Prefeitura de Salto do Céu - MT

PREFEITURA MUNICIPAL DE SALTO DO CÉU

ESTADO DE MATO GROSSO

GABINETE DO PREFEITO

EDITAL DE TESTE SELETIVO

Notícia:   Salto do Céu - MT publica edital complementar de processo seletivo

A PREFEITURA MUNICIPAL DE SALTO DO CÉU, Estado de Mato Grosso, por meio do Excelentíssimo Senhor Prefeito Osvaldo Katsuo Minakami, no uso de suas atribuições legais e em cumprimento às normas previstas no artigo 37, inciso IX, da Constituição Federal, na Lei Orgânica do Município, na Legislação Municipal vigente e na Resolução 014/2010 do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso, faz saber aos interessados que estarão abertas as inscrições para o Processo Seletivo Simplificado de Provas e de Provas e Títulos para o ingresso em seu quadro de contratação temporária de pessoal, para os cargos constantes do presente edital, de acordo com as disposições a seguir:

1. ENTIDADE EXECUTORA DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

1.1. A realização deste Processo Seletivo Simplificado, bem como a elaboração do edital, mediante supervisão da Comissão Organizadora do Processo Seletivo, elaboração e aplicação das provas e demais atos que se fizerem necessários à execução do certame, ficarão sob a responsabilidade da ACPI - ASSESSORIA, CONSULTORIA, PLANEJAMENTO & INFORMÁTICA LTDA., inscrita no CNPJ/MF n° 36.879.070/0001-09, com sede na Rua G, n° 01, Setor Norte, Morada do Ouro, Cuiabá - MT, www.acpi.com.br, (65) 2123-4600, obedecendo às normas deste edital.

Inscrições presenciais

Início: 08/05/2012, das 08h às 10h30min e das 13h às 16h30min, de segunda a sexta-feira.

Término: 28/05/2012 às 12h.

Prazo limite para pagamento da taxa de inscrição: 28/05/2012, no horário de funcionamento bancário.

Local: Recepção da Prefeitura Municipal de Salto do Céu, situada na Rua Carlos Laet, nº. 11, Bairro Cachoeira, Salto do Céu - MT.

Inscrições

via internet

Início: 08/05/2012.

Término: 28/05/2012.

Prazo limite para pagamento da taxa de inscrição: 28/05/2012, no horário de funcionamento bancário.

Endereço eletrônico: www.acpi.inf.br e www.saltodoceu.mt.gov.br

Os horários previstos neste edital seguem o horário local de Salto do Céu - MT.

2. DAS INSCRIÇÕES

2.1. As inscrições devem ser feitas via internet ou pessoalmente em data, horário e local informados no quadro abaixo:

2.2. Procedimento

1º Passo: Preencher o Formulário de Inscrição diretamente no site ou, em caso de inscrição presencial, com o auxílio de um servidor autorizado;

2º Passo: Conferir os dados informados, sob pena de o candidato ser impedido de realizar as provas caso as informações estejam incorretas;

3º Passo: Imprimir o espelho do Requerimento de Inscrição (Cartão de Identificação) juntamente com o boleto de pagamento da taxa de inscrição;

4º Passo: Efetuar o pagamento da taxa por meio de boleto bancário somente em agências do Banco do Brasil S/A, observando o horário de atendimento bancário, até a data limite estipulada.

2.3. Do procedimento específico para a inscrição presencial

2.3.1. Os candidatos que não têm acesso à internet podem fazer inscrição presencial, com auxílio de um servidor autorizado, na recepção da Prefeitura Municipal de Salto do Céu, situada na Rua Carlos Laet, nº. 11, Bairro Cachoeira, CEP 78270-000, Salto do Céu - MT.

2.3.2. No ato da inscrição presencial o candidato deverá:

a) Apresentar documento original de identidade que comprove a idade mínima de 18 (dezoito) anos - caso o candidato não tenha completado a idade mínima exigida neste item no dia da inscrição, poderá inscrever-se no Processo Seletivo Simplificado com a condição de que só poderá submeter-se às provas se completar a idade mínima exigida até a data da realização das mesmas.

b) Apresentar documento original de identidade contendo os dados necessários para o preenchimento do Requerimento de Inscrição;

c) Informar, obrigatoriamente, o número do seu Cadastro de Pessoa Física - CPF;

d) Responsabilizar-se pelo pagamento da taxa de inscrição no valor correspondente à categoria funcional, na forma prevista neste edital;

e) Prestar as informações para a inscrição, com clareza, diretamente ao servidor autorizado responsável.

2.3.3. Não recairá sobre o servidor autorizado a auxiliar o candidato em sua inscrição presencial qualquer responsabilidade quanto ao preenchimento da ficha de inscrição; portanto, o candidato deverá, antes de pagar a taxa de inscrição, conferir todos os dados e se certificar do cargo para o qual estará se inscrevendo.

2.3.4. A inscrição presencial deverá ser feita pelo próprio candidato ou por procurador legalmente constituído, por meio de instrumento público ou particular de procuração, autenticado em cartório, contendo poderes expressos para este fim.

2.4. Formas de Pagamento

2.4.1. O pagamento do valor da taxa de inscrição deverá ser efetuado por meio de boleto bancário nas agências do Banco do Brasil S/A, observando o horário de atendimento bancário, até a data limite estipulada.

2.4.2. As inscrições pagas após a data de vencimento do boleto serão indeferidas.

2.5. Efetivação da Inscrição

2.5.1. O cadastro dos dados não garante a efetivação da inscrição do candidato.

2.5.2. A inscrição somente será efetivada quando o pagamento do valor da taxa de inscrição for registrado no banco de dados (após o recebimento das informações da rede bancária, o que pode demorar alguns dias).

2.5.3. A taxa de inscrição é a seguinte:

a) Para cargos que exigem Ensino Fundamental Incompleto - Alfabetizado

R$ 20,00

b) Para cargos que exigem Ensino Médio Completo

R$ 40,00

c) Para cargos que exigem Ensino Superior Completo

R$ 60,00

2.6. Da regularidade e aceitação das inscrições

2.6.1. Não serão admitidas, em hipótese alguma, inscrições condicionais em desacordo com as normas constantes deste edital e regulamento do Processo Seletivo Simplificado.

2.6.2. Efetivada a inscrição, não serão aceitos pedidos para alteração de cargos.

2.6.3. A inscrição somente se efetivará mediante o pagamento da taxa de inscrição.

2.6.4. Não serão permitidas duas inscrições para o mesmo candidato.

2.7. Disposições gerais sobre as inscrições

2.7.1. A inscrição vale, para todo e qualquer efeito, como forma expressa de concordância, por parte do candidato, com todas as condições, normas e exigências constantes deste edital.

2.7.2. O candidato que prestar informações inverídicas, além da desclassificação, estará sujeito às penalidades previstas em lei.

2.7.3. Caso o candidato não apresente a documentação necessária no ato da contratação ou se constate qualquer falsificação nas informações prestadas no ato da inscrição será desclassificado, sendo convocado para contratação o candidato imediatamente posterior, segundo a ordem de classificação.

2.7.4. O candidato detentor de certificado de especialização, mestrado ou doutorado deverá apresentar fotocópia do documento correspondente ao título, autenticada em cartório, na sede da Prefeitura Municipal, especificamente para a prova de títulos, via protocolo ou por meio do correio com registro em sedex, no período determinado em edital complementar, a ser publicado após a divulgação do resultado da 1ª fase do Processo Seletivo Simplificado.

2.7.5. O candidato que desejar se inscrever em qualquer cargo de nível superior detentor de tempo de serviço na área da educação, deverá apresentar, no ato da inscrição, Currículo Vitae, bem como documento comprobatório anexo, nos moldes do item 5.3. deste edital.

2.7.6. Qualquer documento protocolado na Comissão do Processo Seletivo depois do período definido, conforme item 2.7.4., será sumariamente invalidado.

2.8. Do Cartão de Identificação

2.8.1. No ato da inscrição o candidato deverá receber ou imprimir o seu Cartão de Identificação, que deverá apresentar no dia das provas, sendo de sua total responsabilidade as informações nele contidas, em especial os seguintes itens:

a) Nome;

b) Número do documento de identidade, sigla do órgão expedidor e Unidade da Federação emitente;

c) O cargo a que irá concorrer.

2.8.2. Além dos dados acima, o candidato deverá tomar conhecimento de seu número de inscrição, do dia e horário da prova.

2.8.3. O local de realização da prova será divulgado em edital complementar específico para esse fim.

2.8.4. As informações complementares serão divulgadas nos seguintes endereços eletrônicos: www.acpi.inf.br e www.saltodoceu.mt.gov.br.

2.9. Das isenções da taxa de inscrição para candidatos de baixa renda e doadores de sangue:

2.9.1. Não haverá isenção total ou parcial do valor da taxa de inscrição, salvo para os candidatos que se declararem como isentos e comprovarem os requisitos abaixo.

2.9.2. Ficarão isentos da taxa de inscrição os candidatos de baixa renda e doadores regulares de sangue, na forma das Leis Estaduais n° 7.713/2002 e 8.795/2008.

2.9.3. Os candidatos que pretenderem se inscrever na condição de isentos, por estarem regularmente inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, deverão entregar o REQUERIMENTO DE ISENÇÃO devidamente preenchido e assinado, constando obrigatoriamente, sob pena de indeferimento, o Número de Identificação Social - NIS do candidato, número esse atribuído pelo órgão gestor nacional do Cadastro Único para Programas Sociais - CadÚnico, que será consultado quanto à veracidade das informações prestadas pelo candidato no Requerimento de Isenção, juntamente com a fotocópia dos seguintes documentos comprobatórios:

a) documento de identidade do requerente;

b) cadastro de Pessoa Física (CPF) do requerente;

c) cartão de benefício de qualquer um dos programas sociais do governo federal Nº qual conste o Número de Identificação Social - NIS do candidato.

2.9.4. Os candidatos que pretenderem se inscrever na condição de isentos, por serem doadores regulares de sangue e que já tenham feito, no mínimo, uma doação nos últimos quatro meses antes do lançamento do edital, deverão entregar o REQUERIMENTO DE ISENÇÃO devidamente assinado, juntamente com a cópia dos seguintes documentos comprobatórios:

a) documento de identidade do requerente;

b) Cadastro de Pessoa Física (CPF) do requerente;

c) documento comprobatório padronizado de sua condição de doador regular, expedido pelo Banco de Sangue, público ou privado, autorizado pelo Poder Público, em que faz a doação, constando no mínimo uma doação no período de quatro meses, anteriores à publicação deste edital.

2.9.5. Os documentos apresentados serão analisados pela comissão organizadora no ato da inscrição, possibilitando dessa forma que o candidato que por ventura não consiga apresentar os documentos necessários para isenção, possa inscrever-se após o pagamento da taxa de inscrição.

2.9.6. Os candidatos com direito à isenção, conforme previsto nos subitens anteriores, deverão observar a data limite para efetuarem a inscrição.

2.9.7. Serão aceitas inscrições para os candidatos com direito à isenção no período de 08/05/2012 a 16/05/2012, por meio de requerimento padrão, disponível no Anexo III, a ser protocolado no local estabelecido no item 2.3.1. deste edital, após a devida realização de sua inscrição nos endereços eletrônicos www.acpi.inf.br e www.saltodoceu.mt.gov.br.

2.9.5.2. A inscrição de candidatos com isenção deve ser presencial, ficando vedado qualquer outro meio para a sua validação.

2.10. Vagas reservadas para pessoas com deficiência

2.10.1. Aos candidatos com deficiência estão reservadas 5% (cinco por cento) das vagas dos cargos previstos neste edital, de acordo com a Lei Municipal nº. 069/98 e com a Lei Federal nº 7.853/89, regulamentada pelo Decreto nº 3.298/99.

2.10.2. Para os efeitos do item 2.10.1, consideram-se pessoas portadoras de necessidades especiais as elencadas no art. 4º do Decreto nº 3.298/99, alterado pelo Decreto nº 5.296/2004.

2.10.3. Qualquer pessoa com deficiência poderá inscrever-se no Processo Seletivo Simplificado para ingresso nos cargos da Prefeitura Municipal de Salto do Céu, conforme a previsão das vagas estabelecidas neste edital.

2.10.4. O candidato, no ato da inscrição, declarará expressamente a deficiência de que é portador e deverá apresentar o laudo médico atestando a espécie e o grau ou nível da deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doença - CID, bem como a provável causa da deficiência, nos termos do inciso IV do art. 39 do Decreto Federal nº 3.298/99, na sede da Prefeitura Municipal, para a Comissão Organizadora do Processo Seletivo Simplificado, via protocolo, até o dia 28/05/2012, ou por meio do correio com registro em sedex até o dia 28/05/2012, data em que se encerrarão as inscrições, e com recebimento até o dia 31/05/2012. Qualquer documento protocolado ou com registro de sedex depois desta data será sumariamente invalidado para esta finalidade.

2.10.5. O candidato portador de necessidade especial deverá corresponder ao perfil traçado para o preenchimento do cargo.

2.10.6. No ato da inscrição o candidato indicará a necessidade de qualquer adaptação das provas a serem prestadas.

2.10.7. O candidato que se encontrar nessa especial condição poderá, resguardadas as características inerentes às provas, optar pela adaptação de sua conveniência, dentro das alternativas de que a instituição selecionadora dispuser na oportunidade.

2.10.8. Para que sejam considerados aprovados, os candidatos portadores de necessidades especiais deverão obter, durante todo o Processo Seletivo Simplificado, a pontuação mínima estabelecida para todos os candidatos, sendo expressamente vedado o favorecimento destes ou daqueles no que se refere às condições para sua aprovação.

2.10.9. Na realização das provas, as adaptações necessárias aos candidatos portadores de deficiência física somente serão efetuadas para aqueles que comunicarem sua deficiência conforme determina o art. 40 do Decreto Federal nº. 3.298/99.

2.10.10. A ACPI - ASSESSORIA, CONSULTORIA, PLANEJAMENTO & INFORMÁTICA LTDA. não se responsabilizará pela elaboração de prova específica para os portadores de necessidade especial que não comunicarem a deficiência no ato da inscrição.

2.10.11. Por ocasião da contratação dos candidatos aprovados, obrigatoriamente de acordo com a disponibilização das vagas, conforme Anexo I deste edital, a Prefeitura Municipal de Salto do Céu procederá à análise da compatibilidade da deficiência com as atribuições do cargo pretendido, de acordo com as normas do Instituto Nacional de Previdência Social/INSS.

3. DOS CARGOS E VAGAS OFERECIDOS E SUAS ESPECIFICAÇÕES

3.1. Os cargos e vagas estão distribuídos conforme Anexo I deste edital.

3.2. Os candidatos a qualquer cargo obrigam-se a prestar serviço em todo o território do município, ou seja, área rural ou urbana, de acordo com as necessidades da Administração Municipal, não podendo optar por prestar os serviços na cidade (área urbana) ou no interior (área rural), devendo respeitar o lotacionograma e a ordem de classificação, sendo que a recusa em prestar os serviços, na vaga de direito, importa desistência tácita da vaga.

4. DAS PROVAS

4.1. Data e local de realização das provas objetivas.

4.1.1. As provas objetivas para todos os cargos serão realizadas no dia 10 de junho de 2012 no período matutino, das 08h às 11h, nos locais a serem indicados em edital complementar específico, que será afixado no quadro de avisos da Prefeitura Municipal e estará disponível nos seguintes endereços eletrônicos: www.acpi.inf.br e www.saltodoceu.mt.gov.br.

4.2. Das características das provas objetivas

4.2.1. As provas objetivas terão duração de 03 (três) horas, contadas a partir do momento em que todas as informações forem prestadas aos candidatos.

4.2.2. A constituição das provas objetivas é a seguinte:

FUNDAMENTAL INCOMPLETO - ALFABETIZADO

Cargo

Disciplinas

Número de questões

Total de questões

Valor de cada questão

Pontuação máxima

Auxiliar de Serviços Gerais

Língua Portuguesa e Matemática

10

20

1,00

20,00

Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos

10

NÍVEL MÉDIO

Cargos

Disciplinas

Número de questões

Total de questões

Valor de cada questão

Pontuação máxima

Monitor de Acompanhamento Escolar

Monitor de API/APD

Monitor de Esporte do PETI

Monitor de Artes

Orientador Social Projovem - Adolescente

Gestor de Bolsa Família

Língua Portuguesa e Matemática

10

40

1,00

40,00

Conhecimentos Gerais

10

Relações Humanas

10

Conhecimentos Específicos

10

 

Cargos

Disciplinas

Número de questões

Total de questões

Valor de cada questão

Pontuação máxima

Técnico de Telecentro de Informática

Língua Portuguesa e Matemática

10

40

1,00

40,00

Conhecimentos Gerais

10

Conhecimentos de Relações Humanas

10

Conhecimentos Específicos

10

NÍVEL SUPERIOR

Cargo

Disciplinas

Número de questões

Total de questões

Valor de cada questão

Pontuação máxima

Professor de História

Língua Portuguesa

10

40

1,00

40,00

Conhecimentos Gerais

10

Didática e Fundamentação da Educação

10

Conhecimentos Específicos

10

4.2.3. Todas as provas serão elaboradas com base nos conteúdos programáticos contidos no Anexo II deste edital.

4.3. Da realização das provas

4.3.1. O candidato deverá comparecer ao local de aplicação das provas com antecedência de, no mínimo, 60 (sessenta) minutos do horário especificado, trazendo caneta esferográfica de material transparente, de tinta azul ou preta, Cartão de Identificação/Comprovante de Inscrição e documento de identidade original.

4.3.2. O candidato não poderá entrar no local de aplicação das provas com outros objetos além daqueles exigidos no item anterior.

4.3.3. O fiscal de sala e a coordenação do Processo Seletivo Simplificado não se responsabilizarão por danos ou desaparecimento de objetos, bolsas, celulares e outros objetos que forem deixados na sala pelos candidatos.

4.3.4. Caso haja necessidade de o candidato entrar no local de aplicação das provas com objetos diversos daqueles elencados no item 4.3.1., o fiscal de sala e a coordenação do Processo Seletivo não se responsabilizarão por danos ou desaparecimento de objetos, bolsas, celulares e outros que forem deixados na sala pelos candidatos.

4.3.5. Somente será admitido na sala de provas o candidato que estiver munido de Cédula de Identidade original ou outro documento original, com fotografia, de igual valor legal, ou seja: carteira expedida por Órgão ou Conselho de Classe que tenha força de documento de identificação; Carteira de Trabalho e Previdência Social; Certificado de Reservista ou Carteira de Motorista nos moldes atuais.

4.3.6. O documento deverá estar em perfeitas condições, de forma a permitir com clareza a identificação do candidato, sendo expressamente proibida a identificação de candidatos com documentos em fotocópia ou equivalentes.

4.3.7. Não será aceito protocolo ou qualquer outro documento como crachá, identidade funcional, título de eleitor ou outro diferente daqueles citados no item 4.3.5.

4.3.8. Não será permitido o ingresso na sala de aplicação de provas de candidatos que comparecerem sem documentos citados no item 4.3.5, mesmo que tenham solicitado a alguém que traga a documentação até o local de prova. Vencido o horário permitido, o candidato deverá retirar-se do espaço físico do local de aplicação de prova (escolas ou entidades estabelecidas).

