UFPel - Universidade Federal de Pelotas - RS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS - UFPEL

CENTRO DE GERENCIAMENTO DE INFORMAÇÕES E CONCURSOS

EDITAL CGIC Nº 089, DE 19 DE JULHO DE 2012

Notícia:   UFPel - RS abre 10 vagas para Professores Temporários e Substituto

A Universidade Federal de Pelotas, por meio do Centro de Gerenciamento de Informações e Concursos (CGIC), torna pública a realização de processo seletivo simplificado para a contratação de PROFESSOR TEMPORÁRIO e PROFESSOR SUBSTITUTO para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público, de acordo com a Lei nº 8.745/93 e suas alterações, conforma segue:

1. DA INSCRIÇÃO

1.1. Período: de 24 a 31 de julho de 2012.

1.2. Local e horário: Centro de Gerenciamento de Informações e Concursos (Rua Gonçalves Chaves, 3126 -Pelotas - RS), das 8h30min às 13h30min.

1.3. Para a inscrição, deverão ser entregues os seguintes itens, acompanhados do Requerimento de Inscrição, que constitui o Anexo II deste Edital, o qual deve ser preenchido em duas (2) vias:

a) cédula de identidade e comprovante da titulação exigida, conforme Anexo I (cópia autenticada ou cópia simples acompanhada do original);

b) Curriculum Lattes atualizado. Não serão aceitos volumes encadernados ou com espiral, apenas o currículo simplificado, sem os documentos comprobatórios;

c) comprovante de recolhimento, junto ao Banco do Brasil, da taxa de inscrição, no valor de R$ 20,00 (vinte reais), através de guia de recolhimento único (GRU), que poderá ser gerada através do portal da UFPe1 (www.ufpel.edu.br) e para o seu preenchimento devem ser utilizados os seguintes dados: Código da Unidade Gestora (UG): 154047, Gestão 15264 e Código do recolhimento 28883-7.

d) declaração de que nos últimos vinte e quatro (24) meses não teve contrato temporário com Instituição Federal de Ensino (constante do Anexo II), conforme dispõe o art. 9º, III, da Lei 8745/93.

1.3.1. Na 2ª via do Requerimento de Inscrição (Anexo II) será atestado, formalmente, por funcionário do CGIC, o recebimento da inscrição, sendo esta via devolvida ao candidato.

1.3.2. A inscrição poderá ser feita pessoalmente ou por procurador legalmente habilitado (procuração simples, com firma reconhecida em cartório) ou por via postal (SEDEX), desde que a data de postagem esteja dentro do período de inscrições e que a entrega no destino (CGIC) aconteça até o dia 03 de agosto de 2012.

1.3.3. A inscrição por via postal, exclusivamente por SEDEX, deverá ser remetida para o endereço: CENTRO DE GERENCIAMENTO DE INFORMAÇÕES E CONCURSOS DA UFPEL - Rua Gonçalves Chaves nº 3126 - Pelotas - RS - CEP 96015-560.

1.3.4. A inscrição via SEDEX, se efetuada, será por conta e risco do candidato, não se responsabilizando a UFPe1 por extravios ou outras ocorrências que impeçam a efetiva inscrição do candidato.

1.4. Poderão requerer isenção da taxa de inscrição, os candidatos que se enquadrem nas disposições do Decreto nº 6593, de 02/10/2008. Para tanto, deverão preencher o formulário Anexo III e entregá-lo no CGIC (Rua Gonçalves Chaves, 3126 - Centro - Pelotas - RS), nos dias 24 e 25 de julho de 2012, das 8h30min às 13h30min.

1.4.1. O CGIC responderá ao requerimento até o dia 30 de julho de 2012, no próprio pedido formalizado pelo candidato.

1.5. Os programas dos processos de seleção constam do Anexo V deste Edital.

2. DA HOMOLOGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES E DA SELEÇÃO

2.1. A homologação das inscrições, composição da Comissão Examinadora, as datas, horários e locais das provas serão divulgados pelas respectivas Unidades até o dia 14 de agosto de 2012, no site do CGIC (http://cgic.ufpel.edu.br).

2.2. No caso de indeferimento de inscrições, o candidato, que se julgar prejudicado, poderá recorrer, com efeito suspensivo, ao COCEPE, dentro do prazo de 24 horas, a contar da data fixada no subitem 2.1.

2.3. O período provável de provas será de 20 a 31 de agosto de 2012.

2.4. A seleção será constituída por Prova de Títulos, peso 4, e Prova Didática, peso 6, e no caso da realização da prova escrita, os pesos ficarão assim distribuídos: Prova de Títulos, peso 4, Prova Didática, peso 3 e Prova Escrita, peso 3.

2.4.1 A prova Didática será realizada em sessão pública e gravada para efeito de registro e avaliação, nos termos do §3º do art. 13 do Decreto nº 6.944/2009.

2.4.2. Os documentos comprobatórios do currículo - cópias autenticadas ou cópias simples acompanhadas dos originais - serão entregues à Comissão Examinadora, no primeiro dia marcado para a seleção, juntamente com o Anexo IV, em duas (2) vias, no qual serão especificados os títulos entregues.

2.4.3. O candidato deverá numerar cada título entregue com o mesmo número com o qual está identificado na listagem do Anexo IV.

2.4.4. Os títulos entregues e o formulário Anexo IV serão conferidos e recebidos, sob a responsabilidade da Comissão Examinadora, que atestará formalmente o recebimento da documentação na 2ª via, devolvendo esta ao candidato.

2.5. Os critérios de avaliação das provas, disponíveis no site do CGIC, http://cgic.ufpel.edu.br, através do link Normas para Concursos, constam dos seguintes documentos: Resoluções do COCEPE nº 14/2009, nº 09/2009 e Regimento Geral da Universidade (Título VIII, Capítulos I a V), combinado com as Resoluções COCEPE nº 14/2003 (prova Didática), nº 04/2011 (prova de Títulos).

3. DA REMUNERAÇÃO

3.1. A remuneração para Professor Temporário será composta por Vencimento Básico (VB) e Retribuição por Titulação (RT) referente à titulação exigida, conforme segue:

Regime de Trabalho

VB

RT

40h semanais

R$ 2.215,54

R$ 135,45 (Especialização)
R$ 734,62 (Mestrado)

20h semanais

R$ 1.597,92

R$ 378,45 (Mestrado)

3.2. A remuneração para Professor Substituto será composta por Vencimento Básico (VB) e Retribuição por Titulação (RT) referente à titulação exigida, conforme segue:

Regime de Trabalho

VB

RT

Total

40h semanais

R$ 1.291,52

R$ 1.168,02

R$ 2.478,17

3.3. Será pago, ainda, para os cargos de Professor Temporário e Professor Substituto, a título de Auxílio-alimentação o valor de R$ 304,00 (trezentos e quatro reais), para 40 horas semanais, e R$ 152,00 (cento e cinquenta e dois reais), para 20 horas semanais.

4. DISPOSIÇÕES GERAIS

4.1. É proibida a contratação, nos termos do Art. 6º da Lei nº 8745/93, de servidores da Administração direta ou indireta da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, bem como de empregados ou servidores de suas subsidiárias e controladas.

4.2. Não poderão ser contratados servidores ocupantes de cargo efetivo, integrante da carreira de magistério de que trata a Lei nº 7.596, de 10 de abril de 1987.

4.3. Para os subitens 4.1 e 4.2, excetuam-se os casos previstos no artigo 37, inciso XVI, alíneas a, b, c da Constituição Federal, observado o parágrafo 10 da Emenda Constitucional nº 20, publicada no DOU de 16/12/98.

4.4. É vedada a contratação de candidatos, professores temporários, substitutos ou visitantes, cujos contratos tenham expirado há menos de vinte e quatro (24) meses.

4.5. As contratações dependerão de disponibilidade orçamentária e financeira.

4.6. O candidato selecionado será contratado por tempo determinado, por um período de até um (1) ano, admitida a prorrogação, desde que o prazo total não exceda a dois (2) anos, conforme legislação vigente.

4.7. O ingresso dos candidatos ficará condicionado a exames clínicos, solicitados pelo Serviço Médico Pericial da UFPe1.

4.8. O processo seletivo simplificado terá validade de 01 (um) ano, a contar da data da homologação do resultado no Diário Oficial da União, podendo ser prorrogado por igual período a critério da Instituição.

4.9. Fazem parte do presente edital:

Anexo I - Quadro de áreas, vagas e titulação exigida.

