Prefeitura de Independência - RS divulga novo Processo Seletivo para médico

Profissional deverá desempenhar atividades em jornada de trabalho de 20 horas semanais e contará com salários no valor de até R$ 5,2 mil; confira
Quarta-feira, 7 de julho de 2021 às 16h43
Prefeitura de Independência - RS divulga novo Processo Seletivo para médico

No estado do Rio Grande do Sul, a Prefeitura de Independência torna pública a realização de um novo Processo Seletivo, que tem como objetivo a admissão de médico.

De acordo com o edital, será preenchida uma vaga. Para concorrer a oportunidade, os candidatos devem comprovar a escolaridade exigida para a função desejada de nível superior em medicina, bem como ter registro ativo no respectivo conselho de classe, dentre outros requisitos que constam no edital.

Ao profissional admitido, este irá desempenhar funções em carga horária de 20 horas semanais e contarão com salários de R$ 5.206,15 ao mês, além do adicional de insalubridade.

Atribuições

Dentre as atribuições do cargo está prestar assistência médica-cirurgica, fazer inspeções de saúde em candidatos a cargos públicos e em serviços municipais, atender consultas médicas em ambulatórios, hospitais, unidades sanitárias e efetuar exames médicos em escolas e pré escolas; examinar servidores públicos municipais para fins de controle e ingresso, licença e aposentadoria; dentre outros requisitos que constam no edital.

 Procedimentos para participação

Para participar, os interessados devem efetuar as inscrições no período de 12 a 16 de julho de 2021, na sede do Município, que fica na rua Senador Pinheiro, nº 1.348, junto à sala da Secretaria de Administração, no horário das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h.

Como forma de seleção, os candidatos serão avaliados mediante a avaliação de títulos e experiência profissional, de acordo com os critérios de pontuação especificados no edital.

O prazo de validade do presente Processo Seletivo será de dois anos, contado da homologação do resultado final, com possibilidade de prorrogação por igual período.

Jornalista: Thamires Fernandes
Compartilhe: