Prefeitura de Crateús - CE

PREFEITURA MUNICIPAL DE CRATEÚS

ESTADO DO CEARÁ

SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº. 01/2013

Notícia:   Prefeitura de Crateús - CE anuncia seleção de 257 profissionais

Rua Manoel Augustinho, 544 - Centro - Crateús-Ceará. CEP: 63-700-000 - Fone: (88) 3692-3319

O PREFEITO MUNICIPAL DE CRATEÚS-CE, no uso de suas atribuições legais, em consonância com o art. 37, IX, da Constituição Federal, c/c o a Lei Municipal 433 de 08 de março de 2001 e Decreto Municipal nº 653, de 30 de Outubro de 2013 que torna pública a abertura de inscrições para a realização de processo seletivo destinado à contratação de pessoas físicas para o serviço de Assistente Social, Advogado, Coordenador ACESSUAS TRABALHO, Educador Físico, Pedagogo, Psicólogo, Técnico de Nível Superior, Agente administrativo, Agente cadastrador(a) de programas / projetos habitacionais, Atendente, Articulador municipal de políticas para o idoso, Articulador municipal de projetos habitacionais, Articulador municipal da rede de proteção a criança e ao adolescente, Digitador, Educador social, Entrevistador social, Facilitador de oficinas de convívio por meio da arte e cultura, Facilitador de oficinas de convívio por meio do esporte e lazer, Facilitador de formação técnica geral para o mundo do trabalho, Instrutor de oficina de esporte, Monitor de informática, Operador municipal máster, Orientador de atividades lúdicas, Operador Municipal do SIPIA - Sistema de Informação para a Infância e Adolescência, Operador municipal do sistema de vigilância alimentar e nutricional, Orientador social, Recepcionista, Supervisor de campo, Técnico de nível médio, Técnico de nível médio ACESSUAS TRABALHO, Técnico em licitações, Agente de serviços complementares, Auxiliar de serviços gerais, Auxiliar de cozinha, Cozinheiro, Distribuidor de leite do Programa leite fome zero, Instrutor de oficina de capoeira, Motorista, Office Boy e Porteiro, para atender as necessidades temporárias de excepcional interesse público e suprir as carências existentes na Secretaria de Assistência Social.

1. DA SELEÇÃO

1.1. O PROCESSO DE SELEÇÃO PÚBLICA será regulado pelas normas do presente Edital e realizado sob responsabilidade da Comissão de Organização do Processo Seletivo Simplificado, constituída por Ato da Secretária de Assistência Social;

1.1.1. O Processo de que trata o item 1.1. deste Edital destina-se a suprir carências temporárias para atender os Programas e Projetos da Secretaria de Assistência social.

2. - DAS INSCRIÇÕES

2.1. A inscrição para participar do processo seletivo será gratuita;

2.1.1. As inscrições serão efetuadas mediante preenchimento de ficha de inscrição no período de 05, 06, 07, 08 e 11 de novembro 2013, das 08:00 às 12:00 e das 14:00 às 17:00horas, na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social, situada na Rua Manoel Augustinho 544, Centro, Crateús - CE., CEP: 63.700-000.

2.1.2. A inscrição do candidato implicará no conhecimento e aceitação das normas e condições estabelecidas neste Edital, em relação às quais não poderá alegar desconhecimento, ainda que atue mediante procurador.

2.2. São requisitos necessários para a inscrição no Processo Seletivo:

I - Ser brasileiro nato, naturalizado, ou cidadão português a quem foi conferida igualdade, nas condições previstas no art. 12, inciso II, § 1º, da Constituição Federal;

II - Ter, na data da convocação para a admissão, idade mínima de 18 (dezoito) anos completos;

III - Estar em dia com as obrigações militares, exceto para os candidatos do sexo feminino;

IV - Estar em dia com as obrigações eleitorais;

V - Possuir qualificação para o cargo a que pretende-se concorrer, com comprovante de escolaridade expedido pela instituição de ensino reconhecida pelo MEC.

2.3. Os documentos comprobatórios do candidato, com exceção da xerox do Documento de Identidade, não serão retidos quando do momento da inscrição.

2.4. São considerados documentos de Identidade: carteiras de identidade expedidas pelas Secretarias de Segurança, Forças Armadas, Ministério das Relações Exteriores e Polícias Militares, Carteira Nacional de Habilitação expedida na forma da Lei nº 9.503/97, carteiras profissionais expedidas por conselhos de classe que, por Lei Federal tem validade como documento de identificação;

2.5. A apresentação dos documentos e das condições exigidas para a inscrição no processo de seleção será efetuada no momento da convocação para contratação, sendo que a não apresentação implicará na anulação de todos os atos praticados pelo candidato;

2.6. A inscrição do candidato proceder-se-á através de:

2.6.1. Preenchimento do Formulário de Inscrição, em todos os campos solicitados, sem emendas e/ou rasuras apenas para um cargo;

2.6.2. Entrega do Curriculum Vitae, juntamente com os títulos legíveis com a apresentação dos documentos originais e suas respectivas xerox, a fim de serem conferidos e autenticados e conferido pela Comissão junto a Secretaria de Assistência Social;

2.6.3. Apresentação do documento de identificação original, acompanhada da xerox do documento de identidade do candidato;

2.6.4. Será permitida a inscrição por procuração específica para esse fim, acompanhado de cópias dos documentos de identidade do candidato e do procurador, com firma devidamente reconhecida.

2.6.5. Os documentos deverão estar em perfeitas condições, de forma a permitirem, com clareza, a identificação do candidato e deverão conter, obrigatoriamente, filiação, fotografia, data de nascimento e órgão expedidor.

2.6.6 As informações prestadas na Ficha de Inscrição são de inteira responsabilidade do candidato ou procurador, cabendo à Comissão Organizadora do Processo de Seleção o direito de excluir do certame àquele que preenchê-la com dados incorretos ou rasurados, bem como ao candidato que prestar informações inverídicas, ainda que o fato seja constatado posteriormente.

3. DO PROCESSO DE SELEÇÃO PÚBLICA

3.1.1. O PROCESSO DE SELEÇÃO PÚBLICA de que trata este Edital será realizado através de (02) duas fases: Análise Curricular comprovada através de Curriculum Vitae e entrevista, conforme disposto no anexo I deste edital para nível superior e anexo II para nível médio valendo 10 (dez) pontos para os candidatos que concorrerão para: Assistente Social, Advogado, Coordenador ACESSUAS TRABALHO, Educador Físico, Pedagogo, Psicólogo, Técnico de Nível Superior, Agente administrativo, Agente cadastrador (a) de programas / projetos habitacionais, Atendente, Articulador municipal de políticas para o idoso, Articulador municipal de projetos habitacionais, Articulador municipal da rede de proteção a criança e ao adolescente, Digitador, Educador social, Entrevistador social, Facilitador de oficinas de convívio por meio da arte e cultura, Facilitador de oficinas de convívio por meio do esporte e lazer, Facilitador de formação técnica geral para o mundo do trabalho, Instrutor de oficina de esporte, Monitor de informática, Operador municipal máster, Orientador de atividades lúdicas, Operador Municipal do SIPIA - Sistema de Informação para a Infância e Adolescência, Operador municipal do sistema de vigilância alimentar e nutricional, Orientador social, Recepcionista, Supervisor de campo, Técnico de nível médio, Técnico de nível médio ACESSUAS TRABALHO e Técnico em licitações;

3.1.2 Os candidatos que concorrerão à função de Agente de serviços complementares, Auxiliar de serviços gerais, Auxiliar de cozinha, Cozinheiro, Distribuidor de leite do Programa leite fome zero, Instrutor de oficina de capoeira, Motorista, Office Boy e Porteiro participarão somente da entrevista, conforme disposto no Anexo III, parte integrante deste Edital.

4 DA ANÁLISE DO CURRICULUM VITAE E ENTREVISTA

4.1. A análise do Curriculum Vitae será realizada mediante a avaliação dos títulos apresentados, devendo ser anexadas:

a) cópias legíveis e autenticadas ou xerox acompanhada dos originais de todos os títulos discriminados;

b) comprovantes de experiência de trabalho, fornecidos através de: declaração assinada, com seus respectivos carimbos de autenticação, quando se tratar de servidor público ou cópia autenticada da carteira profissional, constando o início e o término da experiência de trabalho, quando se tratar de empregado da iniciativa particular ou público.

4.2. Somente serão aceitos os títulos em área de conhecimento correspondente ou afim àquela em que o candidato estiver inscrito para a seleção pública;

4.3. Os títulos apresentados para a função a ser desempenhada deverão ter carga horária de no mínino 20hs;

5 DA REALIZAÇÃO DO PROCESSO DE SELEÇÃO PÚBLICA

5.1. A análise e avaliação dos currículos dos candidatos serão realizadas no período de 12 a 14 de novembro 2013 obedecido ao disposto nos itens 4.1 a 4.3, deste Edital;

5.2. O resultado da 1ª fase do processo de seleção simplificado será divulgado no dia 18 de novembro 2013, e a relação será afixada na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social, publicado no site da Prefeitura Municipal de Crateús e emissoras de rádio local.

5.3. A entrevista será realizada no período de 20 a 22 de novembro 2013, só participarão da segunda fase, ou seja, da ENTREVISTA, os candidatos que tenham obtidos pontuação a partir de 60% na análise curricular e os candidatos previstos no item 3.1.2;

5.4. Na entrevista serão abordadas temáticas ligadas a Política Nacional de Assistência Social, Serviço de convivência para crianças, adolescentes e idosos, Estatuto da Criança e do adolescente, Programas sociais do Governo Federal, inclusão social e conhecimentos específicos na área de atuação a que o candidato esteja concorrendo;

5.5. O resultado final será divulgado dia 25 de novembro 2013 a partir das 17:00h no site da Prefeitura Municipal de Crateús e no flanelógrafo da Secretaria de Assistência Social.

6 DA APROVAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO

6.1. Somente será aprovado o candidato que obtiver pontuação mínima de 60% (sessenta por cento) dos pontos, de que trata o item 3.1.1. e 3.1.2, deste edital.

6.2. Dentre os candidatos aprovados, a classificação final dos candidatos será feita em função dos pontos obtidos na análise do curriculum e entrevista, em ordem decrescente de pontos, de acordo com o desempenho obtido.

6.3. Ocorrendo empate no total de pontos, o desempate beneficiará sucessivamente o candidato:

a) Com maior idade, contados os anos, meses e dias;

b) Que tenha prole.

7 DOS RECURSOS

7.1. Caberá recurso, desde que devidamente fundamentado, à Comissão Organizadora do Processo de Seleção, contra o resultado final do referido processo, no prazo de até 02 (dois) dias úteis a contar da publicação do resultado final de classificação.

7.2. Não serão avaliados recursos sem instrução e fundamentação.

7.3. Serão rejeitados liminarmente os recursos postados fora do prazo e os que não contiverem dados necessários à identificação do candidato.

7.4. Havendo alteração no resultado oficial do Processo de Seleção Pública, em razão do julgamento de recursos apresentados à Comissão, este deverá ser republicado com as alterações que se fizerem necessário.

8. DA CONTRATAÇÃO

8.1. A contratação obedecerá rigorosamente à ordem de classificação e dar-se-á através de Termo de Contrato assinado entre as duas partes;

8.2 A lotação dos aprovados será de acordo com a disponibilidade da Secretaria de Assistência Social, sendo nos setores, programas e projetos da Secretaria de Assistência Social;