Anexo II - Requerimento de Inscrição

Anexo III - Requerimento de Isenção da Taxa de Inscrição

Anexo IV - Formulário para entrega dos títulos

Anexo V - Programas

O inteiro teor deste Edital está disponível na página http://cgic.ufpel.edu.br, no link Concursos - Concursos Públicos - Professor Substituto / Temporário e informações podem ser obtidas pelo telefone (53) 3222-4060 ou através do e-mail cgic@ufpel.edu.br.

Christiano Martino Otero Ávila
Diretor do CGIC

Prof. Antônio Cesar Gonçalves Borges
Reitor

Unidade/Depto./Processo/Categoria

Área/Vagas/Regime de Trabalho

Titulação Exigida

Tipos de Provas

Pró-Reitoria de Graduação / Zootecnia / Proc. nº 23110.002785/2012-55 Professor Temporário

Genética e Melhoramento Animal / 1 vaga / 20h

Mestrado em Zootecnia com dissertação na área de Melhoramento Animal

Didática Títulos

Centro de Desenvolvimento Tecnológico / Engenharia de Materiais / Proc. nº 23110.002745/2012-11 Professor Temporário

Ciência dos Materiais / 1 vaga / 40h áreas de Engenharias

Graduação em cursos das Metalúrgica, Mecânica e Materiais, Engenharia Química, e nas áreas de Ciências Exatas, com Mestrado em qualquer área.

Didática Títulos

Centro de Artes / Colegiado dos Cursos de Design Gráfico e Digital / Proc. nº 23110.002805/2012-98 Professor Temporário

Produção Gráfica / 1 vaga / 40h

Bacharel em Design Gráfico ou Bacharel em Desenho Industrial com habilitação em Programação Visual

Didática Títulos(*)

Centro de Artes / Colegiado dos Cursos de Cinema e Audiovisual e Cinema e Animação / Proc. nº 23110.002787/2012-44 Professor Temporário

Montagem e Pós-produção em Cinema e Audiovisual / 1 vaga / 40h

Bacharel em comunicação social nas seguintes habilitações: habilitação em Rádio e TV ou habilitação em Publicidade e Propaganda ou bacharel em Cinema e Audiovisual ou bacharel em Cinema e Animação ou bacharel em Multimeios ou bacharel em Imagem e Som ou bacharel em Design Gráfico ou bacharel em Desenho Industrial com habilitação em Programação Visual.

Didática Títulos(*)

Centro de Artes / Colegiado dos Cursos de Cinema e Audiovisual e Cinema e Animação / Proc. nº 23110.002789/2012-33 Professor Temporário

Modelagem e Animação 3D / 1 vaga / 40h

Bacharel em comunicação social nas seguintes habilitações: habilitação em Rádio e TV ou habilitação em Publicidade e Propaganda ou bacharel em Cinema e Audiovisual ou bacharel em Cinema e Animação ou bacharel em Multimeios ou bacharel em Imagem e Som ou bacharel em Design Gráfico ou bacharel em Desenho Industrial com habilitação em Programação Visual.

Didática Títulos(*)

Instituto de Biologia / Microbiologia e Parasitologia / Proc. nº 23110.002654/2012-78 Professor Temporário

Microbiologia e Imunologia / 1 vaga / 40h

Mestrado em Ciências com área de concentração em Microbiologia ou Imunologia e dissertação realizada em Bacteriologia ou Virologia ou Imunologia

Didática Títulos

Faculdade de Medicina / Medicina Social / Proc. nº 23110.002927/2012-84 Professor Temporário

Epidemiologia / 1 vaga / 40h

Mestrado

Escrita Didática Títulos

Centro de Letras e Comunicação/ Câmara de Ensino / Proc. nº 23110.002734/2012-23 Professor Temporário

Literatura de Língua Portuguesa Ensino de Literatura / 1 vaga / 20h

Licenciatura em Letras-Português ou qualquer outra Licenciatura dupla Português-Língua Estrangeira e Mestrado em Letras com ênfase em Literatura

Didática Títulos

Centro de Engenharias/ Centro de Engenharias/ Proc. nº 23110.005924/2012-01 Professor TemporárioMatemática / 1 vaga/ 40hGraduação em Matemática ou EngenhariasDidática Títulos
Faculdade de Medicina/ Medicina Social/Proc. nº 23110.009429/2011-81 Professor SubstitutoMedicina de Comunidade / 1 vaga / 40hGraduação em Medicina, com Residência ou Especialização em Medicina Geral e Comunitária ou

Saúde da Família ou Saúde Coletiva ou Saúde Pública ou Medicina Preventiva e Social ou Medicina de Família e Comunitária.

Didática

Títulos

(*) Além dos documentos comprobatórios do Curriculum Lattes, deve ser apresentado portfólio para comprovação da produção técnica e/ou artística.

ANEXO II

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS

CENTRO DE GERENCIAMENTO DE INFORMAÇÕES E CONCURSOS

SELEÇÃO PARA PROFESSOR TEMPORÁRIO/SUBSTITUTO

Processo UFPe1 nº 23110. ____/____

REQUERIMENTO DE INSCRIÇÃO (em 2 vias)

Eu, abaixo qualificado, venho requerer minha inscrição no processo seletivo simplificado para Professor Temporário, regido pelo Edital CGIC nº 089/2012. Estou ciente de que minha participação neste processo de seleção implica, desde logo, o conhecimento e a tácita aceitação das normas editalícias e das respectivas Resoluções do COCEPE/UFPe1.

NOME:

RG:

CPF:

ENDEREÇO RESIDENCIAL:

CIDADE:

UF:

CEP:

TELEFONES PARA CONTATO:

ENDEREÇO ELETRÔNICO:

ÁREA A QUE CONCORRE:

DECLARAÇÃO

Declaro, ainda, para os devidos fins, sob as penas da lei, que, nos últimos 24 (vinte e quatro) meses, não tive contrato temporário com Instituição Federal de Ensino, atendendo ao que dispõe o art. 9º, III, da Lei 8745/93.

Pelotas,_____ /_____ /2012.

________________________
Assinatura do Candidato

CGIC/UFPEL - Recebimento

ANEXO III

REQUERIMENTO DE ISENÇÃO DE PAGAMENTO DE TAXA DE INSCRIÇÃO
(Preencher em 2 vias e anexar cópia simples do documento de identidade e do CPF)

Ao Centro de Gerenciamento de Informações e Concursos - CGIC
UFPe1

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

NOME COMPLETO DO CANDIDATO:

DATA DE NASCIMENTO:

ENDEREÇO RESIDENCIAL:

Cidade:

UF:

CEP:

TELEFONE:

NIS (formato c/11 algarismos):

CPF:

CARTEIRA DE IDENTIDADE nº Órgão Expedidor:

Data de Expedição:

NOME COMPLETO DA MÃE:

Eu, acima identificado, venho requerer isenção do pagamento da taxa de inscrição do Concurso Público regido pelo Edital CGIC nº 089/2012, nos termos do Decreto nº 6593, de 02/10/2008.

Para tanto, declaro estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, com o Número de Identificação Social - NIS acima especificado e que atendo à condição de membro de família de baixa renda de que trata o Decreto nº 6135/2007.

Declaro, ainda, estar ciente de que as informações, que estou prestando, são de minha inteira responsabilidade e que, no caso de declaração falsa, estarei sujeito às sanções previstas em lei, aplicando-se, ainda, o disposto no parágrafo único do art. 10 do Decreto nº 83.936, de 6 de setembro de 1979.

Pelotas,_______ de ___________________ de 2012.

________________________
Assinatura do Candidato

ANEXO IV

FORMULÁRIO PARA ENTREGA DOS TÍTULOS (em 2 vias)

NOME DO CANDIDATO:

ÁREA:

Obs.: Numerar cada título entregue de acordo com o nº do item identificado neste formulário.

Nº ITEM IDENTIFICAÇÃO DO TÍTULO ENTREGUE
  
  
  
  
  
  
  
  
  

Pelotas, _____/____/2012

______________________________
Assinatura do Candidato:

Recebido em ______/______/2012.

___________________________________
Assinatura p/ Comissão Examinadora:

ANEXO V - Programas

Área de conhecimento: Genética e Melhoramento Animal.

Programa:

1. Genética e Melhoramento de Bovinos de Corte.

2. Genética e Melhoramento de Bovinos de Leite.

3. Genética e Melhoramento de Aves.

4. Genética e Melhoramento de Suínos.

5. Genética e Melhoramento de Ovinos.

Bibliografia sugerida:

O candidato deve buscar os itens do Programa em bibliografia pertinente e atualizada na área do Concurso.

Área de conhecimento: Ciência dos Materiais

Programa:

1. Conceituação de ciência dos materiais, tipos de materiais: cerâmicos, metálicos, poliméricos e compósitos.

2. Ligações químicas, relação entre as ligações e as propriedades dos materiais.

3. Estruturas cristalinas de metais, cerâmicos, polímeros e compósitos.

4. Estruturas de materiais sólidos não-cristalinos.

5. Mobilidade atômica, relação com processos e propriedades.

6. Equilíbrio de fases, desenvolvimento microestrutural.

7. Diagramas de fases unitários e binários.

8. Recristalização e crescimento de grão.

Bibliografia sugerida:

T. H. Courtney, Mechanical behavior Of Materials, 2nd edition, McGraw-Hill, 2000;

D. Hull, D. J. Bacon, Introduction to dislocations, 4th edition, Butterworth-Heinmann, 2001;

L. H. van Vlack "Princípios de Ciências dos Materiais" Ed. Edgard Blucher 1970;

D. R. Askland - The Science and Engineering of Materials - Solutions manual, Chapman & Hall, 1996. 400p.

Área de conhecimento: Produção Gráfica

Programa:

1. Sistemas de impressão, classificação e os tipos de prensa. Métodos de impressão digital.

2. Técnicas de composição: manual, mecânica, fotocomposição (montagem, filme, fotolito).

3. Características dos originais: traço, meio-tom e tom contínuo, policromáticos. A retícula. Tratamento de originais para pré-impressão.

4. Cor: Cor-luz e cor-pigmento. Seleção de cores. Provas de Cor. Escalas de cor.

5. Métodos de acabamento.

6. O papel e suas Características, formatos, aproveitamento de papel, gramaturas, coberturas, tipos de papel e sua aplicação para diferentes tipos de projeto.

7. Tintas: características fisicas, carga, viscosidade. Especificidades de tintas aplicadas à embalagens.

8. A embalagem e a questão ambiental: preocupações com descarte, reaproveitamento, sustentabilidade.

9. Questões visuais da embalagem: linguagens gráficas e elementos Comunicacionais e de marketing.

10. Construção visual e técnica da embalagem: planificações, materiais, normas e técnicas. Bibliografia sugerida:

AMBROSE, Gavin; HARRIS, Paul. Formato. Porto Alegre: Bookman, 2009.

_______ . Impressão e Acabamento. Porto Alegre: Bookman, 2009.

BAER, Lorenzo. Produção gráfica. São Paulo: Senac Editora, 1999.

CAVALCANTI, Pedro. História da Embalagem no Brasil. São Paulo: Grifo Projetos Históricos e Editoriais, 2006.

COLLARO, Antônio Celso. Produção gráfica: arte e técnica da mídia impressa. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007.

CRAIG, James. Produção gráfica. São Paulo: Mosaico/EDUSP, 1980.

FERNANDES, Amaury. Produção gráfica para quem não é produtor gráfico. São Paulo: Summus, 2003.

HURLBURT, Allen. Layout: O Design da Página impressa. Edmilson O. Conceição (trad.). São Paulo: Nobel, 1999.

MESTRINER, Fábio. Design de embalagem - Curso básico. São Paulo: Makron Books, 2002.

MESTRINER, Fábio. Design de embalagem - Curso avançado. São Paulo: Prentice Hall, 2005.

MONTALVÃO, Cláudia. Design de advertência para embalagens. Edição: 2ª ed. Rio de Janeiro: 2AB, 2002.

NEGRÃO, Celso; CAMARGO, Eleida. Design de Embalagem - do marketing à produção. São Paulo: Novatec Editora, 2008.

PEDROSA, Israel. Da Cor a Cor inexistente. 9. ed. Rio de Janeiro: Leo Christiano Editorial, 2003.

RIBEIRO, Milton. Planejamento Visual Gráfico. 2ª ed. Brasília: Linha Gráfica Editora, 1987.

VILLAS-BOAS, André. Produção gráfica para designers. Rio de Janeiro: 2AB, 2008.

Área de conhecimento: Montagem e Pós-produção em cinema e audiovisual

Programa:

1. História, estética, teoria e filosofia da montagem

2. Técnica e estética da finalização para produtos audiovisuais e utilização da ferramenta Apple Color

3. Questões técnicas do vídeo digital em alta definição e cinema digital

4. A montagem e a articulação entre pré-produção, produção e pós-produção

5. Decupagem e a noção de plano para a unidade dramática da montagem

6. Tempo, espaço e movimento criados pela montagem

7. Fundamentos da linguagem da montagem (cinema, vídeo, TV e internei)

8. Processo da montagem e ferramentas de edição não-linear (Apple Final Cut 7 e Adobe Premiere)

9. Narrativas (audio) visuais e seriadas

10. Autoração de mídias audiovisuais para distribuição (Apple DVD Studio Pro, Adobe Encore)

11. Softwares de Câmera Tracking (Boujou, Camera Live, Motion Tracking, Camera Tracker, SynthEyes, Mocha), uso e integração entre softwares

12. Integração entre imagens reais e virtuais (estáticas e em movimento) técnicas e procedimentos em pré-produção, produção e pós-produção.

Bibliografia sugerida:

AMIEL, Vincent. A estética da montagem. 1ª ed. Lisboa: Edições Texto&grafia, 2007.

AUGUSTO, Maria de Fátima. A montagem cinematográfica e a lógica das imagens. 1ª ed. São Paulo: Annablume, 2004.

DANCYGER, Ken. Técnicas de edição para cinema e vídeo: história, teoria e prática. Rio de Janeiro: Elsevier, 2003.

DE LUCA, Luiz Gonzaga Assis. Cinema Digital, um novo cinema? . São Paulo: imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2004.

DUBOIS. Philippe. Cinema, vídeo, Godard. São Paulo: Cosacnaify, 2004.

EISEISNTEIN, Serguei. A forma do filme. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2002.

EISENSTEIN, Sergei M. O sentido do filme. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2002.

LEONE, Eduardo. Reflexões sobre a montagem cinematográfica. 1º ed. Belo Horizonte: UFMG, 2005.

MACHADO, Arlindo. Arte e Mídia. 2ª ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2008.

MURCH, Walter. Num piscar de olhos: a edição de filmes sob a ótica de um mestre. Rio de Janeiro : Zahar, c2004.

REISZ, Karel. A técnica da montagem cinematográfica. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1978.

Área de conhecimento: Modelagem e Animação 3D

Programa:

1. Técnicas de modelagem poligonal e orgânica 3D

2. Fundamentos de Design aplicados e Modelagem e Animação 3D

3. Ferramentas para modelagem e animação 3D: 3D's Max, Maya Blender, Z-Brush, Softlmage, Cinema 4D e Lightwave

4. Timing para animação

5. Metodologia de projeto para interfaces que utilizam técnicas de modelagem e animação 3D com características imersivas

6. Roteiro e Storyboard para animação 3D

7. Design de personagens 3D

8. Questões de identificação e representação do corpo humano em ambiente 3D

9. Iluminação de objetos, personagens e cenários em 3D

10. Animação: de personagens (biped), animação de multidões

11. Animação de fluidos, animação de partículas, animação de tecidos

12. Integração entre imagens reais e virtuais (estáticas e em movimento) técnicas e procedimentos em pré-produção, produção e pós-produção

13. Técnicas de Render, renderfarm.

Bibliografia sugerida:

AGUIAR, Calciolari Fábio. 3ds Max 2009 - Modelagem, Render, Efeitos e Animação. Editora Ética, 1ª Edição, São Paulo, 2009.

CHONG, Andrew. Animação Digital. Porto Alegre: Bookman, Artmed, 2011.

CRIST1ANO, Giuseppe. Storyboard Design Course. Principie, practice, and techniques: the ultimate guide for artists, directors, producers, and scriptwriters.79 New York: Barron's edition, 2007.

DENIERS, Owen. Digital Texturing & Paiting. New Riders 2000.

DRAPER, Peter. Desconstructing the Elements With 3Ds MAX. Focal Pres 2001.

FLUSSER, Vilém. O mundo codificado. São Paulo: Cosacnaify, 2007

HUHTAMO, Erki. Encapsulated Bodies in Motion. In: PENNY, Simon (ed.). Criticai Issues in Electronic Media. New York: State University of New York, 1995

JENKINS, Henry. Cultura da convergência. São Paulo : Aleph, 2009. 380 p.

LUPTON, Ellen. Pensar com tipos: guia para designers, escritores, editores e estudantes. São Paulo: Cosacnaify, 2006.

LUPTON, Ellen. PHILLIPS, Jennifer Cole. Novos Fundamentos do Design. São Paulo: Cosacnaify, 2008.

PREECE, Jenifer; ROGERS, Yvonne; SHARP, Ellen. Design de interação: além da interação homem-computador. Porto Alegre: Bookman, 2002.

ROBERT, Steve. Caracter animation in 3D.Focal Press 2002.

ROYO, Javier. Design Digital. São Paulo: Rosari, 2008.

WHITAKER, Harold. HALAS, John. Timing em animação. Rio de Janeiro: Elsevier Editora, 2012.

WILLIAMS, Richard. The Animator's Survival Kit. London: Faber and Faber, 2001.

Unidade: Instituto de Biologia

Área de conhecimento: Microbiologia e Imunologia

Programa:

1. Genética Bacteriana

2. Citologia e metabolismo bacteriano

3. Mecanismos de patogenicidade bacteriana

4. Estrutura e replicação virai

5. Hepatites virais

6. Família Retroviridae: características virais e AIDS

7. Mecanismos de defesa inata

8. Defesa adaptativa e apresentação de antígeno

9. A reação alérgica tipo I

10. Diagnóstico molecular em infecções bacterianas e virais

11. Técnicas de Imunodiagnóstico e aplicabilidade

Bibliografia sugerida:

Imunologia. Eli Benjamini, Richard Coico, Geoffrey Sunshine. Guanabara. 4ª ed.2002

Microbiologia Ilustrada. Wiilian A. Strohl, Harriet Rouse, Bruce D. Fisner. Artmed. 2004

Microbiologia. Gerard J. Tortora , Berdell R. Funke, Christine L. Case Artmed. 2010.

Microbiologia. Luiz Rachid Trabulsi, Flavio Alterthum, Athemeu. 2012.

Diagnóstico Microbiológico, Texto e Atlas Colorido. Koneman, E. W. Sommers JR. São Paulo. Editora Médica Panamericana.1993.730 p.

Imunologia Básica, funções e distúrbios do Sistema Imunológico. Abbas & Lichtman. Eisevier 2ª ed. 2007

Microbiologia ilustrada. Strohl, W.A.; Rouse, H.; Fischer, B.D. Artmed Editora, Lippincott Williams e wilkins, 2001.

Imunologia, O Sistema imune na saúde e na doença. Janeway, C.A. ; Travers, P. ;Walport, M.; Shlomchik, M. ; . Editore Artmed, Garland Publishing, 2001.

Microbiologia de Brock. Madigan, M.T.; Martinko, J.M.; Parker, J. 12ed. Porto Alegre: Artmed, 2010.

Imunobiologia de Janeway. Murphy, K.; Travers, P.; Walport, M. 7ed. Porto Alegre: Artmed, 2009

Unidade: Faculdade de Medicina

Área de conhecimento: Epidemiologia.

Programa:

1. Estudos Longitudinais versus estudos de casos e controle: vantagens, limitações, aplicações, questões metodológicas fundamentais.

2. Epidemiologia do ciclo vital e o estudo de determinantes precoces da saúde e doença: importância, perspectivas de investigação, dificuldades e limitações.

3. Os determinantes sociais da saúde e a iniquidade em saúde: evolução histórica, mecanismos causais, medição das desigualdades e bases teóricas.

4. Transições demográficas, nutricionais e epidemiológicas: seus determinantes, perspectivas de intervenção, cenários para o futuro e estratégias de investigação.

5. Avaliação de intervenções individuais: ensaios clínicos aleatórios, ensaios comunitários e quasi­experimentos.

6. Avaliação de programas e políticas de saúde: modelos conceituais e avaliação de adequação, plausabilidade e impacto.

7. Análise estatística de estudo transversais e longitudinais: desfechos de maior relevância na pesquisa em saúde, medidas de efeitos e impacto relevantes, análise tradicional por tabelas e estratificação, modelos estatísticos relevantes, sua aplicação, vantagens e desvantagens.

8. Trabalho e ambiente como determinantes de situação de saúde: importância, perspectivas de investigação, dificuldades e limitações.

Bibliografia sugerida:

O candidato deve buscar os itens do Programa, em bibliografia pertinente e atualizada na área do Concurso.

Área de conhecimento: Literatura de Língua Portuguesa Ensino de Literatura

Programa:

1. A literatura e a formação docente.

2. Literatura infantil e infanto-juvenil, texto pedagógico e formação do leitor.

3. O ensino da literatura em perspectiva multidisciplinar.

4. O ensino da literatura e da língua

5. Concepções de ensino e aprendizagem em relação com as expressões culturais (literatura) dos vários grupos sociais

6. A narrativa de língua portuguesa: estudo de um caso, segundo análise comparativa, adequado ao ensino fundamental

7. A narrativa de língua portuguesa: estudo de um caso, segundo análise comparativa, adequado ao ensino médio

8. A poesia de língua portuguesa: estudo de um caso, segundo análise comparativa, adequado ao ensino fundamental

9. A poesia de língua portuguesa: estudo de um caso, segundo análise comparativa, adequado ao ensino médio

10. O texto infanto-juvenil e as narrativas primordiais (mitos, fábulas, as formas folclóricas e contos de fadas universais)

11. A natureza do texto literário infanto-juvenil.

OBS.: todos os pontos devem levar em consideração o campo de atuação dos cursos de letras: da 5ª série do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio

Bibliografia sugerida:

O candidato deve buscar os itens do Programa em bibliografia pertinente e atualizada na área do Concurso.

Área de Conhecimento: Matemática

Programa:

1. Teorema Fundamental do Cálculo

2. Teorema da Função Implícita

3. Sequências de Números Reais

4. Somas de Riemann

5. Mudanças de Base de Espaços Vetoriais

6. Transformações Lineares

7. Autovalores e Autovetores

8. Limites de Funções de Várias Variáveis

9. Derivadas parciais de funções de várias variáveis

10. Integrais múltiplas de funções de várias variáveis

Bibliografia Sugerida:

1. Anton, H.; Bivens, I.; Davis, S; Cálculo volume I, Bookman, 2007.

2. Anton, H.; Bivens, I.; Davis, S; Cálculo volume II, Bookman, 2007.

3. Apostol, T.; Mathematical Analysis, Adison-Wesley, 5ed. 1981.

4. Boldrini, J.L; Costa, S.I.R; Ribeiro, V.L.F.F/ Wetzler, H.G. - Álgebra Linear. Ed. Harbra, 1980.

5. Penney, E.D., Edwards, JR.C.H, Cálculo com Geometria Analítica, volume 1 - Prentice Hall do Brasil, 1998.

6. Leithold, L., Cálculo com Geometria Analítica, volume 1, Habra, 1994.

7. Leithold, L., Cálculo com Geometria Analítica, volume 2, Habra, 1994.

8. Lima, E.L., Curso de Análise, vol 1. IMPA.

9. Lima, E.L., Curso de Análise, vol 2. IMPA.

10. Poole, D, Algebra Linear, Editora Thomson Pioneira, 2004.

11. Stewart, J. Cálculo volume I. Editora Thomson Pioneira, 2005.

12. Stewart, J. Cálculo volume II. Editora Thomson Pioneira, 2005.

Área de Conhecimento: Medicina de Comunidade

Programa:

1. Princípios e Bases do Sistema Único de Saúde

2. Princípios e Organização da Atenção Básica à Saúde

3. Planejamento e Gestão de Políticas e Serviços de Saúde em Atenção Básica

4. Monitoramento e Avaliação em Saúde

5. Determinantes Sociais e Condicionantes do Processo Saúde - Doença

6. Saúde da Mulher

7. Saúde da Criança

8. Saúde do idoso

9. Estudos Epidemiológicos Aplicados à Atenção Básica à Saúde

10. Transição Demográfica e Epidemiológica

Bibliografia Sugerida:

Duncan B. et Cols. Medicina Ambulatorial: Condutas de Atenção Primária Baseadas em

Evidências. ARTMED, 2004.

Fletcher RH, Flectcher SW. Epidemiologia Clinica: Elementos Essenciais. 4 Edição, 2006. Rouquayrol, MZ; Almeida Filho, Nº Epidemiologia e Saúde - 6 Edição, MEDSI, 1999.

Ministério da Saúde do Brasil, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica - Cadernos de Atenção Básica - http://dtr2004.saude.gov.br/dab/

Ministério da Saúde do Brasil, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica - Cadernos de Atenção Básica - Manual Técnico - Pré - Natal e Puerpério - Atenção Qualificada e Humanizada. Série Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos, Caderno nº 5. Brasília, DF, 2006.