Prefeitura de Nova Ubiratã - MT

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA UBIRATÃ

ESTADO DE MATO GROSSO

EDITAL Nº 001

Notícia:   211 vagas para Prefeitura e Câmara de Nova Ubiratã - MT

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA DA PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA UBIRATÃ MT

O Prefeito do Município de Nova Ubiratã MT, Sr. Osmar Rossetto, através da Comissão de Acompanhamento, Fiscalização e Supervisão de Concurso Público - CAFCC, nomeada pelo Decreto n° 032 de 01/07/2009 e para a análise dos recursos e dos títulos foi nomeado a Banca Examinadora de Recursos e Títulos de Concurso Público - BERTCC, nomeada pelo Decreto n° 033 de 01/07/2009, considerando o disposto na: Constituição Federal Art. 37 Incisos I, II, III, IV e VII; na Constituição do Estado de Mato Grosso Art. 129 Incisos I, II, III e V; na Lei Orgânica Municipal; na Lei Complementar n° 11/2006 que trata da Estrutura Administrativa Municipal; na Lei Complementar n° 12/2006 que trata sobre o Plano de Carreira dos Servidores da Prefeitura Municipal; na Lei Complementar n° 18/2008 que trata sobre o Plano de Carreira e Remuneração dos Profissionais do Magistério e o Estatuto do Magistério e; na Lei 13/2006 que trata sobre o Estatuto dos Servidores Público Municipal, divulga e estabelece normas específicas para a abertura das inscrições e para a realização de concurso público destinado a selecionar candidatos para provimento de vagas e formação de cadastro de reserva em cargos vagos da Estrutura Administrativa e destina-se ao recrutamento e seleção de candidatos aos cargos descritos no Anexo I, devidamente separados por grau de instrução, para o provimento de 208 (duzentos e oito) vagas, do quadro de pessoal permanente da Prefeitura Municipal de Nova Ubiratã e as atribuições dos cargos em disputa estão discriminados no Anexo II, separados por nível de escolaridade, o conteúdo programático das provas estão discriminados no Anexo III, também, separados por grau de escolaridade, mediante as condições estabelecidas neste edital.

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1. O concurso público de Provas e Provas de Títulos será regido por este edital e executado pela empresa S.O.S. Assessoria, Consultoria Administrativa Ltda, CNPJ 03.190.857/0001-00, escolhida por procedimento licitatório e será representada pelo Administrador Sr. Sidney Oribes da Silva CRA-MT 2076.

1.2. O concurso destina-se a selecionar candidatos para admissão no quadro de servidores da Prefeitura Municipal de Nova Ubiratã aos cargos disposto no Anexo I deste Edital, onde se encontram também dispostos os respectivos vencimentos, carga horária de trabalho, valor da inscrição e demais instruções para o requerimento da Inscrição.

1.3. A seleção de que trata este edital será composta de exame de habilidades e conhecimentos mediante aplicação de provas objetivas, prova de redação e provas práticas sendo de caráter eliminatório e classificatório e de provas de títulos de caráter meramente classificatório, para os candidatos que obtiverem aproveitamento acima de 50% (cinquenta) por cento, inclusive.

1.4. Será aceito a comprovação de Títulos de Pós Graduação, de tempo de serviços em órgãos públicos e de certificados de cursos de capacitação na área específica da vaga concorrida dos candidatos, conforme pontuação disposta no item 13 deste Edital, por determinação do Anexo I do Decreto 034/2009 pertinente a este Edital, exclusivamente classificatória.

1.4.1 O limite máximo da pontuação será de 15 (quinze) pontos, previsto no art. 4° parágrafo 9° do Decreto 034/2009.

1.5. As inscrições serão realizadas na Central de Atendimento do Concurso no prédio da Câmara Municipal de Nova Ubiratã, sito a Av. Getúlio Vargas n° 110 - centro - CEP 78.888-000 - Nova Ubiratã - MT.

1.6. Os candidatos poderão ser representados por procuradores, através do modelo de procuração com firma reconhecida em cartório conforme modelo do Anexo V deste Edital.

1.6.1. Candidatos que forem representados por procuradores, assumirão todos os riscos pela atuação de seu procurador, não cabendo reclamações junto à organização do concurso.

1.7. Os candidatos poderão requerer suas inscrições pelo endereço eletrônico, preencher toda documentação e assinar, efetuar o depósito bancário e enviar o comprovante através dos correios no endereço da Central de Atendimento do Concurso Público no seguinte endereço e dados abaixo.

1.7.1. Câmara Municipal de Nova Ubiratã a/c da Central de Atendimento do Concurso Público, Av. Getúlio Vargas n° 110 - centro - CEP 78.888-000 - Nova Ubiratã - MT

1.8. As provas objetivas e a de redação dissertativa serão realizadas na Escola Municipal Tancredo Neves, sito à Av. Tancredo Neves n° 1701 - centro - Nova Ubiratã MT.

1.9. Os locais de realização de provas práticas serão informados quando da realização das provas teóricas objetivas e dissertativas.

1.10. As perícias médicas dos candidatos que se declararem portadores de deficiência deverão seguir o modelo do Anexo VI deste Edital.

1.11. Os candidatos que necessitarem de atendimento especial, para a realização das provas (gestantes, lactantes e deficientes) deverão requerer por escrito junto a Comissão de Acompanhamento, Fiscalização e Supervisão de Concurso Público - CAFCC, com antecedência mínima de 72 horas.

1.11.1. caso o candidato não utilize da prerrogativa disposta no subitem 1.11., terão tratamento igualitário junto aos demais concorrentes.

1.11.2. deferimento para o tratamento especial será avaliado pela Comissão de Acompanhamento, Fiscalização e Supervisão de Concurso Público - CAFCC.

2. DOS REQUISITOS PARA INSCRIÇÃO

2.1. O período de inscrição para o candidato que requerer isenção da taxa de inscrição será de 03/08/2009 à 12/08/2009 (exceto sábados, domingos), no horário de 8:00 às 16:00 hs.

2.2. O período de inscrição normal para os demais candidatos será de 03/08/2009 à 21/08/2009, no horário de 8:00 às 16:00 hs.

2.3. Local: As inscrições serão realizadas na pela Central de Atendimento do Concurso no prédio da Câmara Municipal de Nova Ubiratã, sito a Av. Getúlio Vargas n° 110 - centro - CEP 78.888-000 - Nova Ubiratã - MT.

2.4. No ato da inscrição, o candidato deverá:

2.4.1. Preencher o Requerimento de Inscrição, declarando a consonância e conhecimento ao conteúdo integral deste Edital de Concurso e ainda, do acompanhamento de eventuais alterações através do site: www.novaubirata.mt.gov.br.

2.4.2. Deverá ainda, acompanhar a evolução do concurso através de eventuais Editais Complementares e seus anexos suplementares.

2.4.3. Requerer a inscrição através do formulário Anexo IV.

2.4.4. Apresentar Original e cópia do RG e CPF, para conferência das informações no Requerimento de Inscrição.

2.4.5. Entregar 01 (um) foto 3x4 recente para confecção do Cartão de Inscrição.

2.4.6. Promover o depósito bancário junto ao Banco do Brasil AG 4112-2 conta corrente n° 8.759-9 em nome da Prefeitura Municipal de Nova Ubiratã, relativo a taxa de inscrição.

2.4.7. Após o pagamento da Taxa de Inscrição, o candidato receberá o Cartão de Inscrição, no local das inscrições, mediante apresentação do comprovante original, para as devidas anotações.

2.4.8. O Cartão de Inscrição é de apresentação obrigatória no dia da realização das Provas Teórica e Prova Prática.

2.5. O período de inscrições poderá ser prorrogado a critério da Administração Municipal.

2.5.1 Caso haja prorrogação de prazos ou qualquer outro evento, os Editais complementares serão divulgados no endereço eletrônico para acompanhamento dos candidatos.

2.6. Todos os anexos pertinentes a inscrição e informações deste Edital de Concurso estão disponibilizados no site: www.novaubirata.mt.gov.br.

3. DAS TAXAS E DAS INSCRIÇÕES NO CONCURSO PÚBLICO

3.1. O candidato que tenha perdido comprovadamente seu emprego, entre janeiro e junho de 2009 e que não esteja recebendo SEGURO DESEMPREGO poderá requerer a dispensa da Taxa de Inscrição até o dia 12 de agosto de 2009, através do Formulário Anexo VII.

3.1.1. O candidato que requerer a dispensa da Taxa de Inscrição deverá aguardar a homologação das inscrições previstas para o dia 14 de agosto de 2009, pela Comissão de Acompanhamento, Fiscalização e Supervisão de Concurso Público - CAFCC.

3.1.2. O candidato que tiver a isenção negada deverá requerer a inscrição normal até o dia 21 de agosto de 2009.

3.2. As Taxas de Inscrições serão diferenciadas por nível de escolaridade:

3.2.1. Valor da Taxa de Inscrição para candidatos Ensino Fundamental Incompleto (Alfabetizado) R$ 30,00 (trinta reais).

3.2.2. Valor da Taxa de Inscrição para candidatos do Ensino Fundamental Completo R$ 40,00 (quarenta reais).

3.2.3. Valor da Taxa de Inscrição para candidatos do Ensino Médio e Nível Técnico R$ 50,00 (cinquenta reais).

3.2.4. Valor da Taxa de Inscrição para os candidatos do Nível Superior R$ 70,00 (setenta reais).

3.3. Será admitida a inscrição exclusivamente no endereço da Central de Atendimento do Concurso, Prédio da Câmara Municipal sito à Av. Getúlio Vargas nº 110 - centro - CEP 78.888-000 - Nova Ubiratã MT, solicitada no período entre 08:00 hs às 16:00 hs do dia 03 de agosto de 2009 até o dia 21 de agosto de 2009, observado o horário oficial de Mato Grosso e horário de funcionamento bancário para o último dia da inscrição.

3.3.1. As inscrições somente serão acatadas após a comprovação de pagamento da respectiva taxa.

3.3.2. O Cartão de Identificação do candidato será emitido somente após a confirmação do pagamento da Taxa de Inscrição.

3.3.3. O Cartão de Identificação do candidato isento do pagamento da taxa, somente será emitido após a homologação da inscrição.

3.4. Das Disposições gerais sobre a Inscrição no Concurso Público.

3.4.1. No momento da inscrição, o candidato concorrente aos cargos nas Escolas Rurais deverão fazer a opção de sua preferência e, em hipótese alguma poderá realizar alteração.

3.4.2 É vedada a transferência do valor pago a título de taxa para terceiros.

3.4.3 É vedada a inscrição condicional, a extemporânea, a via postal, a via fax ou a via correio eletrônico.

3.4.4. As informações prestadas no formulário bem como a documentação apresentada serão de inteira responsabilidade do candidato, respondendo este por qualquer falsidade.

3.4.5. Não será permitida, após a entrega do requerimento de inscrição e da apresentação do pagamento da Taxa, a complementação da documentação bem como revisão e/ou recurso ou pedido de isenção de taxas, salvo entrega de títulos até o dia 21 de agosto de 2009.

3.4.6. Não será aceita solicitação de isenção de pagamento de valor de inscrição via fax, via correio eletrônico ou, ainda, fora do prazo.

3.4.7. Cada pedido de isenção será analisado e julgado pela Comissão de Acompanhamento, Fiscalização e Supervisão de Concurso Público - CAFCC.

3.4.8. A relação dos pedidos de isenção deferidos será divulgada, até o dia 12 de agosto de 2009, no Mural do Paço Municipal e no endereço eletrônico www.novaubirata.mt.gov.br.

3.4.9. O Cartão de Inscrição deverá ser mantido em poder do candidato e apresentado nos locais de realização das provas.

3.5. A candidata que tiver necessidade de amamentar durante a realização das provas, além de solicitar atendimento especial para tal fim, deverá levar um acompanhante, que ficará em sala reservada para essa finalidade e que será responsável pela guarda da criança. A candidata nessa condição que não levar acompanhante não realizará as provas.

3.6. A relação dos candidatos que tiveram o seu atendimento especial deferido será divulgada no site www.novaubirata.mt.gov.br.

3.6.1. O candidato disporá de um dia a partir da divulgação da relação citada no subitem anterior para contestar as razões do indeferimento.

3.6.2. A solicitação de condições ou recursos especiais será atendida, em qualquer caso, segundo os critérios de viabilidade e de razoabilidade.

3.7. O candidato aprovado e convocado deverá entregar os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos para o cargo por ocasião da posse em vias originais para a conferência e certificação de sua veracidade.

4. CANDIDATO PORTADOR DE DEFICIÊNCIA

4.1. Das vagas destinadas ao cargo e das que vierem a ser criadas durante o prazo de validade do concurso, 5% serão providas na forma do Decreto 034 de 02 de julho de 2009, e a convocação dos candidatos portadores de deficiências físicas serão proporcionais à convocação dos demais candidatos.

4.1.1. Caso a aplicação do percentual de que trata o subitem 4.1 resulte em número fracionado, este deverá ser elevado até o primeiro número inteiro subsequente, desde que não ultrapasse ao limite vagas oferecidas.

4.1.2. O candidato que se declarar portador de deficiência concorrerá em igualdade de condições com os demais candidatos.

4.2. Para concorrer a uma dessas vagas, o candidato deverá:

a) no ato da inscrição, declarar-se portador de deficiência;

b) encaminhar cópia simples do RG e CPF e laudo médico original ou cópia autenticada, emitido especificamente para essa finalidade, avaliados por médicos preferencialmente do município de Nova Ubiratã ou por médico do trabalho, atestando a espécie e o grau ou nível da deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças (CID-10), bem como à provável causa da deficiência.

4.2.1. O candidato portador de deficiência deverá entregar no ato da sua inscrição, pessoalmente, por terceiro (procurador) ou pelos correios (SEDEX com AR), o laudo médico (original ou cópia autenticada)

4.2.2. O fornecimento da cópia simples do RG e do CPF e laudo médico (original ou cópia autenticada), por qualquer via é de responsabilidade exclusiva do candidato. A Organização do concurso não se responsabilizará por qualquer tipo de extravio que impeça a chegada da cópia dos documentos ao seu destino.

4.3. O laudo médico (original ou cópia autenticada) e a cópia simples do RG e do CPF valerão somente para fins de inscrição a este concurso, e não serão devolvidos e não serão fornecidas cópias desses documentos.

4.4. A relação dos candidatos que tiveram a inscrição deferida para concorrer na condição de portadores de deficiência será divulgada na Internet, no endereço eletrônico www.novaubirata.mt.gov.br, na ocasião da divulgação do edital de local e horário de realização das provas.

4.4.1. O candidato disporá de um dia a partir da divulgação da relação citada no subitem anterior para contestar o indeferimento, pessoalmente ou por representante. Após esse período, não serão aceitos pedidos de revisão.

4.5. A inobservância do disposto no subitem 4.2 acarretará a perda do direito ao pleito das vagas reservadas aos candidatos em tal condição e o não-atendimento às condições especiais necessárias.

4.6. O candidato que se declarar portador de deficiência, se aprovado no concurso, será convocado para se submeter à perícia médica, a ser realizada por equipe multiprofissional sob responsabilidade do município, por profissionais, que verificará sobre a sua qualificação como deficiente ou não, bem como, no estágio probatório, sobre a incompatibilidade entre as atribuições do cargo e a deficiência apresentada.

4.7. O candidato convocado para a perícia médica deverá comparecer na data e horário previsto na convocação.

4.8. A não-observância do disposto no subitem 4.7, a reprovação na perícia médica ou o não-comparecimento à perícia acarretará a perda do direito à vaga reservada aos candidatos em tais condições.

4.9. O candidato portador de deficiência reprovado na perícia médica por não ter sido considerado deficiente, caso seja aprovado no concurso, figurará na lista de classificação geral.

4.10. O candidato portador de deficiência reprovado na perícia médica no decorrer do estágio probatório em virtude de incompatibilidade da deficiência com as atribuições do cargo será exonerado sem justa causa.

4.11. O candidato que, no ato da inscrição, declarar-se portador de deficiência, se não eliminado no concurso e considerado portador de deficiência, terá seu nome publicado em lista à parte e figurará também na lista de classificação geral.

4.12. As vagas definidas no subitem 4.1 que não forem providas por falta de candidatos portadores de deficiência aprovados serão preenchidas pelos demais candidatos, observada a ordem geral de classificação.

4.13. A convocação do candidato deficiente aprovado respeitará a ordem cronológica de classificação e o percentual de limite de vagas abertas.

4.13.1. Serão convocados os candidatos deficientes na mesma proporcionalidade da convocação geral, resguardado o limite previsto neste Edital.

5. DOS REQUISITOS BÁSICOS PARA A INVESTIDURA

5.1. Ser aprovado no concurso público.

5.2. Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do artigo 12, § 1º, da Constituição Federal.

5.3. Estar em dia com as obrigações eleitorais e, em caso de candidato do sexo masculino, também com as militares.

5.4. Preencher todos os requisitos exigidos para o exercício do cargo, conforme item 2 deste edital.

5.5. Ter idade mínima de dezoito anos completos até 31 de agosto de 2009.

5.6. Firmar declaração de não estar cumprindo sanção por inidoneidade, aplicada por qualquer órgão público ou entidade da esfera federal, estadual ou municipal.

5.7. Ser considerado apto física e mentalmente para o exercício do cargo no exame médico pré-admissional, devendo o candidato apresentar os exames clínicos e laboratoriais, os quais correrão à suas expensas.

5.8. Cumprir todas as determinações deste edital.

6. DAS FASES DO CONCURSO PÚBLICO

6.1. A seleção de que trata este edital compreenderá as seguintes fases, conforme o quadro a seguir.

6.2. A prova objetiva e a prova de redação dissertativa (P1) terá a duração de 4 horas e será aplicada na data provável de 30 de agosto de 2009, no turno da manhã das 07:30 hs às 11:30 hs.

6.3. A prova prática (P2) terá a duração de 4 horas e será aplicada na data provável de 30 de agosto de 2009, no turno da tarde das 13:00 hs às 17:00 hs.

6.4. Os locais e os horários de realização das provas objetivas estão mencionadas neste Edital e, será de responsabilidade exclusiva do candidato a identificação correta de seu local de realização da prova e o comparecimento no horário determinado.

6.5. As provas de títulos obedecerão os critérios previstos no item 13 deste Edital de Concurso.

6.6. O resultado das provas, bem como seus gabaritos serão publicado no mural do paço municipal e no site www.novaubirata.mt.gov.br.

7. DAS PROVAS: OBJETIVA; REDAÇÃO DISSERTATIVA; PRÁTICA E DE TÍTULOS

7.1. Candidatos de Nível Fundamental Incompleto (alfabetizados):

7.1.1. A Prova Objetiva para os candidatos de Nível Fundamental Incompleto será composta de 25 questões objetivas com 4 (quatro) alternativas cada.

7.1.1.1 O Conteúdo Programático das Provas estão disponível no Anexo III deste Edital, devidamente discriminado por cargos concorridos.

7.1.1.2. haverá um campo de marcação para cada uma das quatro opções A, B, C e D, sendo que o candidato deverá preencher na folha de respostas apenas aquele correspondente à resposta julgada correta, de acordo com o comando da questão.

7.1.1.3. o candidato deverá, obrigatoriamente, marcar, somente um, dos quatro campos da folha de respostas, sob pena de arcar com os prejuízos decorrentes de marcação indevida.

7.1.1.4. cada questão da prova objetiva terá validade de 4,0 (quatro pontos), totalizando 100 (cem) pontos.

7.1.2. Prova de Redação Dissertativa: Os candidatos de Nível Fundamental Incompleto (alfabetizados), não realizarão essa prova.

7.1.3. Prova Prática: Os candidatos concorrentes aos cargos de: Lubrificador de Máquinas; Mecânico de Máquinas e Veículos Leves; Mecânicos de Máquinas Pesadas; Motoristas; Operador de Retro Escavadeira e Pá Carregadeira; Operador de Máquinas Leves; Operador de Máquinas Pesadas; Operador de Motoniveladora, realizarão provas práticas de manobras com os respectivos equipamentos e responderão aos questionamentos dos instrutores.

7.1.3.1. os candidatos responderão oralmente à 5 (cinco) questões sorteadas entre os grupos relativamente aos cargos respectivamente concorridos e cada questão valerá 1 (um) ponto, e ainda, farão 5 (cinco) procedimentos com os veículos/equipamentos e cada procedimento valerá também 1 (um) ponto.

7.1.4. Em qualquer fase das provas o candidato que tiver aproveitamento menor que 50% (cinquenta) por cento, estará desclassificado.

7.1.5. O candidato que zerar (não pontuar) em qualquer disciplina aplicada nas provas, mesmo que na soma geral atinja o percentual mínimo de 50% (cinquenta) por cento, estará desclassificado.

7.1.6. Prova de Títulos: A prova de títulos descrita no item 13 deste Edital terá seu resultado adicionado na soma das notas dos candidatos que forem classificados com o mínimo de 50% (cinquenta) por cento de aproveitamento das demais provas.

7.2. Candidatos de Nível Fundamental Completo (5ª a 8ª serie):

7.2.1. A Prova Objetiva para os candidatos de Nível Fundamental Completo será composta de 25 questões objetivas com 4 (quatro) alternativas cada.

7.2.1.1 O Conteúdo Programático das Provas estão disponível no Anexo III deste Edital, devidamente discriminado por cargos concorridos.

7.2.1.2. haverá um campo de marcação para cada uma das quatro opções A, B, C e D, sendo que o candidato deverá preencher na folha de respostas apenas aquele correspondente à resposta julgada correta, de acordo com o comando da questão.

7.2.1.3. o candidato deverá, obrigatoriamente, marcar, somente um, dos quatro campos da folha de respostas, sob pena de arcar com os prejuízos decorrentes de marcação indevida.

7.2.1.4. cada questão da prova objetiva terá validade de 4,0 (quatro pontos), totalizando 100 (cem) pontos.

7.2.2. Prova de Redação Dissertativa: Os candidatos de Nível Fundamental Completo (5ª a 8ª serie), não realizarão essa prova.

7.2.3. Prova Prática: Os candidatos concorrentes aos cargos de: Auxiliar Administrativo e Auxiliar de Consultório Odontológico realizarão prova prática de informática e demonstrarão suas habilidades no uso de computadores.

7.2.4. A prova de Informática valerá 100 (cem) pontos e serão deduzidos da pontuação obtida os erros provocados pelos candidatos.

7.2.4.1. O Anexo III deste Edital traz detalhes da pontuação e do conteúdo à ser processado pelo candidato.

7.2.5. Em qualquer fase das provas o candidato que tiver aproveitamento menor que 50% (cinquenta) por cento, estará desclassificado.

7.2.6. O candidato que zerar (não pontuar) em qualquer disciplina aplicada nas provas, mesmo que na soma geral atinja o percentual mínimo de 50% (cinquenta) por cento, estará desclassificado.

7.2.7. Prova de Títulos: A prova de títulos descrita no item 13 deste Edital terá seu resultado adicionado na soma das notas dos candidatos que forem classificados com o mínimo de 50% (cinquenta) por cento de aproveitamento das demais provas.

7.3. Candidatos de Nível Médio ou Técnico:

7.3.1. A Prova Objetiva para os candidatos de Nível Médio e/ou Técnico será composta de 35 questões objetivas com 5 (cinco) alternativas cada.

7.3.1.1 O Conteúdo Programático das Provas estão disponível no Anexo III deste Edital, devidamente discriminado por cargos concorridos.

7.3.1.2. haverá um campo de marcação para cada uma das cinco opções A, B, C, D, e E, sendo que o candidato deverá preencher na folha de respostas apenas aquele correspondente à resposta julgada correta, de acordo com o comando da questão.

7.3.1.3. o candidato deverá, obrigatoriamente, marcar, somente um, dos cinco campos da folha de respostas, sob pena de arcar com os prejuízos decorrentes de marcação indevida.

7.3.1.4. cada questão da prova objetiva terá validade de 2,0 (dois pontos), totalizando 70 (setenta) pontos.

7.3.2. Prova de Redação Dissertativa: Os candidatos de Nível Médio e/ou Técnico realizarão provas.

7.3.2.1. A prova de Redação Dissertativa deverá atender ao disposto no Anexo III, e valerá 30 (trinta) pontos. Totalizando assim as provas objetivas e dissertativas a soma de 100 (cem) pontos.

7.3.3. Prova Prática: Os candidatos concorrentes aos cargos de: Agente de Fiscalização, Agente de Controle Administrativo, Agente de Finanças e Controle e Técnico em Informática realizarão prova prática de informática e demonstrarão suas habilidades no uso de computadores.

7.3.4. A prova de Informática valerá 100 (cem) pontos e serão deduzidos da pontuação obtida os erros provocados pelos candidatos.

7.3.4.1. O Anexo III deste Edital traz detalhes da pontuação e do conteúdo à ser processado pelo candidato.

7.3.5. Em qualquer fase das provas o candidato que tiver aproveitamento menor que 50% (cinquenta) por cento, estará desclassificado.

7.3.6. O candidato que zerar (não pontuar) em qualquer disciplina aplicada nas provas, mesmo que na soma geral atinja o percentual mínimo de 50% (cinquenta) por cento, estará desclassificado.

7.3.7. Prova de Títulos: A prova de títulos descrita no item 13 deste Edital terá seu resultado adicionado na soma das notas dos candidatos que forem classificados com o mínimo de 50% (cinquenta) por cento de aproveitamento das demais provas.

7.4. Candidatos de Nível Superior:

7.4.1. A Prova Objetiva para os candidatos de Nível Superior será composta de 35 questões objetivas com 5 (cinco) alternativas cada.

7.4.1.1 O Conteúdo Programático das Provas estão disponível no Anexo III deste Edital, devidamente discriminado por cargos concorridos.

7.4.1.2. haverá um campo de marcação para cada uma das cinco opções A, B, C, D, e E, sendo que o candidato deverá preencher na folha de respostas apenas aquele correspondente à resposta julgada correta, de acordo com o comando da questão.

7.4.1.3. o candidato deverá, obrigatoriamente, marcar, somente um, dos cinco campos da folha de respostas, sob pena de arcar com os prejuízos decorrentes de marcação indevida.

7.4.1.4. cada questão da prova objetiva terá validade de 2,0 (dois pontos), totalizando 70 (setenta) pontos.

7.4.2. Prova de Redação Dissertativa: Os candidatos de Nível Superior realizarão provas.

7.4.2.1. A prova Dissertativa deverá atender ao disposto no Anexo III, e valerá 30 (trinta) pontos. Totalizando assim as provas objetivas e dissertativas a soma de 100 (cem) pontos.

7.4.3. Prova Prática: Os candidatos de Nível Superior, não realizarão prova prática.

7.4.4. Em qualquer fase das provas o candidato que tiver aproveitamento menor que 50% (cinquenta) por cento, estará desclassificado.

7.4.5. O candidato que zerar (não pontuar) em qualquer disciplina aplicada nas provas, mesmo que na soma geral atinja o percentual mínimo de 50% (cinquenta) por cento, estará desclassificado.

7.4.6. Prova de Títulos: A prova de títulos descrita no item 13 deste Edital terá seu resultado adicionado na soma das notas dos candidatos que forem classificados com o mínimo de 50% (cinquenta) por cento de aproveitamento das demais provas.

8. DOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E DE CLASSIFICAÇÃO

8.1. Todos os candidatos terão suas provas objetivas corrigidas por meio de processamento manual.

8.2. A nota em cada questão das provas objetivas, feita com base nas marcações da folha de respostas, será igual a ponto positivo, para os acertos e não haverá contagem negativa para os erros.

8.3. Serão reprovados e eliminados do concurso público os candidatos que obtiver aproveitamento inferior a 50% (cinquenta) por cento em qualquer fase das provas, seja Objetiva, Dissertativa ou Prática.

8.4. Os candidatos eliminados na forma do subitem 8.3. deste edital não terão classificação alguma no concurso público.

8.5. Os candidatos não eliminados na forma do subitem 8.3. serão ordenados de acordo com os valores decrescentes da nota final nas Provas Objetivas, Provas de Redação Dissertativas, Provas Práticas e de Títulos.

8.6. Os cálculos por ventura citados neste edital serão considerados até a primeira casa decimal, arredondando-se o número para cima, se o algarismo da segunda casa decimal for igual ou superior a cinco e para baixo se inferior a cinco.

9. DA NOTA FINAL NO CONCURSO

9.1 A nota final no concurso será a SOMA das notas obtidas na prova objetiva e na prova de redação dissertativa (se for o caso) e na prova prática (se for o caso) e na prova de títulos (se houver).

9.2 Os candidatos aprovados serão ordenados de acordo com os valores decrescentes das notas finais no concurso, de acordo com os critérios de desempate estabelecidos no item 10 deste edital.

10. DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE

10.1. Nos casos de empate por nota final, prevalecerá para efeito de classificação cronológica decrescente o candidato que:

10.1.1. Obtiver maior número de pontos na prova específica relativamente ao cargo concorrido.

10.1.2. O candidato que tiver a idade maior, se não enquadrado nos benefícios instituídos pelo Estatuto do Idoso.

10.1.3. for detentor do maior tempo de experiência nas atribuições e qualificações exigidas para o desempenho do cargo concorrido, desde que inscrito para cargo com atribuições correlatas da mesma área, quer de âmbito Federal, Estadual, Autárquico, Municipal ou de Entidade Privada.

10.1.4. for casado, união estável, viúvo, divorciado, ou separado judicialmente, com o maior número de dependentes, obedecida a sequência desta inserção

11. DOS RECURSOS

11.1 Os gabaritos oficiais preliminares das provas objetivas serão divulgados na Internet, no endereço www.novaubirata.mt.gov.br, a partir das 12 horas, observado o horário oficial de Mato Grosso, da data provável de 31 de agosto de 2009.

11.2 O candidato que desejar interpor recursos contra os gabaritos oficiais preliminares das provas objetivas disporá de dois dias para fazê-lo, a contar do dia subsequente ao da divulgação desses gabaritos, no horário das 8 horas do primeiro dia às 16 horas do último dia, ininterruptamente, observado o horário oficial de Mato Grosso.

11.3 Para recorrer contra os gabaritos oficiais preliminares das provas objetivas, o candidato deverá utilizar-se do modelo de formulário disposto Anexo VIII.

11.4 O candidato deverá ser claro, consistente e objetivo em seu pleito. E ainda, embasar-se teoricamente. Recurso inconsistente ou intempestivo será preliminarmente indeferido.

11.5 Se do exame de recursos resultar anulação de questão integrante de prova, a pontuação correspondente a essa questão será atribuída a todos os candidatos, independentemente de terem recorrido.

11.6 Todos os recursos devidamente embasados serão analisados e as justificativas das alterações de gabarito serão divulgadas.

11.6.1. Não serão encaminhadas respostas individuais aos candidatos.

11.7 Não será aceito recurso via postal, via fax, via correio eletrônico ou, ainda, fora do prazo.

11.8 Em nenhuma hipótese serão aceitos pedidos de revisão de recursos, recursos de recursos e/ou recurso de gabarito oficial definitivo, bem como contra os resultados finais nas demais fases.

11.9 Recursos cujo teor desrespeite a Banca Examinadora, a Comissão ou a Organização do Concurso serão preliminarmente indeferidos.

12. DA NOMEAÇÃO, DA POSSE E DO EXERCÍCIO DO CARGO

12.1. O candidato aprovado no concurso público terá garantido sua vaga para a posse no cargo público, que poderá ocorrer até o final da validade deste concurso. Porém será fator determinante a avaliação médica sobre a saúde física e mental do candidato.

12.1.1. O critério de convocação será pela necessidade da Administração Pública Municipal.

12.2. O candidato classificado listará no rol do resultado final, após o atendimento das vagas abertas para os candidatos aprovados e serão considerados como Cadastro de Reserva.

12.2.1. O candidato que compor a Lista de Cadastro de Reserva não terá direito a convocação para o emprego público. Porém, se implementar vagas, por conveniência da Administração, esse terá os mesmos direitos dos aprovados.

12.2.2. O candidato que compor a Lista de Cadastro de Reserva poderá ser requisitado para ocupar vaga temporária na Administração Pública Municipal, respeitando a sequencia da classificação por cargo e isentando o Município de elaborar processo seletivo para essa contratação.

12.2.3. A contratação temporária para atender excepcional interesse público, não dará ao candidato o direito da efetivação no cargo.

12.3. O candidato aprovado para as vagas existentes será convocado por meio de publicação no Diário Oficial dos Municípios www.amm.org.br, por meio de publicação no mural do Paço Municipal e ainda no endereço eletrônico do Município de Nova Ubiratã www.novaubirata.mt.gov.br.

12.4. Os candidatos convocados terão até 30 (trinta) dias para apresentar a documentação exigida no ato convocatório que deverá conter no mínimo os seguintes documentos:

12.4.1. diploma de conclusão do curso relativo ao cargo concorrido, (original) e 2 (duas) cópias;

12.4.2. certidão negativa da justiça (civil e criminal) das cidades onde o candidato tenha residido nos últimos cinco anos;

12.4.3. declaração que responde ou não a inquérito policial e a processo administrativo disciplinar;

12.4.4. 2 (duas) fotos 3x4 recentes;

12.4.5. título eleitoral (original) e 2 (duas) cópias;

12.4.6. certidão de nascimento ou casamento (original) e 2 (duas) cópias;

12.4.7. certidão de nascimento dos filhos (original) e 2 (duas) cópias;

12.4.8. certificado de reservista (original) e 2 (duas) cópias (se masculino);

12.4.9. CPF (original) e 2 (duas) cópias;

12.4.10. documento de identidade (original) e 2 (duas) cópias;

12.4.11. PIS ou PASEP (original) e 2 (duas) cópias, no caso de já ter sido empregado;

12.4.12. declaração que não foi demitido com justa causa e a bem do serviço público, no período de 5 (cinco) anos, nas esferas federal, estadual e municipal.

12.5. Quando convocado para apresentar a documentação e o candidato não atender no prazo estabelecido será considerado eliminado do concurso público.

12.6. O candidato nomeado, que não se apresentar no local e prazo estabelecido será eliminado do concurso.

12.7 Após a posse, o candidato será lotado em qualquer unidade da Estrutura Administrativa, desde que seja compatível com o cargo concorrido, observado o interesse da Administração e a legislação vigente.

12.7.1. Exceto os candidatos que concorreram às vagas com local de trabalho pré-determinado pelo Anexo I deste Edital, designados para as estruturas estabelecidas na zona rural (interior do município).

12.8. Será observada também a preferência na lotação de acordo com a ordem de classificação.

12.9. O candidato será submetido à preparação e capacitação para a ocupação do cargo no serviço Público.

13. DAS PROVAS DE TÍTULOS

13.1. Determinações do Decreto 034 de 02 de julho de 2009

ANEXO I - Decreto nº 034/2009 de 02 de julho de 2009 Títulos Admitidos para efeito de Pontuação

Títulos e/ou formação e cursos que possibilitam concessão de pontos, se relativos ao cargo e à área inscrita.

Candidatos concorrentes a cargos com exigência da escolaridade de:

Pontuação Máxima a ser concedida = 15 (quinze) pontos, não cumulativos por escolaridade.

a) Doutorado

Formação Nível Superior

05 (cinco) pontos por comprovação de tese de doutorado na mesma área de conhecimento do cargo pleiteado.

b) Mestrado

Formação Nível Superior

04 (quatro) pontos por comprovação de defesa de dissertação de mestrado na mesma área de conhecimento do cargo pleiteado.

c) Pós Graduado

Formação Nível Superior

03 (três) pontos por comprovação de conclusão e aprovação em curso de pós-graduação na mesma área de conhecimento do cargo pleiteado.

d) Ensino Superior

Formação de Nível Médio

02 (dois) pontos por comprovação de conclusão e aprovação em curso superior.

e) Ensino Médio

Formação em Nível Fundamental

01 (um) ponto por comprovação de conclusão e aprovação no Ensino Médio ou Técnico Profissionalizante.

f) Ensino Fundamental

Nível Alfabetizado

01 (um) ponto por comprovação de conclusão do Ensino Fundamental.

g) Cópia de Certificado de cursos de capacitação ou reciclagem, relativos a área inscrita com carga horária mínima de 40 hs ou fração de certificados que atinja a soma de 40 hs.

Todos os cargos concorridos

01 (um) ponto por cada curso admitido e comprovado, após o reconhecimento e fiscalização da Comissão de Acompanhamento e Fiscalização do Concurso Público - CAFCC.

h) TEMPO DE SERVIÇO EM ÓRGÃOS PÚBLICOS: Federal, Estadual ou Municipal, Fundos, Fundações ou Autarquias, devidamente comprovados.

Até 1 ano

De 1 Ano à 2A, 11M, 29D

De 3 Anos à 4A, 11M, 29D De 5 Anos à 6A, 11M, 29D De 7 Anos à 8A, 11M, 29D Acima de 9 anos

0 (zero) - ponto

1 (um) - ponto

2 (dois) - pontos

3 (três) - pontos

4 (quatro) - pontos

5 (cinco) - pontos

14. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

14.1 A inscrição do candidato implicará a aceitação das normas para o concurso público contidas nos comunicados, deste edital e em outros a serem publicados.

14.2 É de inteira responsabilidade do candidato acompanhar todos os atos, editais e comunicados referentes a este concurso público que sejam publicados no mural do paço municipal e no endereço eletrônico do município www.novaubirata.mt.gov.br.

14.3 O candidato poderá obter informações referente ao concurso público também na Central de Atendimento do Concurso, Prédio da Câmara Municipal sito à Av. Getúlio Vargas nº 110 - centro - Nova Ubiratã MT.

14.4. Não serão dadas, por telefone, informações a respeito de datas, locais e horários de realização das provas. O candidato deverá observar rigorosamente os editais e os comunicados a serem divulgados na forma do subitem 14.2 deste edital.

14.5. O candidato deverá comparecer ao local designado para a realização das provas com antecedência mínima de uma hora do horário fixado para o seu início, munido somente de caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente, do Cartão de Inscrição e do documento de identidade original.

14.5.1. Não será permitido o uso de lápis, lapiseira e/ou borracha durante a realização das provas.

14.6. Serão considerados documentos de identidade: carteiras expedidas pelos Comandos Militares, pelas Secretarias de Segurança Pública, pelos Institutos de Identificação e pelos Corpos de Bombeiros Militares; carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (ordens, conselhos etc.); passaporte brasileiro; certificado de reservista; carteiras funcionais do Ministério Público; carteiras funcionais expedidas por órgão público que, por lei federal, valham como identidade; carteira de trabalho; carteira nacional de habilitação (somente modelo com foto).

14.6.1. Não serão aceitos como documentos de identidade: certidões de nascimento, CPF, títulos eleitorais, carteiras de motorista (modelo sem foto), carteiras de estudante, carteiras funcionais sem valor de identidade, nem documentos ilegíveis, não-identificáveis e/ou danificados.

14.6.2. Não será aceita cópia do documento de identidade, ainda que autenticada, nem protocolo do documento.

14.7 Por ocasião da realização das provas, o candidato que não apresentar documento de identidade original, na forma definida no subitem 14.6 deste edital, não poderá fazer as provas e será automaticamente eliminado do concurso público.

14.8. Caso o candidato esteja impossibilitado de apresentar, no dia de realização das provas, documento de identidade original, por motivo de perda, roubo ou furto, deverá ser apresentado documento que ateste o registro da ocorrência em órgão policial, expedido há, no máximo, trinta dias, ocasião em que será submetido à identificação especial, compreendendo coleta de dados, de assinaturas e de impressão digital em formulário próprio.

14.8.1. A identificação especial será exigida, também, ao candidato cujo documento de identificação apresente dúvidas relativas à fisionomia ou à assinatura do portador.

14.9. Não serão aplicadas provas em local, data ou horário diferentes dos predeterminados em edital ou em comunicado.

14.10. Não será admitido ingresso de candidato no local de realização das provas após o horário fixado para o seu início.

14.11. O candidato deverá permanecer obrigatoriamente no local de realização das provas por, no mínimo por uma hora após o início das provas.

14.11.1. A inobservância do subitem anterior acarretará a não-correção das provas e, consequentemente, a eliminação do candidato no concurso público.

14.12. O candidato que se retirar do ambiente de provas não poderá retornar em hipótese alguma.

14.13. O candidato somente poderá retirar-se do local de realização das provas por desconforto pessoal, para ir aos lavatórios/banheiros devidamente acompanhado de um fiscal credenciado.

14.14. Não haverá, por qualquer motivo, prorrogação do tempo previsto para a aplicação das provas em razão do afastamento de candidato da sala de provas.

14.15. Não haverá segunda chamada para a realização das provas. O não-comparecimento a estas implicará a eliminação automática do candidato.

14.16. Não será permitida, durante a realização das provas, a comunicação entre os candidatos nem a utilização de máquinas calculadoras e/ou similares, livros, anotações, réguas de cálculo, impressos ou qualquer outro material de consulta, inclusive códigos e/ou legislação.

14.17. Será eliminado do concurso, o candidato que, durante a realização das provas, for surpreendido portando aparelhos eletrônicos, tais como bip, telefone celular, walkman, agenda eletrônica, notebook, palmtop, receptor, gravador, máquina de calcular, máquina fotográfica, controle de alarme de carro etc., bem como relógio de qualquer espécie, óculos escuros ou quaisquer acessórios de chapelaria, tais como chapéu, boné, gorro etc. e, ainda, lápis, lapiseira/grafite e/ou borracha.

14.17.1. A Organização do Concurso recomenda que o candidato não leve nenhum dos objetos citados no subitem anterior, no dia de realização das provas.

14.17.2. A Organização do Concurso não ficará responsável pela guarda de quaisquer dos objetos supracitados.

14.17.3. A Organização do Concurso não se responsabilizará por perdas ou extravios de objetos ou de equipamentos eletrônicos ocorridos durante a realização das provas, nem por danos neles causados.

14.17.4. Não será permitida a entrada de candidatos no ambiente de provas portando armas. O candidato que estiver armado será encaminhado à Coordenação.

14.18. No dia de realização das provas, a Organização do Concurso poderá submeter os candidatos ao sistema de detecção de metal.

14.19. Terá suas provas anuladas e será automaticamente eliminado do concurso público o candidato que, durante a sua realização:

14.19.1. for surpreendido dando ou recebendo auxílio para a execução das provas;

14.19.2. utilizar-se de livros, máquina de calcular ou similares, dicionário, notas ou impressos que não forem expressamente permitidos ou que se comunicar com outros candidato;

14.19.3. for surpreendido portando aparelhos eletrônicos, tais como bip, telefone celular, walkman, agenda eletrônica, notebook, palmtop, receptor, gravador, máquina de calcular, máquina fotográfica, controle de alarme de carro etc., bem como relógio de qualquer espécie, óculos escuros ou quaisquer acessórios de chapelaria, tais como chapéu, boné, gorro etc. e, ainda, lápis, lapiseira/grafite e/ou borracha;

14.19.4. faltar com o devido respeito para com qualquer membro da equipe de aplicação das provas, com as autoridades presentes ou com os demais candidatos;

14.19.5. fizer anotação de informações relativas às suas respostas no comprovante de inscrição ou em qualquer outro meio, que não os permitidos;

14.19.6. não entregar o material das provas ao término do tempo destinado para a sua realização;

14.19.7. afastar-se da sala, a qualquer tempo, sem o acompanhamento de fiscal;

14.19.8. ausentar-se da sala, a qualquer tempo, portando a folha de respostas;

14.19.9. descumprir as instruções contidas no caderno de provas ou na folha de respostas;

14.19.10. perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos, incorrendo em comportamento indevido;

14.19.11. utilizar ou tentar utilizar meios fraudulentos ou ilegais para obter aprovação própria ou de terceiros, em qualquer etapa do concurso público;

14.19.12. não permitir a coleta de sua assinatura;

14.19.13. for surpreendido portando caneta fabricada em material não transparente;

14.19.14. for surpreendido portando anotações em papéis, que não os permitidos;

14.19.15. for surpreendido portando qualquer tipo de arma e/ou se negar a entregar a arma à Coordenação;

14.19.16. não permitir ser submetido ao detector de metal.

14.20. No dia de realização das provas, não serão fornecidas, por qualquer membro da equipe de aplicação destas e/ou pelas autoridades presentes, informações referentes ao seu conteúdo e/ou aos critérios de avaliação e de classificação.

14.21. Se, a qualquer tempo, for constatado, por meio eletrônico, estatístico, visual, grafológico ou por investigação policial, ter o candidato se utilizado de processo ilícito, suas provas serão anuladas e ele será automaticamente eliminado do concurso público.

14.22. O descumprimento de quaisquer das instruções supracitadas implicará a eliminação do candidato, constituindo tentativa de fraude.

14.23. O prazo de validade do concurso esgotar-se-á após dois anos, contado a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período a critério da administração.

14.24. O resultado final do concurso será homologado pelo Prefeito Municipal de Nova Ubiratã e publicado nos órgãos da imprensa local e no endereço eletrônico do município.

14.25. O candidato deverá manter atualizado seu endereço perante a Organização do Concurso, enquanto estiver participando do concurso público, por meio de requerimento a ser enviado à Central de Atendimento. São de exclusiva responsabilidade do candidato os prejuízos advindos da não-atualização de seu endereço.

14.26. Os casos omissos serão resolvidos pela Organização do Concurso Público e pela Comissão de Acompanhamento, Fiscalização e Supervisão de Concurso Público - CAFCC.

14.27. As alterações de legislação com entrada em vigor antes da data de publicação deste edital serão objeto de avaliação pela Organização do Concurso.

14.28. A legislação com entrada em vigor após a data de publicação deste edital, bem como as alterações em dispositivos legais e normativos a ele posteriores, não serão objeto de avaliação.

14.29. O candidato é responsável pela conferência de seus dados pessoais, em especial seu nome, seu número de inscrição e o cargo concorrido e as demais informações.

14.30. Não será permitido que as marcações na folha de respostas sejam feitas por outras pessoas, salvo em caso de candidato que tenha solicitado atendimento especial para esse fim. Nesse caso, se necessário, o candidato será acompanhado por agente devidamente identificado e autorizado para essa finalidade.

14.31. Quaisquer alterações nas regras fixadas neste edital só poderão ser feitas por meio de outro edital.

14.32. Decorridos 120 (cento e vinte) dias da homologação do Concurso Público, e não havendo óbice administrativo, judicial ou legal, é facultada a incineração dos registros escritos, mantendo-se, entretanto, pelo período de validade do Concurso Público, os registros eletrônicos a ele referentes.

Nova Ubiratã MT, 27 de julho de 2009

Comissão de Acompanhamento, Fiscalização e Supervisão de Concurso Público - CAFCC
Presidente Darci José Hantt

Osmar Rossetto
Prefeito Municipal

homologado através do Decreto nº 040 de 27 de julho de 2009

ANEXO I - VAGAS PARA ENSINO FUNDAMENTAL COMPLETO

DAS VAGAS, REQUISITOS, REMUNERAÇÃO, LOCAL DE TRABALHO etc...

CARGO / FUNÇÃO

ESCOLARIDADE MÍNIMA EXIGIDA

ÁREA DE ATUAÇÃO

N.º VAGAS

C / H SEMANAL

REMUNERAÇÃO

DISPONIBILIDADE DO LOCAL DE TRABALHO

Agente de Saúde Ambiental

Ensino Fundam. Completo

Saúde

05

40 hs.

661,55

Estrutura Administrativa

Auxiliar Administrativo

Ensino Fundam. Completo

Educação

01

40 hs.

529,24

Escola Municipal Entre Rios (Distrito de Entre Rios)

Auxiliar Administrativo

Ensino Fundam. Completo

Educação

01

40 hs.

529,24

Escola Água Limpa (Distrito Parque Água Limpa)

Auxiliar Administrativo

Ensino Fundam. Completo

Administração

13

40 hs.

529,24

Estrutura Administrativa

Auxiliar de Consultório Odontológico

Ensino Fundam. Completo

Saúde

02

40 hs.

529,24

Estrutura Administrativa

Auxiliar de Consultório Odontológico

Ensino Fundam. Completo

Saúde

01

40 hs.

529,24

Posto de Saúde (Distrito de Entre Rios)

Nova Ubiratã MT, 27 de julho de 2009

Osmar Rossetto
Prefeito Municipal

ANEXO I - VAGAS PARA ENSINO FUNDAMENTAL INCOMPLETO (ALFABETIZADO)

DAS VAGAS, REQUISITOS, REMUNERAÇÃO, LOCAL DE TRABALHO etc...

CARGO / FUNÇÃO

ESCOLARIDADE MÍNIMA EXIGIDA

ÁREA DE ATUAÇÃO

N.º VAGAS

C / H SEMANAL

REMUNERAÇÃO

DISPONIBILIDADE DO LOCAL DE TRABALHO

Auxiliar de Serviços Gerais

Alfabetizado

Administração

16

40 hs.

529,24

Estrutura Administrativa

Encanador

Alfabetizado

Obras

01

40 hs.

661,55

Secretaria de Obras (Distrito Parque Água Limpa)

Encanador

Alfabetizado

Obras

01

40 hs.

661,55

Secretaria de Obras (Distrito de Entre Rios)

Encanador

Alfabetizado

Obras

01

40 hs.

661,55

Estrutura Administrativa

Lubrificador de Máquinas

Alfabetizado

Obras

01

40 hs.

617,45

Estrutura Administrativa

Mecânico Maq. e Veículos leves

Habilitação B

Obras

01

40 hs.

882,06

Estrutura Administrativa

Mecânico Maquinas Pesadas

Habilitação B/C/D/E

Obras

01

40 hs.

1.653,88

Estrutura Administrativa

Merendeira

Alfabetizado

Educação

04

40 hs.

529,24

Secretaria de Educação/Urbana

Merendeira

Alfabetizado

Educação

02

40 hs.

529,24

Escola Municipal Entre Rios (Distrito de Entre Rios)

Merendeira

Alfabetizado

Administração

01

40 hs.

529,24

Estrutura Administrativa

Motorista

Habilitação D/E

Administração

05

40 hs.

771,80

Estrutura Administrativa

Motorista

Habilitação D/E

Saúde

01

40 hs.

771,80

Posto de Saúde (Distrito de Entre Rios)

Motorista

Habilitação D/E

Saúde

01

40 hs.

771,80

Posto de Saúde (Distrito Parque Água Limpa)

Operador de Retro Escavadeira/Pá

Habilitação D/E

Obras

01

40 hs.

882,06

Estrutura Administrativa

Operador de Maquinas Leves

Habilitação B/C/D/E

Obras

02

40 hs.

705,65

Estrutura Administrativa

Operador de Maquinas Leves

Habilitação B/C/D/E

Obras

01

40 hs.

705,65

Secretaria de Obras (Distrito de Entre Rios)

Operador de Maquinas Pesadas

Habilitação B/C/D/E

Obras

02

40 hs.

882,06

Estrutura Administrativa

Operador de Motoniveladora

Habilitação B/C/D/E

Obras

01

40 hs.

882,06

Secretaria de Obras (Distrito de Entre Rios)

Pedreiro

Alfabetizado

Obras

01

40 hs.

771,80

Estrutura Administrativa

Vigia

Alfabetizado

Administração

07

40 hs.

529,24

Estrutura Administrativa

Vigia

Alfabetizado

Saúde

01

40 hs.

529,24

Posto de Saúde (Distrito de Entre Rios)

Vigia

Alfabetizado

Educação

02

40 hs.

529,24

Escola Municipal Entre Rios (Distrito de Entre Rios)

Vigia

Alfabetizado

Educação

01

40 hs.

529,24

Escola Água Limpa (Distrito Parque Água Limpa)

Vigia

Alfabetizado

Educação

01

40 hs.

529,24

Escola Vera Lucia Schimidt (Distrito Piratininga)

Zeladora

Alfabetizado

Educação

05

40 hs.

529,24

Escola Municipal Entre Rios (Distrito de Entre Rios)

Zeladora

Alfabetizado

Educação

02

40 hs.

529,24

Escola Água Limpa (Distrito Parque Água Limpa)

Zeladora

Alfabetizado

Educação

01

40 hs.

529,24

Escola Vera Lucia Schimidt (Distrito Piratininga)

Zeladora

Alfabetizado

Educação

01

40 hs.

529,24

Escola Municipal Lorindo Pedro Basso (Comunidade Vale do Rio Ronuro)

Zeladora

Alfabetizado

Educação

01

40 hs.

529,24

Escola Indígena Tupara (Aldeia Indígena Tupara)

Zeladora

Alfabetizado

Educação

01

40 hs.

529,24

Escola Pedro Àlvarez Cabral (Distrito de Santa Terezinha do Rio Ferro)

Zeladora

Alfabetizado

Saúde

01

40 hs.

529,24

Posto de Saúde (Distrito de Entre Rios)

Zelador (a)

Alfabetizado

Administração

21

40 hs.

529,24

Estrutura Administrativa

Nova Ubiratã MT, 27 de julho de 2009

Osmar Rossetto
Prefeito Municipal

ANEXO I - VAGAS PARA NÍVEL MÉDIO E TÉCNICO

DAS VAGAS, REQUISITOS, REMUNERAÇÃO, LOCAL DE TRABALHO etc...

CARGO / FUNÇÃO

ESCOLARIDADE MÍNIMA EXIGIDA

ÁREA DE ATUAÇÃO

N.º VAGAS

C / H SEMANAL

REMUNERAÇÃO

DISPONIBILIDADE DO LOCAL DE TRABALHO

Agente de Fiscalização

2° grau/NM

Finanças

01

40 hs.

661,55

Estrutura Administrativa

Agente de Controle Administrativo

2° grau/NM

Administração

09

40 hs.

661,55

Estrutura Administrativa

Agente de Finanças e Controle

2° grau/NM

Finanças

04

40 hs.

882,02

Estrutura Administrativa

Fiscal de Obras

2° grau/NM

Obras

01

40 hs.

661,55

Estrutura Administrativa

Técnico Agrícola

2° grau/NM/Téc.

Agricultura

02

40 hs.

771,80

Estrutura Administrativa

Técnico Ambiental

2° grau/NM/Téc.

Estrutura Mun.

02

40 hs.

882,06

Estrutura Administrativa

Técnico Enfermagem

2° grau/NM/Téc.

Saúde

10

40 hs.

882,06

Estrutura Administrativa

Técnico Enfermagem

2° grau/NM/Téc.

Saúde

02

40 hs.

882,06

Posto de Saúde (Distrito de Entre Rios)

Técnico Enfermagem

2° grau/NM/Téc.

Saúde

01

40 hs.

882,06

Posto de Saúde (Distrito Parque Água Limpa)

Técnico Enfermagem

2° grau/NM/Téc.

Saúde

01

40 hs.

882,06

Posto de Saúde (Distrito Santa Terezinha do Rio Ferro)

Técnico Enfermagem

2° grau/NM/Téc.

Saúde

01

40 hs.

882,06

Posto de Saúde (Distrito de Novo Mato Grosso)

Técnico Farmácia

2° grau/NM/Téc.

Saúde

01

40 hs.

882,06

Estrutura Administrativa

Técnico em Informática

2° grau/NM/Téc.

Administração

01

40 hs.

882,06

Estrutura Administrativa

Técnico em Laboratório de Análise Clínica

2° grau/NM/Téc.

Saúde

01

40 hs.

882,06

Estrutura Administrativa

Técnico em Vigilância Sanitária

2° grau/NM/Téc.

Saúde

01

40 hs.

882,06

Estrutura Administrativa

Nova Ubiratã MT, 27 de julho de 2009

ANEXO I - VAGAS PARA NÍVEL SUPERIOR

DAS VAGAS, REQUISITOS, REMUNERAÇÃO, LOCAL DE TRABALHO etc...

CARGO / FUNÇÃO

ESCOLARIDADE MÍNIMA EXIGIDA

ÁREA DE ATUAÇÃO

N.º VAGAS

C / H SEMANAL

REMUNERAÇÃO

DISPONIBILIDADE DO LOCAL DE TRABALHO

Assistente Social

Graduação

Ação Social

02

40 hs.

2.425,69

Secretaria de Ação Social

Enfermeiro

Graduação

Saúde

03

40 hs.

2.425,69

Secretaria de Saúde

Farmacêutico Bioquímico

Graduação

Saúde

01

40 hs.

2.425,69

Secretaria de Saúde

Fisioterapeuta (Especialista em Traumatologia, Ortopedia e RPG).

Graduação / Especialidade

Saúde

01

30 hs.

2.425,69

Secretaria de Saúde

Médico Clínico Geral

Graduação

Saúde

02

40 hs.

7.166,82

Secretaria de Saúde

Nutricionista

Graduação

Saúde

01

20 hs.

1.212,84

Secretaria de Saúde

Odontólogo

Graduação

Saúde

03

20 hs.

1.212,84

Secretaria de Saúde

Odontólogo

Graduação

Saúde

02

40 hs.

2.425,69

Secretaria de Saúde

Professor de Arte

Graduação

Educação

01

20 hs.

682,50

Secretaria de Educação/Urbana

Professor de Ciências

Graduação

Educação

01

40 hs.

1.365,00

Secretaria de Educação/Urbana

Professor de Ciências

Graduação

Educação

01

20 hs.

682,50

Escola Municipal Entre Rios (Distrito de Entre Rios)

Professor de Ciências

Graduação

Educação

01

20 hs.

682,50

Escola Água Limpa (Distrito Parque Água Limpa)

Professor de Ciências

Graduação

Educação

01

20 hs.

682,50

Escola Vera Lucia Schimidt (Distrito Piratininga)

Professor de Educação Física

Graduação

Educação

01

40 hs.

1.365,00

Secretaria de Educação/Urbana

Professor de Educação Física

Graduação

Educação

01

40 hs.

1.365,00

Escola Municipal Entre Rios (Distrito de Entre Rios)

Professor de Educação Física

Graduação

Educação

01

20 hs.

682,50

Escola Água Limpa (Distrito Parque Água Limpa)

Professor de Educação Física

Graduação

Educação

01

20 hs.

682,50

Escola Vera Lucia Schimidt (Distrito Piratininga)

Professor de Geografia

Graduação

Educação

01

20 hs.

682,50

Escola Municipal Entre Rios (Distrito de Entre Rios)

Professor de História

Graduação

Educação

01

20 hs.

682,50

Secretaria de Educação/Urbana

Professor de História

Graduação

Educação

01

20 hs.

682,50

Escola Água Limpa (Distrito Parque Água Limpa)

Professor de História

Graduação

Educação

01

20 hs.

682,50

Escola Vera Lucia Schimidt (Distrito Piratininga)

Professor de Letras

Graduação

Educação

01

20 hs.

682,50

Escola Vera Lucia Schimidt (Distrito Piratininga)

Professor de Letras

Graduação

Educação

01

20 hs.

682,50

Escola Pedro Àlvarez Cabral (Distrito de Santa Terezinha do Rio Ferro)

Professor de Matemática

Graduação

Educação

01

40 hs.

1.365,00

Secretaria de Educação/Urbana

Professor de Matemática

Graduação

Educação

01

20 hs.

682,50

Escola Municipal Entre Rios (Distrito de Entre Rios)

Professor de Matemática

Graduação

Educação

01

20 hs.

682,50

Escola Vera Lucia Schimidt (Distrito Piratininga)

Professor de Matemática

Graduação

Educação

01

20 hs.

682,50

Escola Municipal Lorindo Pedro Basso (Comunidade Vale do Rio Ronuro)

Professor de Matemática

Graduação

Educação

01

20 hs.

682,50

Escola Pedro Àlvarez Cabral (Distrito de Santa Terezinha do Rio Ferro)

Professor Pedagogo

Graduação

Educação

01

20 hs.

682,50

Secretaria de Educação/Urbana

Professor Pedagogo

Graduação

Educação

08

40 hs.

1.365,00

Secretaria de Educação/Urbana

Professor Pedagogo

Graduação

Educação

01

20 hs.

682,50

Escola Municipal Entre Rios (Distrito de Entre Rios)

Professor Pedagogo

Graduação

Educação

02

40 hs.

1.365,00

Escola Municipal Entre Rios (Distrito de Entre Rios)

Professor Pedagogo

Graduação

Educação

02

20 hs.

682,50

Escola Água Limpa (Distrito Parque Água Limpa)

Professor Pedagogo

Graduação

Educação

01

40 hs.

1.365,00

Escola Água Limpa (Distrito Parque Água Limpa)

Professor Pedagogo

Graduação

Educação

04

20 hs.

682,50

Escola Vera Lucia Schimidt (Distrito Piratininga)

Professor Pedagogo

Graduação

Educação

01

40 hs.

1.365,00

Escola Municipal Lorindo Pedro Basso (Comunidade Vale do Rio Ronuro)

Professor Pedagogo

Graduação

Educação

01

40 hs.

1.365,00

Escola Pedro Àlvarez Cabral (Distrito de Santa Terezinha do Rio Ferro)

Professor Pedagogo

Graduação

Educação

01

40 hs.

1.365,00

Escola Indígena Tupara (Aldeia Indígena Tupara)

Psicólogo

Graduação

Assist. Social

01

40 hs.

2.425,69

Secretaria de Assistência Social

Nova Ubiratã MT, 27 de julho de 2009

Osmar Rossetto
Prefeito Municipal

ANEXO II - FUNÇÃO DOS CARGOS

NÍVEL ENSINO FUNDAMENTAL COMPLETO

CARGO: AGENTE DE SAÚDE AMBIENTAL (DENGUE)

Grupo Funcional: SERVIÇOS DE NÍVEL AUXILIAR

Requisitos para Provimento:

a) Idade Mínima de 18 anos;

b) Saber ler e escrever;

c) Ter disponibilidade de tempo integral para exercer suas atividades;

Condições de trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de no mínimo 40 horas;

b) Especial: o exercício do cargo pode exigir a prestação de serviços a noite, sábados, domingos e feriados; uso de uniformes e E.P.I. (equipamentos de proteção individual); deslocamento com veículos ou a pé na área urbana e com veículos na área rural; viagem e freqüência a cursos sobre as endemias.

Atribuições:

a) Descrição Sintética: Trabalho desenvolvido internamente (S.M.S.) ou externamente (campo) no combate as doenças tropicais consideradas endêmicas como: malária, dengue, febre amarela, leishmaniose e outras.

b) Descrição Analítica: Trabalho geralmente desenvolvido no campo utiliza-se de inseticida e larvicida com uso de bombas manuais ou motorizadas com E.P.I. (equipamentos de proteção individual); Desenvolvimento de trabalho no combate aos vetores de doenças seguindo normas técnicas do Ministério da Saúde;Executar tarefas afins e de interesse da municipalidade.

CARGO: AUXILIAR ADMINISTRATIVO

Categoria Funcional : SERVIÇOS DE NÍVEL AUXILIAR

Provimento: EFETIVO

Vencimento Padrão: R$ 480,00

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 18 anos;

b) Instrução: 1º Grau Completo

Condições de trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de 40 horas;

b) Especial: sujeito a trabalho externo, atendimento ao público e uso de uniforme.

Atribuições:

Descrição Sintética: Executar Trabalhos de auxiliar de escritório que requeira alguma complexidade de julgamento.

a) Descrição Analítica: Executar atividades de apoio administrativo de acordo com as necessidades da administração. Executar tarefas de digitação em geral. Organizar o sistema de arquivos, relatórios. Classificar expediente recebido, proceder a entregas, realizar controles da movimentação de processos, documentos, organizar e elaborar mapas de controle, boletins, demonstrativos, fazer anotações em fichas, manusear fichários, proceder a expedição de correspondência, documentos e outros papéis. Conferir o material de suprimento e controlar sua movimentação. Executar tarefas de apoio aos diversos setores de administração que for necessário. Executar outras atividades compatíveis com as especificadas e conforme a necessidade do Município, desde que solicitadas por seu superior.

CARGO: ATENDENTE DE CONSULTÓRIO DENTÁRIO

Categoria Funcional: SERVIÇOS DE NÍVEL AUXILIAR

Requisito para Provimento

a) Idade: Mínima de 18 anos;

b) Instrução: 2º Grau Incompleto

Condições de Trabalho

a) Geral: Carga horária semanal de 40 horas;

b) Especial: Sujeito a trabalho em vários locais, atendimento ao público e uso de uniforme.

Atribuições

a) Descrição Sintética: Compreende os cargos que tem como atribuições atender pacientes, prestando aos mesmos serviços gerais de enfermagem, encaminhando-as aos serviços específicos, dando-lhes o apoio e o suporte necessários ao atendimento.

b) Descrição Analítica: Receber, registrar e encaminhar doentes para o atendimento necessário, servindo de suporte e apoio na execução dos serviços, preencher fichas com os dados individuais dos pacientes, bem como os boletins de informações odontológicos, se necessário, atender chamadas telefônicas, prestando informações e anotando recados para oportunamente transmiti-los aos respectivos destinatários. Receber, registrar, e encaminhar material para o exame de laboratório. Controlar o fichário e arquivo de documentos relativos ao histórico dos pacientes. Coordenar exames médicos periódicos e pré-admissionais. Encaminhar laudos. Controlar materiais, medicamentos e equipamentos. Zelar pelo bom funcionamento das atividades, bem como do material e da limpeza do ambiente. Executar outras atividades compatíveis com a função ou com as especificadas, conforme a necessidade do município, bem como de acordo com a solicitação superior.

ANEXO II - FUNÇÃO DOS CARGOS

NÍVEL ENSINO FUNDAMENTAL INCOMPLETO

CARGO: AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS

Categoria Funcional : SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO E INFRAESTRUTURA

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 18 anos

b) Instrução: Alfabetizado

Condições de Trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de 40 horas.

b) Especial: Sujeito a trabalho externo, atendimento ao público e uso de uniforme.

Atribuições:

a) Descrição Sintética: Executar trabalhos externos, braçais ou não, limpeza do local que seja determinado, em especial a urbana, manter em ordem o local de trabalho, bem como outros que a estes sejam correlatos, prestar serviços de apoio, transporte e conservação de estradas e outros.

b) Descrição Analítica: Executar os serviços que sejam determinados pelos superiores, primando pela ordem no local de trabalho, atender aos cidadãos que se dirigirem às suas pessoas, prestando as informações solicitadas com educação, encaminhando para quem possa melhor atendê-lo. Executar serviços de limpeza urbana, conforme determinação superior, zelando pelo bem público, reparando os utensílios sempre que estes venham a necessitar de reparos para serem utilizados nas tarefas diárias dos servidores. Carregar e descarregar veículos em geral, transportar mercadorias e materiais de construção, bem como todos os demais serviços braçais que sejam necessários e determinada sua execução por superior. Fazer mudanças. Proceder a abertura de valas. Proceder a limpeza de fossas. Efetuar serviços de capina em geral, coletar lixo, varrer, lavar e remover o lixo e detritos das ruas e prédios municipais. Recolher o lixo a domicílio com os equipamentos disponíveis. Auxiliar em tarefas de construção, calçamento e pavimentação em geral. Auxiliar no recebimento, entrega, pesagem e contagem de materiais. Auxiliar em serviços de abastecimento, lavagem e manutenção de veículos e equipamentos rodoviários. Manejar instrumentos e ferramentas agrícolas, executar serviços de lavoura e jardim. Auxiliar na aplicação de inseticidas e fungicidas; Executar faxinas em geral nos bens públicos. Responsabilizar-se pela manutenção e conservação do equipamento utilizado. Proceder a apreensão de animais soltos nas vias públicas e outras tarefas correlatas. Exercer serviços de vigia e guarda de bens públicos e tarefas correlatas. Controlar a entrada e saída de pessoas e veículos pelos portões de acesso sob sua vigilância, verificando quando necessário, as autorizações do ingresso. Verificar se as portas e janelas e demais vias de acesso, estão devidamente fechadas quando do encerramento do expediente. Investir quaisquer condições anormais que tenha observado, responder as chamadas telefônicas e anotar recados. Levar ao imediato conhecimento das autoridades competentes qualquer irregularidade verificada. Exercer tarefas afins ou que sejam determinadas por seus superiores.

CARGO: ENCANADOR

Categoria Funcional : SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO E INFRA-ESTRUTURA - SMI

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 18 anos;

b) Instrução: 1º Grau incompleto

Condições de trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de 40 horas;

b)Especial: Conhecimentos necessários para o bom desenvolvimento de suas tarefas, especialmente de encanador.

Atribuições:

a) Descrição Sintética: Executar Trabalhos de encanador.

b) Descrição Analítica: Executar trabalhos de encanador; implantação de redes de água, efetuar reparação de canos, caixas e bombas de água e quadro de comandos; Conhecer e sugerir os tipos de materiais a serem empregados nas obras e reformas; Ter sob sua responsabilidade todas as ferramentas necessárias para o bom desenvolvimento de seus trabalhos; efetuar ligações de água a novos consumidores; efetuar o corte do fornecimento de água mediante ordem superior; Executar tarefas afins e de interesse da municipalidade.

CARGO: LUBRIFICADOR DE MÁQUINAS

Categoria Funcional : SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO E INFRAESTRUTURA

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 18 anos

b) Instrução: Alfabetizado

c) Habilitação: Conhecimentos necessários para o bom desenvolvimento de suas tarefas, especialmente prática como lubrificador.

Condições de Trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de 40 horas.

b) Especial: Sujeito a uso de uniforme e equipamentos de proteção individual; efetuar trabalhos fora do perímetro urbano e executar tarefas em fins de semana e feriados.

ATRIBUIÇÕES:

a) Descrição Sintética: Realizar trabalhos braçais que exijam alguma especialização;

b) Descrição Analítica: Conduzir ao local de trabalho equipamentos técnicos; Efetuar limpeza e lubrificação de peças e equipamentos, veículos e máquinas utilizados ou em uso, providenciando os acessórios necessários para a execução do serviço; Providenciar, bem como zelar pelos materiais, ferramentas e equipamentos utilizados nas oficinas, guardando-as em locais adequados, visando a sua conservação; Executar tarefas de faxina e organização do local de trabalho, assegurando as condições adequadas para realização das atividades; Executar tarefas afins e de interesse da municipalidade.

CARGO: MECÂNICO DE MÁQUINAS E VEÍCULOS LEVES

Categoria Funcional : SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO E INFRAESTRUTURA

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 18 anos

b) Instrução: Alfabetizado

c) Habilitação: Conhecimentos necessários para o bom desenvolvimento de suas tarefas, especialmente prática comprovada em mecânica de máquinas pesadas.

Condições de Trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de 40 horas.

b) Especial: Sujeito a uso de uniforme e equipamentos de proteção individual; efetuar trabalhos fora do perímetro urbano e executar tarefas em fins de semana e feriados.

ATRIBUIÇÕES:

a) Descrição Sintética: Executar tarefas inerentes ao reparo de veículos e máquinas.

b) Descrição Analítica: Examinar o veículo ou equipamentos rodoviários, inspecionando-os para determinar os defeitos e anormalidades de funcionamento dos mesmos; Efetuar o desmonte, a limpeza e montagem de motores à diesel, peças de transmissão, diferencial e outras partes, segundo técnicas apropriadas; Proceder a distribuição, ajuste ou retificação de peças do motor, utilizando ferramentas manuais, instrumentos de mediação e controle e outros equipamentos para assegurar-lhes seu bom funcionamento; Executar a substituição, reparação ou regulagem total ou parcial dos sistemas mecânicos dos equipamentos, utilizando ferramentas apropriadas para recondicioná-las a assegurar seu funcionamento; Testar o veículo ou equipamento, uma vez reparado, dirigindo-o para comprovar o resultado da tarefa realizada; Consertar peças de máquinas e equipamentos; Manufaturar ou consertar acessórios para máquinas; Fazer solda elétrica ou oxigênio; Converter ou adaptar peças; Inspecionar e reparar automóveis, caminhões, tratores, bombas, máquinas e equipamentos rodoviários; inspecionar, ajustar, reparar, reconstruir, quando necessário, unidades e partes de automotores, magnetos, geradores e distribuidores; Esmerilhar e assentar válvulas, substituir buchas e mancais, ajustar anéis de segmento; Desmontar e montar caixas de mudanças; Recuperar e consertar hidrovácuos; Reparar máquinas a óleo diesel, gasolina ou querosene; Socorrer veículos acidentados ou imobilizados por desarranjos mecânicos, podendo usar, em tais caso, carro guincho; Executar o chapeamento e pintura de veículos; Executar tarefas afins e de interesse da municipalidade.

CARGO: MECÂNICO DE MÁQUINAS E VEÍCULOS PESADOS

Categoria Funcional : SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO E INFRAESTRUTURA

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 18 anos

b) Instrução: Alfabetizado

c) Habilitação: Conhecimentos necessários para o bom desenvolvimento de suas tarefas, especialmente prática comprovada em mecânica de automotores.

Condições de Trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de 40 horas.

b) Especial: Sujeito a uso de uniforme e equipamentos de proteção individual; efetuar trabalhos fora do perímetro urbano e executar tarefas em fins de semana e feriados.

ATRIBUIÇÕES:

a) Descrição Sintética: Manter e reparar máquinas , equipamentos e motores de diferentes espécies; Efetuar chapeação e pintura quando necessário.

b) Descrição Analítica: Consertar peças de máquinas e equipamentos; Manufaturar ou consertar acessórios para máquinas; Fazer solda elétrica ou oxigênio; Converter ou adaptar peças; Inspecionar e reparar automóveis, caminhões, tratores, bombas, máquinas e equipamentos rodoviários; inspecionar, ajustar, reparar, reconstruir, quando necessário, unidades e partes de automotores, magnetos, geradores e distribuidores; Esmerilhar e assentar válvulas, substituir buchas e mancais, ajustar anéis de segmento; Desmontar e montar caixas de mudanças; Recuperar e consertar hidrovácuos; Reparar máquinas a óleo diesel, gasolina ou querosene; Socorrer veículos acidentados ou imobilizados por desarranjos mecânicos, podendo usar, em tais caso, carro guincho; Executar o chapeamento e pintura de veículos; Examinar o veículo ou equipamentos rodoviários, inspecionando-os para determinar os defeitos e anormalidades de funcionamento dos mesmos; Efetuar o desmonte, a limpeza e montagem de motores à diesel, peças de transmissão, diferencial e outras partes, segundo técnicas apropriadas; Proceder a distribuição, ajuste ou retificação de peças do motor, utilizando ferramentas manuais, instrumentos de mediação e controle e outros equipamentos para assegurar-lhes seu bom funcionamento; Executar a substituição, reparação ou regulagem total ou parcial dos sistemas mecânicos dos equipamentos, utilizando ferramentas apropriadas para recondicioná-las a assegurar seu funcionamento; Testar o veículo ou equipamento, uma vez reparado, dirigindo-o para comprovar o resultado da tarefa realizada; Executar tarefas afins e de interesse da municipalidade.

CARGO: MERENDEIRA

Categoria Funcional: SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO E INFRAESTRUTURA

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 18 anos;

b) Instrução: Alfabetizado

Condições de Trabalho

a) Geral: Carga horária semanal de 40 horas;

b) Especial: Sujeito a trabalho externo, atendimento ao público e uso de uniformes.

Atribuições:

a) Descrição Sintética: Efetuar o cozimento dos alimentos para merenda dos alunos, limpeza do local que seja determinado, em especial as Unidades Escolares e Creches Municipais, manter em ordem o local de trabalho, bem como outros que a estes sejam correlatos, prestar serviços de apoio na conservação de merenda e outros.

b) Descrição Analítica: Executar os serviços que sejam determinados pelos superiores, primando pela ordem no local de trabalho, mantendo a higiene no cozimento dos alimentos, estética e apresentação do local, atender aos cidadãos que se dirigirem às suas pessoas, prestando as informações solicitadas com educação, encaminhando para quem possa melhor atendê-lo. Executar serviços de limpeza na unidade de trabalho, conforme determinação superior, zelando pelo bem público, reparando os utensílios sempre que estes venham a necessitar de reparos para serem utilizados nas tarefas diárias dos servidores. Proceder a limpeza e efetuar serviços em geral, coletar lixo, varrer, lavar e remover o lixo e detritos das escolas municipais. Proceder a limpeza dos locais de trabalho. Recolher o lixo a domicílio com os equipamentos disponíveis. Responsabilizar-se pela manutenção e conservação do equipamento utilizado. Exercer tarefas afins ou que sejam determinadas por seus superiores.

CARGO: MOTORISTA

Categoria Funcional: SERVIÇOS OPERACIONAIS - SEO

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 18 anos;

b) Instrução: Alfabetizado

c) Habilitação: Conhecimento necessários para o bom desenvolvimento de suas tarefas; conhecimento comprovado como motorista; Carteira Nacional de Habilitação - Categoria D ou E.

Condições de trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de 40 horas;

b) Especial: O exercício do cargo poderá exigir a prestação de serviços à noite, sábados, domingos e feriados; realização de viagens e freqüência a cursos especializados. Sujeito a trabalho externo, atendimento ao público e uso de uniforme.

ATRIBUIÇÕES:

a) Descrição Sintética: Conduzir e zelar pela conservação de veículos automotores em geral.

b) Descrição Analítica: Conduzir veículos automotores destinados ao transporte de passageiros e cargas; Recolher veículo à garagem ou local destinado quando concluída a jornada do dia, comunicando qualquer defeito porventura existentes; Manter os veículos em perfeitas condições de funcionamento; Fazer reparos de emergências; Zelar pela conservação do veículo que lhe fora entregue; Encarregar-se do transporte e entrega de correspondência ou de carga que lhe for confiada, zelando para não haver excessos que prejudique o veículo; Promover o abastecimento de combustíveis, água e óleo; Verificar o funcionamento do sistema elétrico, lâmpadas, faróis, sinaleiras, buzinas e indicadores de direção; Providenciar a lubrificação quando indicada; Verificar o grau de densidade e nível da água da bateria, bem como a calibração dos pneus; Executar tarefas afins e de interesse da municipalidade.

CARGO: OPERADOR DE MÁQUINAS

Categoria Funcional: SERVIÇOS OPERACIONAIS - SEO

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 18 anos;

b) Instrução: Alfabetizado

c) Habilitação: Conhecimento necessários para o bom desenvolvimento de suas tarefas, especialmente prática como operador de pá carregadeira; Carteira Nacional de Habilitação - Categoria B, C, D ou E.

Condições de trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de 40 horas;

b) Especial: Sujeito a uso de uniforme e equipamentos de proteção individual; efetuar trabalhos fora do perímetro urbano e executar tarefas em fins de semana e feriados.

ATRIBUIÇÕES:

a) Descrição Sintética: Operar máquinas rodoviárias, agrícolas, tratores e equipamentos móveis.

b) Descrição analítica: Operar veículos motorizados, especiais, tais como: guinchos, guindastes, máquinas de limpeza de rede de esgoto, retroescavadeiras, carro plataforma, máquinas rodoviárias, agrícolas, tratores e outros; Serviços de carregamento de caminhões, em cascalheiras, em dragas de areia, jazidas de pedras, entulhos e lixeiras; Abrir valetas e cortar taludes; Proceder escavações, transporte de terra, compactação, carregar caminhões, aterro e trabalho semelhante; Auxiliar no conserto de máquinas; Lavrar e discar terras, obedecendo curvas de nível; Cuidar da limpeza e conservação das máquinas, zelando pelo seu bom funcionamento; Efetuar reparos mecânicos ou elétricos simples, em situações de inexistência de serviços especializados; Executar tarefas afins e de interesse da municipalidade.

CARGO: OPERADOR DE MÁQUINAS PESADAS

Categoria Funcional: SERVIÇOS OPERACIONAIS - SEO

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 18 anos;

b) Instrução: Alfabetizado

c) Habilitação: Conhecimento necessários para o bom desenvolvimento de suas tarefas especialmente prática como operador de retro escavadeira e trator de esteira; Carteira Nacional de Habilitação - Categoria B, C, D ou E.

Condições de trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de 40 horas;

b) Especial: Sujeito a uso de uniforme e equipamentos de proteção individual; efetuar trabalhos fora do perímetro urbano e executar tarefas em fins de semana e feriados.

ATRIBUIÇÕES:

a) Descrição Sintética: Operar máquinas rodoviárias, agrícolas, tratores e equipamentos móveis.

b) Descrição Analítica: Operar veículos motorizados, especiais, tais como: guinchos, guindastes, máquinas de limpeza de rede de esgoto, retro-escavadeira, carro plataforma, máquinas rodoviárias, agrícolas, tratores e outros; Serviços de carregamento de caminhões em cascalheiras, draga de areia, jazida de pedras, entulhos e lixeiras; Abrir valetas e cortar taludes, proceder escavações, transporte de terra, compactação, aterro e trabalho semelhante; Auxiliar no conserto de máquinas; Lavrar e discar terras, obedecendo as curvas de níveis; Cuidar da limpeza e conservação da máquina, zelando pelo seu bom funcionamento; Efetuar reparos mecânicos ou elétricos simples em situações de inexistência de serviços especializados; Lavrar e discar terras, obedecendo as curvas de níveis; Serviços de destocas, terraplanagem, aleiramentos; Abertura de cascalheiras e remoção de cascalhos; Remover entulhos e lixeiras; Cuidar da limpeza e conservação da máquina, zelando pelo seu bom funcionamento; Ajustar as correias transportadoras à ilha pulmão do conjunto de britagem; Executar tarefas afins e de interesse da municipalidade.

CARGO: OPERADOR DE MOTONIVELADORA

Categoria Funcional: SERVIÇOS OPERACIONAIS - SEO

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 18 anos;

b) Instrução: Alfabetizado

c) Habilitação: Conhecimentos necessários para o bom desenvolvimento de suas tarefas especialmente prática como operador de retro escavadeira e trator de esteira; Carteira Nacional de Habilitação - Categoria B, C, D ou E.

Condições de trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de 40 horas;

b) Especial: Sujeito a uso de uniforme e equipamentos de proteção individual; efetuar trabalhos fora do perímetro urbano e executar tarefas em fins de semana e feriados.

ATRIBUIÇÕES:

a) Descrição Sintética: Operar máquinas rodoviárias, agrícolas, tratores e equipamentos móveis.

b) Descrição Analítica: Operar veículos motorizados, tais como: guinchos, guindastes, máquinas de limpeza de rede de esgoto, retro-escavadeiras, carro plataforma, máquinas rodoviárias, agrícolas, tratores, motoníveladoras e outros; Abrir valetas e cortar taludes; Proceder escavações, transporte de terra, compactação, aterro e trabalhos semelhantes; Auxiliar no conserto de máquinas; Lavrar e discar terras, obedecendo as curvas de níveis; Abertura e conservação de, ruas, avenidas, pátios e estradas rurais; Executar serviços de terraplanagem, nivelamento e executar base e sub-base de pavimentação asfáltica; Executar reparos mecânicos ou elétricos simples, em situações de inexistência de serviços especializados; Cuidar da limpeza e conservação da máquina, zelando pelo seu bom funcionamento; Ajustar as correias transportadoras à ilha pulmão do conjunto de britagem; Executar tarefas afins e de interesse da municipalidade.

CARGO: OPERADOR DE RETRO ESVADEIRA/PÁ CARREGADEIRA

Categoria Funcional: SERVIÇOS OPERACIONAIS - SEO

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 18 anos;

b) Instrução: Alfabetizado

c) Habilitação: Conhecimento necessários para o bom desenvolvimento de suas tarefas, especialmente prática como operador de retro e pá carregadeira; Carteira Nacional de Habilitação - Categoria B, C, D ou E.

Condições de trabalho:

c) Geral: Carga horária semanal de 40 horas;

d) Especial: Sujeito a uso de uniforme e equipamentos de proteção individual; efetuar

trabalhos fora do perímetro urbano e executar tarefas em fins de semana e feriados.

ATRIBUIÇÕES:

a) Descrição Sintética: Operar máquinas rodoviárias, agrícolas, tratores e equipamentos móveis.

b) Descrição analítica: Operar veículos motorizados, especiais, tais como: guinchos, guindastes, máquinas de limpeza de rede de esgoto, retroescavadeiras, carro plataforma, máquinas rodoviárias, agrícolas, tratores e outros; Serviços de carregamento de caminhões, em cascalheiras, em dragas de areia, jazidas de pedras, entulhos e lixeiras; Abrir valetas e cortar taludes; Proceder escavações, transporte de terra, compactação, carregar caminhões, aterro e trabalho semelhante; Auxiliar no conserto de máquinas; Lavrar e discar terras, obedecendo curvas de nível; Cuidar da limpeza e conservação das máquinas, zelando pelo seu bom funcionamento; Efetuar reparos mecânicos ou elétricos simples, em situações de inexistência de serviços especializados; Executar tarefas afins e de interesse da municipalidade.

CARGO: PEDREIRO

Categoria Funcional : SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO E INFRAESTRUTURA

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 18 anos

b) Instrução: Alfabetizado

c) Habilitação: Conhecimentos necessários para o bom desenvolvimento de suas tarefas, especialmente prática comprovada como pedreiro.

Condições de Trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de 40 horas.

b) Especial: Sujeito a uso de uniforme e equipamentos de proteção individual; efetuar trabalhos fora do perímetro urbano e executar tarefas em fins de semana e feriados.

ATRIBUIÇÕES:

a) Descrição Sintética: Executar trabalhos de construção e reconstrução de obras e edifícios públicos, na parte referente a alvenaria.

b) Descrição Analítica: Efetuar a locação de pequenas obras; fazer alicerces; Levantar paredes de alvenaria; Fazer muro de arrimo; Trabalhar com instrumentos de nivelamento e prumo; Construir bueiros, fossas e pisos de cimento; Fazer artifícios em pedras, acimentados e outros materiais; Proceder e orientar a preparação de argamassa para junção de tijolos ou reboco de paredes; Preparar e aplicar caiação em paredes; Fazer blocos de cimento; Mexer e colocar concreto em formas e fazer artefatos de cimento; Assentar marcos em portas e janelas; Colocar azulejos e ladrilhos; Armar andaimes;Fazer reparos em obras de alvenaria; Instalar aparelhos sanitários; Assentar e recolocar tijolos, tacos, lambris e outros;Trabalhar com qualquer tipo de massa a base de cal, cimento e outros materiais de construção; Operar com instrumentos de controle de medidas; Cortar pedras; Orientar e fiscalizar os serviços executados pelos ajudantes e auxiliares sob sua direção; Dobrar ferro para armação de concretagem; Executar tarefas afins e de interesse da municipalidade.

CARGO: VIGIA

Categoria Funcional : SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO E INFRAESTRUTURA

Requisitos para Provimento:

c) Idade: Mínima de 18 anos;

d) Instrução: Alfabetizado

Condições de Trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de 40 horas.

b) Especial: Sujeito a trabalho externo, atendimento ao público e uso de uniforme.

Atribuições:

a) Descrição Sintética: Executar trabalhos externos, desde que não exijam especialização, limpeza do local que seja determinado, manter em ordem o local de trabalho, bem como outros que a estes sejam correlatos, prestar serviços de apoio na conservação do bem público e outros.

b) Descrição Analítica: Executar os serviços que sejam determinados pelos superiores, responsabilizar-se pela manutenção e conservação do equipamento utilizado. Proceder a apreensão de animais soltos nas vias públicas e outras tarefas correlatas. Exercer serviços de vigia e guarda de bens públicos e tarefas correlatas. Exercer vigilância em locais previamente determinados, realizar ronda de inspeção em intervalos fixados, adotando providencias tendentes a evitar roubo, incêndios, danificações nos edifícios, praças, jardins, materiais sob sua guarda, etc. Controlar a entrada e saída de pessoas e veículos pelos portões de acesso sob sua vigilância, verificando quando necessário, as autorizações do ingresso. Verificar se as portas e janelas e demais vias de acesso, estão devidamente fechadas quando do encerramento do expediente. Investir quaisquer condições anormais que tenha observado, responder as chamadas telefônicas e anotar recados. Levar ao imediato conhecimento das autoridades competentes qualquer irregularidade verificada. Acompanhar funcionários, quando necessário, no exercício de suas funções. Exercer tarefas afins ou que sejam determinadas por seus superiores.

CARGO: ZELADOR (A)

Categoria Funcional : SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO E INFRAESTRUTURA

Requisitos para Provimento:

c) Idade: Mínima de 18 anos

d) Instrução: Alfabetizado

Condições de Trabalho:

c) Geral: Carga horária semanal de 40 horas.

d) Especial: Sujeito a trabalho externo, atendimento ao público e uso de uniforme.

Atribuições:

a) Descrição Sintética: Executar trabalhos externos, braçais ou não, desde que não exijam especialização, limpeza do local que seja determinado, em especial a urbana, manter em ordem o local de trabalho, bem como outros que a estes sejam correlatos.

b) Descrição Analítica: Executar os serviços que sejam determinados pelos superiores, primando pela ordem no local de trabalho, mantendo a estética e apresentação do local, atender aos cidadãos que se dirigirem às suas pessoas, prestando as informações solicitadas com educação, encaminhando para quem possa melhor atendê-lo. Executar serviços de limpeza urbana, conforme determinação superior, zelando pelo bem público, reparando os utensílios sempre que estes venham a necessitar de reparos para serem utilizados nas tarefas diárias dos servidores. Fazer mudanças;Proceder a limpeza de fossas. Efetuar serviços de capina em geral, coletar lixo, varrer, lavar e remover o lixo e detritos das ruas e prédios municipais. Recolher o lixo a domicílio com os equipamentos disponíveis. Auxiliar no recebimento, entrega, pesagem e contagem de materiais. Auxiliar em serviços de abastecimento, lavagem e manutenção de veículos e equipamentos rodoviários. Manejar instrumentos e ferramentas agrícolas, executar serviços de lavoura e jardim. Auxiliar na aplicação de inseticidas e fungicidas; Executar faxinas em geral nos bens públicos. Responsabilizar-se pela manutenção e conservação do equipamento utilizado. Proceder a apreensão de animais soltos nas vias públicas e outras tarefas correlatas. Exercer serviços de vigia e guarda de bens públicos e tarefas correlatas. Controlar a entrada e saída de pessoas e veículos pelos portões de acesso sob sua vigilância, verificando quando necessário, as autorizações do ingresso. Verificar se as portas e janelas e demais vias de acesso, estão devidamente fechadas quando do encerramento do expediente. Investir quaisquer condições anormais que tenha observado, responder as chamadas telefônicas e anotar recados. Levar ao imediato conhecimento das autoridades competentes qualquer irregularidade verificada. Acompanhar funcionários, quando necessário, no exercício de suas funções. Exercer tarefas afins ou que sejam determinadas por seus superiores.

ANEXO II - FUNÇÃO DOS CARGOS

NÍVEL ENSINO MÉDIO E TÉCNICO

CARGO: AGENTE DE FISCALIZAÇÃO

Categoria Funcional : SERVIÇOS DE NÍVEL MÉDIO

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 18 anos;

b) Instrução: 2º Grau Completo

Condições de trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de 40 horas;

b) Especial: sujeito a trabalho externo, atendimento ao público e uso de uniforme.

Atribuições:

a) Descrição Sintética: Orientar e exercer a fiscalização geral com respeito à aplicação das leis tributárias do município, bem como ao que se refere à fiscalização especializada.

b) Descrição Analítica: Constituir o crédito tributário através do exame de livros fiscais e contábeis, arquivos, documentos, papéis fiscais dos contribuintes ou das pessoas a eles equiparados, utilizando para tanto, métodos de fiscalização que vissem as circunstâncias e condições exatas relacionadas com as obrigações tributárias. Realizar junto a estabelecimentos e órgão públicos verificações objetivando revisar, complementar ou promover correções dos lançamentos efetuados por contribuintes sob fiscalização. Realizar diligencias com o objetivo de instruir processos administrativos, tributários ou programas de fiscalização. Desenvolver
atividades de apoio à pesquisa, análise e controle relacionados com a formulação dos objetivos da tributação, arrecadação de fiscalização. Chefiar as coordenações vinculadas à administração tributária. Exercer as assessorias técnicas vinculadas a administração tributária. Participar de sindicâncias e inquéritos administrativos. Desempenhar outras funções na administração por designação superior. Executar outras atividades compatíveis com as especificações, conforme as necessidades do Município ou determinação superior.

CARGO: AGENTE DE CONTROLE ADMINISTRATIVO

Categoria Funcional: SERVIÇOS DE NÍVEL MÉDIO

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 18 anos;

b) Instrução: 2º Grau Completo

Condições de trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de 40 horas;

b) Especial: sujeito a trabalho externo, atendimento ao público e uso de uniforme.

Atribuições:

a) Descrição Sintética: Executar As atribuições do cargo de Assistente em trabalhos que envolvam normas administrativas; redigir expediente administrativo; guarda e distribuição de material.

b) Descrição Analítica: Examinar processos; redigir expedientes administrativos, tais como: memorandos, cartas, ofícios, relatórios; revisar quanto ao aspecto redacional, ordens de serviço, instruções, exposições de motivos, projetos de lei, minutas de decreto e outros; efetuar ou orientar o recebimento, conferência, armazenagem e conservação de materiais e outros suprimentos; manter atualizados os registros de estoque; realizar trabalhos datilográficos, operar com terminais eletrônicos e equipamentos de microfilmagem; executar tarefas afins conforme as necessidades do Município ou determinação superior. Revisa e confere a emissão de cartas de apresentação, certidões, declarações e dossiês. Controla processo de admissão. Mantém cadastro e controla benefícios e vantagens oferecidas pela Prefeitura auxiliam na realização de estudos referentes a cargos e salários.Controlam contratos e prestações de serviço, documentos do arquivo geral e bens patrimoniais da Prefeitura. Controla e elabora relatórios Analisa requisições de materiais. Emite documentações contratuais e editais. Consulta preços no mercado e elabora mapas comparativos. Calcula e preenchem formulários para auto recolhimentos, legais; Controlar rescisões de contratos de trabalho, encargos sociais, folha de pagamento. Revisa e confere a emissão de cartas de apresentação, certidões, declarações e dossiês. Controla processo de admissão. Controla sistema de treinamento. Verifica e providencia as condições para a realização de eventos. Mantém cadastro e controla benefícios e vantagens oferecidas pela Prefeitura Auxiliam na realização de estudos referentes a cargos e salários. Exercer tarefas afins ou que sejam determinadas por seus superiores.

CARGO: AGENTE DE FINANÇAS E CONTROLE

Categoria Funcional: SERVIÇOS DE NÍVEL MÉDIO

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 18 anos;

b) Instrução: 2º Grau Completo; conhecimentos em contabilidade pública e conhecimentos de informática.

Condições de trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de 40 horas;

b) Especial: sujeito a trabalho externo, atendimento ao público e uso de uniforme.

Atribuições:

a) Descrição Sintética: Executar As atribuições do cargo de Assistente, contudo as mais complexas e que exijam maior conhecimento da pasta ou do assunto. Trabalhos que envolvam a interpretação e aplicação das leis e normas administrativas; redigir expediente administrativo; proceder a aquisição, guarda e distribuição de material;

b) Descrição Analítica: Examinar processos; redigir pareceres e informações; redigir expedientes administrativos, tais como: memorandos, cartas, ofícios, relatórios; revisar quanto ao aspecto redacional, ordens de serviço, instruções, exposições de motivos, projetos de lei, minutas de decreto e outros; realizar e conferir cálculos relativos a lançamentos, alterações de tributos, avaliação de imóveis e vantagens financeiras e descontos determinados por lei; realizar ou orientar coleta de preços de materiais que possam ser adquiridos sem concorrência; efetuar ou orientar o recebimento, conferência, armazenagem e conservação de materiais e outros suprimentos; manter atualizados os registros de estoque; fazer ou orientar levantamentos de bens patrimoniais; eventualmente realizar trabalhos datilográficos, operar com terminais eletrônicos e equipamentos de microfilmagem; Controlar rescisões de contratos de trabalho, encargos sociais, folha de pagamento. Revisa e confere a emissão de cartas de apresentação, certidões, declarações e dossiês. Controla processo de admissão. Controla sistema de treinamento. Verifica e providencia as condições para a realização de eventos. Mantém cadastro e controla benefícios e vantagens oferecidas pela Prefeitura Auxiliam na realização de estudos referentes a cargos e salários. Controlam contratos e prestações de serviço, documentos do arquivo geral e bens patrimoniais da Prefeitura. Controla e elabora relatórios e a frota de veículos da Prefeitura e locados. Analisa orçamento de veículos acidentados. efetua estudos que determinem o momento de renovação da frota. Providencia licitação para conserto de veículos. Analisa requisições de materiais. Negocia preço e condições de fornecimento de materiais ou serviços. Controlam contratações de investimentos, preços praticados e incentivos fiscais. Inspeciona materiais de suprimento automático e compras programadas. Efetua conciliação e consistência de inventários. Emite documentações contratuais e editais. Consulta preços no mercado e elabora mapas comparativos. Analisa e emite conclusivo sobre compras. Efetivar compras.Controlar extratos bancários, dados financeiros, documentos inerentes e arrecadação bancária, autorização de pagamentos, cauções, adiantamentos e transferências de numerários, emissões de cheques, contratos de investimentos, contas bancárias. Calcula e preenchem formulários para auto recolhimentos, legais. Analisa e critica, relatórios de auto financeiros, ordens de serviço, cadastro. Faz cálculos de dividendos. Executar tarefas afins e de interesse da municipalidade.

CARGO: FISCAL DE OBRAS

Categoria Funcional: SERVIÇOS DE NÍVEL MÉDIO

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 18 anos;

b) Instrução: 2º Grau Completo

Condições de trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de 40 horas;

b) Especial: sujeito a trabalho externo, atendimento ao público e uso de uniforme.

Atribuições:

a) Descrição Sintética: Orientar e fiscalizar o cumprimento do Código de Obras e de Posturas Municipais, fiscalizar o cumprimento das leis, regulamentos e normas concernentes às obras públicas e particulares e as posturas municipais.

b) Descrição Analítica: Orientar e fiscalizar o cumprimento da legislação básica Municipal, com referência a edificações públicas e particulares;

Levantar obras particulares em construção sem o devido Alvará expedido Pela Prefeitura, comunicando ao setor competente para lançamento dos tributos; Auxiliar o Departamento de Tributação na atualização do Cadastro Imobiliário; Efetuar vistorias nas obras em construção, observando a execução do projeto aprovado pelo Município; Expedir laudo de vistoria para fins de concessão de Habites; Proceder a fiscalização do cumprimento do Código de Posturas Municipal, informando à autoridade competente das irregularidades encontradas; Executar tarefas afins e de interesse da municipalidade.

CARGO: TÉCNICO AGRÍCOLA

Categoria Funcional: SERVIÇOS DE NÍVEL MÉDIO

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 18 anos;

b) Instrução: 2º Grau Completo

Condições de trabalho:

b) Geral: Carga horária semanal de 40 horas;

b) Especial: sujeito a trabalho externo, atendimento ao público e uso de uniforme.

Atribuições:

a) Descrição Sintética: Conduzir a execução técnica dos trabalhos de sua especialidade. Prestar assistência técnica no estudo e desenvolvimento de projetos e pesquisas tecnológicas. Orientar e coordenar a execução de serviços de manutenção de equipamentos e instalações. Dar assistência técnica na compra, e utilização de produtos e equipamentos especializados. Responsabilizar-se pela elaboração e execução de projetos compatíveis com a respectiva formação profissional.

b) Descrição Analítica: Executar e conduzir diretamente a execução técnica de trabalhos profissionais referentes a instalação, montagens e operações. Prestar assistência técnica no estudo e desenvolvimento de projetos e pesquisas tecnológicas, ou nos trabalhos de vistoria, perícia, avaliação, arbitramento e consultoria, sob a supervisão de um profissional de nível superior, exercendo dentre outras as seguintes tarefas: coleta de dados de natureza técnica; desenho de detalhes e de representação gráfica de cálculo; elaboração de orçamento de materiais, equipamentos, instalações e mão-de-obra; detalhamento de programas de trabalho, observando normas técnicas e de segurança; aplicação de normas técnicas concorrentes aos respectivos processos de trabalho; execução de ensaios de rotina, registrando observações relativas ao controle de qualidade dos materiais, peças e conjuntos; regulagem de máquinas, aparelhos e instrumentos técnicos. Executar, fiscalizar, orientar e coordenar diretamente serviços de manutenção e reparos de equipamentos, instalações e arquivos técnicos específicos, bem como conduzir e treinar as respectivas equipes.Dar assistência técnica na compra, venda e utilização de equipamento e materiais especializados, limitada a prestação de informações quanto as características técnicas e de desempenho. Responsabilizar-se pela elaboração e execução de projetos e detalhes e pela condução de equipe na execução direta de projeto. Ministrar disciplina técnica, atendida a legislação específica em vigor. Executar outras atividades compatíveis com as especificadas e conforme a necessidade do município, desde que solicitadas pelo seu superior.

CARGO: TÉCNICO AMBIENTAL

Categoria Funcional: SERVIÇOS DE NÍVEL MÉDIO

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 18 anos;

b) Instrução: 2º Grau Completo com formação técnica em meio ambiente e regis Conselho Regional quando exigido em legislação federal.

Condições de trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de 40 horas;

b) Especial: Sujeito á trabalho externo e plantões; responsabilidade e supervisão equipes de trabalho; participar de cursos de treinamento e reciclagem; uso de unifor atendimento ao público.

ATRIBUIÇÕES:

a) Descrição Sintética: Desenvolver atividades de vigilância, controle e monitoração relativ meio ambiente.

Descrição Analítica: Participar de atividades de vigilância, controle e fiscalização relativas ao meio ambiente, quando este constitui fator de risco a saúde da coletividade: Atuar, juntamente com a equipe da vigilância à saúde, na coordenação das atividades de vigilância ambiental relacionadas à qualidade da água para consumo humano, resíduos sólidos e contaminantes ambientais, desastres naturais, acidentes com produtos perigosos, poluição da água, ar e solo, propondo ações de mitigação e/ou redução de risco; Exercer outras responsabilidades / atribuições correlatas quando atuando na área de planejamento; Acompanhar vistorias e procedimentos de licenciamento das atividades e empreendimentos de impacto ambiental local, em conformidade com a legislação vigente; Sugerir alterações, aplicar e verificar o cumprimento das leis vigentes que disciplinam e discorrem acerca do meio ambiente; Analisar e emite parecer técnico em processos relativos ao meio ambiente ou que requeiram licenciamento ambiental; Informar ao requerente o deferimento ou não da aprovação de projetos de atividades e empreendimentos acerca de licenciamento ambiental; Realizar vistorias e inspeções em geral para subsidiarem a elaboração de relatórios técnicos e as análises de requerimentos em processos; Participar junto à Secretaria de educação das discussões acerca de conteúdos educacionais relativos ao meio ambiente;Identificar, analisar e propor alternativas de solução, quanto a situações específicas causadoras de poluição do meio ambiente; Participar da educação ambiental no Município, sugerindo programas, eventos e propostas nesse sentido; Propor a adoção de medidas ou normas técnicas relativas á preservação do meio ambiente municipal; Auxiliar o Engenheiro Ambiental no desenvolvimento de estudos, pesquisas, projetos e programas que resultem na efetiva proteção ao meio ambiente, dentre outras; Exercer outras responsabilidades/atribuições correlatas.

CARGO: TÉCNICO EM ENFERMAGEM

Categoria Funcional: SERVIÇOS DE NÍVEL MÉDIO

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 18 anos;

b) Instrução: 2º Grau Completo

Condições de trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de 40 horas;

b) Especial: O exercício do cargo poderá exigir a prestação de serviços à noite, sábados, domingos e feriados; atendimento ao público, uso de uniforme; realização de viagens e freqüência a cursos especializados; sujeito a trabalho externo.

Atribuições:

a) Descrição Sintética: Auxiliar no serviço de enfermagem e atendimento de

pacientes.

b) Descrição Analítica: Fazer curativos, aplicar injeções e outros medicamentos de acordo com orientação recebida, verificar sinais vitais e registrar no prontuário; Proceder a coleta para informações sangüíneas, efetuando os devidos registros; Auxiliar na colocação de talas e aparelhos gessados; Pesar e medir pacientes; Efetuar a coleta de material para exames de laboratório e a instrumentação em intervenções cirúrgicas; Auxiliar os pacientes em sua higiene pessoal, movimentação e alimentação; Auxiliar nos cuidados "post-morten"; Registrar as ocorrências relativas a doentes; Prestar cuidados de enfermagem aos pacientes em isolamento; Preparar, esterilizar o material instrumental, ambientes e equipamentos, obedecendo a prescrição; Zelar pelo bem estar e segurança dos pacientes; Zelar pela conservação dos instrumentos utilizados; Ajudar a transportar doentes para cirurgias, retirar e guardar próteses e vestuário pessoal do paciente; Auxiliar nos socorros de emergência; Desenvolver atividades de apoio nas salas de consultas e de tratamento de pacientes; Executar tarefas afins e de interesse da municipalidade.

CARGO: TÉCNICO EM FARMÁCIA

Categoria Funcional: SERVIÇOS DE NÍVEL MÉDIO

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 18 anos;

b) Instrução: 2º Grau Completo 2 (dois) anos de experiência profissional em farmácia hospitalar e/ou em farmácia de manipulação e/ou em indústria farmacêutica, com exercício de atribuições compatíveis ao cargo de Auxiliar em Farmácia, Técnico em Farmácia ou Técnico em Laboratório Químico, comprovada em Carteira de Trabalho - CTPS e/ou declaração original ou cópia autenticada, contendo número de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ).Condições de trabalho:

Condições de trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de 40 horas;

b) Especial: Sujeito á trabalho externo e plantões; responsabilidade e supervisão sobre equipes de trabalho; participar de cursos de treinamento e reciclagem; uso de uniforme e atendimento ao público..

ATRIBUIÇÕES:

a) Descrição Sintética: Executar ou auxiliar a execução de tarefas e trabalhos relacionado as atividades na área de farmácia.

b) Descrição Analítica: São atribuições essenciais do cargo: recolher e analisar tecnicamente prescrições médicas, sob supervisão; conferir e efetuar ressuprimento do estoque regulador dos medicamentos dos diferentes setores do HAL; recolher, lavar, desinfetar e guardar vidrarias e utensílios utilizados nas manipulações farmacêuticas; contabilizar devoluções de medicamentos da dose individualizada (farmacotécnica, quimioterapia e nutrição parental); individualizar, preparar, conferir e entregar doses individualizadas de medicamentos a pacientes; fornecer dados estatísticos de análise de consumo de medicamentos e de produtos químico-biológicos do Laboratório; efetuar controle de estoque de medicamentos da Farmácia e produtos químico-biológicos do Laboratório; realizar ações relativas à aquisição de materiais e medicamentos; receber, conferir e acondicionar medicamentos e materiais; organizar e zelar pela conservação de medicamentos e produtos químicos e biológicos; auxiliar no controle de medicamentos não padronizados; auxiliar no preparo de quimioterapia antineoplásica e de nutrição parental; entregar nas enfermarias preparações quimioterápicas e nutrição parental.

CARGO: TÉCNICO EM INFORMÁTICA

Categoria Funcional: SERVIÇOS DE NÍVEL MÉDIO

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 18 anos;

b) Instrução: 2º Grau Completo com formação técnica em programação de microcomputador.

Condições de trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de 40 horas;

b) Especial: Sujeito á trabalho externo e plantões; responsabilidade e supervisão equipes de trabalho; participar de cursos de treinamento e reciclagem; uso de uniforme.

ATRIBUIÇÕES:

a) Descrição Sintética: Executar ou auxiliar a execução de tarefas e trabalhos relacionado as atividades na área de informática.

b) Descrição Analítica: Analisar, detectar, diagnosticar e resolver problemas em geral referente a questões de hardware e software;Manutenção e configuração de equipamentos de rede (intranet e Internet). Instalar, configurar e dar manutenção em Sistemas Operacionais, software aplicativos e sistemas gestores de bancos de dados. Instalar, configurar e dar manutenção em redes de computadores. Deve ter noções básicas de elétrica e eletrônica, capacidade de identificação de defeitos e possíveis reparos técnicos; Programa, Visão geral de um microcomputador: definição placa-mãe, barramento do sistema, BIOS, RAM, cache, periféricos, placas de expansão, portas de entrada/saída, etc; Histórico de microprocessadores: família Pentium, Celeron, K6, 6x86, etc., conceitos básicos; Monitores de vídeo, HD, CD-ROM, gravador de CD, DVD e unidade de armazenamento, placas de som, placas de comunicação (MODEM, RDSI, ADSL), placa adaptadora de rede (ethernet, fast-ethernet, gigabit-ethenet), drivers, periféricos (teclado, mouse, impressora, scanner, câmera, máquina fotográfica); Montagem de microcomputadores: configuração e montagem da placa-mãe e periféricos; Testes de desempenho e detecção de erros: placa mãe, disco rígido, placa de vídeo, memória, etc; Instalação e configuração de microcomputadores em ambiente de rede: cabeamento, instalação de equipamentos de rede (hubs e switchs), configuração do Sistema Operacional e aplicativos para operacionalização em redes, compartilhamento de arquivos e impressão, permissões de usuários; Instalação e configuração de impressoras, scanners, placas de fax/MODEM, placas de rede, etc; Sistemas Operacionais: família Windows 9x, Windows ME, Windows NT Server, Windows NT Workstation, Windows 2000/2003 Server, Windows 2000/2003 Professional, Windows XP Home e Professional, Windows Vista. Conceitos, funções, instalação e configuração; Noções de Redes de Computadores: Redes Windows TCP/IP, grupos de trabalho, domínios, usuários, compartilhamentos, impressão; O Protocolo TCP/IP: conceitos, atribuição de endereços IP a um computador "Cliente" da rede, configuração do TCP/IP para usar DNS, WINS e Gateway. Instalando o compartilhamento de conexão com a Internet e intranet; Conhecimentos avançados sobre vírus e antivírus. Detecção e eliminação; Cabeamento de uma rede Ethernet: instalação da rede, possíveis causas de erros na rede, equipamentos de teste e medição, reparos, pinagem, crimpagem, especificações de cabeamento, diferentes meios de conexão, conversão de mídia; Conceitos de rede sem fio. Aplicações, equipamentos, endereçamento fixo e dinâmico, WEP, WPA, EPA, padrões de protocolo IEEE 802.11 e velocidades;Firewall: introdução à arquitetura de firewall de filtro; Conceitos intermediários de bancos de dados, planilhas eletrônicas, editores de texto, aplicativos de apresentação, aplicativos gráficos, correio eletrônico e navegadores WEB, etc; Conhecimentos de redes elétricas: segurança, aterramento, pinagem, conversão de voltagem, etc; Conhecimento básico em eletrônica: identificação, teste e substituição de componentes.

CARGO: TÉCNICO LABORATÓRIO ANÁLISE CLÍNICA Categoria Funcional: SERVIÇOS DE NÍVEL MÉDIO

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 18 anos;

b) Instrução: 2º Grau Completo

Condições de trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de 40 horas;

b) Especial: O exercício do cargo poderá exigir a prestação de serviços à noite, sábados, domingos e feriados; realização de viagens e freqüência a cursos especializados. Sujeito a trabalho externo, atendimento ao público e uso de uniforme.

a) Descrição Sintética: Auxiliar no serviço de enfermagem e de laboratório de análises clínicas em geral.

b) Descrição analítica: Fazer curativos, aplicar injeções e outros medicamentos de acordo com a orientação recebida, verificar sinais vitais e registrar no prontuário; Proceder a coleta para informações sangüíneas e transfusões, efetuando os devidos registros; Auxiliar na colocação de talas e aparelhos gessados; Pesar e medir pacientes; Efetuar a coleta de material para exames de laboratório; Preparar a instrumentação para intervenções cirúrgicas; Auxiliar os pacientes em sua higiene pessoal, preparar e esterilizar o material e instrumental, ambiente e equipamentos obedecendo a prescrição; Zelar pelo bem estar e segurança dos doentes; Zelar pela conservação dos instrumentos utilizados; Executar tarefas afins e de interesse da municipalidade.

CARGO: TÉCNICO EM VIGILÂNCIA SANITÁRIA

Categoria Funcional: SERVIÇOS DE NÍVEL MÉDIO

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 18 anos;

b) Instrução: 2º Grau Completo

Condições de trabalho:

b) Geral: Carga horária semanal de 40 horas;

b) Especial: Sujeito a trabalho externo e plantões; responsabilidade e supervisão sobre equipes de trabalho; participar de cursos de treinamento e reciclagem; uso de uniforme e atendimento ao público.

ATRIBUIÇÕES:

a) Descrição Sintética: Fiscalizar e inspecionar estabelecimentos comerciais, industriais, residenciais e públicos, para advertir, multar, apreender produtos, quando necessários, visando preservar a saúde da comunidade.

b) Descrição Analítica: Inspecionar estabelecimentos comerciais, industriais, feiras, mercados etc., verificando as condições sanitárias, para garantir a qualidade do produto; Colher amostras de alimentos e embalagens, interditando-os e encaminhando-os para análise sanitária; Lavrar auto de infração, expedir intimação e aplicar penalidade de advertência, quando necessário, visando preservar a saúde da comunidade; Encaminhar as amostras de fontes naturais como poços, minas, cactólicos, bicas etc., para análise dos pedidos relacionados com serviços individuais de abastecimento de água; Receber solicitação de alvará e caderneta de controle sanitário para os estabelecimentos comerciais e/ou industriais, fazendo os registros e protocolos para expedição do respectivo documento; Vistoriar a zona rural no que diz respeito ao saneamento, orientando sobre a adução de água potável, destino de dejetos e uso adequados de agrotóxicos, para manter a saúde da população; Executar tarefas afins e de interesse da municipalidade.

ANEXO II - FUNÇÃO DOS CARGOS

NÍVEL ENSINO SUPERIOR (GRADUADO)

CARGO: ASSISTENTE SOCIAL

Grupo Funcional: TÉCNICO DE NÍVEL SUPERIOR

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 21 anos;

b) Instrução: 3° Grau Completo (Nível Superior) com registro no Conselho.

Condições de Trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de 40 horas;

b) Especial: Sujeito a trabalho externo, atendimento ao público e uso de uniforme.

Atribuições:

a) Descrição Sintética: Planejar programas de bem-estar e promover a sua execução; estudar , planejar, diagnosticar e supervisionar a solução de problemas sociais.

b) Descrição Analítica: Realizar ou orientar estudos e pesquisas no campo da assistência social; preparar programas de trabalho referentes ao Serviço Social; realizar e interpretar pesquisas sociais; orientar e coordenar os trabalhos nos casos de reabilitação profissional; encaminhar pacientes a dispensários e hospitais,
acompanhando o tratamento e a recuperação dos mesmos a assistindo os familiares; planejar e promover inquéritos sobre a situação social de escolares e de suas famílias; fazer triagem dos casos apresentados para estudo ou encaminhamento; estudar os antecedentes da família, participar de estudo e diagnóstico dos casos e orientar os pais em grupo ou individualmente, sobre o tratamento adequado; supervisionar o Serviço Social através das agências; orientar nas seleções sócio-econômicos para a concessão de auxílios e ou amparo pelos serviços de assistência a velhice, a infância abandonada, a cegos etc.. Fazer levantamentos sócio-econômicos com vistas a planejamento habitacional nas comunidades. Executar outras atividades compatíveis com as especificadas, conforme a necessidade do Município.

CARGO: ENFERMEIRO

Grupo Funcional: TÉCNICO DE NÍVEL SUPERIOR

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 21 anos;

b) Instrução: 3° Grau Completo (Nível Superior) com registro no COREN.

Condições de Trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de 40 horas;

b) Especial: Sujeito a trabalho externo, atendimento ao público e uso de uniforme.

Atribuições:

a) Descrição Sintética: Assistir a população de um modo geral, medicando-os conforme orientação profissional. Atender emergências e prestar primeiros socorros.

b) Descrição Analítica: Supervisionar trabalhos relacionados com as atividades assistenciais, dirigidas à comunidade na área de saúde e programas sociais. Coordenar e auxiliar a execução de projetos específicos nas áreas de saúde e promoção social. Elaborar levantamentos e dados para estudo e identificação de problemas de saúde e sociais na comunidade. Orientar grupos específicos de pessoas face a problemas de saúde, higiene e habitação, planejamento familiar e outros. Participar de campanhas preventivas e/ou de vacinação. Elaborar mapas, boletins e similares. Elaborar relatórios, anotações em fichas apropriadas os resultados obtidos. Ministrar cursos de primeiros socorros. Supervisionar as atividades de planejamento ou execução referentes à sua área de atuação. Executar outras atividades compatíveis com as previstas no cargo e/ou com as especificadas, conforme as necessidades do Município e determinação superior.

CARGO: FARMACÊUTICO/BIOQUÍMICO

Grupo Funcional: TÉCNICO DE NÍVEL SUPERIOR

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 21 anos;

b) Instrução: 3° Grau Completo (Nível Superior) com registro no CRF.

Condições de Trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de 40 horas;

b) Especial: Sujeito a trabalho externo, atendimento ao público e uso de uniforme.

Atribuições:

a) Descrição Sintética: Pesquisar, desenvolver, manipular as especialidades farmacêuticas em todos os tipos de ações para atender às prescrições médicas e odontológicas.

b) Descrição Analítica: Orientar e controlar a produção de kits destinados às análises bioquímicas, microbiológicas e sorológicas destinados às análises clínicas, imunológicas e aos bancos de sangue. A produção de produtos sorológicos destinados às análises clínicas, biológicas, imunológicas e aos bancos de órgãos. Executar e supervisionar análises toxicológicas destinadas à identificação de substâncias entorpecentes e outros tóxicos, com a finalidade de garantir a qualidade, grau de pureza e homogeneidade dos alimentos e produtos dietéticos. Orientar e executar a coleta de amostras de materiais biológicos destinados às análises clínicas, biológicas, análises citológicas e hormonais com o fim de esclarecer o diagnóstico clínico. Assessorar autoridades, em diferentes níveis, preparando informes e documentos sobre legislação e assistência farmacêutica, exarando pareceres, a fim de servir de subsídio para a elaboração de ordens de serviço, portarias, decretos, etc. Produzir e realizar a análise de soros e vacinas em geral e de outros produtos imunológicos, valendo-se de métodos laboratoriais (físicos, químicos, biológicos e imunológicos) para controlar a pureza, qualidade e atividade terapêutica. Executar outras atividades compatíveis com as especificadas, conforme as necessidades do Município.

CARGO: FISIOTERAPEUTA

Grupo Funcional: TÉCNICO DE NÍVEL SUPERIOR

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 21 anos;

b) Instrução: 3° Grau Completo (Nível Superior) com registro no Conselho.

Condições de Trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de 30 horas;

b) Especial: Sujeito a trabalho externo, atendimento ao público e uso de uniforme.

Atribuições:

a) Descrição Sintética: Prestar assistência a população, através do sistema de saúde do Município nos tratamentos de Fisioterapia, conforme orientação profissional.

b) Descrição Analítica: Orientar pessoas no tratamento de doenças, através de exercícios, treinos, movimentos, controle da respiração, trações, aplicações, massagens, nebulizações. Prestar assistência na área da Fisioterapia em suas diversas atividades relativas à Ortopedia e à Traumatologia, Neurologia, Geriatria, Reumatologia, Cardiologia, Ginecologia e Obstetrícia (pré e pós-parto), Pediatria, Pneumologia. Atender à população de um modo geral diretamente ou quando encaminhados por outros profissionais. Prestar atendimento na recuperação pós-operatória e/ou tratamentos com gesso. Elaborar e emitir laudos. Anotar em fichas apropriadas os resultados obtidos. Colaborar nas atividades de planejamento e execução relativo à melhoria do atendimento e qualidade de vida da população. Preparar relatórios de atividades relativos à sua especialidade e outras afins, conforme a necessidade do Município.

CARGO: MÉDICO CLÍNICO GERAL

Grupo Funcional: TÉCNICO DE NÍVEL SUPERIOR

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 21 anos;

b) Instrução: 3° Grau Completo (Nível Superior) com registro no CRM-MT

Condições de Trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de 40 horas;

b) Especial: Sujeito a trabalho externo, atendimento ao público e uso de uniforme.

Atribuições:

a) Descrição Sintética: Prestar assistência médica e cirúrgica. Fazer inspeções de saúde em candidatos a cargos públicos e em servidores municipais.

b) Descrição Analítica: Atender consultas médicas em ambulatórios, hospitais, unidades sanitárias e efetuar exames médicos em escolares e pré-escolares. Examinar servidores públicos municipais para fins de controle do ingresso, licença e aposentadoria. Preencher e assinar laudos de exames e verificação. Fazer diagnósticos e recomendar a terapêutica indicada para cada caso. Prescrever regimes dietéticos. Prescrever exames laboratoriais. Atender a população de um modo geral, diagnosticando enfermidades, medicando-os ou encaminhando-os, em casos especiais, a setores especializados. Atender emergências e prestar socorros. Efetuar auditorias nos serviços médico-hospitalares e elaborar relatórios. Elaborar e emitir laudos médicos. Anotar em ficha apropriada os resultados obtidos. Ministrar cursos de primeiros socorros. Supervisionar em atividades de planejamento ou execução, referente à sua área de atuação. Preparar relatórios das atividades relativas ao emprego. Executar outras tarefas compatíveis com as previstas no cargo, particularidades do Município ou designações superiores.

CARGO: NUTRICIONISTA

Grupo Funcional: TÉCNICO DE NÍVEL SUPERIOR

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 21 anos;

b) Instrução: 3° Grau Completo (Nível Superior) com registro no CRN.

Condições de Trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de 20 horas;

b) Especial: Sujeito a trabalho externo, atendimento ao público e uso de uniforme.

Atribuições:

a) Descrição Sintética: Prestar assistência a população, através do sistema de saúde do Município nos tratamentos de diabetes, hipertensão, obesidade,
conforme orientação profissional.

b) Descrição Analítica: Orientar pessoas no tratamento de doenças de hipertensão, diabetes, obesidade, hipercolesteremia, controle microbiológico, pontos críticos de controle de qualidade , desnutrição. Atender à população de um modo geral diretamente ou quando encaminhados por outros profissionais. Prestar atendimento na recuperação pós operatória e/ou outros. Elaborar e emitir laudos. Anotar em fichas apropriadas os resultados obtidos. Colaborar nas atividades de planejamento e execução relativo à melhoria do atendimento e qualidade de vida da população. Preparar relatórios de atividades relativo à sua especialidade e outras afins, conforme a necessidade do Município.

CARGO: ODONTOLOGO

Grupo Funcional: TÉCNICO DE NÍVEL SUPERIOR

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 21 anos;

b) Instrução: 3° Grau Completo (Nível Superior) com registro no CRO-MT.

Condições de Trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de 20 e 40 horas;

b) Especial: Sujeito a trabalho externo, atendimento ao público e uso de uniforme.

Atribuições:

a) Descrição Sintética: Compreende os cargos que têm como atribuição prestar assistência odontológica em postos de saúde, escolas, creches e noutros locais públicos, bem como planejar, realizar e avaliar programas de saúde pública.

b) Descrição Analítica: Examinar, diagnosticar e tratar afecções da boca, dentes e região maxilofacial, utilizando processos clínicos ou cirúrgicos. Prescrever ou administrar medicamentos determinando via oral ou parenteral, para tratar ou prevenir afecções dos dentes e da boca. Manter registro dos pacientes examinados e tratados. fazer perícias odonto-administrativas, examinando a cavidade bucal e os dentes, a fim de fornecer atestados de capacitação física para admissão de pessoal na Prefeitura. Efetuar levantamentos que identifiquem indicadores odontológicos de saúde pública. Participar do planejamento, execução e avaliação de programas educativos de prevenção dos problemas de saúde bucal e programas de atendimento odontológico voltado para os estudantes da rede municipal de ensino e para a população de baixa renda. Participar da elaboração de planos de fiscalização sanitária. Executar outras tarefas afins, compatíveis com as especificadas ou conforme necessidade do Município e determinação superior.

CARGO: PSICÓLOGO

Grupo Funcional: TÉCNICO DE NÍVEL SUPERIOR

Requisitos para Provimento:

a) Idade: Mínima de 21 anos;

b) Instrução: 3° Grau Completo (Nível Superior) com registro no CRP.

Condições de Trabalho:

a) Geral: Carga horária semanal de 40 horas;

b) Especial: Sujeito a trabalho externo, atendimento ao público e uso de uniforme.

Atribuições:

a) Descrição Sintética: Desenvolver atividades relacionadas com o comportamento humano e a dinâmica da personalidade, com vistas à orientação psico-pedagógica e ao ajustamento individual.

b) Descrição Analítica: Desenvolver programas de ajustamento psico-social no contexto organizacional. Traçar perfil psicológico. Desenvolver métodos e técnicas de psicologia organizacional. Coordenar e orientar os trabalhos de levantamento de dados científicos relativos ao comportamento humano e ao mecanismo psíquico. Colaborar com médicos, assistentes sociais e outros profissionais, na ajuda aos inadaptados. Realizar entrevistas complementares. Propor soluções convenientes para os problemas de desajuste escolar, profissional e social. Colaborar no planejamento de programas de educação, inclusive a sanitária e na avaliação de seus resultados. Atender a portadores de deficiência mental e sensorial ou portadores de desajuste familiar ou escolar, encaminhando-os à escolas ou classes especiais. Emitir pareceres sobre matéria de sua especialidade. Orientar, coordenar e supervisionar trabalhos a serem desenvolvidos por auxiliares. Desenvolver, aplicar e manter atualizados programas nas áreas de treinamento, recrutamento e seleção de pessoal e de avaliação de desempenho. Executar outras atividades compatíveis com as especificadas e com sua especialidade, que venham a ser solicitadas por seus superiores.

CARGO: PROFESSOR (a)

Grupo Funcional: NÍVEL SUPERIOR

ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL

ATRIBUIÇÕES DO CARGO DE PROFESSOR

- Participar da formulação de Políticas Educacionais nos diversos âmbitos do Sistema Público;

- Elaborar planos, programas e projetos educacionais no âmbito específico de sua atuação;

- Participar da elaboração do Plano Político Pedagógico;

- Desenvolver a regência efetiva;

- Avaliar o rendimento escolar de acordo com a proposta vigente no âmbito municipal;

- Trabalhar a recuperação do aluno de acordo com a necessidade do mesmo;

- Participar de reuniões de trabalho;

- Desenvolver pesquisa educacional;

- Participar de ações administrativas escolares e das interações educativas com a comunidade;

- Cumprir e fazer cumprir os horários de trabalho e calendários escolares;

- Manter e fazer com que seja mantida a disciplina em sala de aula e fora dela, quando no exercício de suas funções, zelando pelo bom nome da Unidade de Ensino;

- Qualificar-se, permanentemente, com vistas a melhoria de seu desempenho como educador;

- Respeitar pais, alunos, colegas, autoridade de ensino e servidores administrativos, de forma compatível com a missão de educador;

- Cooperar com os membros da equipe escolar, na solução dos problemas da administração do estabelecimento de ensino;

- Zelar pelo patrimônio municipal, particularmente na sua área de atuação;

- Cumprir as normativas, memorandos, determinações e regulamentos expedidos pela Direção da Escola, pela Secretaria Municipal de Educação ou pelo Senhor Prefeito Municipal.

- Participar das ações administrativas, das cívicas e das interações educativas da comunidade.

- Planejar, ministrar aulas e orientar a aprendizagem;

- Avaliar o desempenho dos alunos de acordo com o regimento escolar nos prazos estabelecidos;

- Estabelecer formas alternativas de recuperação para os que apresentarem menor rendimento;

- Atualizar-se em sua área de conhecimento;

- Cooperar com os serviços de administração escolar, planejamento, inspeção, supervisão e orientação educacional;

- Manter-se atualizado sobre a legislação de ensino;

- Participar de reuniões, encontros, atividades cívicas, culturais e conselhos de classe;

- Seguir as diretrizes do ensino, emanadas do órgão superior competente;

- Constatar necessidades e encaminhar os alunos aos setores específicos de atendimento;

- Participar da elaboração do regimento escolar e da proposta pedagógica da escola;

- Zelar pela disciplina e pelo material docente.

Anexo III - NÍVEL ENSINO MÉDIO E TÉCNICO

1. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS PROVAS OBJETIVAS

1.1. Língua Portuguesa - 10 (dez) questões: Texto e interpretação. Ortografia. Substantivos e suas flexões. Frase, Oração e Período. Tipos de sujeito. Tipos de predicado. Período simples e composto. Processo de formação de palavras. Orações Coordenadas e Orações Subordinadas. Figuras de linguagem. Concordância nominal e verbal.

OBS: Não está inserido nos conteúdos o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa.

1.2. Matemática - 10 (dez) questões: Números inteiros: operações e propriedades, múltiplos e divisores; Números racionais: operações nas formas fracionária e decimal; Números e grandezas proporcionais: razões e proporções, divisão proporcional, regra de três simples e composta; Porcentagem; Juros simples; Funções do 1° e 2° graus: problemas, equações e inequações de 1° e 2° graus. Sistema de medidas decimais e não-decimais; Médias: aritmética e ponderada; Conjuntos; Perímetros e áreas de figuras planas; Volume de sólidos geométricos.

1.3. Prova de História de Mato Grosso e de Nova Ubiratã - 05 (cinco) questões: Primeiros exploradores. Fundação de Cuiabá e do Município de Nova Ubiratã. Mato Grosso no 1° Império. Presidentes do 2° Império. A Guerra do Paraguai. Mato Grosso da 1ª à 4ª República. Ciclo das casas comerciais e das usinas; o Ciclo do Ouro; As estradas de ferro Noroeste do Brasil. Governos: Estadual e Municipal. Comemorações e festas históricas, cívicas e populares. Divisão do Estado. Folclore. Símbolos do Estado e Município; Mato Grosso e seus Municípios.

1.4. Conhecimentos Específicos dos cargos - 10 (dez) questões:

Agente de Fiscalização: Noções de Conhecimento do Código Tributário do Município. Administração Pública. Aspectos e normas gerais sobre Sistema Tributário Nacional. Conhecimento do Código Tributário Nacional. Conhecimento das disposições do Título VI, Capítulo I da Constituição Federal de 1988, que apresenta os artigos 145 à 162. Princípios Fundamentais, Garantias, Direitos e Garantias Fundamentais. Os tributos, em especial os de competência municipal. Princípios gerais. Limitações ao poder de tributar. Tributos: impostos, taxas e contribuições de melhoria. Obrigação tributária. Crédito Tributário. Noções Gerais de Direito Administrativo: Princípios adotados na Administração Pública. Limites na atuação do Estado frente às atividades particulares. Poderes administrativos. Noções de Direito Municipal. O Processo Legislativo. Normas específicas da atuação do Fiscal de Tributos e Posturas. Princípios básicos da Administração Pública. Atos administrativos. Lei de Responsabilidade Fiscal. Lei n° 8.666/93 e suas atualizações. Noções básicas de direito administrativo. Conhecimentos de elaboração de correspondência, protocolo e notas fiscais; Regras de comportamento no ambiente de trabalho; regras básicas de comportamento profissional para o trato diário com o público interno e externo e colegas de trabalho.

Agente de Controle Administrativo: Noções de planejamento, organização e controle do trabalho do expediente de rotina. Noções básicas de cálculos matemáticos; Racionalização e simplificação dos trabalhos administrativos: conceitos básicos e critérios. Uso de manuais de procedimentos. Conhecimentos e prática de sistemas informatizados. Noções de Comunicação: canais e finalidades. Atendimento ao público interno e externo. Redação de documentos e correspondência; Noções de prática de Qualidade Total. Conhecimentos de Microinformática: Word e Excel. Análise de planilhas.

Agente de Finanças e Controle: Conhecimentos sobre: Princípios básicos da Administração Pública; Administração Financeira; Atos administrativos - Licitações e contratos - Controle da Administração Pública; Receita Orçamentária; Sistemas Administrativos; Lei Federal 4320/64 e Legislação complementar; Código Tributário Nacional e Municipal; Constituição Federal, Lei Orgânica do Município; Lei Federal 8666/93 e suas alterações. Lei 9.648/98 - Pregão. Lei Complementar 101/00 (Lei de Responsabilidade Fiscal); Noções básicas de Direitos Administrativo; Noções de Informática.

Fiscal de Obras: Tipos de construção; Leitura de plantas; Noções de orçamento; Locação de uma obra; Nomenclatura de estruturas e suas principais aplicações; Equipamentos básicos; Alvenarias - tipos e técnicas de execução; Revestimentos - tipos e técnicas de execução; Argamassas - tipos e dosagens; Concretos - dosagens e preparação; Noções de segurança. Terraplenagem, Noções gerais, terraplenagem manual e mecanizada e suas características, operações básicas: ciclo de operação; Estudo dos materiais de superfície, Seleção dos equipamentos de terraplenagem, generalidades, fatores naturais, topografia; Introdução aos equipamentos de terraplenagem, classificação e terminologia; Execução de terraplenagem, serviços preliminares de execução, Instalação do canteiro de obras, Construção de estradas de serviço e obras de arte provisória, consolidação dos terrenos e fundação dos aterros, locação topográfica; Execução dos cortes, controle e locação topográfica dos cortes; Terraplenagem não convencional, equipamentos escavoelevadores, escavadeiras rotativas; Trabalhos Em Terra - Objetivos e procedimentos; estudos dos solos; escavações escoramentos; aterros e reaterros. Topografia - generalidades; definições; indefinição a altimetria; erro altimétrico; planos de referências; costas x altitude; referência de nível; instrumentos, equipamentos e materiais topográficos; operacionalização; nivelamentos e contra-sondagens, aparelhagem execuções; resultados. A função do desenho técnico e sua importância na execução dos projetos de engenharia e tarefas industriais. Materiais e instrumentos e seu uso no desenho técnico.

OBS. O Fiscal de Obras não realizará prova prática de informática.

Técnico Agrícola: Organizar e executar os trabalhos relativos a programas e projetos de viveiros, culturas anuais, fruticultura, forrageiras e animal. Aplicação de diferentes alternativas e métodos de preparo do solo. Planejamento da mecanização do solo, orientação e manutenção de máquinas e implementos agrícolas. Métodos para coleta de amostras de solo e interpretação de resultados, cálculo de adubação e calagem. Orientar e executar tratos culturais e colheita para as principais culturas regionais: soja, milho, algodão, arroz, feijão, cana-de-açúcar, horticultura, fruticultura. Produção e manutenção de sementes. Uso de água no solo: noção de irrigação. Elaborar orçamentos relativos as atividades de sua competência. Fazer trabalho de vistoria, perícia, arbitramento e consultoria.

OBS. O Técnico Agrícola não realizará prova prática de informática.

Técnico Ambiental: EDUCAÇÃO AMBIENTAL: Bases filosóficas da questão ambiental; Fundamentos da questão ambiental; Fundamentos da ecologia; Política de Educação ambiental nas escolas e na comunidade; Métodos e Técnicas de análise ambiental; Estrutura e funcionamento do ensino ambiental; Didática; Diagnóstico ambiental; Impacto ambiental - análise e relatórios; Trabalho e cidadania; Gestão de recursos naturais. PROTEÇÃO DO MEIO AMBIENTE: Direito ambiental; Economia ambiental; Desenvolvimento sustentável; Qualidade e meio ambiente; Saúde, segurança e meio ambiente; Planejamento urbano; Políticas Públicas sócio-ambientais; Noções sobre a Lei n° 9.605, Lei de Crimes Ambientais, de 12 de fevereiro de 1998; Resolução n° 20 do CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente) de 18 de junho de 1986. Ciências do Ambiente. Projetos Ambientais. Legislação Ambiental. Hidrogeologia. Hidrologia. Geomorfologia e Uso e Ocupação do Solo. Biomas. Ecossistemas. Geoquímica Ambiental. Climatologia. Avaliação de Impactos Ambientais. Planejamento e Implantação de Sistemas de Gestão Ambiental. Recuperação de Áreas Degradadas. Pedologia. Análise de Química do Solo, Ar e Água. Hidráulica. Controle de Poluição das Águas. Controle de Poluição Atmosférica. Saúde Pública. Planejamento dos Recursos Hídricos. Obras Hidráulicas. PRESERVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: Sistemas de Gestão Ambiental; Estudo da Paisagem Urbana; Gerência, planejamento e financiamento de Projetos Ambientais; Gestão das tecnologias limpas e reciclagem.

OBS. O Técnico Ambiental não realizará prova prática de informática.

Técnico em Enfermagem: 1. Relações interpessoais no trabalho; técnicas básicas de enfermagem: sinais vitais, higienização, administração de medicamentos via oral e parenteral, cuidados especiais, coleta de material para exame 2. Ética profissional: comportamento social e de trabalho, sigilo profissional 3. Introdução as doenças transmissíveis: terminologia básica, noções de epidemiologia, esterilização e desinfecção, doenças de notificação compulsória, isolamento, infecção hospitalar, vacinas 4. Socorros de urgência: parada cardio-respiratória, hemorragias, ferimentos superficiais e profundos, desmaio, estado de choque, convulsões, afogamento, sufocamento, choque elétrico, envenenamento, mordidas de cobras, fraturas e luxações, corpos estranhos, politraumatismo, queimaduras 5. Pediatra: a criança: o crescimento e o desenvolvimento infantil, alimentação, doenças mais comuns, berçários e lactários. 6. Centro cirúrgico: terminologia cirúrgica, cirurgias mais comuns.

OBS. O Técnico em Enfermagem não realizará prova prática de informática.

Técnico em Farmácia: preparo de drogas de acordo com fórmulas pré-estabelecidas ou necessidades urgentes. Acondicionamento e distribuição de medicamentos. Manutenção de estoques. Controle de compras. Princípio ativo das drogas: atuação das drogas no organismo, indicações e contra indicações. Posologia. Efeitos colaterais. Aspectos gerais da farmacologia. Farmácia ambulatorial e hospitalar: dispensação de medicamentos, previsão, estocagem e conservação de medicamentos. Comissões hospitalares. Conduta para com o paciente. Farmacologia: noções básicas de farmacologia geral de medicamentos que atuam em vários sistemas, em vários aparelhos e de psicofarmacologia. Noções básicas de farmacotécnica: pesos e medidas. Formas farmacêuticas. Cálculos em farmácia. Nomenclatura de fármacos. Preparo de soluções não estéreis e estéreis. Controle de qualidade. Testes biológicos. Testes físicos. Métodos físicos e métodos químicos. Legislação farmacêutica. Legislação do Sistema Único de Saúde - SUS.

OBS. O Técnico em Farmácia não realizará prova prática de informática.

Técnico em Informática: Computadores padrão PC: arquitetura e funcionamento, características de componentes de hardware (placas, memórias, barramentos, discos rígidos), dispositivos de entrada e saída, instalação e configuração de periféricos, instalação, configuração e manutenção de microcomputadores e impressoras. Sistemas Operacionais Windows e Linux, instalação e configuração de suítes de escritório (MS-Office, Open Office), instalação e configuração de browser's (Internet Explorer e Mozilla Firefox). Noções de redes de computadores: Topologias lógicas e físicas, protocolos TCP/IP, DNS, TELNET, FTP e HTTP, serviços (DHCP, WINS, DNS), administração de contas de usuários, fundamentos de rede locais (cabeamento, comunicação, placas de redes, modens, hubs, switches, roteadores); Cuidados com equipamentos e programas; Limpeza do ambiente de trabalho; Segurança de dados: Backup, Antivírus.

Técnico em Laboratório de Análises Clínicas: Principais aparelhos de laboratório; Microscopia - noções gerais; Noções Básicas de Meios de Cultura e Reagentes; Esterilização e desinfecção; Métodos de coloração e bacteriologia; Morfologia bacteriana; Métodos de pesagem, balança de precisão analítica; Noções básicas de microscopia óptica-microscópio; Vidraçaria e outros materiais de laboratório, reconhecimento, preparo e utilização; Noções de centrifugação - centralizadores; Filtração; Equilíbrios ácido-básico: noções de Ph; Volumetria - preparo de soluções reagentes e outros meios usados em laboratório; Banho Maria, Estufas-Espectrofotômetro; Uso de água em laboratório - Filtração - Destilação - Desmineralização - Destilador - Deionizador; Teorias das Diluições - aplicações práticas; Registro de resultados dos trabalhos e relatórios; Noções básicas sobre tipo sangüíneo; Noções básicas sobre componentes do sangue; Noções gerais sobre as principais técnicas laboratoriais utilizadas em bioquímica do sangue; Urinálise; Noções sobre a biossegurança em laboratório; Noções gerais sobre as principais técnicas laboratoriais utilizadas em micro e parasitas.

OBS. O Técnico em Laboratório de Análises Clínicas não realizará prova prática de informática.

Técnico em Vigilância Sanitária: Vigilância Epidemiológica; Doenças Transmissíveis; Trabalho de Grupo; Testes Imunológicos; Notificação de Doenças Transmissíveis; Orientação a Clientela com relação aos objetivos e serviços prestados pelo Centro de Saúde; Noções sobre Epidemiologia; Noções sobre Intoxicação por Agrotóxicos; Saúde do Escolar; Vacinação; Higiene; Alimentação.

OBS. O Técnico em Vigilância Sanitária não realizará prova prática de informática.

2. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DA PROVA REDAÇÃO DISSERTATIVA

2.1. Na redação, o participante deverá produzir um texto dissertativo. A prova de redação procura avaliar a capacidade de escrever sobre determinado tema ou o conhecimento da modalidade culta da língua, e que apresente: coerência e coesão; análise e reflexão crítica; domínio dos diversos níveis de linguagem; linguagem criativa com fluência e clareza de raciocínio.

A prova deverá ser escrita em letras cursivas ou de forma, no mesmo tamanho de letra de inicio ao final do texto e deverá conter no mínimo 18 linhas e no máximo 25. Somente a caneta esferográfica azul ou preta. Deverá ainda, apresentar concordância nominal e verbal e não será cobrado normas do novo acordo ortográfico da Língua Portuguesa.

3. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS PROVAS PRATICAS

3.1. Prova Prática de Informática:

O candidato terá um tempo de 5 (cinco) minutos integrais para a digitação e de 3 (três) minutos integrais para efetuar as formatações solicitadas e inserir seu nome. Ao término deste tempo, o instrutor anotará a quantidade de palavras e o candidato deverá imprimir a folha e assiná-la e entregá-la ao instrutor.

A prova de informática, desde que digitada a quantidade mínima de 100 (cem) palavras num tempo de 5 (cinco) minutos valerá 100 (cem) pontos. Nesse tempo o candidato que não conseguir digitar o mínimo de 100 (palavras) perderá 1 (um) ponto para cada palavra faltante, errada, duplicada, com acentuação incorreta ou qualquer outro caractere ou fração de palavra que não faça parte do texto entregue pelo instrutor.

A partir daí, será corrigido a formatação e o desconto por formatação adversa ao solicitado na folha de digitação se dará da seguinte forma:

- Alinhamento do texto - 5 pontos

- Espaçamento entre linhas - 5 pontos

- Fonte - 5 pontos

- Recuo da primeira linha - 5 pontos

- Marcadores - 5 pontos

- Necessitar de ajuda para imprimir a prova - 5 pontos

A soma dos pontos obtidos com a digitação, menos os pontos perdidos pelos erros nas palavras, menos os pontos perdidos pela formatação especificada será o total da nota do candidato na prova prática de Informática.

Em qualquer fase das provas o candidato que tiver aproveitamento menor que 50% (cinquenta) por cento, estará desclassificado.

O candidato que zerar (não pontuar) em qualquer disciplina aplicada nas provas, mesmo que na soma geral atinja o percentual mínimo de 50% (cinquenta) por cento, estará desclassificado.

Nova Ubiratã MT, 27 de julho de 2009

Comissão de Acompanhamento, Fiscalização e Supervisão de Concurso Público - CAFCC

Anexo III - NÍVEL ALFABETIZADO

1. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS PROVAS OBJETIVAS

1.1. Língua Portuguesa - 05 (cinco) questões: Ortografia. Emprego de letras maiúsculas e minúsculas. Substantivos. Gêneros masculino e feminino. Singular e plural. Pontuação. Acentuação gráfica. Artigos. Sujeito e predicado. Adjetivos. Emprego de verbos e pronomes. Encontros vocálicos e consonantais. Sílabas. Nomes próprios e comuns. Aumentativos e diminutivos. Sinônimos e antônimos.

1.2. Matemática - 05 (cinco) questões: Conjunto dos números naturais: quatro operações fundamentais - resolução de problemas sobre as quatro operações; Sistema de numeração decimal: números até bilhão; Noções de: dúzia, arroba, metade, dobro, triplo, um quarto ou quarta parte, um terço ou terça parte; Medidas de: comprimento, superfície, massa, capacidade e tempo - transformações - problemas; velocidade; tempo; Número decimal: operações. Sistema Monetário Nacional - Real; Perímetro e área de quadrado e retângulo; Operações com frações; Operações com números decimais.

1.3. História do Município e da região - 05 (cinco) questões: Fundadores; Governo municipal; Comemorações e festas históricas, cívicas e populares; Símbolos do Município; Atualidades e acontecimentos do Município: relacionados às áreas de: econômica, política, saúde, segurança, lazer e educação; Cultura Geral.

1.4. Ética e Cidadania - 05 (cinco) questões: Conhecimento de regras de hierarquias no serviço público municipal; Noções de ética e cidadania (Atitudes no serviço); Regras básicas de comportamento profissional para o trato diário com o público interno e externo e colegas de trabalho.

1.5. Prova de Conhecimentos Específicos do Cargo - 05 (cinco) questões:

Auxiliar de Serviços Gerais: Questionamentos acerca da área de atuação, bem como produtos que deverão ser aplicados na manutenção e conservações de bens móveis e manutenção de imóveis. Limpeza e conservação de logradouros públicos, jardins, parques, poda de árvores. Serviços de auxílio na preparação de calçadas e ruas para pavimentação. Serviços de auxílio nas atividades de carpintaria, marcenaria, serralheria, serviços elétricos e hidráulicos. Guarda e conservação de ferramentas, utensílios, aparelhos e equipamentos utilizados nas atividades.

Encanador: Questionamentos acerca da área de atuação, bem como produtos que deverão ser aplicados na manutenção e conservações e manutenção de bens imóveis. Tipos de tubulação; Tipos de conexão; Materiais utilizados; Equipamentos utilizados; Ligações de água; Ligações de esgoto; Válvulas; Registros; Hidrômetros; Tipos de Poços e Bombas d'água; Noções de motor de bombas; Segurança dos equipamentos; Conhecimento de medidas de encanamentos.

Lubrificador de Máquinas: Questionamentos acerca da atuação nessas áreas; tipos de manutenção; planos de manutenção e lubrificação e calibragens; conhecimentos em manutenção de automóveis e outros veículos e equipamentos; tipos de lubrificantes; Funcionamento elétrico e mecânico; noções de mecânica, elétrica, noções de hidráulica; conhecimentos das ferramentas; noções básicas de segurança e higiene do trabalho inerente ao cargo; Relações Humanas.

Mecânico de Máquinas e Veículos Leves: Questionamentos acerca da atuação nessa área, bem como conhecimento de medidas de chaves e calibragens e tipos de manutenção, plano de manutenção e lubrificação; conhecimentos em manutenção de automóveis e outros veículos e equipamentos; tipos de lubrificantes; funcionamento elétrico e mecânico; conhecimento de mecânica e noções de elétrica e solda, ainda, noções de hidráulica; conhecimentos de desenho mecânico; desmontagem e montagem total ou parcial do motor, câmbio e diferencial e ainda, outras partes do veículo para consertar ou substituir a peça defeituosa; conhecimentos das ferramentas; noções básicas de segurança e higiene do trabalho inerente ao cargo e relações humanas.

Mecânico de Máquinas Pesadas: Questionamentos acerca da atuação nessa área; tipos de manutenção; plano de manutenção e lubrificação; conhecimentos e utilização adequada das ferramentas; conhecimentos da norma de segurança; explosão; óleos e lubrificantes; motor; transmissão; suspensão; ignição; peças de reposição; sistemas de medidas utilizadas para as peças, roscas e parafusos; calibres; conhecimentos básicos da função; noções básicas de segurança e higiene do trabalho inerente à especialização e relações humanas.

Merendeira: Os alimentos; Proteção dos alimentos; Cuidados pessoais no trabalho - Segurança no trabalho; Da merenda escolar; Preparação dos alimentos; O gás de cozinha; Utilização e manuseio dos eletrodomésticos; Elaboração dos pratos; Estocagem dos alimentos; Controle de estoque; Melhor aproveitamento de alimentos; Conservação e validade dos alimentos; Relacionamento interpessoal; Conservação de alimentos e manipulação de carnes; Conservação e higiene; Conceitos básicos de alimentação, nutrição, nutrientes e alimentos; Relação entre saúde e alimento; A classificação dos alimentos; Os nutrientes e sua atuação no organismo; Seleção, conservação e condições inadequadas ao consumo dos alimentos; Cuidados ao compor frutas e verduras, alimentos enlatados, grão e farinhas, massas, doces e tortas, carnes, pescado, laticínios.

Motorista CNH "D" e "E": Legislação de trânsito no seu todo conforme preceitua o Código Nacional de Trânsito Lei 9.503/97. Regras de relações humanas adequadas ao trabalho; Legislação de trânsito: Regras gerais de circulação; Regra de ultrapassagem; regra de mudança de direção; regra de preferência; velocidade permitida; classificação das vias; Deveres e proibições; Infrações básicas para a apreensão de documentos de habilitação de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro; Infrações básicas para a cassação de documentos de habilitação; Principais crimes e contravenções de trânsito; Conhecimento de sinais sonoros e gestos de agente autoridade de trânsito; Tipos de sinalização; placas de regulamentação; Advertência e indicação; Sinais luminosos; Conhecimento de defeitos simples do motor; Procedimentos corretos para economizar combustível; Cuidados necessários para conservar o veículo em boas condições mecânicas; Conhecimento básico sobre sistema de freios; Defeitos simples do sistema elétrico; Porte de documentos obrigatórios do veículo e do condutor; Conhecimento de regras de hierarquias no serviço público municipal; Atitudes no serviço; Regras básicas de comportamento profissional para o trato diário com o público interno e externo e colegas de trabalho; Prevenção de acidentes e incêndio.

Operador de Máquinas:

Operador de Máquinas Pesadas:

Operador de Motoniveladora:

Operador de Retro Escavadeira e Pá Carregadeira: Legislação de trânsito no seu todo conforme preceitua o Código Nacional de Trânsito Lei 9.503/97. Regras de relações humanas adequadas ao trabalho; Legislação de trânsito: Regras gerais de circulação; Procedimentos corretos para economizar combustível; Cuidados necessários para conservar o veículo em boas condições mecânicas; Conhecimento básico sobre sistema de freios; Defeitos simples do sistema elétrico; Porte de documentos obrigatórios do veículo e do condutor; Conhecimento de regras de hierarquias no serviço público municipal; Atitudes no serviço; Regras básicas de comportamento profissional para o trato diário com o público interno e externo e colegas de trabalho; Prevenção de acidentes e incêndio.

Pedreiro: Conhecimentos das ferramentas; Conhecimentos da Função; Normas de segurança; Conhecimentos do sistema de metragem linear; Cubicagem; Conhecimentos dos materiais; Concretagem; Preparação de massas; Noções de assentamento de tijolos.

Vigia: Conhecimento sobre a manutenção da ordem e da disciplina; prevenção contra roubo; vigilância do patrimônio; comportamento profissional; uso de uniforme adotado; Noções de relacionamentos interpessoais, como: regras de comportamento no ambiente de trabalho; Regras básicas de comportamento profissional para o trato diário com o público interno e externo, colegas de trabalho e zelo pelo patrimônio público; Noções de limpeza e higiene; Noções de hierarquia; Conhecimento dos utensílios possíveis de utilização; Conhecimento básico da função; Telefones públicos de emergência: Pronto Socorro, Polícia Militar, Polícia Civil etc...

Zelador (a): Funções; ferramentas utilizadas; jardinagem - noções de adubação; poda de árvores; plantio; replantio; equipamentos; ferramentas e utensílios comuns ao exercício da função; conhecimento sobre limpeza e conservação bens móveis e dependências, utilizando materiais e produtos específicos, visando preservar a higiene; executar serviços internos e externos de limpeza e conservação de prédios públicos, pátios, jardins, manter limpos os equipamentos e utensílios, caixa d'água, mobiliário, instalações diversas, cortinados; conservar e responsabilizar-se pela guarda e manutenção das ferramentas e instrumentos de trabalho; observar e cumprir as normas de higiene e segurança do trabalho; executar tarefas correlatas, a critério do superior imediato.

2. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS PROVAS PRATICAS

2.1. Prova Prática:

Lubrificador de Máquinas

Mecânico de Máquinas e Veículos Leves Mecânicos de Máquinas Pesadas

A prova prática desse grupo de candidato consistirá em prestar informações corretas ao instrutor sobre os questionamentos efetuados, relativamente à suas áreas de atuação, num total de 5 (cinco) questões, e cada questão valerá 1 (um) ponto, e ainda, farão 5 (cinco) procedimentos com os veículos/equipamentos equivalentes a suas áreas de trabalho e cada procedimento valerá também 1 (um) ponto, nessa etapa, o candidato deverá demonstrar a manutenção mínima obrigatória de um veículo/equipamento e realizar as provas de manobras, balizas, estacionamento e garagem em no máximo 5 (cinco) minutos.

2.2. Prova Prática:

Motoristas

Operador de Retro Escavadeira e Pá Carregadeira Operador de Máquinas Leves

Operador de Máquinas Pesadas

Operador de Motoniveladora

Os candidatos concorrentes aos cargos acima realizarão provas práticas de manobras com os respectivos equipamentos e responderão oralmente à 5 (cinco) questões sorteadas entre os grupos relativamente aos cargos respectivamente concorridos e cada questão valerá 1 (um) ponto, e ainda, farão 5 (cinco) procedimentos com os veículos/equipamentos e cada procedimento valerá também 1 (um) ponto cada, nessa etapa, o candidato deverá demonstrar a manutenção mínima obrigatória de um veículo/equipamento e realizar as provas de manobras, balizas, estacionamento e garagem em no máximo 5 (cinco) minutos.

Em qualquer fase das provas o candidato que tiver aproveitamento menor que 50% (cinquenta) por cento, estará desclassificado.

O candidato que zerar (não pontuar) em qualquer disciplina aplicada nas provas, mesmo que na soma geral atinja o percentual mínimo de 50% (cinquenta) por cento, estará desclassificado.

Nova Ubiratã MT, 27 de julho de 2009

Comissão de Acompanhamento, Fiscalização e Supervisão de Concurso Público - CAFCC

Anexo III - NÍVEL ENSINO FUNDAMENTAL COMPLETO

1. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS PROVAS OBJETIVAS

1.1. Língua Portuguesa - 05 (cinco) questões: Texto e interpretação. Ortografia. Substantivos e suas flexões. Frase, Oração e Período. Tipos de sujeito. Tipos de predicado. Período simples e composto. Processo de formação de palavras. Orações Coordenadas e Orações Subordinadas. Figuras de linguagem. Concordância nominal e verbal.

1.2. Matemática - 05 (cinco) questões: Sistema de Numeração Decimal: Escrita e Leitura de Números; Operações elementares: Somar, subtrair, multiplicar e dividir; frações ordinárias e decimais, Sistema Métrico; perímetros e áreas das principais figuras planas, Sistema Monetário; Medidas de tempo; regra de três simples; juros simples, porcentagem, números pares e ímpares, equação de 1º grau.

1.3. História do Município e da região - 05 (cinco) questões: Fundadores; Governo municipal; Comemorações e festas históricas, cívicas e populares; Símbolos do Município; Atualidades e acontecimentos do Município: relacionados às áreas de: econômica, política, saúde, segurança, lazer e educação; Cultura Geral.

1.4. Prova de Conhecimentos Específicos do Cargo - 10 (dez) questões:

Agente de Saúde Ambiental: Noções sobre o Código de Saúde; Noções de saúde e doenças; noções de anatomia e fisiologia humanas, atendimento de portarias da Secretaria de Saúde; Higiene e profilaxia: noções de saúde, de alimentação, de habilitação corporal do vestuário; Noções de saneamento básico e agravos àsaúde; Noções de utilização de Equipamento de Proteção Individual - EPI;

Noções básicas sobre doenças infecto-contagiosas; Noções de vacinação e prevenção de doenças; Noções sobre a política, campanha, programas, sistemas e história da saúde pública; Atualização de tecnologia inerente a profissão da área de segurança; Combate a agentes transmissores de doenças endêmicas, conforme estratégias e normas vigentes; Visitas domiciliares e a pontos estratégicos: fiscalização para a promoção e preservação da saúde da comunidade; Desratização e desinsetização de casas, escolas e demais logradouros públicos; Avaliação das condições de uso da água em poços de abastecimento; Regras de hierarquias no serviço público municipal; Noções de abordagem de casos de saúde ambiental; Noções de funcionamento do PSF . Programa de Saúde Familiar.

OBS. Agente de Saúde Ambiental não realizará prova prática de informática.

Auxiliar Administrativo: Noções de organização de arquivos e procedimentos para classificação, encaminhamento e controle de documentos e informações, Conhecimento e finalidade dos componentes de apoio da rotina de escritório: telefone, computador, intranet, internet e fax, Atas, Certidões; Atestados; Declarações; Procuração; Recebimento e remessa de correspondência oficial; Tipos de correspondência; Formas de tratamento em correspondências oficiais; Hierarquia; Impostos e Taxas; Conhecimentos Básicos em Word for Windows, Excel e Access; Requerimento; Circulares; Siglas dos Estados da Federação;

Atendimento ao Público; Portarias; Editais; Noções de protocolo e arquivo; Assiduidade; Disciplina na execução dos trabalhos; Relações humanas no trabalho; Formas de tratamento; Decretos; Organograma; Fluxograma; Poderes Legislativo e Executivo Municipal; Leis Ordinárias e Complementares; Noções de Comunicação e Atendimento ao Público interno e externo.

Auxiliar de Consultório Odontológico: Materiais odontológicos: Nomenclatura, utilização, preparo, manipulação e acondicionamento; Equipamento e instrumental: nomenclatura, utilização, preparo, limpeza, esterilização/desinfecção, acondicionamento, funcionamento, lubrificação, manutenção e conservação; Ergonomia: espaço físico, postura, posição de trabalho, preparo do ambiente para o trabalho, etc.; Placa bacteriana: identificação, morfologia, fisiologia, relações no meio bucal; Higiene dentária: técnicas de escovação supervisionada; Anatomia e fisiologia da cavidade bucal; Principais doenças na cavidade bucal: cárie, doença periodontal, má oclusão e lesões de mucosa. Conceito, etiologia, evolução, medidas de promoção/prevenção: Manejo de pacientes na clínica odontológica; Medidas de prevenção/promoção da saúde bucal, organização de programas coletivos e individuais de promoção de saúde bucal, fluorterapia, educação em saúde bucal. Índices epidemiológicos utilizados em odontologia, preenchimento de fichas de controle e fichas clínicas, registros em odontologia;Técnicas de revelação radiológica, cartonagem e cuidados necessários para controle de infecção. Diagnóstico e primeiros socorros de situações de urgência e emergência no consultório dentário.

2. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS PROVAS PRATICAS 2.1. Prova Prática de Informática:

A prova de informática consistirá em digitar um texto ou copiar uma planilha de cálculos, de uma folha que será entregue pelo instrutor no ato da prova prática.

O candidato terá um tempo de 5 (cinco) minutos integrais para a digitação e de 3 (três) minutos integrais para efetuar as formatações solicitadas e inserir seu nome. Ao término deste tempo, o instrutor anotará a quantidade de palavras e o candidato deverá imprimir a folha e assiná-la e entregá-la ao instrutor.

A prova de informática, desde que digitada a quantidade mínima de 100 (cem) palavras num tempo de 5 (cinco) minutos valerá 100 (cem) pontos. Nesse tempo o candidato que não conseguir digitar o mínimo de 100 (palavras) perderá 1 (um) ponto para cada palavra faltante, errada, duplicada, com acentuação incorreta ou qualquer outro caractere ou fração de palavra que não faça parte do texto entregue pelo instrutor.

A partir daí, será corrigido a formatação e o desconto por formatação adversa ao solicitado na folha de digitação se dará da seguinte forma:

- Alinhamento do texto - 5 pontos

- Espaçamento entre linhas - 5 pontos - Fonte - 5 pontos

- Recuo da primeira linha - 5 pontos - Marcadores - 5 pontos

- Necessitar de ajuda para imprimir a prova - 5 pontos

A soma dos pontos obtidos com a digitação, menos os pontos perdidos pelos erros nas palavras, menos os pontos perdidos pela formatação especificada será o total da nota do candidato na prova prática de Informática.

Em qualquer fase das provas o candidato que tiver aproveitamento menor que 50% (cinquenta) por cento, estará desclassificado.

O candidato que zerar (não pontuar) em qualquer disciplina aplicada nas provas, mesmo que na soma geral atinja o percentual mínimo de 50% (cinquenta) por cento, estará desclassificado.

Nova Ubiratã MT, 27 de julho de 2009

Comissão de Acompanhamento, Fiscalização e Supervisão de Concurso Público - CAFCC

Anexo III - NÍVEL SUPERIOR EXCETO PROFESSORES

1. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS PROVAS OBJETIVAS

1.1. Língua Portuguesa - 05 (cinco) questões: Tipologia textual. Texto e interpretação. Textos temáticos e figurativos. Coesão e Coerência textuais. Termos ligados ao verbo. Termos ligados ao nome. Tipos de sujeito. Tipos de predicado. Tempos e Modos verbais. Vozes verbais. Orações Coordenadas. Orações Subordinadas: Substantivas, Adjetivas e Adverbiais. Uso da vírgula. Regência nominal e verbal. Concordância nominal e verbal. Funções da linguagem. Níveis de linguagem. Substantivo e sua classificação.

Obs.: Não está inserido nos conteúdos o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa.

1.2. Matemática - 05 (cinco) questões: Números inteiros: operações e propriedades, múltiplos e divisores; Números racionais: operações nas formas fracionária e decimal; Números e grandezas proporcionais: razões e proporções, divisão proporcional; Sistema de medidas decimais e não-decimais; Médias: aritmética e ponderada; Perímetros e áreas de figuras planas; Volume de sólidos geométricos; Fundamentos da Teoria dos Conjuntos. Conjuntos numéricos: números naturais e inteiros (divisibilidade, números primos, fatoração, MDC e MMC); números racionais e irracionais (reta numérica, valor absoluto, representação decimal); números reais (relação de ordem e intervalos); operações. Funções: estudo das relações, definição de função, funções definidas por fórmulas; domínio. Imagem e contradomínio; Resolução de equações, inequações e sistemas. Regra de três simples e composta, porcentagem; juros simples e compostos, desconto simples.

1.3. História do Município e de Mato Grosso - 05 (cinco) questões: Fundadores; Governo municipal; Comemorações e festas históricas, cívicas e populares; Símbolos do Município; Atualidades e acontecimentos do Município: relacionados às áreas de: econômica, política, saúde, segurança, lazer e educação; Cultura Geral. Fundação de Cuiabá. A Rusga 1831-1840. Mato Grosso no 1° Império. Presidentes do 2° Império. A Guerra do Paraguai. Mato Grosso da 1ª à 4ª República. Ciclo das casas comerciais e das usinas; o Ciclo do Ouro; As estradas de ferro Noroeste do Brasil. Governos: Estadual e Municipal. Comemorações e festas históricas, cívicas e populares. Divisão do Estado. Folclore. Símbolos do Estado e Município; Mato Grosso e seus Municípios.

1.4. Prova de Conhecimentos Específicos do Cargo - 20 (vinte) questões:

Assistente Social: 1. Análise de conjuntura. 2. Serviço Social: conhecimentos gerais da profissão. 2.1. Serviço Social e formação profissional. 3. História do Serviço Social. 4. A dimensão política da prática profissional. 5. Pesquisa em Serviço Social. 5.1. Metodologia do Serviço Social. 6. Desafios do Serviço Social na contemporaneidade. 7. Atuação do Serviço Social na administração de políticas sociais. 8. Planejamento. 8.1. Estratégico. 8.2. Participativo. 9. Serviço Social e interdisciplinaridade. 9.1 Fenômeno grupal. 10. Ética Profissional. 10.1. O projeto ético-político-profissional do Serviço Social. 10.2. A Ética aplicada à ação profissional na política de Saúde. 11. Serviço Social e a política de Saúde Mental. 12. Sistema Único da Assistência Social. 13. Estatuto da Criança e do adolescente (Lei n.° 8.069/90). 14. Lei Orgânica da Assistência Social (Lei n°. 8.742/93). 15. Lei n°. 8.842/94 que fixa a Política Nacional do Idoso. 16. Lei Orgânica da Saúde (Leis n.° 8080/90 e n.° 8.142/90) 17. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988.

Enfermeiro: Gerenciamento da Assistência de Enfermagem; Gerenciamento dos Serviços de Saúde; Saúde Coletiva/Epidemiologia; Vigilância Epidemiológica; Vigilância em Saúde e Vigilância Sanitária, Modelos Assistenciais em Saúde; SUS; Saúde da Família. Educação, comunicação e práticas pedagógicas em Saúde Coletiva; Programas de atenção à saúde dos diversos grupos: criança, adolescente, mulher, adulto, idoso e trabalhador. Programa Nacional de Imunização: esquema vacinal do Ministério da Saúde; rede de frio; vias e formas de administração e validade; Atuação do Enfermeiro no rompimento do ciclo de transmissão de doenças, biossegurança, processamento de artigos e superfícies; Atuação do Enfermeiro nas urgências e emergências; Relações humanas no trabalho, comunicação e trabalho em equipe; Código de Ética e Lei do Exercício Profissional de Enfermagem.

Farmacêutico Bioquímico: 1. Preparo de soluções. Conceitos: molaridade, normalidade. 2. Padronização de técnicas e controle de qualidade em laboratório clínico. 3. Microbiologia - técnicas de esterilização, coleta, transporte e processamento de amostras para exames microbiológicos. 4. Métodos de coloração utilizados em microbiologia. 5. Características morfotintoriais das bactérias. Diagnóstico de estafilococos, estreptococos, enterobactérias, bacilos gram negativos não fermentadores. Neisseria, Haemophilus. 6. Hemocultura, Coprocultura, exame microbiológico do líquor, e testes de sensibilidade aos antimicrobianos. 7. Parasitologia - Ciclo vital dos principais parasitos de importância para o homem. 8. Métodos para diagnóstico de protozoários intestinais, helmintos intestinais e parasitos do sangue e tecidos. 9. Hematologia - Realização e interpretação do hemograma. 10. Alterações da série eritroide. Principais anemias. Hemoglobinopatias mais freqüentes. 11. Aspectos hematológicos nas infecções bacteriana e viral. 12. Leucemias. 13. Testes diagnósticos da coagulação plasmática. 14. Bioquímica - Valores de referência. Testes para avaliar a função renal,função hepática, função endócrina, dislipidemias e diagnóstico de infarto agudo do miocárdio. 15. Equilíbrio hídrico, eletrolítico e ácido-básico.

Fisioterapeuta: Anatomia; Fisiologia; Neurologia; Ortopedia; Fundamentos de Fisioterapia; Cinesioterapia; Fisioterapia aplicada à Neurologia - Infantil - Adulto; Fisioterapia aplicada à Ortopedia e Traumatologia; Fisioterapia aplicada à Ginecologia e Obstetrícia; Fisioterapia aplicada à Pneumologia.

Médico Clínico Geral: Epidemiologia, fisiopatologia, diagnóstico, clínica, tratamento e prevenção das doenças: Cardiovasculares; insuficiência cardíaca, insuficiência coronariana, arritmias cardíacas, doença reumática, aneurismas de aorta, insuficiência arterial periférica, tromboses venosas, hipertensão arterial, choque. Pulmonares: insuficiência respiratória aguda, bronquite aguda e crônica, pneumonia, tuberculose, tromboembolismo pulmonar, pneumopatia intersticial, neoplasias. Do Sistema Digestivo: gastrite e úlcera péptica, colecistopatias, diarréia aguda e crônica, pancreatites, hepatites, insuficiência hepática, parasitoses intestinais, doenças intestinais inflamatórias, doença diverticular do cólon, tumores do cólon. Renais: insuficiência renal aguda e crônica, glomerulonefrites, distúrbios hidroeletrolíticos e do sistema ácido/base, nefrolitíase, infecções urinárias. Metabólicas e do sistema endócrino: hipovitaminoses, desnutrição, diabetes mellitus hipotireodismo, hipertireoidismo, doenças da hipófise e da adrenal. Hematológicas: anemias hipocrômicas, macrocíticas e hemolíticas, anemia aplástica, leucopenia, púrpuras, distúrbios de coagulação, leucemias e linfomas, acidentes de transfusão. Reumatológicas: osteoartrose, doença reumatóide juvenil, gota, lúpus eritematoso sistêmico, artrite infecciosa, doenças do colágeno. Neurológicas: coma, cefaléias, epilepsia, acidente vascular cerebral, meningites, neuropatias periféricas, encefalopatias. Psiquiátricas: alcoolismo, abstinência alcoólica, surtos psicóticos, pânico, depressão. Infecciosas e Transmissíveis: sarampo, varicela, rubéola, poliomielite, difteria, tétano, coqueluche, raiva, febre tifóide, hanseníase, doenças sexualmente transmissíveis, AIDS, doença de Chagas, esquistossomose, leishmaniose, leptospirose, malária, tracoma, estreptococcias, estafilococcias, doença meningocócica, infecções por anaeróbios, toxoplasmose, viroses. Dermatológicas: escabiose, pediculose, dermatofitoses, eczema, dermatite de contato, onicomicoses, infecções bacterianas imunológicas, doença do soro, edema angioneurótico, urticária, anafilaxia. Ginecológicas: doença inflamatória pélvica, câncer ginecológico, leucorréias, câncer de mama intercorrências no ciclo gravídico; Saúde Pública, Atualidades sobre Saúde Pública, Atualidades sobre Medicina Geral e Medicina Preventiva; Epidemiologia; Medicina Social e Preventiva; Código de Ética; Código de Processo Ético.

Nutricionista: Fisiologia e Fisiopatologia aplicadas à Nutrição. Nutrição normal: balanço de nitrogênio, recomendações nutricionais, cálculo energético, dietas equilibradas. Nutrição nos ciclos vitais; nutrição materno-infantil; aleitamento natural; gestação e lactação; crescimento e desenvolvimento; alimentação da gestante e da nutriz; alimentação na infância e na adolescência; alimentação do idoso. Doenças nutricionais: desnutrição calórico-proteica, carências nutricionais. Dietoterapia: conceitos e objetivos; dietas hospitalares nas diferentes patologias, condições clínicas e metabólicas. Avaliação do estado nutricional: métodos e critérios de avaliação. Métodos de assistência ambulatorial em nutrição. Noções de farmacologia: interações alimento-medicamento. Nutrição e Saúde Pública: noções de epidemiologia das doenças nutricionais e desnutrição proteico­calórica; diagnóstico do estado nutricional das populações; vigilância nutricional. Educação alimentar e nutricional.Técnica dietética: composição e classificação dos alimentos; seleção, conservação e armazenamento; técnicas de pré-preparo, preparo e cocção; higiene na manipulação de alimentos; planejamento de cardápios: fatores relacionados. Administração de serviços de alimentação e lactários: área física e equipamentos; planejamento e organização; supervisão e controles; cardápios para coletividades sadias edoentes; custos e avaliação. Microbiologia de alimentos: toxinfecções alimentares; controle sanitário de alimentos; APPCC; controles de temperatura no fluxo dos alimentos. Ética Profissional. Legislação profissional.

Odontólogo: Epidemiologia das doenças bucais no Brasil. Índices epidemiológicos específicos em saúde bucal. Diagnóstico, semiologia bucal, exames complementares.Cariologia: etiologia, diagnóstico e tratamento da doença, cárie dentária com ênfase na prevenção e promoção à saúde bucal. Normas de controle de infecção no ambiente de trabalho. Patologia Periodontal, doenças gengivais e periodontal - diagnóstico e tratamento. Algias orofaciais, tipos diagnósticos diferenciais. Cistos e tumores odontogênicos e não-odontogênicos. Lesões mais freqüentes da cavidade bucal: candidíase, gengivo - estomatite herpética, lesões herpéticas secundárias, sífilis e AIDS. Preparo cavitário e atípico: conceitos atuais, materiais usados em dentística, proteção do complexo dentina-polpa. Patologia pulpar e periapical: características clínicas. Emergência e Urgência em odontologia.Traumatismo Dental, fraturas das coroas e raízes. Terapêutica Odontológica - analgésicos, antiinflamatórios, antibióticos e anestésicos de uso local em odontologia. Fluorterapia - uso sistêmico e tópico. Aspectos toxicológicos e clínicos. Educação e Saúde Bucal. Diagnóstico bucal: patologia dos tecidos moles e duros da cavidade oral, cárie, placa bacteriana e doença periodontal. Métodos de prevenção da cárie e da doença periodontal. Flúor. Técnicas de anestesia intra-oral. Princípios básicos do atendimento em odontopediatria. Proteção do complexo dentina-polpa. Materiais restauradores. Princípios gerais do preparo cavitário. Hepatites virais (A, B e C). AIDS. Imunizações. Técnica da lavagem das mãos. Uso de barreiras protetoras. Conduta frente a acidentes de trabalho. Exame clínico e radiográfico. Classificação. Lesões das estruturas dentárias mineralizadas e da polpa. Lesões dos tecidos periodontais. Dentição permanente - diagnóstico e tratamento. Trinca do esmalte. Concussão. Subluxação. Luxação. Deslocamento completo do dente. 9. Ética e Legislação Profissional. O Programa de Saúde da Família. Avaliação da qualidade em serviços de saúde. Resolutividade dos serviços de saúde e a satisfação do cliente. O Sistema Único de Saúde - SUS. Evolução das políticas de saúde no Brasil. Municipalização da Saúde. O Cartão SUS. Constituição da República Federativa do Brasil (art. 196 ao 200). Financiamento da saúde. Abordagem do processo saúde-doença das famílias e do coletivo. Conhecimentos básicos inerentes à área de atuação, do conjunto de atribuições do cargo, do serviço público e de servidores públicos municipais.

Psicólogo: 1 Relações humanas. 1.1 Ética no serviço público. 1.2 Qualidade no atendimento ao público. 1.3 Trabalho em equipe. 2 Avaliação psicológica: fundamentos da medida psicológica, instrumentos de avaliação, avaliação e interpretação de resultados. 3 Ética profissional. 4 Teorias da personalidade. 5 Psicopatologia. 6 Técnicas psicoterápicas. 7 Psicodiagnóstico. 8 Psicoterapia de problemas específicos. 9 Noções de psicologia organizacional. 10 Rotação de pessoal. 11 Absenteísmo. 12 Estrutura organizacional. Clima e cultura organizacional. Gestão de pessoas (recrutamento e seleção na Administração Pública, identificação de talentos, domínio de competências, avaliação e gestão do desempenho). Treinamento e desenvolvimento. Avaliação de desempenho. 13. Mudança Organizacional. Qualidade de vida. Integração de funcionários portadores de necessidades especiais. Equipes e grupos de trabalho. Comunicação, liderança, motivação. Manejo da solução de conflitos. Mediação. Relacionamento interpessoal. 14. Resoluções CFP/CRP. Equipes multidisciplinares.15 Avaliação de desempenho: objetivos, métodos, implantação e acompanhamento. 16 Análise de cargos: objetivos e métodos. 17 Treinamento: levantamento de necessidades, planejamento, execução e avaliação. 18 O papel do psicólogo na equipe de cuidados básicos à saúde.

Anexo III - NÍVEL SUPERIOR EXCLUSIVAMENTE PARA PROFESSORES

2. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS PROVAS OBJETIVAS

2.1. Língua Portuguesa - 05 (cinco) questões: Tipologia textual. Texto e interpretação.

Textos temáticos e figurativos. Coesão e Coerência textuais. Termos ligados ao verbo. Termos ligados ao nome. Tipos de sujeito. Tipos de predicado. Tempos e Modos verbais. Vozes verbais. Orações Coordenadas. Orações Subordinadas: Substantivas, Adjetivas e Adverbiais. Uso da vírgula. Regência nominal e verbal. Concordância nominal e verbal. Funções da linguagem. Níveis de linguagem. Substantivo e sua classificação. Adjetivos. Pronomes.

Obs.: Não está inserido nos conteúdos o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa.

2.2. Matemática - 05 (cinco) questões: Números inteiros: operações e propriedades, múltiplos e divisores; Números racionais: operações nas formas fracionária e decimal; Números e grandezas proporcionais: razões e proporções, divisão proporcional; Sistema de medidas decimais e não-decimais; Médias: aritmética e ponderada; Perímetros e áreas de figuras planas; Volume de sólidos geométricos; Fundamentos da Teoria dos Conjuntos. Conjuntos numéricos: números naturais e inteiros (divisibilidade, números primos, fatoração, MDC e MMC); números racionais e irracionais (reta numérica, valor absoluto, representação decimal); números reais (relação de ordem e intervalos); operações. Funções: estudo das relações, definição de função, funções definidas por fórmulas; domínio. Imagem e contradomínio; Resolução de equações, inequações e sistemas. Regra de três simples e composta, porcentagem; juros simples e compostos, desconto simples.

1.5. História do Município e de Mato Grosso - 05 (cinco) questões: Fundadores; Governo municipal; Comemorações e festas históricas, cívicas e populares; Símbolos do Município; Atualidades e acontecimentos do Município: relacionados às áreas de: econômica, política, saúde, segurança, lazer e educação; Cultura Geral. Fundação de Cuiabá. A Rusga 1831-1840. Mato Grosso no 1° Império. Presidentes do 2° Império. A Guerra do Paraguai. Mato Grosso da 1ª à 4ª República. Ciclo das casas comerciais e das usinas; o Ciclo do Ouro; As estradas de ferro Noroeste do Brasil. Governos: Estadual e Municipal. Comemorações e festas históricas, cívicas e populares. Divisão do Estado. Folclore. Símbolos do Estado e Município; Mato Grosso e seus Municípios.

1.6. Prova de Conhecimentos Específicos do Cargo - 20 (vinte) questões: Extraídos de informações dos respectivos PCNs: www.fnde.gov.br

Professor de Arte: Arte: fundamentos - música, plástica, teatro e dança. As linguagens da arte. Iniciação à leitura de imagens, músicas, danças. Elementos formais, intelectuais e vivenciais (equilíbrio, simetria, ritmo, profundidade). A dimensão dialética da arte. Ponto, linha, textura - equilíbrio, simetria, ritmo. Desenho de observação: natureza morta. Pontilhismo. As cores brasileiras presentes nos gestos, nas posturas, expressões, festas, trabalho de cenas representadas por meio das reproduções da arte. Pontos de vista e perspectiva. Luz e sombra. O tridimensional e o bidimensional. As manifestações da arte. Coerência e incoerência. Xilogravura. Fotografia. Fantoches. Cubismo, Impressionismo, Surrealismo. A arte no Renascimento. Principais representantes da Arte Universal: Salvador Dalí, Tarsila do Amaral, Pablo Picasso, Velásquez, Leonardo da Vinci, Claude Monet, Van Gogh. Os PCNs.

Professor de Ciências: Ciências Naturais e cidadania; - Ciências Naturais e Tecnologia; - Objetivos Gerais de Ciências Naturais para o Ensino Fundamental.

1.Terra e Universo:

- Componentes celestes; - Surgimento do planeta Terra; - O Sol.

2.Vida e ambiente:

- A Biosfera seus ambientes e ecossistemas; - Principais Ecossistemas do Brasil; - Relação entre os seres vivos e o ambiente; - A Hidrosfera; - A Atmosfera; - A Litosfera ou Crosta Terrestre e; - Surgimento da vida na Terra (os reinos da natureza).

3.Ser humano e saúde:

- Célula; - Tecido; - Os alimentos e as vitaminas; - Sistema digestivo e a digestão; - Sistema respiratório; - O sangue ABO - grupo sanguíneo; - Sistema circulatório; - Órgãos excretores: glândulas sudoríparas; - Pulmões, ânus, rins, sistema urinário; - Sistema locomotor; - Ossos e músculos; - Sistema sensorial: órgãos dos sentidos; - Sistema reprodutor; - Doenças sexualmente transmissíveis; - Sistema glandular; - Sistema nervoso e; - Drogas.

4.Tecnologia e Sociedade:

- Constituição da matéria; - Propriedades da matéria; - Elementos químicos e fórmulas químicas; - Substâncias simples e compostas; - Mistura; - Fenômenos físicos e químicos; - Movimento; - Força; - As máquinas; - O calor; - Som; - Luz; - Eletricidade e; - Magnetismo.

Professor de Educação Física:

1- Princípios que norteiam a Educação Física no ensino fundamental:

Princípio da inclusão e Princípio da diversidade

2- Tendências pedagógicas da Educação Física escolar:

Abordagem psicomotora; Abordagem construtivista; Abordagem desenvolvimentista; Abordagens críticas.

3- Educação Física e a cultura corporal de movimento Educação Física e a cidadania.

4- Aprender e ensinar Educação Física no ensino fundamental O que ensinar? Para quem ensinar? Como ensinar?

5- Portadores de necessidades especiais

6- Avaliação no ensino fundamental

7- Objetivos gerais para o ensino fundamental

8- Blocos de conteúdos

Conhecimentos sobre o corpo; Esportes, jogos, lutas e ginásticas e; Atividades rítmicas e expressivas.

Professor de História:

1- Caracterização da área de História:

O conhecimento histórico: características e importância social

2- Ensino e aprendizagem

3- Eixo temático: História das relações sociais, da cultura e do trabalho:

As relações sociais, a natureza e a terra; As relações de trabalho.

3- Eixo temático: História das representações e das relações de poder:

Nações, povos, lutas, guerras e revoluções; Cidadania e cultura no mundo contemporâneo

4- Orientações e métodos didáticos:

Estudo do meio; O tempo cronológico

Professor de Geografia:

1- Caracterização da área de Geografia: Conhecimento Geográfico e sua importância social;

2- Critérios de Seleção e Organização: Pluralidade Cultural; Meio Ambiente; Trabalho e Consumo.

3- A Geografia como uma possibilidade de leitura e compreensão do mundo:

A construção do espaço: os territórios e os lugares (o tempo da sociedade e o tempo da natureza).

4- O estudo da natureza e sua importância para o homem:

Os fenômenos naturais, sua regularidade e possibilidade de previsão pelo homem;

A natureza e as questões socioambientais.

5- O campo e a cidade como formações socioespaciais:

A modernização capitalista e a redefinição nas relações entre o campo e a cidade; O papel do Estado e das classes sociais e a sociedade urbano-industrial brasileira; A cultura e o consumo: uma nova interação entre o campo e a cidade.

6- A cartografia como instrumento na aproximação dos lugares e do mundo:

Os mapas como possibilidade de compreensão e estudos comparativos das diferentes paisagens e lugares.

7- Modernização, modo de vida e a problemática ambiental:

Processo técnico-econômico, a política e os problemas socioambientais; Alimentar o mundo: os dilemas socioambientais para a segurança alimentar; Ambiente urbano, indústria e modo de vida; O Brasil diante das questões ambientais e; Ambientalismo: pensar e agir.

Professor de Letras: Didática do Ensino. Parâmetros Curriculares Nacionais - PCN's. Importância da Lei de Diretrizes e Bases da Educação - LDB. Políticas Públicas de Educação. Educação Especial e Inclusiva. Projeto Político-Pedagógico. Ciclos de Formação. Escola Cidadã.

Professor de Matemática:

1- Conteúdos Gerais de Matemática baseados nos PCNs:

Matemática e construção da cidadania; - A Matemática e os Temas Transversais (Ética, Orientação Sexual, Meio Ambiente, Saúde, Pluralidade Cultural, Trabalho e Consumo); - Objetivos Gerais da Matemática para o Ensino Fundamental.

2- Conteúdos Específicos de matemática baseados nos eixos temáticos Números e Operações:

O conceito de números; - Sistemas de Numerações; - Sistema de Numeral Decimal; - Adição e subtração: significados; - Multiplicação e divisão: significados; - Potenciação; - Radiciação; - Números Primos; - Maximo Divisor Comum; - Mínimo Múltiplo Comum; - Forma fracionária e; - Forma decimal.

3- Medidas e Grandezas: O conceito de Proporcionalidade

4- Espaço e Forma:

Formas geométricas planas; - Formas geométricas espaciais (poliedros regulares e não regulares, prisma, pirâmide); - Elementos de um poliedro: vértice, face e aresta; - Ângulos; - Teorema de Pitágoras.

5- Funções e Álgebra:

Noção de Relações; - Expressões algébricas; - Função do 1º grau; - Noção e resolução de Equação e sistema do 1º grau; - Noção e resolução de Equação do 2º grau.

6- Tratamento da Informação:

Leitura e interpretação de dados expressos em tabelas; - Leitura e interpretação de dados expressos em gráficos.

Professor Pedagogo: Didática do Ensino. Parâmetros Curriculares Nacionais - PCN's. Importância da Lei de Diretrizes e Bases da Educação - LDB. Políticas Públicas de Educação. Educação Especial e Inclusiva. Projeto Político-Pedagógico. Ciclos de Formação. Escola Cidadã.

Nova Ubiratã MT, 27 de julho de 2009

Comissão de Acompanhamento, Fiscalização e Supervisão de Concurso Público - CAFCC

ANEXO IX

CRONOGRAMA DA PREVISÃO DE REALIZAÇÃO DOS ATOS DO CONCURSO

Período da Divulgação

21/07/2009 à 21/08/2009

Período de Requerimento de Isenção da Taxa de Inscrição

03/08/2009 à 12/08/2009

Homologação das Inscrições Isenta de Taxas

14/08/2009

Período das Inscrições Normais

03/08/2009 à 21/08/2009

Entrega dos Títulos de Pós Graduação etc...

Até 21/08/2009

Homologação das Inscrições

26/08/2009

Análise dos Títulos para avaliação da contagem de pontos (classificatório)

26/08/2009

Homologação dos Títulos e publicação da pontuação

28/08/2009

Realização das provas objetivas e dissertativas (07:30 às 11:30) Local: Escola Municipal Tancredo Neves

30/08/2009

Realização das Provas práticas (13:00 às 17:00) Local à ser confirmado

30/08/2009

Publicação do gabarito prévio

31/08/2009

Prazo de recursos contra questões objetivas (gabarito prévio)

02/09/2009

Resultados dos recursos do gabarito - Publicação do Gabarito Oficial

04/09/2009

Divulgação do resultado final e da classificação dos candidatos, no mural da Prefeitura e no site: www.novaubirata.mt.gov.br

Até 10/09/2009

O cronograma supra, poderá por iniciativa da Comissão de Acompanhamento, Fiscalização e Supervisão de Concurso Público - CAFCC, ser antecipado ou prorrogado, no entanto, será publicado Editais Complementares contendo a eventual prorrogação ou antecipação de quaisquer datas, no local de costume de publicação dos atos oficiais e no sitio eletrônico do Município de Nova Ubiratã.

Nova Ubiratã MT, 27 de julho de 2009

Comissão de Acompanhamento, Fiscalização e Supervisão de Concurso Público - CAFCC
Darci José Hantt
Presidente da Comissão

111264

Política de Privacidade 2000-2014 PCI Concursos Telefone (11) 2122-4231