8.3 As despesas decorrentes destes contratos correrão por conta da dotação orçamentária de n.º: 2121 08 243 0131 2.012; (Manutenção das Atividades do Conselho Tutelar); 2121 08 243 0131 2.013 3.3.90.36.00 (Manutenção do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do adolescente); 2121 08 243 0131 2.053 3.3.90.36.00 (Programa Projovem Modalidade Adolescente); 2121 08 243 0132 2.054 3.3.90.36.00 (Programa Erradicação do Trabalho Infantil - PETI); 2323 08 244 0137 2.016 3.3.90.36.00 (Manutenção das Atividades do Fundo Municipal de Habitação e Interesse Social); 2222 08 244 0137 2.011 3.3.90.36.00 (Manutenção das Atividades do Fundo Municipal dos Direitos da Mulher); 0707 08 122 0037 2.009 3.3.90.36.00 (Manutenção do Fundo Municipal de Assistência Social); 0707 08 241 0121 2.010 3.3.90.36.00 (Manutenção do Conselho Municipal dos Direitos do Idoso); 0707 08 244 0137 2.015 3.3.90.36.00 (Apoio as ações Complementares/Gestão do Bolsa Família); 0707 08 244 0137 2.017 3.3.90.36.00 (Operacionalização da Cozinha Comunitária); 0707 08 244 0137 2.018 3.3.90.36.00 (Desenvolver Ações Sócio Especial de Média Complexidade PAEFI/CREAS); 0707 08 244 0426 2.021 3.3.90.36.00 (Manutenção do Projeto Estação Digital); 0707 08 244 0137 2.057 3.3.90.36.00 (Programa Casa da Família - PAIF/CRAS); 0707 08 244 0137 2.070 3.3.90.36.00 (Aprimoramento da gestão do Índice Gestão descentralizada do SUAS - IGDSUAS); 0707 08 244 0137 2.073 3.3.90.36.00 (Implantação do Programa Nacional do Acesso ao Mundo do Trabalho - PRONATEC).

9. DAS CONDIÇÕES PARA CONTRATAÇÃO

9.1. São condições para contratação, quando do ato convocatório;

Ter obtido prévia aprovação no processo de seleção de que trata o presente Edital;

9.1.2. Apresentar os seguintes documentos:

a) Xerox autenticada ou xerox com a apresentação original da carteira de Identidade e do CPF;

b) Xerox autenticada ou xerox com a apresentação original do Título de Eleitor e do último comprovante de votação;

c) Xerox autenticada ou xerox com a apresentação original do Certificado de Reservista para os candidatos do sexo masculino;

d) Xerox autenticada ou xerox com a apresentação original do Certificado de Conclusão do Curso Exigido pelo presente Edital;

e) Declaração de ocupação ou não em cargo público, na Administração Federal, Estadual ou Municipal;

f) Atestado Médico, que comprovará a aptidão necessária para o exercício do cargo;

g) Os candidatos a função de Office boy e Motorista deverão apresentar xerox autenticada da Carteira Nacional de Habilitação na categoria A e B, respectivamente;

h) Outros documentos exigidos no ato da convocação.

9.2. O Município de Crateús - CE não se responsabilizará pelo deslocamento de servidores que residirem em outros municípios.

10 DOS CARGOS E REMUNERAÇÃO

10.1. O PROCESSO SELETIVO destina-se ao provimento de cargos, bem como dos que venham a vagar no prazo de validade do mesmo, para as seguintes categorias funcionais:

CARGOS

ESCOLARIDADE

ATRIBUIÇÕES



D
E
V
A
G
A
S

C
A
R
G
A
 
H
O
R
A
R
I
A
 
S
E
M
A
N
A
L

R
E
M
U
N
E
R
A
Ç
Ã
O
 
(R$)

01

Assistente Social

Ensino Superior completo em Serviço Social com registro profissional no respectivo Conselho Regional de Serviço Social - CRESS

Acolhida, oferta de informações e realização de encaminhamentos às famílias usuárias do CRAS; Mediação dos processos grupais do serviço socioeducativo para famílias; Realização de atendimento individualizado e visitas domiciliares as famílias referenciadas ao CRAS; Desenvolvimento de atividades coletivas e comunitárias no território; Assessoria aos serviços socioeducativos desenvolvidos no território; Acompanhamento das famílias em descumprimento de condicionalidades; Alimentação de sistema de informação, registro das ações desenvolvidas e planejamento do trabalho de forma coletiva; Articulação de ações que potencializem as boas experiências no território de abrangência; Executar outras atividades correlatas.

10

30h

2.242,00

01

20h

1.495,00

02

Advogado

Ensino Superior completo em Direito, com registro profissional na Ordem dos Advogados do Brasil - OAB

Prestar orientação jurídica; apoiar e esclarecer sobre direitos do cidadão, bem como a responsabilização do agressor, fazer os encaminhamentos processuais e administrativos aos órgãos competentes; proferir palestras sobre direitos das mulheres, crianças, adolescentes, idosos, deficientes, etc; realizar levantamentos de casos das situações de violência e acompanhamento em audiências. Exercer atividades profissionais inerentes a sua atuação, nos termos da legislação reguladora do exercício da profissão; Executar outras atividades correlatas.

02

20h

1.500,00

03

Coordenador ACESSUAS TRABALHO

Ensino superior completo em serviço social, psicologia, pedagogia, antropologia, administração, economia doméstica, contador, sociologia ou terapia ocupacional, e registro profissional no respectivo Conselho Regional, conforme determina a NOB RH/SUAS e a Resolução CNAS Nº 17/2011.

Coordenar o planejamento das atividades que serão desenvolvidas pela Equipe de Referência do ACESSUAS; Acompanhar os resultados das metas pactuadas pelo Município / Alimentar com informações pertinentes o Sistema de monitoramento do ACESSUAS TRABALHO; Atuar em parceria com as articulações do PRONATEC no município.

01

40h

1.900,00

04

Educador Físico

Ensino Superior completo em educação física com registro no Conselho Regional de Educação Física - CREF

Programar e executar atividades físicas e esportivas; executar atividades recreativas e de lazer; proferir palestras, incentivando a prática de esportes; desenvolver projetos de conscientização esportiva; desempenhar outras atividades correlatas e compatíveis com sua formação; Executar outras atividades correlatas

02

40h

1.819,95

05

Pedagogo

Ensino superior completo em pedagogia com certificado reconhecido pela instituição de ensino

Propor, executar, acompanhar e avaliar serviços socioassistenciais desenvolvidos pelo órgão, relativos ao atendimento e acompanhamento ao usuário da assistência social; Elaborar e executar planos, programas, 07 projetos, relatórios e diagnósticos, atendimento individual e/ou grupal; Assessorar atividades específicas em pedagogia; Participar de programas de capacitação que envolvam conteúdos relativos à área de atuação;

07

40h

1.819,00

Coordenar e monitorar a área de educação não-formal; Realizar visitas domiciliares e executar outras atividades da área; Fornecer suporte às famílias do CRAS em conformidade com as orientações técnicas do Centro de Referência de Assistência Social - CRAS; Priorizar as orientações da NOB/SUAS, PNAS e orientações técnicas do CRAS; Realização de encaminhamentos para serviços setoriais; Participação de reuniões sistemáticas no CRAS, para planejamento das ações semanais a serem desenvolvidas, definição de fluxos, instituição de rotina de atendimento e acolhimento dos usuários; Organização dos encaminhamentos, fluxos de informações com outros setores, procedimentos, estratégias de resposta às demandas e de fortalecimento das potencialidades do território; Executar outras atividades correlatas.

