos: "layout" e arte final. Noções básicas de comunicação. Conhecimentos de softwares para CAD preferencialmente mecânico. Noções de Higiene, prevenção e segurança no trabalho.

Inglês Técnico:

Interpretação de texto ligado à área de atuação constando de perguntas formuladas em língua portuguesa e/ou língua inglesa.

Técnico 1 (Edificações) (Códigos: 009, 010 e 011)

Conhecimentos Específicos

Locação e Terraplanagem: topografia (levantamento e interpretação de projeto), medidas e locação de obras, noções de terraplanagem e movimentação de terra. Sistemas Construtivos: noções referentes a sistemas construtivos e materiais para os serviços de: fundações, estruturas, alvenarias, coberturas, revestimentos, impermeabilizações, esquadrias, vidros, pintura, instalações hidráulicas e elétricas. Desenho de Construção Civil: elaboração de projetos (concepção, normalização, interpretação e dimensionamento) de: arquitetura (plantas, cortes, fachadas, detalhes construtivos), instalações elétricas, instalações hidráulicas, fundações e estrutura. Planejamento: noções de planejamento de obras, elaboração de rede PERT-COM e elaboração de orçamentos. Noções referentes a laboratórios da área da engenharia civil (normalização, equipamentos, ensaios, etc). Noções de Higiene, prevenção e segurança no trabalho.

Inglês Técnico

Interpretação de texto ligado à área de atuação constando de perguntas formuladas em língua portuguesa e/ou língua inglesa.

Técnico 1 (Elétrica) (Código: 019)

Conhecimentos Específicos

Corrente contínua: lei de Ohm e suas unidades de grandezas. Análise de circuitos. Princípios e aplicações da Lei de Kirchhoff. Circuitos: série, paralelo e misto. Transformações estrela em triângulo e vice-versa. Energia e potência elétrica. Lei de Joule. Fusíveis. Potência elétrica produzida por um gerador. Rendimento de um gerador. Agrupamento dos geradores elétricos. Corrente alternada: período e freqüência da F.E.M., princípios de funcionamento do alternador. Medições da C.A.. Valor eficaz, médio e forma de onda das grandezas senoidais. Lei de Ohm. Circuitos resistivos, indutivos e capacitores. Potência real, aparente e fator da potência. Sistemas polifásicos: geração e circuitos. Transmissão e distribuição de circuitos. Potência e medições nos sistemas trifásicos. Conversão da C.A. em C.C.: retificadores e conversores. Semicondutores. Retificadores controlados e semi controlados. Desenho técnico: diagramas multifiliares e unifiliares de circuitos básicos. Diagramas multifiliares e unifiliares de motores com comando de partida manual e automática. Cálculo de custos e memorial descritivo de projeto. Projeto de instalações elétricas: dispositivos de comando e controle. Luminotécnica. Dimensionamento de condutores e fusíveis. Prática profissional: instalações e manutenções. Circuitos de potência e comandos elétricos. Noções de Higiene, prevenção e segurança no trabalho.

Inglês Técnico:

Interpretação de texto ligado à área de atuação constando de perguntas formuladas em língua portuguesa e/ou língua inglesa.

Técnico 1 (Eletromecânica) (Códigos: 012 e 013)

Conhecimentos Específicos

Leis e fundamentos básicos de eletricidade: resistência elétrica, resistor, capacitor, eletromagnetismo, indutor, Lei de Ohm, potência elétrica, Leis de Kirchoff; tensão e corrente elétricas contínuas; tensão e corrente elétricas alternadas. Circuitos elétricos e componentes eletroeletrônicos: circuitos de corrente contínua e circuitos de corrente alternada, circuitos RC, RL e RLC série e paralelo. Tecnologia e dispositivos semicondutores: bipolar, MOS, CMOS; diodo, transistor e tiristor. Eletrônica digital: sistemas de numeração, funções lógicas, circuitos combinacionais, circuitos sequenciais e famílias lógicas. Instrumentos e equipamentos de registro e medição elétricos: princípio de funcionamento, manuseio e utilização de instrumentos de medição de grandezas elétricas e físicas: tensão, corrente, resistência, potência, fase, frequência, temperatura e luminosidade; Sensores: indutivo, capacitivo, de nível, velocidade, óptico, pressão, temperatura, encoder, tacogerador, resistor dependente da tensão (VDR), de vazão; multímetro e osciloscópio. Controle e automação industrial: arquitetura dos controladores lógicos programáveis: aplicação de relés e contatores, programação Ladder; transdutores: de pressão, temperatura e outros. Pneumática: conceitos básicos de pneumática, ar comprimido, atuadores pneumáticos, válvulas direcionais, circuitos básico. Hidráulica: características dos sistemas hidráulicos, atuadores hidráulicos, válvulas direcionais, válvulas de retenção, válvulas de fluxo, circuitos hidráulicos; Noções de Higiene, prevenção e segurança no trabalho.

Inglês Técnico:

Interpretação de texto ligado à área de atuação constando de perguntas formuladas em língua portuguesa e/ou língua inglesa.

Técnico 1 (Eletrônica) - Curso Técnico em Eletrônica (Códigos: 015, 016 e 017)

Conhecimentos Específicos

Circuitos em CC e CA: grandezas elétricas e primeira lei de Ohm; resistores, sinais senoidais; leis de Kirchhoff; ponte de Wheatstone; teoremas de Thévenin e Norton; filtros RL e RC; integradores e diferenciadores; circuitos RLC; circuitos de sintonia; potência em CC e CA; fator de potência. Eletrônica Analógica: transformadores; especificações de diodo retificador; circuitos retificadores, dobrador de tensão; especificações de diodo Zener; fonte de alimentação com filtro capacitivo e estabilização por diodo Zener; especificações de SCR, DIAC e TRIAC; circuitos retificadores controlados; especificações de transistores bipolar e de efeito de campo; polarização e reta de carga de transistores bipolar e de efeito de campo; configuração Darlington; características dos amplificadores classes A, B e AB; especificações de amplificadores operacionais; circuitos de integrador, diferenciador, comparador e filtro com amplificador operacional. Eletrônica Digital: sistemas de numeração; álgebra de Boole; portas lógicas; implementação e simplificação de circuitos lógicos combinacionais; circuitos multiplex e demultiplex; decodificador BCD-7 segmentos; tipos de flip -flop's; registradores e contadores; conversores A/D e D/A; memórias RAM, ROM, PROM, EPROM e EEPROM; famílias de circuitos lógicos. Telecomunicações: aparelho telefônico; tráfego telefônico; comutação telefônica; rede telefônica; transmissão de canais telefônicos; conceitos e circuitos de sistemas de modulação e demodulação AM-DSB, AM-DSB/SC, AM-SSB e FM; transmissores e receptores comerciais em AM e FM; conceitos e circuitos de sistemas de modulação PAM, PPM, PWM e PCM; conceitos básicos de transmissão de dados; características dos sistemas de comunicação em UHF, VHF, microondas, antenas, transceptores. Noções de linha de transmissão. Noções de Higiene, prevenção e segurança no trabalho.

Inglês Técnico:

Interpretação de texto ligado à área de atuação constando de perguntas formuladas em língua portuguesa e/ou língua inglesa.

Técnico 1 (Eletrônica) - Curso Técnico em Eletrônica ou Mecatrônica (Código: 018)

Conhecimentos Específicos

Leis e fundamentos básicos de eletricidade: resistência elétrica, resistor, capacitor, eletromagnetismo, indutor, Lei de Ohm, potência elétrica, Leis de Kirchoff; tensão e corrente elétricas contínuas; tensão e corrente elétricas alternadas. Circuitos elétricos e componentes eletroeletrônicos: circuitos de corrente contínua e circuitos de corrente alternada, circuitos RC, RL e RLC série e paralelo. Tecnologia e dispositivos semicondutores: bipolar, MOS, CMOS; diodo, transistor e tiristor. Máquinas elétricas: motores e geradores. Eletrônica digital: sistemas de numeração, funções lógicas, circuitos combinacionais, circuitos sequenciais e famílias lógicas. Microprogramação: arquitetura interna do microcontrolador, programação do microcontrolador e interfaceamento de periféricos de entrada e saída. Instrumentos e equipamentos de registro e medição elétricos: princípio de funcionamento, manuseio e utilização de instrumentos de medição de grandezas elétricas e físicas: tensão, corrente, resistência, potência, fase, frequência, temperatura e luminosidade; Sensores: indutivo, capacitivo, de nível, velocidade, óptico, pressão, temperatura, encoder, tacogerador, resistor dependente da tensão (VDR), de vazão. Controle e automação industrial: arquitetura dos controladores lógicos programáveis: módulos, programação, instruções de linguagens, programação Ladder; relés programáveis; controle de máquinas de corrente alternada e de corrente contínua com interfaces analógicas e digitais, análise de malhas, realimentação e estabilidade, teoria de controle. Noções de Higiene, prevenção e segurança no trabalho.

Inglês Técnico:

Interpretação de texto ligado à área de atuação constando de perguntas formuladas em língua portuguesa e/ou língua inglesa.

Técnico 1 (Eletrônica) - Curso Técnico em Eletrotécnica ou Eletrônica ou Telecomunicações (Código: 014)

Conhecimentos Específicos

Leis e fundamentos básicos de eletricidade: resistência elétrica, resistor, capacitor, eletromagnetismo, indutor, Lei de Ohm, potência elétrica, Leis de Kirchoff; tensão e corrente elétricas contínuas; tensão e corrente elétricas alternadas. Circuitos elétricos e componentes eletroeletrônicos: circuitos de corrente contínua e circuitos de corrente alternada, circuitos RC, RL e RLC série e paralelo. Circuitos com dispositivos semicondutores: diodos, retificadores, análise de circuitos com diodos, transistor bipolar, polarização de transistores, amplificador e estágios pré-amplificadores, amplificadores de potência, multivibradores e osciladores; fundamentos de amplificadores operacionais: amplificador, diferenciador e integrador; transistor de efeito de campo (J-FET), FET Metal-Óxido-Semicondutor (MOSFET), circuitos osciladores integrados, Optoacopladores, fontes chaveadas. Eletrônica digital: sistemas de numeração, portas lógicas, álgebra de BOOLE, famílias lógicas, circuitos combinacionais, circuitos sequenciais: flip-flop, registradores e contadores. Microprocessadores: evolução dos microprocessadores e microcontroladores, arquitetura de microprocessadores e microcontroladores, periféricos, interface de comunicação serial e paralela, programação Assembly. Informática: arquitetura dos microcomputadores pessoais, componentes do microcomputador, periféricos, sistema operacional, editor de textos, planilha eletrônica, banco de dados. Telecomunicações: aparelho telefônico; tráfego telefônico; comutação telefônica; rede telefônica; transmissão de canais telefônicos; conceitos e circuitos de sistemas de modulação e demodulação AM-DSB, AM-DSB/SC, AM-SSB e FM; transmissores e receptores comerciais em AM e FM; conceitos e circuitos de sistemas de modulação PAM, PPM, PWM e PCM; conceitos básicos de transmissão de dados; características dos sistemas de comunicação em UHF, VHF, microondas, antenas, transceptores. Noções de linha de transmissão. Noções de Higiene, prevenção e segurança no trabalho.

Inglês Técnico:

Interpretação de texto ligado à área de atuação constando de perguntas formuladas em língua portuguesa e/ou língua inglesa.

Técnico 1 (Informática) (Códigos: 020 e 021)

Conhecimentos Específicos

Conceitos Gerais de Informática e Microinformática. Hardware: arquitetura, unidade central de processamento, memórias, unidades periféricas e dispositivos de entrada e saída. Software: conceitos, tipos de softwares, recursos básicos, gerenciamento dos recursos e linguagens de programação: C/C++, PHP, Microsoft DotNet. Sistemas Operacionais: LINUX, WINDOWS XP e WINDOWS Vista. Funcionamento do Computador: modalidades de processamento, tipos de sistemas e aplicações dos computadores. Redes de Computadores: conceitos de Comunicação de Dados. Tipos e Arquiteturas de Redes: cliente/servidor, topologias, protocolos e tecnologias de redes. Sistemas Operacionais para Servidores de Rede: Windows 2003 e 2008 Server. Redes locais e remotas. Componentes de Redes: servidores, switches, hubs, roteadores, bridges, repetidores, conectores, modems e cabeamento estruturado. Segurança de Redes. Internet e Intranet. Administração de Dados: conceitos de Armazenamento de Dados: tipos e estruturas de dados, organização e tipos de arquivos, técnicas de armazenamento e métodos de acesso. Bancos de Dados: conceitos de Bancos de Dados: relacionais e orientados a objetos. Sistema Gerenciador de Bancos de Dados: SQL Server. Linguagem SQL. Conhecimentos de programação: conceitos, fluxogramação, documentação e metodologia de programação. Técnicas de Programação: modular, estruturada e orientada a objetos. Noções de Higiene, prevenção e segurança no trabalho.

Inglês Técnico:

Interpretação de texto ligado à área de atuação constando de perguntas formuladas em língua portuguesa e/ou língua inglesa.

Técnico 1 (Mecânica) (Código: 022)

Conhecimentos Específicos

Cinemática. Estática. Baricentro de área. Superfícies e volumes. Grandezas físicas. Cálculos e tipos de roscas. Cálculo e tipos de engrenagens. Ferramentas de corte para tornos,fresadoras, plainas e. furadeiras. Ângulos de corte e materiais a serem usinados. Brocas. Ângulos de afiação. Formação de cavaco. Máquinas. Ferramentas. Nomenclatura: tipos e características de tornos e fresadoras: convencional e CNC, retíficas. Plainas e furadeiras. Operações de usinagem em tornos, fresadoras convencional e CNC. Retíficas. Plainas e furadeira. Operações de Ajustagem. Fluidos de Corte: tipos, propriedades, importância na usinagem. Tolerâncias: normas e aplicações. Simbologia Técnica: desenhos para fabricação (usinagem). Tecnologia dos materiais: ferrosos, não-ferrosos, plásticos e compostos, usinabilidade, soldagem e tratamentos térmicos. Tempos, métodos e processos: planejamento e usinagem em tornos e fresadoras: CNC e convencionais, plainas, retificas e furadeiras. Comando numérico, programação manual de fresadoras, format ação ISO. Funções preparatórias. Blocos. Correção de trajetória. Interpolação. Ciclos fixos. Posicionamento de peças. Organização do programa e tabela de ferramentas. Planejamento da usinagem. Controle de qualidade e metrologia: noções. Técnicas de inspeção. Instrumentação. Manutenção de equipamentos: necessidade. Tipos de manutenção. Lubrificação. Higiene e segurança no Trabalho.Prevenção de acidentes no trabalho. Leitura e interpretação de desenhos. Noções de Higiene, prevenção e segurança no trabalho.

Inglês Técnico:

Interpretação de texto ligado à área de atuação constando de perguntas formuladas em língua portuguesa e/ou língua inglesa.

Técnico 1 (Qualidade) (Código: 023)

Conhecimentos Específicos

Conceitos da Qualidade, Noções de Estatística aplicada a Qualidade, Introdução ao Controle Estatístico da Qualidade, Ferramentas da Qualidade, Noções básicas da Qualidade Total e Manutenção Produtiva Total (TPM), Conhecimentos sobre sistemas da Qualidade (ISO) e normas (no mínimo NBR ISO 9001, NBR ISO 15100, NBR ISO/IEC 17025), Elementos de Planejamento e Controle de Processos, Gestão por Processos, Noções de Metrologia e Sistemas de Medição, Gerenciamento da Melhoria e Indicadores da Qualidade, Gestão Ambiental e noções sobre Sistema de Gestão Integrado. Noções de Higiene, prevenção e segurança no trabalho.

Inglês Técnico:

Interpretação de texto ligado à área de atuação constando de perguntas formuladas em língua portuguesa e/ou língua inglesa.

Técnico 1 (Química) (Código: 024)

Conhecimentos Específicos

Propriedades gerais da matéria: estados físicos da matéria; substâncias puras e misturas; transformações físicas e químicas. Estrutura atômica. Classificação Periódica dos Elementos. Ligações Químicas. Aspectos qualitativos das Reações Químicas: tipos de reações químicas. Grandezas Químicas: massa Atômica; massa molecular e número de Avogadro. Cálculos estequiométricos. Funções da Química Inorgânica. Soluções: cálculo de concentrações das soluções. Cinética Química. Equilíbrio Químico e Equilíbrio Iônico. Eletroquímica. Funções Orgânicas e suas nomenclaturas. Principais Reações Orgânicas. Química Analítica Quantitativa: análise volumétrica e análise gravimétrica. Segurança em laboratórios químicos. Operações de laboratórios. Noções de Higiene, prevenção e segurança no trabalho.

Inglês Técnico:

Interpretação de texto ligado à área de atuação constando de perguntas formuladas em língua portuguesa e/ou língua inglesa.

Técnico 1 (Refrigeração) (Código: 025)

Conhecimentos Específicos

Conhecimento técnico e tecnológico em sistema de Refrigeração e Condicionamento de ar. Escala, transferência de calor, temperatura, pressão, psicrometria, ciclo de refrigeração, uso e aplicação, e seus componentes, evaporador, condensador, compressor, válvula de expansão, solenóide, termostato, pressostato, sistema de expansão direta e indireta, isolamento térmico, cálculo, carga térmica, selecionamento, sistema de vazão, controle de temperatura, bomba de condensação, torre de resfriamento, distribuição de ar, ventilador, difusores, manutenção corretiva e preventiva em self, ar e água, split, chiller, fan-coil, carga de fluido e comando elétrico. Noções de Higiene, prevenção e segurança no trabalho.

Técnico 1 (Segurança do Trabalho) (Código: 026)

Conhecimentos Específicos

Legislação atualizada em Saúde do Trabalhador elaboradas pelos: Ministério do Trabalho e Emprego; Ministério da Previdência Social; Normas Regulamentadoras (atualizadas) da Portaria 3214 de 08/06/1978 do Ministério do Trabalho e Emprego; Sistemas de Gestão Integrada em Saúde, Meio Ambiente e Segurança do Trabalho; Atividades e operações insalubres. Atividades e operações perigosas. Riscos no trabalho com eletricidade. Conhecimentos sobre o funcionamento e atribuições dos Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT) e Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA). Comunicações sobre acidentes do trabalho (CAT). Compilação de dados e elaboração de estatísticas de acidentes de trabalho. Conhecimentos sobre normas e procedimentos para inspeção de equipamentos de combate a incêndio. Normas e procedimentos para investigação e análise de acidentes do trabalho. Conhecimentos sobre implantação de campanhas prevencionistas e educativas (SIPAT), segurança no trânsito, drogas e AIDS. Atos inseguros. Utilização, controle e manutenção de equipamentos de proteção individual (EPI) e equipamentos de proteção coletiva (EPC). Levantamento e avaliação das condições físico-ambientais do trabalho e mapas de risco.

Técnico 1 (Soldagem) (Código: 027)

Conhecimentos Específicos

Cinemática. Estática. Baricentro de área. Superfícies e volumes. Grandezas físicas. Cálculos e tipos de roscas. Cálculo e tipos de engrenagens. Ferramentas de corte para tornos,fresadoras, plainas e. furadeiras. Ângulos de corte e materiais a serem usinados. Brocas. Ângulos de afiação. Formação de cavaco. Máquinas. Ferramentas. Nomenclatura: tipos e características de tornos e fresadoras: convencional e CNC, retíficas. Plainas e furadeiras. Operações de usinagem em tornos, fresadoras convencional e CNC. Retíficas. Plainas e furadeira. Operações de Ajustagem. Fluidos de Corte: tipos, propriedades, importância na usinagem. Tolerâncias: normas e aplicações. Simbologia Técnica: desenhos para fabricação (usinagem). Tecnologia dos materiais: ferrosos, não-ferrosos, plásticos e compostos, usinabilidade, soldagem e tratamentos térmicos. Tempos, métodos e processos: planejamento e usinagem em tornos e fresadoras: CNC e convencionais, plainas, retificas e furadeiras. Comando numérico, programação manual de fresadoras, format ação ISO. Funções preparatórias. Blocos. Correção de trajetória. Interpolação. Ciclos fixos. Posicionamento de peças. Organização do programa e tabela de ferramentas. Planejamento da usinagem. Controle de qualidade e metrologia: noções. Técnicas de inspeção. Instrumentação. Manutenção de equipamentos: necessidade. Tipos de manutenção. Lubrificação. Higiene e segurança no Trabalho. Prevenção de acidentes no trabalho. Leitura e interpretação de desenhos. Processos de soldagem oxiacetilênica, TiG e elétrica.

Prova Prática: Processos de soldagem oxiacetilênica, TiG e elétrica. Peças de aço inoxidável e alumínio com espessuras grossas e espessuras finas. Técnico 1 (Telecomunicações) (Código: 028)

Conhecimentos Específicos

Leis e fundamentos básicos de eletricidade: resistência elétrica, resistor, capacitor, eletromagnetismo, indutor, Lei de Ohm, potência elétrica, Leis de Kirchoff; tensão e corrente elétricas contínuas; tensão e corrente elétricas alternadas. Circuitos elétricos e componentes eletroeletrônicos: circuitos de corrente contínua e circuitos de corrente alternada, circuitos RC, RL e RLC série e paralelo. Circuitos com dispositivos semicondutores: diodos, retificadores, análise de circuitos com diodos, transistor bipolar, polarização de transistores, amplificador e estágios pré-amplificadores, amplificadores de potência, multivibradores e osciladores; fundamentos de amplificadores operacionais: amplificador, diferenciador e integrador; transistor de efeito de campo (J-FET), FET Metal-Óxido-Semicondutor (MOSFET), circuitos osciladores integrados, Optoacopladores, fontes chaveadas. Eletrônica digital: sistemas de numeração, portas lógicas, álgebra de BOOLE, famílias lógicas, circuitos combinacionais, circuitos sequenciais: flip-flop, registradores, contadores, registradores de deslocamento, multiplexadores e demultiplexadores. Telefonia: redes telefônicas: componentes e interligações, infra-estrutura telefônica, encaminhamento telefônico, tarifação, tráfego, numeração e sinalização Telefônica; sistema de comutação pública digital: espacial e temporal, centrais de comutação privada, redes digitais de serviços integrados (RDSI); telefonia celular. Redes de computadores: arquitetura, meios de transmissão de dados, topologias, cabeamento estruturado: elementos de rede, características dos cabos, normas, padrões e protocolos de rede, rede cliente-servidor, Internet. Noções de Higiene, prevenção e segurança no trabalho. Inglês Técnico: Interpretação de texto ligado à área de atuação constando de perguntas formuladas em língua portuguesa e/ou língua inglesa.

Ensino Superior

Língua Portuguesa - Comum para os cargos de Analista (Códigos: 029, 030, 031, 032, 033, 034 e 035)

Interpretação de texto. Pontuação. Classes de palavras: substantivo, adjetivo, numeral, pronome, verbo, advérbio, preposição e conjunção: emprego e sentido que imprimem às relações que estabelecem. Vozes verbais: ativa e passiva. Colocação pronominal. Concordância verbal e nominal. Regência verbal e nominal. Crase. Sinônimos, antônimos e parônimos. Sentido próprio e figurado das palavras.

Raciocínio Lógico - Comum para os cargos de Analista (Códigos: 029, 030, 031, 032, 033, 034 e 035)

Visa avaliar a habilidade do candidato em entender a estrutura lógica das relações arbitrárias entre pessoas, lugares, coisas, eventos fictícios; deduzir novas informações das relações fornecidas e avaliar as condições usadas para estabelecer a estrutura daquelas relações. As questões desta prova poderão tratar das seguintes áreas: estruturas lógicas, lógicas de argumentação, diagramas lógicos.

Língua Inglesa - Comum para os cargos de Analista (Códigos: 029, 030, 031, 032, 033, 034 e 035)

Compreensão e interpretação de texto (sentido global do texto, localização de determinada idéia, palavras cognatas). Conhecimento de vocabulário fundamental e de aspectos gramaticais em nível funcional, ou seja, como acessório à compreensão do texto.

Legislação - Comum para os cargos de Analista (Códigos: 029, 030, 031, 032, 033, 034 e 035)

Lei nº 8.112/ 90: Título I - Capítulo Único - Das Disposições Preliminares; Título II - Capítulo I - Do Provimento; Capítulo II - Da Vacância; Título IV - Capítulo I - Dos Deveres; Capítulo II - Das Proibições; Capítulo III - Da Acumulação; Capítulo IV - Das Responsabilidades; Capítulo V - Das Penalidades.

Analista em C&T Junior (Administração) (Códigos: 029 e 030)

Conhecimentos Específicos

Constituição da República - Títulos II - Art. 5° 6° 7°, III - Art. 37 a 41, princípios constitucionais relativos à administração pública; probidade administrativa; discricionariedade administrativa; atos administrativos e atuações do Ministério Público e do Poder Judiciário. Administração Pública: O contorno institucional e organizacional - Importância da sociedade civil - Administração na História - Desafios para a área pública - reforma do estado - Inovação na Gestão Pública. Sistemas e métodos: Teoria das organizações - Desenho de organizações (tipos e forma de configurações organizacionais - metodologia para redesenho de processos e organizações) Planejamento sócio-econômico na administração pública: Planejamento orçamentário financeiro (PPA - LDO - LOA) - avaliação de planos e projetos - Lei de Responsabilidade Fiscal - Recursos patrimoniais e materiais: Introdução à administração patrimonial e de materiais - Suprimentos (Lei n° 8666/93 - licitação e contratos - pregão presencial e eletrônico) - Controladoria: Conceitos básicos - Financeira x Controladoria Estratégica - O papel da controladoria estratégica como suporte à gestão de políticas públicas, com ênfase na eficácia da governança das organizações do setor público - Formas de Organização do Estado: Público e privado: o papel do Estado e as parcerias na realização de políticas públicas (formulação, delegação, autonomia e controle) - Contratualização - O processo de agencificação - Modelos organizacionais: administração direta, autarquias, empresas, fundações, organizações sociais, agências reguladoras, OSCIPs.

Analista em C&T Junior (Orientação Educacional) (Código 31)

Conhecimentos Específicos

a) Conhecimentos de Legislação: Constituição Federal da República 1988 - Da Educação, da Cultura e do Desporto (e alterações posteriores); Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional - LDB 9.394/1996 (Ensino Médio e Educação Profissional) (e alterações posteriores); Lei n° 8069/1990 - Estatuto da Criança e Adolescente - ECA (e alterações posteriores); Deliberação CEE 059/2006 - Estabelece condições especiais de atividades escolares de aprendizagem e avaliação para discentes cujo estado de saúde as recomende.

b) Conhecimentos Pedagógicos: Princípios de orientação educacional e vocacional; Tipologia em orientação vocacional; Técnicas diagnósticas em orientação educacional e vocacional; Estratégias de solução de problemas em orientação educacional e vocacional; Psicologia do adolescente e da juventude; Teorias pedagógicas sobre indisciplina escolar; Dificuldades de aprendizagem; Avaliação do processo de ensino e aprendizagem; A família contemporânea; Relações interpessoais; Relações escola e família; Lazer e educação; Ética profissional; Projeto político pedagógico.

Analista em C&T Junior (Recursos Humanos) (Código 32)

Conhecimentos Específicos

Administração Pública: Constituição da República - Títulos II - Art. 5° 6° 7°, III - Art. 37 a 41, EC 20/98, EC 41/03, EC 43/03 e EC 47/05, princípios constitucionais relativos à administração pública,; probidade administrativa; discricionariedade administrativa; atos administrativos e atuações do Ministério Público e do Poder Judiciário; Administração Geral: abordagem sistêmica; estrutura e projeto organizacional; processo decisório; planejamento e estratégia; ética e responsabilidade; funções e habilidades do administrador; cultura e ambiente organizacional; mudança e inovação; controle de processos e gestão da qualidade. Recursos humanos: Os servidores públicos (administrações direta e indireta) - Cargos de carreira e comissão (celetista e estatutário) - Planejamento de recursos humanos (dimensionamento - competências essenciais) - Recrutamento e seleção no setor público - Treinamento e desenvolvimento (conceitos - autodesenvolvimento - organizações do aprendizado). Liderança e poder; motivação; comunicação; clima organizacional; estilos de administração; políticas de recursos humanos; ambiente organizacional; análise de cargos; avaliação de desempenho; recompensas e produtividade; segurança e saúde; grupos e equipes; Lei 8.112/90 (Regime Jurídico dos Servidores Públicos Federais) atualizada; Lei N° 8.691/93 (Carreira de Ciência e Tecnologia) atualizada.

Analista em C&T Junior (Segurança do Trabalho) (Código 33)

Conhecimentos Específicos

Legislação atualizada em Saúde do Trabalhador elaboradas pelos: Ministério do Trabalho e Emprego; Ministério da Previdência Social; Normas Regulamentadoras (atualizadas) da Portaria 3214 de 08/06/1978 do Ministério do Trabalho e Emprego; Sistemas de Gestão Integrada em Saúde, Meio Ambiente e Segurança do Trabalho; Organização e Administração; Psicologia e Comunicação; Estatística de Acidente do Trabalho; Fisiologia do Trabalho; Ergonomia; Ventilação Industrial; Noções de Toxicologia Industrial; Noções de Epidemiologia; Saneamento do meio; Proteção contra incêndio; Primeiros Socorros; Higiene do Trabalho; Arranjo Físico. Avaliação e controle dos riscos: proteção coletiva, equipamento de proteção individual, riscos ambientais: agentes químicos, físicos, biológicos, ergonômicos e mecânicos; riscos em eletricidade; transporte e movimentação de materiais; Segurança na construção civil; Programas, Campanhas e SIPATs; Acidentes do Trabalho: causas, conseqüências, programas de prevenção, comunicação e análise de acidentes; Segurança no trânsito; Inspeções de segurança; SESMT - Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho; CIPA - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes; Conceito de Risco, perigo, acidente, incidente; PPRA e PCMSO; PPP - Perfil Profissiográfico Previdenciário; LTCAT - Laudo Técnico das Condições Ambientais de Trabalho; Programas de Gerenciamento de Riscos; Auditoria de Segurança; Técnicas de Análise de Riscos: Série de Riscos, Análise Preliminar de Riscos, Análise de Modos de Falha e Efeitos, HAZOP, Análise de Árvore de Falhas, Técnica de Incidentes Críticos; Proteção do Meio Ambiente; Transporte de materiais perigosos.

Analista em C&T Junior (Serviço Social) (Código 34)

Conhecimentos Específicos

Teoria do Serviço Social: pressupostos e fundamentos; relação sujeito-objeto; objetivos. A práxis profissional; relação teoria-prática; a questão da mediação. Vertentes de pensamento (materialismo histórico, positivismo, fenomenologia). Metodologia em Serviço Social: Alternativas metodológicas. Instrumentação: o atendimento individual; o trabalho com grupos, comunidade, movimentos emergenciais; a questão das técnicas, o cotidiano como categoria de investigação. Documentação: laudos e pareceres sociais e psicossociais, estudo de casos, informação e avaliação social. Política social e planejamento: A questão social e a conjuntura brasileira. Instituição e Estado. Movimentos sociais e participação popular. A prestação de serviços e a assistência pública. Equipamentos comunitários e creche. Projetos e programas em Serviço Social: atuação em programas de prevenção e tratamento de dependência química. LOAS - Lei Orgânica da Assistência Social. Código de ética profissional. Ciências sociais e desenvolvimento comunitário: Conceitos de sociedade, comunidade, grupos e instituições. Conceitos e implicações de classe, poder e ideologia. Organização de comunidade e participação popular. Novas modalidades de família: diagnóstico, abordagem sistêmica e estratégia de atendimento e acompanhamento; Alternativas para resolução de conflitos: conciliação e mediação. Estatuto do idoso.

Analista em C&T Pleno 1 (Medicina do Trabalho) (Código 35)

Conhecimentos Específicos

Legislação atualizada em Saúde do Trabalhador elaboradas pelos: Ministério do Trabalho e Emprego; - Ministério da Previdência Social; Ministério da Saúde; Conselho Federal de Medicina; Normas Regulamentadoras (atualizadas) da Portaria 3214 de 08/06/1978 do Ministério do Trabalho e Emprego e Conhecimentos básicos em Segurança do Trabalho. Doenças Ocupacionais e Acidentes do Trabalho: conceitos; história natural; epidemiologia; fisiopatologia; clínica; diagnóstico; tratamento e prevenção. Vigilância em Saúde com a aplicação de conhecimentos de Estatística e Epidemiologia: Promoção da Saúde; Conceitos gerais sobre vacinação; Noções de Primeiros Socorros; Noções de Perícia Médica e Código de Ética Médica.

Língua Portuguesa - Comum para os cargos de Tecnologista (Códigos: 036, 037, 038, 039, 040, 041, 042, 043, 044, 045, 046 e 047)

Interpretação de texto. Pontuação. Classes de palavras: substantivo, adjetivo, numeral, pronome, verbo, advérbio, preposição e conjunção: emprego e sentido que imprimem às relações que estabelecem. Vozes verbais: ativa e passiva. Colocação pronominal. Concordância verbal e nominal. Regência verbal e nominal. Crase. Sinônimos, antônimos e parônimos. Sentido próprio e figurado das palavras.

Língua Inglesa - Comum para os cargos de Tecnologista (Códigos: 036, 037, 038, 039, 040, 041, 042, 043, 044, 045, 046 e 047)

Compreensão e interpretação de texto (sentido global do texto, localização de determinada idéia, palavras cognatas). Conhecimento de vocabulário fundamental e de aspectos gramaticais em nível funcional, ou seja, como acessório à compreensão do texto.

Legislação - Comum para os cargos de Tecnologista (Códigos: 036, 037, 038, 039, 040, 041, 042, 043, 044, 045, 046 e 047)

Lei nº 8.112/ 90: Título I - Capítulo Único - Das Disposições Preliminares; Título II - Capítulo I - Do Provimento; Capítulo II - Da Vacância; Título IV - Capítulo I - Dos Deveres; Capítulo II - Das Proibições; Capítulo III - Da Acumulação; Capítulo IV - Das Responsabilidades; Capítulo V - Das Penalidades.

Tecnologista Junior (Civil) (Código: 036)

Conhecimentos Específicos

Elaboração de projetos: arquitetônico, estrutural, instalações elétricas, instalações hidráulico-sanitárias, saneamento e dimensionamento de conjuntos moto-bomba. Orçamentos: qualificação de serviços, composição de preços, cronograma físico-financeiro, medições de serviços executados. Execução de obras: reconhecimento de cadastro de interferências, infra-estrutura, superestrutura, cobertura de madeira e metálica, acabamento, impermeabilização. Obras de recuperação: reformas, reforços de fundação, controle de recalque, reaterros, recuperação de concreto aparente, impermeabilizações, estanqueidades de águas de infiltração.

Tecnologista Junior (Elétrica) (Código: 038)

Conhecimentos Específicos

Noções fundamentais: sistemas monofásicos e trifásicos; geração de corrente alternada; características da força eletromotriz induzida; reatores - conceitos e aplicações; transformadores - conceitos, ligações e aplicações; disjuntores - conceitos, ligações e aplicações. Máquinas elétricas: conceitos, classificações, aplicações e manutenção de: máquinas de corrente contínua - funcionamento na qualidade de motor elétrico; máquinas assíncronas trifásicas - funcionamento de motores assíncronos e suas propriedades; máquinas síncronas trifásicas e monofásicas. Instalações elétricas prediais: normas brasileiras de instalações em baixa e alta tensão; normas das concessionárias para entrada de energia e telefonia; execução gráfica de diagramas - legenda normalizada, leitura de diagrama unifilar de uma instalação básica de transformação, proteção e distribuição, com fornecimento da concessionária e geração própria; dimensionamento de circuitos de iluminação e força; dispositivos de proteção e comando nas instalações elétricas, nos motores e nos transformadores em baixa e alta tensão - contatos diretos e indiretos, sobrecorrentes, curto-circuitos, mínima tensão e falta de fase, descargas atmosféricas em edificações; conceitos, correção e diagramas quando couber - fatores de potência, de demanda, de carga, de segurança, de utilização; características da rede pública; caixas de luz e distribuição dos pontos de uso; potência elétrica das instalações; sistemas de geração e de emergência; conceitos básicos de condicionamento de ar e ventilação mecânica; conceitos básicos de sistemas de alarme, detecção e combate a incêndio e iluminação de emergência; normas básicas de engenharia de segurança do trabalho e segurança de edificações. Materiais e equipamentos para instalações em baixa e média tensão: condutores; dispositivos de proteção; aparelhos de iluminação e equipamentos auxiliares; equipamentos de comando; aparelhos de medida; motores; transformadores; materiais padronizados das concessionárias (energia e telefonia). Luminotécnica: tipos e características de lâmpadas e luminárias; transformadores e reatores para iluminação pública, esportiva e predial; determinação dos níveis de iluminação de locais diversos (escritórios, praças, auditórios, salas de aula, clubes dentre outros); métodos de dimensionamento em recintos fechados e abertos. Instrumentos e medidas elétricas: considerações gerais sobre instrumentos elétricos, princípios das medidas elétricas; classificação dos instrumentos; instrumentos eletro-magnéticos de medição; conceitos e ligação de equipamentos de medidas de resistência, impedâncias; aterramento; isolação; potências; energia elétrica, fatores de potência reativa.

Tecnologista Junior (Elétrica/Eletrônica) (Código: 039)

Conhecimentos Específicos

Leis e fundamentos básicos de eletricidade: resistência elétrica, resistor, capacitor, eletromagnetismo, indutor, Lei de Ohm, potência elétrica, Leis de Kirchoff; Circuitos elétricos e componentes eletroeletrônicos: circuitos de corrente contínua e circuitos de corrente alternada, circuitos RC, RL e RLC série e paralelo; diodos, retificadores, análise de circuitos com diodos, transistor bipolar, polarização de transistores, amplificador e estágios pré-amplificadores, amplificadores de potência, multivibradores e osciladores; fundamentos de amplificadores operacionais: amplificador, diferenciador e integrador. Eletrônica digital: sistemas de numeração, álgebra de BOOLE e simplificação de expressões, portas lógicas, famílias lógicas, circuitos combinacionais, circuitos sequenciais: flip-flop, registradores, contadores, registradores de deslocamento, multiplexadores e demultiplexadores. Eletrônica Industrial. Conceitos de organização e arquitetura de computadores, microprocessadores, microcontroladores, periféricos. Instrumentação Eletrônica. Processamento de Sinais. Redes de Computadores: conceitos básicos, tipos de redes, componentes e transmissão de dados. Automação e Controle de Processos. Conceitos sobre Normas de Segurança do Trabalho, Proteção na Área de Instalações Elétricas.

Tecnologista Junior (Eletrônica) (Código: 037)

Conhecimentos Específicos

Fundamentos semicondutores: isolantes, semicondutores e metais; mobilidade e condutividade; semicondutores intrínsecos e extrínsecos; corrente nos semicondutores; equação da continuidade e equação da continuidade e equação de Poisson; geração e recombinação de cargas; difusão. Dispositivos semicondutores: junção PN; diodos retificadores; diodo Zener e diodo de avalanche; diodo túnel; fotodiodos; transistores bipolares; transistores de efeito de campo; JFET e MOSFET; transistor unijunção (UJT); DIAC, SCR, TRIAC. Eletrônica analógica: circuitos com diodos; amplificadores de baixa e alta freqüência com transistores bipolares e FETs - Parâmetros e híbrido; amplificadores de potência: classes A, B; C e AB; amplificadores sintonizados; realimentação: amplificadores realimentados; estabilidade; osciladores; amplificadores operacionais: AMPOP ideal e AMPOP real - parâmetros; circuitos básicos; amplificações; fontes de alimentação e reguladores. Técnica de pulso: circuitos de conformação de sinais: RC, RL e RLC; transformadores de pulso e linhas de retardo; amplificadores de banda larga; dispositivos de resistência negativa; osciladores de bloqueio; transientes de chaveamento em diodos e transistores. Eletrônica digital: sistemas de numeração; funções lógicas - Portas lógicas; álgebra booleana e simplificação de circuitos lógicos; circuitos combinacionais; circuitos seqüenciais; conversores A/D e D/A; circuitos MULTIPLEX e DEMULTIPLEX; memórias; famílias de circuitos lógicos. Velocidade de propagação de ondas planas uniformes; Polarização de ondas eletromagnéticas; ganho de potência e eficiência de irradiação de antenas; conceitos básicos de microcontroladores e microprocessadores.

Tecnologista Junior (Mecânica - II) - Graduação Plena em Engenharia Mecânica ou Engenharia Aeronáutica (Código: 040)

Conhecimentos Específicos

Projetos mecânicos: (elementos básicos, especificações, orçamento e análise de custo / benefício). Processos de fabricação: usinagem, soldagem, moldagem, processamento de chapas e perfis de aço, termoplásticos e compósitos. Fundamentos de engenharia de segurança do trabalho. Refrigeração e ar condicionado. Termodinâmica básica. Ventilação mecânica. Máquinas hidráulicas: máquinas de elevação e transporte de carga. Controle de qualidade. Manutenção de máquinas e equipamentos mecânicos. PERT e CPM. Tolerâncias e ajustes. Leitura e interpretação de desenho mecânico. Mecanismos (Mecânica Aplicada).Vibrações Mecânicas. Tensão e Deformação. Dinâmica dos corpos rígidos estática, metrologia, dinâmica de estruturas e aeroelasticidade, aerodinâmica da asa e fuselagem, aerodinâmica de alta velocidade, fundamentos da teoria de controle, desempenho de aeronaves, estabilidade e controle de aeronaves, resistência dos materiais, projetos de aviões, fadiga em estruturas aeronáuticas, fadiga e mecânica da fratura.