4.3.9. Será sumariamente eliminado do Processo Seletivo Simplificado o candidato que utilizar meios ilícitos para a execução das provas; perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos, incorrendo em comportamento indevido ou descortês para com qualquer um dos aplicadores, seus auxiliares ou autoridades; afastar-se da sala de provas sem o acompanhamento do fiscal antes de ter concluído as mesmas; for surpreendido, durante as provas, em qualquer tipo de comunicação com outro candidato ou pessoa, ou utilizando máquinas de calcular ou similar, telefone celular, livros, códigos, manuais, bonés e outros tipos de chapelaria, óculos escuro, impressos ou anotações, ou, após as provas, a utilização de processos ilícitos para a realização das mesmas, constatado por meio de perícia.

4.3.10. Somente será permitido ao candidato ausentar-se da sala de provas, para ir ao banheiro ou para beber água, acompanhado de um fiscal.

4.3.11. Não serão considerados aptos a fazerem as provas aqueles candidatos que estejam impossibilitados de comparecer aos locais determinados para a realização das mesmas.

4.3.12. Em hipótese alguma será admitida a entrada nos locais de provas de candidatos que se apresentarem após a hora determinada para o início das provas.

4.3.13. O candidato, após ter concluído a prova, deverá ausentar-se definitivamente do local de aplicação das mesmas.

4.3.14. Nas provas objetivas só serão consideradas, para efeito de pontuação, as anotações constantes do Cartão de Resposta preenchido com caneta esferográfica preta ou azul não porosa.

4.3.15. No preenchimento do Cartão de Resposta é necessário que o campo correspondente à alternativa correta seja totalmente pintado, sob pena de anulação da questão não preenchida corretamente.

4.3.16. As questões respondidas incorretamente não anularão as questões respondidas corretamente.

4.3.17. As questões deixadas em branco, ou com mais de uma resposta, ou com rasuras, ainda que legíveis, serão consideradas nulas.

4.3.18. Os pontos, relativos às questões eventualmente anuladas por erro material quando da elaboração, serão atribuídos a todos os candidatos que prestarem a prova para aquele cargo.

4.3.19. Em nenhuma hipótese haverá segunda chamada, eliminando-se o candidato faltoso.

4.3.20. O candidato, ao terminar as provas, deverá entregar ao fiscal o seu caderno de provas e o seu Cartão de Resposta.

4.3.21. O candidato que permanecer na sala pelo tempo mínimo de 02 (duas) horas poderá levar consigo o caderno de provas.

4.3.22. O candidato que sair antes do horário acima mencionado, terá oportunidade de retirar o caderno de provas no prazo de 02 (dois) dias, a partir do dia seguinte ao da aplicação da prova, na Prefeitura Municipal de Salto do Céu, das 08h às 12h; após esse prazo os cadernos que não forem retirados serão incinerados.

4.3.23. O candidato deverá permanecer no mínimo por uma hora em sala após o início das provas, sob pena de eliminação.

4.3.24. Os 03 (três) últimos candidatos, obrigatoriamente, permanecerão na sala, sendo liberados somente quando todos tiverem concluído a prova, assinando ao sair o relatório dos fiscais de sala, sob pena de eliminação.

4.3.25. A candidata que tiver necessidade de amamentar durante a realização das provas, além de solicitar atendimento diferenciado para tal fim, deverá levar um acompanhante, que ficará com a guarda da criança em local reservado. A amamentação dar-se-á nos momentos que se fizerem necessários.

4.3.26. Não haverá nenhum tipo de compensação em relação ao tempo de prova dispensado à amamentação. A falta de um acompanhante impossibilitará a candidata de realizar a prova.

4.4. Do conteúdo programático das provas objetivas

4.4.1. Os programas das provas objetivas, nos quais constam as matérias a serem exigidas nas provas, fazem parte do Anexo II deste edital.

5. DA CLASSIFICAÇÃO

5.1. Dos critérios de classificação

5.1.1. A classificação final dos candidatos se dará pela média aritmética das notas obtidas tanto na primeira como na segunda fase, conforme o caso, divulgando-se o resultado final em ordem decrescente.

5.1.2. O candidato classificado, excedente às vagas atualmente existentes, será mantido em cadastro durante o prazo de validade do Processo Seletivo Simplificado e poderá ser convocado em função da disponibilidade de vagas futuras, ficando sob sua responsabilidade o acompanhamento da nomeação através do jornal oficial da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), no site www.saltodoceu.mt.gov.br e no quadro de avisos da Prefeitura Municipal de Salto do Céu - MT, ocorrida durante o prazo de validade do Processo Seletivo Simplificado.

5.2. Da Prova de Títulos

5.2.1. Admitir-se-á prova de títulos para o cargo de Nível Superior. A pontuação se dará da seguinte forma:

ORDEM

TÍTULOS

CONDIÇÃO

PONTO

01

Especialização

Diploma ou Certificado de Conclusão de Curso de Pós-graduação em nível de Especialização com carga horária igual ou superior a 360 horas.

0,50

02

Mestrado

Diploma ou Certificado de Conclusão de Curso de Pós-graduação em nível de Mestrado.

0,75

03

Doutorado

Diploma ou Certificado de Conclusão de Curso de Pós-graduação em nível de Doutorado.

1,00

5.2.2. Na análise da Titulação Acadêmica, se for apresentado mais de um título em nível igual ou diferente, será computado apenas o título de maior pontuação.

5.2.3. Somente será considerado o título obtido na área correspondente ao cargo pretendido.

5.2.4. A Titulação Acadêmica será comprovada mediante a apresentação do respectivo comprovante em fotocópia legível e autenticada em cartório.

5.2.5. A pontuação obtida na prova de títulos será somada à média aritmética das provas objetivas para efeito de classificação final.

5.2.6. Será aceito diploma, certificado de especialização, mestrado ou doutorado devidamente registrado, nos termos da legislação vigente.

5.2.7. Somente será computado o ponto da prova de títulos para os candidatos classificados.

5.2.8. A entrega dos diplomas ou certificados, previsto no item 5.2.6., deverá ser realizada conforme item 2.7.4, utilizando para tanto o Formulário para Apresentação de Títulos, constante no Anexo III deste edital.

5.3. Da Análise Curricular

5.3.1. Admitir-se-á análise curricular para o cargo de Nível Superior. A pontuação se dará da seguinte forma:

ORDEM

ANÁLISE CURRICULAR

CONDIÇÃO

PONTO

01

TEMPO DE SERVIÇO

Documento comprobatório de tempo de serviço na área da Educação em atuação docente, referente aos 10 (dez) últimos anos, registrado pela instituição de ensino, legalmente autorizada, atribui-se 0,10 (dez décimos) para cada dois anos comprovados, podendo atribuir-se no máximo 0,50 (cinquenta décimos).

0,10 a 0,50

02

FORMAÇÃO EM SERVIÇO

Certificados de cursos na área da Educação, devidamente registrados pela instituição formadora, legalmente autorizada, contendo carga horária e conteúdos ministrados, atribui-se 0,10 (dez décimos) para cada 40h (quarenta) apresentadas e comprovadas, podendo atribuir-se no máximo 0,50 (cinquenta décimos).

0,10 a 0,50

5.3.2. Somente serão considerados o tempo de serviço e a formação em serviço obtidos no efetivo exercício do magistério.

5.3.3. Para a comprovação de tempo de serviço, o candidato deverá apresentar Certidão de Tempo de Contribuição emitida pelo órgão ou instituição oficial. A formação em serviço será comprovada mediante a apresentação de fotocópias de certificados legíveis e autenticadas em cartório.

5.3.4. Os pontos obtidos na análise curricular serão somados à média aritmética das provas objetivas para efeito de classificação final.

5.4. Da desclassificação

5.4.1. Será considerado desclassificado do Processo Seletivo Simplificado o candidato que:

a) Obtiver um percentual menor que 20% (vinte por cento) em cada uma das provas objetivas não específicas;

b) Obtiver um percentual menor que 30% (trinta por cento) na prova de Conhecimentos Específicos;

c) Obtiver um percentual menor que 30% (trinta por cento) na média final, que será mensurado após o cálculo da média aritmética da soma das provas objetivas não específicas e de conhecimento específico. Por exemplo, para os cargos com 40 questões: P1+P2+P3+P4 = XXXX/4, média final, conforme o caso.

d) Ausentar-se de qualquer prova;

e) Descumprir as normas constantes deste edital ou as orientações dadas pela Equipe de Coordenação do Processo Seletivo Simplificado nº 001/2012;

f) Utilizar meios fraudulentos na realização das provas ou na apresentação de documentos ou, ainda, ser flagrado com "cola" ou passando "cola" para outro candidato;

g) Perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos;

h) Não entregar a documentação exigida no ato da contratação;

i) Não comprovar as informações prestadas no ato da inscrição;

j) Aprovado, não comparecer nos locais, prazos, horários e condições especificados no ato da convocação.

5.5. Dos critérios de desempate na classificação

5.5.1. Havendo empate na contagem de pontos na classificação em qualquer cargo, serão obedecidos os critérios de desempate pela ordem a seguir:

a) Candidato com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos completos até o último dia de inscrição, nos termos da LeiFederalnº10.741/2003,entre si e frente aos demais,sendo que será da da preferência ao candidato de idade mais elevada.

b) Aos candidatos de Nível Superior:

01

Professor de História

· Maior nota nas questões de conhecimentos específicos - questões de número 31 a 40.

· Maior nota nas questões de Didática e Fundamentação da Educação - questões de número 21 a 30.

· Maior nota na prova de Conhecimentos Gerais - questões de número 11 a 20.

· Maior nota nas questões de Língua Portuguesa - questões de número 01 a 10.