01

20h

909,50

06

Psicólogo

Ensino superior completo em Psicologia com registro profissional no conselho regional de Psicologia

Acolhida, oferta de informações e realização de encaminhamentos às famílias usuárias do CRAS; Mediação dos processos grupais do serviço socioeducativo para famílias; Realização de atendimento individualizado e 03 visitas domiciliares as famílias referenciadas ao CRAS; Desenvolvimento de atividades coletivas e comunitárias no território; Assessoria aos serviços socioeducativos desenvolvidos no território; Acompanhamento

03

20h

1.121,00

das famílias em descumprimento de condicionalidades; Alimentação de sistema de informação, registro das ações desenvolvidas e planejamento do trabalho de forma coletiva; Articulação de ações que potencializem as boas experiências no território de abrangência; Executar outras atividades correlatas.

02

40h

2.242,00

07

Técnico de Nível Superior

Ensino superior completo em serviço social, psicologia, pedagogia, antropologia, contador, administração, economia doméstica, sociologia ou terapia ocupacional, e registro profissional no respectivo Conselho Regional , quando houver, conforme determina a NOB RH/SUAS e a Resolução CNAS Nº17/2011.

Elaborar estudo sócio econômico do município; Identificar o público prioritário do Programa ACESSUAS TRABALHO; Identificar as pessoas com deficiência que possam participar dos cursos oferecidos pelo Programa ACESSUAS TRABALHO; Participar da elaboração da campanha de 01 mobilização e de divulgação do Programa; Organizar palestras, reuniões nos bairros, nas associações de moradores, com o público prioritário do Programa ACESSUAS TRABALHO; Disponibilizar à população a lista das unidades ofertantes e relação dos cursos oferecidos pelo ACESSUAS TRABALHO; Articular com a rede de educação (EJA) que atua com o público prioritário do Programa ACESSUAS TRABALHO para matricular os alunos nas unidades ofertantes; Identificar famílias com perfil para acesso à renda, com registro especifico daquelas em situação de extrema pobreza e incluir no CADÚNICO e no ACESSUAS TRABALHO; Registrar informações sobre matrículas efetivadas, encaminhamento e acompanhamento dos educandos; Acompanhar o desempenho dos educandos por meio de relatório quinzenal ou mensal; Disponibilizar informações sobre a permanência, evasão dos educandos e avaliação do Programa ACESSUAS TRABALHO; Participar de reuniões periódicas com a equipe de referência da Secretaria Municipal de Assistência Social e/ou CRAS, para planejamento e avaliação dos resultados do Programa ACESSUAS TRABALHO; Identificar situações de vulnerabilidade e risco social e oferta de e/ou encaminhamento para outros serviços, conforme necessidades; Articular com a Secretaria Municipal de Trabalho ou SINE a intermediação da mão de obra dos capacitados no ACESSUAS TRABALHO; Executar tarefas correlatas.

01

40h

1.400,00

08

Agente administrativo

Ensino médio completo com certificado reconhecido pela instituição de ensino

Execução de serviços gerais de expediente, tais como: digitação, arquivos, registros, controles administrativos, preenchimento de formulários, bem como distribuição de correspondências diversas e encaminhamento de assuntos de rotina aos respectivos destinatários. Providenciar a tiragem de cópias, a digitação de documentos e lançamentos diversos. Efetuar diversas consultas na internet, de acordo com as necessidades do setor, e/ou solicitação do seu superior imediato. Organizar e manter o arquivo do setor, para a guarda de documentos e facilidade de consulta; Executar outras atividades correlatas.

08

40h

727,27 R$

09

Agente cadastrador (a) de programas / projetos habitacionais

Ensino Médio Completo com certificado reconhecido pela instituição de ensino

Executar atribuições de atendimento às pessoas, preenchimento e digitação de formulários, em sistemas do Setor de Habitação, para cadastramento e recadastramento das famílias; entrevistar; coletar dados e inserção dos mesmos no Sistema da Habitação; Executar outras atividades correlatas.

01

40h

800,00

10

Atendente

Ensino médio completo com certificado reconhecido pela instituição de ensino

Atender usuários do Bolsa Família; Consultar versão 7 do sistema de informação; Averiguar a carteira de idosos no site do MDS; Consultar folha de pagamento; realizar os devidos encaminhamentos e esclarecimentos; Receber solicitação de cadastro; Expedir declaração de programas sociais; Executar outras atividades correlatas

02

40h

800,00

11

Articulador municipal de políticas para o idoso

Ensino médio completo com certificado reconhecido pela instituição de ensino

Planejar e executar ações referentes às políticas voltadas ao Idoso. Estabelecer mecanismos de divulgação e informação sobre o processo de envelhecimento, incentivar a criação de grupos de convivência nas comunidades e possibilitar aos idosos fóruns de discussão da sua condição de vida e luta pelos seus direitos; Executar outras atividades correlatas

01

40h

1.200,00

12

Articulador municipal de projetos habitacionais

Ensino médio completo com certificado reconhecido pela instituição de ensino

Realizar ações de articulação de entidades/organizações locais no processo de discussão de políticas públicas de habitação, critérios de acesso às soluções habitacionais, assim como desenvolvimento de atividades de mobilização, viabilizando parcerias no âmbito público ou privado; Executar outras atividades correlatas.

01

40h

1.500,00

13

Articulador municipal da rede de proteção a criança e ao adolescente

Ensino médio completo com certificado reconhecido pela instituição de ensino

Desenvolver ações articuladas, a fim de garantir a atenção integral à criança e ao adolescente, tendo como diretriz o envolvimento da família; da comunidade; da escola; da unidade de saúde; dos projetos de cultura, esporte e lazer; dos serviços de assistência social; do ministério público; da defensoria pública, das organizações da sociedade civil; dos empresários e da sociedade de modo geral; Executar outras atividades correlatas.

01

40h

1.500,00

14

Digitador

Ensino médio completo com certificado reconhecido pela instituição de ensino

Executar, sob supervisão, atividades técnicas de grande responsabilidade e complexidade. Realizar atividades de operacionalização de programas em informática. Operar equipamentos (máquinas digitadoras ou similares), para transcrição de dados, através de digitação, de acordo com documentos de entrada, instruções dos relatórios de saída e utilizando programas desenvolvidos. Selecionar programas de digitação para execução dos trabalhos de transcrição de dados, buscando maior agilidade e eficiência. Controlar a gravação de arquivos de dados transcritos, por medida de segurança. Preparar relatórios sobre as atividades de digitação desenvolvidas. Zelar pela conservação dos equipamentos operados, efetuando limpeza dos mesmos, conforme especificações técnicas, bem como solicitando manutenção quando de problemas detectados. Prestar orientação e efetuar treinamento de novos digitadores, sempre que necessário. Executar outras tarefas correlatas.

03

40h

800,00

15

Educador social

Ensino médio completo com certificado reconhecido pela instituição de ensino

Realizar acolhida, oferta de informações e realização de encaminhamentos às famílias usuárias do CREAS; desempenhar os serviços de abordagem de usuários (busca ativa); realizar visitas domiciliares; registrar denúncias; notificar os casos aos serviços de retaguarda; ministrar oficinas educativas e palestras; acompanhar, quando necessário, adolescentes e jovens em cumprimento de medidas socioeducativas em meio aberto, determinadas judicialmente (Serviço de Proteção Social a Adolescentes em Cumprimento de Medida Socioeducativa de Liberdade Assistida e de Prestação de Serviços à Comunidade); desempenhar outras atividades compatíveis com a função e deliberadas pela Coordenação do CREAS ou pela Secretaria Municipal de Assistência Social; Executar outras atividades correlatas.

02

40h

750,00

Promover atividades recreativas diversificadas através do Programa Ceará Cresce Brincando, visando ao entretenimento, à integração social e ao desenvolvimento pessoal de crianças, adolescentes e públicos em geral; Executar outras atividades correlatas.

01

40h

750,00

Recepção e oferta de informações às famílias usuárias do CRAS; Mediação dos processos grupais, próprios dos serviços de convivência e fortalecimentos de vínculos, ofertados no CRAS; Participação de reuniões sistemáticas de planejamento de atividades e de avaliação do processo de trabalho com a equipe de referência do CRAS; Participação das atividades de capacitação (ou formação continuada) da equipe de referência do CRAS; Realizar visitas domiciliares (sob a coordenação do profissional de nível superior da equipe de referência do CRAS); Realizar o mapeamento da área de atuação do CRAS; Elaborar relatórios referentes às famílias visitadas e cadastradas no CRAS; Executar outras atividades correlatas.

01

40h

750,00

16

Entrevistador social

Ensino médio completo com certificado reconhecido pela instituição de ensino

Responsável pela coleta de dados da família por meio do preenchimento dos formulários do Cadastro Único, através de visita do entrevistador à residência da família ou pelo deslocamento da família até o local de cadastramento. Realizar visitas domiciliares; Elaborar e encaminhar os dados coletados ao gestor municipal caso perceba durante a entrevista que as informações fornecidas pelo responsável familiar não são condizentes com a realidade da família; Encaminhar as informações fornecidas para a avaliação do técnico responsável; Garantir sigilo das informações obtidas nas entrevistas; Garantir a privacidade da pessoa; Ter conhecimento dos programas sociais para esclarecer as famílias; Recepcionar pessoas que procuram a unidade, inteirando-se dos assuntos a serem tratados, objetivando prestar-lhes as informações desejadas; Operar o sistema Cadastramento Único, digitando, enviando e recebendo arquivos, mantendo dados atualizados e controle das famílias cadastradas; fazer downloads; Consultar benefícios, emitir relatórios gerenciais, analíticos e sintéticos dos Programas Bolsa Família dentre outros; Operar os sistemas / aplicações on-line disponibilizados pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) (Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família (SIGPBF). Executar outras tarefas correlatas.

08

40h

800,00

17

Facilitador de oficinas de convívio por meio da arte e cultura

Ensino médio completo com certificado reconhecido pela instituição de ensino

Organização e coordenação de atividades sistemáticas artísticas e culturais; Organização e coordenação de eventos artísticos e culturais; Participação de atividades de capacitação da equipe de trabalho responsável pela execução do serviço socioeducativo; Participação em atividades de planejamento, sistematização e avaliação do serviço socioeducativo, juntamente com a equipe de trabalho; Executar outras atividades correlatas.

26

1h25min

151,70

18

Facilitador de oficinas de convívio por meio do esporte e lazer

Ensino médio completo com certificado reconhecido pela instituição de ensino

Organização e coordenação de atividades sistemáticas esportivas e de lazer, abarcando manifestações corporais e outras dimensões da cultura local; Organização e coordenação de eventos esportivos e de lazer; Participação de atividades de capacitação da equipe de trabalho responsável pela execução do serviço socioeducativo; Participação em atividades de planejamento, sistematização e avaliação do serviço socioeducativo, juntamente com a equipe de trabalho; Executar outras atividades correlatas.

26

1h25min

151,70

19

Facilitador de formação técnica geral para o mundo do trabalho

Ensino médio completo com certificado reconhecido pela instituição de ensino

Organização e facilitação de situações estruturadas de aprendizagem, explorando e desenvolvendo conteúdos programáticos da Introdução à Formação Técnica Geral (IFTG) para o mundo do trabalho; Organização e coordenação de atividades sistemáticas visando à inclusão digital; Acompanhamento de Projetos de Orientação Profissional de jovens; Participação de atividades de capacitação da equipe de trabalho responsável pela execução do serviço socioeducativo; Participação em atividades de planejamento, sistematização e avaliação do serviço socioeducativo, juntamente com a equipe de trabalho; Executar outras atividades correlatas.