Tecnologista Junior (Mecânica - I) - Graduação Plena em Engenharia Mecânica ou Engenharia Aeronáutica ou Engenharia Aeroespacial (Código: 041)

Conhecimentos Específicos

Resistência dos Materiais - Análise de Tensões, Esforços Solicitantes, Rigidez e Projetos; Elementos de Construção de Máquinas - Análise, Seleção, Montagem e Projeto de Elementos de Máquinas, Sistemas de Transmissão, Acionamentos, Motores Elétricos, Economia de Energia Elétrica, Sistemas de Controle; Materiais de Construção Mecânica - Materiais ferrosos, não ferrosos, poliméricos e cerâmicos, propriedades dos materiais, tecnologia dos materiais, análise e aplicações dos materiais, propriedades e aplicações dos materiais, especificação técnica de materiais, ensaios dos materiais; Dinâmica das Máquinas e Mecanismos; Projeto de Máquinas e Equipamentos - Acionamentos, Organização, Testes, Análise e Documentação, Desenho Técnico Mecânico, Especificação Técnica e Normalização; Metrologia; Termodinâmica e Transferência de Calor - Análise energética, Conceitos Fundamentais, Aplicações Práticas, Refrigeração industrial, Ar Condicionado, Ventilação, Isolamento Térmico, Componentes de Instalações Térmicas; Mecânica dos Fluidos; Instalações Hidráulicas e Máquinas de Fluxo - Tubulações, Projeto de instalações hidráulicas, Bombas, Especificação, Seleção e Montagem de Componentes das instalações de bombeamento, funcionamento, montagem e manutenção; Processos de Fabricação; Usinagem dos Materiais e Máquinas Operatrizes - Tecnologia, Planejamento, Ferramentas e Aplicações Práticas. Controle de qualidade e garantia do produto. Controle de configuração. Aerodinâmica, Dinâmica dos Gases e Camada Limite, Propulsão Aeronáutica.

Tecnologista Junior (Química) (Código: 042)

Conhecimentos Específicos

Princípios Fundamentais da Química: medidas em Química, termos fundamentais, conceito de mol e volume molar, matéria e energia, pesos atômicos e aspectos da estrutura atômica. Estrutura Atômica: conceitos de energia eletrônica, aspectos eletromagnéticos e atômicos, o modelo atômico de Bohr (aspectos históricos), o modelo atômico segundo a Mecânica Ondulatória, distribuição eletrônica dos elementos químicos e estados energéticos de níveis e subníveis atômicos, propriedades dos átomos. Propriedades Periódicas: tabelas periódicas, propriedades periódicas dos elementos químicos. Ligações químicas: natureza das ligações químicas e suas energias, ligações eletrovalentes e covalentes, teoria das ligações covalentes (orbitais atômicos moleculares). Estrutura eletrônica de moléculas covalentes, ligações múltiplas, radicais e ressonância, polaridade de ligações (momento dipolar). Espécies Iônicas e Moleculares: propriedades físicas dos agregados iônicos e moleculares, estrutura de moléculas (aspectos geométricos), orbitais de ligações (hibridação). Polaridade de moléculas e propriedade de íons, interação íon-molécula e molécula-molécula. Reações Químicas: peso fórmula; fórmula química e equações químicas, princípios das reações químicas (energéticas das reações inorgânicas), balanceamento de equações químicas, relações de peso nas equações químicas, as leis da química, reações de oxirredução, peso equivalente, cálculo s estequiométricos. Gases: teoria cinética dos gases, relações entre pressão, volume e temperatura nos gases, leis de Dalton e Gay-Lussac, cálculos nos sistemas gasosos, gases reais e ideais, pressões parciais e mistura gasosa. Sistemas Dispersos: estudo das soluções coloidais, natureza das soluções e concentrações, tipos de soluções, propriedades coligativas das soluções, sistemas heterogêneos (distribuição entre fases). Cinética Química e Equilíbrio Químico: Características das reações químicas e fatores que afetam suas velocidades, cinéticas das reações químicas e ordem de reação, energia das ativações e catalisadores, mecanismo das reações químicas, equilíbrios das reações químicas, equilíbrio heterogêneo e princípio de Lê Chatelier. Natureza dos Compostos Inorgânicos: teoria ácido e base (força dos ácidos e das bases), óxidos e anfoterismo, sais e hidratos. Equilíbrio Iônico: soluções iônicas, ionização da água (pH e pOH), indicadores ácido -base, hidrólise e neutralização, solubilidade e produto de solubilidade. Termoquímica: sistema, estado e funções de estado, princípio da conservação da energia, entalpia, entropia, energia livre de ativação, cálculo das energias e das reações químicas, aplicações da lei de Hess. Natureza dos Compostos Orgânicos: estrutura do átomo de carbono e hibridações, cadeias carbônicas e estruturas, polaridade dos compostos orgânicos, isomeria estrutural e óptica, efeitos indutivo e de ressonância, força dos ácidos e bases orgânicas. Natureza dos Compostos Orgânicos Oxigenados: conceitos e classificações, propriedades físicas e químicas. Hidrocarbonetos: conceito e classificações, propriedades físicas e químicas. Noções de Mecanismos de Reações Orgânicas: reações de radicais livres, substituições iônicas, alifática e aromática, eliminações, rearranjo de íons de carbono. Radioquímica: decaimento radioativo. Equilíbrio radioativo. Métodos radiométricos. Interação da radiação com a matéria. Efeitos químicos das radiações. Noções de operações unitárias.

Tecnologista Junior (Tecnologia da Informação) (Códigos: 043 e 44)

Conhecimentos Específicos

Conceitos de Sistemas de Computação: organização e arquitetura de computadores e microcomputadores. Sistemas operacionais: conceitos básicos. Sistema Operacional LINUX e Windows. Ambiente operacional: arquitetura cliente/servidor (conceitos): front-end/back-end; principais componentes; duas e três camadas; conceitos de internet, intranet, extranet. Análise orientada a objetos: conceitos de orientação a objetos, herança, polimorfismo; propriedades e métodos; diagrama de classes; diagrama de objetos; diagrama de estados e transições; diagrama de mensagens; UML. Banco de Dados: Gerenciadores de Banco de Dados (SGBD) e Banco de Dados. Arquitetura de um SGBD (características, componentes, vantagens e desvantagens e funcionalidades). Bancos de dados: fundamentos, características componentes e funcionalidades. Modelos de Bancos de Dados. Projeto de Banco de Dados: conceitual, lógico e físico. Modelo relacional e modelo entidade-relacionamento. Linguagem de consulta estruturada (SQL). Projeto de banco de dados relacional. Banco de Dados Distribuídos. Engenharia de Software: Evolução e características, Ciclo de vida, Metodologias e técnicas de especificação. Projeto de software: planejamento, requisitos, arquiteturas, elaboração do projeto, validação e análise de risco. Teste e medidas de software. Sistemas de Informação: conceitos e tipologia (Sistema de Informação Gerencial, Executivo e Empresarial, Sistema Transacional, Sistema de Apoio à Decisão). Análise, projeto e desenvolvimento de sistemas de informação utilizando os conceitos, metodologias, arquiteturas, técnicas, fases, ferramentas, diagramas e notações da Análise Estruturada, Engenharia da Informação, Análise Essencial e Análise e Projeto Orientados a Objetos (UML). Ferramentas Case. Intranet, Groupware, Data Warehouse e Data Mining. Redes de Computadores: conceitos básicos, tipos de redes, componentes e transmissão de dados. Protocolos: o modelo OSI da ISO, TCP/IP (fundamentos, endereçamento IP, máscara de rede, protocolos IP, ARP, ICMP, UDP, TCP, DNS, Telnet, FTP, SMTP e HTTP). Técnicas e Linguagens de Programação: conceitos básicos: conceitos de lógica e algoritmos; programação estruturada; modularização: acoplamento entre módulos e coesão de módulos; sub-rotinas: chamadas por endereço, referência e valor; programação orientada a objetos; programação por eventos; descrição de dados; uso de arquivos. Algoritmos: conhecer, elaborar e interpretar algoritmos utilizando pseudocódigo (Português estruturada), Fluxograma, utilizando estruturas de controle básicas (sequência, seleção e repetição), vetores e matrizes. Estrutura de dados: representação e manipulação de matrizes, listas, filas, pilhas e árvores. Linguagens de programação: C, PHP e Microsoft DotNet.