· O candidato mais idoso.

c) Aos candidatos de Nível Médio:

01

Monitor de Acompanhamento Escolar

Monitor do API, APD

Monitor de Artes

Monitor de Esporte do PETI

Orientador Social do Projovem - Adolescente

Técnico de Telecentro de Informática

Gestor de Bolsa Família

· Maior nota nas questões de conhecimentos específicos - questões de número 31 a 40.

· Maior nota nas questões de Conhecimentos sobre Relações Humanas - questões de número 21 a 30.

· Maior nota na prova de Conhecimentos Gerais - questões de número 11 a 20.

· Maior nota nas questões de Língua Portuguesa - questões de número 01 a 10.

· O candidato mais idoso.

d) Aos candidatos concorrentes ao cargo que exige apenas alfabetização:

01

Auxiliar de Serviços Gerais

· Maior nota nas questões de conhecimentos Gerais e Específicos - questões de número 11 a 20.

· Maior nota nas questões de Língua Portuguesa e Matemática - questões de número 01 a 10.

· O candidato mais idoso.

e) que obtiver maior pontuação de títulos (se houver).

6. DO RESULTADO FINAL

6.1. O resultado final do Processo Seletivo Simplificado será homologado por decreto do Poder Executivo Municipal, observado o prazo legal para interposição de recursos, e será publicado nos sites www.acpi.inf.br e www.saltodoceu.mt.gov.br e facultativamente na imprensa local, de forma resumida ou integral, a critério da Prefeitura Municipal de Salto do Céu.

7. DA CONVOCAÇÃO

7.1. Os candidatos aprovados serão convocados para nomeação, atendendo às necessidades da Prefeitura Municipal de Salto do Céu, seguindo-se rigorosamente a ordem de classificação até o limite de vagas estabelecido neste edital ou aquelas vagas criadas por lei durante a validade do Processo Seletivo Simplificado.

7.2. Os candidatos classificados e em cadastro de reserva serão mantidos em cadastro durante o prazo de validade do Processo Seletivo Simplificado e poderão ser convocados em função da disponibilidade de vagas futuras, ficando sob sua responsabilidade o acompanhamento das nomeações na Imprensa Oficial do Município ocorridas durante o prazo de validade do Processo Seletivo Simplificado.

7.3. Os candidatos aprovados serão convocados por edital publicado na Imprensa Oficial do Município e, facultativamente, na imprensa local a comparecerem em data, horário e local preestabelecidos para serem contratados e receberem a designação do respectivo local de trabalho.

7.4. Para ser contratado, o candidato deverá apresentar documentação original e fotocópia autenticada em cartório, que comprove o que segue abaixo:

7.4.1. Cédula de Identidade comprovando a idade igual ou superior a 18 (dezoito) anos;

7.4.2. Ser brasileiro ou estrangeiro nos termos da lei (arts. 12 e 37, I, da CF/88);

7.4.3. Certidão de Casamento ou Nascimento;

7.4.4. Certidão de Nascimento dos filhos menores de 14 anos (se for o caso);

7.4.5. Carteira de Vacinação dos filhos menores de 05 anos (se for o caso);

7.4.6. Cartão de Identificação do Contribuinte (CPF);

7.4.7. Cartão do PIS/PASEP;

7.4.8. Comprovante de votação nas duas últimas eleições que antecederem à contratação;

7.4.9. Título de Eleitor;

7.4.10. Certidão Negativa de Débitos para com o município de contratação;

7.4.11. Atestado de Saúde Física e Mental (Pré-Admissional);

7.4.12. 02 (duas) fotos 3x4, coloridas e recentes;

7.4.13. Certidão de Reservista (quando do sexo masculino);

7.4.14. Comprovante de Escolaridade, através de histórico escolar, diploma, conforme exigência do cargo ao qual concorre, devidamente registrado pelo MEC;

7.4.15. Declaração contendo endereço residencial;

7.4.16. Declaração negativa de acúmulo de cargo público;

7.4.17. Declaração de Bens;

7.4.18. Declaração de disponibilidade para cumprimento da carga horária do cargo em que exercerá sua função.

8. DO REGIME JURÍDICO DE TRABALHO

8.1. A nomeação dos candidatos aprovados será feita exclusivamente no regime contratual, sendo vinculados ao Regime Geral de Previdência Social.

9. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

9.1. O presente Processo Seletivo Simplificado terá prazo de validade de 01 (um) ano, contado a partir de sua homologação.

9.2. A inscrição neste Processo Seletivo Simplificado, para todo e qualquer efeito de direito, expressa o conhecimento e a aceitação por parte do candidato de todas as normas constantes deste edital.

9.3. Caso ocorram desistências ou eliminações de candidatos convocados para a nomeação, a Prefeitura Municipal de Salto do Céu promoverá tantas convocações e nomeações quantas julgar necessárias durante o período de validade do Processo Seletivo Simplificado, dentre os candidatos classificados, observando sempre o número de vagas existentes, ou que venham a ser criadas por lei específica.

9.4. Será considerado desistente e, portanto, eliminado do Processo Seletivo Simplificado o candidato que não comparecer nas datas estabelecidas pela Prefeitura Municipal de Salto do Céu para contratação, ou deixar de cumprir os requisitos exigidos.

9.5. O candidato que, à época da contratação, não comprovar que preenche os requisitos indispensáveis para o exercício legal do cargo para o qual foi aprovado, será considerado eliminado sumariamente, não podendo ser aproveitado para outro cargo.

9.6. A Prefeitura Municipal de Salto do Céu poderá convocar, para o preenchimento de vagas surgidas no decorrer do prazo de validade deste Processo Seletivo Simplificado, os candidatos classificados, observando-se o cargo e a ordem de classificação, rigorosamente.

9.7. A Prefeitura Municipal de Salto do Céu fará divulgar, sempre que necessário, as normas complementares ao presente edital e avisos oficiais.

9.8. A aprovação do candidato não assegura o direito ao seu ingresso automático e imediato ao cargo para o qual se habilitou, estando a sua convocação condicionada à necessidade da Administração Municipal da Prefeitura de Salto do Céu - MT.

9.9. Os itens deste edital poderão sofrer eventuais alterações enquanto não for consumado o evento que lhe diz respeito.

9.10. Todas as publicações pertinentes ao presente Processo Seletivo Simplificado, enquanto em andamento e até a divulgação do resultado, serão feitas nos seguintes endereços eletrônicos: www.acpi.com.br e www.saltodoceu.mt.gov.br, bem como no quadro de avisos da Prefeitura Municipal.

9.10.1. As publicações relativas à homologação do Processo Seletivo Simplificado e à convocação dos aprovados serão tornadas públicas por meio da Imprensa Oficial do Município, facultativamente na imprensa local e no site www.saltodoceu.mt.gov.br, sendo de responsabilidade da Prefeitura Municipal de Salto do Céu a publicação e do candidato o acompanhamento de tais publicações.

9.10.2. Para fins do subitem acima, considera-se órgão de Imprensa Oficial do Município o Jornal da Associação dos Municípios Mato-grossenses (www.amm.org.br) e Diário Oficial do Estado (www.iomat.mt.gov.br).

9.11. Os casos omissos serão resolvidos pela Prefeitura Municipal de Salto do Céu, em conjunto com a Comissão Organizadora do Processo Seletivo Simplificado nº 001/2012 e a ACP & Informática Ltda.

10. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

10.1. Do Cronograma de Execução do Processo Seletivo Simplificado nº 001/2012

10.1.1. Período das inscrições: de 08/05/2012 a 28/05/2012.

10.1.2. Divulgação dos locais de realização das provas com a listagem dos nomes dos candidatos: no quadro de avisos da Prefeitura Municipal e nos sites www.acpi.com.br e www.saltodoceu.mt.gov.br.

10.1.3. Data da realização das provas objetivas dia 10/06/2012.

10.1.4. Prazo para divulgação dos gabaritos: dia seguinte ao da realização das provas, no período vespertino, no quadro de avisos da Prefeitura Municipal e nos sites www.acpi.com.br e www.saltodoceu.mt.gov.br.

10.1.5. Divulgação dos aprovados e classificados em ordem decrescente: até 30 (trinta) dias após a realização das provas, podendo ocorrer em etapas.

10.2. Dos Recursos

10.2.1. Dos atos praticados pela Prefeitura Municipal de Salto do Céu/Comissão Organizadora deste Processo Seletivo Simplificado de Provas e de Provas e Títulos, caberá recurso na forma da lei, desde que apresentado no prazo referido a seguir, contado da data de sua divulgação, ressalvados os prazos específicos previstos neste edital:

a) Impugnação do Edital nº 001/2012: até o segundo dia útil depois de sua divulgação;

b) Indeferimento de inscrição: dois dias úteis depois da divulgação;

c) Divulgação do gabarito das questões objetivas: dois dias úteis depois da data de realização de prova;

d) Divulgação do resultado do Processo Seletivo Simplificado: dois dias úteis.

10.2.2. Admitir-se-á um único recurso por questão, para cada candidato, relativamente ao gabarito ou ao conteúdo das questões, desde que devidamente fundamentado. Não serão aceitos recursos sem argumentação plausível.

10.2.3. Se do exame dos recursos resultar anulação de questão, o ponto a ela correspondente será atribuído a todos os candidatos, independentemente da formulação ou não de recurso.

10.2.4. Se, por força de decisão favorável às impugnações, houver modificação do gabarito divulgado antes dos recursos, as provas serão corrigidas de acordo com o gabarito definitivo, não se admitindo recurso da modificação decorrente das impugnações.

10.2.5. O recurso deverá ser apresentado em formulário de recurso disponibilizado no Anexo III deste edital, datilografado ou digitado, assinado pelo candidato, endereçado à Comissão Organizadora e protocolado na sede da Prefeitura Municipal, no protocolo central.