28

6h

216,70

20

Instrutor de oficina de esporte

Ensino médio completo com certificado reconhecido pela instituição de ensino

Desenvolver atividades esportivas nas diversas modalidades, com vistas a contribuir com a formação integral de crianças, adolescentes e jovens, tendo em vista a prática esportiva nos aspectos morais, ético e recreativo, em conformidade com as orientações técnicas do Centro de Referência de Assistência Social - CRAS. Executar outras tarefas correlatas.

01

4h

510,10

21

Monitor de informática

Ensino médio completo com certificado reconhecido pela instituição de ensino

Ministrar/realizar cursos de informática no âmbito da Estação Digital, promovendo a inclusão social e digital na área da informática, compreendendo noções gerais de informática, abrangendo conhecimento de hardware, sistema operacional, editor de textos, planilhas eletrônicas; bem como propor atividades práticas e avaliativas; Zelar pela manutenção dos equipamentos de informática; Participar das atividades de capacitação promovidas pela Secretaria de Assistência Social de Crateús/CE; Elaborar relatório técnico das atividades desempenhadas. Executar outras tarefas correlatas.

02

40h

1.200,00

22

Operador municipal master

Ensino médio completo com certificado reconhecido pela instituição de ensino

Visualizar e imprimir Manual do Sistema de acompanhamento da freqüência escolar do programa bolsa família; Cadastrar Operadores Municipais Auxiliares e Operador Diretor de Escola; Visualizar quadro de avisos; Alterar senha de sistema quando necessário; Efetuar logout (sair); Emitir relatórios gerenciais; Emitir relatórios de baixa freqüência; Imprimir formulários para as escolas; Registrar as freqüências dos alunos conforme orienta o Manual; Pesquisar Beneficiários; Monitorar a permanência das pessoas cadastradas sob a sua responsabilidade, atualizando ou gerenciando informações do sistema; Executar outras atividades correlatas.

01

40h

1.000,00

23

Orientador de atividades lúdicas

Ensino médio completo com certificado reconhecido pela instituição de ensino

Executar atividades grupais com crianças, voltadas ao aspecto lúdico. Deverá contribuir para a definição das brincadeiras a serem desenvolvidas com os participantes. Caberá também ao orientador de atividades lúdicas o trabalho com crianças e famílias, com o apoio do técnico de nível superior; Planejar as atividades sob sua responsabilidade; Responsabilizar-se, junto com o técnico de nível superior, pelo trabalho desenvolvido com os grupos de crianças e famílias, desenvolvendo e fomentando atividades lúdicas; Responsabilizar-se pelo trabalho desenvolvido com os grupos só de crianças; Organizar e cuidar dos materiais utilizados; Registrar as atividades realizadas nos grupos; Registrar o desenvolvimento de novas habilidades das crianças e suas relações entre pares e entre familiares; Discutir sistematicamente os registros realizados, com o técnico de nível superior, como subsídio ao planejamento de atividades e avaliação de resultados; Registrar a freqüência das crianças às atividades (exclusivas para crianças), bem como a freqüência das crianças e demais membros de suas famílias (nas atividades que envolvam as crianças e famílias) e encaminhar mensalmente ao técnico responsável; Executar outras atividades correlatas

01

40h

1.200,00

24

Operador Municipal do SIPIA - Sistema de Informação para a Infância e Adolescência

Ensino Médio Completo com certificado reconhecido pela instituição de ensino

Inclusão no SIPIA - Sistema de Informação para a infância e adolescência das ocorrências atendidas e acompanhadas pelo conselho tutelar; Executar outras atividades correlatas

01

40h

1.000,00

25

Operador municipal do sistema de vigilância alimentar e nutricional

Ensino médio completo com certificado reconhecido pela instituição de ensino

Imprimir formulários do Sistema; Enviar as Unidades de Saúde; Receber Relatórios; Digitar dados no Sistema; Acompanhar as Condicionalidades da Saúde; Atender e sanar dúvidas as famílias em Condicionalidades; Expedir relatórios; Garantir parceria com a Secretaria de Saúde de Crateús/CE; Fazer palestras; Divulgar o Programa SISVAN/PBF; Executar outras atividades correlatas.

01

40h

1.000,00

26

Orientador social

Ensino médio completo com certificado reconhecido pela instituição de ensino

Realizar serviços sócio-educativos nos núcleos dos Serviços de convivência de 07 a 14 anos. As atividades desenvolvidas irão abranger: auxiliar as crianças e adolescentes nas atividades extra-escolares (tarefas para casa), recreação e lazer, atividades artísticas e culturais, atividades com as famílias (reunião bimensais, palestras, oficinas), assim como, articulação com a rede de garantia e defesa dos direitos das crianças e adolescentes, além do acompanhamento das ações empreendidas pelo município no enfrentamento do trabalho infantil. O MONITOR DO SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA deverá apresentar mensalmente os seguintes RESULTADOS: Realizar com excelência os serviços sócio-educativos com as crianças, adolescentes e suas famílias, como prevê a função; Controlar diariamente a freqüência de cada criança, registrando-a em formulário próprio; Apresentar folha de FREQUENCIA assinada. Executar outras atividades correlatas

21

20h

400,00

Mediação dos processos grupais de serviços socioeducativos, sob orientação de profissional de referência de nível superior do CRAS; Participação em atividades de planejamento, sistematização e avaliação do serviço socioeducativo, juntamente com a equipe de trabalho responsável pela execução do serviço socioeducativo; Alimentação de sistema de informação, sempre que for designado; Atuação como referência para os jovens e para os demais profissionais que desenvolvem atividades com o coletivo de jovens sob sua responsabilidade; Registro da reqüência dos jovens, registro das ações desenvolvidas e encaminhamento mensal das informações para o profissional de referência do CRAS; Organização e facilitação de situações estruturadas de aprendizagem e de convívio social, explorando e desenvolvendo temas transversais e conteúdos programáticos do Serviço de convivência de 15 a 17 anos; Desenvolvimento de oficinas esportivas e de lazer; Desenvolvimento de oficinas culturais; Acompanhamento de Projetos de Orientação Profissional de jovens; Mediação dos processos coletivos de elaboração, execução e avaliação de Plano de Atuação Social e de Projetos de Ação Coletiva de Interesse Social por jovens; Identificação e encaminhamento de famílias para o CRAS; Participação de atividades de capacitação da equipe de trabalho responsável pela execução do serviço socioeducativo; Executar outras atividades correlatas.

