Prefeitura de Conselheiro Lafaiete - MG

PREFEITURA MUNICIPAL DE CONSELHEIRO LAFAIETE

ESTADO DE MINAS GERAIS

CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2007

EDITAL 01/2007 - ABERTURA DE INSCRIÇÕES

Notícia:   174 ofertas de emprego na Prefeitura de Conselheiro Lafaiete - MG

A Prefeitura Municipal de Conselheiro Lafaiete/MG - através da Secretaria de Administração, na forma da Constituição Federal, faz saber que fará realizar através da empresa Teles Desenvolvimento de Estudos e Pesquisas Ltda, em datas, locais e horários a serem oportunamente divulgados, abertura de inscrições para o Concurso Público nº 01/2007, para provimento dos cargos de: Agente Administrativo, Auxiliar de Obras e Serviços -1, Auxiliar de Obras e Serviços - 2, Almoxarife, Analista Gestão de Patrimônio, Assistente Administrativo, Assistente Controle Avaliação, Assistente Social, Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Higiene Bucal, Auxiliar de Laboratório, Auxiliar de Saúde II, Auxiliar de Secretaria, Bioquímico, Contador, Contínuo, Controlador de Estoque, Coordenador Pedagógico, Eletricista de Veículos, Enfermeiro, Engenheiro Sanitarista, Farmacêutico Bioquímico, Fisioterapeuta, Fiscal de Tributos, Fonoaudiólogo, Lubrificador, Mecânico, Médico - Angiologista, Médico - Cardiologista, Médico - Cirurgião, Médico - Dermatologista, Médico - Endocrinologista, Médico - Geriatra, Médico - Ginecologista, Médico - Homeopata, Médico - Nefrologista, Médico - Neurologista, Médico - Neuropediatra, Médico - Ocupacional, Médico - Oftalmologista, Médico - Ortopedista, Médico - Otorrinolaringologista, Médico - Pediatra, Médico - Pneumologista, Médico - Psiquiatra, Médico - Urologista, Médico Veterinário, Motorista, Nutricionista, Musicoterapeuta, Oficial de Obras e Serviços - (Pedreiro, Carpinteiro, Eletricista, Bombeiro Hidráulico e Pintor), Odontólogo, Odontólogo - Odontologia para Pacientes Especiais, Pintor Letrista, Pintor Silk Screen, Operador de Maquinas, Psicólogo, Técnico em Contabilidade, Técnico em Laboratório, Técnico em Segurança do Trabalho, Técnico em Transportes e Vigia, obedecido o estatuto dos funcionários públicos de Conselheiro Lafaiete, Lei Municipal 29356/56 e Lei Municipal 3597/94. O presente concurso público reger-se-á pelas disposições contidas nas Instruções Especiais, que ficam fazendo parte integrante deste edital.

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1. O Concurso Público destina-se ao provimento de cargos atualmente vagos, e dos que vagarem ou forem criados na Administração Municipal, dentro do prazo de validade de 02 anos, prorrogável por igual período a critério da Prefeitura Municipal de Conselheiro Lafaiete/MG, a contar da data de homologação do certame.

1.2 Este Concurso Público, de acordo com a Legislação que trata da matéria, bem como por este Edital, será executado pela TELES DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS E PESQUISAS LTDA e destina-se a selecionar candidatos para provimento de Cargos da Prefeitura Municipal de CONSELHEIRO LAFAIETE/MG.

1.3 O Concurso Público consistirá da avaliação de conhecimentos e habilidades, mediante a aplicação de Provas Objetivas, Provas Práticas e Prova de Títulos de acordo com a especificidade do Cargo e em conformidade com o estabelecido neste Edital.

1.4 As Provas Objetivas serão realizadas na cidade de CONSELHEIRO LAFAIETE/MG, em datas, horários e locais a serem divulgados conforme estabelecido no item 4 - Da Divulgação, deste Edital.

1.5 O Concurso destina-se ao preenchimento de vagas existentes dos seguintes Cargos do Quadro da Prefeitura, conforme a Lei Municipal nº 3597/94 e seus anexos, observando-se que o número de vagas poderá ser preenchido, dentro do prazo de validade do Concurso ou de sua prorrogação, consoante item 14.2 deste Edital, conforme relação a seguir:

ENSINO FUNDAMENTAL INCOMPLETO - (NÍVEL ALFABETIZADO)

Data Prevista para Prova Objetiva

Cargos

Vagas

Carga Horária Mensal (h)

Escolaridade e Exigências Mínimas

Provas

Salário Base Mensal (R$)

SÁBADO

DIA 6/10

Auxiliar de Obras e Serviços - 1

10

220 h

Ensino Fundamental Incompleto (alfabetizado)

Objetiva

R$ 350,02*

SÁBADO

DIA 6/10

Auxiliar de Obras e Serviços - 2

10

220 h

Ensino Fundamental Incompleto (alfabetizado)

Objetiva

R$ 350,02*

SÁBADO

DIA 6/10

Vigia

10

220 h

Ensino Fundamental Incompleto (alfabetizado)

Objetiva

R$ 367,52*

DOMINGO

DIA 7/10

Eletricista de Veículos

01

220 h

Ensino Fundamental Incompleto e possuir cursos em Elétrica (alfabetizado)

Objetiva e Prática

R$ 433,67

SÁBADO

DIA 6/10

Lubrificador

01

220 h

Ensino Fundamental Incompleto (alfabetizado)

Objetiva e Prática

R$ 367,52*

ENSINO FUNDAMENTAL INCOMPLETO (MÍNIMO 4ª SÉRIE)

Data Prevista para Prova Objetiva

Cargos

Vagas

Carga Horária Mensal (h)

Escolaridade e Exigências Mínimas

Provas

Salário Base Mensal (R$)

SÁBADO

DIA 6/10

Contínuo

03

180 h

Ensino Fundamental Incompleto (mínimo 4ª série)

Objetiva

R$ 367,52*

SÁBADO

DIA 6/10

Mecânico

02

220 h

Ensino Fundamental Incompleto (mínimo 4ª série)

Objetiva e Prática

R$ 542,18

SÁBADO

DIA 6/10

Motorista

02

220 h

Ensino Fundamental Completo e possuir CNH categoria "D" ou "E"

Objetiva e Prática

R$ 542,18

SÁBADO

DIA 6/10

Oficial de Obras e Serviços - Pedreiro

05

220 h

Ensino Fundamental Incompleto (mínimo 4ª série) ter Conhecimentos Básicos da Função

Objetiva e Prática

R$ 542,18

SÁBADO

DIA 6/10

Oficial de Obras e Serviços - Carpinteiro

02

220 h

Ensino Fundamental incompleto (mínimo 4ª série) ter Conhecimentos Básicos da Função

Objetiva e Prática

R$ 542,18

SÁBADO

DIA 6/10

Oficial de Obras e Serviços - Eletricista

03

220 h

Ensino Fundamental incompleto (mínimo 4ª série) ter Conhecimentos Básicos da Função

Objetiva e Prática

R$ 542,18

SÁBADO

DIA 6/10

Oficial de Obras e Serviços - Bombeiro Hidráulico

03

220 h

Ensino Fundamental incompleto (mínimo 4ª série) ter Conhecimentos Básicos da Função

Objetiva e Prática

R$ 542,18

SÁBADO

DIA 6/10

Oficial de Obras e Serviços - Pintor

03

220 h

Ensino Fundamental incompleto (mínimo 4ª série) ter Conhecimentos Básicos da Função

Objetiva e Prática

R$ 542,18

SÁBADO

DIA 6/10

Pintor Letrista

01

220 h

Ensino Fundamental incompleto (mínimo 4ª série) ter Conhecimentos Básicos da Função

Objetiva e Prática

R$ 542,18

SÁBADO

DIA 6/10

Pintor Silk Screen

01

220 h

Ensino Fundamental incompleto (mínimo 4ª série) ter Conhecimentos Básicos da Função

Objetiva e Prática

R$ 542,18

SÁBADO

DIA 6/10

Operador de Máquinas

02

220 h

Ensino Fundamental Incompleto (mínimo 4ª série) ter Conhecimentos Básicos da Função e possuir CNH categoria "D" ou "E"

Objetiva e Prática

R$ 542,18

ENSINO FUNDAMENTAL COMPLETO

Data Prevista para Prova Objetiva

Cargos

Vagas

Carga Horária Mensal (h)

Escolaridade e Exigências Mínimas

Provas

Salário Base Mensal (R$)

SÁBADO

DIA 6/10

Almoxarife

02

220 h

Ensino Fundamental Completo

Objetiva

R$ 433,67

DOMINGO

DIA 7/10

Auxiliar Administrativo

10

180 h

Ensino Fundamental Completo e ter conhecimentos básicos em Informática

Objetiva

R$ 433,67

SÁBADO

DIA 6/10

Auxiliar de Higiene Bucal

03

220 h

Ensino Fundamental Completo

Objetiva

R$ 433,67

SÁBADO

DIA 6/10

Auxiliar de Laboratório

02

180 h

Ensino Fundamental Completo

Objetiva

R$ 433,67

SÁBADO

DIA 6/10

Auxiliar de Saúde II

08

220 h

Ensino Fundamental Completo

Objetiva

R$ 433,67

ENSINO MÉDIO COMPLETO

Data Prevista para Prova Objetiva

Cargos

Vagas

Carga Horária Mensal (h)

Escolaridade e Exigências Mínimas

Provas

Salário Base Mensal (R$)

SÁBADO

DIA 6/10

Agente Administrativo

10

180 h

Ensino Médio Completo e conhecimentos básicos em Informática

Objetiva e Prática

R$ 826,75

DOMINGO

DIA 7/10

Analista Gestão de Patrimônio

01

180 h

Ensino Médio Completo e conhecimentos básicos em Informática

Objetiva

R$ 826,75

SÁBADO

DIA 6/10

Assistente Controle Avaliação

01

180 h

Ensino Médio Completo e conhecimentos básicos em Informática

Objetiva

R$ 826,75

DOMINGO

DIA 7/10

Auxiliar de Secretaria

02

180 h

Ensino Médio Completo e conhecimentos básicos em Informática

Objetiva e Prática

R$ 542,18

SÁBADO

DIA 6/10

Controlador de Estoque

01

220 h

Ensino Médio Completo e conhecimentos básicos em Informática

Objetiva

R$ 826,75

DOMINGO

DIA 7/10

Fiscal de Tributos

01

180 h

Ensino Médio Completo e conhecimentos básicos em Informática

Objetiva

R$ 860,25

SÁBADO

DIA 6/10

Técnico em Transportes

01

220 h

Ensino Médio Completo e conhecimentos básicos em Informática

Objetiva

R$ 542,18

ENSINO MÉDIO COMPLETO COM CURSO TÉCNICO

Data Prevista para Prova Objetiva

Cargos

Vagas

Carga Horária Mensal (h)

Escolaridade e Exigências Mínimas

Provas

Salário Base Mensal (R$)

DOMINGO

DIA 7/10

Técnico em Contabilidade

01

180 h

Ensino Médio Completo com curso Técnico em Contabilidade com registro no Órgão de Classe ter conhecimentos básicos em Informática

Objetiva

R$ 826,75

DOMINGO

DIA 7/10

Técnico em Laboratório

02

180 h

Ensino Médio Completo com curso Técnico em Laboratório com registro no Órgão de Classe

Objetiva

R$ 826,75

DOMINGO

DIA 7/10

Técnico em Segurança do Trabalho

01

220 h

Ensino Médio Completo com curso Técnico em Segurança do Trabalho com registro no Órgão de Classe ter conhecimentos básicos em Informática

Objetiva

R$ 826,75

ENSINO SUPERIOR COMPLETO

DIA DAS PROVAS

Cargos

Vagas

Carga Horária Mensal (h)

Escolaridade e Exigências Mínimas

Provas

Salário Base Mensal (R$)

DOMINGO

DIA 7/10

Assistente Administrativo

04

180 h

Curso Superior Completo ter conhecimentos básicos em Informática

Objetiva e Prática

R$ 1.225,07

SÁBADO

DIA 6/10

Assistente Social

01

180 h

Curso Superior em Serviço Social com registro no órgão de classe

Objetiva

R$ 1.225,07

SÁBADO

DIA 6/10

Bioquímico

02

110 h

Curso Superior em Bioquímica com registro no órgão de classe

Objetiva

R$ 1.225,07

SÁBADO

DIA 6/10

Contador

01

180 h

Curso Superior Completo em Ciências Contábeis com registro no órgão de classe ter conhecimentos básicos em Informática

Objetiva

R$ 1.225,07

SÁBADO

DIA 6/10

Coordenador Pedagógico

02

180 h

Curso Superior Completo em Pedagogia com habilitação em Orientação Educacional ou Supervisão Escolar ter conhecimentos básicos em Informática

Objetiva e

Títulos

R$ 1.225,07

SÁBADO

DIA 6/10

Enfermeiro

03

110 h

Curso Superior em Enfermagem com registro no COREN

Objetiva

R$ 1.225,07

SÁBADO

DIA 6/10

Engenheiro Sanitarista

01

180 h

Curso Superior em Engenharia Sanitária com registro no órgão de classe

Objetiva

R$ 1.225,07

DOMINGO

DIA 7/10

Farmacêutico Bioquímico

01

110 h

Curso Superior em Farmácia com registro no órgão de classe

Objetiva

R$ 1.225,07

DOMINGO

DIA 7/10

Fisioterapeuta

03

110 h

Curso Superior em Fisioterapia com registro no órgão de classe

Objetiva

R$ 1.225,07

DOMINGO

DIA 7/10

Fonoaudiólogo

02

110 h

Curso Superior em Fonoaudiologia com registro no órgão de classe

Objetiva

R$ 1.225,07

DOMINGO

DIA 7/10

Médico Angiologista

02

110 h

Curso Superior em Medicina com Registro no Órgão de Classe, Título de Especialista ou Residência Médica na Área Específica

Objetiva

R$ 1.720,35

DOMINGO

DIA 7/10

Médico Cardiologista

02

110 h

Curso Superior em Medicina com Registro no Órgão de Classe, Título de Especialista ou Residência Médica na Área Específica

Objetiva

R$ 1.720,35

DOMINGO

DIA 7/10

Médico Cirurgião

02

110 h

Curso Superior em Medicina com Registro no Órgão de Classe, Título de Especialista ou Residência Médica na Área Específica

Objetiva

R$ 1.720,35

DOMINGO

DIA 7/10

Médico Dermatologista

02

110 h

Curso Superior em Medicina com Registro no Órgão de Classe, Título de Especialista ou Residência Médica na Área Específica

Objetiva

R$ 1.720,35

DOMINGO

DIA 7/10

Médico Endocrinologista

02

110 h

Curso Superior em Medicina com Registro no Órgão de Classe, Título de Especialista ou Residência Médica na Área Específica

Objetiva

R$ 1.720,35

DOMINGO

DIA 7/10

Médico Geriatra

02

110 h

Curso Superior em Medicina com Registro no Órgão de Classe, Título de Especialista ou Residência Médica na Área Específica

Objetiva

R$ 1.720,35

DOMINGO

DIA 7/10

Médico Ginecologista

02

110 h

Curso Superior em Medicina com Registro no Órgão de Classe, Título de Especialista ou Residência Médica na Área Específica

Objetiva

R$ 1.720,35

DOMINGO

DIA 7/10

Médico Homeopata

02

110 h

Curso Superior em Medicina com Registro no Órgão de Classe, Título de Especialista ou Residência Médica na Área Específica

Objetiva

R$ 1.720,35

DOMINGO

DIA 7/10

Médico Nefrologista

02

110 h

Curso Superior em Medicina com Registro no Órgão de Classe, Título de Especialista ou Residência Médica na Área Específica

Objetiva

R$ 1.720,35

DOMINGO

DIA 7/10

Médico Neurologista

02

110 h

Curso Superior em Medicina com Registro no Órgão de Classe, Título de Especialista ou Residência Médica na Área Específica

Objetiva

R$ 1.720,35

DOMINGO

DIA 7/10

Médico Neuropediatra

02

110 h

Curso Superior em Medicina com Registro no Órgão de Classe, Título de Especialista ou Residência Médica na Área Específica

Objetiva

R$ 1.720,35

DOMINGO

DIA 7/10

Médico Ocupacional

02

110 h

Curso Superior em Medicina com Registro no Órgão de Classe, Título de Especialista ou Residência Médica na Área Específica

Objetiva

R$ 1.720,35

DOMINGO

DIA 7/10

Médico Oftalmologista

02

110 h

Curso Superior em Medicina com Registro no Órgão de Classe, Título de Especialista ou Residência Médica na Área Específica

Objetiva

R$ 1.720,35

DOMINGO

DIA 7/10

Médico Ortopedista

02

110 h

Curso Superior em Medicina com Registro no Órgão de Classe, Título de Especialista ou Residência Médica na Área Específica

Objetiva

R$ 1.720,35

DOMINGO

DIA 7/10

Médico Otorrinolaringologista

02

110 h

Curso Superior em Medicina com Registro no Órgão de Classe , Título de Especialista ou Residência Médica na Área Específica

Objetiva

R$ 1.720,35

DOMINGO

DIA 7/10

Médico Pediatra

02

110 h

Curso Superior em Medicina com Registro no Órgão de Classe, Título de Especialista ou Residência Médica na Área Específica

Objetiva

R$ 1.720,35

DOMINGO

DIA 7/10

Médico Pneumologista

02

110 h

Curso Superior em Medicina com Registro no Órgão de Classe, Título de Especialista ou Residência Médica na Área Específica

Objetiva

R$ 1.720,35

DOMINGO

DIA 7/10

Médico Psiquiatra

02

110 h

Curso Superior em Medicina com Registro no Órgão de Classe, Título de Especialista ou Residência Médica na Área Específica

Objetiva

R$ 1.720,35

DOMINGO

DIA 7/10

Médico Urologista

02

110 h

Curso Superior em Medicina com Registro no Órgão de Classe, Título de Especialista ou Residência Médica na Área Específica

Objetiva

R$ 1.720,35

DOMINGO

DIA 7/10

Médico Veterinário

01

110 h

Curso Superior em Medicina Veterinária com Registro no Órgão de Classe

Objetiva

R$ 1.455,73

DOMINGO

DIA 7/10

Nutricionista

01

180 h

Ensino Superior Completo em Nutrição com Registro no Órgão de Classe

Objetiva

R$ 1.225,07

DOMINGO

DIA 7/10

Musicoterapeuta

01

110 h

Ensino Superior Completo em Musicoterapia ou Curso Superior em áreas das Ciências Humanas com Especialização em Musicoterapia

Objetiva

R$ 1.225,07

DOMINGO

DIA 7/10

Odontólogo

04

110 h

Ensino Superior Completo em Odontologia, com Registro Órgão de Classe - CRO

Objetiva

R$ 1.455,73

DOMINGO

DIA 7/10

Odontólogo - Odontologia para Pacientes Especiais

01

110 h

Ensino Superior Completo em Odontologia, com Registro no Órgão de Classe e Especialização na Área Específica

Objetiva

R$ 1.455,73

DOMINGO

DIA 7/10

Psicólogo

03

110 h

Ensino Superior Completo em Psicologia com Registro Órgão de Classe

Objetiva

R$ 1.225,07

OBS:- *Auxiliar de Obras e Serviços - 1 e Auxiliar de Obras e Serviços - 2 - Complementação Salarial em atendimento a Constituição Federal de 1988 - R$ 30,00.

*Vigia, Lubrificador e Contínuo - Complementação Salarial em atendimento a Constituição Federal de 1988 - R$ 12,48.

2. DAS VAGAS

2.1 A contratação dos candidatos, observada a ordem de classificação final, far-se-á, pela Prefeitura Municipal de Conselheiro Lafaiete/MG quando do surgimento das vagas durante o prazo de validade deste concurso, RAZÃO PELA QUAL O PRESENTE EDITAL APENAS INFORMA O NÚMERO DE VAGAS DISPONÍVEIS NESTA DATA, OBSERVANDO-SE O ITEM 14.2 DESTE EDITAL.

2.2 Das vagas dos portadores de necessidades especiais:

Será assegurado aos portadores de necessidades especiais no presente Concurso Público reserva de vaga, desde que aprovados, na proporção de 5% (cinco por cento) das vagas do presente Concurso Público, por cargo/Cargo, desde que as atribuições do cargo/Cargo sejam compatíveis com a deficiência de que são portadoras, em obediência ao disposto na Lei Federal nº 7853/89 e no Decreto Federal nº 3298/99. Os candidatos portadores de deficiência, quando da contratação dos candidatos, conforme previsto no item 2.1 acima, serão submetidos à avaliação perante uma junta multidisciplinar da Prefeitura Municipal de Conselheiro Lafaiete/MG, que fornecerá o laudo comprobatório de sua deficiência e capacidade para o exercício das funções inerentes à vaga para a qual se candidatou.

2.2.1 Serão consideradas deficiências aquelas conceituadas pela medicina especializada, de acordo com os padrões mundialmente estabelecidos, e que constituam inferioridade que implique em grau acentuado de dificuldade para integração social.

2.2.2. Não serão considerados como deficiência, os distúrbios passíveis de correção.

2.2.3. Após o ingresso/admissão do candidato portador de deficiência, esta não poderá ser argüida para justificar a concessão de readaptação de cargo/Cargo, bem como para aposentadoria por invalidez.

2.2.4 Os candidatos portadores de deficiência participarão do Concurso em igualdade de condições com os demais candidatos no que se refere o conteúdo, avaliação, duração, local e horário de realização da prova;

2.2.5 Não ocorrendo a aprovação de candidatos portadores de deficiência para preenchimento das vagas, observada a ordem de classificação final, estas serão preenchidas pelos demais aprovados;

2.2.6 Inexistindo candidatos portadores de deficiência, as vagas reservadas deverão ser preenchidas por candidatos não portadores de deficiência;

2.2.7 Aqueles que portarem deficiência e desejarem prestar o concurso nesta condição deverão indicar na ficha de inscrição e, em não o fazendo, não concorrerão em listagem apartada. A TELES DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS E PESQUISAS LTDA remeterá à Prefeitura Municipal de Conselheiro Lafaiete/MG a referida listagem para publicação no órgão oficial local;

2.2.8 Os deficientes visuais (cegos), somente prestarão as provas, a critério da Prefeitura, mediante leitura ou através do sistema Braille, e, suas respostas deverão ser através de um fiscal no cartão ótico. Os referidos candidatos deverão levar, para esse fim, no dia da aplicação das provas, reglete e punção;

2.2.9 O candidato cego ou amblíope deverá solicitar, por escrito, à Prefeitura Municipal de Conselheiro Lafaiete/MG - Secretaria de Administração até o 5º dia corrido após o encerramento das inscrições a confecção de prova em Braille ou ampliada, juntando, nos casos de ambliopia, atestado médico comprobatório dessa situação;

2.2.10 Os deficientes visuais que não solicitarem a prova especial no prazo citado no sub-item anterior não terão direito à prova especialmente preparada seja qual for o motivo alegado.

Para o presente Concurso, fica destinado aos portadores de deficiência física:

02 (duas) vagas, para Agente Administrativo, Auxiliar de Obras e Serviços - 1, Auxiliar de Obras e Serviços - 2, Vigia e Auxiliar Administrativo.

01 (uma) vaga, para Auxiliar de Saúde II e Oficial de Obras e Serviços - Pedreiro.

3. DAS ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS

A síntese das atribuições de cada Cargo deste concurso consta no ANEXO I deste Edital.

4. DA DIVULGAÇÃO

A divulgação oficial de todas as etapas referentes a este Concurso Público se dará em forma de Editais e Avisos publicados através dos seguintes meios e locais:

4.1 Nos Órgãos de Imprensa local, de Conselheiro Lafaiete/MG.

4.2 Nos quadros de publicações da Prefeitura de Conselheiro Lafaiete/MG e no site oficial da Prefeitura ( www.conselheirolafaiete.mg.gov.br ).

4.3 Na Internet no site www.institutoconcursos.com.br

5. DAS INSCRIÇÕES

5.1 Período, horário e local: As inscrições para candidatos de acordo com a Lei Municipal nº 4745/05, em seu Inciso II, Parágrafo Único, serão realizadas no período de 27 a 29 de agosto, das 12 às 16 h. na Praça Nossa Senhora do Carmo, 335- Centro (Prédio do Sindicato Rural) , mediante a apresentação dos seguintes documentos para comprovação e atendimento da referida Lei:

a) Xérox autenticada da Carteira Profissional do candidato, páginas - 7 e 8 (Identificação e Qualificação Civil), página 11 (Carteiras Anteriores) e de 12 a 21 (Contrato de Trabalho);

b) Extrato da conta corrente do candidato da Arrecadação no CNIS - junto ao INSS;

c) Certidão Negativa de Inscrição de Autônomo junto a Prefeitura Municipal de domicilio do candidato e;

d) Certidão Negativa de vínculo CNPJ e CPF do candidato - junto a Receita Federal, que serão protocolizados no ato da inscrição.

Em não sendo comprovado o exposto após análise, pela equipe técnica da TELES, dos documentos apresentados, deverá o candidato interessado efetuar sua inscrição conforme item 5.2.

5.2. As inscrições deverão ser realizadas via Internet no site www.institutoconcursos.com.br no período da zero hora do dia 03 de setembro de 2007 às vinte e quatro horas do dia 14 de setembro de 2007, horário de Brasília. As inscrições poderão ser pagas até o dia 17 de setembro de 2007.

5.3 Valor da inscrição: As inscrições terão os valores relacionados no quadro abaixo de acordo com a Lei Municipal nº 4745/05.

Cargos

Valor da Inscrição (R$)

Auxiliar de Obras e Serviços - 1

7,60

Auxiliar de Obras e Serviços - 2

Contínuo

Lubrificador

Vigia

Almoxarife

8,67

Auxiliar Administrativo

Auxiliar de Higiene Bucal

Auxiliar de Laboratório

Auxiliar de Saúde II

Eletricista de Veículos

Auxiliar de Secretaria

10,84

Mecânico

Motorista

Oficial de Obras e Serviços - Pedreiro

Oficial de Obras e Serviços - Carpinteiro

Oficial de Obras e Serviços - Eletricista

Oficial de Obras e Serviços - Bombeiro Hidráulico

Oficial de Obras e Serviços - Pintor

Pintor Letrista

Pintor Silk Screen

Operador de Máquinas

Técnico em Transportes

Agente Administrativo

16,53

Analista Gestão de Patrimônio

Assistente Controle Avaliação

Controlador de Estoque

Técnico em Contabilidade

Técnico em Laboratório

Técnico em Segurança do Trabalho

Fiscal de Tributos

17,20

Assistente Administrativo

24,50

Assistente Social

Bioquímico

Contador

Coordenador Pedagógico

Enfermeiro

Engenheiro Sanitarista

Farmacêutico Bioquímico

Fisioterapeuta

Fonoaudiólogo

Nutricionista

Musicoterapeuta

Psicólogo

Médico Veterinário

29,11

Odontólogo

Odontólogo - Odontologia para Pacientes Especiais

Médico Angiologista

34,40

Médico Cardiologista

Médico Cirurgião

Médico Dermatologista

Médico Endocrinologista

Médico Geriatra

Médico Ginecologista

Médico Homeopata

Médico Nefrologista

Médico Neurologista

Médico Neuropediatra

Médico Ocupacional

Médico Oftalmologista

Médico Ortopedista

Médico Otorrinolaringologista

Médico Pediatra

Médico Pneumologista

Médico Psiquiatra

Médico Urologista

5.4. Procedimento da Inscrição

5.4.1 As inscrições para o Concurso serão realizadas via Internet no endereço eletrônico www.institutoconcursos.com.br, bem como a obtenção de informações complementares sobre o Edital e seus anexos;

5.4.2 A PREFEITURA e a TELES DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS E PESQUISAS LTDA não se responsabilizam por inscrição via Internet não recebida por motivos de ordem técnica de computadores, falhas de comunicação, congestionamento de linhas de comunicação, bem como outros fatores de ordem técnica que impossibilitem a transferência de dados dos candidatos;

5.4.3 O candidato, após preencher o formulário de inscrição, deverá imprimir a ficha de inscrição e o boleto bancário, e com o boleto efetuar o pagamento da taxa de inscrição, até o vencimento constante do mesmo;

5.4.4 A inscrição somente será considerada válida após o devido pagamento do boleto bancário. Caso o candidato não efetuar o pagamento até o vencimento do boleto, e desde que o período de inscrições esteja em vigor, deverá efetuar nova inscrição, ou imprimir novo boleto da inscrição já feita, procedendo, a seguir, conforme o descrito em 5.4.3;

5.4.5 Os boletos bancários emitidos no último dia do período de inscrições poderão ser pagos até o primeiro dia útil subseqüente ao término das inscrições;

5.4.6 Os pagamentos de taxa de inscrição após a data de encerramento das mesmas não serão aceitos pela rede bancária, e a inscrição não será considerada válida;

5.4.7 O candidato, ao efetivar sua inscrição assume inteira responsabilidade pelas informações que fizer constar no formulário próprio de inscrição emitido pela Internet, sob as penas da lei, bem como, declara que está ciente e de acordo com as exigências e condições previstas neste Edital, do que o candidato não poderá alegar desconhecimento.

6. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS SOBRE A INSCRIÇÃO

6.1 É vedada a inscrição condicional ou extemporânea.

6.2 O comprovante de pagamento da inscrição deverá ser mantido em poder do candidato e apresentado juntamente com documento de identificação no local de realização das provas.

6.3 Será permitido número livre de inscrições, mas a Prefeitura Municipal de Conselheiro Lafaiete/MG - Secretaria de Administração e a Teles Desenvolvimento de Estudos e Pesquisas Ltda não se responsabilizarão por eventuais coincidências de datas e horários de provas e quaisquer outras atividades.

6.4 Não será aceita inscrição via postal, por fac-simile, e ou outra forma que não a estabelecida neste edital.

6.5 O candidato portador de deficiência ou que necessitar de qualquer tipo de condição especial para realização das provas deverá solicitá-la, no ato da inscrição, indicando a deficiência e quais as condições especiais necessárias, na forma do item 2.2.8, 2.2.9 e 2.2.10.

6.6 A solicitação de condições especiais será atendida dentro dos critérios de razoabilidade e viabilidade.

6.7 A não-solicitação de condições especiais no ato da inscrição implica a sua não concessão no dia da realização das provas.

6.8 O Candidato terá sua inscrição provisória homologada somente após o recebimento, pela Teles Desenvolvimento de Estudos e Pesquisas Ltda, através do banco, da confirmação do pagamento da sua taxa de inscrição.

6.9 A declaração falsa ou inexata dos dados constantes do Formulário de Inscrição determinará o cancelamento da inscrição e anulação de todos os atos decorrentes, em qualquer época, podendo o candidato responder às conseqüências legais.

6.10 Após efetivada a inscrição, não serão aceitos pedidos para alteração de Cargo.

6.11 Serão canceladas as inscrições pagas com cheques sem a devida provisão de fundos.

6.12 O valor da taxa de inscrição não será devolvido em hipótese alguma, nem serão aceitos pedidos para alteração de cargos.

6.13 O deferimento das inscrições dependerá do correto preenchimento pelo candidato do documento de inscrição, devendo o candidato indicar a forma de contato para dirimir eventuais dúvidas.

7. DA FORMALIZAÇÃO DAS INSCRIÇÕES

7.1 As inscrições efetuadas de acordo com o disposto no item 5 do presente Edital, serão aceitas pela Prefeitura, significando tal ato que o candidato está habilitado para participar de todas as fases deste Concurso.

7.2 Os pedidos de recurso de inscrição que apresentarem vícios de forma ou que contrariarem o disposto no item 9, serão indeferidos.

7.3 A não apresentação do recurso no prazo estabelecido ou o indeferimento do mesmo importará no cancelamento do pedido de inscrição e na conseqüente eliminação do candidato do presente Concurso.

8. DAS PROVAS

O Concurso Público consistirá de exames de habilidades e conhecimentos, mediante aplicação de Provas Objetivas, Práticas e Títulos de caráter eliminatório e classificatório.

8.1 Do tipo de Prova Objetiva:

Terá 40 (quarenta) questões objetivas de múltipla escolha, contendo cada questão objetiva 05 (cinco) alternativas identificadas pelas letras a, b, c, d, e, sendo somente uma a alternativa correta.

8.2 Tipos de Prova, conforme o cargo e seu valor em pontos:

8.2.1 Para os cargos, Auxiliar de Obras e Serviços - 1, Auxiliar de Obras e Serviços - 2, Vigia, Contínuo, Almoxarife, Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Higiene Bucal, Auxiliar de Laboratório, Auxiliar de Saúde II, Analista Gestão de Patrimônio, Assistente Controle Avaliação, Controlador de Estoque, Fiscal de Tributos, Técnico em Contabilidade, Técnico em Laboratório, Técnico em Segurança do Trabalho, Técnico em Transportes, Assistente Social, Bioquímico, Contador, Enfermeiro, Engenheiro Sanitarista, Farmacêutico Bioquímico, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Médico Angiologista, Médico Cardiologista, Médico Cirurgião, Médico Dermatologista, Médico Endocrinologista, Médico Geriatra, Médico Ginecologista, Médico Homeopata, Médico Nefrologista, Médico Neurologista, Médico Neuropediatra, Médico Ocupacional, Médico Oftalmologista, Médico Ortopedista, Médico Otorrinolaringologista, Médico Pediatra, Médico Pneumologista, Médico Psiquiatra, Médico Urologista, Médico Veterinário, Nutricionista, Musicoterapeuta, Odontólogo, Odontólogo - Odontologia para Pacientes Especiais e Psicólogo, haverá somente Prova Objetiva valendo 100 (cem) pontos.

8.2.2 Para o cargo, Coordenador Pedagógico, haverá Prova Objetiva valendo 90 (noventa) pontos e Prova de Títulos valendo 10 (dez) pontos, Prova de Títulos somente para os candidatos que atingirem 50% (cinqüenta por cento), ou mais nas Provas Objetivas.

8.2.3 Para os cargos, Agente Administrativo, Assistente Administrativo, Auxiliar de Secretaria, Eletricista de Veículos, Lubrificador, Mecânico, Motorista, Oficial de Obras e Serviços - (Pedreiro, Carpinteiro, Eletricista, Bombeiro Hidráulico, Pintor), Pintor Letrista, Pintor Silk Screen e Operador de Máquinas, haverá Prova Objetiva valendo 100 (cem) pontos e Prova Prática valendo 100 (cem) pontos.

8.3 Da aprovação na Prova Objetiva:

Estará aprovado na Prova Objetiva somente o candidato que obtiver, no mínimo, 50% (cinqüenta por cento) do total dos pontos das disciplinas do seu Cargo.

8.4 Da classificação na Prova Objetiva

Serão classificados somente os candidatos aprovados e a respectiva classificação observará a ordem numérica decrescente da pontuação individualmente alcançada, considerando-se em primeiro lugar o candidato que obtiver a maior soma de pontos, e assim sucessivamente.

8.5 Da data, horário e local da Prova Objetiva:

As datas, locais e horários das Provas Objetivas serão divulgados em Aviso ou Edital próprio a ser publicado conforme Item 4 - Da Divulgação, deste Edital.

8.6 Das Disciplinas e Conteúdos da Prova Objetiva:

Os Conteúdos e Sugestões Bibliográficas que serão utilizados na elaboração das Provas Objetivas constam no ANEXO II.

OBSERVAÇÃO:- A Prefeitura Municipal de Conselheiro Lafaiete e a Teles Desenvolvimento de Estudos e Pesquisas Ltda, não se responsabilizam por quaisquer cursos, textos ou apostilas referentes a esse concurso.

8.7 Quadros de Disciplinas, Questões e Pontos por Cargo

CARGOS L
í
n
g
u
a

P
o
r
t
u
g
u
e
s
a
M
a
t
e
m
á
t
i
c
a

C
o
n
h.

E
s
p
e
c
í
f
i
c
o
s

C
o
n
h

P
e
d
a
g
o
g
i
c
o
s

C
o
n
h.

I
n
f
o
r
m
á
t
i
c
a

P
o
l
í
t
i
c
a

S
a
ú
d
e

Lei
Orgânica
Municipal de
Conselheiro
Lafaiete

L
e
g
i
s
l
a
ç
ã
o

T
o
t
a
l

Q
u
e
s
t
õ
e
s

V
a
l
o
r

Q
u
e
s
t
ã
o

V
a
l
o
r

T
o
t
a
l

Agente Administrativo

15

10

-

-

10

-

05

-

40

2,50

100,00

Auxiliar de Obras e Serviços - 1

20

15

-

-

-

-

05

-

40

2,50

100,00

Auxiliar de Obras e Serviços - 2

20

15

-

-

-

-

05

-

40

2,50

100,00

Almoxarife

20

15

-

-

-

-

05

-

40

2,50

100,00

Analista Gestão de Patrimônio

15

10

-

-

10

-

05

-

40

2,50

100,00

Assistente Administrativo

10

05

10

-

10

-

05

-

40

2,50

100,00

Assistente Controle Avaliação

15

10

-

-

10

-

05

-

40

2,50

100,00

Assistente Social

05

-

20

-

-

10

05

-

40

2,50

100,00

Auxiliar Administrativo

10

05

10

-

10

-

05

-

40

2,50

100,00

Auxiliar de Higiene Bucal

10

05

20

-

-

-

05

-

40

2,50

100,00

Auxiliar de Laboratório

10

05

20

-

-

-

05

-

40

2,50

100,00

Auxiliar de Saúde II

10

10

15

-

-

-

05

-

40

2,50

100,00

Auxiliar de Secretaria

10

05

10

-

10

-

05

-

40

2,50

100,00

Bioquímico

10

05

20

-

-

-

05

-

40

2,50

100,00

Contador

05

05

20

-

05

-

05

-

40

2,50

100,00

Contínuo

20

15

-

-

-

-

05

-

40

2,50

100,00

Controlador de Estoque

15

15

-

-

05

-

05

-

40

2,50

100,00

Coordenador Pedagógico

05

-

-

15

05

-

05

10

40

2,25

90,00

Eletricista de Veículos

20

15

-

-

-

-

05

-

40

2,50

100,00

Enfermeiro

10

-

20

-

-

05

05

-

40

2,50

100,00

Engenheiro Sanitarista

10

05

20

-

-

-

05

-

40

2,50

100,00

Farmacêutico Bioquímico

10

-

20

-

-

05

05

-

40

2,50

100,00

Fisioterapeuta

10

-

20

-

-

05

05

-

40

2,50

100,00

Fiscal de Tributos

10

05

10

-

10

-

05

-

40

2,50

100,00

Fonoaudiólogo

10

-

20

-

-

05

05

-

40

2,50

100,00

Lubrificador

20

15

-

-

-

-

05

-

40

2,50

100,00

Mecânico

20

15

-

-

-

-

05

-

40

2,50

100,00

Médico - Angiologista

05

-

20

-

-

10

05

-

40

2,50

100,00

Médico - Cardiologista

05

-

20

-

-

10

05

-

40

2,50

100,00

Médico - Cirurgião

05

-

20

-

-

10

05

-

40

2,50

100,00

Médico - Dermatologista

05

-

20

-

-

10

05

-

40

2,50

100,00

Médico - Endocrinologista

05

-

20

-

-

10

05

-

40

2,50

100,00

Médico - Geriatra

05

-

20

-

-

10

05

-

40

2,50

100,00

Médico - Ginecologista

05

-

20

-

-

10

05

-

40

2,50

100,00

Médico - Homeopata

05

-

20

-

-

10

05

-

40

2,50

100,00

Médico - Nefrologista

05

-

20

-

-

10

05

-

40

2,50

100,00

Médico - Neurologista

05

-

20

-

-

10

05

-

40

2,50

100,00

Médico - Neuropediatra

05

-

20

-

-

10

05

-

40

2,50

100,00

Médico - Ocupacional

05

-

20

-

-

10

05

-

40

2,50

100,00

Médico - Oftalmologista

05

-

20

-

-

10

05

-

40

2,50

100,00

Médico - Ortopedista

05

-

20

-

-

10

05

-

40

2,50

100,00

Médico - Otorrinolaringologista

05

-

20

-

-

10

05

-

40

2,50

100,00

Médico - Pediatra

05

-

20

-

-

10

05

-

40

2,50

100,00

Médico - Pneumologista

05

-

20

-

-

10

05

-

40

2,50

100,00

Médico - Psiquiatra

05

-

20

-

-

10

05

-

40

2,50

100,00

Médico Urologista

05

-

20

-

-

10

05

-

40

2,50

100,00

Médico Veterinário

10

-

20

-

-

05

05

-

40

2,50

100,00

Motorista

10

10

15

-

-

-

05

-

40

2,50

100,00

Musicoterapeuta

05

-

20

-

-

10

05

-

40

2,50

100,00

Nutricionista

05

-

20

-

-

10

05

-

40

2,50

100,00

Oficial de Obras e Serviços - Pedreiro

20

15

-

-

-

-

05

-

40

2,50

100,00

Oficial de Obras e Serviços - Carpinteiro

20

15

-

-

-

-

05

-

40

2,50

100,00

Oficial de Obras e Serviços - Eletricista

20

15

-

-

-

-

05

-

40

2,50

100,00

Oficial de Obras e Serviços - Bombeiro Hidráulico

20

15

-

-

-

-

05

-

40

2,50

100,00

Oficial de Obras e Serviços - Pintor

20

15

-

-

-

-

05

-

40

2,50

100,00

Odontólogo

10

-

20

-

-

05

05

-

40

2,50

100,00

Odontólogo - Odontologia para Pacientes Especiais

10

-

20

-

-

05

05

-

40

2,50

100,00

Pintor Letrista

20

15

-

-

-

-

05

-

40

2,50

100,00

Pintor Silk Screen

20

15

-

-

-

-

05

-

40

2,50

100,00

Operador de Maquinas

20

15

-

-

-

-

05

-

40

2,50

100,00

Psicólogo

05

-

20

-

-

10

05

-

40

2,50

100,00

Técnico em Contabilidade

10

10

10

-

05

-

05

-

40

2,50

100,00

Técnico em Laboratório

10

05

20

-

-

-

05

-

40

2,50

100,00

Técnico em Segurança do Trabalho

10

05

15

-

05

-

05

-

40

2,50

100,00

Técnico em Transportes

10

10

-

-

15

-

05

-

40

2,50

100,00

Vigia

20

15

-

-

-

-

05

-

40

2,50

100,00

OBS:- PARA TODOS OS CARGOS, MÍNIMO PARA APROVAÇÃO 50,00.

8.8 Condições para realização da Prova Objetiva

8.8.1 As provas para cada cargo serão realizadas em um único dia, em turnos a serem definidos e comunicados ao candidato somente através de Aviso ou Edital conforme estabelecido no Item 4 - Da Divulgação.

8.8.2 O candidato deverá comparecer ao local designado para a realização das provas com antecedência mínima de 60 (sessenta) minutos antes do horário fixado para o seu início, munido de caneta esferográfica de tinta azul ou preta, de comprovante de pagamento da taxa de inscrição e de documento de identidade original.

8.8.3 Serão considerados documentos de identidade: carteiras expedidas pelos Comandos Militares, pelas Secretarias de Segurança Pública, pelos Institutos de Identificação e pelos Corpos de Bombeiros Militares; carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (ordens, conselhos, etc.); passaporte; certificado de reservista; carteiras funcionais do Ministério Público; carteiras funcionais expedidas por órgão público que, por lei federal, tenham validade como identidade; carteira de trabalho; carteira nacional de habilitação (somente o modelo novo, com foto).

8.8.4 Não serão aceitos como documentos de identidade: certidões de nascimento, títulos eleitorais, carteiras de motorista (modelo antigo), carteiras de estudante, carteiras funcionais sem valor de identidade, nem documentos ilegíveis, não-identificáveis ou danificados.

8.8.5 Não será aceita cópia de documento de identidade, ainda que autenticada, nem protocolo de documento.

8.8.6 Não será admitido ingresso de candidato no local de realização das provas após o horário fixado para o seu início.

8.8.7 Não será permitida, durante a realização das provas, a comunicação entre os candidatos, nem a utilização de anotações, impressos ou qualquer outro material de consulta, inclusive consulta a livros, à legislação comentada ou anotada, a súmulas, a livros doutrinários e a manuais.

8.8.8 Não será permitido, durante a realização das provas, o uso de equipamentos mecânicos, eletrônicos ou ópticos que permitam o armazenamento ou a comunicação de dados, informações ou similares.

8.8.9 Não será permitido ao candidato fumar na sala de provas.

8.8.10 Não haverá segunda chamada para as provas. O não comparecimento a quaisquer das provas implicará a eliminação automática do candidato.

8.8.11 O Candidato somente poderá retirar-se do local de realização das provas, no decurso da segunda hora posterior ao horário previsto para o seu início.

8.8.12 Não haverá, por qualquer motivo, prorrogação do tempo previsto para a aplicação das provas em virtude de afastamento de candidato da sala de provas.

8.8.13 Nos dias de realização das provas, não serão fornecidas, por qualquer membro da equipe de aplicação das provas ou pelas autoridades presentes, informações referentes ao conteúdo e aos critérios de avaliação das provas.

8.8.14 Terá suas provas anuladas e será automaticamente eliminado do concurso o candidato que, durante a realização de qualquer uma das provas:

a) usar ou tentar usar meios fraudulentos ou ilegais para a sua realização;

b) for surpreendido dando ou recebendo auxílio para a execução de quaisquer das provas;

c) utilizar-se de máquinas de calcular ou equipamentos similares, livros, dicionário, notas ou impressos que não forem expressamente permitidos, telefone celular, gravador, receptor ou pagers ou que se comunicar com outro candidato;

d) faltar com a devida urbanidade para com qualquer membro da equipe de aplicação das provas, as autoridades presentes ou candidatos;

e) fizer anotação de informações relativas às suas respostas em qualquer meio, que não os permitidos;

f) recusar-se a entregar o material das provas ao término do tempo destinado para a sua realização;

g) afastar-se da sala, a qualquer tempo, sem o acompanhamento de fiscal;

h) ausentar-se da sala, a qualquer tempo, portando a folha de respostas ou caderno de questões;

i) descumprir as instruções contidas no caderno de provas e na folha de respostas;

j) perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos;

8.8.15 A inviolabilidade das Provas Objetivas será comprovada na sala de aula antes do seu início, no momento do rompimento do lacre do envelope das provas na presença dos candidatos.

8.8.16 O tempo máximo de duração da Prova Objetiva será de 03 (três) horas.

8.8.17 No decorrer da prova, se o candidato observar qualquer anormalidade de prova trocada, ou seja, lhe for entregue prova de outro cargo, ou anormalidade gráfica ou irregularidade na formulação da questão, deverá manifestar-se junto ao Fiscal de Sala, que, consultará a coordenação do concurso, encaminhando solução imediata ou anotará na folha de ocorrências para posterior análise da banca examinadora.

8.8.18 Sempre que o candidato observar a anormalidade prevista no item 8.8.17 deste Edital, deverá manifestar-se no momento da prova, sob pena de não poder apresentar, posteriormente, eventual recurso.

8.9 Será atribuída pontuação zero à questão da prova Objetiva que contiver mais de uma ou nenhuma resposta assinalada, emenda ou rasura.

8.10 O candidato deverá transcrever as respostas da prova objetiva para o Cartão de Respostas, que será o único documento válido para a sua correção. O preenchimento do Cartão de Respostas e a sua devida assinatura serão de inteira responsabilidade do candidato, que deverá proceder de conformidade com as instruções específicas contidas nas instruções gerais do Caderno de Questões. Não haverá substituição do Cartão de Respostas por erro do candidato.

8.11 Ao terminar a Prova Objetiva, o candidato entregará ao Fiscal de Sala, obrigatoriamente, o Cartão de Respostas devidamente assinado, bem como o caderno de questões objetivas.

8.12 Será eliminado o candidato que não apresentar, quando da convocação para nomeação, certificado ou diploma do curso específico para o Cargo a que concorre, mesmo que tenha sido aprovado nas demais fases do Concurso;

8.13 É obrigatório ao candidato, no momento de sua convocação para a nomeação, apresentar o seu certificado / diploma do curso específico para o Cargo a que concorre. Destacamos que tais documentos não pontuam.

8.14 O Diploma poderá ser substituído por certificado de Conclusão expedido por Instituição competente e com firma reconhecida da autoridade signatária.

8.15 DA PROVA DE TÍTULOS - CLASSIFICATÓRIA

A pontuação alcançada nos títulos será considerada apenas para efeito de classificação dos que lograrem aprovação nas provas objetivas. Não serão aceitos protocolos dos documentos, devendo estes serem apresentados em cópias autenticadas dos mesmos, os certificados expedidos em língua estrangeira deverão vir acompanhados pela correspondente tradução efetuada por tradutor juramentado, (somente para o cargo Coordenador Pedagógico), deverão ser entregues , obrigatoriamente no serviço de Protocolo da PREFEITURA MUNICIPAL DE CONSELHEIRO LAFAIETE/MG situada à Av. Mário Rodrigues Pereira, 10 - Centro no horário das 12:00 às 16:00 horas, nos dias a serem determinados nos Órgãos de Imprensa local, no Mural da PREFEITURA e no site www.institutoconcursos.com.br. Os documentos deverão ser colocados em envelope, com os seguintes dizeres: NOME DO CANDIDATO, NÚMERO DA INSCRIÇÃO, CARGO A QUE CONCORRE, PROVA DE TÍTULOS DO CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2007 DA PREFEITURA MUNICIPAL DE CONSELHEIRO LAFAIETE/MG.

8.15.1 Através de aviso nos Órgãos de Imprensa local e por e-mail se informado pelo candidato será dado a conhecer o local onde estará divulgada a listagem dos candidatos classificados para participarem da Prova de Título. A referida listagem constará, após a publicação do Aviso, também no site www.institutoconcursos.com.br.

Quadro de Pontuação por Títulos - apenas os títulos listados no quadro abaixo terão validade.

TABELA DOS TÍTULOS

VALOR UNITÁRIO

VALOR MÁXIMO

a) Título de Doutor.

3,00

3,00

b) Título de Mestre.

2,00

2,00

c) Curso de Pós Graduação (Especialização) com um mínimo de 360 horas, promovido por instituição de ensino superior reconhecida.

1,00

2,00

d) Certificados de Cursos, Seminários, Simpósios e Encontros com duração mínima de 20 horas, específicos da área para a qual concorre, 06 títulos no máximo valendo 0,50 ponto cada.

0,50

3,00

OBSERVAÇÕES:

- O valor máximo dos Títulos será de 10,00(dez) pontos.

- Cada título será considerado uma única vez.

- É da exclusiva responsabilidade do candidato a apresentação e comprovação dos Títulos.

- Os comprovantes de conclusão de cursos deverão ser expedidos por instituição oficial ou oficializada.

- Os pontos que excederem ao valor máximo de cada item serão desconsiderados.

8.15.2 Não será considerado, como Título, o Curso de Graduação que proporcionar a habilitação específica para o Cargo. Títulos sem conteúdo específicos não serão pontuados no caso de não se poder aferir a relação com o cargo ao qual o candidato concorre. Não serão aceitos, em hipótese alguma, documentos referentes a Títulos enviados por via postal.

8.15.3 Para a prova de Títulos serão chamados os candidatos que atingirem 50% (cinqüenta por cento), ou mais nas Provas Objetivas.

8.15.4 Os candidatos à Prova de Títulos serão chamados através de Edital ou Aviso, de acordo com o item 4 - DA DIVULGAÇÃO

8.16. DA PROVA PRÁTICA - ELIMINATÓRIA E CLASSIFICATÓRIA

Os candidatos à Prova Prática serão chamados através de Edital ou Aviso, de acordo com o item 4 -DA DIVULGAÇÃO.

Deverão ser submetidos à Prova Prática somente os candidatos habilitados na Prova Objetiva, na proporção de 10 (dez) vezes o número de vagas existentes, também serão convocados os candidatos empatados na ultima nota considerada.

8.16.1. Cargos: Agente Administrativo, Assistente Administrativo, Auxiliar de Secretaria.

8.16.1.2. A prova terá por objetivo avaliar os conhecimentos técnicos e as habilidades práticas dos candidatos em informática e constituir-se-á da elaboração de um documento, buscando o conhecimento técnico de um dos seguintes programas:

· Editor de Textos

· Planilha Eletrônica de Cálculos

8.16.1.3.Esta prova será realizada em microcomputador Pentium.

Em princípio, a nota 100 (cem) será atribuída à elaboração idêntica ao formulário origem, sem erros, em que o candidato tenha produzido, em 30 minutos, considerando-se as divergências como erro, atribuindo a seguinte pontuação:

§ Ausência de logotipo; brasão; assinatura digitalizada; sombreamento ou hachuras, grade de tabela - desconto de 5 pontos para cada ausência.

§ Uso indevido (contrariando as especificações) de fonte; tamanho de fonte; alinhamento, formato - desconto de 3 pontos para cada erro.

§Para cada uma das seguintes ocorrências abaixo, desconto de 1 ponto:

§ Inversão de letras; omissão e/ou excesso de letras, sinais e/ou acentos; letras, sinais e/ou acentos errados; duplicação de letras.

§ Falta de espaço entre palavras; espaço a mais entre palavras ou letras.

§ Falta ou uso indevido de maiúsculas.

§ Tabulação desigual; falta de tabulação e colocação de tabulação onde não existe.

8.16.1.4. A Prova Prática de Informática terá caráter eliminatório e classificatório e será avaliada na escala de 0 (zero) a 100 (cem) pontos, considerando-se habilitado o candidato que nela obtiver nota igual ou superior a 50 (cinqüenta). E estará sob a responsabilidade da TELES tanto a aplicação como a avaliação da Prova Prática.

8.16.1.5. O candidato não habilitado será excluído do Concurso.

8.16.2. Cargos: Eletricista de Veículos, Lubrificador, Mecânico, Oficial de Obras e Serviços - Bombeiro Hidráulico, Oficial de Obras e Serviços - Carpinteiro, Oficial de Obras e Serviços - Eletricista, Oficial de Obras e Serviços - Pedreiro, Oficial de Obras e Serviços - Pintor, Pintor Letrista, Pintor Silk Screen.

8.16.2.1.A prova terá por objetivo avaliar os conhecimentos técnicos e as habilidades práticas dos candidatos e versará sobre: Identificação de ferramentas e materiais da atividade, abordando os seguintes aspectos: Quantidade de tarefa executada corretamente; Tempo de realização da tarefa; Conforme esquema apresentado, de acordo com a função, num tempo determinado. E estará sob a responsabilidade da TELES tanto a aplicação como a avaliação da Prova Prática.

8.16.2.2.A prova prática terá caráter eliminatório e classificatório e será avaliada na escala de 0 (zero) a 100 (cem) pontos, considerando-se habilitado o candidato que nela obtiver nota igual ou superior a 50 (cinqüenta) pontos.

8.16.2.3. O candidato não habilitado será excluído do Concurso.

8.16.4. Cargo: Motorista.

8.16.4.1.A prova terá por objetivo avaliar os conhecimentos técnicos e as habilidades práticas dos candidatos e versará sobre: prática de direção veicular, abordando os seguintes aspectos: direção de veículo em percurso na via pública urbana; avaliada por examinador habilitado Conforme esquema apresentado, num tempo determinado. E estará sob a responsabilidade da TELES tanto a aplicação como a avaliação da Prova Prática.

8.16.4.2.A prova prática terá caráter eliminatório e classificatório e será avaliada na escala de 0 (zero) a 100 (cem) pontos, considerando-se habilitado o candidato que nela obtiver nota igual ou superior a 50 (cinqüenta) pontos.

8.16.4.3. O candidato não habilitado será excluído do Concurso.

8.16.5. Cargo: Operador de Máquinas.

8.16.5.1.A prova terá por objetivo avaliar os conhecimentos técnicos e as habilidades práticas dos candidatos e versará sobre: na condução e operação da máquina, bem como a utilização de equipamentos e execução de manobra. Quantidade de tarefa executada corretamente; Tempo de realização da tarefa;
Conforme esquema apresentado, num tempo determinado. E estará sob a responsabilidade da TELES tanto a aplicação como a avaliação da Prova Prática.

8.16.5.2.A prova prática terá caráter eliminatório e classificatório e será avaliada na escala de 0 (zero) a 100 (cem) pontos, considerando-se habilitado o candidato que nela obtiver nota igual ou superior a 50 (cinqüenta) pontos.

8.16.5.3. O candidato não habilitado será excluído do Concurso.

9. DOs resultados e recursos

9.1 O Gabarito Oficial da prova Objetiva será divulgado pelos meios apontados no item 4 - Da Divulgação, em até 05 (cinco) dias úteis após a realização da Prova Objetiva.

9.2 Os resultados das Provas Objetivas, Prova de Títulos, Provas Práticas e da classificação final serão divulgados através de Editais ou Avisos conforme disposto no item 4 - Da Divulgação, deste Edital.

9.3 Quanto aos recursos, os candidatos poderão interpor nas fases do concurso denominadas DA INSCRIÇÃO E DO GABARITO, no prazo de 02 (dois) dias úteis, iniciado no dia subseqüente ao do EDITAL DE SUA DIVULGAÇÃO, de cada uma dessas fases.

9.4 Os recursos deverão ser dirigidos à Comissão Organizadora do Concurso Público Municipal de CONSELHEIRO LAFAIETE/MG, mediante requerimento encaminhado através de protocolo, à Prefeitura Municipal de CONSELHEIRO LAFAIETE/MG, contendo nome completo e número de inscrição do candidato, indicação do Cargo que concorre, indicação da matéria da prova, da (s) questão (ões) envolvida (s), objeto da solicitação e exposição de motivos e argumento com fundamentação circunstanciada.

9.5 Os recursos poderão ter formato livre, porém deverão ser legíveis e estar dentro do prazo estabelecido.

9.6 Não serão aceitos recursos enviados pelo correio, fac-símile ou qualquer outro meio que não o previsto neste edital.

9.7 Serão indeferidos os recursos que não atenderem os regramentos aqui estabelecidos.

9.8 Os pontos correspondentes às questões eventualmente anuladas serão atribuídos a todos os candidatos indistintamente.

9.9 Eventuais alterações de gabarito, após análise de recursos, serão divulgadas conforme item 4 - Da Divulgação.

9.10 A Comissão Examinadora da Teles Desenvolvimento de Estudos e Pesquisas Ltda consiste na última instância para recursos, sendo soberana em suas decisões, razão pela qual não caberão recursos administrativos adicionais.

10. DA PONTUAÇÃO FINAL

10.1 Para o cargo de Coordenador Pedagógico, a nota final dos candidatos habilitados será igual à soma das notas da prova objetiva e dos títulos.

10.2 Para os cargos de Auxiliar de Obras e Serviços - 1, Auxiliar de Obras e Serviços - 2, Almoxarife, Analista Gestão de Patrimônio, Assistente Controle Avaliação, Assistente Social, Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Higiene Bucal, Auxiliar de Laboratório, Auxiliar de Saúde II, Bioquímico, Contador, Contínuo, Controlador de Estoque, Enfermeiro, Engenheiro Sanitarista, Farmacêutico Bioquímico, Fisioterapeuta, Fiscal de Tributos, Fonoaudiólogo, Médico - Angiologista, Médico - Cardiologista, Médico - Cirurgião, Médico - Dermatologista, Médico - Endocrinologista, Médico - Geriatra, Médico - Ginecologista, Médico - Homeopata, Médico - Nefrologista, Médico - Neurologista, Médico - Neuropediatra, Médico - Ocupacional, Médico - Oftalmologista, Médico - Ortopedista, Médico - Otorrinolaringologista, Médico - Pediatra, Médico - Pneumologista, Médico - Psiquiatra, Médico - Urologista, Médico Veterinário, Nutricionista, Musicoterapeuta, Odontólogo, Odontólogo - Odontologia para Pacientes Especiais, Psicólogo, Técnico em Contabilidade, Técnico em Laboratório, Técnico em Segurança do Trabalho, Técnico em Transportes e Vigia, a nota final dos candidatos corresponderá pontuação do resultado obtido nas Provas Objetivas.

10.3. Para os cargos de Agente Administrativo, Assistente Administrativo, Auxiliar de Secretaria, Eletricista de Veículos, Lubrificador, Mecânico, Motorista, Oficial de Obras e Serviços - Pedreiro, Oficial de Obras e Serviços- Carpinteiro, Oficial de Obras e Serviços- Eletricista, Oficial de Obras e Serviços- Bombeiro Hidráulico, Oficial de Obras e Serviços- Pintor, Pintor Letrista, Pintor Silk Screen e Operador de Maquinas, a nota final dos candidatos corresponderá à somatória das notas obtidas nas 02 (duas) provas (objetiva e prática), divido por 2 (dois).

11. DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE

11.1 Em caso de igualdade na pontuação final do Concurso, o desempate se dará adotando-se os critérios a seguir, pela ordem e na seqüência apresentada, obtendo melhor classificação o candidato que:

a) maior tempo de serviços prestados ao Município;

b) tiver obtido a maior pontuação em Legislação Municipal - Lei Orgânica;

c) tiver obtido a maior pontuação em Língua Portuguesa;

d) tiver obtido a maior pontuação na Prova Prática;

e) tiver maior idade.

12. do resultado final

12.1 Obedecidos os critérios estabelecidos no item 10 anterior, sobre a pontuação final, e aplicado os critérios de desempate conforme item 11, anterior, ambos deste Edital, será obtido o resultado final do Concurso.

13. DO PROVIMENTO DAS VAGAS

13.1 O provimento dos Cargos obedecerá rigorosamente à ordem de classificação dos candidatos aprovados.

13.2 O candidato aprovado obriga-se a manter atualizado seu endereço junto à Prefeitura Municipal de CONSELHEIRO LAFAIETE/MG.

13.3 Os aprovados que vierem a ingressar no Quadro de Pessoal da Prefeitura de CONSELHEIRO LAFAIETE/MG, assinarão Contrato Individual de Trabalho, o qual se regerá pelas disposições do Estatuto dos funcionários públicos de Conselheiro Lafaiete.

13.4 Os aprovados que vierem a ingressar no Quadro de Pessoal da Prefeitura estarão sujeitos à jornada de trabalho correspondente ao que este preceitua, inclusive com as alterações que vierem a se efetivar, bem como poderão ser convocados para laborar em regime de plantão para o bom desempenho do serviço.

13.5 Ficam comunicados os candidatos classificados, de que sua posse no Cargo, só lhes será dada se atenderem às exigências a seguir:

a) ter sido aprovado no presente concurso;

b) ser brasileiro nato ou naturalizado, ou cidadão português a quem foi conferida a igualdade, nas condições previstas no Decreto Federal n° 70.391, de 12/01/72;

c) estar quite com as obrigações eleitorais;

d) estar quite com as obrigações militares, para os candidatos do sexo masculino;

e) possuir escolaridade mínima exigida em cada Cargo, na data da posse, conforme item 1.4 deste Edital;

f) ter 18 (dezoito) anos completos na data da realização da Prova Objetiva a que o candidato concorre;

g) não estar incompatibilizado com investidura do Cargo, inclusive em razão de demissão por atos de improbidade, comprovados por meio de sindicância e ou inquérito Administrativo, na forma da Lei;

h) possuir habilitação para o exercício da função;

i) ser considerado apto nos exames clínicos e complementares;

j) se deficiente físico, apresentar atestado médico da deficiência de que é portador.

l) no ato da contratação, o candidato deverá apresentar o seu comprovante de inscrição no órgão de classe da sua profissão.

14. DA HOMOLOGAÇÃO E DA VALIDADE

14.1 O resultado final será divulgado por Cargos, ou seja, cada cargo, decorridos os prazos para interposição de recursos, terá o resultado homologado pela Prefeitura, publicado, através de Edital ou Aviso conforme estabelecido no item 4 - Da Divulgação, deste Edital, e conterá os nomes dos candidatos classificados, obedecendo à estrita ordem de classificação.

14.2 A validade do Concurso Público será de 2 (dois) anos a partir da data da publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado pelo prazo máximo de 2 (dois) anos, a critério da Prefeitura, dentro do qual a municipalidade se reserva no direito de preencher as vagas disponíveis e dentro das possibilidades orçamentárias, desde que autorizado pelo Sr. Prefeito Municipal.

15. DA CONVOCAÇÃO PARA EVENTUAL CONTRATAÇÃO

15.1 A convocação para eventual contratação será feita por Edital a ser publicado nos Órgãos de Imprensa local do Município de Conselheiro Lafaiete/MG, conforme item 4 deste Edital, razão pela qual a simples classificação não gera direito adquirido ao preenchimento do número de vagas mencionados no presente edital, mas haverá expectativa de direito para o chamamento durante o prazo de validade do concurso,estabelecido no item 14.2.

15.1.1 O candidato que não comparecer na data, local e horário estabelecido pela Prefeitura Municipal de Conselheiro Lafaiete/MG ou dispensar a 1ª convocação não terá direito 2ª convocação, obedecida a ordem de chamamento.

15.2 Por ocasião da contratação, serão exigidos dos candidatos classificados os documentos relativos à confirmação das condições estabelecidas no item 1.4 e 13.5, sendo que a não apresentação de quaisquer deles importará na exclusão do candidato da lista de classificados.

15.2.1 Não serão aceitos protocolos dos documentos exigidos, nem fotocópias não autenticadas.

15.2.2 É facultado à Prefeitura Municipal de Conselheiro Lafaiete/MG, exigir dos candidatos, na contratação, além da documentação prevista neste Edital e pela Secretaria da Administração da Prefeitura, outros documentos comprobatórios de bons antecedentes que julgar necessário.

15.3 O candidato aposentado por aposentadoria especial não poderá ingressar na Prefeitura em cargo/função cujo exercício da atividade infrinja disposição contida na Lei nº 9.032/95.

15.4 No ato da contratação, o candidato não poderá estar aposentado por invalidez e nem possuir idade de aposentadoria compulsória, ou seja, 70 anos. Também não poderá receber proventos de aposentadoria oriundo de cargo, Cargo ou função exercidos perante a União, Estado, Distrito Federal, Município e suas autarquias, empresas ou fundações, conforme preceitua o Art. 37, § 10 da Constituição Federal, com a redação de Emenda Constitucional n° 20 de 15/12/98, ressalvada as acumulações permitidas pelo inciso XVI do citado dispositivo constitucional, os cargos eletivos e os cargos ou CARGOS em comissão.

16. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

16.1 A PREFEITURA e a TELES DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS E PESQUISAS LTDA não assumem qualquer responsabilidade quanto ao transporte, alojamento e/ou alimentação dos candidatos, quando da realização das etapas deste Concurso Público.

16.2 O candidato que fizer qualquer declaração falsa ou inexata ao se inscrever, ou que não possa satisfazer todas as condições enumeradas neste Edital, terá cancelada sua inscrição e serão anulados todos os atos dela decorrentes, mesmo que tenha sido aprovado nas provas e exames ou nomeado.

16.3 Os candidatos aprovados neste concurso serão convocados na medida das necessidades de pessoal da Prefeitura.

16.4 Por justo motivo, a critério da Prefeitura Municipal de Conselheiro Lafaiete/MG - Secretaria de Administração, a realização de 01 (uma) ou mais provas do presente concurso poderá ser adiada, sem a necessidade de prévio aviso, devendo, no entanto, ser comunicado aos candidatos por novo Edital ou por comunicação direta, as novas datas em que se realizarão as provas.

16.5 Todas as demais informações sobre o presente Concurso, as listas contendo os resultados das provas, serão divulgadas conforme o disposto no item 4 - Da Divulgação, cabendo, no entanto, ao candidato, a responsabilidade de manter-se informado.

16.6 A data, local e horário de aplicação da prova objetiva (escrita) serão divulgados oportunamente conforme item 4 do Edital de Concurso Público, nos Órgãos de Imprensa local, de Conselheiro Lafaiete/MG, nos quadros de publicações da Prefeitura Municipal de Conselheiro Lafaiete/MG, no site oficial da Prefeitura www.conselheirolafaiete.mg.gov.br e na Internet no site www.institutoconcursos.com.br.

16.7 Por razões de ordem técnica de direito autoral e de segurança, não será fornecido nenhum exemplar ou cópia do caderno de provas a candidatos, a autoridades, ou a instituições de direito público ou privado, mesmo após o encerramento do concurso.

16.8 Os casos omissos, pertinentes à realização deste Concurso Público serão dirimidos, pela Comissão de Concurso da Prefeitura, em conjunto com a TELES DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS E PESQUISAS LTDA. 16.9 O Foro de CONSELHEIRO LAFAIETE/MG será o competente para dirimir qualquer questão relacionada ao Concurso Público de que trata este Edital.

Conselheiro Lafaiete, 14 de agosto de 2007.

Ronaldo Resende Julio César de Almeida Barros
Secretário Municipal Prefeito Municipal de Administração

ANEXO I

DESCRIÇÃO DOS CARGOS

AGENTE ADMINISTRATIVO

Atribuições: Atender o público fornecendo informações de rotina; Atender telefone; Controlar entrada e saída de processos; Receber, registrar, controlar edistribuirpapéis, documentos, processos e correspondências; Digitar e revisar os trabalhos, conferindo-os com o original; Arquivar documentos e processos, conferindo, separando e classificando, segundo métodos pré-determinados; Operar máquinas de calcular, copiadoras, abastecendo-as com o material necessário; Operar terminal de computador, controlando e fornecendo dados e informações; Zelar pela guarda, conservação e limpeza das máquinas, equipamentos, instrumentos e materiais peculiares ao trabalho, bem como dos locais; Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

AUXILIAR DE OBRAS E SERVIÇOS -1

Atribuições:

Executar serviços que exijam grande vigor físico na execução dos serviços de limpeza e de conservação de instalações, de móveis e de utensílios em geral; manter a boa aparência, a higiene e a conservação dos locais de trabalho; auxiliar na execução de atividades de montagem e de desmontagem de mobiliários; executar a remoção de mobiliários; coletar o lixo e acondicioná-lo em recipientes apropriados para depositá-los, posteriormente, em lixeiras, em incinerador ou em outro local previamente definido; recolher e zelar pela perfeita conservação e pela limpeza de equipamentos e de utensílios utilizados para a execução do trabalho, cuidando para evitar danos e perdas dos mesmos; executar serviços braçais de deslocamento de móveis e de utensílios, remoção de entulhos, pequenos reparos, capina e outros; manusear e dominar máquinas industriais (de lavar, de lustrar, de aspirar pó e outras); executar outras tarefas correlatas, Zelar pela limpeza e pela manutenção de jardins, ruas e praças; executar serviços de poda e de capina; executar serviço braçal; executar serviços de montagem e de desmontagem de cercas com arame farpado, delimitando áreas; executar serviços de desmatamento; dar apoio no combate de eventuais queimadas; recolher e remover resíduos; utilizar ferramentas específicas, tais como: enxada, rastelo, carrinho, pá, foice, podão, alicate, tesoura, dentre outros; executar outras tarefas correlatas, conforme necessidade do serviço e orientação superior.

AUXILIAR DE SERVIÇOS E OBRAS- 2

Atribuições:

Preparar alimentos (café, leite, achocolatados, vitaminas, chá, sucos, torradas e lanches leves em geral); atender o público interno, servindo e distribuindo lanches e cafés e atendendo às suas necessidades alimentares; arrumar bandejas e mesas e servir; recolher utensílios e equipamentos utilizados, promovendo sua limpeza, higienização e conservação; executar e conservar a limpeza da copa e da cozinha; manter a organização e a higiene do ambiente, dos utensílios e dos alimentos; controlar os materiais utilizados; evitar danos e perdas de materiais; zelar pelo armazenamento e conservação dos alimentos; ter noções de dietas; executar outras tarefas correlatas, conforme necessidade do serviço e orientação superior, executar serviços de limpeza e de conservação de instalações, de móveis e de utensílios em geral; manter a boa aparência, a higiene e a conservação dos locais de trabalho; coletar o lixo e acondicioná-lo em recipientes apropriados para depositá-los, posteriormente em lixeiras, em incinerador ou em outro local previamente definido; recolher e zelar pela perfeita conservação e limpeza de equipamentos e utensílios utilizados para a execução do trabalho, cuidando para evitar danos e perdas dos mesmos; manter os móveis encerados; zelar pela limpeza e pela conservação de equipamentos e de utensílios utilizados em seu trabalho; utilizar os equipamentos de proteção e os de segurança do trabalho; zelar pela ordem e pelo asseio do local de trabalho; manusear e dominar máquinas industriais (de lavar, de lustrar, de aspirar pó, etc); responsabilizar-se por móveis, instalações, máquinas, equipamentos e utensílios durante a limpeza; executar outras tarefas correlatas, conforme necessidade do serviço e orientação superior.

ALMOXARIFE

Atribuições:

Operar máquinas de calcular, copiadoras, abastecendo-as com o material necessário;

Operar terminal de computador, controlando e fornecendo dados e informações;

Controlar o recebimento de material confrontando as notas de pedidos e as especificações com o material entregue, para assegurar sua perfeita correspondência aos dados anotados;

Controlar a entrada e saída de materiais, procedendo os registros específicos, para facilitar consultas e a elaboração de inventários;

Estocar os materiais em depósitos ou locais apropriados, de forma adequada, para garantir uma estocagem racional e ordenada;

Controlar e manter estoque de material permanente e de consumo calculando necessidades futuras, para preparar pedidos de reposição;

Classificar e catalogar os materiais de acordo com os códigos e sistemas adotados;

Examinar e atender requisições de materiais;

Elaborar balancete mensal dos itens de estoque, com dados quantitativos de consumo do período para subsidiar a área de material e contábil em processo de aquisição e custeio;

Proceder ao levantamento de bens existentes no almoxarifado, elaborando o inventário do estoque para fins de balanço;

Zelar pela conservação, limpeza e guarda de materiais, bem como dos locais tomando precauções especiais contra roubo, deterioração e outros prejuízos possíveis;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

ANALISTA DE GESTÃO DE PATRIMÔNIO

Atribuições:

Conhecimento dos programas básicos de informática: Word, Excel, Internet, etc.

Gerenciamento dos bens imobiliários:

Escrituração, Incorporação, Leilão, Permuta, Baixa, etc.

Gerenciamento dos bens mobiliários:

Incorporação, Baixa, Transferência e Leilão.

Analisar relatórios oriundos da movimentação patrimonial do município;

Acompanhamento de processos administrativos e judiciais relativos ao patrimônio público;

ASSISTENTE ADMINISTRATIVO

Atribuições:

Planejar, organizar, controlar, supervisionar auditar e assessorar as organizações do Poder Executivo Municipal, nas áreas de pessoal, material, serviços, patrimônio, informações, financeira e tecnológica.

Dominar toda a área de informática, tais como os programas: Word. Excel, Internet, Corel Daw etc...

Elaborar, executar e acompanhar programas, projetos, pesquisas e estudos nas respectivas áreas.

Administrar as atividades de recursos humanos, recrutamento e seleção, cargos e salários, benefícios, treinamentos e desenvolvimento.

Elaborar planejamento organizacional.

Supervisionar serviços complementares.

Emitir pareceres, informações técnicas e demais documentações.

Analisar, processar e atualizar dados.

Emitir diagnósticos.

Levantar, sistematizar e interpretar dados, informações e indicadores.

Realizar as ações administrativas de planejamento, controle , supervisão e gerenciamento nas unidades sócio administrativas.

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

ASSISTENTE DE CONTROLE AVALIAÇÃO

Atribuições:

Efetuar a gestão e controle dos sistemas de informações assistenciais;

Controlar e avaliar as ações e serviços de saúde em seu território quer seja público ou privado;

Participar da definição de propostas e indicadores assistenciais, adequando os nacionais e estaduais a outros específicos para a gestão;

Participar do processo de compra de serviços de entidades prestadoras, bem como controlar e avaliar sua execução;

Manter atualizado o cadastro dos estabelecimentos de saúde em seu território, alimentado o banco de dados nacional;

Acompanhar e avaliar permanentemente os relatórios do SIAB, do Sistema de Informações Hospitalares- SIH e do SIA- SUS;

Acompanha a execução da programação físico- financeira das unidades de sua gestão com vistas a possíveis reprogramações;

Articular- se com as centrais de regulação de assistência municipais, regionais e estaduais, garantindo o acesso da população aos serviços de saúde, dentro e fora do seu território, controlando a eficácia e eficiência do processo de regulação do atendimento;

Definir relatórios de acompanhamento dos sistemas assistenciais para subsidiar a gestão e o controle social;

Acompanhar a efetiva aplicação dos instrumentos da análise do SUS, através a opinião dos usuários- PNASS, serviços de apuração de demanda espontânea- SADE, denuncias, e sistema de cartas ao usuários do Sistema Único de Saúde- SUS;

Disponibilizar à sociedade o resultado da avaliação efetuada de modo a aprimorar o controle social através do CMS.

Conhecer, elaborar e analisar documentos e ferramentas importantes para exercer as funções do Controle, Avaliação, Regulação e Auditoria:

· Plano Municipal de Saúde;

· Agenda Municipal de Saúde;

· Relatórios de Gestão;

· Plano Plurianual- PPA;

· Programação Pactuada e Integrada- PPI;

· Tetos físico- financeiros da assistência;

· Execução orçamentária anual do FMS;

· Portarias normativas do MS, SES, SAS e da gestão local;

· Resoluções do Conselho Municipal de Saúde;

· Instrumentos de avaliação da qualidade Assistencial e da satisfação dos usuários;

· Programa nacional de avaliação dos serviços de saúde- PNASS;

· Serviço de apuração de demanda espontânea- SADE;

· Sistema de cartas aos usuários do SUS;

· Outros

ASSISTENTE SOCIAL

Atribuições:

Realizar avaliação social dos usuários utilizando referências teórico-práticas voltadas ao atendimento do indivíduo, da família, do grupo e da comunidade, buscando o aprimoramento das ações, o alcance de resultados positivos e o fortalecimento teórico e metodológico do trabalho desenvolvido.

Visitas domiciliares aos usuários da assistência social do município, em áreas de discussão populacional, em territórios extensos e/ou periferias e zonas rurais, geralmente carentes de saneamento básicos(água, luz e esgoto), acessos adequado de transporte urbano e dos demais serviços da rede pública (saúde, educação, cultura, lazer e esporte).

Planejar, organizar, mobilizar grupos para atendimento a crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos para discussão e reflexão de questões de interesse comum a todos, na dimensão social, ações sócio educativas, comunitárias e interoperacionais.

Identificar lideranças comunitárias e estabelecer articulação com grupos organizados, visando mobilizar a comunidade a buscar alternativas viáveis na solução de questões que afetam a coletividade.

Monitorar ações e atividades de acordo com as diretrizes e normas dos programas em implantação, resultados e indicadores pactuados.

Supervisionar e orientar estagiárias e/ou profissionais da área no exercício da profissão.

AUXILIAR ADMINISTRATIVO

Atribuições:

Atender o público fornecendo informações de rotina;

Atender telefone;

Controlar entrada e saída de processos;

Receber, registrar, controlar e distribuir papéis, documentos, processos e correspondências;

Digitar e revisar os trabalhos, conferindo-os com o original;

Arquivar documentos e processos, conferindo, separando e classificando, segundo métodos pré-determinados;

Operar máquinas de calcular, copiadoras, abastecendo-as com o material necessário;

Operar terminal de computador, controlando e fornecendo dados e informações;

Zelar pela guarda, conservação e limpeza das máquinas, equipamentos, instrumentos e materiais peculiares ao trabalho, bem como dos locais;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

AUXILIAR DE HIGIENE BUCAL

Atribuições:

Acompanhar e desenvolver trabalhos de prevenção em saúde bucal, bem como participar dos programas educativos atuando na promoção, prevenção e controle das doenças bucais, através da utilização de métodos e instrumentos auxiliares de ensino (cartazes, apresentação com multimídia, macromodelos, folhetos educativos, etc.);

Fazer a demonstração de técnicas de escovação, orientar e promover a prevenção da cárie dental e doença periodontal por meio da aplicação de flúor e de outros métodos e produtos;

Organizar e executar atividades de higiene bucal;

Registrar dados e participar da análise das informações relacionadas ao controle administrativo em saúde bucal através da participação em reuniões agendadas;

Aplicar medidas de segurança no armazenamento, transporte, manuseio e descarte de produtos e insumos odontológicos utilizados nas atividades preventivo-promocionais;

Desenvolver ações de promoção da saúde e prevenção de riscos ambientais sanitários;

Adotar medidas de biossegurança visando ao controle de infecção;

Realizar o acolhimento dos participantes do programa preventivo-promocional em saúde coletiva;

Fazer como rotina, lista dos materiais de consumo, necessários para utilização nos serviços prestados, bem como a sua distribuição e controle;

Preencher os boletins de produção e controle das atividades realizadas, com anotação sistemática dos procedimentos diários.

Efetuar evidenciação de placa bacteriana com pastilhas evidenciadoras através de orientação correta do método de escovação com os participantes do programa;

Acompanhar e desenvolver trabalhos preventivo-promocionais junto as Equipes de Saúde Bucal no Programa Saúde da Família, escolas, creches e instituições diversas da comunidade.

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

AUXILIAR DE LABORATÓRIO

Atribuições:

Prestar serviços desde a recepção até o auxílio ao Bioquímico, na Coleta de Materiais e na Realização de Exames nas Áreas de Parasitologia, Hematologia, Microbiologia, Sorologia (Imunologia),

Noções de Bioquímica e Urinálise, além de desenvolver o conhecimento de todo o processo de trabalho em Laboratórios de Análises Clínicas.

Coleta de material empregando técnicas e instrumentação adequadas para testes e exames de laboratório Preparo de substâncias reagentes;

Preparar as amostras para realização de exames;

Proceder à utilização de técnicas para limpeza, secagem e esterilização de material

Conhecer, montar, manejar, calibrar e conservar aparelhos simples, verificando seu funcionamento e solicitando instruções mais complexas ao seu supervisor

Proceder o levantamento de material revisando a provisão, bem como requisição dos mesmos;

Obedecer às normas estabelecidas para controle de qualidade e biossegurança.

Auxiliar a equipe de profissionais no preparo e execução de exames;

Separar material biológico, preparar os exames e efetuar lavagem e esterilização de materiais: tubos, vidrarias, etc.

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

AUXILIAR DE SAÚDE II

Atribuições:

Operar máquinas de calcular, copiadoras, abastecendo-as com o material necessário;

Operar terminal de computador, controlando e fornecendo dados e informações;

Recepcionar o usuário do setor na admissão e alta através de programas específicos;

Observar a ficha do paciente ou solicitação médica ou de enfermagem e executar essa solicitação (controle de pressão, curativo, medicação, etc...);

Realizar a limpeza do local após o serviço prestado bem como de materiais e equipamentos, inclusive esterilização;

Acompanhar exames médicos, consultas, orientando os usuários sobre os procedimentos a serem realizados;

Organizar e arquivar os fichários do setor;

Atender telefone e agendar consultas médicas;

Registrar dados estatísticos de acidentes e doenças profissionais, mantendo o cadastro atualizado;

Atenuar conseqüências e proporcionar apoio e conforto aos pacientes;

Verificar sinais vitais tais como: temperatura, pulso, respiração, pressão arterial, etc.., registrando as condutas tomadas e a evolução do usuário, comunicando ao enfermeiro, qualquer anormalidade;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

AUXILIAR DE SECRETARIA

Atribuições:

Realizar atividades de nível médio que envolva a aplicação das técnicas de pessoal, orçamento, organização e métodos materiais e de secretaria, classificação, catalogação, digitação e arquivamento de papéis e documentos, prestar atendimento ao público em questões ligadas às atividades escolares.

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

BIOQUÍMICO

Atribuições:

Manipular soluções químicas, reagentes, meios de cultura e outros;

Proceder a realização de exames laboratoriais (sorológicos, hematológicos e outros);

Executar, analisar e interpretar os exames, ensaios e testes, encaminhando-os para a elaboração e liberação de laudos;

Coletar e ou preparar material, matéria prima e amostras, testes, análise e outros.

Controlar e supervisionar a utilização de materiais, instrumentos e

equipamentos do laboratório;

Zelar pela manutenção, limpeza, assepsia e conservação de equipamentos e utensílios do laboratório em conformidade com as normas de qualidade, de biossegurança e controle do meio-ambiente;

Participar de programa de treinamento, quando convocado;

Executar tarefas pertinentes à área de atuação, utilizando-se de equipamentos e programas de informática.

Executar outras tarefas compatíveis com as exigências para o exercício da função.

CONTADOR

Atribuições:

Planejar o sistema de registro e operações, atendendo as necessidades administrativas e as exigências legais, para possibilitar controle contábil e orçamentário;

Supervisionar os trabalhos de contabilização dos documentos, analisando-os e orientando seu processamento para assegurar a observância do plano de contas adotado;

Inspecionar regularmente a escrituração dos livros fiscais verificando se os registros efetuados correspondem aos documentos que lhes deram origem, para fazer cumprir as exigências legais e administrativas;

Controlar e participar dos trabalhos de análise e conciliação de contas, conferindo os saldos apresentados, localizando e emendando os possíveis erros para assegurar a correção das operações contábeis;

Proceder ou orientar a classificação e avaliação de despesas, examinando sua natureza para apropriar custos de bens e serviços;

Organizar e assinar balancetes, balanços e demonstrativos de contas, aplicando as normas contábeis para apresentar resultados parciais e gerais da situação patrimonial, econômica e financeira da instituição;

Elaborar relatórios sobre a situação patrimonial, econômica e financeira da instituição apresentando dados estatísticos e pareceres técnicos, para fornecer os elementos contábeis necessários a relatórios;

Assessorar problemas financeiros, contábeis, administrativos e orçamentários, dando pareceres a luz da ciência e das práticas contábeis, a fim de contribuir para a correta elaboração de política e instrumento de ação nos referidos setores;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

CONTÍNUO

Atribuições:

Fiscalizar a entrada e saída de pessoas observando o movimento das mesmas no local, nos pátios, corredores, saguão, etc... para impedir a entrada de pessoas suspeitas ou encaminhar as demais ao destino solicitado;

Inspecionar pátios, corredores, áreas e outras dependências;

Receber e conferir material;

Realizar registro de entrada e saída de pessoas e bagagens;

Atender pessoas fora do horário de funcionamento;

Atender chamadas telefônicas;

Controlar entrada e saída de veículos particulares e da municipalidade;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

CONTROLADOR DE ESTOQUE

Atribuições:

Conferir notas fiscais, se estão de acordo com o produtos.

Receber mercadorias: no recebimento conferir se estão de acordo com a nota fiscal.

Armazenar as mercadorias- As mercadorias devem ser estocadas de acordo com o fabricante.

Conferir estoque: o estoque deverá ser sempre conferido para que não venha a faltar algum produto.

Liberar as mercadorias- As mercadorias deverão ser liberadas de acordo com o pedido dos Secretário.

COORDENADOR PEDAGOGICO

Atribuições:

Planejar, acompanhar e articular as atividades pedagógicas desenvolvidas nas escolas municipais;

Coordenar integrando o trabalho docente, visando a constante melhoria da qualidade do ensino-aprendizagem;

Avaliar e coordenar a (re)construção do Projeto Pedagógico;

Viabilizar o trabalho pedagógico coletivo e interdisciplinar;

Facilitar o processo comunicativo da comunidade escolar e de associações a ela vinculadas;

Promover integração entre família, escola e comunidade;

Promover a inclusão de alunos com necessidades educacionais especiais;

Coordenar reuniões pedagógicas com pais, professores e profissionais de outros segmentos;

Assessorar técnico-pedagogicamente no planejamento, desenvolvimento, avaliação e aperfeiçoamento de atividades educacionais, tendo em vista os índices das avaliações externas (IDEB e SIMAVE);

Elaborar relatórios e laudos técnicos em sua área de especialidade;

Participar de programa de treinamento, quando convocado;

Executar tarefas pertinentes à área de atuação, utilizando-se de equipamentos e programas de informática;

Executar outras tarefas compatíveis com as exigências para o exercício da função.

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

ELETRICISTA DE VEÍCULOS

Atribuições:

Detectar e localizar defeitos no funcionamento da parte elétrica dos veículos, com ou sem ajuda de equipamento eletrônico indicador;

Ajustar, reparar ou substituir peças ou conjuntos, testando e fazendo reajustes e regulagens convenientes, com a ajuda de ferramentas e instrumentos de teste e medições para assegurar o bom funcionamento elétrico dos veículos;

Instalar e conectar condutores, soldando-os as junturas, quando for o caso;

Manter em perfeito estado de funcionamento a parte elétrica dos veículos oficiais;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

ENFERMEIRO

Atribuições:

Identificar as necessidades realizando entrevistas, participando de reuniões e através de observação sistematizada para preservar a recuperação da saúde;

Elaborar plano de enfermagem baseando-se nas necessidades identificadas para determinar a assistência a ser prestada;

Executar tarefas diversas e procedimentos de enfermagem em várias áreas da saúde, valendo-se de seus conhecimentos técnicos para proporcionar o maior grau possível de bem estar físico, mental e social aos pacientes;

Executar tarefas complementares ao tratamento médico especializado para assegurar maior eficiência na realização dos exames e tratamentos;

Prestar cuidados "post-mortem" como enfaixamento e tamponamento, utilizando-se do material necessário e melhorar a aparência do cadáver;

Fazer estudos e previsão de pessoal e material necessários as atividades, elaborando escalas de serviço e atribuições diárias, especificando e controlando equipamentos, materiais permanentes e de consumo, para assegurar o desempenho adequado dos trabalhos de enfermagem;

Fiscalizar os locais de serviços de saúde e supervisionar o pessoal da equipe de enfermagem, entrevistando e realizando reuniões de orientação e avaliação, promovendo treinamento sistemático, para manter os padrões desejáveis de assistência aos pacientes, elaborar e controlar a escala de serviço diário de pessoal de enfermagem para as atividades internas e externas;

Cooperar com outros profissionais assessorando em assuntos de enfermagem, emitindo pareceres, realizando levantamentos, identificar problemas, estudar soluções, elaborar programas e projetos;

Assegurar condições adequadas de limpeza, preparo, esterilização e manuseio do material ou uso na unidade;

Prestar assistência direta ao paciente por meio de consulta de enfermagem nos casos de controle da gestante e controle do crescimento e desenvolvimento da criança e a outros clientes sempre que necessário;

Verificar sistematicamente o funcionamento de aparelhos utilizados na área de enfermagem, providenciando reparação e substituição quando necessário;

Verificar periodicamente condições de conservação e prazo de validade de soros e vacinas;

Participar dos procedimentos da Vigilância Epidemiológica em todas as suas etapas;

Participar no planejamento de saúde à população;

Elaborar rotinas internas de enfermagem para as Unidades de Atendimento, submetendo à apreciação do Enfermeiro-Chefe;

Participar de Campanhas de Saúde em todas as suas fases;

Participar de treinamento e capacitação visando seu aprimoramento;

Emitir parecer e informes técnicos sempre que necessário;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

ENGENHEIRO SANITARISTA

Atribuições:

Executar a fiscalização ambiental e sanitária, apurando e notificando infratores ou poluentes do meio-ambiente, ou do regime sanitarista, na forma da Lei, fazendo cumprir as normas constitucionais de todos os poderes, acatando ordens de seu superior hierárquico.

Estabelecer contatos com a comunidade de sua área de atuação, ministrando palestras e orientando para ao cumprimento às normas vigentes e respeito ao meio-ambiente.

Visitar áreas de reflorestamento, fiscalizando o que preceitua a Lei.

Visitar abatedouros, não permitindo a matança indiscriminada ou outras formas de incorreção às normas em vigor.

Elaborar Planos Diretores de Abastecimento de Água, de Esgotos Sanitários e de Bacias Hidrográficas;

Desenvolver planos de redes de água e de esgotos, irrigação e drenagem, além de projetar canais;

Acompanhar a operação de Estações de Tratamento de Águas e de Estações de Tratamento de Esgotos que tratam águas poluídas ou contaminadas;

Controle sanitário do ambiente;

Captação e distribuição de água;

Controle de poluição, drenagem, higiene e conforto de ambiente;

Desenvolvimento de ações de diagnóstico e caracterização do meio ambiente, Monitoramento e controle da qualidade ambiental, de recuperação do meio ambiente e de ações visando preservar a qualidade ambiental, através de metodologias como o gerenciamento e o planejamento ambiental;

Gestão de coleta e tratamento de efluentes líquidos e atmosféricos;

Coleta e tratamento de resíduos sólidos, urbanos e industriais;

Operação de sistemas de tratamento de águas de efluentes;

Avaliação de impactos ambientais;

Planejamento de recursos hídricos;

Manejo de bacias hidrográficas;

Drenagem urbana e rural;

Educação ambiental e controle da qualidade ambiental;

Trabalhar com o projeto, a construção, ampliação e manutenção dos sistemas de água e esgoto;

Administrar e gerenciar as estações de tratamento, verificando qualidade da água, coleta de lixo, condições do esgoto;

Avaliar os impactos que grandes obras terão sobre os mananciais;

Executar tarefas pertinentes à área de atuação, utilizando-se de equipamentos e programas de informática;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

FARMACÊUTICO BIOQUÍMICO

Atribuições:

Fazer a manipulação dos insumos farmacêuticos como medicação, pesagem e mistura, utilizando instrumentos especiais e fórmulas químicas, para atender a produção de remédios e outros preparos;

Controlar entorpecentes e produtos equiparados, anotando sua venda em mapas, guias e livros segundo os receituários devidamente preenchidos, para atender dispositivos legais;

Analisar produtos farmacêuticos acabados e em fase de elaboração ou seus insumos, valendo-se de métodos químicos para verificar a qualidade, teor, pureza e quantidade de cada elemento, recipientes e invólucros, medindo-os e pesando-os;

Analisar soro antiofídico, pirogênio e outras substâncias, valendo-se de meios biológicos para controlar sua pureza, qualidade e atividade terapêutica;

Proceder a análise legal de peças anatômicas, substâncias suspeitas de estarem envenenados de exsudados e transudatos humanos ou animais, utilizando técnicas químicas, físicas e outras para possibilitar a emissão de laudos técnico-periciais;

Efetuar análise bromatológica de alimentos, valendo-se de métodos para garantir o controle de qualidade, pureza, conservação e homogeneidade com vistas ao resguardo da saúde pública;

Fiscalizar farmácias, drogarias e industrias químico-farmacêuticas, quanto ao aspecto sanitário, fazendo visitas periódicas e autuando os infratores se necessário, para orientar seus responsáveis no cumprimento da legislação vigente;

Assessorar autoridades superiores preparando informações e documentos sobre legislação e assistência farmacêuticas, a fim de fornecer subsídio para a elaboração de ordens de serviço, portarias, pareceres e manifestos;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

FISIOTERAPEUTA

Atribuições:

Administrar técnicas terapêuticas, ambulatoriais e domiciliares;

Coordenar grupos de trabalho, assessorar campanhas de saúde;

Reduzir o tempo de internação e tratamento, tornando possível de maneira rápida e eficiente, o retorno do indivíduo a comunidade contribuindo para garantir-lhe plena integração ao trabalho, ao lazer, a vida;

Avaliar e reavaliar o estado de saúde de doentes e acidentados, identificando o nível de capacidade funcional dos órgãos afetados;

Assessorar e treinar outros servidores através de técnicas terapêuticas, bem como autoridades superiores em assunto de fisioterapia, preparando informes, documentos e pareceres;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

FISCAL DE TRIBUTOS

Atribuições:

Fiscalizar tributos municipais, inspecionando estabelecimentos industriais, de prestação de serviços e demais entidades, examinando documentos, para defender os interesses da Fazenda Pública municipal e da economia popular.

Fiscalizar estabelecimentos industriais, comerciais e prestadores de serviços, verificando a correta inscrição quanto ao tipo de atividades, recolhimento de taxas e tributos municipais, ou licença de funcionamento, para notificar as irregularidades encontradas.

Autuar, notificar e intimar os infratores das obrigações tributárias e das normas municipais, com base em vistorias realizadas, para prestarem esclarecimentos ou pagarem seus débitos junto ao município.

Elaborar relatórios de irregularidades encontradas, com base nas vistorias efetuadas, informando seus superiores para que as providências sejam tomadas.

Autuar e notificar os contribuintes que cometeram infrações e informá-los sobre a legislação vigente, visando à regularização da situação e o cumprimento da lei.

Manter-se atualizado sobre a política de fiscalização tributária, acompanhando as alterações e divulgações feitas em publicações especializadas, colaborando para difundir a legislação vigente.

Executar outras tarefas correlatas determinadas pelo superior imediato.

FONOAUDIÓLOGO

Atribuições:

Diagnosticar, prevenir distúrbios da comunicação;

Desenvolver técnicas terapêuticas individual e grupal em nível ambulatorial e/ou domiciliar;

Atender alunos da rede escolar;

Trabalhar na prevenção de distúrbios de comunicação em crianças em creches

Treinar e assessorar funcionários da unidade de ensino;

Aplicar testes audiométricos;

Participar de equipes multiprofissionais;

Planejar terapias;

Realizar anamneses e avaliações;

Orientar pais, alunos e responsáveis;

Elaborar relatórios referentes as suas atividades;

Adaptar, avaliar e acompanhar o processo de adaptação de aparelhos auditivos em crianças, adolescentes e ou população adulta;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

LUBRIFICADOR

Atribuições:

Providenciar a troca de óleo e de filtro quando necessário, de todos os veículos oficiais;

Providenciar a lubrificação de motores e máquinas;

Efetuar a lavagem e limpeza de todos os veículos oficiais.

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

MECÂNICO

Atribuições:Reparar, substituir e ajustar peças mecânicas defeituosas ou desgastadas dos veículos oficiais;

Efetuar a regulagem do motor e ajustar os freios, direção e outras partes dos veículos oficiais;

Executar a manutenção de automóveis, caminhões e outros veículos similares, desmontando, reparando, ajustando e lubrificando o motor e peças anexas;

Examinar o veículo, inspecionando-o diretamente ou por meio de aparelhos para determinar os defeitos e anormalidades de funcionamento;

Fazer o desmonte e limpeza de peças e partes que requeiram o exame, utilizando equipamento e ferramentas necessárias;

Proceder a substituição, ajuste, retificação ou regulagem de peças ou do motor e válvula, enviando a oficina especializada, se necessário;

Comunicar ao superior hierárquico, toda e qualquer irregularidade que verifique nos veículos oficiais, para fiel observância do Código de Trânsito Brasileiro;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

MÉDICO ANGIOLOGISTA

Atribuições:

Executar exames médicos sob o ponto de vista clínico e clínico-cirúrgico;

Emitir diagnósticos e prescrever medicamentos e orientações correlatas ao atendimento médico realizado, aplicando os recursos disponíveis para implementar ações de promoção, de proteção e de recuperação à saúde da população;

Examinar clinicamente os usuários, se utilizando dos meios disponíveis para atender às suas necessidades de saúde, quer sob o ponto de vista preventivo ou curativo;

Prescrever tratamento médico de repouso ou exercícios físicos e medicação, a fim de melhorar as condições de saúde do paciente;

Solicitar, avaliar e interpretar exames complementares ao atendimento médico como exames de laboratório clínico, de imagem e registros gráficos e solicitar junta médica quando necessário;

Cumprimento das normas técnicas, funcionais e administrativas estabelecidas pela Secretaria Municipal de Saúde;

Participar de campanhas preventivas;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

MÉDICO CARDIOLOGISTA

Atribuições:

Ambulatório de consultas, realizar procedimentos para diagnóstico e terapêutica (clínica) e seguimento dos pacientes dentro da área de atuação da especialidade definida pelo CRM;

Plantão em disponibilidade para urgência/emergência;

Acompanhamento de pacientes hospitalares internados com doenças crônicas; realização de exames comuns e exames cardiológicos não invasivos, tanto ambulatorial como internados que necessitam de assistência: Eco doppler Cardiografias, Testes Ergométricos e Relatórios de Eletrocardiograma;

Cumprimento das normas técnicas, funcionais e administrativas estabelecidas pela Secretaria Municipal de Saúde;

Participar de campanhas preventivas;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

MÉDICO CIRURGIÃO

Atribuições:

Ambulatório de consultas - realizar procedimentos para diagnóstico e terapêutica (clínica e ou cirúrgica)

Determinar, através de exame clínico no paciente e diagnose, o grau de enfermidade e se necessário, encaminhá-lo para o preparo pré-cirúrgico.

Realizar a cirurgia, utilizando-se das técnicas estabelecidas em instrumentação adequadas.

Acompanhar o paciente na fase pós -operatória, observando-o e adotando as condutas adequadas para o caso: executar outras tarefas correlatas que lhe forem atribuídas pelo superior imediato.

Participar de campanhas preventivas;

Cumprimento das normas técnicas, funcionais e administrativas estabelecidas pela Secretaria Municipal de Saúde;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

MÉDICO DERMATOLOGISTA

Atribuições:

Ambulatório de consultas - realizar procedimentos para diagnóstico e terapêutica (clínica) e seguimento dos pacientes dentro da área de atuação da especialidade definida pelo CRM;

Interconsulta e atendimento em pacientes;

Cumprimento das normas técnicas, funcionais e administrativas estabelecidas pela Secretaria Municipal de Saúde;

Participar de campanhas preventivas;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

MÉDICO ENDOCRINOLOGISTA

Atribuições:

Ambulatório de consultas - realizar procedimentos para diagnóstico e terapêutica (clínica) das patologias do sistema endocrinológico e seguimento dos pacientes dentro da área de atuação da especialidade, definida pelo CRM;

Interconsulta e atendimento em pacientes

Cumprimento das normas técnicas, funcionais e administrativas estabelecidas pela Secretaria Municipal de Saúde

Participar de campanhas preventivas;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

MÉDICO GERIATRA

Atribuições:

Ambulatório de consultas - realizar procedimentos para diagnóstico e terapêutica (clínica) dos pacientes adultos, no processo de envelhecimento, utilizando os meios necessários de exame físico e complementares, para determinar diagnóstico ou, sendo necessário, requisitar exames complementares e encaminhar o paciente ao especialista quando necessário.

Registrar a consulta médica, anotando em prontuário próprio as queixas, o exame físico e os complementares, hipóteses diagnósticas e condutas adotadas; prescrever medicamentos, indicando dosagem e respectiva via de administração, assim como cuidados a serem observados.

Participar de programas de saúde pública, acompanhando a implantação e avaliação dos resultados, assim como a realização em conjunto com a equipe da unidade de saúde, ações educativas de prevenção às doenças infecciosas, visando preservar a saúde no município;

Participar de reuniões/treinamento de âmbito local, distrital ou regional, mantendo-se constantemente informado sobre as necessidades na unidade de saúde, para promover a saúde e o bem estar da comunidade;

Zelar pela conservação de boas condições de trabalho, visando proporcionar aos pacientes um melhor atendimento;

Cumprimento das normas técnicas, funcionais e administrativas estabelecidas pela Secretaria Municipal de Saúde

Participar de campanhas preventivas;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

MÉDICO GINECOLOGISTA

Atribuições:

Ambulatório de consultas - realizar procedimentos para diagnóstico e terapêutica (clínica e ou cirúrgica) e seguimento dos pacientes dentro da área de atuação da especialidade definida pelo CRM;

Atuando nas Unidades Básicas de Saúde acompanha e participa dos Programas de Saúde existentes no município com relação a saúde da mulher, atende as gestantes efetuando o acompanhamento do pré natal e disponibilidade de rodízio (local de trabalho) entre as Unidades Básicas de Saúde de acordo com as necessidades da Secretaria de Saúde;

Cumprimento das normas técnicas, funcionais e administrativas estabelecidas pela Secretaria Municipal de Saúde,

Participar de campanhas preventivas;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

MÉDICO HOMEOPATA

Atribuições:

Ambulatório de consultas - realizar procedimentos para diagnóstico e terapêutica (clínica) e seguimento dos pacientes, dentro da área de atuação da especialidade definida pelo CRM;

Interconsulta e atendimento em pacientes;

Cumprimento das normas técnicas, funcionais e administrativas estabelecidas pela Secretaria Municipal de Saúde

Participar de campanhas preventivas;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

MÉDICO NEFROLOGISTA

Atribuições:

Ambulatório de consultas - realizar procedimentos para diagnóstico e terapêutica (clínica e ou cirúrgica) e seguimento dos pacientes dentro da área de atuação da especialidade definida pelo CRM;

Avaliação e evolução, exames mensais obrigatórios de todos os pacientes da hemodiálise, evolução dos pacientes internados e intercorrência com os mesmos, avaliações solicitadas por médicos e enfermeiros do Pronto Atendimento;

Plantão em disponibilidade;

Cumprimento das normas técnicas, funcionais e administrativas estabelecidas pela Secretaria Municipal de Saúde.

Participar de campanhas preventivas;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

MÉDICO NEUROLOGISTA

Atribuições:

Ambulatório de consultas - realizar procedimentos para diagnóstico e terapêutica (clínica) e seguimento dos pacientes dentro da área de atuação da especialidade definida pelo CRM;

Interconsulta e atendimento em pacientes;

Cumprimento das normas técnicas, funcionais e administrativas estabelecidas pela Secretaria Municipal de Saúde;

Participar de campanhas preventivas;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

MÉDICO NEUROPEDIATRA

Atribuições:

Ambulatório de consultas - realizar procedimentos para diagnóstico e terapêutica (clínica) e seguimento dos pacientes dentro da área de atuação da especialidade definida pelo CRM;

Diagnosticar doenças e lesões orgânicas do sistema nervoso em crianças, realizando exames clínicos e subsidiários, para estabelecer o plano terapêutico.

Realizar consultas específicas de sua atuação profissional.

Interpretar resultados de exames radiográficos, injetando substâncias radiopacas em veias, artérias e outros órgãos, para localizar o processo patológico;

Fazer exames letromiográfico, empregando aparelhagem especial, para diagnosticar as afecções do sistema nervoso periférico.

Planejar e desenvolver programas educativos com relação ao epilético, orientando o paciente e seu meio;

Planejar e desenvolver programas de prevenção de infestações, especialmente cicticerose, moléstia de chagas, icticereose, meningite e outras, realizando campanhas de orientação para diminuir a incidência destas moléstias ou minorar seus efeitos;

Realizar exames eletroencefalográfico, utilizando aparelho especial para diagnosticar

arritmias e localizar focos cerebrais;

Cumprimento das normas técnicas, funcionais e administrativas estabelecidas pela Secretaria Municipal de Saúde,

Participar de campanhas preventivas;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

MÉDICO OCUPACIONAL

Atribuições:

Executar tarefas destinadas aos exames médicos relativos a saúde do trabalhador;

Atuar visando essencialmente a promoção da saúde e prevenção da doença, avaliando a possibilidade de que a causalidade de determinada doença, alteração clínica ou laboratorial, possa estar relacionada ao trabalho investigando-a clinicamente, laboratorialmente e, caso necessário, verificando o ambiente de trabalho;

Examinar o paciente, auscultando, apalpando ou utilizando instrumentos especiais, para determinar diagnóstico e, se necessário, requisitar exames complementares e encaminhá-lo ao especialista;

Analisar e interpretar resultados de exames de raio X, bioquímico, hematológico e outros, comparando-os com padrões normais, para confirmar ou informar o diagnóstico;

Prescrever medicamentos, indicando dosagem e respectiva via de administração, assim como cuidados a serem observados para conservar ou restabelecer a saúde do paciente;

Analisar os atestados médicos apresentados pelos servidores, mantendo registro dos mesmos bem como dos pacientes examinados, anotando a conclusão diagnóstica, tratamento, evolução da doença, para efetuar orientação terapêutica adequada;

Acompanhar os afastamentos e os resultados de perícias médicas, dos servidores afastados por doença ou acidente de trabalho;

Emitir atestado de saúde, sanidade e aptidão física e mental, para atender a determinações legais, quando necessário;

Elaborar laudos periciais para fins de aposentadoria e demais inerentes ao Serviço de Medicina do Trabalho;

Prestar atendimento inicial em casos de urgência, com posterior encaminhamento ao Hospital;

Cumprimento das normas técnicas, funcionais e administrativas estabelecidas pela Secretaria de Saúde;

Cumprimento das normas técnicas, funcionais e administrativas estabelecidas pela Secretaria Municipal de Saúde,

Participar de campanhas preventivas;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

MÉDICO OFTALMOLOGISTA

Atribuições:

Ambulatório de consultas - realizar procedimentos para diagnóstico e terapêutica (clínica e ou cirúrgica) e seguimento dos pacientes, dentro da área de atuação da especialidade definida pelo CRM;

Realizar auxilio de cirurgia urgência e emergências e cirurgias eletivas;

Plantão de disponibilidade para urgência e emergências;

Acompanhar pós operatório;

Cumprimento das normas técnicas, funcionais e administrativas estabelecidas pela Secretaria Municipal de Saúde,

Participar de campanhas preventivas;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

MÉDICO ORTOPEDISTA

Atribuições:

Ambulatório de consultas - realizar procedimentos para diagnóstico e terapêutica (clínica e ou cirúrgica) e seguimento dos pacientes dentro da área de atuação da especialidade definida pelo CRM;

Realizar auxílio de cirurgia urgência e emergências e cirurgias eletivas;

Plantão em disponibilidade;

Atender urgência/emergência;

Acompanhar pós operatório;

Cumprimento das normas técnicas, funcionais e administrativas estabelecidas pela Secretaria Municipal de Saúde,

Participar de campanhas preventivas;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

MÉDICO OTORRINOLARINGOLOGISTA

Atribuições:

Ambulatório de consultas - realizar procedimentos para diagnóstico e terapêutica (clínica e ou cirúrgica) nas patologias de ouvido, nariz e garganta e seguimento dos pacientes dentro da área de atuação da especialidade definida pelo CRM ;

Realizar auxílio de cirurgia urgência e emergências e cirurgias eletivas;

Plantão em disponibilidade para urgência/emergência;

Acompanhar pós operatório;

Cumprimento das normas técnicas, funcionais e administrativas estabelecidas pela Secretaria Municipal de Saúde,

Participar de campanhas preventivas;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

MÉDICO PEDIATRA

Atribuições:

Ambulatório de consultas- realizar procedimentos para diagnóstico e terapêutica (clínica e ou cirúrgica) e seguimento dos pacientes (crianças e adolescentes) dentro da área de atuação da especialidade definida pelo CRM;

Atuando nas Unidades Básicas de Saúde, acompanhar e participar dos Programas de Saúde desenvolvidos pelo município e disponibilidade de rodízio (local de trabalho) entre as Unidades Básicas de Saúde, de acordo com as necessidades da Secretaria de Saúde;

Cumprimento das normas técnicas, funcionais e administrativas estabelecidas pela Secretaria Municipal de Saúde,

Participar de campanhas preventivas;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

MÉDICO PNEUMOLOGISTA

Atribuições:

Ambulatório de consultas - realizar procedimentos para diagnóstico e terapêutica (clínica e ou cirúrgica) e seguimento dos pacientes dentro da área de atuação da especialidade definida pelo CRM;

Plantão em disponibilidade para atender internados e emergências;

Cumprimento das normas técnicas, funcionais e administrativas estabelecidas pela Secretaria Municipal de Saúde;

Participar de campanhas preventivas;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

MÉDICO PSIQUIATRA

Atribuições:

Ambulatório de consultas- realizar procedimentos para diagnóstico e terapêutica (clínica e ou cirúrgica) e seguimento dos pacientes dentro da área de atuação da especialidade definida pelo CRM;

Atender no Ambulatório de Saúde Mental todos os casos de transtornos psiquiátricos encaminhados pelas Unidades Básicas de Saúde, Pronto Atendimento, hospitais psiquiátricos da região, CAPS (Centro de Atenção Psicossocial), Conselho Tutelar;

Atender as consultas agendadas e urgências do Pronto Atendimento;

Participar da equipe em reuniões, discussões técnicas e propostas nos projetos de atendimento psiquiátrico do município;

Cumprimento das normas técnicas, funcionais e administrativas estabelecidas pela Secretaria Municipal de Saúde,

Participar de campanhas preventivas;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

MÉDICO UROLOGISTA

Atribuições:

Ambulatório de consultas- realizar procedimentos para diagnóstico e terapêutica (clínica e ou cirúrgica) nas patologias de bexiga, próstata, cálculo renal, sistema urogenital, tumores do trato genito-urinário, reprodução masculina, disfunção sexual masculina, reprodução masculina, DST, problemas miccionais e seguimento dos pacientes, dentro da área de atuação da especialidade definida pelo CRM;

Plantão de disponibilidade para internados e urgências;

Realizar auxílio de cirurgia de urgência e emergência e cirurgias eletivas;

Acompanhar pós operatório;

Cumprimento das normas técnicas, funcionais e administrativas estabelecidas pela Secretaria Municipal de Saúde;

Participar de campanhas preventivas;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

MÉDICO VETERINÁRIO

Atribuições:

Elaborar diagnóstico, terapia e prevenção de moléstias de animais;

Realizar tratamento clínico e cirúrgico de animais;

Inspecionar e fiscalizar matadouros, frigoríficos, fábricas de conservas de carne e pescado, fábricas de laticínios, que empreguem produtos de origem animal;

Examinar, prescrever medicação, fazer intervenções cirúrgicas e tratar animais;

Executar necrópsia quando da morte de animais do município quando solicitado pelo Poder Público;

Desenvolver e executar programas de nutrição animal, formulando e balanceando as rações para baixar o índice de conversão alimentar, prevenir doenças carências e aumentar a produtividade;

Proceder ao controle de zoonoses, efetivando levantamentos de dados, avaliação epidemiológica, programação, execução, supervisão e pesquisa para possibilitar profilaxia dessas doenças;

Desenvolver e executar trabalhos na área de educação ambiental e sanitária;

Participar de campanhas preventivas;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

MOTORISTA

Atribuições:

Dirigir carros, camionetas, caminhões, ônibus e outros veículos motorizados, acionando os comandos adequadamente para transporte de passageiros e cargas em horários diurnos e ou noturnos;

Proceder a verificação diária das condições do veículo que lhe for destinado com relação ao estado dos pneus, abastecimento de combustível, água e óleo, testagem de freios e da parte elétrica, para certificar-se de suas condições de funcionamento;

Zelar pela limpeza do veículo que lhe for destinado visando manter o bom estado de conservação do mesmo;

Executar pequenos reparos de urgência nos veículos, tais como, troca de pneus, fusíveis, lâmpadas, a fim de assegurar o seu funcionamento;

Comunicar ao superior imediato sempre que necessário, as falhas apresentadas pelo veículo para encaminhamento de reparos, garantindo as condições de segurança;

Encarregar-se do transporte e da entrega da carga executando, orientando ou auxiliando no carregamento e descarregamento da mesma, atendendo as necessidades dos serviços;

Preencher regularmente os relatórios de serviços e demais impressos relacionados com o controle e utilização da frota;

Examinar as ordens de serviço para saber o itinerário a ser seguido e outras instruções, a fim de agilizar e racionalizar o serviço;

Efetuar, eventualmente, pequenas compras de materiais e entregas de documentos, viabilizando as necessidades do trabalho;

Zelar pela guarda e conservação do veículo, ferramentas, acessórios e demais materiais peculiares ao trabalho, bem como dos locais;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

NUTRICIONISTA

Atribuições:

Planejar, organizar e executar programas de alimentação;

Elaborar cardápios considerando as clientelas a serem atendidas;

Calcular quantidade de gêneros alimentícios a serem adquiridos;

Requisitar a compra de gêneros alimentícios;

Receber e acompanhar entrega de mercadorias;

Verificar e controlar a quantidade dos gêneros alimentícios;

Supervisionar cozinhas (cozinheiras, auxiliares), estoques, higiene, preparação e distribuição;

Requisitar a compra de material e equipamentos necessários para a execução dos serviços;

Requisitar serviços de manutenção e reparo dos equipamentos;

Treinar e orientar cozinheiras e auxiliares;

Atender fornecedores;

Experimentar e avaliar a qualidade dos alimentos;

Dar orientação nutricional e de preparo dos alimentos;

Participar de treinamentos e palestras relacionados a área de merenda escolar;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

MUSICOTERAPEUTA

Atribuições:

Avaliar, planejar e desenvolver projetos terapêuticos, dentro das necessidades de cada paciente, através de sessões de vivência musical e técnicas diversificadas associadas a conhecimentos científicos;

Trabalhar em equipe interdisciplinar ou atuar individualmente, junto aos casos que lhe são encaminhados, visando prevenção, reabilitação ou tratamento, nas áreas motora, afetiva, cognitiva, social e sensorial; bem como portadores de distúrbios de aprendizagem, emocionais e psiquiátricos;

Atender os pacientes num processo de interação, intervenção ou estimulação, utilizando a música ou seus elementos ( som, ritmo, melodia e harmonia) como uma outra alternativa de linguagem, individualmente ou em grupo de acordo com a necessidade do paciente;

Prestar orientação aos familiares e/ou acompanhantes, com esclarecimentos e intervenções necessárias para o desenvolvimento do paciente;

Elaborar, junto com a equipe interdisciplinar, relatórios sobre o andamento de todo o processo e a evolução terapêutica de cada caso;

Encaminhar, quando necessário, para um serviço especializado que contribua para o bem estar do paciente;

Outras atividades que visem a saúde e o bem-estar do paciente, respeitando sua dignidade e seus direitos;

Atender às determinações do Código de Ética do Profissional.

OFICIAL DE OBRAS E SERVIÇOS

Atribuições:

Pedreiro - Executar trabalhos de alvenaria, concreto, e outros materiais, com a finalidade de construir, reformar ou reparar prédios e obras similares e suas derivações executando afazeres profissionais, sempre que solicitado por seu superior hierárquico, a fim de atender às necessidades básicas das unidades onde esteja designado, ou outras, quando determinado por sua Chefia imediata.

Carpinteiro - Executar serviços rotineiros relativos à conservação, manutenção e limpeza geral, e de carpintaria e suas derivações executando afazeres profissionais, sempre que solicitado por seu superior hierárquico, a fim de atender às necessidades básicas das unidades onde esteja designado, ou outras, quando determinado por sua Chefia imediata.

Eletricista - Executar serviços rotineiros relativos à conservação, manutenção e limpeza geral e de eletricidade e suas derivações executando afazeres profissionais, sempre que solicitado por seu superior hierárquico, a fim de atender às necessidades básicas das unidades onde esteja designado, ou outras, quando determinado por sua Chefia imediata.

Bombeiro Hidráulico - Executar serviços rotineiros relativos à conservação, manutenção e limpeza geral e de serviços hidráulicos e suas derivações executando afazeres profissionais, sempre que solicitado por seu superior hierárquico, a fim de atender às necessidades básicas das unidades onde esteja designado, ou outras, quando determinado por sua Chefia imediata.

Pintor - Executar serviços rotineiros relativos à conservação, manutenção e limpeza geral e de pintura e suas derivações executando afazeres profissionais, sempre que solicitado por seu superior hierárquico, a fim de atender às necessidades básicas das unidades onde esteja designado, ou outras, quando determinado por sua Chefia imediata.

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

ODONTÓLOGO

Atribuições:

Realizar exame clínico com a finalidade de conhecer a realidade epidemiológica de saúde bucal do paciente e, eventualmente, da comunidade a que este pertence; Realizar procedimentos clínicos definidos na legislação do Ministério da Saúde; Examinar os dentes e cavidade bucal, utilizando aparelhos por via direta, para verificar a presença de cáries e outras afecções; Identificar as afecções quanto à extensão e profundidade, valendo-se de instrumentos especiais, exames radiológicos e/ou laboratoriais, para estabelecer o plano de tratamento; Executar serviços de exodontia, utilizando fórceps, alavancas e outros instrumentos, para prevenir infecções mais graves; Restaurar os elementos dentários acometidos por processos patológicos bucais, empregando instrumentos, aparelhos e substâncias especiais para evitar o agravamento do processo e estabelecer a forma e função do dente; Realizar profilaxia dos dentes e gengivas, extraindo tártaro, para eliminar a instalação de focos e infecção; Executar serviços inerentes ao tratamento de afecções da boca, usando procedimentos clínicos, cirúrgicos e protéticos, para promover a conservação de dentes e gengivas; Encaminhar e orientar os usuários que apresentarem problemas mais complexos a outros níveis de assistência assegurando seu acompanhamento; Realizar atendimentos de primeiros cuidados nas urgências e emergências; Realizar pequenas cirurgias ambulatoriais; Prescrever medicamentos e outras orientações na conformidade dos diagnósticos efetuados; Emitir laudos, pareceres e atestados sobre assuntos de sua competência; Executar as ações de assistência integral, aliando a atuação clínica à de saúde coletiva, assistindo as famílias, indivíduos ou grupos específicos, de acordo com planejamento local; Coordenar ações coletivas voltadas para a promoção e prevenção em saúde bucal; Programar e supervisionar o fornecimento de insumos para as ações coletivas; Capacitar as equipes de saúde da família no que se refere às ações educativas e preventivas em saúde bucal; Supervisionar o trabalho desenvolvido pelo Técnico de Higiene Dental - THD e pelo Auxiliar de Consultório Dentário - ACD; Verificar os dados de cada paciente, registrando os serviços a executar e os já executados, utilizando fichas apropriadas, para acompanhar a evolução do tratamento, mantendo arquivo atualizado de prontuários, com informações e prescrições realizadas durante o tratamento; Orientar a comunidade quanto à prevenção das doenças da boca e seus cuidados, coordenando a Campanha de Prevenção da Saúde Bucal, para promover e orientar o atendimento a população em geral; Realizar levantamento epidemiológico para traçar o perfil de saúde bucal da população adstrita; Realizar o tratamento integral, no âmbito da atenção básica para a população adstrita, bem como os procedimentos clínicos, descritos na Norma Operacional Básica do Sistema Único de Saúde (NOB/SUS-96) e na Norma Operacional Básica da Assistência à Saúde (NOAS), de acordo com a Regulação do Pacto pela Vida (Portaria 199, de março de 2006); Zelar pelos instrumentos utilizados no consultório; Participar de reuniões com a equipe de trabalho, assimilando as ações técnicas e administrativas propostas, visando melhorias na organização do trabalho. Planejar e administrar serviços odontológicos e correlatos, bem como política de saúde: Estar capacitado para procurar novos conhecimentos e atualizações, mostrando versatilidade e adaptabilidade aos avanços da ciência e tecnologia na sua área de atuação; Planejar e gerenciar as atividades e os recursos humanos vinculados a sua área de atuação; Atuar junto a equipes que venham a formular políticas de saúde relacionadas à sua área de atuação; Auxiliar na elaboração de especificações técnicas necessárias à contratação de serviços, à compra de materiais, utensílios e equipamentos de sua área de atuação; Articular-se com profissionais de outras áreas promovendo a operacionalização dos serviços, tendo em vista o efetivo atendimento às necessidades da população; Zelar pela conservação e uso do material sob sua responsabilidade; Executar outras tarefas correlatas determinadas pelo superior imediato.

ODONTÓLOGO - Odontologia para Pacientes Especiais

Atribuições:

Realizar atividades de carreira de caráter técnico, compreendendo atividades em Paciente Especial e tarefas correlatas;

Atribuições iguais às do Dentista Clínico Geral, acrescentando-se: avaliações, tratamentos, prescrições e demais ações voltadas para Odontologia em Pacientes Especiais.

Realizar exame clínico com a finalidade de conhecer a realidade epidemiológica de saúde bucal do paciente e, eventualmente, da comunidade a que este pertence; Realizar procedimentos clínicos definidos na legislação do Ministério da Saúde; Examinar os dentes e cavidade bucal, utilizando aparelhos por via direta, para verificar a presença de cáries e outras afecções; Identificar as afecções quanto à extensão e profundidade, valendo-se de instrumentos especiais, exames radiológicos e/ou laboratoriais, para estabelecer o plano de tratamento; Executar serviços de exodontia, utilizando fórceps, alavancas e outros instrumentos, para prevenir infecções mais graves; Restaurar os elementos dentários acometidos por processos patológicos bucais, empregando instrumentos, aparelhos e substâncias especiais para evitar o agravamento do processo e estabelecer a forma e função do dente; Realizar profilaxia dos dentes e gengivas, extraindo tártaro, para eliminar a instalação de focos e infecção; Executar serviços inerentes ao tratamento de afecções da boca, usando procedimentos clínicos, cirúrgicos e protéticos, para promover a conservação de dentes e gengivas; Encaminhar e orientar os usuários que apresentarem problemas mais complexos a outros níveis de assistência assegurando seu acompanhamento; Realizar atendimentos de primeiros cuidados nas urgências e emergências; Realizar pequenas cirurgias ambulatoriais; Prescrever medicamentos e outras orientações na conformidade dos diagnósticos efetuados; Emitir laudos, pareceres e atestados sobre assuntos de sua competência; Executar as ações de assistência integral, aliando a atuação clínica à de saúde coletiva, assistindo as famílias, indivíduos ou grupos específicos, de acordo com planejamento local; Coordenar ações coletivas voltadas para a promoção e prevenção em saúde bucal; Programar e supervisionar o fornecimento de insumos para as ações coletivas; Capacitar as equipes de saúde da família no que se refere às ações educativas e preventivas em saúde bucal; Supervisionar o trabalho desenvolvido pelo Técnico de Higiene Dental - THD e pelo Auxiliar de Consultório Dentário - ACD; Verificar os dados de cada paciente, registrando os serviços a executar e os já executados, utilizando fichas apropriadas, para acompanhar a evolução do tratamento, mantendo arquivo atualizado de prontuários, com informações e prescrições realizadas durante o tratamento; Orientar a comunidade quanto à prevenção das doenças da boca e seus cuidados, coordenando a Campanha de Prevenção da Saúde Bucal, para promover e orientar o atendimento a população em geral; Realizar levantamento epidemiológico para traçar o perfil de saúde bucal da população adstrita; Realizar o tratamento integral, no âmbito da atenção básica para a população adstrita, bem como os procedimentos clínicos, descritos na Norma Operacional Básica do Sistema Único de Saúde (NOB/SUS-96) e na Norma Operacional Básica da Assistência à Saúde (NOAS), de acordo com a Regulação do Pacto pela Vida (Portaria

PINTOR LETRISTA

Atribuições:

Preparar material necessário para pintura de letras, desenhos e emblemas com pincel em placas, faixas de tecido e prédios públicos;

Ter aptidão e conhecimentos de combinações de cores, tintas, serigrafia e criatividade na diagramação dos letreiros a serem executados;

Zelar pela guarda, conservação e limpeza dos equipamentos, ferramentas e materiais peculiares ao trabalho, bem como dos locais;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

PINTOR SILK SCREEN

Atribuições:

Preparar material necessário para pintura com utilização de equipamentos de pintura à pistola "AIR-LESS", SILK-SCREEN, utilizando sistemas automáticos e semi-automáticos do tipo cabines de pintura e estufas de secagem;

Fosfatização;

Ter aptidão e conhecimento de mistura, preparação, cores e compatibilidades entre linhas industriais e primers;

Conhecimentos teóricos e práticos sobre controles de aderência e espessura de camada de tinta

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

PSICÓLOGO

Atribuições:

Supervisionar a área de treinamento de pessoal, efetuando levantamento de necessidades, programando e / ou ministrando cursos, palestras, etc...

Dar apoio ao Setor de Recrutamento entrevistando candidatos e estagiários;

Analisar e solucionar problemas de inadaptação ao trabalho;

Estudar fatores intervenientes em distúrbios emocionais, dando o encaminhamento que se fizer necessário;

Trabalhar em estreito contato com o serviço de Medicina e Segurança do Trabalho;

Desenvolver técnicas terapêuticas individual e ou grupal em nível ambulatorial e ou domiciliar;

Atuar junto as instituições assistenciais do município;

Planejar, elaborar e executar projetos na área social;

Dar orientação psicológica aos grupos existentes na comunidade;

Supervisionar as atividades de estagiários ou de profissionais da área;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

OPERADOR DE MÁQUINAS

Atribuições:

Operar trator;

Operar os vários tipos de máquinas do patrimônio municipal;

Cortar grama com o trator adequado e roçadeira;

Juntar e retirar galhos e entulhos;

Zelar pela manutenção providenciando reparos quando necessário;

Dirigir outros veículos oficiais tais como: automóveis, caminhonetes, caminhões, etc...;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

TÉCNICO EM CONTABILIDADE

Atribuições:

Examinar processos de prestação de contas;

Auxiliar a feitura de levantamentos, balancetes, balanços mensais e anuais da receita e despesa;

Promover a prestação, acertos e ajustes de contas em geral;

Promover levantamento de balanços;

Organizar plano de contas;

Promover a confecção de extratos de contas de qualquer natureza ou de qualquer tipo de contabilidade;

Efetuar encerramento de escritas ou contabilidade;

Auxiliar a organização de balancetes anuais, do patrimônio, demonstrando o estado inicial e atual dos bens;

Escriturar contas correntes diversas;

Auxiliar a feitura da contabilidade global dos impostos;

Organizar demonstração mensal dos diversos livros da repartição;

Conferir a renda diária quanto a receita orçamentária;

Levantar balanços financeiros e patrimoniais para controle de verba;

Elaborar demonstrativos mensais, trimestrais, semestrais e anuais das despesas de pessoal, de outros custeios e de investimentos relativos a execução orçamentária e financeira, em consonância com as leis, regulamentos e normas vigentes;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

TÉCNICO EM LABORATÓRIO

Atribuições:

Executar atividades técnicas de laboratórios em análises clínicas, de acordo com as áreas específicas em conformidade com normas de qualidade de biossegurança e controle do meio-ambiente.

Manipular soluções químicas, reagentes, meios de cultura e outros.

Supervisionar as prestações de serviços executadas pelos auxiliares organizando e distribuindo tarefas;

Dar assistência técnica aos usuários do laboratório;

Analisar e interpretar informações obtidas de medições, determinações, identificações, definindo procedimentos técnicos a serem adotados, sob supervisão.

Interpretar resultados dos exames, ensaios e testes, sob orientação, encaminhando-os para a elaboração de laudos, quando necessário;

Proceder a realização de exames laboratoriais sob supervisão;

Realizar experiências e testes em laboratório, executando o controle de qualidade e caracterização do material;

Separar soros, plasmas, glóbulos, plaquetas e outros;

Elaborar e ou auxiliar na confecção de laudos, relatórios técnicos e estatísticos.

Preparar os equipamentos e aparelhos do laboratório para utilização.

Coletar e ou preparar material, matéria prima e amostras, testes, análise e outros para diagnósticos etc.

Auxiliar na realização de exames anatomopatológicos, preparando amostras, lâminas microscópicas, meios de cultura, soluções, testes químicos e reativos.

Controlar e supervisionar a utilização de materiais, instrumentos e equipamentos do laboratório;

Zelar pela manutenção, limpeza, assepsia e conservação de equipamentos e utensílios do laboratório em conformidade com as normas de qualidade, de biossegurança e controle do meio-ambiente;

Participar de programa de treinamento, quando convocado.

Executar tarefas pertinentes à área de atuação, utilizando-se de equipamentos e programas de informática.

Executar outras tarefas compatíveis com as exigências para o exercício da função.

TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO

Atribuições:

Auxiliar na elaboração de prevenção de acidentes;

Analisar e questionar procedimentos e rotinas de trabalho, pesquisando alternativas e elaborando planos de ação;

Sugerir estratégias e programas prevencionistas, acompanhar aplicação de propostas, avaliando e aperfeiçoando;

Organizar, orientar e assistir em seu funcionamento a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes- CIPA;

Montar e analisar quadros estatísticos de acidentes do trabalho;

Preencher o impresso "Aviso de Acidente", comparecer ao local do acidente se necessário, discutir com a chefia do acidentado propondo em conjunto medidas corretivas para o ocorrido;

Promover a instrução e o treinamento em caráter geral ou específico aos funcionários, no que diz respeito a prevenção de acidentes, aplicação de primeiros socorros e prevenção de incêndio;

Inspecionar locais, instalações e equipamentos, verificando a sua perfeita condição de funcionamento, sugerindo manutenção ou reparos quando necessários;

Solicitar a compra e acompanhar a manutenção de estoque de equipamentos de proteção (EPI);

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

TÉCNICO EM TRANSPORTES

Atribuições:

O mesmo será responsável pelos lançamentos para alimentar o programa de controle de frota assim como, controle diário de veículo, controle de distribuição de veículo, controle de combustível, controle de manutenção, controle de manutenção de limpeza dos veículos assim como relatórios advindos de programa de frota.

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

VIGIA

Atribuições:

Efetuar controles e vigilância nos diversos postos de serviços, anotando dados em formulários próprios de entrada e saída de veículos, pessoas, materiais, chamadas telefônicas e recados, registrando as ocorrências do seu turno;

Controlar e fiscalizar o trânsito de veículos na unidade de trabalho, verificando forma e local de estacionamento, velocidade permitida, evitando que as normas sejam desrespeitadas;

Fazer rondas nas dependências sob sua responsabilidade, identificando anormalidades, tomando as devidas providências na solução das mesmas, ou seja, fechando janelas, portas, apagando as luzes, desligando tomadas, acionando ou desligando equipamentos, de acordo com as normas estabelecidas, etc..., evitando que o patrimônio seja lesado;

Adotar medidas de prevenção de incêndios providenciando a extinção dos mesmos, dando-lhes os primeiros combates para evitar o alastramento;

Zelar pela segurança do patrimônio, observando a presença de pessoas em atitudes suspeitas, o estado de conservação de barreiras como portas, portões, janelas, alambrados, cercas, iluminação, etc., informando seu superior sobre qualquer anormalidade;

Desempenhar outras atividades correlatas e afins.

Conselheiro Lafaiete, 14 de agosto de 2007.

Ronaldo Resende Julio César de Almeida Barros
Secretário Municipal Prefeito Municipal de Administração

CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2007

ANEXO II

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS E SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS

PARA TODOS OS CARGOS:

Lei Orgânica do Município de Conselheiro Lafaiete/MG

www.camaraconselheirolafaiete.mg.gov.br

ENSINO FUNDAMENTAL INCOMPLETO (ALFABETIZADO E MÍNIMO 4ª SÉRIE)

CARGOS: Auxiliar de Obras E Serviços - 1, Auxiliar de Obras E Serviços - 2, Vigia, Eletricista de Veículos, Lubrificador, Contínuo, Mecânico, Motorista, Oficial de Obras E Serviços - (Pedreiro, Carpinteiro, Eletricista, Bombeiro Hidráulico, Pintor), Pintor Letrista, Pintor Silk Screen E Operador de Máquinas.

LÍNGUA PORTUGUESA

Interpretação de texto; Sinônimos e antônimos; Alfabeto (ordem alfabética; reconhecimentos de vogais e de consoantes.), Sílaba: separação e classificação, Concordância verbal e nominal (regras gerais), Flexão e substituição de substantivos, adjetivos e pronomes, Flexão de verbos regulares, Acentuação gráfica, Ortografia. Cargo de maiúsculas e minúsculas; Grafia do m antes do p e b, h, ch/x, ç/ss, s/z, g/j, s/ss, r/rr; Pontuação (ponto final, ponto de exclamação, ponto de interrogação, dois pontos, travessão e vírgula).

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima gramática da língua portuguesa. 43ª ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2000. FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Novo Dicionário da língua portuguesa. 2ª ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. E outros livros que abranjam o programa proposto.

MATEMÁTICA

Sistema de numeração decimal; Sistema romano de numeração; Números naturais: 4 operações, problemas e expressões numéricas; Divisibilidade, divisores e MDC; Números primos e decomposição em fatores primos; Múltiplos e MMC; Números fracionários: leitura, tipos, equivalência, simplificação, redução, comparação, 4 operações e problemas; Números decimais: leitura, escrita de fração e número decimal, comparação; operações e problemas; Sistema monetário; Sistema de medidas: comprimento, superfície, capacidade, massa e tempo; Problemas; Figuras geométricas; Perímetro e área.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

PASSOS, Ângela. De olho no futuro - 4ª série. Matemática. São Paulo: Quinteto Editorial, 1996. BONJORNO, José Roberto; BONJORNO, Regina Azenha. Matemática - Pode contar comigo. 4ª série. São Paulo: FTD, 2001. E outros livros que abranjam o programa proposto.

ENSINO FUNDAMENTAL COMPLETO E ENSINO FUNDAMENTAL COMPLETO COM CURSO COMPLEMENTAR

CARGOS: Almoxarife, Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Higiene Bucal, Auxiliar de Laboratório, Auxiliar de Saúde II

LÍNGUA PORTUGUESA

Interpretação de textos; Leitura e compreensão de informações; Identificação de idéias principais e secundárias; Intenção comunicativa; Vocabulário; Sentido de palavras e expressões no texto; Substituição de palavras e de expressões no texto; Sinônimos e antônimos; Aspectos lingüísticos; Grafia correta de palavras; Separação silábica; Localização da sílaba tônica; Acentuação gráfica; Relação entre letras e fonemas; Família de palavras; Flexão dos substantivos, artigos, adjetivos e pronomes; Cargo de verbos regulares e irregulares nos tempos simples do modo indicativo e do modo subjuntivo; Noções básicas de concordância nominal e verbal; Regras gerais de regência nominal e verbal; Sinais de pontuação: Cargo do ponto final, ponto de exclamação e ponto de interrogação; Uso da vírgula para separar os itens de uma série, as frases, os vocativos o aposto e o adjunto adverbial; Cargo do dois pontos; Uso do travessão.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima gramática da língua portuguesa. 43ª ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2000. FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Novo Dicionário da língua portuguesa. 2ª ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. E outros livros que abranjam o programa proposto.

MATEMÁTICA

Operações com números inteiros, decimais e fracionários (adição, subtração, multiplicação, divisão, potenciação e radiciação); Razões, proporções, grandezas diretamente proporcionais, grandezas inversamente proporcionais, porcentagem, juros, média aritmética, resolução de problemas; Medidas: comprimento, área, volume (capacidade), massa, tempo, ângulos; Geometria: perímetro e área de figuras planas e volume de sólidos; Álgebra - resoluções de equações de 1° e 2° grau.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

BIANCHINI, E. Matemática. São Paulo: Moderna, 1999. 5ª à 8ª. BONGIOVANI, V., VISSOTO, O. R., LAUREANO, J.L.T. Matemática e vida. São Paulo: Ática, 1997. 5ª à 8ª série. GIOVANI, J.R., CASTRUCCI, B.; GIOVANI JR., J.R. A conquista da matemática. São Paulo: FTD, 1998. 5ª à 8ª série. SILVEIRA, E. Matemática. São Paulo: Moderna, 1999. 5ª à 8ª série. E outros livros que abranjam o programa proposto.

ENSINO MÉDIO COMPLETO, ENSINO MÉDIO COM CURSO TÉCNICO E ENSINO SUPERIOR COMPLETO

CARGOS: Agente Administrativo, Analista Gestão de Patrimônio, Assistente Administrativo, Assistente Controle Avaliação, Assistente Social, Auxiliar de Secretaria, Bioquímico, Contador, Controlador de Estoque, Coordenador Pedagógico, Enfermeiro, Engenheiro Sanitarista, Farmacêutico Bioquímico, Fisioterapeuta, Fiscal de Tributos, Fonoaudiólogo, Médicos - (Angiologista, Cardiologista, Cirurgião, Dermatologista, Endocrinologista, Geriatra, Ginecologista, Homeopata, Nefrologista, Neurologista, Neuropediatra, Ocupacional, Oftalmologista, Ortopedista, Otorrinolaringologista, Pediatra, Pneumologista, Psiquiatra, Urologista e Veterinário), Nutricionista, Musicoterapeuta, Odontólogo, Odontólogo - Odontologia para Pacientes Especiais, Psicólogo, Técnico em Contabilidade, Técnico em Laboratório, Técnico em Segurança do Trabalho e Técnico em Transportes.

LÍNGUA PORTUGUESA

Análise e interpretação de texto; Compreensão global do texto; Estrutura do texto e dos parágrafos; Idéias principais e secundárias; Elementos de coesão; Inferências; Vocabulário; Significado de palavras e expressões no texto; Substituições de palavras e de expressões no texto; Estrutura e formação de palavras (valor dos afixos e dos radicais); Denotação e conotação; Aspectos lingüísticos; Ortografia: Cargo de letras; Relações entre fonemas e letras; Acentuação gráfica; Cargo e flexão das classes gramaticais; Concordância nominal e verbal; Regência nominal e verbal; Crase; Processos de coordenação e subordinação; Pontuação; Nexos; Equivalência de estruturas.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima gramática da língua portuguesa. 43ª ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2000. FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Novo dicionário da língua portuguesa. 2ª ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. FIORIN, José Luiz; SAVIOLI, Francisco Platão. Para entender o texto: leitura e redação. 5ª ed. São Paulo: Ática, 1997. MORENO, Cláudio; GUEDES, Paulo Coimbra. Curso básico de redação. 11ª ed. São Paulo: Ática, 1996. E outros livros que abranjam o programa proposto.

MATEMÁTICA

Números relativos inteiros e fracionários: operações e suas propriedades (adição, subtração, multiplicação, divisão e potenciação). Múltiplos e divisores: máximo divisor comum e mínimo múltiplo comum. Frações ordinárias e decimais. Números decimais: propriedades e operações. Expressões numéricas. Equações do 1º e 2º graus. Problemas. Sistemas de medida de tempo. Sistema métrico decimal. Sistema monetário brasileiro. Problemas, números e grandezas proporcionais: razões e proporções. Divisão em partes proporcionais. Regra de três simples e composta. Porcentagem. Juros simples e compostos: juros, capital, tempo, taxas e montantes. Fundamentos da Teoria dos Conjuntos; Conjuntos Numéricos: Números Naturais e Inteiros (divisibilidade, números primos, fatoração, máximo divisor comum, mínimo múltiplo comum), Números Racionais e Irracionais (reta numérica, valor absoluto, representação decimal), Números Reais (relação de ordem e intervalos), Operações; Funções: Estudo das Relações, Definição da Função, Funções definidas por fórmulas: Domínio, Imagem e Contradomínio, Gráficos, Funções crescentes e decrescentes, Função Inversa, Função Composta, Função Polinominal do 1º Grau, Quadrática, Modular, Exponencial e Logarítmica, Resoluções de Equações, Inequações e Sistemas; Seqüência: Progressão Aritmética e Geométrica; Geometria Plana: Ângulos: Definição, Classificação, Unidades e Operações, Teorema de Tales e aplicações, Polígonos: Elementos e classificação. Área: polígonos e suas partes; Álgebra: Matrizes, Determinantes, Análise Combinatória e Probabilidade; Geometria Espacial: Retas e planos no espaço (paralelismo e perpendicularismo), poliedros regulares, pirâmides, prismas, cilindro, cone e esfera (elementos e equações); Geometria Analítica: Estudo Analítico do Ponto, da Reta e da Circunferência (elementos e equações).

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

BIANCHINI, E., PACCOLA, H. Curso de Matemática. Volume único. São Paulo: Moderna, 1999. DANTE, L. R. Matemática - Contexto & Aplicações. São Paulo: Ática, 1999. 1ª à 3ª série - Ensino Médio. GIOVANI, J. R., BONJORNO, J. R. , GIOVANI JR, J. R. Matemática Fundamental. Volume único. São Paulo: FTD, 1994, 2° Grau. PAIVA, M. Matemática. Volume único. São Paulo: Moderna, 1999. E outros livros que abranjam o programa proposto.

POLÍTICA DE SAÚDE

CARGOS: Enfermeiro, Farmacêutico Bioquímico, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Médicos - (Angiologista, Cardiologista, Cirurgião, Dermatologista, Endocrinologista, Geriatra, Ginecologista, Homeopata, Nefrologista, Neurologista, Neuropediatra, Ocupacional, Oftalmologista, Ortopedista, Otorrinolaringologista, Pediatra, Pneumologista, Psiquiatra, Urologista e Veterinário), Musicoterapeuta, Odontólogo, Odontólogo - Odontologia para Pacientes Especiais e Psicólogo.

Normas Operacionais de Assistência à Saúde (NOAS) - 01/2001 e 02/2002 e as Portarias 648 e 650 de 29/03/2006 que dispõem sobre a Política Nacional de Atenção Básica, Portaria 699 que dispõe sobre o Pacto de Gestão do SUS, publicada em 22/06/2006; Constituição da República Federativa do Brasil - Saúde.

POLÍTICA DE SAÚDE

CARGO: Assistente Social

Constituição Federal - República Federativa do Brasil - outubro de 1988. Lei Orgânica da Assistência Social - LOAS - nº 07 de dezembro de 1993. Estatuto da Criança e do Adolescente.

POLÍTICA DE SAÚDE

CARGO: Nutricionista

Resolução Estadual CFN Nº 358/2005

CONHECIMENTOS DE INFORMÁTICA

CARGOS: Agente Administrativo, Analista Gestão de Patrimônio, Assistente Administrativo, Assistente Controle Avaliação, Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Secretaria, Contador, Controlador de Estoque, Coordenador Pedagógico, Fiscal de Tributos, Técnico em Contabilidade, Técnico em Segurança do Trabalho e Técnico em Transportes.

Conceitos básicos de operação com arquivos em ambientes Windows; Conhecimentos básicos de arquivos e pastas (diretórios); Utilização do Windows Explorer: copiar, mover arquivos, criar diretórios; Conhecimentos básicos de editor de texto (ambiente Windows): criação de um novo documento, formatação e impressão; Conhecimentos Básicos em Planilhas Eletrônicas; Banco de Dados Access; Internet e E-mail.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Livros Técnicos/Específicos da Área.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Agente administrativo, Auxiliar Administrativo e Auxiliar de Secretaria

Atas - Ofícios - Memorandos - Cartas - Certidões - Atestados - Declarações; Arquivo e documentação: métodos de arquivamento, rotinas e procedimentos. Atendimento ao público: recepção e informações. Serviço de protocolo e arquivo: tipos de arquivos, acessórios do arquivo, fases do arquivamento técnicas, sistemas e métodos. Protocolo: recepção, classificação, registro e distribuição de documentos. Expedição de correspondências: registro e encaminhamentos. Recepção: informações, encaminhamentos, atendimento à clientes, registro, manuseio e transmissão de informações. Atendimento ao telefone. Apresentação pessoal. Relacionamentos interpessoal. Comunicação. Meios de comunicação modernos. Ética no exercício profissional.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Livros Técnicos/Específicos da Área.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Assistente Administrativo

Fundamentos da Administração. O ambiente das Organizações. Administração estratégica. O papel da Administração no desempenho empresarial. Sistemas de gestão empresarial. Planejamento estratégico, tático e operacional. Funções, papéis e responsabilidade. Desenho organizacional. Autoridade e responsabilidade. Delegação e descentralização. Departamentalização. Desenho de cargos e salários. Organização, sistemas e métodos. Processo decisório. Administração de recursos humanos. Administração da produção e operações. Mudança organizacional. Conflito: dimensões organizacionais e pessoais. Motivação. Liderança. Controle estratégico, tático e operacional. Sistema de informações gerenciais. Administração da Qualidade. Ética e responsabilidade social. Processo de licitação - Lei 8.666/93 e suas alterações. Noções de Direito Administrativo: Administração Pública.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Livros Técnicos/Específicos da Área.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Assistente Social

Teoria do Serviço Social: pressupostos e fundamentos, relação sujeito-objeto, objetivos. A práxis profissional: relação teórico-prática; a questão da mediação. Vertentes de pensamento: materialismo histórico, positivismo, fenomenologia. Metodologia em Serviço Social: alternativas metodológicas. Instrumentação: o atendimento individual, o trabalho com grupos, comunidades, movimentos emergenciais, a questão das técnicas, o cotidiano como categoria de investigação. Documentação. Serviço Social e interdisciplinaridade. Política Social e planejamento: a questão social e a conjuntura brasileira. Movimentos sociais e participação popular. A prestação de serviços e a assistência pública. Equipamentos comunitários e creche. Projetos e Programas em Serviço Social. Serviço Social e família. A vivência das relações sociais. A vivência do indivíduo nos diferentes grupos. Noções de organização de movimentos populares. Funcionamento e objetivos das Instituições Sociais - limites e possibilidades. Declaração dos direitos do homem e do cidadão. Ética Profissional em Serviço Social. Conceituação de Assistência. Conceitos relativos à Previdência, Saúde e Assistência. Descentralização da Assistência. Municipalização da Assistência. Conceito de Comunidade.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

GIL, Antônio Carlos - Projetos de Pesquisa - Como elaborar - São Paulo - Atlas,1.991 - 3a Edição. - RICHARDSON, Roberto Jarry, colaboradores - Pesquisa Social (Métodos e Técnicas) - São Paulo - 1.991 - 2a Edição. - LAKATOS, Eva Maria - Sociologia Geral - 5a Edição - São Paulo - Atlas. - IAMAMOTO, Marilda Carvalho - Relações Sociais e Serviço Social no Brasil, esboço de uma interpretação histórico metodológica - 6a Edição - São Paulo - Cortez. - SOUZA, Maria Luiza de - Serviço Social e Instituição - Editora Cortez. - FALEIROS, Vicente de Paula - SABER Profissional e Poder Institucional - Editora Cortez. - Código de Ética do Profissional - Assistente Social. - Constituição Federal. - Estatuto dos Direitos da Criança e do Adolescente - Lei 8.069/90. - Lei Orgânica da Assistência Social - LOAS. KISNERMAN, Natálio - Serviço Social de Grupo - Ed. Vozes. - BARDAVID, Stella - Serviço Social - abordagem individual (Texto de apoio). - COHEN, Ernesto e FRANCO, Rolando - Avaliação de Projetos Sociais - Editora Vozes. - MAGALHÃES, Leila Vello - Metodologia do Serviço Social na América Latina - Ed. Cortez 2a edição. - LEI DE REGULAMENTAÇÃO PROFISSIONAL DE SERVIÇO SOCIAL (Lei 8.662/93). - BAPTISTA, Myriam Veras - Introdução à Metodologia do Planejamento Social - Ed. Moraes 4a edição. - VIEIRA, Balbina Ottoni - Serviço Social; - Política e Administração - Ed. Agir - Rio de Janeiro de 1.979. - AZEVEDO, Maria Amélia e GUERRA, V.N. A . "A Violência Doméstica na Infância e na Adolescência. São Paulo, Robe Editorial, 1.995. - BECKER, Maria Josefina. "A Ruptura dos Vínculos: quando a tragédia acontece" in Família Brasileira, a Base de tudo. Or. Sílvio Manoug Kaloustian. Cortez Ed. - UNICEF. - CALIL, Vera Lúcia Larmano. "Terapia Familiar e de Casal". São Paulo. Summus. E outros livros que abranjam o programa proposto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Auxiliar de Higiene Bucal

Recepção do Paciente. Preparo e Manutenção das Salas de Atendimento. Biosegurança no trabalho em odontologia: técnicas de preparo, acondicionamento e esterilização de instrumental, técnicas de desinfecção do ambiente de trabalho, etc. Materiais odontológicos: nomenclatura, utilização, preparo, manipulação, acondicionamento e controle de estoque. Equipamento e instrumental: nomenclatura, utilização, preparo, limpeza, esterilização/desinfecção, acondicionamento, funcionamento, lubrificação, manutenção e conservação. Ergonomia: espaço físico, postura, posição de trabalho, preparo do ambiente para o trabalho, etc. Placa bacteriana: identificação, morfologia, fisiologia, relação no meio bucal. Higiene dentária: técnicas de escovação supervisionada; Anatomia e fisiologia da cavidade bucal. Principais doenças na cavidade bucal: cárie, doença periodontal, má oclusão, lesões de mucosa, etc. (conceito, etiologia, evolução, medidas de prevenção/promoção de saúde, etc.). Medidas de prevenção/promoção de saúde bucal, organização de programas coletivos e individuais de promoção de saúde bucal, fluoterapia, educação em saúde bucal, etc. Índices epidemiológicos utilizados em odontologia, preenchimento de fichas clínicas e de controle, registros em odontologia.

IBLIOGRAFIA SUGERIDA

Livros Técnicos/Específicos da Área.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Auxiliar de Laboratório

Esterilização de material: Preparo de seringas; Preparo de vidrarias para coleta de material; Preparo de Material, instrumental e equipamentos; Funcionamento de aparelhos de laboratório; Coleta de material para exame: Tipos de materiais para coleta; Tipos de coletas de material; Urina, urina rotina ;masculino; feminino; Urina para urocultura; Urina de 24 hs; Fezes; parasitologia; coprocultura; Escarro; Secreção de lesões; Sangue; sorologia; hemograma; classificação sangüínea; Preparo do paciente para exames; Doenças causadas por vermes, mosquitos, doenças sexualmente transmissíveis, AIDS sintomas , prevenção e tratamento.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Livros Técnicos/Específicos da Área.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Auxiliar de Saúde II

Arquivo e documentação: métodos de arquivamento, rotinas e procedimentos. Atendimento ao público: recepção e informações. Medidas de proteção anti-infecciosa, limpeza, desinfecção, descontaminação, esterilização; Cuidados com segurança e proteção individual e coletiva no exercício do trabalho; Primeiros Socorros: parada cardio-respiratória, traumatismos, hemorragias, envenenamento, queimaduras, choque, acidentes com animais peçonhentos, corpos estranhos;

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Livros Técnicos/Específicos da Área.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Bioquímico

Microbiologia: estrutura bacteriana; crescimento; isolamento; identificação e classificação de bactérias; Antibiograma; esterilização, desinfecção e antisepsia; coleta de material de amostras biológicas; técnicas de coloração. Técnicas e aparelhagem de análise: fotometria, fluorimetria, nefelometria, turbidimetria e Eletroforese. Testes sorológicos: aglutinação; precipitação; ensaios líticos; imunofluorescência; radioimunoensaio; técnicas imunoenzimáticas; Ensaios quimioluminescentes. Métodos de biologia molecular e DNA recombinante. Técnicas de coleta de sangue. Anticoagulantes mais utilizados no laboratório clínico. Bactérias patogênicas: infecções por Cocos e bastonetes Gram negativos; Infecções por Cocos e bastonetes Gram positivos; Bacilos álcool-ácidos resistentes; Infecções bacterianas por anaeróbicos esporulados. Prevenção, tratamento e epidemiologia de doenças infecciosas. Vacinas. Virologia clínica. Micologia clínica. Hematologia geral: Origem e desenvolvimento dos elementos morfológicos do sangue; Hemograma; Velocidade de hemossedimentação; Reticulócitos; Pesquisas de células LE; Hemostasia e coagulação; Hemoglobinopatias. Imunematologia: Grupos sanguíneos; Fator Rh; Doença hemolítica perinatal. Imunologia: Imunidade; Bases celulares da resposta imune; Anticorpos; Imunidade humoral e celular; Complemento; Reações antígeno-anticorpo; Doenças autoimunes; Reações de hipersensibilidade; Provas sorológicas utilizadas em laboratório clínico: metodologias e interpretação; Provas sorológicas para diagnóstico da sífilis; Provas sorológicas para diagnóstico da Doença de Chagas. Bioquímica clínica: Marcadores tumorais; Lipídeos; Glicídeos; Eletrólitos; Enzimas; Aminoácidos e proteínas; Gases e pH do sangue; Provas de função hepática; Metabólitos nitrogenados e função renal; Funções gástrica, pancreática e intestinal. Hormônios: Endocrinologia e diagnóstico laboratorial. Parasitologia: Técnicas de concentração; Coleta de material; Fixadores; Conservadores; Protozoários e helmintos; Exame microscópico e macroscópico das fezes; Pesquisa de sangue oculto; Pesquisa de gordura fecal; Análises realizadas na urina. Transudatos e exsudatos. Biossegurança aplicada ao laboratório clínico.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Livros Técnicos/Específicos da Área.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Contador

Contabilidade geral. Princípios contábeis, regime de competência, plano de contas, conciliação contábil, registros contábeis. Controle contábil e registros do Ativo Imobilizado, Diferido e Patrimônio Líquido. Demonstrações contábeis: Estruturação e Movimentação das Contas Contábeis, Demonstração do Resultado do Exercício, Balanço Patrimonial, Mutações do Patrimônio Líquido, Demonstrações de Origens e Aplicações de Recursos. Análise e interpretação de demonstrações contábeis. Contabilidade pública: conceito, divisão e legislação. Exercício financeiro: definição, duração, ano financeiro e período adicional. Regimes contábeis: de caixa, de competência, misto, resíduos ativos e passivos. Operações orçamentárias: receitas e despesas efetivas e por mutação patrimonial. Operações extra orçamentárias: receitas e despesas extra orçamentárias. Políticas de estabilização. Orçamento Público. Princípios orçamentários: anualidade, unidade, universalidade, exclusividade, programação e não afetação da receita. Abertura de Licitações. Contratos e Sanções penais.
Legislação: A Lei de Responsabilidade Fiscal. A Lei 8.666/93 (Lei de Licitação Pública).

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Livros Técnicos/Específicos da Área.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Coordenador Pedagógico

LEGISLAÇÃO

Constituição Federal - Da Educação. Lei Federal n.º 8.069/90 - Estatuto da Criança e do Adolescente. Arts. 1º a 18; 53 a 59; 70 a 73; 99 a 101; 131 a 137. Resolução CNE/CEB n.º 02/98 - Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental. Parecer CNE/CEB n.º 04/98 - Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil - MEC/SEF, 1998.

CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS

Fundamentos e objetivos da Educação Nacional. A tradição pedagógica brasileira. Gestão democrática da escola. Gestão do plano escolar. Ética e compromisso no trabalho educacional. Visão interdisciplinar e transversal do conhecimento. Avaliação. Organização da escola centrada no processo de desenvolvimento do educando. Educação inclusiva. Projetos pedagógicos: construção e compromisso de todos. Trabalhos interdisciplinares: um meio de dar significado ao conhecimento.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

COLL, CÉSAR. O construtivismo na sala de aula. São Paulo: Editora Ática. 1999. GADOTTI, MOACIR. Escola Cidadã. São Paulo. Cortez Editora. 1993. HADJI, CHARLES. Avaliação Desmistificada. Porto Alegre. Artmed Editora, 2001. MAIA, ENY MARISA. Gestão Escolar - Como transformar a rotina em desafio? Revista de Educação e Informática - Acesso. São Paulo: SEE, dezembro 2000. MAIA, ENY E OYAFUSO AKIKO. Plano Escolar: Caminho para a autonomia. São Paulo. Editora Biruta. LUCKESI, CIPRIANO CARLOS. Filosofia da Educação. São Paulo. Cortez. 1994. BARROS, ROQUE SPENCER MACIEL DE BARROS. Fundamentos da Educação. In São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2.ª edição, 1999. CASTRO, AMÉLIA AMERICANO DOMINGUES DE CASTRO. Orientações Didáticas na Lei de Diretrizes e Bases. In São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2.ª edição. 1999. LUCK, HELOISA. Planejamento em Orientação. Editora Vozes. 1983. MAIA, ENY MARISA E GARCIA, REGIAN LEITE. Uma Orientação Nova para uma Nova Escola. MAIA, ENY MARISA E GARCIA, REGIAN LEITE. Uma Orientação Nova para uma Nova Escola. São Paulo. Editora Loyola. Coleção Espaço. ADRADOS, ISABEL. Orientação Infantil. Editora Vozes. 1985. ARROYO - M.G. Ciclos de desenvolvimento humano e formação de educadores, Educação e Sociedade. Campinas, nº 68, pp. 143-162, 1999. FAZENDA, Ivani C. Arantes, Interdisciplinaridade: História, Teoria e Pesquisa.FREITAS, L. C - Ciclos Seriação e Avaliação - Confronto de lógicas. São Paulo: Moderna, 2003. FREITAS, L. C. (org) Questões de Avaliação Educacional, Campinas, Komedi, 2003. LIBÂNEO, J.C. Organização e gestão da escola, Goiânia, Alternativa, 2001. PEREIRA, E.M., GERALDI, C.M.G., FIORENTIN, D. Cartografia do trabalho docente, Campinas, Mercado de Letras, pp.277-306. PIMENTA, G., Ghedin, E. (org) Professor Reflexivo no Brasil - gênese e crítica de um conceito, São Paulo, Cortez, p. 167, 2001. SABONGI de Rossi, V.L., Gestão do Projeto Político Pedagógico - Entre corações e mentes, São Paulo, Moderna. FERREIRA, Naura Síria Carapeto (Org.), Formação Continuada e Gestão Escolar, São Paulo, SP, Cortez, 2003. DELORS, Jacques, Educação - Um Tesouro a Descobrir, São Paulo, SP, Cortez.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Enfermeiro

Evolução das políticas de saúde no Brasil; Sistema Único de Saúde-SUS: conceitos, fundamentação legal, diretrizes e princípios, participação popular e controle social; A organização social e comunitária; O Conselho de Saúde; A assistência e o cuidado de enfermagem ao longo do ciclo vital; O exercício profissional da enfermagem; Equipe de saúde. Educação para a saúde. O trabalho com grupos; Os serviços de enfermagem e a estrutura organizacional; Liderança e supervisão em enfermagem; Assistência de enfermagem na emergência clínico-cirúrgica. O atendimento de enfermagem em casos de urgência e emergência; Primeiros socorros; A enfermagem na saúde mental. A assistência integral à saúde mental; Métodos de esterilização de materiais; Administração de medicamentos: métodos e vias, posologia de drogas e soluções, intoxicação por medicamentos; Ações do enfermeiro nos exames complementares; Assistência de enfermagem em programas especiais: DST/SIDA-AIDS, Imunizações, Hipertensão, Diabetes, Pneumologia Sanitária; Assistência de enfermagem e atenção à saúde de crianças e adolescentes. Assistência de enfermagem e atenção à saúde da mulher; conhecimento em programas de vacinação.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

ANAGNOSTOPOULOS, Franklin. O. Projeto de atendimento especializado em HIV e AIDS. Porto Alegre, SMS, 1995; BRASIL; Constituição da República Federativa do Brasil. Porto Alegre: CORAG, 1988; BRASIL. Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990. Lei Orgânica da Saúde; BRASIL. Lei nº 8.142, de 28 de dezembro de 1990. (Participação da comunidade e transferências intergovernamentais); BRASIL. MINISTÉRIO DA SAÚDE. Departamento de Atenção Básica. Hipertensão arterial sistêmica (HAS) e Diabetes mellitus (DM). Cadernos de Atenção Básica. Caderno 7, Brasília: Ministério da Saúde, 2001; BRASIL. MINISTÉRIO DA SAÚDE. O SUS e o controle social: guia de referência para conselheiros municipais. Brasília: Ministério da Saúde, 1998; BRUNNER, L.S. & SUDDARTH, D.S. Enfermagem médico-cirúrgica. 8.ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000; FLETCHER, R.H. Epidemiologia clínica. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 1998; HOOD, G.H. & DINCHER, J.R. Fundamentos e prática da enfermagem: atendimento completo ao paciente. 8 ed. Porto Alegre: Artes Médicas, 1995; Lei nº 7.498/86. Lei do exercício profissional; NETTINA, Sandra M. Prática de enfermagem. 6 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1999; OSÓRIO, Luiz Carlos. Grupos: teoria e prática: acessando à era da grupalidade. Porto Alegre: Artes Médicas, 2000; ZIMERMANN, David E. & OSÓRIO, Luiz Carlos. Como trabalhamos com grupos. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997 e outros livros que abranjam o programa proposto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Engenheiro Sanitarista

Importância do abastecimento de água. A água na transmissão de doenças. Qualidade, impurezas e características físicas, químicas e biológicas da água; padrões de potabilidade; controle da qualidade da água. Consumo de água; estimativa de população. Captação de águas superficiais e subterrâneas: tipos de captação; materiais e equipamentos; dimensionamento; proteção. Adução de água: tipo de adutoras; dimensionamento; materiais empregados; bombas e estações elevatórias. Reservatórios de distribuição: tipos, localização, dimensionamento. Redes de distribuição: traçado, métodos de dimensionamento, materiais empregados. Tratamento de água de abastecimento para pequenas e grandes comunidades: coagulação/floculação; decantação; filtração; oxidação/desinfecção; fluoretação/desfluoretação; aeração - tecnologias, dimensionamento e composição do tratamento em função da qualidade da água bruta. Sistemas de coleta de esgotos sanitários: traçado, materiais e equipamentos, dimensionamento; operação e manutenção. Tratamento coletivo e individual de águas residuárias domésticas: características dos esgotos; processos e grau de tratamento; tratamento preliminar; tratamento secundário e terciário; tratamento do lodo; reuso da água e disposição no solo. Tratamento de efluentes industriais: características dos efluentes; tipos de tratamento; dimensionamento; recuperação de materiais. Drenagem urbana: traçado, materiais, dimensionamento, manutenção. Resíduos sólidos: conceito, classificação, acondicionamento, coleta, transporte e destino final; limpeza pública. Resíduos hospitalares: armazenamento, coleta, destino final, normas técnicas aplicáveis. Ecologia e poluição ambiental. Consciência ecológica. A problemática ambiental e o ambiente de negócios. Normas ISO 14000. Uso sustentado de recursos naturais. O estabelecimento de padrões de qualidade ambiental. O zoneamento ambiental. A avaliação de impacto ambiental - EIA. O relatório de impacto ambiental - RIMA. O licenciamento ambiental e a revisão de atividades efetivas ou potencialmente poluidoras - LAP, LAI, LAO. A criação de espaços territoriais especialmente protegidos pelos Poderes Públicos, Federal, Estadual e Municipal, denominadas áreas naturais protegidas. O Sistema Nacional de Informações sobre o Meio Ambiente. Os cadastros Técnicos Federais: a) de Atividades e Instrumentos de Defesa Ambiental; b) de Atividades potencialmente poluidoras e/ou utilizadoras dos recursos ambientais. As penalidades disciplinares ou compensatórias ao não cumprimento das medidas necessárias à preservação ou correção da degradação ambiental. O Relatório de Qualidade do meio Ambiente e sua divulgação pelo IBAMA: as legislações pertinentes.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Livros Técnicos/Específicos da Área.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Farmacêutico Bioquímico

Legislação Farmacêutica e Ética Profissional: Medicamentos controlados e entorpecentes; Medicamentos genéricos; Farmácia Ambulatorial e Hospitalar: Seleção e medicamentos; Aquisição, produção, controle, armazenamento e conservação de medicamentos; Distribuição de medicamentos e controle de consumo; Informações sobre medicamentos; Farmacologia Geral: Princípios gerais e farmacocinéticas; Princípios gerais e farmacodinâmicos; Interações de medicamentos; Medicamentos que atuam em vários sistemas; Medicamentos que atuam em vários aparelhos; Grupos especiais de medicamentos (antiinflamatórios, antipiréticos, antibióticos, quimioterápicos, antimicrobianos, antivirais, autacóides, hormônios, antissépticos e desinfetantes, nutrição e vitaminas); Farmacotécnica: Definição e objetivos da farmacotécnica; Conceitos básicos em farmacotécnica; Classificação dos medicamentos; Vias de administração; Conservação, dispensação e acondicionamento de medicamentos; Medidas de doses de medicamentos; Formas farmacêuticas; Preparações de soluções não estéreis; Preparações de soluções estéreis, (inclusive NPP e QT); Controle de Qualidade: Fundamentos teóricos; Testes biológicos; Testes físicos; Métodos químicos; 6. Controle de Infecção Hospitalar: Agentes químicos no controle de infecção hospitalar; Comissão de controle de infecção hospitalar; Comissão de farmácia terapêutica; Assistência Farmacêutica: No dispensário; Relações com equipes e usuários.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Livros Técnicos/Específicos da Área.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Fisioterapeuta

Anatomia geral. Osteologia. Miologia. Articulações. Cinesiologia. Fisiologia e neurofisiologia muscular. Estrutura do músculo esquelético. Excitação do nervo e das fibras musculares esqueléticas. Fontes de energia para contração muscular. Tipos de fibras musculares. Unidade motora. Fibras nervosas. Receptores tendinosos, musculares e articulares. Controle motor - componentes segmentares e supra segmentares. Tipos de contração muscular. Avaliação fisioterápica. Exame de membros superiores, inferiores e coluna vertebral. Teste muscular. Exame sensitivo - motor e reflexos. Patologias osteoarticulares. Patologias reumáticas. Patologias neurológicas. Patologias musculares. Reabilitação em hemofilia. Reabilitação do amputado. Próteses e órteses. Recursos fisioterapêuticos.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Livros Técnicos/Específicos da Área.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Fiscal de Tributos

Tipos de tributos. Fiscalização de tributos. Sistema Tributário Nacional - disposições gerais, Competências tributárias e suas limitações, Impostos de competência dos municípios, Taxas e Dívida Ativa. Conhecimento da legislação no que se refere a Sistema Tributário, edificações, parcelamento, uso e ocupação do solo e demais disposições da legislação urbanística:

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Constituição da República Federativa do Brasil, Código Tributário Nacional - Lei 5.172 de 25/10/1966,

E outros livros que abranjam o programa proposto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Fonoaudiólogo

Comunicação verbal e não verbal. Linguagem e comunicação no idoso. Alterações de memória no idoso. Cuidados relacionados à alimentação. Dominância cerebral e linguagem. Classificação, avaliação e tratamentos das afasias. Reabilitação nas seguintes patologias: acidente vascular cerebral; doenças da unidade motora; doenças degenerativas do sistema nervoso central; reabilitação nas neoplasias; distúrbio de audição. Gagueira. Respiração: tipo, capacidade, coordenação pneumofônica. Ressonância. Avaliação de terapia de motricidade oral. Distúrbio articulatório. Fonoaudiologia escolar. Disfonia. Fissuras. Paralisia cerebral. Avaliação e tratamento da disfonias.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Livros Técnicos/Específicos da Área.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Médico Angiologista

Exame clínico do paciente vascular: venoso, arterial e linfático. Métodos não invasivos e invasivos no diagnóstico das doenças vasculares. Angiorradiologia diagnóstica e terapêutica. Insuficiência arterial crônica das extremidades. Arterites e arterioplastias funcionais. Aneurismas: verdadeiros e falsos (de aorta torácica e abdominal; periféricos). Síndrome do desfiladeiro cervical. Insuficiência cérebro-vascular extracraniana. Insuficiência vascular visceral. Hipertensão Renovascular.Doença tromboembólica venosa. Varizes de membros inferiores. Insuficiência venosa crônica. Linfaringite e erisipela. Linfedemas. Úlceras de perna. Angiodisplasias. Acessos vasculares para hemodiálise. Oclusões arteriais agudas. Traumas vasculares. Pé diabético. Simpatectomias. Terapêuticas: anticoagulante, fibrinolítica, antiplaquetária, hemorreológica.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Livros Técnicos/Específicos da Área.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Médico Cardiologista

Evolução das políticas de saúde no Brasil; Sistema Único de Saúde-SUS: conceitos, fundamentação legal, diretrizes e princípios, participação popular e controle social; A organização social e comunitária; O Conselho de Saúde; Insuficiência cardíaca. Síndromes isquêmicas agudas. Síndromes isquêmicas crônicas. Hipertensão arterial sistêmica. Lesões orovalvulares adquiridas. Fisiologia do exercício. Metodologia do teste ergométrico cardiopulmonar. Parâmetros clínicos, hemodinâmico e eletrocardiográfico avaliados durante o teste ergométrico. Valor preditivo e prognóstico do teste ergoespirométrico. Efeitos de drogas e dos distúrbios metabólicos no teste ergométrico. Técnicas radioisotópicas e o teste ergométrico. O teste ergométrico no pós-infarto agudo do miocárdio, angioplastia e trombólise coronariana. O teste ergométrico nas cardiopatias congênitas e doenças orovalvulares. O teste ergométrico em programas de reabilitação cardíaca. Programa de reabilitação cardíaca: fisiopatologia do repouso prolongado. Fases do programa. Metodologia de avaliação, prescrição, monitoramento e progressão. O treinamento físico em doenças crônicas: hipertensão arterial sistêmica; diabetes mellitus; insuficiência cardíaca; dislipidemias; doença pulmonar crônica. Programa de treinamento físico na terceira idade. Doenças Tromboembolicas; Embolia Pulmonar; Cardiopatias congênitas; Doença Ateroesclerótica; Arritmias; Pericardite; Miocardiopadia Familial; Miocardiopatia. Infecciosa ou Inflamatória; Miocardiopatia Nutricional; Tumores do Coração; Doenças da Aorta.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Tratado de Medicina Interna - Cecil Loeb; e outros livros que abranjam o programa proposta.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Médico Cirurgião

Respostas endócrino-metabólicas ao trauma. Equilíbrio hidrosalino e Ácido básico. Nutrição em cirurgia. Cicatrização, Ferida cirúrgica, Fundamentos Técnicos dos processos da Síntese Cirúrgica. Infecção Cirúrgica. Cuidados do pré e pós-operatório. Choque. Parada cardíaca. Insuficiência respiratória aguda. Hemorragia, distúrbio de coagulação, terapêutica transfusional. Insuficiência renal aguda. Anestesia, aspectos gerais, bloqueios, anestesia local e geral. Traumatismo em geral, Politraumatizado, Primeiro socorro e transporte. Traumatismo do crânio e da face, aspectos gerais. Traumatismos cervicais; Traumatismos torácicos; Traumatismos abdominais. Traumatismos pelve-perineais. Traumatismos vasculares periféricos. Queimaduras. Afecções cirúrgicas do pescoço; anomalias congênitas, tumores primitivos, adenopatias e infecções cervicais, tumores das glândulas salivares. Afecções cirúrgicas da tireóide e da paratireóide. Afecções cirúrgicas supra-renais. Afecções cirúrgicas da mama. Afecções cirúrgicas da parede torácica, Toracotomias. Afecções cirúrgicas da pleura e do pulmão. Afecções cirúrgicas da parede abdominal, Hernias. Afecções cirúrgicas do medianismo. Afecções cirúrgicas do peritônio e do retoperitônio. Acesso a cavidade peritoneal, drenagens. Afecções cirúrgicas do diafragma. Abdome agudo. Aspectos gerais. Obstruções intestinais. Hemorragia digestiva. Afecções cirúrgicas do esôfago. Afecções cirúrgicas do fígado e das vias biliares. Afecções cirúrgicas do estômago. Afecções cirúrgicas do duodeno. Afecções cirúrgicas do pâncreas. Afecções cirúrgicas do Jejunoíleo. Afecções cirúrgicas do colo e apêndice vermiforme. Afecções cirúrgicas do reto e ânus. Afecções cirúrgicas do baço. Sintomas. Hipertensão portal. Arteriopatias oclusivas. Insuficiência arterial aguda. Infecções, tumores e cistos, da pele e do tecido celular subcutâneo. Neoplasias: Aspectos Gerais. Afecções cirúrgicas das veias. Úlcera de perna.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Sabiston - Tratado de Cirurgia Geral, 17ª Edição; Elsevier, 2005. Goffi, Fabio - Técnica Cirúrgica: Bases Anatômicas, Fisiopatologias e Técnica de Cirurgia; 4ª Edição, Atheneu. Pinotti, H.W. - Tratado de Clínica Cirúrgica do Aparelho Digestivo; São Paulo, Atheneu,1994. Cruz, Geraldo M.G. (organizador) - o Coloproctologia; Rio de Janeiro, Libraria e Editora Revinter, 1999. E outros livros que abranjam o programa proposto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Médico Dermatologista

Evolução das políticas de saúde no Brasil; Sistema Único de Saúde-SUS: conceitos, fundamentação legal, diretrizes e princípios, participação popular e controle social; A organização social e comunitária; O Conselho de Saúde; Genodermatoses. Dermatoses Vesiculosas e Bolhosas não infecciosas. Dermatoses Eritematosas, papulosas e escamosas não infecciosas. Doenças vasculares. Doenças Sistêmicas com manifestações cutâneas. Doenças inflamatórias dos Apêndices epidérmicos e da cartilagem. Doenças inflamatórias devido a agentes físicos e susbstâncias estranhas. Granulomas não infecciosos. Doenças inflamatórias do tecido celular subcutâneo. Erupções devido a drogas. Dermatoses degenerativas. Dermatoses bacterianas. Treponematoses. Micoses superficiais e profundas. Dermatoses causadas por protozoários. Dermatoviroses. Lipidoses e histiocitoses. Dermatoses metabólicas. Distúrbios pigmentares. Doenças do tecido conjuntivo. Tumores e cistos da epiderme. Tumores dos apêndices epidérmicos. Carcinomas metastáticos. Tumores do tecido fibroso. Tumores vasculares. Tumores dos tecidos adiposo, muscular, ósseo e neural. Tumores melanocíticos benignos e melanoma maligno. Linfoma e Leucemia. Cirurgia dermatológica. Terapêutica tópica. Dermatologia sanitária.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Tratado de Dermatologia, Thomas B. Fitzpatrick; Klaus Wolff; Irwin M. Freedberg; Et Al., Editora: Revinter; Atlas de Dermatologia Clinica, ANTHONY DU VIVIER, Editora: editora manole Ltda; Sampaio SAP et al - Dermatologia Básica, Artes Médicas; Lacaz CS et al - Micologia Médica, Sarvier; Fitzpatrick TB et al - Dermatology in General Medicine, Mc Graw-Hill Book Company; Lever WF & Schaumburg-Lever G - Histopatologia da Pele, Editora Manole Ltda; Domonkos NA - Andrews Diseases of the Skin, WB Saunders Company; Rook A et al - Textbook of Dermatology, Blackwell Scientific Publications; Petres J & Hunderker M - Dermatosurgery, Springer-Verlag. E outros livros que abranjam o programa proposto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Médico Endocrinologista

Evolução das políticas de saúde no Brasil; Sistema Único de Saúde-SUS: conceitos, fundamentação legal, diretrizes e princípios, participação popular e controle social; A organização social e comunitária; O Conselho de Saúde; Mecanismo de Ação Hormonal. Ensaios hormonais. Fisiologia e Patologia Neuroendócrinas. Hipófise Anterior: embriologia, anatomia, tipos celulares, irrigação e inervação; testes de avaliação hipotálamo-hipofisária; hipofunção; tumores. Hipófise Posterior: anatomia, química, biossíntese e liberação dos hormônios, regulação das secreções hormonais e ações biológicas; hipofunção; hiperfunção. Tireóide: anatomia e fisiologia; hipertireoidismo; hipotireoidismo; nódulos e neoplasia. Cortex Adrenal: insuficiência adrenocortical; hiperfunção adrenocortical; defeitos congênitos na biossíntese de esteróides adrenais. Medula Adrenal: estrutura do sistema simpato-adrenal; catecolaminas; receptores adrenérgicos; fisiologia e patofisiologia do sistema simpático adrenal; desordens do sistema nervoso simpático; feocromocitoma, neuroblastoma; ganglioneuroma. Hipertensão endócrina. Testículo: anatomia e histologia; fisiologia; avaliação clínica do eixo hipotálamo-hipófise-testicular; alterações fisiológicas da função, dependentes da idade; alterações clínicas; falência de células germinativas; alterações associadas com secreção não fisiológica de gonadotrofinas; criptorquidia; impotência. Ovário: desenvolvimento folicular e mecanismo de controle; correlações fisiológicas da atividade ovariana com a idade; alterações ovarianas nas adolescentes, adultas, jovens e meia idade. Dferenciação sexual: determinação e diferenciação sexual normais e anormais; abordagem clínica das alterações de diferenciação sexual. Pâncreas endócrino: diabetes mellitus. Hipoglicemia. Aterações do metabolismo dos lipídeos. Metabolismo mineral. Doença óssea metabólica. Distúrbios do crescimento e desenvolvimento. Alterações endócrinas multiglandulares. Produção hormonal ectópica. Obesidade. Anorexia-bulimia.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Willians, R.H. - Textbook of Endocrinology/Ed by R. H. Willians, 9ª Ed, Philadelphia; W.B. Saunders; Felig Philip Endocrinology and Metabolism/Ed by P. Felig (etal) e ed. New York, Macgraw-Hill; Hedge, G.ª; Colby, H.D. & Goodman, R.L. - Clinical Endocrine Physiology. W.B. Sauders Company, Philadelphia, 1ª edição, 1997; Greenspan, F.S. & Strewler, G. J. - Basic & Clinical Endocrinology. Prentice - Hall International Inc., 5ª Edição, 1997. E outros livros que abranjam o programa proposto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Médico Geriatra

Aspectos gerais do envelhecimento e gerontologia; Transição demográfica e epidemiológica; Teorias sobre envelhecimento; Aspectos biológicos e fisiológicos do envelhecimento; Política Nacional do Idoso; Aspectos legais e éticos; O idoso na sociedade; equipe multidisciplinar; Modalidades de atendimento; Cuidados com o paciente terminal; Prevenção e promoção da saúde; Sexualidade no idoso; Geriatria; Psicogeriatria: demências; delirium e depressão; Instabilidade postural e quedas; Imobilidade e úlceras de pressão; Incontinência urinária e fecal; Iatrogenia e farmacologia no idoso; Hipertensão arterial; Insuficiência cardíaca; Arritmias; Doenças coronarianas e cerebrovasculares no idoso; Parkinson; tremores; neuropatias e epilepsia; Pneumonia; doença pulmonar obstrutiva crônica; embolia pulmonar; Reabilitação; Nutrição; Visão e audição; Osteoartrite; osteoporose e paget; Diabetes e tireóide; anemia e mieloma; Imunizações e infecções; Neoplasias; Doenças dermatológicas; Aparelho gastrintestinal; Infecção urinária; Terapia de reposição hormonal.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Tratado de Medicina Interna - Cecil Loeb e outros livros que abranjam o programa proposto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Médico Ginecologista

Conhecimentos Específicos Anatomia, histologia, embriologia dos órgãos genitais e da mama. Assistência à anticoncepção.Fisiologia da reprodução. Infecção genital. Corrimento genital. Vulvovaginites e cervicites. Doenças sexualmente transmissíveis. AIDS. Doença inflamatória pélvica. Exames complementares em ginecologia. Disfunção menstrual. Hemorragia intermenstrual. Dismenorréia. Amenorréia. Climatério. Mastologia. Medicina fetal. Avaliação da maturidade fetal. Drogas na gravidez. Infecções fetais. Diagnóstico do trabalho do parto. Isoimunização Rh e ABO. Hipertensão arterial na gestação. Avaliação fetal. Assistência ao pré-Natal de baixo e alto risco. A Prática da Amamentação. Programa de Saúde da Mulher.

Noções de Psicologia Clínica aplicada à Medicina. Temas específicos de Ginecologia: Conhecimento do ciclo menstrual normal e suas alterações: menarca (precoce e tardia); ciclos irregulares; amenorréia; dismenorreia; TPM; climatério; menopausa; Puberdade precoce. Anticoncepção. Terapia de Reposição hormonal. Diagnóstico e conduta nas Infecções vaginais. Diagnóstico e conduta na algia pélvica. Esterilidade- Identificação e propedêutica elementar. Distopias genitais- identificação. Diagnóstico e conduta nas infecções urinarias. Diagnóstico e conduta nas doenças sexualmente transmissíveis. Exames preventivos de câncer de mama e colo. Diagnóstico e conduta nas afecções benignas do ovário. Diagnóstico e conduta nas afecções benignas da mama. Diagnóstico nas afecções malignas ginecológicas: mama/colo; endométrio/ovário. Noções das disfunções sexuais. Temas específicos de Obstetrícia: Diagnóstico clínico e laboratorial do estado de gravidez. Modificações gravídicas gerais e locais e suas implicações clínicas. Alterações emocionais da gestante. Crescimento e desenvolvimento fetal normal. Desvios do crescimento fetal - Crescimento Fetal Restrito- Macrossomia. Assistência pré-natal: aspectos clínicos; sintomas mais comuns; evolução da gestação normal - seguimento de consultas; exames primordiais de pré-natal. Identificação de risco obstétrico. Caracterização da hipertensão e seu manejo. Conduta em gestante Rh negativo. Diagnóstico e conduta no abortamento evitável e inevitável. Diagnóstico e conduta na placenta de inserção baixa. Diagnóstico e conduta na mola hidatiforme. Diagnóstico e conduta no abortamento habitual. Diagnóstico e conduta nas alterações de líquido amniótico. Diagnóstico e conduta na rotura prematura pré termo de membranas ovulares. Diagnóstico e conduta na gestação pós data e na prematuridade. Diagnóstico e conduta nas gestações múltiplas. Ginecopatias e gravidez. Rastreamento e diagnóstico do diabetes gestacional. Rastreamento e diagnóstico de anemia na gravidez. Doenças infecciosas na gestação: Rubéola, HIV, Lues, Toxoplasmose. Orientação para amamentação. Orientação sobre o preparo para o parto. Medicamentos na gravidez.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Halbe, Hans W. - Tratado de Ginecologia, Vol. I e II, Roca. Manuais de Orientação - Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo). Tratado de Ginecologia e Obstetrícia - Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo). E outros livros que abranjam o programa proposto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Médico Homeopata

Evolução das políticas de saúde no Brasil; Sistema Único de Saúde-SUS: conceitos, fundamentação legal, diretrizes e princípios, participação popular e controle social; A organização social e comunitária; O Conselho de Saúde; Introdução aos princípios da Homeopatia hahnemanniana; Introdução à clínica homeopática; Introdução à ciência homeopática; Panorama da Medicina Ocidental nos Séculos XVIII e XIX; Panorama da Clinica Médica da Antigüidade a Hahnemann; Hahnemann: vida e obra; Pilares da Homeopatia; Força ou Energia Vital; Influência dinâmica; Suscetibilidade e Noxa; Missão e conhecimentos necessários ao Médico; Sintoma e Totalidade de Sintomas; Organon 6ª edição: história do ostracismo; Organon 6ª edição: estrutura; Interação afecções no mesmo organismo; Efeito primário e secundário; Modelo homeopático; Classificações das doenças segundo Hahnemann; Doenças agudas; Doenças crônicas; Teoria da Psora; Exame individualizador do caso de doença; Totalidade dos sintomas; Sintomas característicos; Patogenesia versus intoxicação; Patogenesia: Hahnemann, AMHB & placebo; Matérias Médicas: origem, classificação e estrutura; Dinamização ou Potencialização; Evolução clínico-farmacêutica: 5ª - a 6ª ed. do Organon; Medicamentos: origem e nomenclatura; Prática farmacêutica: preparo da Centesimal; Prática farmacêutica: preparo da Cinqüenta-milesimal; Sistema terapêutico da 6ª edição do Organon; Sintomas novos, Eliminações, Supressão; Medicamento parcialmente homeopático versus similimum; Doenças parciais ou oligossintomáticas; Doenças locais; Doenças mentais; Obstáculos à cura; Vacinação pré-conceitos; Vacinação conceitos hahnemannianos; Vacinação, infecções na infância e atopia; Uso de paliativos e antibióticos; Globalização da Homeopatia no século XIX; Homeopatia e ética na clínica e pesquisa; Estrutura de um texto científico; Noções de Epidemiologia clínica; Homeopatia e pesquisa científica; História inicial da Homeopatia nos EUA; Hering: vida e obra; Leis de Hering vs princípios hahnemannianos; Kent: vida e obra; Kent: princípios clínicos; Kent: prognósticos clínico-dinâmicos 1; Kent: prognósticos clínico-dinâmicos 2; Hahnemann vs Hering & Kent; Escolas argentinas e mexicana de Homeopatia; Níveis de cura; Decimal, Korsakov, Fluxo contínuo; Veículos homeopáticos; Receituário homeopático; Formas farmacêuticas de dispensação; Escolas francesas de Homeopatia 1; Escolas francesas de Homeopatia 2; História da Homeopatia no Brasil; História dos repertórios; Métodos de repertorização; Sintomas biopatográficos; Correntes terapêuticas; Homeopatia no SUS.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Homeopatia: Princípios Básicos, L. Mercier, Editora: Andrei; Tratado de Homeopatia, Pierre Cornillot, Editora: Artmed. E outros livros que abranjam o programa proposto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Médico Nefrologista

Abordagem do paciente com doença renal; Estrutura e função dos rins; Hipertensão arterial sistêmica; Doença hipertensiva específica da gravidez; Uropatia obstrutiva, nefrolitíase; Infecção urinária; Abscesso renal e perirenal; Distúrbios hidroeletrolíticos; Distúrbios ácido-básicos; Insuficiência renal aguda; Insuficiência renal crônica; Doenças glomerulares; Doenças tubulointersticiais e nefropatias tóxicas; Distúrbios vasculares do rim; Doenças císticas do rim; Tumores do rim, do ureter e da bexiga; Incontinência urinária; Diabetes mellitus; Diálise; Transplante renal. Ênfase em saúde coletiva. Doenças de Notificação Compulsória. Código de Ética Médica.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Hricik , Donald E. . SEGREDOS EM NEFROLOGIA. Sao Paulo: Artmed , 2002; Zoll Jr., Anthony J. SEGREDO EM MEDICINA INTERNA. Porto Alegre: Artes Medicas, 2000; ATUALIDADES EM NEFROLOGIA. Sao Paulo : Sarvier , 2004. E outros livros que abranjam o programa proposto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Médico Neurologista

Anatomia e Fisiologia do Sistema nervoso Central e periférico. Patologia e Fisiopatologia dos transtornos do Sistema Nervoso Central e Periférico. Semiologia neurológica. Grandes categorias das afecções neurológicas: demências e distúrbio da atividade cortical superior; comas e distúrbios do estado da consciência; distúrbios do movimento; distúrbios do sono. Doença cérebro-vascular. Doenças neuromusculares - nervos, músculos e junção mio-neural; doenças tóxicas e metabólicas; tumores; doenças desmielinizantes; doenças infecciosas do sistema nervoso; doença neurológica no contexto da infecção pelo HIV; epilepcias; hidrocefalias e transtornos do fluxo liquórico; cefaléias; disgenesias do sistema nervoso; manifestações neurológicas das doenças sistêmicas; neurologia do trauma e urgências em neurologia. Indicações e interpretações da propedêutica armada em neurologia: líquor, neuroimagem, estudos neurofisiológicos - eletroencefalograma, eletroneuromiografia e potenciais evocados, medicina nuclear aplicada à neurologia.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Principles of Neurology - Adms and Victor, Mc Graw, Hill Book Company; Fisiopatologia do Sistema Nervoso Central - Scaff, Canelas, Assis - Sarvier; Encyclopedie Medico-Chirurgicale neurologic, Ed Techines; Tratado de Medicina Interna - Cecil; AIDS and Neurology - J. McArthur and MJG Harrison, Churchill Livingstone; Propedêutica Neurológica Básica - Wilson Luiz Sanvito, Atheneu. E outros livros que abranjam o programa proposto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Médico Neuropediatra

Epilepsias; Neurites; Convulsões; Paralisias; Cefaléias; Farmacodinâmica das Drogas Neuroativas; Sistema Vascular Cerebral; Hidrocefalia; Ação de Drogas Ilícitas no SNC; Traumatismos Cranianos; Doenças Degenerativas; AVCI; AVCH; Neuroanatomia; Sintomas causados por afecções neurológicas; Afecções neurológicas de etiologia conhecida; Doenças de origem vascular; Alterações do líquido cerebral e cefalorraquidiano; Tumores; Trauma; Tocotraumatismos e malformações; Doenças hereditárias devidas a erros metabólicos conhecidos; Doenças nervosas de etiologia desconhecida; Síndromes neurocutâneas; Afecções dos nervos cranianos; Afecções dos nervos periféricos; Ataxias e demência; Distúrbios da motilidade; Afecções da medula; Placa mioneural; Miopatias; Doenças desmielinizantes; Sistema Nervoso autônomo; Doenças de caráter intermitente ou paroxístico; Doenças sistêmicas; Neurologia do ambiente; A Consulta Pediátrica; O Recém-nascido; Crescimento, desenvolvimento e seus problemas do RN à puberdade; Distúrbios nutritivos; Os problemas neurológicos (e neuromusculares); Os problemas oftalmológicos na criança; Os problemas do ouvido, nariz e garganta; Os distúrbios respiratórios; Os distúrbios cardiológicos; Os problemas do aparelho digestivo e da parede abdominal; A criança ictérica; Os problemas urinários; Os problemas da região inguinoescrotal e dos órgãos genitais externos; Os problemas da pele e as doenças exantemáticas e o edema; Os problemas do sistema osteoarticular e as colagenoses; Os problemas hematológicos; Hepatoesplenomegalia e adenomegalia; A febre, as infecções e as infestações na infância; Os tumores na infância; Antibióticos e quimioterápicos em pediatria.Saúde Pública, Atualidades sobre Saúde Pública e Atualidades sobre Medicina Geral.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Livros que abranjam o programa proposto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Médico Ocupacional

Normas regulamentadoras ( NR-4, NR-6, NR-7, NR-13, NR-15, NR-16, NR-17, NR-21), inclusive com as alterações NR-7, Of-Port. nº 2 de 29.12.94. Aspectos epidemiológicos nas empresas. Doenças profissionais. Identificação. Medidas preventivas e tratamentos. Conhecimentos específicos em L.E.R. Noções de saúde mental do trabalhador. Conceituação de saúde ocupacional. Legislação e organização dos serviços de segurança, higiene e Medicina do Trabalho, inclusive programas sobre AIDS e outras D.S.T. Noções de epidemiologia. História natural das doenças profissionais devidas a agentes químicos, físicos e biológicos. Noções de estatísticas; higiene e saneamento do meio ambiente (reconhecimento, avaliação de controle de riscos ambientais); fisiologia do trabalho. Agentes mecânicos de doenças profissionais. Acidentes do trabalho. Cadastro de Acidentes. Noções de toxicologia (alcoolismo, tabagismo e outras drogas nas empresas). Limites de tolerância. Doenças causadas por ruídos: trauma acústico. Controle médico dos trabalhadores menores, do sexo feminino, idosos e expostos à agentes físicos e químicos. Controle do uso de drogas causadoras de dependência entre os trabalhadores. Readaptação e reabilitação profissional. Exames pré-admissionais. Exames médicos periódicos. Imunizações de interesse ocupacional.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Mendes, Rene. PATOLOGIA DO TRABALHO. Sao Paulo: Atheneu , 1995; Mendes, Rene. MEDICINA

DO TRABALHO E DOENCAS PROFISSIONAIS. Sao Paulo: Sarvier , 1980; NR-4, NR-6, NR-7, NR-13,

NR-15, NR-16, NR-17, NR-21. E outros livros que abranjam o programa proposto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Médico Oftalmologista

Noções de Anatomia e Fisiologia ocular. Correção cirúrgica das afecções palpebrais. Cirurgia da conjuntiva. Cirurgia da córnea. Cirurgia da órbita. Traumatismos oculares. Anomalias da refração. Afecções da conjuntiva, córnea e esclera. Afecções do trato uveal. Manifestações oculares em doenças do sistema nervoso. Manifestações oculares em doenças sistêmicas. Afecções do cristalino. Tumores oculares. Afecções das pálpebras. Afecções da órbita. Afecções das vias lacrimais. Prevenção da cegueira. Fundo de olho: normal; na retinopatia hipertensiva; na retinopatia diabética. Queimaduras oculares. Urgências em oftalmologia. Glaucoma.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Manuais básicos do CBO. MELLO, Paulo Augusto de Arruda. Glaucoma - Princípios Gerais/ Diagnóstico e Tratamento. Ed. Ciba Vision Latino América. 1999.; International Ophthalmology Clinics - Tumores Oculares Malignos / Farmacologia. Ed. Ciba Vision Latino América. 1994. International Ophthalmology Clinics - Ojo Seco / Cirurgia de la Catarata. Ed. Ciba Vision Latino América. 1995. BONOMO; CUNHA. Doenças da Mácula. Ed.Roca. 1993. KANSKI, J. Oftalmologia Geral. DUANE, Thomas D. Clinical Ophtalmology. CD Rom. DIAS, Carlos Souza. Estrabismo. Ed.Roca. 1986. ADLER. Fisiología del Ojo. Ed. Panamericana, 1987. PRADO, Durval. Noções de Óptica. Ed. Ótica Revista. 1987. ELDER, Duke. Prática de Refração em Oftalmologia. Ed. Livraria Atheneu. 1984. ORÉFICE, Fernando. Uveítes. Ed.Roca. 1987. Salz/Mcdonell. Corneal Laser Surgery. Ed. Mosby. 1995. E outros livros que abranjam o programa proposto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Médico Ortopedista

Evolução das políticas de saúde no Brasil; Sistema Único de Saúde-SUS: conceitos, fundamentação legal, diretrizes e princípios, participação popular e controle social; A organização social e comunitária; O Conselho de Saúde; Fraturas e luxações: membro superior e inferior, coluna, bacia, na criança. Contusões, entorses e ferimentos em geral. História natural da postura e dos desvios angulares fisiológicos na criança. Doença osteometabólica (distúrbio do metabolismo do cálcio e do fósforo). Malformações congênitas: membro superior e inferior, esqueleto axial. Paralisia cerebral. Mielomeningocele. Doenças musculares. Doenças de Legg-Calvé-Perthes. Epifisiolistese proximal do fêmur. Osteomielites e Pioartrites. Tumores ósseos benígnos e malignos. Artrite reumatóide juvenil e do adulto. Osteoartrose. Malformações adquiridas. Osteocondrites e osteocondroses em geral. Doenças infecciosas específicas do aparelho locomotor (Tuberculose, Sífilis, Hansen, Brucelose).

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Mihran º Tchdjian: Clinical Pediatric Orthpedics. The art of Diagnosis and Principles of Management - Appleton & Staniford CT, 1997; Charles A Rockwood Jr and Davis P. Green - Fractures, 3 Vol. J.B. Lippincott Company, 1984; Muller, Algower, Schneider & Willenegger - Manual de Fixação Interna - 3ª Edição; Sharrard, WJW: Paediatric Orthopaedics and Fractures. E outros livros que abranjam o programa proposto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Médico Otorrinolaringologista

Anatomia e fisiologia de ouvido, nariz, cavidades paranasais, laringe, faringe, pescoço. Antibioticoterapia em otorrinolaringologia. Corticoterapia em otorrinolaringologia. Relação médico paciente. Tratamento clínico das otites externa, média aguda e crônica. Perda Auditiva Induzida por Ruído, identificação e relatórios. Abordagem do paciente com vertigem. Paralisia Facial Idiopática:tratamento. Tratamento das rinosinusites infecciosas e alérgicas. Cefaléias em Otorrinolaringologia. Tratamento das faringotonsilites agudas e crônicas. Indicação de adenoamigdalectomia. Abordagem do paciente com sialoadenites. Investigação do paciente com tosse. Tumores da cavidade oral. Massas cervicais. Câncer de laringe. Lesões fonotraumáticas de laringe. Síndrome do refluxo faringo-laríngeo. Disfagia orofaríngea.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Campos, Carlos A.H, Costa, Henrique O. Tratado de Otorrinolaringologia. São Paulo, Editora Roca Ldta, 1ª ed, 2003. E outros livros que abranjam o programa proposto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Médico Pediatra

Código de Ética Médica; Preenchimento da Declaração de óbito; - Doenças de Notificação Compulsória; Princípios do Atendimento Clínico anamenese, no diagnóstico e na orientação; Neonatologia: exame físico e diagnóstico das condições do recém-nascido (RN), cuidados com o RN normal e de baixo peso, principais características e patologia mais comuns do RN normal e do prematuro, desconforto respiratório, distúrbios metabólicos; Atenção: integral à criança em idade escolar; assistência individual e ações coletivas na escola e na creche; Adolescência: principais necessidades e problemas de saúde; Crescimento e desenvolvimento da criança e do adolescente: normalidade e distúrbios mais comuns; Alimentação: aleitamento materno, necessidades nutricionais e higiene alimentar da criança e do adolescente; Imunizações; Diarréia aguda e crônica: aspectos epidemiológicos, etiologia, diagnóstico e tratamento; Terapia de rehidratação oral; Doenças respiratórias: aspectos epidemiológicos, principais afecções da criança e do adolescente; diagnóstico e terapêutica. Propostas de intervenção na morbimortalidade; Acidente: principais características da morbidade e mortalidade, diagnóstico e tratamento dos acidentes mais freqüentes na infância e adolescência; Distrofias: desnutrição, desvitaminoses, anemias carenciais; Aspectos sociais, Diagnósticos e tratamento; Distúrbios hidroeletrolíticos e do equilíbrio ácido-básico; Parasitoses intestinais: aspectos epidemiológicos, diagnóstico, tratamento e prevenção; Doenças infecto-contagiosas próprias da infância; AIDS na infância, Diagnóstico, formas clínicas e condutas terapêuticas; Problemas oftalmológicos mais comuns na infância; Tuberculose: aspectos epidemiológicos, manifestações clínicas, diagnóstico e terapêutica; Infecções do Trato urinário, Glomerulonefrite Aguda e Síndrome Nefrótica; Insuficiência Cardíaca Congestiva, Cardiopatias Congênitas, Endocardites, Miocardites e Pericardites;Choque Hipotireodismo Congênito; Hipotireoidismo Congênito, Diabetes Melittus; Anemias Hemolíticas, Congulopatias e Púrpuras; Diagnóstico precoce das neoplasias mais comuns da infância; Convulsões, meningites encefalites; Artrites e Artralgias: principais etiologias e diagnóstico diferencial na infância e adolescência; Dores recorrentes: cefaléia, dor abdominal e dor em membros; Adenomegalias e hepatomegalias: principais etiologias e diagnóstiscos diferenciais na infância e adolescência; Patologias cirúrgicas mais comuns da criança e adolescência; Dermatopatias mais frequentes na criança e adolescência; Problemas dermatológicos; Problemas ortopédicos mais comuns na infância e adolescência; A criança vítima de maus tratos, Aspectos psico-sociais, Diagnóstico e condutas; TCE; Intoxicação exógena; Declaração de Nascido Vivo.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA: BEHRMAN, R.R.KLIEGMAN, R.M.& ARVIN, A.M.Texbook of Pediatrics.15 Philadelphia, Saunders Company, 1997; FIORI, Renato.Prática pediátrica de urgência.RS: Medsi,1979; KLAUS,M.H.e FANAROFF.A.A.Care of the high risk neonate.Filadelfia,Saunders,1986; MARCONDES,E.Pediatria básica .SP: Sarvier,1985; RUDOLF,A.Pediatrics.Appleton & Lange,1987, e outros livros que abranjam o programa proposto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Médico Pneumologista

Evolução das políticas de saúde no Brasil; Sistema Único de Saúde-SUS: conceitos, fundamentação legal, diretrizes e princípios, participação popular e controle social; A organização social e comunitária; O Conselho de Saúde; Sintomas e Fisiologia do Sistema Respiratório. Sintomas e Sinais de Sofrimento do Aparelho Respiratório: Dispnéia, Tosse, Expectoração, Dor Toráxica, Cianose, Sibilância. Função Pulmonar: Ventilação, Perfusão e Relação entre ambas; Gasometria; Testes de função pulmonar; Diagnóstico e cirúrgico radiológico (biópsias). Doenças das vis aéreas superiores: Rinites, Amigdalites, orofaringites e Laringopatias. Doenças da ventilação: Síndrome da hiperventilação; Síndrome da hipoventilação; Disritmias respiratórias. Asma, Bronquite crônicas e efisemas. Insuficiência respiratória. Edema agudo do pulmão. Doenças infecciosas pulmonares. Pleuropatias e derrames pleurais. Pneumotórax. Doenças pulmonares difusas: Pneumonia intersticial crônica; Hemosiderose; Sarcoidose; Colagenose. Linfomas. Neuplasias pulmonares. Doenças do mediastino: Linfonodos; Enfisema de mediastino; Mediastinites; Tumores do mediastino. Patologia do Diafragma. Distúrbio na função respiratória. Exame físico, radiográfico e ultrassom do tórax. Patologias do pulmão, pleura e mediastino: incidência, etiologia, diagnósticos diferenciais e terapêutica. Bronquite asma e enfizema. Bronquiestasias. Ritmo respiratório: com alterações e compensação no equilíbrio. Cor pulmonal e Doenças pulmonares de causa ambiental (inclui doenças do trabalho)

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

BETHLEM. Pneumologia. Ed. Atheneu, 2003; SILVEIRA, Ismar Chaves. O Pulmão. Ed. EPUB;TARANTINO. Doenças Pulmonares. Ed. Guanabara, 2002. E outros livros que abranjam o programa proposto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Médico Psiquiatra

Evolução das políticas de saúde no Brasil; Sistema Único de Saúde-SUS: conceitos, fundamentação legal, diretrizes e princípios, participação popular e controle social; A organização social e comunitária; O Conselho de Saúde; CONHECIMENTOS EM PSIQUIATRIA CLÍNICA, ENVOLVENDO: Psicopatologia geral: avaliação do paciente, exame psíquico, conhecimento dos sinais e sintomas das doenças mentais, técnicas semiológicas, avaliação física e neurológica do paciente; noções de exames complementares em psiquiatria (avaliação laboratorial, eletroencefalograma e neuroimagem). Noções de testes psicodiagnósticos (de inteligência e de personalidade) e de testes neuropsicológicos. Nosografia Psiquiátrica: bom conhecimento das principais síndromes psiquiátricas (esquizofrenia, transtornos afetivos maiores, síndromes depressivas e ansiosas, quadros neuróticos e somotoformes, transtornos de personalidade, dependência ao álcool e demais drogas, transtornos psicoorgânicos, etc). Diagnóstico diferencial em psiquiatria. Conhecimento da CID- a 0 e conhecimentos elementares da DSM-IV. Noção de eixos diagnósticos e de comorbidade. Conhecimentos elementares das principais síndromes neurológicas. Psicofarmacologia e outros tratamentos biológicos: conhecimentos dos principais grupos de medicamentos psicofarmacológicos, indicações clínicas, toxicidade, efeitos colaterais, doses utilizadas, tempo de manutenção, interação medicamentosa. Indicações, contra-indicações da eletroconvulsoterapia. Efeitos psiquiátricos de medicamentos usados na clínica geral. . Conhecimentos básicos dos princípios e das técnicas psicoterapêuticas: noções fundamentais de psicoterapaia, aliança terapêutica, setting, contrato, transferência e contratransferência, noções de psicoterapia de apoio, de psicoterapias breves e focais, conhecimentos básicos de técnicas comportamentais e cognitivas. Indicação dos diferentes tipos de psicoterapia para os diferentes grupos de pacientes (por diagnóstico, idade, comorbidades, etc). Conhecimentos básicos de trabalho terapêutico em grupo: noções básicas de terapia em grupo, grupo operativo, formação e condução de um grupo, contrato, comunicação em grupo, indicações e contra-indicações. CONHECIMENTOS EM PSIQUIATRIA SOCIAL E COMUNITÁRIA. NOÇÕES FUNDAMENTAIS REFERENTES À REFORMA PSIQUIÁTRICA NO BRASIL: Noções básicas de planejamento e organização de serviços de saúde mental, de modo geral, no contexto do SUS e no contexto de uma cidade brasileira média. Principais questões inerentes à relação médico-equipe de saúde: questões éticas, de relacionamento humano, respeito às especificidades de cada profissional, conhecimentos básicos da atuação dos diversos profissionais da equipe de saúde mental (psicólogo, enfermeiro psiquiátrico, terapeuta ocupacional, assistente social etc). Noções de planejamento em equipe, tarefas, avaliação de resultados, estabelecimento de metas, liderança, etc. .Funções de uma Unidade Básica de Saúde (Centro de Saúde) em relação à saúde mental. Noções básicas de prevenção em saúde mental. Ações preventivas nos bairros, escolas, ambientes de trabalho, relação com a mídia etc. Noções básicas de como organizar programas comunitários dirigidos a grupos de risco de cronificação e/ou hospitalização permanente: Psicóticos, Alcoolistas e outros dependentes. Deficientes mentais, idosos, etc. Conhecimentos da legislação vigente sobre a Reforma Psiquiátrica. Políticas Públicas de saúde mental, dificuldades, avanços e retrocessos, etc. Noções de Desospitalização, reintegração e reabilitação do doente mental crônico. Relacionamento e utilização de recursos comunitários não-médicos em saúde mental: Associações de bairros, igrejas, clubes, sindicatos etc. NOÇÕES BÁSICAS DE PSIQUIATRIA INFANTIL E DE ADOLESCENTES, E DE PSIQUIATRIA GERIÁTRICA: Principais quadros clínicos encontrados em psiquiatria infantil e de adolescentes. Dificuldades em seu diagnóstico e manejo clínico. Relação com o pediatra e o neuropediatra. Retardo mental, transtorno de comportamento, Transtorno da hipercinesia com déficit de atenção. Abuso e dependência a drogas. Transtornos de aprendizado, fracasso escolar, relação equipe de saúde mental-escola. Família: dinâmica familiar, intervenção em famílias disfuncionais, a visitação domiciliar, grupos de múltiplas famílias (como organizá-las e conduzi-los). Principais quadros clínicos do idoso em saúde mental: Demências, depressão nos idosos, agitação psicomotora no idoso, quadros psicóticos no idoso. Relação família-idoso, relação comunidade-idoso. NOÇÕES BÁSICAS REFERENTES À PRÁTICA PSIQUIÁTRICA EM DOENTES CLINICAMENTE COMPROMETIDOS E GRUPOS POPULACIONAIS ESPECIAIS: Gestantes e lactentes; idosos; pacientes com AIDS. Pacientes com insuficiência renal, hepática, cardíaca ou respiratória. O Doente mental grave com doenças físicas importantes: diagnóstico, manejo, problemas farmacológicos etc. Epilepsia. Papel do Psiquiatra e da equipe de saúde mental com o paciente com epilepsia. . Relacionamento do Psiquiatra com o Clínico Geral e o Pediatra. CONHECIMENTOS BÁSICOS DE PSIQUIATRIA FORENSE E DE ÉTICA MÉDICA: Legislação brasileira, laudo pericial, interdição, relacionamento com a justiça. Implicações éticas e legais de fornecimento de atestados relatórios e laudos. Ética no relacionamento médicopaciente e médico-equipe de saúde.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Almeida Filho N., Coelho M.T.A, Peres M.F.t. O conceito de saúde mental. Revista USP, São Paulo, nº 43, 100-125, 1999 (revisusp@edu.usp.br); Associação Americana de Psiquiatria-APA. Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais -DSM-IV. Editora Artes Médicas, Porto Alegre, 1995; Paim I. Curso de Psicopatologia. Editora Pedagógica e Universitária, 11ª Edição, São Paulo, 1993; Ramos S. P. & Bertolote J.M. (1997) Alcoolismo hoje. Editora Artes Médicas, Porto Alegre, 1997; Yudofsky S.C., Hales R.E. Compêndio de Neuropsiquiatra.Editora Artes Médicas, Porto Alegre, 1996. Mackinnon R. A & Yudofsky S. C. A avaliação psiquiátrica. Ed. Artes Médicas, Porto Alegre, 1988. E outros livros que abranjam o programa proposto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Médico Urologista

Evolução das políticas de saúde no Brasil; Sistema Único de Saúde-SUS: conceitos, fundamentação legal, diretrizes e princípios, participação popular e controle social; A organização social e comunitária; O Conselho de Saúde; Fisiopatologia da obstrução urinária. Infecção do trato geniturinário. Doenças sexualmente transmissíveis. Litíase urinária. Traumatismos urológicos. Hiperplasia nodular da próstata. Tumores: próstata, pênis, testículos, bexiga, renais e das adrenais. Uropediatria. Infertilidade e impotência. Uroginecologia. Transplante renal.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Urologia Prática - Nelson Rodrigues Netto Jr; Urologia - Nelson Rodrigues Netto Jr; Urology - Campbell. E outros livros que abranjam o programa proposto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Médico Veterinário

Epidemiologia: geral e aplicada: princípios, definições e classificações. Cadeia epidemiológica de transmissão das doenças. Métodos epidemiológicos aplicados à saúde pública: definições e conceitos; levantamentos de dados; estatística de morbidade; proporções, coeficientes e índices utilizados em estudos de saúde; coeficientes ou taxas de mortalidade, morbidade e letalidade. Imunologia: conceitos gerais sobre antígenos e anticorpos; células do sistema imunológico; mecanismos da resposta humoral; técnicas imunológicas. Biologia Molecular: conceitos básicos. Zoonoses: conceituação e classificação. Etiologia, patogenia, sintomatologia, epidemiologia, diagnóstico, prevenção e controle das seguintes zoonoses: raiva; dengue; febres hemorrágicas; febre amarela; encefalites; leptospirose; bruceloses; tuberculoses; salmoneloses; estreptococoses e estafilococoses; doença de Lyme; pasteureloses; yersinioses; clostridioses; criptococose; histoplasmose; dermatofitoses; leishmanioses; toxoplasmose; doença de Chagas; criptosporidiose; dirofilariose; toxocaríase; teníase/cisticercose; equinococose; ancilostomíases. Biologia, vigilância e controle de populações dos animais domésticos. Biologia, vigilância e controle de populações de animais sinantrópicos que podem causar agravos à saúde: quirópteros; roedores; insetos rasteiros; artrópodes peçonhentos; mosquitos; carrapatos; pombos. Técnicas cirúrgicas: cirurgias de esterilização em cães e gatos. Métodos e técnicas de eutanásia em animais domésticos. Noções gerais de esterilização, desinfecção e biossegurança.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Livros que abranjam o programa proposto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Motorista

Legislação de trânsito: Novo Código de Trânsito Brasileiro, abrangendo os seguintes tópicos: administração de trânsito, regras gerais para circulação de veículos, os sinais de trânsito, registro e licenciamento de veículos, condutores de veículos, deveres e proibições, as infrações à legislação de trânsito, penalidades e recursos. Resoluções do Conselho Nacional de Trânsito. Mecânica de veículos: conhecimentos elementares de mecânica de automóveis, troca e rodízio de rodas; regulagem de motor, regulagem e revisão de freios, troca de bomba d´água, troca e regulagem de tensão nas correias, troca e regulagem da fricção, troca de óleo. Serviços corriqueiros de eletricidade: troca de fusíveis, lâmpadas, acessórios simples, etc.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Código Nacional de Trânsito e outros livros que abranjam o programa proposto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Musicoterapeuta

Musicoterapia e Cultura - a inclusão social de pessoas portadoras de transtorno mental e dependência química. A especificidade da Musicoterapia em equipe multidisciplinar. Técnicas e métodos musicoterápicos a serem utilizados em programas para portadores de transtorno mental e dependência química. Legislação sobre saúde mental . Oficinas Terapêuticas.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

BRUSCIA, Kennety. Definindo Musicoterapia. Rio de Janeiro: Enelivros, 2000. BARCELLOS, Lia Rejane. Cadernos de Musicoterapia 1. Rio de Janeiro: Enelivros,1992. ( Parte II: "Musicoterapia e Cultura") BARCELLOS, Lia Rejane. Cadernos de Musicoterapia 3. Rio de Janeiro: Enelivros,1994. BARCELLOS, Lia Rejane (org). Transferência, contratransferência e resistência. Rio de Janeiro: Enelivros, 1999.( Capitulo 5 "Criatividade, resistência e abuso químico numa perspectiva humanista em Musicoterapia"). BÁRBARA, Bianca Bruno. Interdisciplinaridade em Reforma. In: Revista Brasileira de Musicoterapia, Ano X, 2006. GUERRA, AMC. Oficinas em saúde mental: percurso de uma história, fundamentos de prática. In: COSTA, C.M.; FIGUEIREDO, AC. Oficinas terapêuticas em saúde mental: sujeito, produção e cidadania. Rio de Janeiro: Contra Capa Livraria, 2004, p. 23-58. PRATA, N.I.S. As oficinas e o ofício de cuidar. In: COSTA, C.M.; FIGUEIREDO, AC. Oficinas terapêuticas em saúde mental: sujeito, produção e cidadania. Rio de Janeiro: Conta Capa Livraria, 2004, p. 161-172. RIBEIRO, R.C OFICINAS E REDES SOCIAIS NA REABILITAÇÃO PSICOSSOCIAL. In: COSTA, C.M.; FIGUEREDO, AC. Oficinas terapêuticas em saúde mental: sujeito, produção e cidadania. Rio de Janeiro: Conta Capa Livraria, 2004, p. 105-1 16. E outros livros que abranjam o programa proposto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Nutricionista

Energia e nutrientes: definição, classificação, fontes alimentares, propriedades, funções, digestão, absorção e metabolismo de nutrientes, necessidades e recomendações. Alimentos Funcionais. Nutrição no Ciclo da Vida: gravidez, lactação, infância, adolescência, adulto e no envelhecimento. Terapia Nutricional Oral: modificações da dieta normal. Avaliação Nutricional. Doenças carenciais e desnutrição. Interação droga-nutriente. Cálculo do valor energético total (VET). Dietoterapia na prevenção e no tratamento de doenças: obesidade, doenças endócrinas, doenças pediátricas, distúrbios metabólicos, distúrbios do trato gastrointestinal, doenças renais, doenças pulmonares, câncer, síndrome da imunodeficiência adquirida, doenças cardiovasculares, doenças hepáticas, estresse metabólico, doenças reumáticas, alergia e intolerância alimentar e doenças hematológicas. Cálculo do gasto energético total (GET). Administração de serviços de alimentação: Administração, planejamento e organização de unidades de alimentação e nutrição. Dimensionamento de equipamentos, utensílios e recursos humanos. Estrutura organizacional. Sistema de distribuição de refeições. Planejamento de cardápio. Planejamento físico, funcional e planta física. Manual de boas práticas de fabricação. APPCC - Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle. Técnica Dietética: Características dos alimentos. Fatores que modificam os alimentos. Características organolépticas dos alimentos. Seleção, aquisição, recepção, estocagem, prépreparo, preparo e distribuição dos alimentos. Fator de correção. Características física, química e biológica do leite e derivados, carne, aves, peixes, ovos, leguminosas, hortaliças, frutas, cereais, infusos, condimentos, molhos, sopas, açúcar e doces. Distribuição da merenda escolar. Higiene e Microbiologia de alimentos: Higiene e microbiologia de alimentos. Fatores extrínsecos e intrínsecos que condicionam o desenvolvimento de microorganismos nos alimentos. Fontes de contaminação. Doenças veiculadas por alimentos. Enfermidades transmitidas pela água. Higiene das instalações, utensílios e equipamentos. Saúde e higiene pessoal. Limpeza e desinfecção. Boas práticas de fabricação e manipulação de alimentos.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Livros que abranjam o programa proposto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Odontólogo

1 CARIOLOGIA

Diferentes conceitos sobre cárie dentária e suas implicações; Etiologia e comportamento da cárie dentária; Noções de microbiologia bucal, Placa Dental, Saliva, Dieta, Higiene Bucal; Quimioprofilaxia da cárie dentária; Risco de cárie e atividade cariogênica; Diagnóstico clínico e radiográfico da cárie dentária; Prevenção e controle da cárie dentária;Métodos e Mecanismos de ação do Flúor; Fluorose dentária;índices para predição;índices para predição;características;diagnóstico;fatores que afetam a incidência;tratamento da fluorose dentária.

2 DENTÍSTICA

Princípios gerais do preparo cavitário; Materiais de proteção e restauração em Dentística; Procedimentos preventivos e restauradores em regiões de cicatrículas e fissuras; Noções de oclusão e procedimentos clínicos de tratamento das disfunções.

3 PERIODONTIA

Conceituação e classificação das doenças periodontais; Etiopatogenia das doenças periodontais; Diagnóstico clínico/radiográfico das condições periodontais;Tratamento das doenças periodontais; Controle mecânico e químico da placa bacteriana dentária; Inter-relação da doença periodontal com outras doenças bucais e sistêmicas.

4 ENDODONTIA

Métodos e diagnóstico das alterações pulpares; Materiais para a proteção do complexo dentino-pulpar; Tratamento conservador da polpa; Tratamento dos canais radiculares; Emergência em Endodontia; Exame, diagnóstico e tratamento do traumatismo alvéolo-dentário.

5 CIRURGIA

Princípios básicos de cirurgia; Biossegurança em procedimentos cirúrgicos; Instrumental e equipamento; Anestesia local.

6 PATOLOGIA BUCAL

Tumores benignos e malignos da cavidade bucal suas incidências características clínicas, tratamento e prognóstico; Lesões cancerizáveis; Epidemiologia.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Baratieri, L. N. et al. Dentística. Procedimentos Preventivos e Restauradores. São Paulo: Livraria Santos, Editora, 2000; Bönecker, M. et al. Promovendo Saúde Bucal na Infância e Adolescência: Conhecimentos e Práticas. São Paulo: Santos, 2004. Brunetti, R, Montenegro, F. L. B. Odontogeriatria. Noções de Interesse Clínico. São Paulo: Artes Médicas, 2002. Buischi, Y. P. Promoção de Saúde Bucal na Clínica Odontológica. São Paulo: EAP-APCD-Artes Médicas, 2000. Cardoso, RJA; Estrela, C, Figueiredo, J. A. P. Endodontia. Princípios Biológicos e Mecânicos. São Paulo: Artes Médicas, 2001. Fjerskov, O; Manji, F; Baelun, V. Fluorose Dentária - Um manual para profissionais da saúde. São Paulo: Santos, 1994. Fjerskov, O; Thylstrup, A. Cariologia Clínica. Tradução: Weyne, S.; Opermann, R. 2. ed. São Paulo: 2001. GrazianI, M. Cirurgia Bucomaxilofacial. 8. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1995. Lindhe, JAN; Tratado de Periodontia e Implantologia Oral. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1999. Oliveira, AGRC. Odontologia Preventiva e Social Textos Selecionados OLIVEIRA, AGRC. Odontologia Preventiva e Social Textos Selecionados EDUFRN. Natal: UFRN, 1997. Pereira, A. C. (org.). Odontologia em Saúde Coletiva: Planejando Ações e Promovendo Saúde. Porto Alegre: Artmed, 2003. PINKHAM, J.R. Odontopediatria da Infância à Adolescência. São Paulo: Artes Médicas, 1996. Pinto,V.G. Saúde Bucal Coletiva. São Paulo: 2000. Shafer W. Tratado de Patologia Bucal. Rio de Janeiro: Guanabara-Koogan, 1987 Thylstrup, A.; Fejerskov, O. Cariologia Clínica. 2.ed. São Paulo: Santos, Thylstrup, A.; Fejerskov, O. Cariologia Clínica. 2.ed. São Paulo: Santos, 1995. Wannmacher, L. Ferreira, M. Farmacologia Clínica para Dentistas. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1999. ABOPREV. Promoção de Saúde Bucal. Coordenação: Krieger, L. 3. ed. São Paulo: Artes Médicas, 2003. BRASIL, Lei Federal 5.081 de 24/08/1966. Brasil, Ministério Da Saúde Secretaria De Assistência À Saúde. Programa Nacional DST/AIDS. Hepatites, AIDS, e Herpes na Prática Odontológica. 1996. Conselho Federal de Odontologia, Código de Ética Odontológica. BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção básica. Coordenação Nacional de Saúde Bucal. Diretrizes da política Nacional de Saúde Bucal. Brasília, 2004. . BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção básica. Coordenação Nacional de Saúde Bucal. Cadernos de Atenção Básica - Brasília, 2006.

E outros livros que abranjam o programa proposto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Odontólogo para Pacientes Especiais

Anatomia. Materiais dentários. Patologia. Farmacologia. Radiologia. Dentística. Prótese. Odontologia social. Anestesiologia. Periodontia. Endodontia. Odontopediatria. Ortodontia. Ética profissional. Atendimento específico a pacientes portadores de necessidades especiais.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

LINDHE, J. Tratado de Periodontia Clínica e Implantodontia Oral, 3ª ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1997. GUANDALINI, S.L. Biossegurança em Odontologia, 2.ed. Curitiba: Odontex, 1999. PETERSON LJ, ELLIS III E, HUPP JR, TUCKER MR - Cirurgia oral e maxilofacial contemporânea, 3ªed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000. VARELLIS, M.L.Z. O paciente com necessidades especiais na Odontologia: Manual Prático. São Paulo: Santos, 2005. MCDONALD, R.E.; DAVID R.A.Odontopediatria, 6.ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1995. MUGAYAR, L.R.F. Pacientes portadores de necessidades especiais: manual de odontologia e saúde oral. São Paulo: Pancast, 2000. PEREIRA, A.C. et al. Odontologia em saúde coletiva: Planejando ações e promovendo saúde. Porto Alegre: Artmed, 2003. LOPES, H.P.; Siqueira Júnior J. FG. - Endodontia - Biologia e técnica. 2º edição ed. Rio de Janeiro Medsi, 1999. BARATIERI, L.N. Odontologia Restauradora: fundamentos e possibilidades,1ª ed. São Paulo: Santos, 2002. E outros livros que abranjam o programa proposto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Psicólogo

As teorias psicológicas atuais como embasamento de intervenção e encaminhamento das questões sociais: desigualdade, exclusão, violência doméstica. Metodologia de trabalho em grupo e com equipe interdisciplinar. Elaboração de estudo de casos. Desenvolvimento infanto-juvenil. Técnicas de trabalho em relações familiares. Política de saúde mental. Terapias ambulatoriais em saúde mental. Doenças e deficiências mentais. Diagnóstico psicológico: conceitos e objetivos, teorias psicodinâmicas, processo diagnóstico, testes e laudos. Abordagens terapêuticas. Psicopatologia: natureza e causa dos distúrbios mentais. Neurose, psicose e perversão: diagnóstico. Noções de Recrutamento e Seleção e Desenvolvimento de Pessoal. Ética Profissional e Sistema Único de Saúde - SUS (princípios e diretrizes). Psicodiagnóstico. Ludoterapia. Psicoterapia individual e grupal. Orientação familiar. Distúrbios de aprendizagem. Psicopatolia da infância e da adolescência. Tratamento de crianças e adolescentes com dependência do uso de substância psicoativas.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

CHIAVENATO, I. Gestão de Pessoas: o novo papel dos recursos humanos nas organizações. Rio de Janeiro: Campus, 1999.

GABBARD, G. O. Psiquiatria Dinâmica. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 1998.

JACQUES, M. G. e CODO, W. Saúde Mental & Trabalho - Leituras. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 2002.

LUZ, R. Gestão do Clima Organizacional. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2003.

MOSCOVICI, F. Desenvolvimento Interpessoal: treinamento em grupo. Rio de Janeiro: J. Olympio, 2001.

ZIMERMAN, David E. Fundamentos Básicos das Grupoterapias. Porto Alegre: Artes Médicas, 1993.

E outros livros que abranjam o programa proposto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Técnico em Contabilidade

Conceitos, Campo de Aplicação de Contabilidade, Patrimônio, Origem a Aplicação dos Recursos, Contas, Lançamentos a Débitos e a Crédito, Balancetes, Operações com Contas Patrimoniais e Diferenciais, Operações com Mercadorias, Contabilização de Inventários, Depreciação de Ativos Fixos, Demonstração de Resultado e Balanço Patrimonial.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

FRANCO, Hilário. Contabilidade Geral. 23. ed. Atlas, 1997. GRECO, Alvísio; AREND, Lauro; GARTNER, Gunther. Contabilidade- Teoria e prática básicas. 10. ed. Porto Alegre: Saraiva, 2007. MARION, José Carlos. Contabilidade Empresarial. 8. ed. São Paulo: Atlas, 1998. ____________. Contabilidade Básica. 6. ed. São Paulo: Atlas, 1998. RIBEIRO, Osni Moura . Contabilidade Geral-fácil. 3. ed. São Paulo: Saraiva, 1999. _____________. Contabilidade Comercial-fácil. 14. ed. São Paulo: Saraiva, 1999. E outros livros que abranjam o programa proposto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Técnico em Laboratório

Principais aparelhos de laboratório; Microscopia - noções gerais; Noções Básicas de Meios de Cultura e Reagentes; Esterilização e desinfecção; Métodos de coloração e bacteriologia; Morfologia bacteriana; Métodos de pesagem, balança de precisão analítica; Noções básicas de microscopia óptica-microscópio; Vidraçaria e outros materiais de laboratório, reconhecimento, preparo e utilização; Noções de centrifugação - centralizadores; Filtração; Equilíbrios ácido-básico: noções de Ph; Volumetria - preparo de soluções reagentes e outros meios usados em laboratório; Banho Maria, Estufas-Espectrofotômetro; Uso de água em laboratório - Filtração - Destilação - Desmineralização - Destilador - Deionizador; Teorias das Diluições - aplicações práticas; Registro de resultados dos trabalhos e relatórios; Noções básicas sobre tipo sangüíneo; Noções básicas sobre componentes do sangue; Noções gerais sobre as principais técnicas laboratoriais utilizadas em bioquímica do sangue; Urinálise; Noções sobre a biossegurança em laboratório; Noções gerais sobre as principais técnicas laboratoriais utilizadas em micro e parasitas.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

Livros que abranjam o programa proposto.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Técnico em Segurança do Trabalho

Higiene Do Trabalho: Conceitos, definições e classificação dos riscos ambientais; Riscos químicos, físicos e Biológicos; Parâmetros e índices utilizados nas avaliações dos riscos; Instrumentos e técnicas aplicadas na medição dos riscos ambientais; Sistemas De Prevenção E Combate A Incêndios: Teoria do fogo; Equipamentos fixos e móveis de combate a incêndios: tipos, inspeção, manutenção e recarga; Sistemas e equipamentos de alarme e detecção e proteção contra incêndio; Instruções gerais em emergências e Brigadas de incêndio; Acidente Do Trabalho: Conceitos, causas e conseqüências do acidente do trabalho; Investigação e análise do acidente do trabalho; Estatísticas de acidentes do trabalho; Doenças profissionais e doenças do trabalho; Medidas de controle: EPI's e EPC's; Normas Regulamentadoras Com ênfase nas NR's: NR-4, NR-5, NR-6, NR-7, NR-8, NR-9, NR-10, NR-12, NR-15, NR-16, NR-17, NR-18, NR-20 NR-23, NR-24, NR-25, NR-26 e NR-27; Atividades Educativas De Segurança No Trabalho: CIPA; Combate a Incêndios; Biossegurança: esterilização, laboratórios de contenção, gestão de resíduos e biotérios e preparação para uso de equipamentos de proteção; Ergonomia: Levantamento e transporte de cargas; Aplicações da antropometria: o assento de trabalho, mobiliário de trabalho, arranjo físico e postos de trabalho informatizados; Ambiente: iluminação e cores, efeitos fisiológicos da iluminação; Fatores Humanos no Trabalho; Organização do trabalho; Programa De Prevenção De Riscos Ambientais: Conceitos, classificação, identificação e avaliação dos agentes de risco ambientais; Medidas preventivas e de controle dos agentes de risco; Garantias do empregador e deveres do trabalhador. Sistemas de gestão - BS 8800; Política de segurança e saúde no trabalho; Planejamento; Implementação e operação.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas - (1992) - Inspeção, Manutenção e Cuidados com Mangueiras de Incêndio - Normas Brasileiras 12779 . ABNT - Rio de Janeiro; ABNT - Associação Brasileira De Normas Técnicas - (1993) - Inspeção, Manutenção e Recarga de Extintores - Normas Brasileiras 12962 . ABNT - Rio de Janeiro; BURGESS, William A . Possíveis Riscos à Saúde do Trabalhador dos diversos processos industriais. 2ª ed. Minas Gerais: Ergo, 1997; CAMILLO JÚNIOR, Abel Batista. Manual de prevenção e combate a incêndios. 1ª ed. São Paulo: SENAC, 1999; CICCO, Francesco de. BS 8800 Manual Sobre Sistemas de Gestão e Saúde no Trabalho. Risk Tecnologia, 1996; FUNDACENTRO. Programa de Proteção Respiratória.SP,1994; IIDA, Itiro. Ergonomia Projeto e Produção. São Paulo: Edgard Blücher Ltda, 1997; MANUAL DE LEGISLAÇÃO ATLAS , Segurança e Medicina do Trabalho. 49ª ed, São Paulo: Atlas, 2001; OLIVEIRA, José de. Acidente do Trabalho Teoria Prática e Jurisprudência. 3ª ed. São Paulo: Saraiva, 1997; SALIBA, Tuffi Messias. Higiene do Trabalho e PPRA. 1º ed. São Paulo : Ltr , 1997; TEIXEIRA, Pedro e Silvio Valle (org.). Biossegurança uma abordagem multdisciplinar. 1ª ed. Rio de Janeiro: FIOCRUZ,1996.

E outros livros que abranjam o programa proposto.

Conselheiro Lafaiete, 14 de agosto de 2007.

Ronaldo Resende Julio César de Almeida Barros
Secretário Municipal Prefeito Municipal de Administração

88141

Política de Privacidade 2000-2014 PCI Concursos Telefone (11) 2122-4231