10.2.6. A decisão do recurso será dada a conhecer coletivamente por meio de edital complementar, que será fixado no quadro de aviso da Prefeitura Municipal e dado conhecimento no site supracitado, na forma de retificação do gabarito ou do resultado, conforme o caso.

Salto do Céu - MT, 30 de abril de 2012.

DIVA RIBEIRO RODRIGUES
Presidente da Comissão Organizadora do Processo Seletivo Simplificado

OSVALDO KATSUO MINAKAMI
Prefeito Municipal

ANEXO I - DOS CARGOS E DAS VAGAS

CARGOS DA PREFEITURA

ALFABETIZADO

CARGO

Requisito

Tipos de Prova

Remuneração Inicial R$

Carga Horária

VAGAS

Local de Trabalho

Normal

CR

PNE

Total

01

Auxiliar de Serviços Gerais

Ensino Fundamental Incompleto

Objetivas

622,75

40

02

-

-

02

Secretaria de Educação

ENSINO MÉDIO

CARGOS

Requisitos

Tipos de Prova

Remuneração Inicial R$

Carga Horária

VAGAS

Local de Trabalho

Normal

CR

PNE

Total

01

Gestor do Bolsa Família

Ensino Médio Completo

Objetivas

622,00

40

01

-

-

01

Secretaria de Assistência Social

02

Orientador Social do Projovem Adolescente

Ensino Médio Completo

Objetivas

622,00

40

01

-

-

01

Secretaria de Assistência Social

03

Monitor de Acompanhamento Escolar

Ensino Médio Completo

Objetivas

622,00

40

01

-

-

01

Secretaria de Assistência Social

04

Monitor de Artes

Ensino Médio Completo

Objetivas

622,00

40

03

-

-

03

Secretaria de Assistência Social

05

Monitor de Esporte do PETI

Ensino Médio Completo

Objetivas

622,00

40

01

-

-

01

Secretaria de Assistência Social

06

Monitor de API, APD

Ensino Médio Completo

Objetivas

622,00

40

01

-

-

01

Secretaria de Assistência Social

07

Técnico de Telecentro de Informática

Ensino médio completo, curso completo de técnico na área de informática

Objetivas

622,00

40

01

-

-

01

Secretaria de Assistência Social

NÍVEL SUPERIOR

CARGO

Requisito

Fases

Remuneração Inicial R$

Carga Horária

VAGAS

Local de Trabalho

Normal

CR

PNE

Total

01

Professor de História

Nível Superior Completo na Área

Objetivas + Títulos + Análise Curricular

1.221,18

25

01

-

-

01

Secretaria de Educação

ANEXO II - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

O conteúdo programático das provas do Processo Seletivo Simplificado nº 001/2012 da Prefeitura Municipal de Salto do Céu - MT está distribuído em grupos por grau de escolaridade, de acordo com as disposições deste anexo.

ALFABETIZADO

As provas objetivas serão elaboradas de acordo com a composição estabelecida no edital para cada cargo e consistirão em:

- Língua Portuguesa;

- Matemática;

- Conhecimentos Gerais;

- Conhecimentos Específicos.

LÍNGUA PORTUGUESA

1. Interpretação de texto; 2. Sinônimo e antônimo; 3. Ortografia; 4. Divisão silábica; 5. Acentuação gráfica; 6. fonética: letras, fonemas, sílabas, encontro vocálico (ditongo, tritongo, hiato), encontro consonantal, dígrafo; 7. Classe de palavras: substantivo, artigo, adjetivo, preposição, pronome, numeral, verbo, advérbio, conjunção e interjeição.

CONHECIMENTOS DE MATEMÁTICA

1. Sistema de numeração: números naturais e numerais ordinais; 2. Operações aritméticas fundamentais: adição; subtração; multiplicação; divisão; 3. Operações com números inteiros e números fracionários e problemas envolvendo as operações fundamentais; 4. Unidades de medida de comprimento, área, volume, massa e tempo; 5. Estudo da proporcionalidade e regra de três;

CONHECIMENTOS GERAIS

1. História do Estado de Mato Grosso: Período Colonial; a bandeira de Pascoal Moreira Cabral; a descoberta de ouro; o abastecimento da região; a descoberta de novas minas; criação da capitania de Mato Grosso; 2. Período Imperial: a transferência da capital para Cuiabá; a economia: erva-mate, poaia, borracha, casas comerciais, usinas de açúcar e pecuária; a questão da escravidão; 3. Período Republicano: o coronelismo e a 1.ª República; a divisão do Estado de Mato Grosso; os processos de migração; 4. Geografia do estado de Mato Grosso: Os municípios de Mato Grosso; Localização geográfica; Os componentes do meio físico e suas relações: relevo, clima, hidrografia e vegetação; A utilização dos recursos naturais e a Preservação ambiental; Aspectos da colonização oficial e particular em Mato Grosso e a formação dos municípios; Fluxos migratórios e a ocupação da fronteira agrícola. Meios de transporte e comunicação; Atividades econômicas; 5. Município de Salto do Céu: aspectos históricos, geográficos, econômicos, políticos e sociais; Poderes Legislativo e Executivo; 6. Atualidades: conhecimentos sobre os fatos atuais do Mundo, do País, do Estado de Mato Grosso e do Município de Salto do Céu adquiridos através dos meios de comunicação.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CARGO: Auxiliar de Serviços Gerais - 1. Limpeza de pisos, tapetes, móveis e objetos diversos; 2. Limpeza de paredes, tetos, portas, rodapés, luminárias, vidraças e persianas; limpeza de ralos, caixa de gordura, vasos e pias; 3. Polimento de objetos, peças e placas de metal; 4. Uso e cuidados com materiais de limpeza e higiene, detergente, desinfetante e defensivo; 5. Limpeza de ruas e coleta de lixo; 6. Serviços de capinagem, jardinagem, aceramento de cercas, podas de árvores, serviços de serventes de obras; 7. Prevenção de acidentes; 8. Atitudes no serviço; regras básicas de comportamento profissional para o trato diário com o público interno e externo e colegas de trabalho.

ENSINO MÉDIO COMPLETO

1 - As provas objetivas serão elaboradas de acordo com a composição estabelecida no edital para cada cargo E consistirão em:

1. Língua Portuguesa;

2. Matemática;

3. Conhecimentos Gerais;

4. Noções de Informática;

5. Conhecimentos de Relações Humanas;

6. Conhecimentos Específicos.

LINGUA PORTUGUESA - Para todos os cargos

1. Interpretação de texto; 2. Uso informal e formal da língua; uso da língua e adequação ao contexto, norma culta; 3. Elementos da comunicação e funções da Linguagem; 4. Significação de palavras: antonímia, sinonímia, homonímia, paronímia. Polissemia. Denotação e conotação. 5. Ortografia; 6. Classes de palavras; 7. Estrutura e formação de palavras. 8. Acentuação gráfica e tônica. 9. Sintaxe: oração e período, tipos de sujeito, tipos de predicado, processos de coordenação e subordinação, regência nominal e verbal, crase, concordância nominal e verbal, pontuação. Acordo Ortográfico: mudanças no alfabeto, mudanças nas regras de acentuação, uso do hífen.

CONHECIMENTOS DE MATEMÁTICA - Para todos os cargos

Radicais: operações - simplificação, propriedade - racionalização de denominadores; equação de 2º grau: resolução das equações completas, incompletas, problemas do 2º grau; equação de 1º grau: resolução - problemas de 1º grau; função do 1º grau - função constante; razão e proporção; grandezas proporcionais; regra de três simples e composta; porcentagem; juros simples e composto; conjunto de números reais; fatoração de expressão algébrica; expressão algébrica - operações; PA e PG; análise combinatória; probabilidade; função do 2º grau; geometria plana; operação com números inteiros e fracionários; MDC e MMC; raiz quadrada; sistema de medidas: comprimento, superfície, massa, capacidade, tempo e volume.

CONHECIMENTOS GERAIS - Para todos os cargos

História Política e Econômica de Mato Grosso 1. Antecedentes históricos da fundação de Cuiabá, 1.1. Fundação de Cuiabá, 1.2. Ideias de administradores e primeiros desentendimentos, 1.3. Rodrigo César e o ouro de Cuiabá; 1.4. Os Lemes; 1.5. Índios Paiaguás; 1.6. Fundação de Vila Bela; 1.7. Capitães-generais de 1748 a 1821; 1.8. Forte de Coimbra; 1.9. Mato Grosso no Primeiro Império; 1.10. A Rusga; 1.11. Os Alencastro 1.12. Mato Grosso na guerra do Paraguai; 1.13. Divisão do Estado. Geografia de Mato Grosso 1.1. Mato Grosso e a região Centro-Oeste; 1.2. Geopolítica de Mato Grosso; 1.3. Ocupação do território; 1.4. Aspectos físicos e domínios naturais do espaço mato-grossense; 1.5. Aspectos socioeconômicos de Mato Grosso; 1.6. Dinâmica da população em Mato Grosso; 1.7. Programas governamentais e fronteira agrícola mato-grossense; 1.8. A economia do Estado no contexto nacional; 1.9. A urbanização do Estado; 1.10. Produção e as questões ambientais. História do Município de Salto do Céu 1.1. Aspectos históricos e geográficos; 1.2. Aspectos econômicos e sociais; 1.3. Executivo e Legislativo Estadual e Municipal; 1.4. Atualidades gerais: político, econômico, social e ambiental.

CONHECIMENTOS DE RELAÇÕES HUMANAS. Somente para os seguintes cargos: Monitor de Acompanhamento Escolar, Monitor de API/APD, Monitor de Esporte do PETI, Monitor de Artes, Orientador Social Projovem - Adolescente.

1. Relações humanas/Interpessoais (práticas que melhoram o desempenho dos indivíduos); Integração; Empatia; 2. Comunicação pessoal (a importância da comunicação, o processo de comunicação, meios de comunicação, percepção e comunicação: interfaces indissociáveis); capacidade de ouvir; argumentação flexível; 3. Características de um bom atendimento; postura profissional; 4. Organizações como grupos de pessoas (grupos e influência interpessoal, funcionamento do grupo, grupos formais, grupos informais, desenvolvimento dos grupos); 5. Tensões e conflitos interpessoais (conflitos organizacionais, diagnóstico de conflitos).

NOÇÕES DE INFORMÁTICA - Somente para o cargo de Técnico de Telecentro de Informática.

Conhecimentos básicos de Sistemas Operacionais (por exemplo: Dos, Windows, Linux): manipulação de arquivos através do Windows Explorer (encontrar arquivos, copiar, apagar, renomear, recuperar apagados); Funções de Sistema (Painel de Controle e configurações); Editor de texto; Utilização de Mala Direta; Impressão; Planilhas eletrônicas: elaboração de fórmulas simples; Uso de funções e fórmulas em planilhas eletrônicas, formatação de planilhas e textos; Utilização de gráficos; Impressão; Conhecimentos básicos de Internet e Intranet; Envio e recebimento de e-mails, segurança digital, antivírus, firewall, backup; conhecimentos básicos de hardware; noções gerais do pacote Office; software livre; noções de rede, impressão em rede, dispositivos de armazenamento e transporte de dados.

CONHECIMENTO ESPECÍFICO

CARGO: Gestor da Bolsa Família: Programa Bolsa Família: criação (Lei n° 10.836 de 09.01.2004) e regulamentação (Decreto n° 5.209 de 17.09.2004). Estrutura normativa do Programa Bolsa Família: critérios de inclusão e seleção, benefícios e cadastramento. Regulamentação do Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) - Decreto n° 6.135 de 26.06.2007. Procedimentos para cadastramento das famílias: visitas domiciliares e montagem de postos de atendimento. Gestão de benefícios do Programa Bolsa família. Controle social e fiscalização: atribuições dos conselhos de controle social do Programa Bolsa Família; a rede pública de fiscalização do Programa Bolsa Família. Programas complementares articulados com o Programa Bolsa Família. O Programa Bolsa Família no Município de Salto do Céu - MT.

CARGO: Monitor de Acompanhamento Escolar: Estatuto da Criança e do Adolescente. Lei nº 8.069/90; SINASE - Noções sobre o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo; Declaração Universal dos Direitos Humanos; Declaração Universal dos Direitos das Crianças (UNICEF); Noções Básicas sobre Relações Humanas; Importância das relações humanas e da comunicação: seus conceitos, elementos, formas e barreiras. Princípio de qualidade no atendimento. Desinfecção, Esterilização, Assepsia e Antissepsia das mãos, materiais e instalações. Noções de medicamentos. O cuidado humano. Doenças mais comuns na infância; Considerações sobre a alimentação das crianças; Adaptações ambientais; higiene, vestuário e cuidados com a pele; Transtornos do sono: insônia e sonolência excessiva; Alterações do comportamento: irritação, agitação e agressividade; Instabilidade e quedas.

CARGO: Monitor de API/APD: Importância das relações humanas e da comunicação: seus conceitos, elementos, formas e barreiras. Princípio de qualidade no atendimento. Desinfecção, Esterilização, Assepsia e Antissepsia das mãos, materiais e instalações. Noções de medicamentos. O cuidado humano. Cuidador informal. Cuidador formal. Doenças mais comuns na velhice; Alterações dos órgãos dos sentidos; Considerações sobre a alimentação do idoso; Adaptações ambientais; Higiene, vestuário e cuidados com a pele; Transtornos do sono: insônia e sonolência excessiva; Alterações do comportamento: irritação, agitação e agressividade; Instabilidade e quedas; Perda involuntária de urina e de fezes. Constipação intestinal; Sobre a demência; Emergência no domicílio; Uso de medicamentos.

CARGO: Monitor de Esporte do PETI: Noções gerais sobre as regras dos esportes (futebol, voleibol, basquetebol, futebol de salão e atletismo) - Metodologia e Didática da prática de esportes; Relação entre os esportes e o lazer. Atividade Física/Movimento Humano: Performance (desempenho e condicionamento humano); Saúde e Qualidade de Vida (aptidão física e aspectos preventivos e terapêuticos do exercício físico); Comportamento (mecanismos e processos de desenvolvimento motriz, aquisição de habilidades motoras); Cultura (jogos, lutas, danças, ginásticas, esporte, lazer e recreação); abordagens da Educação Física Escolar (Desenvolvimentista, Crítica, Psicomotora e Construtivista).

CARGO: Monitor de Artes: Expressão plástica (desenho, pintura, técnicas mistas, arte de reprodução e arte urbana, pigmentos e suportes); Fundamentos das artes visuais (linha, forma, luz, sombra, cor, composição); História das artes visuais (das origens à contemporaneidade); Novas tecnologias e mídias digitais (linguagens gráficas, fotografia, vídeo, arte digital).

CARGO: Orientador Social PROJOVEM - Adolescente: Estatuto da Criança e do Adolescente. Lei nº 8.069/90, Lei Orgânica da Assistência Social. Lei nº 8.742/93, Política Nacional da Assistência Social. Normas de Operação Básica do Sistema Único da Assistência Social. NOBs. Tipificação Nacional dos Serviços Assistenciais (CRAS, CREAS, PETI, PRO-JOVEM, Proteção Social Básica e Especial). SINASE - Noções sobre o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo; Declaração Universal dos Direitos Humanos; Declaração Universal dos Direitos das Crianças (UNICEF); Noções sobre a Política Nacional de Assistência Social; Noções Básicas sobre Relações Humanas; Concepção de Protagonismo Juvenil.

CARGO: Técnico de Telecentro de Informática: 1. Internet: Conceitos gerais, características, topologia, serviços e protocolos, funcionamento e características de FTP, SMTP, HTTP, POP3; 2. Conceitos básicos de programação: lógica de programação, algoritmos; 3. Conceitos sobre microinformática: hardware, software, sistemas operacionais (Windows 9x, Windows NT, Windows 2000 Server, XP e Linux) e Office; 4. Sistemas de Informação: conceitos, tipos de sistemas de informação e sua aplicação nas organizações; 5. Conceitos básicos de computação: noções gerais de Hardware e Software, softwares aplicativos de uso geral e para aplicações comerciais; 6. Conceitos básicos de sistemas operacionais: sistemas monotarefas, multitarefas, sistemas operacionais de rede e sistemas distribuídos. Arquitetura de sistemas operacionais: programas de sistema, programas aplicativos, shell, núcleo, gerência do processador, gerência de memória, gerência de entrada e saída, sistema de arquivos; 7. Endereçamento na Internet: endereços IP, sub-redes, máscaras de sub-rede, Aplicativos de rede: Interação cliente-servidor, Sistema de nomes e de domínios (DNS), compartilhamento de arquivos, ftp, http, telnet, correio eletrônico (protocolos POP, IMAP, SMTP), gerência de redes (SNMP). 8. Conceitos básicos de segurança em redes: firewall, proxies, NAT (Network Address Translation), vírus e worms. Regras básicas de comportamento profissional para o trato diário com o público interno e externo e colegas de trabalho; 9. Zelo pelo patrimônio público.

ENSINO SUPERIOR COMPLETO

2 - As provas objetivas serão elaboradas de acordo com a composição estabelecida no edital para o cargo e consistirão em:

- Língua Portuguesa;

- Conhecimentos Gerais;

- Conhecimentos Específicos;

4. Conhecimentos sobre Didática e Fundamentação da Educação.

LÍNGUA PORTUGUESA

1. Leitura e interpretação de textos descritivos, dissertativos, narrativos; gênero de textos; coesão textual; coerência textual; sinonímia, homonímia e paronímia; figuras de linguagem; vícios de linguagem. 2. Ortografia. 3. Acentuação gráfica e tônica; acentuação das oxítonas, paroxítonas e proparoxítonas; acento diferencial; acentuação dos hiatos; acentuação dos ditongos. 4. Morfologia: estrutura e formação de palavras, processos de formação de palavras; classes de palavras: verbo, substantivo, artigo, pronome, preposição, conjunção, adjetivo, advérbio, interjeição e numeral. 5. Sintaxe: termos essenciais da oração (sujeito e predicado), termos integrantes da oração (objeto direto, objeto indireto, complemento nominal, agente da passiva), termos acessórios da oração (aposto, adjunto adnominal, adjunto adverbial), termo independente (vocativo); orações coordenadas e orações subordinadas; concordância nominal; concordância verbal; regência nominal; regência verbal; uso da crase; pontuação. Nova Ortografia: Mudanças no Alfabeto, Mudanças nas Regras de Acentuação, Uso do Hífen.

CONHECIMENTOS GERAIS

História Política e Econômica de Mato Grosso: 1. Antecedentes históricos da fundação de Cuiabá, 1.1. Fundação de Cuiabá, 1.2. Ideias de administradores e primeiros desentendimentos, 1.3. Rodrigo César e o ouro de Cuiabá; 1.4. Os Lemes; 1.5. Índios Paiaguás; 1.6. Fundação de Vila Bela; 1.7. Capitães-generais de 1748 a 1821; 1.8. Forte de Coimbra; 1.9. Mato Grosso no Primeiro Império; 1.10. A Rusga; 1.11. Os Alencastro 1.12. Mato Grosso na Guerra do Paraguai; 1.13. Divisão do Estado.

Geografia de Mato Grosso: 1.1. Mato Grosso e a região Centro-Oeste; 1.2. Geopolítica de Mato Grosso; 1.3. Ocupação do território; 1.4. Aspectos físicos e domínios naturais do espaço mato-grossense; 1.5. Aspectos socioeconômicos de Mato Grosso; 1.6. Dinâmica da população em Mato Grosso; 1.7. Programas governamentais e fronteira agrícola mato-grossense; 1.8. A economia do Estado no contexto nacional; 1.9. A urbanização do Estado; 1.10. Produção e as questões ambientais.

História do Município de Salto do Céu: 1.1. Aspectos históricos e geográficos; 1.2. Aspectos econômicos e sociais; 1.3. Executivo e Legislativo Estadual e Municipal; 1.4. Atualidades gerais: político, econômico, social e ambiental.

CONHECIMENTOS SOBRE DIDÁTICA E FUNDAMENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO

Concepções de sociedade, homem e educação; A função social da escola pública; O conhecimento científico e os conteúdos escolares; A história da organização da educação brasileira; O atual sistema educacional brasileiro; Os elementos do trabalho pedagógico (objetivos, conteúdos, encaminhamentos metodológicos e avaliação escolar); Concepção de desenvolvimento humano / apropriação do conhecimento na psicologia histórico-cultural; procedimentos adequados ao atendimento à criança de 0 a 6 anos, referente à saúde, alimentação e higiene. Legislação da Educação, Estrutura e Funcionamento da Educação Básica do Estado de Mato Grosso e Município de Salto do Céu; Principais influências Pedagógicas da atualidade; História da Educação a partir do século XX; Tendências da Educação Contemporânea; Educação Inclusiva; Pedagogia do Campo; Fundamentos da Psicologia da Educação; Ética Profissional; Interdisciplinaridade; Estatuto da Criança e do Adolescente; Temas transversais; Princípios de Avaliação.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Professor de História: 1. História Medieval; 2. História Moderna; 3. História contemporânea; 4. História do Brasil; 5. A organização política administrativa, econômica e social da colônia portuguesa; 6. Crise do sistema escravista e imigração; 7. Movimento cultural do II Reinado; 8. Crise política e institucional dos anos 20 e 30; 9. O Estado Novo; 10. História de Mato Grosso; Mato Grosso nos períodos colonial, imperial e republicano; 11. Processo de ocupação de Mato Grosso; 12. Movimentos políticos e sociais de Mato Grosso; 13. Assuntos atuais municipais, estaduais e mundiais.

Salto do Céu - MT, 07 de maio de 2012.

DIVA RIBEIRO RODRIGUES
Presidente da Comissão Organizadora do Processo Seletivo Simplificado

OSVALDO KATSUO MINAKAMI
Prefeito Municipal

ANEXO III - MODELOS DE DOCUMENTOS

PREFEITURA MUNICIPAL DE SALTO DO CÉU - MT

FORMULÁRIO DE REQUERIMENTO DE ISENÇÃO DE INSCRIÇÃO

Eu, _____________________, portador(a) da Cédula de Identidade RG nº _____________________ e do CPF nº ____________________, venho requerer isenção da inscrição no Processo Seletivo Simplificado nº 001/2012 no valor de R$ __________ (________________________), para o cargo de ________________________________, de acordo com o item 2.9. do Edital 001/2012.

Nesses termos,

Peço deferimento.

________________, ______ de __________________ de 2012.

__________________________
Assinatura do(a) requerente

(Para uso exclusivo da Comissão do Processo Seletivo Simplificado)

Indeferido ( ) Deferido ( )

Salto do Céu - MT, _____ /_____ /2012.

Assinatura dos membros da Comissão Julgadora:
_______________________________

OBS: Anexar documento comprobatório da condição de doador regular de sangue, ou seja, declaração de regularidade expedida por Banco de Sangue Público ou Privado, constando no mínimo uma doação nos últimos quatro meses anteriores à publicação deste Edital.

PREFEITURA MUNICIPAL DE SALTO DO CÉU

FORMULÁRIO DE PROCURAÇÃO

Eu (nome completo) ____________, (nacionalidade)______ ___,(estado civil) ________________, (profissão) _______________________, nascido(a) em _________________, portador(a) da Cédula de Identidade RG nº ____________________ e do CPF nº ____________________, residente na Rua/Av._____________________, nº _____, Bairro ____________, Cidade de ________________________________ Estado _________, CEP _______________, Telefone nº ____________________, NOMEIO E CONSTITUO MEU BASTANTE PROCURADOR(A) o(a) senhor(a) (nome completo) ________________, (nacionalidade) ______________, (estado civil) _________________, (profissão)_______________________, nascido(a) em ________________, portador(a) da Cédula de Identidade RG nº ____________________ e do CPF nº ____________________, residente na Rua/Av._________________ ____, nº _______, Bairro __________________________, Cidade de ____________ Estado _________, CEP ______________, Telefone nº ____________________, para o fim específico de assinar o requerimento de inscrição do Processo Seletivo Simplificado da Prefeitura Municipal de Salto do Céu - MT.

_______________, ______ de __________________ de 2012.

______________________________
Assinatura do(a) requerente

PREFEITURA MUNICIPAL DE SALTO DO CÉU

FORMULÁRIO PARA RECURSO

NOME DO(A) CANDIDATO(A): _____________________________________________________

RG Nº ________________________________ CPF Nº ____________________________________

CARGO: ________________________ Nº DA INSCRIÇÃO: _______________________________

MARQUE COM X O OBJETO DO RECURSO:

GABARITO ( ) RESULTADO( )

ESCREVA OS DADOS DA QUESTÃO OBJETO DO RECURSO:

QUESTÃO Nº: _______________________________________

ARGUMENTAÇÃO DO CANDIDATO: _______________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

_________________, ______ de __________________ de 2012.

____________________________________
Assinatura do (a) requerente

OBS: No caso de recursos referentes ao gabarito oficial, o recurso deverá ser individual, por questão, com a indicação daquilo em que o candidato se julgar prejudicado, e devidamente fundamentado, comprovando as alegações com citações de artigos, de legislação, itens, páginas e livros, nomes dos autores, etc., juntando, sempre que possível, cópia dos comprovantes, e ainda a exposição de motivos e argumentos com fundamentações circunstanciadas, conforme supra referenciado. O requerimento deverá ser digitado ou datilografado, caso contrário, não será aceito.

PREFEITURA MUNICIPAL DE SALTO DO CÉU

FORMULÁRIO PARA APRESENTAÇÃO DE TÍTULO

NOME DO(A) CANDIDATO(A): ____________________________________________________

RG Nº __________________________ CPF Nº ________________________________________

CARGO: ________________________ Nº DA INSCRIÇÃO: _____________________________

Em atendimento ao Edital de Processo Seletivo Simplificado n.º 001/2012, apresento os documentos comprobatórios dos títulos e requeiro que, após analisados, seja atribuída a pontuação correspondente.

TÍTULO:

( ) ESPECIALIZAÇÃO

( ) MESTRADO

( ) DOUTORADO

DESCRIÇÃO: __________________________________________________

ENTIDADE: ___________________________________________________

REGISTRO: ___________________________________________________

Nesses termos,

Peço deferimento.

_________________________, ______ de __________________ de 2012.

_____________________________
Assinatura do(a) requerente

(Para uso exclusivo da Comissão do Processo Seletivo Simplificado)

Deferimento: ( ) Sim ( ) Não Pontuação Atribuída: ____________________

Motivo:________________________________

Salto do Céu - MT, _____ /_____ /2012.

Assinatura dos membros da Comissão Julgadora:
_____________________________

PREFEITURA MUNICIPAL DE SALTO DO CÉU

FORMULÁRIO PARA APRESENTAÇÃO DE CURRÍCULO

NOME DO (A) CANDIDATO (A): _______________________________________

RG Nº _____________________ CPF Nº __________________________________

CARGO: _____________ Nº DA INSCRIÇÃO: _____________________________

Em atendimento ao Edital de Processo Seletivo Simplificado n.º 001/2012, apresento os documentos comprobatórios para análise curricular e requeiro que, após analisados, seja atribuída a pontuação correspondente.

CURRÍCULO:

Tempo de serviço na área da Educação em atuação docente, referente aos 10 (dez) últimos anos:

( ) 2 anos; ( ) 4 anos; ( ) 6 anos; ( ) 8 anos; ( ) 10 anos.

Cursos na área da educação, devidamente registrados pela instituição formadora, legalmente autorizada, contendo carga horária e conteúdos ministrados:

( ) 40h; ( ) 80h; ( ) 120h; ( ) 160h ( ) 200h.

Nesses termos,

Peço deferimento.

_________________________, ______ de __________________ de 2012.

________________________
Assinatura do(a) requerente

(Para uso exclusivo da Comissão do Processo Seletivo Simplificado)

Deferimento: ( ) Sim ( ) Não Pontuação Atribuída: ___________________

Motivo:_______________________________

Salto do Céu - MT, _____ /_____ /2012.

Assinatura dos membros da Comissão Julgadora:
__________________________________

ANEXO IV

ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS

Auxiliar de Serviços Gerais - Feminino: limpar área de construção; retirar peças sanitárias; remover instalações hidráulicas, elétrica, esquadrias metálicas, pisos e revestimentos cerâmicos e azulejos e coberturas de edificações (laje, telhado e madeiramento); romper pisos, estruturas de concreto, com ferramentas elétricas e manuais; quebrar estruturas de alvenaria e desmontar alvenarias; cortar materiais de construção, quebrar ou cortar pavimentos, abrir valas e furar buraco no solo, utilizando ferramentas manuais apropriadas; limpar ralos e bocas-de-lobo; abrir poços ou fossas, escavar cisternas; abrir valas para a concretagem de fundações; transportar e montar e desmontar andaimes; executar a limpeza de ruas, parques, praças, jardins e demais logradouros públicos; executar atividades de capinação e retirada de mato; transportar material de um local para outro, inclusive, carregando e descarregando veículos; executar serviços de jardinagem: plantar e aparar grama, plantação de flores, podas de árvores, etc.; executar trabalhos em viveiros de mudas e hortas, como: preparar, adubar, semear o solo e plantar flores, arvores, arbustos, hortaliças, legumes e frutos; aplicar inseticidas por pulverização ou por outro processo, para evitar ou erradicar pragas e moléstias; cultivar e colher, em época própria, os produtos, através de tratamentos primários; realizar todos os tipos de movimentação de móveis, equipamentos e outros elementos; escavar valas e fossas, abrir picadas, fixar piquetes e movimentar terras; realizar limpeza de galerias, ralos e bocas-de-lobo; executar atividades referente a captura de animais, encaminhando aos locais pré-determinado; preparar e servir café, chá, água e outros à chefia, visitantes e servidores; lavar copos, xícaras, cafeteiras, coadores e demais utensílios de cozinha, como também, conservar limpo o local de trabalho procedendo a limpeza e arrumação; auxiliar no preparo de refeições, lavando, selecionando e cortando alimentos; preparar lanches, mamadeiras e outras refeições simples, segundo orientação superior, para atender aos programas alimentares desenvolvidos pela Prefeitura; produzir pães, macarrão, bolachas, biscoitos, confeitar doces, elaborar caldas de sorvetes, preparar recheios, confeccionar salgados e similares; executar serviços de limpeza e/ou manutenção em geral em repartições municipais, providenciando produtos e materiais necessários para manter as condições de conservação e higiene; responsabilizar-se por crianças que permaneçam na creche, na turma ou período correspondente ao seu turno de trabalho; zelar pela educação, segurança, higiene, saúde e alimentação das crianças; lavar e passar as roupas das creches, postos de saúde, hospitais e abrigos públicos, observando o estado de conservação das mesmas, bem como proceder ao controle da entrada e saída das peças; manter arrumado o material sob sua guarda; executar as atividades em conformidade com o planejamento definido pelo setor competente como serviços de berçário, alimentação especificada conforme dietas estabelecidas; colaborar e participar de festas, eventos comemorativos e demais atividades extras promovidas pelos centros, asilos e outros órgãos de assistência social do município; recolher e distribuir internamente correspondências, pequenos volumes e expedientes, separando-os por destinatário, observando o nome e a localização e solicitando a assinatura de quem receber no livro de protocolo ou outro controle adotado pelo setor; auxiliar na execução de serviços simples de almoxarifado, apanhando matérias de consumo em depósitos, conferindo-os com as requisições, transportando-os e guardando-os em local apropriado; duplicar documentos diversos, operando máquina própria, ligando-a e desligando-a, abastecendo-a de papel e tinta, regulando o número de cópias; registrar a entrada e saída de trabalhos de duplicação, anotando em formulário próprio o número de matrizes e de cópias efetuadas e o setor solicitante; operar cortadoras e grampeadoras de papel; executar serviço externo, apanhando e entregando correspondências, fazendo embalagens diversas utilizando papel, barbante e fitas adesivas, colocando etiquetas, anotando nome e endereço do destinatário, para remessa a outras localidades; prestar informações simples, de caráter geral, pessoalmente ou por telefone, anotando e transmitindo recados; verificar a existência de material de limpeza e outros itens relacionados com o seu trabalho, comunicando o superior quando da necessidade de reposição; lavar, lubrificar e pulverizar veículos, máquinas e equipamentos rodoviários; verificar o nível de óleo nos motores, câmbios diferenciais e outros, efetuando a troca quando necessário; temperar os produtos químicos para lavagem, de acordo com as especificações dos fabricantes; ter conhecimento básico do uso de materiais químicos, utilizados nas lavagens de veículos, a fim de evitar danos em latarias e pinturas; desinfetar veículos utilizados no transporte de doente ou de lixo; zelar pelos equipamentos de lavagem, mantendo limpas todas as dependências; usar os equipamentos de proteção individual; executar tarefas manuais e rotineiras que exigem esforço físico; executar outras tarefas correlatas.

Monitor de Acompanhamento Escolar: Conhecer a legislação e os documentos técnicos produzidos pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MAS); auxiliar na execução de atividades pedagógicas e recreativas diárias; cuidar da higiene, alimentação, repouso e bem estar das crianças; auxiliar o professor na construção de atividades e valores significativos para o processo educativo das crianças; auxiliar o professor no processo de observação e registro de aprendizagem e desenvolvimento das crianças; acompanhar os alunos na condução escolar e participar dos eventos do calendário municipal; zelar pela conservação e guarda dos equipamentos e materiais, bem como do espaço físico a ser utilizado; realizar outras tarefas compatíveis que lhe forem determinadas pelos superiores.

Monitor de Esportes do PETI: Conhecer a legislação e os documentos técnicos produzidos pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MAS); desenvolver atividades esportivas de recreação e lazer; desenvolver atividades com as famílias (reunião bimensais, palestras, oficinas), articular com a rede de garantia e defesa dos direitos das crianças e adolescentes; acompanhar as ações empreendidas pelo município no enfrentamento do trabalho infantil; realizar com excelência os serviços sócio-educativos e esportivos com as crianças, adolescentes e suas famílias, como prevê a função; controlar a frequência de cada criança, registrando-a em formulário próprio; apresentar folha de ponto; apresentar mensalmente e semanal plano de aula das atividades a serem realizadas; zelar pela conservação e guarda dos equipamentos e materiais, bem como do espaço físico a ser utilizado; realizar outras tarefas compatíveis que lhe forem determinadas pelos superiores.

Monitor do API/APD: conhecer a legislação e os documentos técnicos produzidos pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MAS); planejar e organizar semanalmente encontros; apresentar mensalmente e semanal plano de aula das atividades a serem realizadas; elaborar relatório das atividades; organizar documentação e confeccionar carteirinhas de identificação; organizar campanhas, palestras, cursos, passeios, confraternizações e festas de datas comemorativas; atender com zelo, educação e responsabilidade cada membro do API/APD; planejar em conjunto com os Conselhos Municipais cronograma de atividades; zelar pela conservação e guarda dos equipamentos e materiais, bem como do espaço físico a ser utilizado; realizar outras tarefas compatíveis que lhe forem determinadas pelos superiores.

Monitor de Artes: Conhecer a legislação e os documentos técnicos produzidos pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MAS); planejar, implantar, acompanhar, controlar e avaliar projetos próprios ou aqueles requeridos pela chefia; apresentar relatórios referentes ao curso e as aulas e espetáculos; produzir trabalhos de curta duração para apresentação em eventos sempre que solicitado pela chefia; atualizar e organizar o expediente interno colaborando para o permanente aprimoramento dos serviços nas áreas de dança, música, teatro e artes plásticas; fazer planejamento de aulas e montagem de coreografias e espetáculos; fazer planejamento de aulas de teatro e dramaturgia e montagem de espetáculos; fazer planejamento de aulas e montagem de exposição; realizar oficinas de arte da comunidade; zelar pela conservação e guarda dos equipamentos e materiais, bem como do espaço físico a ser utilizado; realizar outras tarefas compatíveis que lhe forem determinadas pelos superiores.

Orientador Social do Projovem - Adolescente: Conhecer suas responsabilidades; conhecer os principais conceitos do Projovem; conhecer os aplicativos e sistemas utilizados; conhecer a legislação e os documentos técnicos produzidos pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MAS); organizar em grupos, denominados coletivos, compostos por no mínimo 15 e no máximo 30 jovens; ajudar no desenvolvimento de habilidades gerais, tais como a capacidade comunicativa e a inclusão digital, de modo a orientar o jovem para a escolha profissional consciente, prevenindo a sua inserção precoce no mercado de trabalho; zelar pela conservação e guarda dos equipamentos e materiais, bem como do espaço físico a ser utilizado; realizar outras tarefas compatíveis que lhe forem determinadas pelos superiores.

Técnico de Telecentro de Informática: desenvolver atividades de formação presencial e a distância estabelecidas pelo Programa, com noções básicas de digitação, conhecimentos em sistemas operacionais: Windows (Word, Excel), Conceito de INTERNET, Aplicativo: edição de texto, planilhas, organização de arquivos; conhecer a legislação e os documentos técnicos produzidos pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MAS); zelar pela conservação e guarda dos equipamentos e materiais, bem como do espaço físico a ser utilizado; realizar outras tarefas compatíveis que lhe forem determinadas pelos superiores.

Gestor do Bolsa Família: conhecer suas responsabilidades; conhecer os principais conceitos do Bolsa Família; conhecer os aplicativos e sistemas utilizados; conhecer a legislação e os documentos técnicos produzidos pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MAS); realizar visitas "in loco" visando a coleta de dados e informações através de formulários próprios, com o objetivo de identificar famílias de baixa renda compatível com o programa (zona rural e urbana); articular de forma intersetorial para realizar ações complementares para o desenvolvimento das famílias; conhecer o Observatório de Boas Práticas de Gestão e o Caderno do IGD-M; articular o oferecimento de serviços de saúde e educação de qualidade; coordenar o apoio a ações complementares para o desenvolvimento da família; zelar pela conservação e guarda dos equipamentos e materiais, bem como do espaço físico a ser utilizado; realizar outras tarefas compatíveis que lhe forem determinadas pelos superiores.

Professor de História: lecionar história, transmitindo os conteúdos teórico-práticos pertinentes por meio de explicações, dinâmica de grupo e outras técnicas didáticas e desenvolvendo com a classe trabalhos de pesquisa correlatos, para criar ou ampliar nos alunos o âmbito de compreensão das realidades pregressas e atuais da humanidade, e dar-lhes possibilidades de atuação em arquivos, bibliotecas, museus, instituições históricas e em outras áreas de atividades afins. Desempenhar tarefas similares às que realiza o professor de língua portuguesa, porém é especializado em ministrar conteúdos de história, como o conhecimento dos fatos notáveis do passado da humanidade em geral e das diversas nações, países e localidades em particular.