26

6h

352,10

27

Recepcionista

Ensino médio completo Atender o público em geral; Orientar as reconhecido pela instituição de ensino

com certificado pessoas (usuários); Prestar/ofertar informações; Atender telefones; Transferir ligações; Controlar a entrada de pessoas; Efetuar e receber ligações telefônicas; Controle de correspondências recebidas passando para os respectivos setores; Encaminhar as pessoas (usuários) aos departamentos solicitados; Executar outras atividades correlatas.

01

40h

678,00

28

Supervisor de campo

Ensino médio completo com certificado reconhecido pela instituição de ensino

Deve acompanhar as ações de cadastramento e atualização cadastral, conferindo os formulários preenchidos e encaminhando-os à revisão ou à digitação. Executar outras atividades correlatas.

01

40h

1.000,00

29

Técnico de nível médio

Ensino médio completo com certificado reconhecido pela instituição de ensino

Apoio à equipe técnica de nível superior nas funções administrativas, inclusive no registro de informações consolidadas sobre atendimento e, ou acompanhamento às famílias; Apoio a inclusão e atualização cadastral, no Cadastro Único, das famílias que moram em áreas dispersas, por meio do preenchimento do formulário; Participação de reuniões de planejamento junto com os técnicos de nível superior e coordenadores; Participação de atividades de capacitação; Desempenho da função de orientador social quando da oferta de serviço de convivência e fortalecimento de vínculos. Executar outras atividades correlatas

20

40h

678,00

30

Técnico de Nível Médio ACESSUAS TRABALHO

Ensino médio completo com certificado reconhecido pela instituição de ensino

Apoiar à equipe técnica de nível superior nas funções administrativas, na mobilização, no encaminhamento para matriculas dos educandos, no acompanhamento e no monitoramento da freqüência dos alunos e no encaminhamento para o novo trabalho; Apoiar na inclusão de novos beneficiários no Cadastro Único. Participar de reuniões de planejamento, na Secretaria Municipal ou CRAS, quando convocado pelo Coordenador do Programa ACESSUAS TRABALHO; Executar tarefas correlatas.

02

40h

678,00

31

Técnico em licitações

Ensino médio completo com certificado reconhecido pela instituição de ensino

Atender a Secretaria de Assistência Social de Crateús/CE (requisitante) e as licitantes nos processos licitatórios; analisar preliminarmente os processos administrativos; realizar ainda análise de documentos jurídicos, de regularidade fiscal, qualificação técnica, qualificação econômico-financeira, através de exame e conferência de todo o seu conteúdo, verificando, dentre outras questões, confiabilidade, idoneidade, visando confrontar e verificar se as origens dos mesmos estão compatíveis com a legislação vigente; cadastrar os processos administrativos; elaborar a capa do processo licitatório; elaborar os atos oficiais pertinentes; enviar documentos para a Secretaria requisitante e para os licitantes; compilar os processos licitatórios; acompanhar os andamentos processuais; lançar os andamentos processuais em relatórios, quando necessário; auxiliar os membros da Comissão Permanente de Licitação de Crateús/CE, no que for pertinente; desempenhar outras atividades compatíveis com a função e determinadas pela Comissão Permanente de Licitação ou pela Secretaria Municipal de Assistência Social. Executar outras atividades correlatas

01

40h

1.550,00

32

Agente de serviços complementares

Ensino fundamental completo com certificado reconhecido pela instituição de ensino

Atendimento ao público e de telefone; Zelar pelos equipamentos; Colaborar com a limpeza; Solicitar materiais ao almoxarifado; Organização de arquivos; Realizar tarefas administrativas que forem solicitados; Receber documentos; Arquivar documentos; Executar tarefas correlatas.

01

40h

800,00

33

Auxiliar de serviços gerais

Alfabetizado, com declaração fornecida pela instituição de ensino

Realizar a limpeza do setor diariamente; fiscalizar a higiene de utensílios; controlar o uso de materiais de limpeza e higiene; apresentar ao chefe imediato à lista de compras necessárias para a realização de seu trabalho no final de cada mês; realizar a limpeza interna e externa dos imóveis, limpeza de utensílios de cozinha, entre outras atividades correlatas.

07

40h

678,00

0125h423,75
0130h508,50

34

Auxiliar de cozinha

Alfabetizado, com declaração fornecida pela instituição de ensino

Limpar e preparar cereais, vegetais e carnes de variadas espécies para cozimento; auxiliar no preparo de dietas especiais e normais; preparar mesas e ajudar na distribuição das refeições; proceder à limpeza de utensílios, aparelhos e equipamentos; auxiliar no controle do estoque de material e gêneros alimentícios; auxiliar no recebimento, conferência e guarda de gêneros alimentícios; manter a higiene dos locais de trabalho; guardar e conservar os alimentos em vasilhames e locais apropriados; fazer o serviço de limpeza em geral. Executar outras atividades correlatas.

04

40h

678,00

35

Cozinheiro

Alfabetizado, com declaração fornecida pela instituição de ensino

Responsabilizar-se pelos trabalhos de cozinha; preparar refeições de acordo com cardápios; encarregar-se de todos os tipos de cozimento em larga escala, encarregar-se da guarda e conservação dos alimentos; fazer os pedidos de suprimento de material necessário à cozinha ou à preparação de alimentos; operar os diversos tipos de fogões, aparelhos e demais equipamentos de cozinha; distribuir, fiscalizar e orientar os trabalhos dos auxiliares; supervisionar os serviços de limpeza, zelando pela conservação e higiene dos equipamentos e instrumentos de cozinha. Executar outras atividades correlatas.

04

40h

768,00

36

Distribuidor de leite do Programa leite fome zero

Alfabetizado, com declaração fornecida pela instituição de ensino

Receber e distribuir o leite para as famílias/pessoas previamente e devidamente cadastradas, bem como realizar outras 01 atividades compatíveis com as atribuições do posto.

01

40h

678,00

37

Instrutor de oficina de capoeira

Ensino Fundamental completo com certificado reconhecido pela instituição de ensino e com graduação em instrutoria de formação na capoeira

Ministrar aulas com as técnicas específicas e conhecimentos práticos na área, para crianças, adolescentes e jovens, compreendendo os fundamentos da capoeira, conceitos sobre civilidade, cidadania, ética, respeito, esportividade, dinâmica para trabalho em grupo, aquecimento, alongamento, seqüência de movimentos e demais atividades afins que permitam o bom desempenho do serviço. Executar outras tarefas correlatas.

01

40h

750,00

38

Motorista

Alfabetizado, com declaração fornecida pela instituição de ensino Carteira Nacional de Habilitação na categoria B

Dirigir automóveis leves de transporte de passageiros, e outros veículos enquadrados na categoria "B", dentro ou fora do Município, verificando diariamente as condições de funcionamento do veículo, antes de sua utilização: pneus, água do sistema de arrefecimento, bateria, nível de óleo, sinaleiros, freios, embreagem, faróis, abastecimento de combustível, etc.; Zelar pela segurança de passageiros verificando o fechamento de portas e o uso de cintos de segurança; Verificar se a documentação do veículo a ser utilizado está completa, bem como devolvê-la à chefia imediata quando do término da tarefa; Manter o veículo limpo, interna e externamente e em condições de uso, levando-o à manutenção sempre que necessário; Observar os períodos de revisão e manutenção preventiva do veículo; Anotar em formulário próprio, a quilometragem rodada, viagens realizadas, itinerários percorridos e outras ocorrências; Recolher ao local apropriado o veículo após a realização do serviço, deixando-o corretamente estacionado e fechado; Auxiliar no embarque e desembarque de passageiros; Auxiliar no carregamento e descarregamento de volumes; Auxiliar na distribuição de volumes, de acordo com normas e roteiros pré-estabelecidos; Conduzir os servidores em lugar e hora determinados, conforme itinerário estabelecido ou instruções específicas; Executar outras tarefas correlatas.

08

40h

930,00

39

Office Boy

Alfabetizado, com declaração fornecida pela instituição de ensino Carteira Nacional de Habilitação na categoria A

Atender as solicitações das diversas áreas da Secretaria de Assistência Social de Crateús/CE, relacionadas a recolhimentos e/ou entregas de correspondências internas e externas; Executar serviços externos em geral; Executar serviços bancários; Entregar e retirar documentos junto a repartições públicas das diversas esferas de Governo; Providenciar cópias de documentos via computador e/ou através de xérox; Operar equipamentos de escritório (fotocopiadora, telefax, etc.); Transmitir mensagens orais e escritas; Colaborar na manutenção interna da Secretaria; Executar outras atividades correlatas.

01

40h

678,00

40

Porteiro

Alfabetizado, com declaração fornecida pela instituição de ensino

Realizar a vigilância diurna e/ou noturna dos prédios e logradouros públicos, sendo a jornada e turno de trabalho fixada conforme escala; controlar o acesso de pessoas aos prédios de acordo com as instruções recebidas, informar ao público sobre os horários de funcionamento; registrar ocorrências e informar à chefia; solicitar imediata colaboração dos serviços de urgência médica, policial, acidentes e incêndios, quando necessário; zelar pelo equipamento de trabalho sob sua responsabilidade. Executar outras tarefas correlatas.

10

40h

678,00

11. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS E FINAIS

11.1. A relação dos candidatos aprovados será divulgada oficialmente, em ordem de classificação, através de listagens afixadas na Sede da Secretaria Municipal de Assistência Social, site do Governo Municipal e em outros locais de amplo acesso público;

11.2. A aprovação no Processo de Seleção Pública não garante ao aprovado o direito à contratação, mas tão somente à expectativa de direito à referida contratação, que obedecerá, rigorosamente, à ordem de classificação, sendo realizado o chamamento de acordo com o interesse da Administração, cabendo, a esta, decidir o momento oportuno e conveniente para a contratação, em razão das carências apresentadas e de acordo com as suas disponibilidades orçamentárias.

11.3. A contratação dos candidatos aprovados ficará condicionada ao disposto no art. 37, inciso XVI, da Constituição Federal, que veda a acumulação remunerada de cargos públicos, exceto quando houver compatibilidade de horário e nos casos previstos pelo referido dispositivo constitucional.

11.4. O candidato convocado para assumir o cargo deverá apresentar, junto a Secretaria Municipal de Assistência Social, os documentos relacionados no subitem 9.1.2., deste Edital.

11.5. Será reservado um percentual de 5% (cinco por cento) das carências diagnosticadas a pessoas com deficiência, desde que não as impossibilite ao exercício do cargo. Nesse caso, o candidato deverá apresentar, no momento da inscrição, o atestado médico indicando sua aptidão, bem como a classificação internacional de doença.

11.6. Será excluído do processo seletivo simplificado, a qualquer momento, o candidato que:

a) fixar em qualquer documento (inclusive na ficha de inscrição) declaração falsa ou inexata;

b) deixar de apresentar quaisquer dos documentos que comprovem o atendimento aos requisitos do item "2.2.";

c) descumprir quaisquer das instruções contidas neste Edital;

d) desrespeitar membro da Comissão Organizadora do Processo de Seleção Pública;

e) faltar ou chegar atrasado à data de convocação;

f) não obtiver nota mínima estabelecida no item 6.2, deste Edital;

g) perturbar a ordem dos trabalhos, decorrente de comportamento inadequado.

11.7. O prazo de validade do PROCESSO DE SELEÇÃO PÚBLICA de que trata o referido Edital será de 01 (um) ano, podendo ser prorrogado por igual período.

11.8. Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão de Organização do Processo Seletivo Simplificado, no que concerne à aplicação e julgamento do presente Processo.

Crateús-Ce 2013

SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

Rua Manoel Augustinho, 544 - Centro - Crateús-Ceará.
CEP: 63-700-000 - Fone: (88) 3692-3319
CEP: 63-700-000 - Fone: (88) 3692-3319

176551

Política de Privacidade 2000-2014 PCI Concursos Telefone (11) 2122-4231