Tecnologista Junior (Telecomunicações) (Código: 045)

Conhecimentos Específicos

Leis e fundamentos básicos de eletricidade: resistência elétrica, resistor, capacitor, eletromagnetismo, indutor, Lei de Ohm, potência elétrica, Leis de Kirchoff; Circuitos elétricos e componentes eletroeletrônicos: circuitos de corrente contínua e circuitos de corrente alternada, circuitos RC, RL e RLC série e paralelo; diodos, retificadores, análise de circuitos com diodos, transistor bipolar, polarização de transistores, amplificador e estágios pré-amplificadores, amplificadores de potência, multivibradores e osciladores; fundamentos de amplificadores operacionais: amplificador, diferenciador e integrador. Eletrônica Digital: sistemas de numeração, álgebra de BOOLE e simplificação de expressões, portas lógicas, famílias lógicas, circuitos combinacionais, circuitos sequenciais: flip-flop, registradores, contadores, registradores de deslocamento, multiplexadores e demultiplexadores. Noções fundamentais de acústica e ondas eletromagnéticas: radiação, propagação e recepção, fundamentos para comunicação em radiofreqüência: ressonância, filtros, amplificadores, análise espectográfica e ruídos; modulação em amplitude; modulação em freqüência; sistemas pulsados: modulação de pulso por amplitude, por posição, por largura e por codificação, Multiplex PCM; Modulação chaveada: por amplitude, por freqüência e por fase, multiplexação por divisão de freqüência (FDM), de tempo (TDM), código e comprimento de onda (WDM). Teoria das linhas de transmissão: carta de Smith e antenas. Telefonia: redes telefônicas: componentes e interligações, infra-estrutura telefônica, encaminhamento telefônico, tarifação, tráfego, numeração e sinalização Telefônica; sistema de comutação pública digital: espacial e temporal, centrais de comutação privada, redes digitais de serviços integrados (RDSI); telefonia celular. Conceitos fundamentais sobre comunicação via satélite: o satélite de comunicações, ocupação da órbita geoestacionária, segmento terrestre e suas interfaces, transponders: tipos e características, faixas de freqüências utilizadas. Redes de computadores: arquitetura, meios de transmissão de dados, topologias, cabeamento estruturado: elementos de rede, características dos cabos, normas; redes de comunicação sem-fio (802.11b e g); padrões e protocolos de rede: TCP/IP, rede cliente-servidor, Internet.

Tecnologista Pleno 1 (Elétrica/Eletrônica) (Código: 046)

Conhecimentos Específicos

Estrutura da matéria: materiais condutores, materiais isolantes, materiais magnéticos, semicondutores, fibras ópticas, dispositivos optoeletrônicos. Carga e matéria, eletrostática, campo elétrico, Lei de Gauss, potencial elétrico, força eletromotriz; Eletromagnetismo: Lei de Ampére, Lei de Faraday, Indutância, propriedades magnéticas da matéria, correntes de deslocamento, equações de Maxwell. Leis e fundamentos básicos de eletricidade: resistência elétrica, resistor, capacitor, eletromagnetismo, indutor, Lei de Ohm, Leis de Kirchoff; Circuitos elétricos e componentes eletroeletrônicos: circuitos de corrente contínua e circuitos de corrente alternada, circuitos RC, RL e RLC série e paralelo; diodos, retificadores, análise de circuitos com diodos, transistor bipolar, polarização de transistores, amplificador e estágios pré-amplificadores, amplificadores de potência, multivibradores e osciladores; fundamentos de amplificadores operacionais: amplificador, diferenciador e integrador. Telecomunicação: Análise do sinal, transmissão de sinal, desempenho da densidade de potência, modulação em amplitude, angular e por código de pulso, desempenho dos sistemas de comunicações, análise de ruído, guias de ondas metálicos, guias de ondas dielétricos, e propagação em fibras ópticas. Materiais optoeletrônicos e de processamento: fontes ópticas, emissão de luz em semicondutores, laser semicondutor, detectores ópticos: princípios de detecção, eficiência quântica; fotodiodos semicondutores, fototransistores, fotodetectores, amplificadores ópticos, princípios de microfabricação, princípios de litografia óptica, óptica integrada, optoeletrônica integrada, computação óptica, analisadores de espectro óptico, e sistemas ópticos.

Tecnologista Pleno 1 (Gerência de Projetos) (Código: 047)

Conhecimentos Específicos

Materiais e processos na indústria: materiais metálicos, não metálicos (compósitos, Kevlar, fibra de carbono) e plásticos; processos produtivos básicos; usinagem, estampagem, laminação, tratamento superficial, extrusão, trefilação, corte e jato d'água, corte a laser, anodização; hardware, software, sistemas digitais; ciclo de vida de produtos na indústria aeroespacial: planejamento, desenvolvimento, utilização, reciclagem e descarte; qualidade (ISO 9000 - sistema de gestão da qualidade); Metrologia: instrumentos de medição, calibração, cadeia metrológica, Rede Brasileira de Calibração - RBC; noções de gestão empresarial: análise econômico-financeira de empresas; contratos: negociação e gerenciamento: planejamento, execução, revisões, finalização.

ANEXO III - MODELO DE DECLARAÇÃO

MINISTÉRIO DA DEFESA

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA AEROESPACIAL CONCURSO PÚBLICO N° _____________

DECLARAÇÃO

Eu,________________________________________________________________ , RG n° ______________ , CPF nº __________________________ , Número de Identificação Social - NIS _____________________, candidato para o cargo de , do DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA AEROESPACIAL, DECLARO que sou membro de família de baixa renda, nos termos do Decreto nº 6.135, de 2007, e que as informações por mim prestadas, para a obtenção dos benefícios de isenção de pagamento de taxa de inscrição no Concurso Público

DECLARO, ainda, estar ciente de que a declaração falsa acarretará as sanções previstas em lei, conforme disposto no parágrafo único do art. 10 do Decreto nº 83.936, de 06 de setembro de 1979.

Local, ______ de _______ de 2009

Assinatura

112310

Política de Privacidade 2000-2014 PCI Concursos Telefone (11) 2122-4231