340 vagas na Polícia Rodoviária Federal

Segunda-feira, 8 de outubro de 2007 às 15h46

Para concorrer a uma das vagas do Concurso Público do DPRF (Departamento de Polícia Rodoviária Federal), é imprescindível efetuar a inscrição em uma das agências credenciadas da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos relacionadas no edital, entre 17 de outubro de 2007 e 7 de novembro de 2007, ou via Internet a partir das 10h00 do dia 15 de outubro de 2007 até às 20h00 do dia 7 de novembro de 2007, por meio do endereço eletrônico www.nce.ufrj.br. As taxas de inscrições corresponderão a R$ 60,00.

O Concurso visa o preenchimento de 340 vagas para o cargo de Policial Rodoviário Federal, sendo 194 para o Estado do Pará e 146 para o Mato Grosso. A remuneração inicial será de R$ 5.084,00 e a jornada de trabalho (regime de escala de revezamento) de 40 horas semanais. A escolaridade exigida é o Nível Médio.

A Prova Objetiva contará com 80 questões (Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico e Matemático, Conhecimentos Gerais, Atualidades, Conhecimentos de Informática, Legislação de Trânsito e Conhecimentos de Direito) de múltipla escolha. A Prova de Redação terá caráter eliminatório e classificatório. Realizar-se-ão no dia 9 de dezembro de 2007.

O Exame de Capacidade Física (de caráter eliminatório), avaliará a capacidade do candidato para suportar, física e organicamente, às exigências da atividade policial. Os testes serão teste em Barra Fixa, Teste de Impulsão Horizontal e Corrida de 12 minutos. O candidato deverá comparecer na data, local e horário determinados com trajes e calçados apropriados à prática de educação física e de natação, munido de documento de identidade original e de atestado médico original específico para tal fim.

Os Exames Médicos irão avaliar se o candidato goza de boa saúde física e psíquica para suportar a atividade. Os classificados serão convocados para a Avaliação Psicológica, que consistirá na aplicação e na avaliação de baterias de testes psicológicos, de aptidão, de nível mental e de personalidade, visando a aferir se o candidato possui um perfil adequado ao exercício das atividades inerentes à função, incluindo o porte de arma de fogo, de acordo com o perfil profissiográfico do cargo.

Os candidatos aprovados serão convocados para o Curso de Formação Profissional, que será realizado nos estados do Mato Grosso do Sul ou Pará (ou em uma das unidades de treinamento do Departamento de Polícia Rodoviária Federal - www.dprf.gov.br), e exigirá do aluno tempo integral, inclusive aos sábados, domingos e feriados. O candidato será reprovado se não obtiver 70% do total de pontos do Curso ou freqüência integral.

Haverá investigação social e/ou funcional com a finalidade de apurar se o candidato ao cargo de Policial Rodoviário Federal apresenta procedimento irrepreensível e idoneidade moral inatacável.

As despesas como moradia, alimentação, transporte e saúde ficarão por conta do candidato, inclusive no período do Curso. O aluno que estiver regularmente matriculado fará jus a título de auxílio financeiro, ou seja, 50% da remuneração da classe inicial do cargo.

O prazo de validade do certame será de um ano, contado a partir da data de homologação da primeira turma do Curso de Formação Profissional, com possibilidades de ser prorrogado por igual período.

Compartilhe: