IFMT - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - MT

IFMT - INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MATO GROSSO

EDITAL Nº 13/2010 - REITORIA

Notícia:   130 vagas para Professor são oferecidas no Instituto Federal do Mato Grosso

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DA CARREIRA DE PROFESSOR DO ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO PARA O INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MATO GROSSO.

O Reitor "Pro Tempore" do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso - IFMT, tendo em vista a autorização concedida pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, pela Portaria MPOG nº 537, publicada no Diário Oficial da União de 31 de dezembro de 2009, alterada pela Portaria MPOG nº 27, publicada no Diário Oficial da União de 27 de janeiro de 2010, com subdelegação da Portaria MEC nº 11, publicada no Diário Oficial da União de 11 de janeiro de 2010, republicada em 01 de fevereiro de 2010, e pela Portaria MEC nº 510, publicada no Diário Oficial da União de 26 de abril de 2010, no uso de suas atribuições legais, TORNA PÚBLICO a realização de Concurso Público para provimento de 130 (cento e trinta) vagas para cargos da carreira de Professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico, na Classe e Nível inicial, do Quadro de Pessoal do IFMT, em conformidade com a Lei nº 8.112/90, Decreto nº 6.944/2008, Portaria MEC nº 1.134/2009 e Lei nº 11.784/2008, para atender aos Campi do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso, mediante as condições estabelecidas neste edital.

I - DISPOSIÇÕES PRELIMINARES.

1.1 O Concurso Público será regido por este Edital e executado pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso - IFMT.

1.2 O candidato deverá observar, rigorosamente, o presente Edital, Anexos e os Editais complementares a serem publicados no Diário Oficial da União e no endereço eletrônico www.ifmt.edu.br, link "Concurso Público", vindo tais documentos a constituir parte integrante deste Edital.

1.3 A seleção para os cargos de que trata este Edital compreenderá as seguintes fases: Prova Objetiva - caráter eliminatório e classificatório; Prova Didática- caráter eliminatório e classificatório; Prova de Títulos - caráter classificatório.

1.4 O candidato só poderá realizar a Prova Objetiva na cidade sede do campus para onde estará concorrendo à vaga, exceto Campus Confresa onde a Prova Objetiva será aplicada na cidade de Barra do Garças-MT e Campus São Vicente onde a Prova Objetiva será aplicada na cidade de Cuiabá-MT.

1.5 A Prova Didática e Prova de Títulos serão realizadas na cidade de Cuiabá/MT.

II - DAS LOCALIDADES, ÁREAS DE CONHECIMENTO E TITULAÇÃO MÍNIMA EXIGIDA

2.1 - Campus Barra do Garças / Barra do Garças-MT.

Área

Nº Vagas

Titulação Mínima

Especificações do Cargo

Administração

01

Graduação em Administração

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas às áreas de administração, empreendedorismo, matemática financeira e gestão. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Aquicultura

01

Graduação em Medicina Veterinária ou Zootecnia.

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de aquicultura e biologia celular. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Arquitetura e Urbanismo

01

Graduação em Arquitetura e Urbanismo ou Engenharia Civil ou Engenharia Sanitária ou Tecnologia em Gestão Ambiental

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de gestão ambiental, análise de águas e efluentes, sistemas urbanos de águas e esgotos, impactos ambientais, sistema de limpeza pública, vigilância sanitária e ambiental, hidráulica, poluição e controle ambiental. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Artes

01

Licenciatura em Educação Artística

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de artes em geral, compreendendo: artes cênicas, artes gráficas, desenvolvimento artístico e outros fenômenos artísticos, históricos ou contemporâneos. Desenvolver projetos e ações na área de artes. Participar da área de ensino, pesquisa e extensão.

Biologia

01

Licenciatura em Biologia

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área das ciências biológicas, ecologia e biodiversidade. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Educação Física

01

Licenciatura em Educação Física.

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de educação física em geral. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Filosofia

01

Licenciatura em Filosofia

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de filosofia em geral. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Geografia

01

Licenciatura em Geografia

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas às áreas de geografia, podendo também ministrar outras disciplinas cujos conteúdos sejam relacionados com conhecimentos geográficos e suas diversas vertentes.

História

01

Licenciatura em História

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de história, ou outras disciplinas cujos conteúdos estejam relacionados às reflexões históricas, em suas diversas vertentes. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Informática

03

Graduação na área de Informática

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de informática, em suas diversas divisões. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Língua Espanhola

01

Graduação em Letras (com habilitação em Espanhol)

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de língua portuguesa e língua espanhola. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Língua Inglesa

01

Graduação em Letras (com habilitação em Inglês)

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de língua portuguesa e língua inglesa. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Matemática

01

Licenciatura em Matemática

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de matemática, compreendendo matemática básica, estatística, matemática financeira, bem como outras disciplinas com fundamentos nos cálculos matemáticos. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Química

01

Licenciatura em Química

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de química, em suas diversas variações. Participar em atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Química

01

Graduação em Química ou Engenharia Química ou Química Industrial ou Farmácia

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à química em todas as suas vertentes. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Segurança do

Trabalho

01

Graduação em Engenharia do Trabalho

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de engenharia do trabalho e suas vertentes. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Sociologia

01

Licenciatura em Ciências Sociais - Antropologia, Ciência Política e Sociologia ou Licenciatura em Sociologia.

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de ciências humanas e sociais. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Turismo

02

Bacharel em Turismo com cadastro na EMBRATUR como Guia de Turismo ou Tecnologia em Turismo com Cadastro na EMBRATUR como Guia de Turismo

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de turismo e suas vertentes. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

2.2 - Campus Cáceres / Cáceres-MT.

Área

Nº Vagas

Titulação Mínima

Especificações do Cargo

Agroindústria (Processamento de produtos de origem vegetal)

02

Graduação em Engenharia de Alimentos ou Engenharia Agronômica ou Licenciatura em Ciências Agrícolas ou Licenciatura em Economia Doméstica

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas às áreas de tecnologia de vegetais, produção de biocombustíveis, enzimologia, bioquímica de fermentações. Participar em atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Engenharia Agrícola

01

Graduação em Engenharia Agrícola

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de máquinas e motores, manutenção de máquinas, geoprocessamento, irrigação e drenagem, construções e instalações. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Engenharia Florestal

01

Graduação em Engenharia Florestal

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas produção de engenharia florestal. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Geomática

01

Graduação em Engenharia Florestal ou Engenharia Agronômica ou Geografia ou Geoprocessamento ou Geologia

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de sensoriamento remoto, geoprocessamento, informações geográficas e demais áreas da geomática. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Informática (Desenvolvimento de Sistemas para Internet)

01

Graduação na área de Informática

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área geral de computação, programação em HTML, XHTML, CSS, XML, Java, Javascript, JSP, PHP e Webservices. Modelagem em linguagem de programação, engenharia de software e bancos de dados. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Língua Portuguesa

01

Graduação em Letras (com habilitação em Literatura)

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas às áreas de linguagens, compreendendo a língua portuguesa, as respectivas literaturas, e a linguística em suas diversas correntes. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

2.3 - Campus Campo Novo do Parecis / Campo Novo do Parecis-MT.

Área

Nº Vagas

Titulação Mínima

Especificações do Cargo

Agroindústria

02

Graduação em Alimentos ou Graduação em Agroindústria

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas às áreas de caracterização física e química de produtos alimentícios, processamento de frutas e hortaliças, processamento de produtos de origem animal, conservação de alimentos, desidratação de alimentos, controle de qualidade de alimentos e análise sensorial de alimentos. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Agronomia

03

Graduação em Engenharia Agronômica

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas às áreas de topografia, desenho técnico, melhoramento vegetal, botânica, zoologia, entomologia, solos, fitotecnia, fitopatologia, climatologia, gestão de projetos, geoprocessamento, economia rural e associativismo. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Artes

01

Licenciatura em Educação Artística

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de artes em geral, compreendendo: artes cênicas, artes gráficas, desenvolvimento artístico e outros fenômenos artísticos, históricos ou contemporâneos. Desenvolver projetos e ações na área de artes. Participar da área de ensino, pesquisa e extensão.

Engenharia Agrícola

01

Graduação em Engenharia Agrícola

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas às áreas de máquinas e motores, manutenção de máquinas, geoprocessamento, irrigação e drenagem, construções e instalações. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Engenharia de Alimentos

02

Graduação em Engenharia de Alimentos

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas a operações unitárias, processos industriais, mecânica de fluídos e tecnologias: óleos e gorduras, tecnologia de abate de animais, planejamento e controle da capacidade produtiva. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Filosofia

01

Licenciatura em Filosofia

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de filosofia em geral. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Matemática

02

Licenciatura em Matemática

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas às áreas de matemática, compreendendo matemática básica, estatística, matemática financeira, bem como outras disciplinas com fundamentos nos cálculos matemáticos. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Pedagogia

01

Licenciatura em Pedagogia

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas aos fundamentos da educação e metodologias aplicadas ao ensino. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Química

01

Licenciatura em Química

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de química, em suas diversas variações. Participar em atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Língua Inglesa

01

Graduação em Letras (com habilitação em Inglês)

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de língua portuguesa e língua inglesa. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

2.4 - Campus Cuiabá / Cuiabá-MT.

Área

Nº Vagas

Titulação Mínima

Especificações do Cargo

Artes

01

Licenciatura em Educação Artística (com habilitação em música)

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas às diferentes matrizes artísticas (visual, sonora, corporal, entre outras) - com ênfase em música: teoria e práticas educacionais; percepção; apreciação e execução instrumental; atuando em sala de aula e em projetos culturais-educacionais, bem como no auxílio às modalidades já existentes (teatro, coral e banda de música). Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Construção Civil (Materiais de Construção e Planejamento de Obras)

01

Graduação em Engenharia Civil ou Arquitetura ou Engenharia de Materiais ou Tecnologia em Controle de Obras

Ministras aulas em disciplinas relacionadas às áreas de materiais de construção civil, informática básica aplicada à construção civil, desenho assistido por computador (CAD), planejamento e orçamento de obras, programas de qualidade - PBQPH, controle de qualidade. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Construção Civil (Sistemas Construtivos e Estruturas)

01

Graduação em Engenharia Civil ou Tecnologia em Construção de Edifícios

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas às áreas de isostática, resistência dos materiais, fundações, estruturas de concreto, madeira e metálica, alvenaria estrutural, informática básica aplicada à construção civil, desenho assistido por computador (CAD), tipos e execução de sistemas construtivos de edificações. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Eletroeletrônica

01

Graduação em Mecatrônica ou Engenharia Elétrica ou Engenharia Mecânica ou Tecnologia em Automação Industrial ou Tecnologia em Mecatrônica

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas às áreas de computação aplicada, controle analógico e digital, fabricação industrial, pneumática e eletropneumática, elementos de máquinas e técnicas de projetos, sistemas térmicos, controle térmicos, controle de qualidade, processamento analógico e digitais de sinais. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Eventos

01

Bacharel em Turismo ou Tecnólogo em Eventos.

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas às áreas de planejamento, organização e execução de eventos sociais, esportivos, culturais, científicos, artísticos, de lazer e outros. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Instalações elétricas Prediais

01

Graduação em Engenharia Elétrica

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas às áreas de projeto de instalações elétricas prediais e laboratoriais, desenho de instalações elétricas; técnicas de instrumentação, técnicas de calibração, informática básica aplicada à construção civil. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Língua Portuguesa

01

Graduação em Letras (com habilitação em Literatura)

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas às áreas de linguagens, compreendendo a língua portuguesa, as respectivas literaturas e a linguística em suas diversas correntes. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Turismo

01

Bacharel em Turismo com cadastro na EMBRATUR como Guia de Turismo ou Tecnologia em Turismo com Cadastro na EMBRATUR como Guia de Turismo

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de turismo e suas vertentes. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Língua Brasileira de Sinais

01

Graduação em Letras (com habilitação Português e Libras) ou outras licenciaturas com certificação de proficiência para o ensino de Libras, conforme Decreto nº 5.626/05.

Ministrar aulas de língua brasileira de sinais - LIBRAS e possibilitar a integração efetiva do aluno com deficiência auditiva nas diferentes modalidades de ensino do IFMT. Atender, orientar e ensinar LIBRAS para os servidores do IFMT. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão

Educação Inclusiva

01

Licenciatura Plena em Pedagogia com certificação de proficiência para o ensino de LIBRAS, conforme Decreto nº 5.626/05)

Ministrar aulas de disciplinas concernentes à Educação Inclusiva e ministrar aulas de Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS. Participar de atividades de ensino, pesquisa a extensão.

2.5 - Campus Cuiabá-Bela Vista / Cuiabá-MT.

Área

Nº Vagas

Titulação Mínima

Especificações do Cargo

Ambiental

01

Graduação em Engenharia Ambiental ou Engenharia Sanitária ou Tecnologia em Gestão Ambiental

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de química, meio ambiente e gestão ambiental. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Engenharia Química

01

Graduação em Engenharia

Química

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas a operações unitárias, processos industriais, mecânica de fluídos e tecnologias: óleos e gorduras, mineração, fabricação do cimento, curtimento de pele, produtos químicos e equipamentos de controle e processo.

Farmácia

01

Graduação em Farmácia

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de bioquímica, química, microbiologia e toxicologia de alimentos. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Física

01

Licenciatura em Física

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de física. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Geografia

01

Licenciatura em Geografia

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de geografia, podendo também ministrar outras disciplinas cujos conteúdos sejam relacionados aos conhecimentos geográficos em suas diversas vertentes. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Língua Inglesa

01

Graduação em Letras (com habilitação em Inglês)

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas a área de língua portuguesa e língua inglesa. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Matemática

01

Licenciatura em Matemática

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de matemática, compreendendo matemática básica, estatística, matemática financeira, bem como outras disciplinas com fundamentos nos cálculos matemáticos. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Química

01

Graduação em Química ou Engenharia Química ou Química Industrial ou Farmácia

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à química em todas as suas vertentes. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

2.6 - Campus Pontes e Lacerda / Pontes e Lacerda-MT.

Área

Nº Vagas

Titulação Mínima

Especificações do Cargo

Arquitetura e Urbanismo

01

Graduação em Arquitetura e Urbanismo ou Engenharia Civil ou Engenharia Sanitária ou Tecnologia em Gestão Ambiental

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de gestão ambiental, análise de águas e efluentes, sistemas urbanos de águas e esgotos, impactos ambientais, sistema de limpeza pública, vigilância sanitária e ambiental, hidráulica, poluição e controle ambiental. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Biologia

01

Licenciatura em Biologia

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área das ciências biológicas, ecologia e biodiversidade. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Construção Civil

02

Graduação em Engenharia Civil ou Tecnologia em Construção de Edifícios.

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas às áreas de materiais de construção civil, informática básica aplicada à construção civil, desenho assistido por computador (CAD), planejamento e orçamento de obras, programas de qualidade - PBQPH, controle de qualidade, isostática, resistência dos Materiais, fundações, estruturas de concreto, madeira e metálica, alvenaria estrutural, tipos e execução de sistemas construtivos de edificações. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Economia

01

Graduação em Ciências Econômicas.

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área das Ciências Econômicas. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Educação Física

01

Licenciatura em Educação Física.

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de educação física em geral. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Filosofia

01

Licenciatura em Filosofia

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de filosofia em geral. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Física

02

Licenciatura em Física

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de física. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Gestão

02

Graduação em Secretariado ou Secretariado Executivo ou na área da Administração.

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas às áreas de técnicas profissionais, administração, marketing, empreendedorismo, recursos humanos, planejamento, logística e cadeia de suprimentos, patrimônio e outras vertentes. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Informática

02

Graduação na área de Informática

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de informática, em suas diversas divisões. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Língua Portuguesa

01

Graduação em Letras (com habilitação em Literatura)

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas às áreas de linguagens, compreendendo a língua portuguesa, as respectivas literaturas e a linguística em suas diversas correntes. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Matemática

02

Licenciatura em Matemática

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de matemática, compreendendo matemática básica, estatística, matemática financeira, bem como outras disciplinas com fundamentos nos cálculos matemáticos. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Química

02

Graduação em Química ou Engenharia Química ou Química Industrial ou Farmácia

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à química em todas as suas vertentes. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Sociologia

01

Licenciatura em Ciências Sociais - Antropologia, Ciência Política e Sociologia ou Licenciatura em Sociologia

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de ciências humanas e sociais. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

2.7 - Campus Rondonópolis / Rondonópolis-MT.

Área

Nº Vagas

Titulação Mínima

Especificações do Cargo

Alimentos

01

Graduação em Engenharia de Alimentos ou Tecnólogo em Alimentos ou Nutrição

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas às operações unitárias, processos industriais, mecânica de fluídos e tecnologias: óleos e gorduras, tecnologia de abate de animais, planejamento e controle da capacidade produtiva. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Artes

01

Licenciatura em Educação Artística

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de artes em geral, compreendendo: artes cênicas, artes gráficas, desenvolvimento artístico e outros fenômenos artísticos, históricos ou contemporâneos. Desenvolver projetos e ações na área de artes. Participar da área de ensino, pesquisa e extensão.

Biologia

01

Licenciatura em Biologia

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área das ciências biológicas, ecologia e biodiversidade. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Direito

01

Bacharel em Direito

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas às áreas do direito em geral. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Engenharia Química

01

Graduação em Engenharia Química

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas às operações unitárias, processos industriais, mecânica de fluídos e tecnologias: óleos e gorduras, mineração, fabricação do cimento, curtimento de pele, produtos químicos e equipamentos de controle e processo. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Filosofia

01

Licenciatura em Filosofia

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de filosofia em geral. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Geografia

01

Licenciatura em Geografia

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de geografia, podendo também ministrar outras disciplinas cujos conteúdos sejam relacionados aos conhecimentos geográficos em suas diversas vertentes. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Gestão

01

Graduação em Secretariado ou Secretariado Executivo ou na área da Administração.

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas às áreas de técnicas profissionais, administração, marketing, empreendedorismo, recursos humanos, planejamento, logística e cadeia de suprimentos, patrimônio e outras vertentes. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Informática

03

Graduação na área de Informática

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas às áreas de informática, em suas diversas divisões. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Língua Portuguesa

01

Graduação em Letras (com habilitação em Literatura)

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas às áreas de linguagens, compreendendo a língua portuguesa, as respectivas literaturas e a linguística em suas diversas correntes. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Língua Inglesa

01

Graduação em letras (com habilitação em Inglês)

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas a área de língua portuguesa e língua inglesa. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Matemática

02

Licenciatura em Matemática

Ministrar aulas em disciplinas à área de matemática, compreendendo matemática básica, estatística, matemática financeira, bem como outras disciplinas com fundamentos nos cálculos matemáticos. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Química

01

Graduação em Química ou Engenharia Química ou Química Industrial ou Farmácia

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à química em todas as suas vertentes. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Química

01

Licenciatura em Química

Ministrar aulas em disciplinas na área de química em suas diversas variações. Participar em atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Sociologia

01

Licenciatura em Ciências Sociais - Antropologia, Ciência Política e Sociologia ou Licenciatura em Sociologia.

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de ciências humanas e sociais. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

2.8 - Campus São Vicente / Localidade de São Vicente da Serra - situado na Rodovia BR 364, Km 329.

Área

Nº Vagas

Titulação Mínima

Especificações do Cargo

Agronomia (Entomologia)

01

Graduação em Engenharia Agronômica

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas às áreas de entomologia e em suas diversas vertentes. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Engenharia de Alimentos

01

Graduação em Engenharia de Alimentos.

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à operações unitárias, processos industriais, mecânica de fluídos e tecnologias: óleos e gorduras, tecnologia de abate de animais planejamento e controle da capacidade produtiva. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Filosofia

01

Licenciatura em Filosofia

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de filosofia em geral. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Informática (Análise de Sistemas e Banco de Dados)

01

Graduação na área de Informática ou Análise de Sistemas

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de análise e projeto de sistemas, banco de dados e informática em suas diversas divisões. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Informática (Produção de Mídias Digitais)

01

Graduação na área de Informática

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de informática relativo a tratamento de imagens digitais, edição de vídeos, tratamento digital de som, animação 3D, tecnologia em projeto web, manipulação de páginas dinâmicas e programação orientada a objeto. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

2.9 - Campus Avançado de Sorriso / Sorriso-MT.

Área

Nº Vagas

Titulação Mínima

Especificações do Cargo

Administração

01

Graduação em Administração

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas às áreas de administração, empreendedorismo, matemática financeira e gestão. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Alimentos

02

Graduação em Engenharia de Alimentos ou Tecnólogo em Alimentos ou Nutrição

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas às operações unitárias, processos industriais, mecânica de fluídos e tecnologias: óleos e gorduras, tecnologia de abate de animais, planejamento e controle da capacidade produtiva. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Artes

01

Licenciatura em Educação Artística

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de artes em geral, compreendendo: artes cênicas, artes gráficas, desenvolvimento artístico e outros fenômenos artísticos, históricos ou contemporâneos. Desenvolver projetos e ações na área de artes. Participar da área de ensino, pesquisa e extensão.

Biologia

01

Licenciatura em Biologia.

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área das ciências biológicas, ecologia e biodiversidade. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Educação Física

01

Licenciatura em Educação Física

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de educação física em geral. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Engenharia Florestal

01

Graduação em Engenharia Florestal

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de produção de engenharia florestal. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Filosofia

01

Licenciatura em Filosofia

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de filosofia em geral. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Física

01

Licenciatura em Física

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas a área de física. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Geografia

01

Licenciatura em Geografia

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de geografia, podendo também ministrar outras disciplinas cujos conteúdos sejam relacionados aos conhecimentos geográficos e suas diversas vertentes.

História

01

Licenciatura em História

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de história, ou outras disciplinas cujos conteúdos estejam relacionados às reflexões históricas, em suas diversas vertentes. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Informática

01

Graduação na área de Informática

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de informática, em suas diversas divisões. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão

Língua Espanhola

01

Graduação em Letras (com habilitação em Espanhol)

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de língua portuguesa e língua espanhola. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Língua Inglesa

01

Graduação em Letras (com habilitação em Inglês)

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas a área de língua portuguesa e língua inglesa. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Matemática

01

Licenciatura em Matemática

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de matemática, compreendendo matemática básica, estatística, matemática financeira, bem como outras disciplinas com fundamentos nos cálculos matemáticos. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Química

01

Licenciatura em Química

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de química, em suas diversas variações. Participar em atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Sociologia

01

Licenciatura em Ciências Sociais - Antropologia, Ciência Política e Sociologia ou Licenciatura em Sociologia.

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de ciências humanas e sociais. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

2.10 - Campus Confresa / Confresa-MT.

Área

Nº Vagas

Titulação Mínima

Especificações do Cargo

Agronomia

01

Graduação em Engenharia Agronômica

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas às áreas de topografia, desenho técnico, melhoramento vegetal, botânica, zoologia, entomologia, solos, fitotecnia, fitopatologia, climatologia, gestão de projetos, geoprocessamento, economia rural e associativismo. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Matemática

01

Licenciatura em Matemática

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de matemática, compreendendo matemática básica, estatística, matemática financeira, bem como outras disciplinas com fundamentos nos cálculos matemáticos. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Química

01

Graduação em Química ou Engenharia Química ou Química Industrial ou Farmácia

Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à química em todas as suas vertentes. Participar de atividades de ensino, pesquisa e extensão.

III - DAS VAGAS DESTINADAS A PESSOAS PORTADORAS DE DEFICIÊNCIA

3.1 Do total de vagas disponibilizadas neste Edital, 130 (cento e trinta) vagas, bem como as que vierem a ser criadas durante o prazo de validade do concurso, 5% (cinco por cento) serão providas na forma do §1º, do art. 37, do Decreto n.º 3.298/99 e do § 2º, do artigo 5º, da Lei nº 8.112/90 e suas respectivas alterações aos candidatos que se declararem pessoa portadora de deficiência.

3.2 Em observância aos ditames das legislações acima citadas, considerando-se o total de vagas abertas neste Edital, reservamos o total de 07 (sete) vagas destinadas aos portadores de deficiência em condições de exercer as atividades inerentes aos cargos, assim distribuídos:

- 02 vagas para a área de Informática no Campus Barra do Garças;

- 01 vaga para a área de Engenharia Florestal no Campus Cáceres;

- 01 vaga para a área de Matemática no Campus Parecis;

- 01 vaga para a área de Química no Campus Pontes e Lacerda;

- 01 vaga para a área de Gestão no Campus Rondonópolis;

- 01 vaga para a área de Alimentos no Campus Avançado de Sorriso.

3.3 O candidato que se declarar pessoa portadora de deficiência concorrerá em igualdade de condições com os demais candidatos.

3.4 Para concorrer às vagas destinadas às pessoas portadoras de deficiência, o candidato deverá, no ato de inscrição, optar pela vaga reservada às pessoas portadoras de deficiência.

3.4.1 O candidato, além do rito de inscrição detalhado nos itens VI e VII deste instrumento, com ou sem pedido de isenção, deverá preencher formulário constante do Anexo II - Declaração Pessoa Portadora de Deficiência, apresentar cópia simples do CPF e o original do laudo médico emitido nos últimos 12 (doze) meses, atestando a espécie e o grau ou nível de deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças (CID-10), em conformidade com o art. 39, inciso IV, do Decreto n.º 3.298/99, e entregá-los nos postos de inscrição indicados no Anexo V deste Edital.

3.4.2 O candidato que se declarar pessoa portadora de deficiência poderá requerer atendimento especial por meio de formulário constante do Anexo II - Declaração Pessoa Portadora de Deficiência, em campo específico, onde deverá indicar as condições diferenciadas de que necessita para a realização das provas, conforme determinado pelos §§ 1º e 2º, do artigo 40, do Decreto n.º 3.298/99.

3.4.3 A solicitação de atendimento especial disponibilizada no item 3.4.2, será atendida obedecendo aos critérios de viabilidade e de razoabilidade.

3.5 A relação dos candidatos que tiveram a inscrição deferida para concorrer na condição de pessoa portadora de deficiência será divulgada junto com a lista geral dos inscritos, na data prevista de 19/05/2010.

3.5.1 A análise de deferimento ou indeferimento das inscrições para os candidatos que pleiteiam a concorrer às vagas na condição de pessoa portadora de deficiência levará em condição tão-somente os documentos apresentados, ficando o candidato, caso aprovado, ainda sujeito à análise constante do item 3.9 deste Edital.

3.6 O candidato que se declarou pessoa portadora de deficiência, cujo pedido foi indeferido, concorrerá ao total de vagas da área para qual fez a opção de concurso.

3.7 No caso de indeferimento da opção a vagas destinadas às pessoas portadoras de deficiência, o candidato poderá solicitar recurso, por meio do formulário constante do Anexo III - Requerimento para Interposição de Recurso que devem ser protocolados em um dos postos de atendimento indicados no Anexo V deste Edital, nos dias 20/05/2010 e 21/05/2010, no horário das 08h às 17h.

3.8 A inobservância dos procedimentos e dos prazos previstos nos itens 3.4, 3.4.1, 3.4.2 e 3.7, implicará na perda do direito às vagas destinadas às pessoas portadoras de deficiência e também às condições de atendimento especial.

3.9 O candidato que se declarou pessoa portadora de deficiência, aprovado e nomeado, será convocado, antes do ato da posse, para a realização de perícia médica e avaliação de equipe multiprofissional, na forma do disposto no artigo 43 do Decreto n.º 3.298/99, cujo objetivo é o de apurar e identificar a qualificação do deficiente. Devendo, ainda, durante o estágio probatório, se submeter a avaliações periódicas a ser realizada pela equipe multiprofissional para fins de verificar a compatibilidade entre as atribuições do cargo e a deficiência apresentada (§2º, do art. 43, do Decreto n.º 3.298/99).

3.9.1 O candidato deverá comparecer à perícia médica, mencionada no item 3.9, munido de laudo médico, ou respectiva cópia autenticada, emitido nos últimos doze meses, contados da data de publicação deste Edital e de exames comprobatórios da deficiência apresentada, que atestem a espécie e o grau, ou nível de deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças (CID-10), conforme especificado no Decreto n.º 3.298/99.

3.10 A inobservância dos itens 3.9 e 3.9.1 ou a reprovação na perícia médica acarretará na nulidade do ato de nomeação, e consequente exclusão do candidato deste certame.

3.11 As vagas destinadas às pessoas portadoras de deficiência que não forem providas serão preenchidas pelos demais candidatos, observada a ordem geral de classificação por cargo/localidade da vaga.

IV - DO REGIME JURÍDICO, DA REMUNERAÇÃO E REGIME DE TRABALHO

4.1 Os candidatos aprovados e que venham a ser nomeados exercerão o cargo da categoria funcional de Professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico, Classe D I, Nível 1, de que trata a Lei nº 11.784/2008, do Quadro Permanente de Pessoal do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso - IFMT, sob Regime Jurídico da Lei nº 8.112/90, alterado pela Lei nº 9.527/97, e legislação complementar.

4.2 A remuneração inicial dos cargos docentes, Classe D I, Nível 1, segundo disposto na Lei nº 11.784, de 22 de setembro de 2008, é definida como segue:

Nível de Titulação

Regime 40 horas (R$) *

Regime Dedicação Exclusiva (R$)*

Graduação

2.124,20

2.757,64

Aperfeiçoamento

2.178,45

2.847,07

Especialização

2.206,29

3.077,28

Mestrado

2.551,34

4.094,25

Doutorado

3.542,75

6.055,01

* Vencimento Básico + Gratificação Específica de Atividade Docente do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico + Retribuição por titulação.

4.2.1 A carreira do magistério do ensino básico, técnico e tecnológico poderá sofrer alterações legislativas no decorrer da validade deste concurso, e possíveis alterações na remuneração inicial, de maneira que prevalecerá a legislação vigente à época da posse do candidato aprovado.

4.3 A remuneração poderá ser acrescida de Auxílio Alimentação, Auxilio Transporte (de acordo com a localidade onde o candidato desempenhará suas atividades) e Auxílio Pré-Escolar.

4.4 O regime de trabalho será de 40h (quarenta horas) semanais, na forma do artigo 112, inciso II, da Lei nº 11.784, de 22 de setembro de 2008, podendo solicitar a opção pelo Regime de Dedicação Exclusiva, prevista no inciso III do mesmo dispositivo, observados os normativos internos do IFMT, podendo ser deferida ou indeferida, no interesse da administração pública.

V - DOS REQUISITOS BÁSICOS PARA INVESTIDURA NO CARGO

5.1 O candidato aprovado e classificado no concurso público de que trata este edital será investido no cargo, se atendidas as exigências a seguir:

a. Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, em caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo de direitos políticos, nos termos do § 1.º do art. 12 da Constituição da República;

b. Gozar dos direitos políticos;

c. Estar quite com as obrigações eleitorais;

d. Estar quite com as obrigações do Serviço Militar, para os candidatos do sexo masculino;

e. Ter idade mínima de 18 (dezoito) anos completos na data da posse;

f. Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo, comprovada por junta médica;

g. Apresentar, na data da posse, os requisitos exigidos para o cargo/área, conforme estabelecido no item II deste edital;

h. Apresentar declaração de bens e valores que constituam o seu patrimônio, com dados atualizados até a data da posse e;

i. Providenciar, a suas expensas, os exames laboratoriais e complementares necessários a realização do exame médico a que será submetido (a relação desses exames será fornecida por ocasião da divulgação do resultado final do concurso público).

5.2 Somente serão aceitos diplomas de Graduação e Pós-Graduação reconhecidos pelo MEC.

5.2.1 Os diplomas obtidos em instituição estrangeira somente serão aceitos se já tiverem sido devidamente revalidados no Brasil, por órgão competente.

5.3 A não-apresentação dos documentos exigidos no item 5.1 e 5.2 implicará na exclusão do candidato aprovado do certame, anulando-se os respectivos atos e, consequentemente, seus efeitos.

VI - DAS INSCRIÇÕES E DA CONFIRMAÇÃO DAS INSCRIÇÕES

6.1 As inscrições serão realizadas no período de 30/04/2010 a 13/05/2010, única e exclusivamente por meio eletrônico, através do sítio eletrônico do IFMT: www.ifmt.edu.br, link "Concurso Público". E somente serão efetivadas após a confirmação do recolhimento da taxa de inscrição, por meio do boleto bancário emitido no ato da inscrição, ou do deferimento da solicitação de isenção de taxa.

6.2 Serão disponibilizados computadores nos postos de inscrição indicados no Anexo V para fins exclusivos de realização da inscrição neste Concurso Público.

6.3 São Procedimentos para inscrição:

6.3.1 O candidato deverá localizar por meio da internet, no sítio eletrônico www.ifmt.edu.br, o link "Concurso Público", e acioná-lo para ter acesso ao "Formulário de Inscrição".

6.3.2 Ler atentamente todas as normas e procedimentos do Concurso Público, constantes neste Edital, disponível no sítio eletrônico www.ifmt.edu.br, link "Concurso Público".

6.3.3 Preencher o "Formulário de Inscrição" corretamente, informando número de identidade, expedido por órgão oficial e o número do CPF, telefone, endereço, e demais dados requisitados no "Formulário de Inscrição", devendo, inclusive, indicar o cargo e o campus para o qual concorrerá a vaga.

6.3.4 Conferir todos os dados e informações descritos no "Formulário de Inscrição", antes de confirmar a inscrição.

6.3.5 Imprimir o boleto bancário para o pagamento da taxa.

6.3.6 Efetuar o pagamento da taxa de inscrição, preferencialmente em agências bancárias do Banco do Brasil, através do boleto bancário emitido no momento da inscrição, no valor de R$ 80,00 (oitenta reais).

6.3.7 O valor indicado no item 6.3.6 poderá ser recolhido via boleto bancário até o dia 14/05/2010, no horário de expediente bancário.

6.3.8 Não serão aceitos, em hipótese alguma, recolhimentos de taxa de inscrição efetuados pelas seguintes opções:

a. agendamento de pagamento de título de cobrança;

b. pagamento de conta por envelope;

c. transferência eletrônica;

d. DOC ou DOC eletrônico;

e. ordem de pagamento e depósito comum em conta corrente; e

f. qualquer outro meio diverso do disposto do item 6.3.7;

6.4 O simples preenchimento do "Formulário de Inscrição" não garante que o candidato esteja inscrito e apto a realizar as provas. É necessário o pagamento da taxa até a data do seu vencimento ou que esteja incluso na condição de isento, para que o candidato tenha confirmada a sua inscrição no concurso.

6.5 O candidato deverá observar atentamente o Edital, visto que em hipótese alguma haverá devolução dos valores referentes ao pagamento da inscrição.

6.6 A efetivação da inscrição implica a aceitação tácita das condições fixadas para a realização do concurso, não podendo o candidato, portanto, sob hipótese alguma, alegar desconhecimento das normas estabelecidas no presente Edital.

6.7 Serão de responsabilidade exclusiva do candidato os dados cadastrais informados no ato de sua inscrição.

6.8 Não serão aceitas inscrições via postal, fac-símile, via telefone, condicionais, extemporâneas ou de qualquer forma distinta do que está estabelecida neste Edital.

6.9 A confirmação da inscrição será divulgada no dia 19/05/2010, através do sítio eletrônico www.ifmt.edu.br, link "Concurso Público".

6.10 No caso de erro no preenchimento do formulário de inscrição, no quesito de dados do candidato ou ausência do nome do candidato na lista de confirmação, o candidato poderá recorrer junto ao IFMT - Comissão Organizadora do Concurso Público, por meio do formulário constante do Anexo III - Requerimento para Interposição de Recursos, devidamente preenchido e com a descrição do erro ou ausência de dados, devendo ser protocolado em dos postos de inscrição indicados no Anexo V nos dias 20/05/2010 e 21/05/2010, no horário das 08h às 17h.

6.10.1 O "Requerimento para Interposição de Recurso" devidamente fundamentado, deverá estar acompanhado da cópia do comprovante de inscrição, cópia de documentos pessoais, e, se não for o caso de isenção, comprovante de pagamento da taxa de inscrição.

6.10.2 O resultado da interposição do recurso será disponibilizada no sítio eletrônico do IFMT, na data de 24/05/2010.

6.10.3 A lista definitiva das inscrições do Concurso Público, com indicação dos locais de realização das Provas Objetivas, será divulgada no sítio eletrônico www.ifmt.edu.br, link "Concurso Público", na data de 25/05/2010.

6.11 A qualquer tempo poder-se-á anular a inscrição, as provas, a nomeação e a posse do candidato, desde que constatada falsidade em qualquer declaração e/ou qualquer irregularidade nos documentos apresentados.

6.12 A candidata que tiver necessidade de amamentar durante a realização das provas deverá levar um acompanhante, que ficará em sala reservada, sendo este o responsável pela guarda da criança.

6.12.1 A candidata que não levar um acompanhante, nas condições do item 6.12, não será permitida a realização das provas.

6.12.2 A solicitação de condições especiais será atendida obedecendo aos critérios de viabilidade e de razoabilidade.

VII - DA ISENÇÃO DO PAGAMENTO DA TAXA DE INSCRIÇÃO

7.1 Estará isento do pagamento da taxa de inscrição o candidato que:

7.1.2 Estiver inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CADÚnico) de que trata o Decreto n.º 6.135/2007.

7.1.3 For membro de família de baixa renda, nos termos do Decreto n.º 6.135/2007.

7.1.4 A isenção mencionada deverá ser solicitada por meio de requerimento do candidato, devidamente preenchido, através do formulário constante do Anexo I - Requerimento de Isenção de Pagamento da Taxa de Inscrição, onde o candidato deverá indicar o Número de Identificação Social (NIS) junto ao CADÚnico e anexar documento comprobatório de inscrição no mesmo.

7.1.5 Para o caso de ser membro de família de baixa renda, o candidato deve assinalar a opção junto ao formulário constante do Anexo I - Requerimento de Isenção de Pagamento da Taxa de Inscrição, atendendo ao disposto no Decreto n.º 6.593/2008 e Decreto n.º 6.135/2007.

7.1.6 Os Requerimentos de Isenção de Pagamento da Taxa de Inscrição poderá ser protocolado nos postos de atendimento indicados no Anexo V, durante o período de 30/04/2010 a 06/05/2010.

7.2 A Comissão Organizadora do Concurso Público do IFMT analisará cada pedido de isenção, podendo consultar o órgão gestor do CADÚnico para verificar a veracidade das informações prestadas pelo candidato.

7.3 As informações prestadas no requerimento de isenção são de inteira responsabilidade do candidato, podendo este responder, a qualquer momento, por crime contra a fé pública, o que acarretará sua eliminação do concurso, aplicando-se ainda, o disposto no parágrafo único do artigo 10, do Decreto nº 83.936/1979.

7.4 Não será concedida isenção de pagamento de taxa de inscrição ao candidato que:

a. Omitir informações e/ou torná-las inverídicas;

b. fraudar e/ou falsificar documentação;

c. não observar os horários e os prazos estabelecidos neste Edital.

7.5 A relação dos pedidos de isenção deferidos será divulgada no sítio eletrônico do IFMT, link "Concurso Público", na data de 09/05/2010.

7.5.1 Caberá recurso do indeferimento do pedido de isenção e este deverá ser protocolado em um dos postos de inscrição indicados no Anexo V nos dias 10/05/2010 e 11/05/2010.

7.5.2 A decisão dos recursos de que trata o item 7.5.1 será divulgada no sítio eletrônico www.ifmt.edu.br, link Concurso Público, na data de12/05/2010.

7.6 Os candidatos que tiverem seus requerimentos de isenção indeferidos deverão efetuar o pagamento da taxa de inscrição, via boleto bancário emitido no ato da inscrição, até a data de 14/05/2010.

7.7 O candidato que tiver seu requerimento de isenção indeferido e que não efetuar o pagamento da taxa de inscrição, via boleto bancário emitido no ato da inscrição, até a data de vencimento, estará automaticamente excluído deste Concurso Público.

III - DA PROVA OBJETIVA

8.1 A prova objetiva ocorrerá na data de 30/05/2010 e terá a duração de 04 (quatro) horas, com início às 08h00 e término às 12h00 do dia da prova, em horário oficial de Mato Grosso, sendo que a confirmação da data e dos horários exatos, bem como dos locais de realização das provas serão divulgados no sítio eletrônico www.ifmt.edu.br, link "Concurso Público", na data de 25/05/2010.

8.1.1 Os portões dos estabelecimentos dos locais de realização da Prova Objetiva serão abertos às 07h00 para a entrada dos candidatos e fechados às 08h00. Não será permita a entrada de candidatos após o fechamento dos portões.

8.2 A Prova Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, será composta de 40 (quarenta) questões, cada uma com opções (A, B, C, D e E) de múltipla escolha, sendo que apenas uma das opções corresponde a resposta correta.

8.3 As questões serão divididas da seguinte forma: 20 (vinte) questões específicas da área, 05 (cinco) de conhecimentos didáticos, 10 (dez) questões de Língua Portuguesa e 05 (cinco) questões de Legislação Federal. O conteúdo programático das avaliações aparecem relacionadas no anexo VI deste Edital.

8.3.1 A Prova Objetiva terá um valor total de 100 (cem) pontos, sendo que cada questão terá o valor de 2,5 (dois vírgula cinco) pontos.

8.3.2 Será eliminado do Concurso Público o candidato que obtiver pontuação inferior a 50% (cinquenta por cento) do total de pontos da Prova Objetiva.

8.4 O candidato deverá assinalar uma única alternativa como resposta, de acordo com o comando da questão.

8.5 O candidato deverá transcrever as respostas da Prova Objetiva para o Cartão de Respostas, que será o único documento válido para a correção da Prova Objetiva.

8.6 O preenchimento do Cartão de Respostas será de inteira responsabilidade do candidato, que deverá proceder em conformidade com as instruções específicas contidas neste Edital, no caderno de provas ou no próprio Cartão de Respostas.

8.7 Em hipótese alguma haverá substituição do Cartão de Respostas por erro do candidato e serão de inteira responsabilidade do candidato os prejuízos advindos do preenchimento indevido do Cartão de Respostas.

8.8 Serão consideradas marcações indevidas aquelas que estiverem em desacordo com este Edital ou com as instruções do caderno de provas e do Cartão de Respostas.

8.9 O candidato não poderá amassar, molhar, dobrar, manchar ou, de qualquer modo, danificar o Cartão de Respostas, sob pena de arcar com prejuízos advindos da impossibilidade de realização de leitura digital.

8.10 O candidato é responsável pela conferência de seus dados pessoais constantes no Cartão de Respostas, em especial seu nome, número de inscrição, o número de documento de identidade, bem como o cargo para o qual se inscreveu.

8.11 Não será permitido que as marcações no Cartão de Respostas sejam feitas por outras pessoas, salvo em caso do candidato que tenha solicitado atendimento diferenciado para este fim. Nesse caso, se necessário, o candidato será acompanhado por agente designado pela Comissão Organizadora do Concurso Público do IFMT para tal finalidade.

8.12 Ao terminar a Prova Objetiva, o candidato deverá, obrigatoriamente, entregar ao fiscal seu Cartão de Respostas assinado no local indicado. O candidato só poderá levar o seu Caderno de Prova após transcorridos três horas e meia de prova.

8.13 A legislação com entrada em vigor após a data de publicação do Edital, bem como as alterações em dispositivos legais e normativos a ele posteriores, constantes ou não do conteúdo programático, não serão objeto de avaliação.

IX - DAS CONDIÇÕES DE REALIZAÇÃO DA PROVA OBJETIVA

9.1 É de responsabilidade exclusiva do candidato a identificação correta de seu local de realização da Prova Objetiva, bem como o horário de início e término da mesma.

9.2 O candidato deverá comparecer ao local designado para a realização das Provas com antecedência mínima de uma hora do horário fixado para o seu início, munido de: caneta esferográfica de tinta preta ou azul, fabricada em material transparente, do comprovante de inscrição e da cédula de identidade original ou outro documento oficial que contenha fotografia (Carteira Nacional de Habilitação com foto, Carteira de Trabalho e Previdência Social ou Carteira do Conselho de Classe).

9.3 O candidato deverá, após a abertura dos portões, dirigir-se a sala na qual realizará a prova, apresentar comprovante de inscrição e documento de identidade (vide item 9.2), assinar a lista de presença e aguardar, no interior da sala, o horário exato de início da Prova.

9.4 Não será admitido ingresso de candidato na sala de execução da Prova Objetiva após o seu início.

9.5 A inviolabilidade das provas será comprovada no momento do rompimento do lacre dos envelopes das provas na presença dos candidatos.

9.6 O candidato deverá permanecer, obrigatoriamente, na sala de realização das provas por, no mínimo, 01 (uma) hora após o início das provas.

9.7 O candidato que por qualquer motivo se retirar do estabelecimento de realização das provas antes do tempo mínimo estabelecido no subitem anterior será considerado desistente do concurso.

9.8 A inobservância do disposto nos subitens 9.6 e 9.7 acarretará a não-correção das provas e, consequentemente, a eliminação do candidato no concurso público.

9.9 O candidato que se retirar do estabelecimento de realização das provas não poderá retornar em hipótese alguma.

9.10 O candidato somente poderá retirar-se da sala de realização das provas levando o caderno de provas no decurso dos últimos trinta minutos anteriores ao horário determinado para o término destas.

9.11 Não haverá, por qualquer motivo, prorrogação do tempo previsto para a aplicação das provas em razão do afastamento de candidato da sala de realização de Provas.

9.12 Os 03 (três) últimos candidatos deverão permanecer na sala de realização das provas e somente poderão sair juntos do recinto após assinar a Ata de Aplicação de provas da respectiva sala.

9.12.1 Não poderá permanecer no estabelecimento de aplicação das provas o candidato que já tiver terminado e entregue a Prova Objetiva, salvo os últimos 03 (três) candidatos.

9.13 Não haverá segunda chamada para a realização das provas. O não-comparecimento implicará a eliminação automática do candidato.

9.14 Não será permitida, durante a realização das provas, a comunicação entre os candidatos nem a utilização de máquinas calculadoras e/ou similares, livros, anotações, réguas de cálculo, impressos ou qualquer outro material de consulta, inclusive códigos e/ou legislação.

9.15 Não será permitida a entrada de candidatos no ambiente de Provas portando quaisquer tipos de armas.

9.16 Terá sua Prova anulada e será automaticamente eliminado do concurso público o candidato que, durante a sua realização:

A - For surpreendido se comunicando com outro candidato, dando ou recebendo auxílio para a execução das Provas ou portando armas no local de realização de provas;

B - Utilizar-se de máquinas calculadoras e/ou similares, livros, anotações, réguas de cálculo, impressos ou qualquer outro material de consulta, inclusive códigos e/ou legislação;

C - For surpreendido no estabelecimento de realização das provas portando aparelhos eletrônicos, tais como bip, telefone celular, walkman, agenda eletrônica, relógio, notebook, palmtop, receptor, gravador, aparelhos de mp3 e/ou mp4 ou similares, máquina de calcular, máquina fotográfica, óculos escuros ou quaisquer acessórios de chapelaria, tais como chapéu, boné, gorro, ou similares;

D - Faltar com o devido respeito para com qualquer membro da equipe de aplicação das provas, com as autoridades presentes ou com os demais candidatos;

E - Fizer anotação de informações relativas às suas respostas por qualquer meio; recusar-se a entregar o material das provas ao término do tempo destinado para a sua realização;

F - Afastar-se da sala, a qualquer tempo, sem o acompanhamento de fiscal;

G - Ausentar-se da sala, a qualquer tempo, portando o cartão de respostas;

H - Perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos, incorrendo em comportamento indevido;

I - Utilizar ou tentar utilizar meios fraudulentos ou ilegais para obter aprovação própria ou de terceiros;

J - Não permitir a coleta de sua assinatura e/ou de sua impressão digital; ou

K - Não assinar o cartão de resposta da Prova Objetiva;

9.17 No dia de realização das Provas, não serão fornecidas, por qualquer membro da Comissão de Concurso Público do IFMT, informações referentes ao seu conteúdo e/ou aos critérios de avaliação e de classificação.

9.18 Se no local de aplicação das Provas, for constatado, por meio eletrônico, estatístico, visual, grafológico ou por investigação policial, ter o candidato se utilizado de processo ilícito, sua prova será anulada e ele será automaticamente eliminado.

9.19 O gabarito preliminar da Prova Objetiva será divulgado na data de 30/05/2010 sítio eletrônico www.ifmt.edu.br, link "Concurso Público".

9.20 Os candidatos poderão interpor recurso ao gabarito preliminar da Prova Objetiva nos dias 31/05/2010 e 01/06/2010, em um dos postos de inscrição indicados no Anexo V deste Edital, no horário das 08h às 17h.

9.21 Após a análise dos recursos, o gabarito oficial da Prova Objetiva será divulgado na data de 05/06/2010.

9.22 A classificação geral da Prova Objetiva de todos os candidatos, bem como a relação dos candidatos classificados para a Prova Didática serão divulgados no dia 06/06/2010, no endereço eletrônico www.ifmt.edu.br, no link "Concurso Público".

X - DA PROVA DIDÁTICA

10.1 A Prova Didática será realizada na cidade de Cuiabá/MT, no período de 11/06/2010 a 16/06/2010.

10.2 Somente serão convocados para a Prova Didática os candidatos classificados até o limite de candidatos, em ordem decrescente, pela equação a seguir, item 10.2.1, por área e por campus, devendo ser incluídos aqueles empatados com nota igual ao último classificado, para efeito do limite estabelecido.

10.2.1 O número de convocados para a Prova Didática obedecerá a seguinte regra: havendo uma vaga oferecida para a área/campus serão convocados os 06 (seis) primeiros colocados; havendo duas vagas oferecidas para a área/campus, serão convocados os 10 (dez) primeiros colocados; havendo três vagas oferecidas para a área/campus, serão convocados os 15 (quinze) primeiros colocados; havendo 04 (quatro) vagas oferecidas para a área/campus, serão convocados os 19 (dezenove) primeiros colocados; havendo 05 (cinco) vagas oferecidas para a área/campus serão convocados os 23 (vinte e três) primeiros colocados.

10.3 O sorteio do ponto para a Prova Didática será realizado na Quadra de Esportes do Campus Cuiabá, na data de 08/06/2010, às 09 horas, sito a Rua Zulmira Canavarros, nº 95, Centro - Cuiabá/MT.

10.4 O sorteio do ponto para a Prova Didática é evento público, podendo os candidatos assistir ao mesmo.

10.5 O cronograma de realização da Prova Didática, por candidato, será divulgado no dia 08/06/2010, no sítio eletrônico www.ifmt.edu.br, link "Concurso Público".

10.6 É de exclusiva responsabilidade do candidato a identificação correta da data, do local e do horário estabelecidos para a Prova Didática.

10.7 A Prova Didática (aula) será pública, limitada a capacidade de espaço do local, com duração de 45 (quarenta e cinco) minutos sobre o tema sorteado do programa para os candidatos do Campus e da área de conhecimento, podendo a banca examinadora questionar ao candidato ao final da Prova Didática.

10.8 A Prova Didática será gravada em áudio e vídeo, para efeito de registro e avaliação.

10.8.1 Na hipótese de não funcionamento do equipamento de captura de imagens e sons, verificado antes de cada prova, o supervisor membro da Comissão Organizadora do Concurso Público solicitará à equipe de filmagem equipamento reserva, seguindo os procedimentos normais. Caso o não funcionamento aconteça durante a prova, o supervisor verificará o tempo transcorrido sem a respectiva gravação e, providenciando equipamento reserva, reiniciará a prova, devolvendo-se ao candidato o tempo em questão.

10.9 A Prova Didática não poderá ser assistida pelos demais candidatos.

10.10 Os espectadores não poderão se manifestar durante toda a Prova Didática. Nem tampouco realizar anotações. Somente a banca examinadora poderá questionar o candidato após a conclusão de sua apresentação.

10.10.1 Aos espectadores não será admitida a entrada e saída do recinto até o fim da prova do candidato, nem tampouco poderão trocar de assento.

10.10.2 Não será admitida manifestação de qualquer natureza durante o transcurso da prova, quer verbal, gestual ou que possa importar prejuízo ou vantagem ao candidato que esteja fazendo a prova.

10.10.3 Toda e qualquer conduta que se mostre incompatível com o transcurso da prova levará à retirada do infrator do recinto, assegurando ao candidato a devolução do tempo transcorrido entre o início da perturbação e a retirada do espectador.

10.11 A Prova Didática será avaliada por uma Banca Examinadora composta por três avaliadores.

10.12 A Banca Examinadora não se manifestará no decorrer da prova, não interrompendo o candidato, podendo questioná-lo ao final da aula. Deverá, no entanto, avisá-lo sobre o tempo de que ainda dispõe, quando faltarem 10 (dez) minutos para o término da aula.

10.13 A Prova Didática será avaliada na escala de 0,0 (zero) a 100 (cem) pontos, sendo eliminado deste Concurso Público o candidato que obtiver pontuação inferior a 50 (cinquenta) pontos, conforme critérios de avaliação da Prova Didática constante do Anexo IV deste Edital.

10.14 Após a aula de cada candidato, as cédulas dos três avaliadores da Banca Examinadora serão colocadas em envelope lacrado, o qual será encaminhado à Comissão Organizadora do Concurso Público do IFMT.

10.15 Ao início da Prova Didática o candidato deverá entregar, à Comissão Examinadora, em 3 (três) vias, o Plano de aula, contendo, no mínimo, as seguintes informações, Ementa (Ponto Sorteado); Título da aula; Público à qual se destinaria; Objetivos; Metodologia empregada; Forma de avaliação; e Referências Bibliográficas.

10.16 Para a Prova Didática, o IFMT disponibilizará, apenas, Giz ou Pincel Atômico de cor azul ou preta e Quadro negro ou branco. Quaisquer outros equipamentos deverão ser providenciados pelo candidato, que será o único responsável por sua segurança, bem como por sua instalação e desinstalação.

10.16.1 Não será permitida a utilização de equipamentos institucionais.

10.17 Caso o candidato queira utilizar de equipamentos próprios, deverá utilizar o tempo máximo de 10 minutos para instalação e 10 minutos para desinstalação dos equipamentos, não devendo, sob hipótese alguma, atrasar o andamento geral da Prova.

10.18 Será considerado reprovado na Prova Didática, sendo eliminado do Concurso Público, o candidato que: não obtiver nota igual ou superior a 50 pontos; não comparecer à Prova Didática ou faltar com o respeito com a Banca Examinadora.

10.19 A Relação preliminar da pontuação na Prova Didática, será divulgada no dia 17/06/2010.

10.20 O candidato poderá interpor recurso sobre o resultado da Prova Didática nos dias 18/06/2010 e 21/06/2010, no horário das 8h às 17h, junto à Comissão Organizadora do Concurso Público do IFMT, no Protocolo do Campus Cuiabá.

10.21 Os resultados dos recursos, bem como a relação de classificados para a Prova de Títulos, serão divulgados no dia 17/06/2010, no sítio eletrônico www.ifmt.edu.br, link "Concurso Público".

XI- DA PROVA DE TÍTULOS

11.1 Somente se submeterão à Prova de Títulos os candidatos com obtiverem pelos menos 50 (cinquenta) pontos na Prova Didática.

11.2 Todos os candidatos convocados para a Prova Didática deverão entregar à Comissão Organizadora do Concurso Público, no local e data no qual o candidato convocado for realizar a Prova Didática, um envelope lacrado contendo: Currículo Lattes, Relação de Títulos/Documentos, conforme Anexo VII deste Edital e cópias autenticadas dos mesmos.

11.3 Sob Hipótese alguma serão aceitos ou analisados os títulos não autenticados.

11.4 Sob Hipótese alguma serão recebidos títulos de modo diverso do disposto no item 11.2.

11.5 A Avaliação de Títulos terá pontuação máxima de 100 (cem) pontos, sendo desconsiderada a pontuação excedente a esse valor, obtidos pela soma dos Sub-totais de cada grupo de atividades, conforme a formula a seguir:

11.5.1 Prova de Títulos = Grupo 1 (Títulos Acadêmicos) + Grupo 2 (Atividades de Ensino)+ Grupo 3 (Atividades Técnico-científicas).

11.6 Os títulos, referente ao Grupo 1, apresentados serão considerados uma única vez, mesmo que o candidato tenha formação múltipla.

11.7 Serão considerados títulos, para fins de Avaliação de Títulos do presente Concurso Público, os seguintes:

11.7.1 GRUPO 1 - Títulos Acadêmicos (Valor máximo de 50 pontos)

11.7.1.1 O (as) títulos/atividades não serão computados (as) mais de uma vez. Para os detentores de Títulos de Pós-graduação em diversos níveis, só será considerado o de maior nível, como se segue:

Especificação das Atividades

Pontuação Máxima

A - Doutorado na área específica ou Livre-docência na área.

45,0 (quarenta e cinco) pontos.

B - Doutorado em outra área.

35,0 (trinta e cinco) pontos.

C - Mestrado na área específica.

30,0 (trinta) pontos.

D - Mestrado em outra área.

25,0 (vinte e cinco) pontos.

E - Especialização (mínimo 360 horas) na área específica ou na área de Educação.

15,0 (quinze) pontos.

F - Especialização (mínimo 360 horas).

10,0 (dez) pontos.

G - Aperfeiçoamento (mínimo 180 horas) na área específica ou na área de Educação.

3,0 (três) pontos.

H - Curso de atualização nos últimos 3 anos (treinamento/reciclagem com duração mínima de 50 horas).

1,0 (um) ponto.

- Aprovação em Concurso Público na área específica ou na área de Educação

1,0 (um) ponto.

J - Pesquisa ou estágio que não seja objeto de estudos nas teses de doutorado / mestrado / especialização, atestado por órgão oficial.

1,0 (um) ponto.

K - Bolsa de estudo e de pesquisa conferidas por instituições de formação de recursos humanos e fomento à pesquisa, bem como de intercâmbio cultural.

1,0 (um) ponto.

L - Bolsa oficial de iniciação científica.

1,0 (um) ponto.

Sub - total 1

50,0 (cinquenta) pontos.

11.7.1.2 Somente serão considerados os títulos reconhecidos conforme legislação vigente.

11.7.2 GRUPO 2 - Atividades de ensino (Valor máximo de 30 pontos)

11.7.2.1 As atividades docentes serão avaliadas, conforme segue:

Especificação das Atividades

Pontuação Máxima

A - Experiência de Ensino - 1 ponto por ano completo (contar 1 ano por fração superior a 6 meses).

10,0 (dez) pontos.

B - Experiência profissional na área específica da vaga (1 ponto por ano).

10,0 (dez) pontos.

C - Orientação de trabalhos acadêmicos:

- Iniciação científica (1 ponto para cada 4 projetos - máximo 2 pontos).

- Pós-graduação (1 ponto para cada 2 projetos - máximo 3 pontos).

5,0 (cinco) pontos.

D - Experiência em cargo de direção em Instituição de Ensino (1 ponto para cada 2 anos).

5,0 (cinco) pontos.

Sub - total 2

30,0 (trinta) pontos.

11.7.2.2 Não contará como experiência profissional (item B) a experiência docente.

11.7.3 GRUPO 3 - Atividades Técnico-científicas (Valor máximo de 20 pontos)

11.7.3.1 As atividades Técnico-científicas serão avaliadas, conforme segue:

Especificação das Atividades

Pontuação Máxima

A - Trabalho Técnico-científico publicado na área específica em periódico classificado no QUALIS A1, A2, B1 ou B2 (2 pontos por trabalho).

6,0 (seis) pontos.

B - Trabalho Técnico-científico publicado na área específica (1 ponto para cada 2 trabalhos).

4,0 (quatro) pontos.

C - Trabalho Técnico-científico, na área específica, realizado com apresentação de relatório final (1 ponto para cada 2 trabalhos).

4,0 (quatro) pontos

D - Realização de conferências e palestras (1 ponto para cada 2 trabalhos).

1,0 (um) ponto.

E - Registro de patente.

5,0 (cinco) pontos.

Sub - total 3

20,0 (vinte) pontos.

11.7.3.2 Os trabalhos referentes aos itens A e B somente serão válidos se publicados a partir de 2005. Será necessária a comprovação dessas publicações.

11.8 As fotocópias entregues não serão devolvidas em hipótese alguma.

11.9 Em relação aos comprovantes de conclusão de curso de pós-graduação Stricto Sensu, somente serão aceitos diplomas devidamente registrados, ou atestado de conclusão, caso a defesa tenha ocorrido a menos de 01 ano, acompanhado de ata de defesa de dissertação ou tese, expedidos por instituição reconhecida pelo MEC; No que se refere aos comprovantes de conclusão de curso de pós-graduação Lato Sensu, somente serão aceitos certificados de conclusão de curso de especialização, acompanhados do histórico escolar, fornecidos por instituição reconhecida pelo MEC.

11.10 Para cursos realizados no exterior serão aceitos para comprovação apenas o diploma, desde que convalidado por instituição de ensino superior no Brasil, atendida a legislação nacional aplicável.

11.11 Todo documento expedido em língua estrangeira somente será considerado quando traduzido para a Língua Portuguesa por tradutor juramentado e atendida a legislação nacional aplicável.

11.12 Não serão aceitos como comprovantes de conclusão de curso apenas históricos escolares ou qualquer outro documento que não permita a comprovação da conclusão de curso.

11.13 O resultado da Prova de Títulos será divulgado no dia 17/06/2010, no endereço eletrônico www.ifmt.edu.br, no link "Concurso Público".

11.14 Os candidatos poderão interpor recursos, ao Resultado da Prova de Títulos, nos dias 18/06/2010 e 21/06/2010, das 08h às 17h, no Protocolo do Campus Cuiabá, endereçado à Comissão Organizadora do Concurso Público.

11.17 A Classificação Oficial da Prova de Títulos, após a análise de recursos, será divulgada no dia 25/06/2010, no sítio eletrônico www.ifmt.edu.br, link „Concurso Público".

12 - DA HABILITAÇÃO E DA CLASSIFICAÇÃO

12.1 Terminadas as provas e os exames dos títulos, a Comissão de Concurso Publico do IFMT procederá a apuração das notas para habilitação e classificação dos candidatos.

12.1.1 O Resultado final dos candidatos aprovados e classificados neste concurso público será publicado no dia 28/06/2010.

12.2 Será considerado habilitado o candidato que obtiver a média igual ou superior a 60 (sessenta) pontos após a divisão das três notas obtidas pelo candidato (Prova Objetiva + Prova Didática + Prova de Títulos / 3).

12.3 No caso de empate será classificado o candidato com idade mais elevada, acima de 60 (sessenta) anos, conforme estabelece o art. 27, parágrafo único, da Lei nº 10.741, de 1º de outubro de 2003. Não sendo o candidato beneficiado pela Lei nº 10.741/2003, permanecendo o empate, será indicado o candidato com maior nota na Prova Didática. Havendo ainda permanência de empate, será indicado o candidato com maior nota na Prova Objetiva e, por último, o candidato com idade mais elevada, com menos de 60 (sessenta) anos.

12.4 Os candidatos não classificados no número máximo de aprovados de que trata o Anexo II (Decreto nº 6.944/2009), ainda que tenham atingido nota mínima, estarão automaticamente reprovados no concurso público.

12.5 Nenhum dos candidatos empatados na última classificação de aprovados serão considerados reprovados nos termos do artigo 16 do Decreto nº 6.944/2009.

12.6 A homologação do resultado será publicada no Diário Oficial da União de acordo com o Anexo II do Decreto nº 6.944/2009, por ordem de classificação, e também no sítio eletrônico www.ifmt.edu.br, link " Concurso Público".

12.7 O candidato aprovado será convocado para nomeação, rigorosamente de acordo com a classificação obtida, considerando-se as vagas existentes ou que venham a existir para a área e Campus a que concorreu, no Quadro Permanente do IFMT.

12.8 No exclusivo interesse da Administração Federal e com a anuência do candidato habilitado, este poderá ser nomeado para lotação em outro Campus do IFMT diferente daquele para o qual fez a inscrição, ou para aproveitamento em outra Instituição Federal de Ensino.

12.9 No caso de abertura de vagas em Campus em que não haja candidatos aprovados e/ou classificados, poderão ser convocados os candidatos aprovados para a mesma área, seguindo a ordem de classificação geral do concurso.

12.10 O candidato classificado será convocado para nomeação por Edital, através do sítio eletrônico www.ifmt.edu.br, no link "Concurso Público", e também correspondência direta para o endereço constante no formulário de Inscrição, obrigando-se a declarar, por escrito, se aceita ou não o cargo.

12.11 O não pronunciamento do convocado no prazo de 05 (cinco) dias úteis, contados a partir do recebimento da convocação, permitirá ao IFMT convocar o próximo candidato classificado.

12.12 Para fins de possível convocação, o candidato aprovado ou classificado será responsável pela correção e atualização de endereço e telefones, durante a vigência do Concurso Público.

12.13 Os documentos que comprovem os requisitos básicos para investidura no cargo, elencados no item 5 deste Edital, serão exigidos por ocasião do provimento das vagas, no ato da posse, de acordo com o que dispõe o artigo 5º, incisos I a VI e parágrafo 1º do mesmo artigo, da Lei nº. 8.112, de 11 de dezembro de 1990, e suas alterações.

13 - DAS CONSIDERAÇÕES FINAIS

13.1 A inscrição do candidato implicará a aceitação das normas para o Concurso Público contidas nos comunicados, neste Edital e em outros a serem publicados.

13.2 É de inteira responsabilidade do candidato acompanhar todos os Editais Complementares e divulgações referentes a este concurso público que sejam publicados no endereço eletrônico www.ifmt.edu.br, link "Concurso Público".

13.3 Não serão dadas, por telefone, informações a respeito de datas, locais e horários de realização das provas. O candidato deverá observar rigorosamente os Editais Complementares a serem divulgados.

13.4 As despesas decorrentes da participação em quaisquer fases ou procedimentos relativos à participação no concurso de que trata este Edital e, se for o caso, à posse e ao exercício correm por conta dos candidatos.

13.5 O resultado final do concurso será homologado pelo Reitor Pró Tempore do IFMT, publicado no Diário Oficial da União e divulgado no endereço eletrônico www.ifmt.edu.br, link "Concurso Público".

13.6 O prazo de validade do concurso será de 01 (um) ano, contado a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

13.7 O candidato deverá manter atualizado seu endereço junto ao IFMT. São de exclusiva responsabilidade do candidato os prejuízos advindos da não atualização de seu endereço.

13.8 A aprovação e classificação do candidato constituem mera expectativa de direito à nomeação, ficando este ato condicionado à rigorosa observância da ordem classificatória, ao prazo de validade do concurso, ao interesse e conveniência do IFMT e demais disposições legais.

13.9 A inscrição no concurso público implica desde logo o conhecimento e tática aceitação das condições estabelecidas no inteiro teor deste Edital, não podendo o candidato alegar o seu desconhecimento.

13.10 Durante o estágio probatório, não será deferida remoção para outro Campus ou Redistribuição, salvo no exclusivo interesse do IFMT e mediante autorização do Reitor.

13.11 Ao tomar posse, o servidor nomeado para o cargo de provimento efetivo ficará sujeito a estágio probatório por período de 36 (trinta e seis) meses, durante o qual sua aptidão e capacidade serão objetos de avaliação para desempenho do cargo.

13.12 O candidato aprovado no Concurso Público, ao ser convocado e não tomar posse no prazo estabelecido será compulsoriamente considerado desistente.

13.13 Não será fornecido qualquer documento comprobatório de aprovação ou classificação no Concurso Público, valendo para esse fim, a homologação do resultado do Concurso Público, publicada no Diário Oficial da União.

13.14 Caberão recursos contra: relação dos candidatos inscritos, isenção de taxa de inscrição, Inscrição como Pessoa Portadora de Deficiência, Gabarito da Prova Objetiva, Resultado da Prova Didática e Pontuação da Prova de Títulos.

13.15 Os resultados dos recursos interpostos serão definitivos.

13.16 O candidato enfermo poderá requerer a realização da prova em seu domicílio ou em ambiente hospitalar, desde que solicite com no mínimo de 72 (setenta e duas) horas de antecedência da realização da prova. O candidato deverá anexar atestado médico, autorizando-o a realizar a prova sem prejuízo físico ou psicológico para o seu tratamento. Nessa autorização do médico deverá constar o código da Classificação Internacional de Doenças - CID.

13.17 Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão de Concurso Público do IFMT.

13.18 Quaisquer alterações nas regras fixadas neste Edital só poderão ser feitas por meio de outro Edital, sendo que, caso haja necessidade, a Comissão Organizadora do Concurso Público poderá editar ajustes complementares que passarão a fazer parte integrante do presente Edital.

Cuiabá, 26 de abril de 2010

Prof. José Bispo Barbosa
Reitor "Pro Tempore" do IFMT

Anexo I

Requerimento de Isenção do Pagamento da Taxa de Inscrição

Identificação do Candidato

Candidato:

N.º Inscrição:

Local da Prova Objetiva:

Telefone:

N.º Documento Identidade:

Cargo:

Declaro, sob as penas legais, ser membro de família de baixa renda, nos termos do Decreto Federal n.º 6.135/2007, tendo em vista que:

[_] Estou inscrito no CadÚnico, sob o NIS _______________________________, conforme comprovação anexo;

[_] Possuo renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo;

[_] Possuo renda familiar mensal de até três salários mínimos.

Sendo assim, solicito isenção do pagamento da taxa de inscrição, conforme previsto no Edital IFMT n.º 13 /2010.

___/___/____

___________________
Assinatura do Candidato

Anexo II

Declaração de Pessoa Portadora de Deficiência

Identificação do Candidato

Candidato:

N.º Inscrição:

Local da Prova Objetiva:

Telefone:

N.º Documento Identidade:

Cargo:

Tipo de Deficiência:

[_] Física

[_] Auditiva

[_] Visual

[_] Mental

[_] Múltipla

Declaro ser Pessoa Portadora de Deficiência de que trata o Decreto Federal nº 3.298/99, para fins de participação no Concurso Público do IFMT - Edital n.º 13/2010.

Necessita de condições especiais para realização da(s) prova(s) [_] Não [_] Sim

Em caso positivo, especificar:

Anexar documentos comprobatórios, conforme determina o Edital.

___/___/___

___________________
Assinatura do Candidato

Anexo III

Requerimento para Interposição de Recurso

Identificação do Candidato

Candidato:

N.º Inscrição:

Prova:

Telefone:

N.º Documento Identidade:

Cargo:

O presente recurso refere-se a:

[_] Pedido de Isenção Indeferido;

[_] Inscrição de Pessoa Portadora de Deficiência Indeferido;

[_] Nome não constante da lista geral dos inscritos;

[_] Nota da Prova Objetiva

[_] Nota da Prova Didática

[_] Nota da Prova de Títulos

[_] Outros (especificar): _____________________________

Justificativa do candidato:
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________________

____/____/____

___________________
Assinatura do Candidato

- Somente serão analisados recursos protocolados dentro dos prazos previstos e de acordo com o Edital;

- Os recursos deverão ser escritos em letras de forma ou digitados ou datilografados.

- No caso de recurso referente às questões de provas objetivas e prática, o candidato deverá apresentar argumentação lógica e consistente, devendo ainda, estar acompanhado de cópia da bibliografia pesquisada para fundamentação.

Anexo IV

Critérios de Avaliação - Prova Didática

Candidato:

Área/Disciplina:

Campus:

Tema da Aula:

Data/Horário:

 

Critérios de Avaliação para a Prova Didática

Pontos

1. Plano de Aula

Elaboração e organização do Plano (apresentação, descrição, clareza), adequação dos objetivos ao conteúdo planejado, adequação dos processos de verificação de aprendizagem, referência bibliográfica citada.

0 - 20

 

2. Introdução

Clareza, aspectos motivacionais, conexão entre o tema e outros conhecimentos (contextualização), exposição clara e precisa dos objetivos da aula.

0 - 10

 

3. Conteúdos

Domínio de conteúdo, utilização de exemplos e analogias, desenvoltura e segurança nas respostas aos questionamentos, coerência, adequação de vocabulário e termos técnicos.

0 - 20

 

4. Procedimentos

Espontaneidade, movimentação, postura, dicção, tom de voz, autocontrole, manejo de classe, interatividade. (Fluência em língua estrangeira para candidatos de Espanhol ou Inglês.)

0 - 20

 

5. Recursos

Adequação dos recursos didáticos às técnicas, aos objetivos e aos conteúdos propostos. Momento de utilização dos recursos e uso adequado dos mesmos.

0 - 10

 

6. Finalização

Capacidade de Síntese, cumprimento das etapas previstas no plano, dosagem do conteúdo em relação ao tempo previsto.

0 - 10

 

7. Avaliação

Utilização de procedimentos avaliativos.

0 - 10

 

Total de Pontos

 

Nomes e Assinaturas dos Avaliadores

Anexo V

Posto de Inscrição e Atendimento ao Candidato

Campus Barra do Garças

Endereço: Praça dos Garimpeiros, 572, centro - Sala do Saguão do Hotel Serra Azul Plaza, Barra do Garças-MT.

Campus Cáceres

Endereço: Avenida dos Ramires, s/n, bairro Distrito Industrial, Cáceres-MT.

Campus Campo Novo do Parecis

Endereço: Rodovia MT 235, km 12, Zona Rural, Campo Novo do Parecis-MT.

Campus Cuiabá Endereço:

Rua Zulmira Canavarros, nº 95, Centro, Cuiabá-MT.

Campus Pontes e Lacerda

Endereço: Rodovia MT 473, esquina com rodovia MT 246, Pontes e Lacerda-MT.

Campus Rondonópolis

Endereço: Escola CAIC, sito Rua Belém, 1401, Bairro Jardim Gramado, Rondonópolis-MT.

Campus Avançado de Sorriso

Avenida Porto Alegre, nº 2.661, Centro. Sorriso-MT (Secretaria Municipal de Educação e Cultura).

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DA CARREIRA DE PROFESSOR DO ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO PARA O INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MATO GROSSO.

Anexo VI - Conteúdo Programático

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO COMUM A TODOS OS CARGOS DE PROFESSOR

Língua Portuguesa

Leitura e análise do texto; Morfologia; Sintaxe; Análise de gêneros textuais; Variações linguísticas

Legislação Federal

A Educação na Constituição Federal de 1998; Lei 8112/90 e alterações; Lei 9394/96 e alterações; Lei 11.892/08; Lei 11.784/08; Decreto 5.154/04.

Conhecimentos Didáticos

Inclusão e diversidade na educação brasileira; Processos avaliativos; Estrutura da educação brasileira; História da educação profissional no Brasil; Uso de novas tecnologias da informação e comunicação na educação; Concepções de ensino, pesquisa e extensão.

 

Área

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ESPECÍFICO

Administração

Teoria Geral da Administração: teorias administrativas e evolução do pensamento administrativo; Estruturas organizacionais; Funções administrativas: planejamento, organização, direção e controle; Administração estratégica e competitividade; Gestão de Pessoas; Empreendedorismo e Plano de Negócio; Marketing e Comercialização; Administração Financeira e Custos de produção; Planejamento e Projetos; Logística e cadeia de suprimentos; Conhecimentos da Administração Pública; Modelos de Gestão; Teoria geral e Legislação do associativismo; Associativismo na atualidade; Organização, estrutura e funcionamento de cooperativas.

Aquicultura

Biocenose aquática; Limnologia; Manejo produtivo de organismos aquáticos, construções e instalações aquícolas; Reprodução de organismos aquáticos; Fisiologia das principais espécies aquícolas de interesse econômico; Tecnologias aplicadas a aquicultura, aspectos fitossanitários dos organismos aquáticos, nutrição de organismos aquáticos, sistemas de criação em aquicultura, abate e industrialização de organismos aquáticos e legislação ambiental aplicada a aquicultura

Arquitetura e Urbanismo

Arquitetura, ambiente e desenvolvimento sustentável: Conceitos de sustentabilidade, Edifício sustentável e Cidade sustentável; Qualidade ambiental dos edifícios: eco-construção, relação do edifício com o seu entorno, escolha integrada de produtos, sistemas e processos construtivos, canteiro de obras com baixo impacto ambiental, gestão da energia, gestão da água, gestão dos resíduos de uso e operação do edifício. Manutenção - Permanência do desempenho ambiental, conforto higrotérmico, conforto acústico, conforto visual, conforto olfativo, qualidade sanitária dos ambientes, qualidade sanitária do ar, qualidade sanitária; Políticas e protocolos: Impactos das conferencias ambientais na arquitetura e urbanismo; Cidades mais sustentáveis -Desafios das questões ambientais para a arquitetura e o planejamento: Escassez dos recursos renováveis, poluição urbana e crescimento populacional das cidades, preservação e liberação de áreas naturais pelos efeitos e vantagens da compacidade urbana,proximidade, diversidade e uso misto (socialização do espaço público), maior eficiência energética (e menor poluição) do sistema de transporte, edifícios ambientalmente corretos, consumo consciente dos recursos em geral, reuso e reciclagem (diminuição do impacto ambiental proveniente da geração de resíduos em geral), Estatuto das Cidades e instrumentos que fortalecem a gestão ambiental, Função social das propriedades urbanas; Materiais de construções: Analise do ciclo de vida e avaliação ambiental dos edifícios, Matérias construtivas: Durabilidades e reciclabilidade; Sistemas de Avaliação da Arquitetura sustentável: Indicadores e sistemas criados para avaliação da qualidade ambiental no ambiente construído; Energia fontes renováveis e eficiência energética: Hidrelétrica, solar, eólica, biomassa, geotérmica entre outras e suas aplicações nas construções e busca da sustentabilidade nas cidades; Urbanismo, Infraestrutura e Meio Ambiente; Projeto urbanístico e o meio físico; Sistema viário urbano: Função, classificação e pré-dimensionamento; Transporte e mobilidade e acessibilidade urbana; Abastecimento público de Água; Esgotamento sanitário; Enquadramento dos corpos d'água; Drenagem urbana; Tratamento dos resíduos.

Artes

As linguagens artísticas na escola: elementos essenciais das linguagens artísticas; Princípios básicos dos métodos e técnicas do ensino da linguagem das Artes Visuais. Arte, ensino e história: estilos, aspectos estéticos e socioculturais das diferentes linguagens artísticas através do tempo. Matrizes artístico-culturais do Brasil e de Mato Grosso. Articulações entre os fatores socioculturais interferentes nas produções artísticas. Modernidade e Contemporaneidade na arte brasileira. Relações entre Arte, Mídia e Indústria Cultural; Artes, Trabalho e Globalização; Artes e Meio Ambiente; As dimensões políticas das Artes; Arte e Educação. O papel das linguagens na organização e transformações das relações sociais no contexto das políticas inclusivas. Tecnologias da comunicação e da informação. As trocas simbólicas interculturais no campo da arte por meio das manifestações dos diferentes grupos sociais. A historicidade da arte e a sua inter-relação com o texto literário. A língua de sinais e a linguagem do corpo como processo de significação. A educação do olhar pela via da arte, da ética e da cultura. Técnicas de performances não verbais. Padrões de estética culturalmente estabelecida e o reconhecimento das diferenças. Artes visuais, dança e teatro como formas de inclusão social.

Artes (Campus Cuiabá)

Arte: Conceito, artista e obra na história moderna e contemporânea; O papel social da Arte; O papel da Arte na Educação; Linguagens artísticas: definições e formas de expressão;Parâmetros Curriculares Nacionais - Artes;Música e sociedade;História da Música Brasileira: primórdios - formação da nacionalidade em música - contemporaneidade [compositores, obras e gêneros (popular e erudito)]; Música folclórica;Música regional matogrossense; Música e educação: o ensino e a aprendizagem; Parâmetros Curriculares Nacionais e legislações vigentes da área de música; Lei 11.769 de 18 de agosto de 2008; Teoria, Percepção e Apreciação musical; Técnicas de ensino individual e coletivo de piano e teclado; Instrumentos de Orquestra e Banda e suas afinações;Principais obras e autores de períodos históricos da música;Execução e Interpretação musical;Conhecimentos de técnica vocal e técnicas de ensaio aplicadas àprática coral.

Agroindústria (Processamento de produtos de origem vegetal)

Maturação, amadurecimento e senescência de frutos; Respiração de vegetais; Processamento mínimo de frutas e hortaliças; Produção de biocombustíveis; Reação de transesterificação em biodiesel; Produção de etanol; Fermentação alcoólica; Tecnologia de processamento de raízes e cereais; Natureza das enzimas; Características gerais das reações enzimáticas; Usos industriais e não industriais de enzimas; Tecnologia de produção agrícola de biomassa energética; Escurecimento enzimático em vegetais; Fisiologia pós-colheita de frutos e hortaliças; Tecnologia de produção de picles, geleia, compotas, doces em pasta, massa de tomate, catchup e frutas cristalizadas.

Agroindústria

Aditivos químicos na indústria de alimentos; Processos e operações unitárias; Limpeza e sanitização nas indústrias de alimentos; Tratamento de água para uso industrial e tratamento de efluentes industriais; Princípios da biotecnologia; Princípios de nutrição humana; Composição, estrutura e bioquímica do tecido muscular (bovina, suína, aves); Processo de abate e transformação pós-morte (bovina, suína, aves); Microbiologia da carne e segurança alimentar (bovina, suína, aves); Conservação e armazenamento de carne (bovina, suína, aves); Tecnologia de derivados cárneos (bovina, suína, aves); Controle de qualidade na indústria de carnes (bovina, suína, aves); Características físicas, químicas, biológicas, sensoriais, nutricionais de leite; Processo de obtenção e pré-beneficiamento do leite; Beneficiamento do leite; Derivados do leite; Aproveitamento de subprodutos da indústria de laticínios; Controle de qualidade e legislação do leite e derivados.

Agronomia

Topografia e levantamentos topográficos; Desenho técnico e desenho assistido por computador; Ecologia; Métodos estatístico aplicados à agricultura; Genética e melhoramento genético vegetal; Botânica; Zoologia; Entomologia agrícola; Química, física e microbiologia do solo; Cultura do Algodão, soja, milho, girassol; arroz, trigo, mandioca, café e cana-de-açúcar; Fruticultura tropical; Adubação e nutrição mineral de plantas; Fitopatologia; Manejo Integrado de Pragas e Doenças; Construções rurais; Irrigação e drenagem; Tecnologia de aplicação de agrotóxicos; Secagem e armazenagem de grãos; Paisagismo; Tecnologia de produção de sementes; Anatomia e fisiologia animal; Produção e manejo animal; Sensoriamento remoto; Geoprocessamento; Tecnologia de processamento de alimentos de origem vegetal e animal; Economia rural; Associativismo; Climatologia e agrometeorologia; Planejamento Ambiental; Legislação agrária e ambiental; Gestão de projetos; Zootecnia (avicultura, bovinocultura e ovinocultura), forragicultura e pastagem. Sociologia rural; Paradigmas da Agricultura familiar e da patronal. Novo contexto rural brasileiro (Novo Rural).

Agronomia entomologia

Manejo Integrado de Pragas - histórico, implementação, monitoramento de pragas, praga chave, praga secundária, níveis de dano. Métodos de controle de pragas agrícolas e suas interações (controle químico, mecânico, comportamental, legislativo, cultural, biológico, físico e genético). Controle químico de insetos, modo de ação, toxicologia, grupos químicos de inseticidas. Insetos de interesse agronômico: insetos pragas, insetos úteis. Principais grupos de insetos, ordens de importância agrícola, morfologia, fisiologia. Receita Agronômica e legislação. Estratégias e táticas do MIP para grandes culturas (soja, algodão, milho, cana de açúcar, café, citros). MIP de grãos armazenados, formigas e cupins. Biologia, reprodução e desenvolvimento de insetos fitófagos.

Alimentos e Engenharia de Alimentos

Análise e otimização de processos na indústria de alimentos. Atualidades em desenvolvimento de produtos e de processos na indústria de alimentares. Caracterização física e química de produtos alimentícios. Colorimetria em alimentos. Físico-química de sistemas coloidais. Formulação de alimentos. Hidrocolóides na indústria e alimentos: estrutura, propriedades e funções. Inovações no aproveitamento de subprodutos da indústria de produtos alimentares. Propriedades físicas de alimentos. Propriedades funcionais de proteínas, lipídeos e polissacarídeos. Reologia de alimentos sólidos e semissólidos Reologia de fluidos alimentícios. Viscometria. Aspectos da natureza e composição da matéria-prima. Operações básicas de pré-processamento de frutas e hortaliças. Comportamento respiratório e alterações físicas e bioquímicas de frutas e hortaliças. Processamento mínimo de frutas e hortaliças. Tecnologia de abate de aves, suínos e bovinos. Estrutura e composição do músculo e tecido associados. Bioquímica da contração e relaxamento muscular e conversão do músculo em carne. Composição, propriedades físico-químicas e nutricionais do leite. Obtenção higiênica e recepção do leite. Conservação de alimento pelo frio. Desidratação e concentração de alimentos. Conservação de alimento pelo calor. Tecnologias não-térmicas na conservação de alimentos. Introdução a sistemas de produção; Sistemas organizacionais e processo de produção. Análise de decisão. Modelos básicos de fila. Planejamento e controle da capacidade produtiva de longo prazo. Definição e Planejamento de Arranjo físico e Localização. Introdução à Engenharia de Produção: Fundamentação; Gestão de Operações; Qualidade; Gestão Econômica; Ergonomia, Higiene e Segurança do Trabalho; Engenharia de Produto; Pesquisa Operacional; Estratégia e Organizações; e Gestão da Tecnologia, Conhecimento e Ambiental. Simulação: Introdução, desenvolvimento de modelos de simulação da produção e otimização de sistemas com modelos de simulação. Previsão de vendas e seus problemas por meio de utilização de softwares. Planejamento da produção e seus problemas por meio de utilização de softwares. Sistemas de estoques e problemas e seus problemas de gerenciamento por meio de utilização de softwares. Teoria das restrições e seus problemas de sequenciamento por meio de utilização de softwares.

Ambiental

Conceito de Engenharia. Conceitos de Ciência, Tecnologia e Arte. Noções de História da Engenharia. A matemática como Ferramenta do Engenheiro. Conceitos de Projeto de Engenharia. Ferramentas de Engenharia. A Função Social do Engenheiro. Ética na Engenharia. Engenharia e Meio ambiente. O Curso de Engenharia Ambiental. Dinâmica Fluvial. Mecânica dos Fluidos. Introdução à Transferência de Calor. Introdução a Hidrologia. Avaliação de impactos ambientais. Introdução à Hidráulica. Sistema de Gestão Ambiental. Teoria Geral de Sistemas. Análise e Modelagem de Sistemas Ambientais. Termodinâmica de Processos Irreversíveis. Gerenciamento e Tratamento de Resíduos Sólidos. Monitoramento Ambiental de Água, Solo e Ar. Gerenciamento de Recursos Hídricos. Conforto Ambiental. Recuperação de Áreas Degradadas. Gerenciamento e Tratamento de Efluentes Atmosféricos. Gerenciamento e Tratamento de Efluentes Líquidos; Química Ambiental.

Biologia

Citologia: Membrana Plasmática, Citoplasma e Núcleo; Divisão Celular (Mitose e Meiose). Embriologia: Estágios do Embrião e Anexos embrionários; Evolução: Teorias Evolucionistas e Especiação; Ecologia: Conceitos fundamentais, Dinâmica populacional, Sucessão Ecológica, Problemas ambientais, Ecossistemas Brasileiros, Fluxo de matéria e energia no Ecossistema e Sustentabilidade Ecológica, Relações Ecológicas harmônicas e desarmônicas; Genética: Leis de Mendel, Sistema ABO e Rh, Genética do Sexo (Ligada ao sexo); Genética Moderna: Alimentos transgênicos, Clonagem, Transgenia geral; Fisiologia Humana: Sistemas humanos (digestivo, respiratório, excretor, circulatório, endócrino e nervoso); Botânica: Vegetais inferiores, intermediários e superiores (Anatomia e fisiologia); Origem da Vida: principais ventos da origem dos seres vivos; Zoologia: Características gerais dos principais filos de invertebrados e cordados; Doenças transmitidas por bactérias, protozoários, fungos e helmintos ou vermes; Impactos das queimadas e desflorestamento no Estado de Mato Grosso; Fontes energéticas dos ecossistemas aquáticos e terrestres de MT; Bioindicadores microbiológicos de impactos ambientais.

Construção Civil - Materiais de Construção e Planejamento de Obras (Campus Cuiabá e Campus Pontes e Lacerda)

Materiais de Construção Civil: Agregados, Aglomerantes, Dosagem de Concreto e Argamassa, Cerâmica Vermelha, Artefatos de Cimento; Editor de texto, planilha eletrônica, editor de slides, banco de dados; Desenho assistido por computador para elaboração de projetos de construção civil; Gerenciamento de canteiro de obras, pert-cpm, cronogramas físico -financeiro, histograma de mão-de-obra, curva S, Princípios de Engenharia Econômica, Composição da taxa BDI (Benefícios e despesas indiretas) e LS (Leis Sociais), Composição Unitária de Serviços, Quantificação de Serviços, Quantificação de Insumos, Curva ABC, Cotação de Insumos; Elaboração de proposta Técnica para participação em Licitações; Planilha Orçamentária; Ferramentas de qualidade na Construção Civil, Programas de Qualidade, PBQPH.

Construção Civil - Sistemas Construtivos e Estruturas

Isostática:Conceitos básicos de engenharia estrutural; tipos de Apoios; equações de equilíbrio; Reações de apoio; Diagrama de esforços internos; noções de hiperestática;Resistência dos Materiais: Conceitos fundamentais da resistência dos materiais aplicados à Construção Civil; Diagramas de tensão x deformação; Módulo de Elasticidade, Tenacidade, Coeficiente de Poisson; tensão normal e tangencial devidas à flexão simples, composta, cisalhamento e torsão; Instabilidade de barras comprimidas, efeitos de segunda ordem; Fundações: tipos de fundações; interpretação de ensaios de investigação de subsolo; dimensionamento de fundações de edificações; projeto de fundações; execução de fundações; Estruturas de Concreto, Madeira, Metálica e Alvenaria Estrutural: tipos, dimensionamento, projeto, execução e controle tecnológico das estruturas; Sistemas Construtivos: tipos, execução e controle tecnológico de sistemas construtivos - vedação, forros, coberturas, impermeabilizações, pinturas e texturas, revestimentos de pisos e paredes; Desenho assistido por computador para elaboração de projetos de construção civil;Editor de texto, planilha eletrônica, editor de slides, banco de dados.

Direito

Teoria Geral da Constituição e Direitos Fundamentais; Teoria das Obrigações; Direito Administrativo; Direito Ambiental; Direito Trabalhista; Direito e Internet; Crédito Tributário; Obrigação Tributária; Imóvel Rural; Princípios Fundamentais do Direito Agrário.

Educação Física

A Educação Física Escolar numa perspectiva metodológica de ensino e aprendizagem que busca o desenvolvimento da autonomia, da cooperação, da participação social e da afirmação de valores e, de princípios democráticos; A valorização do movimento como forma de construção de uma cultura corporal; Introdução ao estudo do Treinamento Desportivo das valências físicas, princípios do treinamento e estruturação do treinamento; Desenvolvimento dos métodos utilizados em aulas de educação física através da aplicação pratica dos desportos coletivos (handebol, basquetebol, voleibol e futebol), e individuais (atletismo e natação) dos seus fundamentos e da prática dirigida; Atividade física como agente promotor de saúde. Atividade Física durante o crescimento e o desenvolvimento. Efeitos do estresse ambiental e da utilização de recursos ergogênicos sobre a performance humana; Conhecimento didático-pedagógico e articulação teoria-prática no trabalho do professor de Educação Física; Planejamento de ensino: enfoque político, social, humanista e técnico. Categorias didáticas e elaboração de planos de ensino para a educação básica.

Engenharia Agrícola

Análise e otimização de processos na indústria de alimentos. Atualidades em desenvolvimento de produtos e de processos na indústria de alimentares. Caracterização física e química de produtos alimentícios. Colorimetria em alimentos. Físico-química de sistemas coloidais. Formulação de alimentos. Hidrocolóides na indústria e alimentos: estrutura, propriedades e funções. Inovações no aproveitamento de subprodutos da indústria de produtos alimentares. Propriedades físicas de alimentos. Propriedades funcionais de proteínas, lipídeos e carboidratos. Reologia de alimentos sólidos e semissólidos Reologia de fluidos alimentícios. Viscometria. Aspectos da natureza e composição da matéria-prima. Operações básicas de pré-processamento de frutas e hortaliças. Comportamento respiratório e alterações físicas e bioquímicas de frutas e hortaliças. Processamento mínimo de frutas e hortaliças. Tecnologia de abate de aves, suínos e bovinos. Estrutura e composição do músculo e tecido associados. Bioquímica da contração e relaxamento muscular e conversão do músculo em carne. Composição, propriedades físico-químicas e nutricionais do leite. Obtenção higiênica e recepção do leite. Conservação de alimento pelo frio. Desidratação e concentração de alimentos. Conservação de alimento pelo calor. Tecnologias não-térmicas na conservação de alimentos. Introdução a sistemas de produção; Sistemas organizacionais e processo de produção. Análise de decisão. Modelos básicos de fila. Planejamento e controle da capacidade produtiva de longo prazo. Definição e Planejamento de Arranjo físico e Localização. Introdução à Engenharia de Produção: Fundamentação; Gestão de Operações; Qualidade; Gestão Econômica; Ergonomia, Higiene e Segurança do Trabalho; Engenharia de Produto; Pesquisa Operacional; Estratégia e Organizações; e Gestão da Tecnologia, Conhecimento e Ambiental. Simulação: Introdução, desenvolvimento de modelos de simulação da produção e otimização de sistemas com modelos de simulação. Previsão de vendas e seus problemas por meio de utilização de softwares. Planejamento da produção e seus problemas por meio de utilização de softwares. Sistemas de estoques e problemas e seus problemas de gerenciamento por meio de utilização de softwares. Teoria das restrições e seus problemas de sequenciamento por meio de utilização de softwares.

Engenharia Florestal

Anatomia da madeira; propriedades químicas e físicas da madeira; industrialização de produtos florestais; serraria e secagem da madeira; estruturas de madeira; produtos florestais não madeireiros; gestão de resíduos florestais. Viveiros, sementes e produção de mudas florestais; implantação de povoamentos florestais: preparo de solo, espaçamento, plantio, tratos culturais e silviculturais; controle de pragas, doenças e incêndios florestais; sistemas agroflorestais; impactos ambientais e recuperação de áreas degradadas; manejo e conservação do solo e água; nutrição mineral de espécies florestais. Dendrometria; dendrologia; inventário florestal; sítios florestais; colheita e transporte florestal; florestas de uso múltiplo; exploração florestal de impacto reduzido; gestão de recursos florestais. Manejo de fauna silvestre. Legislação florestal e ambiental (Lei nº 4.771 de 15/09/1965, Lei nº 9.605 de 12/02/1998, Lei 9.985 de 18/07/2000, Decreto 6.514 de 22/07/2008; Estado de Mato Grosso: Lei Complementar nº 233 de 21/12/2005).

Eletroeletrônica

Automação de sistemas prediais e industriais;Computação aplicada;Controle analógico e digital;Fabricação industrial; Pneumática e Eletropneumática; Elementos de maquinas e técnicas de projetos;Sistemas térmicos;Controle térmicos;Controle de qualidade;Processamento analógicos e digitais de sinais.

Economia

Teoria do Consumidor; Teoria da Firma: produção e custos; Estrutura de Mercado: concorrência perfeita, monopólio, monopsônio, concorrência monopolista, oligopólio, oligopsônio e monopólio bilateral; Falhas de Mercado: externalidades, bens públicos, informações assimétricas e o papel do governo; Equilíbrio geral e eficiência econômica; Modelo IS-LM em Economia Aberta; Oferta agregada e Demanda agregada; Desemprego, inflação e déficit público; Princípio da demanda efetiva em Keynes e Kalecki; Instrumentos de política macroeconômica: Política Fiscal e demanda agregada, Política monetária e a determinação da taxa de juros, Política Cambial e o setor externo da economia; Teorias do Crescimento Econômico; Crescimento, Desenvolvimento e a relação com o meio ambiente; Economia ambiental e economia ecológica: conceitos e definições metodológicas; Valoração ambiental: conceitos e métodos; Instrumentos de gestão ambiental: econômicos, comando e controle e autocontrole (autorregulação); Economia e mudança climática; Equivalência de capitais e renda; Noções de estatística descritiva e inferência estatística; Conceitos básicos de probabilidade, variáveis aleatórias e distribuição de probabilidades; Principais distribuições de variáveis aleatórias, discretas e contínuas; Estimação, teste de hipótese e intervalo de confiança para médias, proporções e variâncias; Regressão e correlação linear.

Educação Inclusiva

Educação, Sociedade e Cultura; Políticas públicas inclusivas de educação: relação de gênero e Educação, portadores de necessidades especiais, etnias; Educação para as relações étnico-raciais; Lei de Diretrizes e Bases da Educação - LDB 9.394/96 e suas alterações. Educação de Jovens e Adultos. Histórico de Línguas de Sinais; cultura e identidade surda, universais linguísticos e as línguas de sinais; Linguagem e cognição; estrutura gramatical das libras; (fonologia, sintaxe, morfologia; incluindo uso de classificadores; semântica - pragmática); Tradução e Interpretação, em língua de sinais brasileira e língua portuguesa.

Engenharia Química

Balanço de Massa e Energia; Medidas de pressão e vazão; Escoamento em Leitos Porosos Fixos e Fluidizados;Transporte de Fluidos: Tubulações, Bombas, Válvulas e Compressores; Sistemas Particulados: Moagem, Análise Granulométrica; Peneiramento; Sedimentação gravitacional e centrífuga;Ciclones e hidrociclones; Flotação; Filtração; Separação por membranas; Agitação e Mistura;Trocadores de calor; Evaporadores; Absorção de gases; Destilação; Psicrometria e Umidificação;Secagem; Cristalização; Adsorção; Extração Sólido-líquido; Extração líquido-líquido;Importância da tecnologia química; Diagramas de fluxo; Processos básicos: Processos químicos x Processos físicos; Tubulações industriais; Acessórios de tubulações; Válvulas; Bombas; Compressores; Trocadores de calor; Geradores de vapor; Controle de processos industriais; Controle automático de processos; indústrias do cloro e álcalis (barrilha, soda caustica e cloro); cloreto de sódio; acido clorídrico; acido sulfúrico; indústria do fósforo (acido fosfórico, fósforo e derivados); Gases industriais (CO2, H2; O2, N2, He, Acetileno);projeção das demandas de energia; fontes de energia;matéria-prima; tecnologia de tratamento de peles; conceito de argila, conceito de solo; fabricação da cerâmica e do vidro;fabricação do cimento; fabricação da cal; fabricação do gesso; métodos de lavra; processamento mineral; problemas ambientais; Processamento de óleos vegetais: industrialização de sementes oleaginosas; hidrogenação de óleos; água mineral, cerveja e refrigerantes; Polímeros; Plásticos, elastômeros e fibras artificiais; matérias primas; processos de fabricação de produtos petroquímicos; Refinação do petróleo;Tensoativos; Saponificação; Matérias primas; Propriedades; Biodegradabilidade; Processos de fabricação do açúcar; Fermentação de álcool; Processos de preparação do mosto; Processos de fermentação; Processos de Destilação.

Eventos

Planejamento e organização, operacionalização de eventos;Classificação e tipologias de eventos;Cerimonial público e ordem geral de precedência;Símbolos nacionais; Comunicação oficial e empresarial;Etiqueta social e empresarial;Marketing pessoal e profissional;Tipos de cerimônias e o Profissional de cerimonial;Gestão financeira e orçamentária em eventos;Gestão de pessoas;Marketing em serviços;Marketing de eventos;Legislação em eventos;Logística em eventos;Tipos de trajes;Criatividade em eventos;Qualidade em processos organizacionais;Comportamento organizacional;Noções de inglês instrumental;Noções de espanhol instrumental.

Farmácia

Água; interação água-soluto; água nos alimentos; atividade da água ; atividade da água e conservação dos alimentos; variação de atividade da água com a temperatura;- lipídios: rancificação hidrolítica; rancificação oxidativa; efeitos catalíticos na decomposição de hidroperóxidos; fases da rancificação oxidativa; pro-oxidantes e antioxidantes; propriedades e características dos principais antioxidantes; carboidratos: reatividade e principais transformações químicas; reação de maillard;reação de caramelização; solubilidade e higroscopicidade de açúcares; polissacarídeos estruturais de plantas terrestres; amido; carboidratos de sementes de plantas terrestres; carboidratos de exsudados de plantas terrestres; carboidratos produzidos por micro-organismos; propriedades funcionais de gomas;proteínas: tipos de proteínas e alimentos proteicos; proteínas de origem animal; propriedades funcionais de proteínas;- vitaminas: tipos de vitaminas; estabilidade das vitaminas;estrutura e função das biomoléculas; química e bioquímica dos componentes alimentares, mecanismos de deterioração em alimentos, influência do processamento sobre o valor nutricional dos alimentos; metabolismo: de carboidratos, proteínas e lipídeos;parte experimental: reações de identificação e quantificação de carboidratos, proteínas e lipídeos, efeito do PH na atividade catalítica das enzimas e estabilidade das enzimas; estudo da especificidade das enzimas quanto ao substrato; efeito da temperatura na atividade enzimática; fermentação de carboidratos - fermentação alcoólica; determinação da concentração de glicose em leites; formação de sabor amargo em frutas cítricas; estudo da ação da peroxidase e catalase em alimentos; estudo da ação das enzimas; amilolíticas e pectinolíticas; introdução à toxicologia e microbiologia dos alimentos.

Física

Mecânica newtoniana e gravitação; Conservação de energia; Ondas mecânicas e eletromagnéticas; Hidrostática e Hidrodinâmica; Termodinâmica; Radiação solar - geometria da insolação e a interação com a atmosfera e a biosfera; Absorção do espectro eletromagnético pelos gases presentes na atmosfera; Interação de raios gama com a matéria e espectrometria gama; Raios-x; Interação de raios-x com a matéria; Decaimentos alfa, beta e gama; Fontes e origens de materiais radioativos que ocorrem naturalmente (norm).

Filosofia

Epistemologia e história das ciências; A natureza, origem existencial e histórica da Filosofia; noções de lógica: inferência, verdade e validade; raciocínio dedutivo e indutivo; filosofia antiga: concepção de ser humano: alma e corpo, razão e desejo; o homem como ser político; ética e política: prazer e virtude: Sócrates e os sofistas; virtude e felicidade em Aristóteles; conhecimento sensível e conhecimento inteligível; ceticismo e dogmatismo; filosofia medieval; ética e política; lei natural e lei divina; conhecimento: razão e fé no pensamento medieval; filosofia renascentista; concepção de ser humano; o humanismo renascentista; ética e política: Maquiavel e o problema do poder; Filosofia moderna: concepção de ser humano: o homem senhor da natureza; ética e política: dever e liberdade em Kant; soberania, jusnaturalismo e contrato social; conhecimento: a revolução científica do século XVII; racionalismo e empirismo; a questão da subjetividade; Filosofia contemporânea: concepção de ser humano: a existência; o homem como objeto da ciência; ética e política: a crítica à consciência: Marx, Nietzsche, Freud; totalitarismo e democracia; conhecimento: o positivismo, a ciência como única forma de conhecimento; a crítica ao positivismo: Popper e Kuhn; a crise da razão.

Geomática

Projeções cartográficas. Sistemas de coordenadas e de referência. Sistema de posicionamento global (GPS): aspectos gerais. Sensoriamento remoto: assinatura e bandas espectrais; processamento e interpretação de imagens orbitais; principais plataformas e sensores remotos orbitais; aplicação de imagens orbitais aos recursos naturais. Geoprocessamento. Sistema de Informações geográficas. Estrutura de dados para mapas temáticos. Georreferenciamento de imóveis rurais: padrões de precisão e acurácia; identificação, reconhecimento e materialização de vértices e limites; tipos de posicionamento e levantamento. Operação de softwares: CAD, Spring e arcGIS.

Geografia (Campus Bela Vista)

Formação e expansão territorial brasileira; Atividade industrial e urbanização; Globalização e exclusão sócio-espacial; A População da Terra e as teorias demográficas; Rede Urbana e a hierarquia das cidades; A cidade e o urbano no Centro-Oeste; Principais problemas de ordem socioambiental na Região Centro-Oeste;Sistemas Agrários e agricultura familiar; Ecossistemas brasileiros; Geografia de Mato Grosso: Características Físicas, Econômicas e Políticas;Distribuição geográfica e uso dos mananciais de água de MT; Aspectos gerais das águas superficiais e subterrâneas de MT; Hidrologia : Bacias hidrográficas (Delimitação, Características topográficas, Características flúvio-morfológicas, Características geológicas e Características ocupacionaisdo solo; Ciclo hidrológico e seus componentes; Cartografia: Representação cartográfica específica no nível de escala temporal e escala adequada; Análise conceitual da cartografia ambiental; Uso e Conservação do solo: Processos erosivos e conservação do solo; Noções de Geoprocessamento e Georreferenciamento. Formação e expansão territorial brasileira; Atividade industrial e urbanização; Globalização e exclusão sócio-espacial; A População da Terra e as teorias demográficas; Ciclo hidrológico e seus componentes); Cartografia: Cartografia Básica: A Terra, seus movimentos, sua forma e dimensões; Mapa, Cartas e Plantas; Sistemas de Coordenadas; Projeções Cartográficas; a rede UTM (Universal Transversa de Mercator). A Forma da Terra; Geodésia elementar e as operações geodésicas; sistemas de coordenadas. GPS: Sistema de Posicionamento Global: Aspectos Básicos do Sistema de Posicionamento Global (GPS). Elementos básicos da cartografia digital, Bases cartográficas digitais. Análise conceitual da cartografia ambiental; Uso e Conservação do solo: Processos erosivos e conservação do solo;Sensoriamento remoto: O desenvolvimento das Geotecnologias: GIS, GPS, Cartografia Digital e Sensoriamento Remoto. As bases físicas do Sensoriamento Remoto: As Interações entre Energia e Matéria, Principais tipos de sensores. Interpretação de imagens orbitais; Comportamento espectral de alvos; Análise visual de imagens. Integração de imagens e bases cartográficas. Aplicações de Sensoriamento Remoto. Geoprocessamento: Conceitos básicos de Geoprocessamento. Bases de dados georreferenciadas: mapas temáticos e dados censitários. Estruturas básicas de dados georreferenciados: Pontos, linhas e áreas e suas representações; Estrutura matricial. Estruturas vetoriais. Entrada de dados. Resolução espacial. Saídas: Bases de dados e mapas temáticos. Sistemas de Informações Geográficas. Servidores de Mapas Disponíveis na Web.

Geografia

Formação e expansão territorial brasileira; Atividade industrial e urbanização; Globalização e exclusão sócio-espacial; A População da Terra e as teorias demográficas; Rede Urbana e a hierarquia das cidades; A cidade e o urbano no Centro-Oeste; Principais problemas de ordem socioambiental na Região Centro-Oeste; Sistemas Agrários e agricultura familiar; Ecossistemas brasileiros; Geografia de Mato Grosso: Características Físicas, Econômicas e Políticas; Distribuição geográfica e uso dos mananciais de água de Mato Grosso; Aspectos gerais das águas superficiais e subterrâneas de Mato Grosso; Hidrologia : Bacias hidrográficas (Delimitação, Características topográficas, Características flúvio-morfológicas, Características geológicas e Características ocupacionais do solo; Ciclo hidrológico e seus componentes; Cartografia: Representação cartográfica específica no nível de escala temporal e escala adequada; Análise conceitual da cartografia ambiental; Uso e Conservação do solo: Processos erosivos e conservação do solo; Noções de Geoprocessamento e Georreferenciamento.

Gestão

Teoria Geral da Administração: teorias administrativas e evolução do pensamento administrativo; Estruturas organizacionais; Funções administrativas: planejamento, organização, direção e controle; Administração estratégica e competitividade; Empreendedorismo e Plano de Negócio;Marketing; Marketing como estratégia para a gestão organizacional, Plano de Marketing; Administração Financeira e orçamentária; Planejamento estratégico, tático e operacional e suas aplicações;Logística e cadeia de suprimentos;Modelos de Gestão organizacional; Empreendedorismo, conceitos e aplicações; Dimensões organizacionais; dimensão infraestrutura; Dimensão pessoas; dimensão tecnologia;Comportamento Organizacional; áreas de contribuição para o estudo do comportamento humano e suas aplicações organizacionais; Cultura Organizacional;Os novos desafios da gestão de pessoas; Recrutamento de pessoas; Seleção de pessoas; agregando pessoas; aplicando pessoas; recompensando pessoas; desenvolvimentos de pessoas; mantendo pessoas; monitorando pessoas; O papel da gestão de pessoas nas organizações;Qualidade de vida no ambiente de trabalho.

História

Períodos da História Geral: História Antiga, Medieval, Moderna e Contemporânea; História do Brasil: Colônia, Império e República: aspectos, econômicos, políticos e sociais; História de Mato Grosso; O trabalho, o Estado e a legislação social na chamada 'A Era Vargas'; O trabalho e o sindicalismo nos anos 50 e 60; 1964 e o Estado de Segurança Nacional; Da distensão à 'abertura' política: anistia, a campanha pelas Diretas, o fim do regime militar; Questões fundiárias de Mato Grosso; Metodologias do ensino de história; Linguagens e documentos no ensino da história.

Informática

Algoritmos e Lógica de programação. Arquitetura de Sistemas de Computação. Hardware, Estrutura de dados. Banco de dados. Engenharia de software. Análise e projetos de sistemas. Linguagens de programação. Sistemas de Informação. Redes de computadores. Interação humano-computador (Usabilidade). Internet: modelo cliente-servidor, serviços de rede. Frameworks, WebServices. Sistemas operacionais. Metodologia do Ensino da Informática.

Informática (Produção de Mídias Digitais)

Algoritmos e Lógica de programação. Linguagens de Programação Orientada a Objetos. Estrutura de dados. Banco de dados. Engenharia de software. Análise e projetos de sistemas. Formatos, importação e exportação de arquivos de imagem, som e vídeo. Tratamento de imagens digitais: operações básicas, análise de canais (cor, reflexão, luz e pigmento), seleções especiais e ajustes básicos, máscara. Edição de vídeo: manipulação básica, criação edição de vídeo, efeitos especiais e animações. Noções de roteiro, câmeras e gravação de imagens, iluminação, áudio. Tópicos de animação 3D. Tratamento digital de som: equalização, masterização. Tecnologia em projeto Web: XHTML e tableless, folhas de estilo, mapeamento de imagens e formulários. Noções de JavaScript, XML, Ajax e PHP. Manipulação de páginas dinâmicas para a Web.

Informática (Análise de Sistemas e Banco de Dados)

Conceitos básicos de banco de dados: esquema, campos, registros, índices, relacionamentos, transação, triggers, stored procedures, tipos de banco de dados, modelo conceitual, modelo entidade x relacionamento, normalização de dados: conceitos, primeira, segunda e terceira formas normais. DML: Linguagem de manipulação de DADOS. DDL: Linguagem de Definição de Dados. Banco de dados distribuídos. Datawarehouse. Business Intelligence, Data Mining, OLAP e ERP. Administração de Banco de Dados Relacionais: projeto e implantação de SGBDs relacionais. Administração de usuários e perfis de acesso. Controle de proteção, integridade, concorrência e bloqueio de transações. Backup e restauração de dados. Tolerância a falhas e continuidade de operação. Estrutura de dados. Monitoração e otimização de desempenho. conceitos, Fundamentos e Sintaxe da Linguagem Java. Desenvolvimento de Aplicações na Plataforma J2EE. Uso de Servlets e JSP. Tomcat. Jboss. Eclipse. Controle de versões: CVS. UML: conceitos, fundamentos e sintaxe da UML. ANÁLISE E PROJETO DE SISTEMAS: engenharia de software: evolução; características; ciclos de vida; metodologias; técnicas de especificação; plano de projeto: recursos; métricas de produtividade e qualidade; estimativas; técnicas de decomposição; modelos de estimativas; cronogramas; aquisição de software; metodologias de desenvolvimento de sistemas: Análise essencial, Análise Estruturada e Análise orientada a objetos; análise de sistemas: análise de requisitos; princípios de análise; conceitos, metodologias, arquiteturas, técnicas, fases, ferramentas, diagramas e notações da análise orientada a objetos, análise estruturada, engenharia da informação e análise essencial, prototipação; projeto de software: fundamentos; processo; arquitetura de software; estrutura de programas; estrutura de dados; conceitos, metodologias, técnicas, fases, ferramentas, diagramas e notações de projeto modular, projeto orientado a fluxos de dados, projeto orientado a estruturas de dados e projeto orientado a objetos; linguagens: características; fundamentos; gerações; estilos de codificação; eficiência; algoritmos; lógica de programação; tipos de dados; expressões; estruturas de controle e repetição; pseudocódigo; fluxogramas; estruturas de dados homogêneas e heterogêneas; representação e manipulação de matrizes, listas, filas, pilhas e árvores; teste de software: fundamentos; técnicas; teste da caixa branca; teste da caixa preta; teste de loops; verificações; validações; teste de unidades; teste de integração; teste de validação; teste do sistema; Debugging.

Informática (Desenvolvimento de Sistemas para Internet)

Algoritmos e Lógica de programação. Arquitetura de Sistemas de Computação. Hardware, Estrutura de dados. Banco de dados. Engenharia de software. Análise e projetos de sistemas. Programação: HTML, XHTML, CSS, XML, Java, JavaScript, JSP, PHP, Webservices. Sistemas de Informação. Redes de computadores. Orientação a Objetos: Modelagem e linguagem de Programação. Interação humano-computador (Usabilidade). Internet: modelo cliente-servidor, serviços de rede. Frameworks, WebServices. Sistemas operacionais.

