DPE - SP prorroga inscrições do Concurso com 60 vagas para Defensor Público

Profissionais devem ficar atento as mudanças, porém o prazo de inscrição permanece até o dia 01 de setembro de 2015.
Segunda-feira, 31 de agosto de 2015 às 08h43
DPE - SP prorroga inscrições do Concurso com 60 vagas para Defensor Público

A Defensoria Pública do Estado de São Paulo (DPE-SP) informa a todos que as inscrições do edital do VII Concurso Público destinado ao preenchimento de 60 vagas para Defensor Público teve as inscrições prorrogadas até às 14h do dia 01 de setembro de 2015.

Se você tem interesse em participar, acesse o site da organizadora FCC (www.concursosfcc.com.br) e preencha a ficha disponível. Não esqueça de imprimir e efetuar o pagamento do boleto referente a taxa de inscrição no valor de R$ 220,00.

Podem se inscrever neste Concurso profissionais que atendam aos seguintes requisitos: ser brasileiro, ou português com residência permanente no País; Bacharel em Direito; estar em dia com as obrigações militares; estar no gozo dos direitos políticos; contar com, no mínimo, três anos de atividade jurídica, devidamente comprovada; não possuir condenações criminais ou antecedentes criminais incompatíveis com o exercício das funções; não possuir condenação em órgão de classe, em relação ao exercício profissional, incompatível com o exercício das funções de Defensor Público; não possuir condenação administrativa, ou condenação em ação judicial de improbidade administrativa, incompatível com o exercício das funções de Defensor Público; dentre outros requisitos mencionados no edital.

O concurso compreenderá três provas escritas e uma prova oral, todas de caráter eliminatório e classificatório, realizadas na Cidade de São Paulo, bem como avaliação dos títulos.

Em nosso site é possível adquirir a apostila digital com conteúdo específico para a Prova Objetiva. São abordados temas como Direito Constitucional, Administrativo, Tributário, Penal, Civil, Comercial, dentre outros.

A validade do concurso será de dois anos, contados a partir da publicação oficial de seu resultado, podendo ser prorrogado, por igual período, e uma única vez, a critério do Conselho Superior da Defensoria Pública do Estado.

Jornalista: Karina Felício
Compartilhe: