UTFPR - Universidade Tecnológica Federal do Paraná - PR

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

UTFPR - UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ

CAMPUS PONTA GROSSA

COMISSÃO PERMANENTE DE CONCURSO PÚBLICO

EDITAL N° 001 /2012 - PS - PG

Notícia:   Vagas para Professor Temporário e Substituto em Ponta Grossa - UTFPR

De ordem do Magnífico Reitor da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, consoante Portaria Interministerial n° 253, de 26.07.2011, publicada no DOU de 27 subsequente, c/c Portaria/MEC n° 1034, de 27.07.2011, publicada no DOU de 28 subsequente, torno público que, na Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campus Ponta Grossa, localizada na Av. Monteiro Lobato, km 04, Baraúna, no período de 18/02/2012 a 29/02/2012, estarão abertas as inscrições para o Processo Seletivo para o preenchimento de 04 (quatro) vagas para Professor Substituto, de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico, na área/subárea especificada no Anexo I, nos termos do presente Edital.

1. DOS REQUISITOS PARA PARTICIPAÇÃO NO PROCESSO SELETIVO

1.1. Não ser docente vinculado à Lei n° 7.596/87 (PUCRCE) e Lei n° 11.784/2008.

1.2. Atender aos requisitos do Anexo I.

1.3. Nos termos da Lei n° 8745/93, ficam impedidas de assumir o candidato que já tenha tido vínculo com a Administração, sob a égide da Lei n° 8.745/93, nos últimos 24 meses.

1.4. Não participar de sociedade privada na condição de administrador ou sócio-gerente conforme Lei n° 8.112/90.

1.5. No caso de acumulação de cargos, possuir carga horária compatível com a proposta no Anexo I.

2. DA INSCRIÇÃO

2.1 A inscrição deverá ser efetuada pela internet, no endereço eletrônico www.utfpr.edu.br, das 08h do dia 18/02/2012 às 23h do dia 29/02/2012.

2.1.1 Caso o candidato não tenha acesso à Internet, será disponibilizado computador para o acesso, no horário das 14h às 17h, nos dias úteis, na Coordenadoria de Gestão de Recursos Humanos - COGERH, da Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR - Campus Ponta Grossa, sita na Av. Monteiro Lobato, Km 04 - Ponta Grossa - PR.

2.1.2 Após o preenchimento do formulário de inscrição, o candidato deverá imprimir o boleto bancário, podendo pagá-lo, preferencialmente, nas agências da Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasil, até o dia 01/03/2012.

2.2 A inscrição somente será confirmada após a informação, pelo banco, do pagamento da taxa de inscrição.

2.3 No dia 02/03/2012, a partir das 10 horas, o candidato deverá consultar, via Internet, se

foi confirmado o pagamento de sua inscrição, bem como o ensalamento. A UTFPR - Campus Ponta Grossa disponibilizará no mesmo período e no endereço citado no subitem 2.1.1, atendimento para os candidatos que tenham dificuldade de acesso à Internet.

2.4 Não haverá isenção total ou parcial do valor da taxa de inscrição, exceto para o candidato que estiver inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal - CadÚnico - e for membro de família de baixa renda, devendo requerer a isenção na forma do Decreto n° 6.593, de 02.10.2008.

3. DA PROVA ESCRITA

3.1. A Prova Escrita constará de questões relativas aos tópicos que compõem o programa, constante no Anexo II deste edital, podendo ser objetivas e/ou discursivas.

3.2. A Prova Escrita será realizada no dia 05/03/2012, às 17h na UTFPR, Campus Ponta Grossa, sita na Av. Monteiro Lobato, km 04, Baraúna e terá a duração de 02h30min.

3.3. Serão considerados aprovados na Prova Escrita os candidatos que obtiverem nota igual ou superior a 50 (cinqüenta) pontos.

3.4. Os candidatos não convocados para a Prova de Desempenho Didático estarão automaticamente excluídos do Processo Seletivo.

4 - DO SORTEIO DO PONTO PARA A PROVA DE DESEMPENHO DIDÁTICO

4.1. O sorteio de ponto para a Prova de Desempenho Didático será realizada no dia 07/03/2012, na Coordenadoria de Gestão de Recursos Humanos no Campus Ponta Grossa da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, sita na Av. Monteiro Lobato, km 04, Baraúna. O horário será divulgado no Edital de Resultado da Prova Escrita.

4.2 O ponto sorteado será único para todos os candidatos da mesma Área/Subárea, extraído do Programa que compõe o Anexo II do presente edital.

4.3 A presença do candidato no sorteio do ponto é facultativa.

4.4 Os pontos sorteados serão divulgados no endereço eletrônico www.utfpr.edu.br.

5 - DA PROVA DE DESEMPENHO DIDÁTICO

5.1. A Prova de Desempenho Didático será realizada no dia 08/03/2012, no Campus Ponta Grossa da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, sita na Av. Monteiro Lobato, km 04, Baraúna. O horário e o local de realização da Prova de Desempenho Didático serão divulgados no Edital de Resultado da Prova Escrita.

5.2. Para a Prova de Desempenho Didático serão convocados os candidatos na quantidade prevista no Anexo I, desde que tenham obtido a nota mínima para aprovação na Prova Escrita, conforme subitem 3.3.

5.3. Todos os candidatos que obtiveram a mesma nota do último classificado na Prova Escrita serão convocados para realizar a Prova de Desempenho Didático.

5.4. A ordem para apresentação dos candidatos na Prova de Desempenho Didático será correspondente à ordem alfabética dos candidatos aprovados na Prova Escrita.

5.5. A Prova de Desempenho Didático consistirá em uma aula de no máximo 30 minutos, perante a Banca Examinadora, com a finalidade de verificar os conhecimentos e a capacidade didática do docente.

5.6. Os recursos didáticos de que os candidatos pretendam fazer uso durante a prova, com exceção de quadro-negro, giz e projetor multimídia, deverão ser por ele mesmo providenciados e instalados, sob sua inteira responsabilidade.

5.7. Os candidatos ao se apresentarem para a Prova de Desempenho Didático, no local e horário estabelecido, deverão entregar à Banca Examinadora o Curriculum Vitae documentado, e plano de aula em três vias idênticas, contendo:

- identificação do tema;

- desenvolvimento do tema;

- lista de exercícios (quando couber);

- identificação dos pré-requisitos;

- modo de avaliar o aprendizado;

- objetivos instrucionais;

- bibliografia.

6 - DOS CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO

6.1. Os candidatos serão classificados em função da pontuação obtida nas Provas Escrita e de Desempenho Didático, através do cálculo de Média Aritmética Simples. As provas serão avaliadas na escala de O (zero) a 100 (cem) pontos.

7- DA APROVAÇÃO

7.1 Serão considerados aprovados os candidatos cuja Média Aritmética Simples entre as

Provas Escrita e de Desempenho Didático seja igual ou superior a 50 (cinquenta) e que as notas em cada uma das provas não sejam inferiores a 50 (cinquenta) pontos.

7.2 Em caso de empate, para efeito de classificação, dar-se-á preferência ao candidato que:

a) obtiver maior número de pontos na Prova de Desempenho Didático;

b) obtiver maior número de pontos na Prova Escrita;

c) for mais idoso.

8- DA DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS

8.1 O resultado da Prova Escrita será publicado em Edital, na Coordenadoria de Gestão de Recursos Humanos - Campus Ponta Grossa, e no endereço eletrônico www.utfpr.edu.br, às 18 horas do dia 06/03/2012.

8.2. O resultado final será publicado em Edital, na Coordenadoria de Gestão de Recursos Humanos - Campus Ponta Grossa, e no endereço eletrônico www.utfpr.edu.br, até às 18 horas do dia 09/03/2012.

9- DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

9.1. O não pronunciamento do candidato habilitado no prazo estabelecido para o seu ingresso facultará à Administração a convocação dos candidatos seguintes, sendo seu nome excluído do processo seletivo.

9.2. Os candidatos habilitados terão seu ingresso de acordo com a classificação obtida, consideradas as vagas existentes para Substituto da Carreira do Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico, nas áreas do Processo Seletivo e/ou em outras correlatas, do Quadro de Pessoal do UTFPR.

9.3. Anular-se-ão, sumariamente, a inscrição e todos os atos dela decorrentes, se o candidato não comprovar, no ato da contratação, que satisfaz os requisitos constantes no Anexo I.

9.4. O candidato convocado terá 24 horas para manifestar-se sobre a aceitação ou não do cargo e mais 02 (dois) dias úteis para apresentar a Coordenadoria de Gestão de Recursos Humanos a documentação exigida para a sua contratação.

9.5. O presente Processo Seletivo terá a validade pelo período de 01 (um) ano.

9.6 Os casos omissos serão resolvidos pelo Presidente da Comissão Permanente de Concurso Público.

Curitiba, 17 de fevereiro de 2012.

Adelaide Strapasson
PRESIDENTE DA COMISSÃO PERMANENTE DE CONCURSO PÚBLICO

De acordo:

Carlos Eduardo Cantarelli
REITOR

ANEXO I

Área/subárea

VG

PDD

CH

Turno

Requisitos

Computação/ Algoritmos, Programação e Estrutura de Dados

01

06

40

M/N

Graduado na área de Computação, com Pós-Graduação na área ou em áreas afins.

Gestão da Manutenção/Produção

01

06

40

M/N

Graduado em Engenharia ou Administração, com Pós-Graduação.

Mecânica/Tecnologia da Fabricação e Materiais

01

06

40

T/N

Graduado na área de Mecânica, com Pós-Graduação.

Mecânica/ Usinagem

01

06

40

M/N

Graduado na área de Mecânica, preferencialmente com Pós-Graduação.

Legenda: VG: número de vagas / PDD: número de candidatos convocados para prova de desempenho didático / CH: carga horária semanal / T: Turno / M: manhã / T: tarde / N: noite

Titulação

REMUNERAÇÃO
Tempo Integral (40 horas semanais)

Graduado

R$ 2.130,33

Especialização

R$ 2.478,17

Mestrado

R$ 3.289,10

Doutorado

R$ 4.300,00

 

TAXA DE INSCRIÇÃO

Tempo integral (40horas)

R$ 53,00

ANEXO II

Nível de Ensino: Básico, Técnico e Tecnológico
Área/Subárea: Computação/Algoritmos, Programação e Estrutura de Dados
Campus: Ponta Grossa

PROGRAMA

1. Algoritmos

2.Linguagem C e Java

3.Banco de Dados

4. Estrutura de Dados

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

A relação a seguir contempla os livros considerados elementares, o que não impede que outros sejam utilizados para a elaboração de questões.

MAZANO, José Augusto N. G.; OLIVEIRA, Jayr Figueiredo de. Algoritmos: lógica para desenvolvimento de programação. 13 ed., ver. São Paulo: Érica, 2002.

SALVETTI, Dirceu Douglas; BARBOSA, Lisbete Madsen. Algoritmos. São Paulo: Makron, 1998.

HICKSON, Rosângela. Aprenda a programar em C, C++ e C#. 2. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, Campus, 2005.

EVARISTO, Jaime. Aprendendo a programar programando em C. Rio de Janeiro: Book Express, 2001.

NIEMEYER, Patrick; KUDSEN, Jonathan. Aprendendo Java 2 SDK - versão 1.3. Rio de Janeiro: Campus, 2000.

AHMED, Khawar Zaman; UMRYSH, Cary E. (Autor). Desenvolvendo aplicações comerciais em java com J2EE e UML. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, 2002.

GUIMARÃES, Ângelo de Moura; LAGES, Newton Alberto de Castilho. Algoritmos e estruturas de dados. Rio de Janeiro: LTC, 2008.

GOODRICH, Michael T.; TAMASSIA, Roberto; MOUNT, David M. Data structures and algorithms in C++. Hoboken, NJ: John Wiley, 2004.

Nível de Ensino: Básico, Técnico e Tecnológico
Área/Subárea: Gestão da Manutenção/Produção
Campus: Ponta Grossa

PROGRAMA

1. Conceitos Básicos de Manutenção;

2. Técnicas Preditivas de Manutenção;

3. Manutenção Baseada na Condição e na Confiabilidade;

4. Sistemas de Tratamento de Falhas;

5. Manutenção Produtiva Total;

6. Indicadores e Avaliação de Desempenho na Manutenção;

7. Planejamento e Controle da Produção;

8. Programação da Produção;

9. Tipos e Sistemas de Produção;

10. Planejamento de Recursos.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

A relação a seguir contempla os livros considerados elementares, o que não impede que outros sejam utilizados para a elaboração de questões.

CORRÊA, Henrique L.; CORRÊA, Carlos A. Administração da produção e operações: manufatura e serviços: uma abordagem estratégica. 2. ed. São Paulo, SP: Atlas, 2006. 690 p. ISBN 9788522442126.

FARIA, Jose Geraldo de Aguiar. Administração da manutenção: sistema P.I.S. . São Paulo, SP: E. Blücher, c1994. 112 p.

FOGLIATTO, Flávio Sanson; RIBEIRO, José Luis Duarte (Autor). Confiabilidade e manutenção industrial. Rio de Janeiro, RJ: Elsevier, 2009. xvi, 265 p. ISBN 9788535233537.

PINTO, Alan Kardec; XAVIER, Júlio Aquino Nascif; BARONI, Tarcísio (Autor). Gestão estratégica e técnicas preditivas. Rio de Janeiro: Qualitymark;

ABRAMAN - Associação Brasileira de Manutenção, 2002. 136 p. (Manutenção;2) ISBN 85-7303-380-0.

PINTO, Alan Kardec; XAVIER, Júlio Aquino Nascif (Autor). Manutenção: função estratégica. 2. ed. rev. e ampl. Rio de Janeiro, RJ: Qualitymark, 2001. xviii, 341 p. ISBN 85-7303-323-1

RUSSOMANO, Victor Henrique. PCP: planejamento e controle da produção. 6. ed. rev. São Paulo: Pioneira, 2000. xi, 320 p. (Biblioteca pioneira de administração e negócios) ISBN 85-221-0008-X.

TUBINO, Dalvio Ferrari. Manual de planejamento e controle da produção. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2000. 220 p. ISBN 85-224-2426-8.

XENOS, Harilaus G. Gerenciando a manutenção produtiva: o caminho para eliminar falhas nos equipamentos e aumentar a produtividade. Belo Horizonte: EDG, c1998. 302 p. ISBN 85-86948-04-7 (1998).

Nível de Ensino: Básico, Técnico e Tecnológico
Área/Subárea: Mecânica/Tecnologia da Fabricação e Materiais
Campus: Ponta Grossa

PROGRAMA

11. Processos de fabricação mecânica;

12. Fundição;

13. Conformação;

14. Soldagem;

15. Usinagem;

16. Estrutura e propriedade dos materiais;

17. Ensaios destrutivos;

18. Ensaios não destrutivos.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

A relação a seguir contempla os livros considerados elementares, o que não impede que outros sejam utilizados para a elaboração de questões.

CHIAVERINI, Vicente. Tecnologia mecânica. 2. ed. São Paulo: Makron: Pearson Education do Brasil, 1986. 3v. ISBN 0-07-450089-9 (v.1).

GARCIA, Amauri; SPIM, Jaime Alvares; SANTOS, Carlos Alexandre dos. Ensaios dos materiais. Rio de Janeiro: LTC, 2000. 247 p.

SOUZA, Sérgio Augusto de. Ensaios mecânicos de materiais metálicos: fundamentos teóricos e práticos. 5. ed. São Paulo: E. Blücher, 1982. 286 p.

Nível de Ensino: Básico, Técnico e Tecnológico
Área/Subárea: Mecânica/Usinagem
Campus: Ponta Grossa

PROGRAMA

1. Ferramentas de corte;

2. Processos de usinagem;

3. Torneamento;

4. Fresamento;

5. Furação;

6. Retificação;

7. Comando numérico;

8. Eletroerosão;

9. Segurança.

BIBLIOGRAFIA SUGERIDA

A relação a seguir contempla os livros considerados elementares, o que não impede que outros sejam utilizados para a elaboração de questões.

DINIZ, Anselmo Eduardo; MARCONDES, Francisco Carlos; COPPINI, Nivaldo Lemos. Tecnologia da usinagem dos materiais. 5. ed. São Paulo: Artliber, 2006. 248 p

FERRARESI, Dino. Usinagem dos metais. São Paulo: E. Blücher, 1970. 3 v.

STEMMER, Caspar Erich. Ferramentas de corte I. 4. ed., rev e ampl. Florianopolis: Ed. da UFSC, 1995. 249 p. (Didática)

STEMMER, Caspar Erich. Ferramentas de corte II: brocas, alargadores, ferramentas de roscar, fresas, brochas, rebolos e abrasivos. 2. ed. Florianópolis: Ed. da UFSC, 1995. 314p. (Didática)

145739

Política de Privacidade 2000-2014 PCI Concursos Telefone (11) 2122-4231