Instalações elétricas Prediais

Instalações elétricas: eletricidade básica; materiais para instalações elétricas; dimensionamento de instalações elétricas de edifícios de múltiplos pavimentos e de um pavimento; execução de projeto de instalações elétricas; quantificação e orçamento das instalações elétricas; execução das instalações elétricas prediais;Técnicas de calibração: conceitos de calibração, aferição exatidão, precisão, repetibilidade, linearidade, histerese, sensibilidade, resolução, escala nominal; técnicas de calibração de massa, força, volume, comprimento e temperatura;Técnicas de instrumentação: tipos de instrumentação; medição de força; de tensão; de pressão de água; de umidade; medição de deslocamento - inclinação, recalque e escorregamento; medição de temperatura. Construção e instalação de equipamentos para instrumentação de obras civis; Editor de texto, planilha eletrônica, editor de slides, banco de dados.

Língua Espanhola

ESPANHOL: Classes de palavras (Substantivos: gênero e número; Adjetivos: gênero, número e grau; apócope do Adjetivo; Artigos; Pronomes: pessoais, possessivos, demonstrativos, definidos e indefinidos, relativos, de tratamento, exclamativos e interrogativos; Advérbios e locuções adverbiais; Preposições e locuções prepositivas; Conjunções (valores semânticos) e locuções conjuntivas; Interjeições; Numerais cardinais e ordinais). Complementos de objeto direto, indireto e direto e indireto. Verbos: formas pessoais e não-pessoais; modo, tempo e aspecto; regulares e irregulares. Relação entre tempos e modos verbais: indicativo/subjuntivo, indicativo/imperativo; Discurso direto e indireto. Perífrases verbais. Oração: tipos, elementos constituintes. Semântica, sinonímia e antonímia. Ortografia. Acentuação gráfica (tilde diacrítica); Heterotônicos, heterogenéricos e heterosemânticos. Variantes linguísticas (voseo). Características dos dialetos da língua espanhola. Misturas linguísticas: portuñol e spanglish (características); conhecimento de estratégias para ensino instrumental da língua; o ensino da língua com ênfase nas quatro destrezas: produção escrita, produção oral, compreensão escrita, compreensão oral.

Língua Inglesa

INGLÊS: Compreensão de textos: textos verbais e não-verbais; Estratégias de leitura; Conhecimentos linguísticos: Substantivos: Formação do plural (regular, irregular e casos especiais); gênero; formas possessivas dos nomes; Artigos: definidos e indefinidos. Adjetivos: graus comparativo e superlativo (regulares e irregulares). Numerais: cardinais e ordinais. Pronomes: pessoais (subjetivos e objetivos); possessivos (substantivos e adjetivos); reflexivos (uso reflexivo, enfático e idiomático); indefinidos; interrogativos; relativos; demonstrativos; determinantes. Verbos: (modos, tempos e formas); regulares e irregulares; auxiliares e impessoais; modais e anômalos; Two-word verbs; Phrasal verbs; Voz ativa e voz passiva; Gerúndio e seus usos específicos; Discurso direto e indireto; Sentenças condicionais; Advérbios e expressões adverbiais; Palavras de relação; Preposições; Conjunções; Derivação de palavras pelos processos de prefixação e sufixação; Semântica, sinonímia e antonímia. conhecimento de estratégias para ensino instrumental da língua; o ensino da língua com ênfase nas quatro destrezas: produção escrita, produção oral, compreensão escrita, compreensão oral.

Língua Portuguesa

O português como língua de cultura. Relações gramaticais e discursivas: paralelos e contrastes. Aspectos funcionais e padrões estruturais. Análise interpretativa de fenômenos relativos aos diversos níveis constitutivos do português: fonético-fonológico, prosódico, morfológico, sintático e semântico. Relação entre língua, cultura e sociedade. A heterogeneidade linguística: variantes e variáveis linguísticas; relação entre pensamento e linguagem. Análise do discurso: língua, discurso e ideologia. Da frase ao texto: significado e contexto; a noção de textualidade: coesão e coerência textuais; a linguagem em uso: enunciado e enunciação. Modos de organização do discurso e tipologia textual. Discurso direto, discurso indireto e discurso indireto livre. Os pressupostos e as inferências. Interpretação e compreensão. O texto na sala de aula: a formação do produtor/leitor. O português do Brasil: diversidade e preconceito linguístico Língua falada e língua escrita. O signo linguístico; os elementos da comunicação; as funções da linguagem; figuras e vícios de linguagem. Sinonímia, polissemia. A gramática na escola: a articulação gramática e texto. Reconhecimento de textos escritos e orais, literários e não literários; A estruturação do sentido: palavra, frase, texto e contexto. Valor nocional das classes e categorias gramaticais; hierarquia de unidades linguísticas: estrutura e função de morfemas, palavras, sintagmas e frases - os processos de formação de palavras; a estrutura sintática da frase, gramaticalidade e inteligibilidade; os processos sintáticos, o paralelismo semântico; a organização do período; sintaxe de concordância; sintaxe de regência; Crase. Literatura: A literatura como representação do mundo, gêneros literários, estilos de época na literatura brasileira: literatura de informação, barroco, arcadismo, romantismo, realismo/ naturalismo/ parnasianismo, simbolismo, pré-modernismo, modernismo e pós-modernismo. Relações entre história, cultura e literatura brasileira.

Língua Brasileira de Sinais

Histórico de Línguas de Sinais; cultura e identidade surda, universais linguísticos e as línguas de sinais; Linguagem e cognição; estrutura gramatical das libras; (fonologia, sintaxe, morfologia; incluindo uso de classificadores; semântica – pragmática); Tradução e Interpretação, em língua de sinais brasileira e língua portuguesa.

Matemática

Conjuntos Numéricos. Polinômios e Equações Polinomiais: Números naturais e inteiros: operações fundamentais, divisibilidade, fatores primos, mínimo múltiplo comum. Números racionais: frações, representação decimal dos números racionais, decimais periódicos, operações com números racionais. Números reais: correspondência entre números e pontos da reta, ordem valor absoluto, desigualdades; Números complexos: representação, operações, álgebra dos números complexos. Expressões algébricas: operações e propriedades operacionais; Polinômios e equações polinomiais: propriedades fundamentais e operações com polinômios, dispositivos práticos de divisão, fatoração. Progressões Aritmética e Geométrica. Noções Elementares de Matemática Financeira: Sequências numéricas. Progressões aritméticas e geométricas: relações entre os termos de uma progressão, termos intermediários, soma dos termos; Porcentagem Termos importantes de Matemática Financeira: capital, tempo, juros, taxa de juros e montante – Juros simples - Juros compostos; Funções: Equações e Inequações: A ideia de função, variáveis, representações de uma função, domínio e imagem. Estudo das funções elementares, função afim, função linear, função quadrática, função modular, função exponencial, função logarítmica; Funções trigonométricas; periodicidade, cálculo dos valores notáveis, gráficos- Identidades trigonométricas fundamentais - Adição, subtração, duplicação e bisseção de arcos, transformação de somas em produtos - Equações e inequações trigonométricas simples - Teorema dos senos, teorema do cosseno, resolução de triângulos. Equações e inequações: 1º e 2º Graus, exponenciais, logarítmicas e trigonométricas. Análise Combinatória e Probabilidade: Princípios fundamentais da contagem. Cálculo combinatório: arranjos, permutações, combinações. Estudo do Binômio de Newton. Introdução aos fenômenos aleatórios, conceitos de probabilidade, cálculo elementar de probabilidades. Probabilidade condicional e Independência: Matrizes, Determinantes e Sistemas Lineares. Geometria Analítica, Plana e Espacial: Matrizes: conceitos, tipos de matrizes, propriedades operacionais Determinantes: conceito, propriedades e cálculos de determinantes. Equações lineares, sistemas de equações lineares, resolução de sistemas lineares, regra de Cramer; Coordenadas Cartesianas; gráficos, tabelas. Distância entre dois pontos. Estudo analítico da reta, paralelismo e perpendicularismo de retas. Estudo analítico da circunferência; Figuras geométricas simples: reta, semi-reta, segmentos, ângulos, polígonos, circunferência e círculo, lugares geométricos. Congruências de figuras, estudo de triângulo. Teorema de Thales. Teorema de Pitágoras. Áreas de figuras planas: quadrado, retângulo, paralelogramo, triângulo, trapézio, círculo, setor circular. As figuras no espaço: posições relativas de retas e planos, ângulos no espaço. Volumes e áreas de sólidos: prismas e pirâmides. Os poliedros regulares. Sólidos de revolução: áreas e volumes de cilindro, cone e esfera. Limites e Continuidade: Derivada: Introdução, Limite de funções polinomiais e racionais. Propriedades operatórias de limite. Limites envolvendo funções trigonométricas; Existência da derivada: continuidade, derivabilidade, regras de derivação. Derivadas das funções trigonométricas. Regra da cadeia; Aplicações de Derivadas. Integral Indefinida e Definida: Construção de gráficos. Máximo e mínimo. Introdução de Integral indefinida: propriedades e técnicas de integração. Cálculo de Áreas. A função Área, Integral Definida, Integrais Impróprias e Integrais de funções contínuas por partes. Análise Exploratória dos Dados: Noções Gerais de Amostragem: População e Amostra. Amostragem: Não Probabilística, Probabilística, Casual Simples, Casual Estratificada, Casual por Conglomerados e Sistemática. Medidas de tendência central e de dispersão. Gráficos para variáveis qualitativas e quantitativas; Distribuições de frequência e Distribuição normal. A avaliação da aprendizagem: princípios, pressupostos, desafios, procedimentos e instrumentos; O trabalho docente e as demandas didático-pedagógicas: o planejamento, os planos, os projetos de trabalho, o projeto político-pedagógico; A educação inclusiva na rede pública de ensino; A formação de professores (continuada e em serviço): a relação teoriaprática, a identidade e a profissionalização docente

Pedagogia

Educação e sociedade; Teorias pedagógicas; Psicologia, Filosofia, sociologia e história da educação; Prática e pesquisa pedagógica; Desenvolvimento humano e aprendizagem; Práticas curriculares; Educação especial e inclusão; Ética na educação; Legislação e políticas de organização educacional; Gestão educacional; Relação entre pesquisa em ensino de ciências e ensino de ciências na educação básica; As contribuições da Epistemologia, filosofia e história da ciência no ensino de ciências na educação básica e Profissional; Alfabetização científica; aprendizagem significativa; Organização escolar (currículo, avaliação, planejamento, Projeto Político Institucional); A Didática e suas relações com o ensino; O papel da formação de educadores para a educação básica e profissional; A pesquisa como princípio educativo; Paradigmas educacionais: pensamento moderno e contemporâneo; educação e cidadania: aspectos da educação brasileira e regional; A educação como processo social e suas relações com a cultura e a aprendizagem de papéis sociais; A função social da escola; As relações entre educação e sociedade: Abordagens histórica, política, social, filosófica, psicológica da educação de jovens e adultos; a relação educação e trabalho como fundamento para a educação de jovens e adultos; Ensino e aprendizagem de Ciências; as concepções de ensino de Ciências:Tradicional e Construtivista, observação e prática no ensino das disciplinas da área de Ciências (Física, Matemática, Química e biologia), linguagem das Ciências e aprendizagem dos conceitos científicos; unidade indissociável: Ciência e tecnologia.

Química – Graduação em Química, ou Engenharia Química, ou Farmácia

Estrutura atômica; Periodicidade química; Ligações químicas; Interações intermoleculares; Elementos e substâncias químicas: naturais e sintéticas (ocorrência, propriedades, obtenção, aplicações); Nomenclatura dos compostos orgânicos, reações orgânicas, estrutura e função das biomoléculas; Metodologias de análise (amostragem, tratamento da amostra, avaliação e interpretação de resultados analíticos); Análise qualitativa e quantitativa (volumetria, gravimetria, métodos eletro-analíticos, espectroscópicos, análise térmica, cromatografia e eletroforese); Teoria cinética dos gases; Cinética química; Equilíbrio iônico; Termodinâmica; Propriedades coligativas; Mudanças de estado (potencial químico, misturas binárias e ternárias); eletroquímica; Radioatividade; Operações básicas de laboratório no contexto de experimentos envolvendo a preparação e caracterização de substâncias; Química e o meio ambiente; Operações unitárias e processos industriais; A sala de aula e o processo ensino-aprendizagem; A organização e a gestão das instituições educacionais: a construção coletiva do ambiente de trabalho; A avaliação da aprendizagem: princípios, pressupostos, desafios, procedimentos e instrumentos.

Química – Licenciatura

Estrutura atômica; Periodicidade química; Ligações químicas; Interações intermoleculares; Ácidos e bases; Equilíbrios de íons em solução; Metodologias de análise (amostragem, tratamento da amostra, avaliação e interpretação de resultados analíticos); Análise qualitativa e quantitativa (volumetria, gravimetria, métodos eletroanalíticos, espectroscópicos, análise térmica, cromatografia e eletroforese); Teoria cinética e gases reais; Termodinâmica e termoquímica; Mudanças de estado (potencial químico, misturas binárias e ternárias); Propriedades coligativas; Cinética química e catálise; Fenômenos de superfície; Eletroquímica; Elementos e substâncias químicas: naturais e sintéticas (ocorrência, propriedades, obtenção, aplicações); Sólidos (parâmetros reticulares e estrutura cristalina); Macro e biomoléculas; Mecanismos de reação; Radioatividade; Operações básicas de laboratório no contexto de experimentos envolvendo a preparação e caracterização de substâncias; A sala de aula e o processo ensino-aprendizagem; A organização e a gestão das instituições educacionais: a construção coletiva do ambiente de trabalho; A avaliação da aprendizagem: princípios, pressupostos, desafios, procedimentos e instrumentos; Química e o meio ambiente; Operações unitárias e processos industriais.

Segurança do trabalho

Introdução a Higiene Ocupacional; Ruído; Calor; Temperaturas Extremas – Calor e Frio; Iluminação; Radiação Ionizante e Não Ionizante; Agentes Químicos; Gases e Vapores; Agentes Biológicos; NR 15 - Atividades e Operações Insalubres; PPRA - Programa de Prevenção de Riscos Ambientais; PGR - Programa de Gerenciamento de Riscos; PCMAT - Programa de Condições e Meio Ambiente do Trabalho na Indústria; PPP - Perfil Profissiográfico Previdenciário; LTCAT - Laudo Técnico de Condições do Ambiente do Trabalho; PCMSO - Programa de Controle Médico e Saúde Ocupacional; OHSAS - 18001 Série de especificações para Avaliação da saúde e da Segurança; Elementos do Sistema de Gestão de SSO; BS 8800 - Diretrizes para sistemas de gestão da segurança e saúde ocupacional; Princípios tecnológicos das indústrias: metalúrgica, mineradora, química e petroquímica, álcool – açucareira, têxtil, automobilística, Saneamento Ambiental; Legislação e Normalização aplicadas à área de Segurança e Saúde do Trabalhador.

Sociologia

Conceito e importância da Sociologia. Pensamento fundante da Sociologia: E. Durkheim; K. Marx e M. Weber. Conceitos e categorias básicas para a compreensão da vida social: Sociabilidade e socialização; Processos Sociais. Estratificação e mobilidade social. Temas especiais: Cultura e Ideologia; Identidade e diversidade cultural; Desenvolvimento; Políticas sociais; Identidades sociais e movimentos populares; O processo histórico da construção das desigualdades sociais na sociedade; Pensamento Sociológico Contemporâneo; História e historiografia; Narrativa e interpretação na escrita da história; História da Cultura, história cultural: os múltiplos caminhos nos debates sobre a noção de cultura; Metodologias do ensino de história; Linguagens e documentos no ensino da história; História Oral História e Memória; Renascimento Cultural; Reformas Religiosas; Revolução Industrial; Revolução Francesa; Revolução russa, Revolução Chinesa e Revolução Cubana.

Turismo

A profissão de Guia de Turismo; Técnicas de Trabalho de um guia de turismo antes e durante a viagem;Postura de um guia de turismo contornando impasses comuns, situações de emergências, queixas e reclamações durante a excursão; Rotina do Guia de Turismo em excursão em área natural;O papel do poder público no turismo; Os roteiros turísticos do Brasil e do Mato Grosso;Estrutura do sistema turístico – SISTUR.

Anexo VI - Conteúdo Programático

Identificação do Candidato

Candidato:

 

N.º Inscrição:

 

Telefone: N.º Documento

Identidade:

Cargo:

Campus:

 

Nº de Ordem

Descrição do Título/Documento

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

___________________
Assinatura do Candidato:

Obs.: O candidato poderá utilizar mais de uma folha para relacionar seus Títulos/Documentos utilizando-se do modelo do Anexo VII, caso haja necessidade.

120199

Política de Privacidade 2000-2014 PCI Concursos Telefone (11) 2122-4231