Prefeitura de Taipu - RN

PREFEITURA MUNICIPAL DE TAIPU

ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2007

C.G.C.(MF): 08. 14.753/0001-30

Notícia:   Inscrições abertas na Prefeitura de Taipu - RN

Endereço: Rua Antonio Alves da Rocha, 304, Centro - Taipu-RN - CEP: 59.565-000

O Prefeito Municipal de TAIPU, no uso de suas atribuições legais faz saber que, para preenchimento de seu quadro funcional e formação de cadastro de reserva, será realizado:

CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS para os cargos constantes do anexo I deste edital.

CLÁUSULA I - DO EMPREGO

Os candidatos aprovados serão chamados a assumir os seus cargos na Prefeitura, de acordo com a classificação obtida e com as necessidades da Prefeitura, o qual reger-se-á pelos preceitos do Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis Municipais e em conformidade com o Plano de Cargos e Salários do Município.

CLÁUSULA II - DAS INSCRIÇÕES E REQUISITOS PARA PARTICIPAR:

2.1 - As inscrições serão realizadas no período de 17/10/2007 a 07/11/2007, pela internet no site www.acaplam.com.br, ou de forma presencial das 08:00 às 12:00 horas e das 14:00 às 18:00 horas, na Casa da Família, sito à Rua José Luiz Cavalcante, S/N, Centro, Taipu-RN, e na sede da ACAPLAM, SITO À Rua Padre Pinto, 715, Cidade Alta, Natal-RN, observados os seguintes requisitos:

- apresentar documento oficial de identificação;

- estar ciente que no ato da nomeação deverá estar em dia com as obrigações eleitorais;

- estar ciente que no ato da nomeação, se do sexo masculino, apresentar quitação com o serviço militar;

- ser brasileiro nato ou naturalizado;

- não pertencer a empresa organizadora do concurso;

- apresentar comprovante de depósito em conta corrente do Banco do Brasil (ag: 1042-1; conta corrente: 20.011-5 - PMT/Concurso Público), específica para o concurso, no valor da taxa de inscrição correspondente ao cargo escolhido;

- estar ciente que deverá contar, na data da nomeação, idade igual ou superior a 18 (dezoito) anos;

- estar ciente que deverá, possuir, na data da nomeação, a escolaridade mínima exigida para o cargo, e/ou habilitação legal equivalente, de acordo com o Anexo I deste edital;

- estar ciente que se candidato ao cargo de Motorista deverá possuir, na data da nomeação, carteira de habilitação do tipo "D";

- não ter sido demitido por justa causa por ato de improbidade ou exonerado a bem do serviço público, mediante decisão transitada em julgado.

CLÁUSULA III - DO CONCURSO:

3.1. - O Concurso terá validade de 02 (dois) anos a contar da data da publicação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período.

3.2. - O prazo de que trata a Cláusula 3.1. não gera para os aprovados no concurso o direito de exigir o ato da sua nomeação.

3.3. - O concurso será realizado pela ACAPLAM - Consultoria e Assessoria Técnica a Estados e Municípios LTDA, inscrita no Conselho Regional de Administração DO RIO GRANDE DO NORTE sob o número E-00437.

CLÁUSULA IV - DA PARTICIPAÇÃO DO CANDIDATO:

4.1. O Candidato no ato da inscrição receberá as normas e os programas específicos (quando pertinentes), ou os mesmos estarão disponíveis na internet nas páginas www.acaplam.com.br.

4.2. O cartão de inscrição, impresso por processamento de dados, será entregue entre os dias 19/11/2007 e 30/11/2007 das 08:00 às 12:00 horas e das 14:00 às 18:00 horas, local referenciado no item 2.1. A entrega será feita mediante a apresentação do comprovante de inscrição. Os cartões de inscrição, também, estarão disponíveis no site: www.acaplam.com.br.

4.3. O Cartão de inscrição conterá, além do número de matrícula, nome completo, número do documento usado na inscrição e o local onde o candidato prestará exames.

4.4. - O candidato deverá comparecer ao local das provas com antecedência de 30 minutos do início dos trabalhos, munido de: caneta esferográfica em tinta azul ou preta, cartão de inscrição e do documento de identidade, referenciado no cartão de inscrição.

4.5. - Não serão atribuídos pontos às questões das provas que contenham mais de uma resposta assinalada, bem como àquelas que forem deixadas sem nenhuma resposta assinalada.

4.6. - O candidato só poderá fazer a prova no local determinado no cartão de inscrição, exceto os casos previstos no item 12.9 das Disposições Finais.

CLÁUSULA V - DOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

5.1.- Às pessoas portadoras de deficiência é assegurado o direito de se inscrever neste Concurso Público, e a elas serão reservadas 5% (cinco por cento) de vagas oferecidas, de acordo com o artigo 37, inciso VIII da Constituição Federal e Decreto 3.298 de 20/12/99;

5.2 - No ato da inscrição, o candidato portador de deficiência deverá declarar sua condição na Ficha de Inscrição e anexar LAUDO MÉDICO que ateste a espécie e o grau ou nível da deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doença - CID, bem como a provável causa da deficiência.

5.3. - Caso o candidato não anexe o LAUDO MÉDICO, não será considerado como deficiente apto para concorrer às vagas reservadas mesmo que tenha assinalado tal opção na Ficha de inscrição;

5.4 - É vedado o condicionamento da investidura do candidato no cargo à compatibilidade da sua deficiência com as atribuições do cargo para o qual foi aprovado, bem como a condição de sua admissão à realização de qualquer exame médico com essa finalidade.

5.5 - Após a aprovação em concurso público, no prazo de cinco (05) dias contados da publicação das listas, os candidatos com deficiência física aprovados deverão submeter-se à perícia médica, para verificação da compatibilidade de sua deficiência com o exercício das atribuições do cargo ou emprego.

5.6 - A perícia será realizada na Secretaria Municipal de Saúde do município de Taipu-RN, devendo o laudo ser proferido no prazo de cinco (05) dias contados do respectivo exame.

5.7 - A avaliação, no sentido de estar o candidato apto ou não ao exercício do cargo, deverá ser fundamentada com clareza, propiciando-se ao mesmo a oportunidade de dela recorrer em caso de inconformismo.

5.8 - Se a perícia concluir pela inaptidão do candidato, constituir-se-á no prazo de cinco (05) dias, junta médica para nova inspeção, da qual poderá participar profissional indicado pelo interessado. O profissional indicado pelo interessado deverá ser feita no prazo de cinco (05) dias contados da ciência do laudo referido no item 5.5 e 5.6.

5.9 - A junta médica deverá apresentar conclusão no prazo de cinco (05) dias contados da realização do exame.

5.10. - Será eliminado da lista de deficientes o candidato cuja deficiência, assinalada na ficha de inscrição, não se constate, indo, neste caso, para a lista geral.

5.11. - Caso se constate um outro tipo de deficiência, que não a assinalada na ficha, ele terá o direito de figurar na lista especial, concorrendo às vagas reservadas.

5.12 - O candidato, cuja deficiência for considerada incompatível com a função a ser desempenhada, será desclassificado, não cabendo qualquer recurso da decisão proferida pela junta médica.

5.13. - O candidato deficiente que precisar de condições diferenciadas para a realização das provas no dia do concurso e / ou precisar de dilatação de horário, deverá informar a comissão organizadora do concurso, com antecedência de 8 dias úteis à data da realização do mesmo, a fim de que sejam viabilizadas as suas necessidades. Em qualquer caso deverá ser juntado Laudo emitido por especialista da área de sua deficiência.

5.14. - O candidato deficiente que necessitar de prova especial adaptada a sua deficiência deverá solicitar com antecedência de 15 dias úteis à data da realização do concurso, a fim de que sejam tomadas as devidas providências.

CLÁUSULA VI - DAS PROVAS

6.1. - As provas escritas serão realizadas no dia 09/12/2007 para todos os cargos, em escolas localizadas na sede do município, conforme indicado no cartão de inscrição de cada candidato.

6.2. As provas escritas, para todas as categorias, valerão 10 (dez) pontos e sua formulação será feita em razão de cada categoria, até o máximo de 40 (quarenta) questões.

6.3. - Na folha de resposta não poderá haver rasuras.

6.4. - A folha de resposta que por ventura tenha sido rasurada, não poderá ser substituída.

6.5 - Os gabaritos serão afixados no saguão da prefeitura e na internet, nas páginas www.acaplam.com.br, no dia 11/12/2007.

6.6. - O candidato que desejar interpor recurso contra o gabarito oficial das provas, afixado na sede da Prefeitura Municipal, disporá de até 48 horas após sua divulgação. Não será aceito recurso por via postal ou por fax, assim como recurso interposto por procurador. O recurso deverá ser encaminhado em duas vias, contendo o nome e endereço do candidato, número de inscrição e do documento de identidade usado na inscrição, indicação do cargo pretendido, número da questão que discorda com o gabarito divulgado, que opção seria correta, com justificativa fundamentada e, ser entregue protocolado na sede da Prefeitura, para daí, ser encaminhado pela Prefeitura para a ACAPLAM - Consultoria e Assessoria Técnica a Estados e Municípios LTDA; ou enviado via internet através de modelo disponibilizado no site www.acaplam.com.br para o e-mail concursos@acaplam.com.br.

CLÁUSULA VII - DA CLASSIFICAÇÃO:

7.1. - Será desclassificado o candidato que não obtiver média igual ou superior a 5,0 (cinco) na prova escrita.

7.2. - Em caso de empate na prova escrita, será melhor classificado o candidato que:

- estando concorrendo para os cargos de Assistente Social, Bioquímico, Nutricionista, Enfermeiro, Farmacêutico, Fisioterapeuta, Psicólogo, Fonoaudiólogo, Pedagogo, Professor de Ciências, Professor de Artes, Professor de Educação Física, Professor de História, Professor de Inglês, Professor de Matemática, Professor Infantil, Professor do EJA, Técnico em Contabilidade, Técnico em Farmácia, Técnico em Enfermagem, Auxiliar de Laboratório e Auxiliar de Enfermagem, obtenha o maior número de pontos nas questões específicas. Persistindo o empate, será melhor classificado o candidato de maior idade.

- estando concorrendo ao cargo de Professor Polivalente, obtenha maior número de pontos na prova de Didática Geral; persistindo o empate, será melhor classificado o candidato de maior idade.

- estando concorrendo para os cargos de Auxiliar de Biblioteca, Atendente de Saúde, Almoxarife, Fiscal de Obras e Serviços Urbanos, Agente Administrativo, Motorista, Tratorista, Eletricista Predial, ASG, Coveiro, Cozinheira, Vigilante e Pedreiro, obtenha maior número de pontos na prova de português; persistindo o empate, será melhor classificado o candidato de maior idade.

CLÁUSULA VIII - DO RESULTADO DAS PROVAS:

8.1. - O resultado oficial das provas será publicado e divulgado através de relação exposta no saguão da Prefeitura Municipal e na internet nas páginas www.acaplam.com.br.

8.2. - Na relação dos aprovados, constarão duas listas, contendo, a primeira, a pontuação de todos os candidatos, inclusive o dos que possuem deficiência, e a segunda, somente a pontuação destes últimos;

8.3. - Qualquer pedido de revisão só poderá ser feito até 48 (quarenta e oito) horas depois de divulgado o resultado.

8.4. - Em caso de pedido de revisão, o mesmo deverá ser encaminhado em duas vias contendo o nome e endereço do candidato, número de inscrição e do documento de identidade usado na inscrição, indicação do cargo pretendido e ser entregue protocolado na sede da Prefeitura, para daí, ser encaminhado pela Prefeitura para a ACAPLAM - Consultoria e Assessoria Técnica e Estados e Municípios LTDA; ou ser enviado solicitação pela internet, através do modelo disponibilizado no site www.acaplam.com.br para o e-mail concursos@acaplam.com.br.

CLÁUSULA IX - DA PROVA DE TÍTULOS:

9.1. - Os candidatos aos cargos de Pedagogo, Professor Infantil, Professor Polivalente, Professor do EJA, Professor de Ciências, Professor de Artes, Professor de Ed.Física, Professor de História, Professor de Inglês e Professor de Matemática, aprovados na prova escrita, serão submetidos a prova de títulos de caráter meramente classificatório.

9.2. - A entrega dos títulos será realizada em data(s), horário(s) e local(is) a serem divulgados em edital específico de convocação dos candidatos aprovados na prova escrita, não sendo permitida a juntada ou substituição de quaisquer documentos, a posteriori.

9.3. - A verificação e a pontuação final da Prova de Títulos serão executadas pela ACAPLAM - Consultoria e Assessoria a Estados e Municípios LTDA.

9.4. - Serão considerados os títulos discriminados no Anexo II deste Edital (Tabela de Títulos).

9.5. - Na avaliação da Prova de Títulos, será considerado o de maior valor, descartado o processo cumulativo.

9.6. - Os diplomas, certificados e outros comprovantes de conclusão de cursos, inclusive de mestrado e doutorado, serão considerados apenas quando expedidos por instituição de ensino superior pública ou reconhecida e observadas as normas que lhes regem a validade, dentre as quais, ser for o caso, as pertinentes ao respectivo registro.

9.7. - Não serão considerados, para fins de pontuação, protocolos dos documentos, os quais deverão ser apresentados em cópias reprográficas autenticadas ou cópias acompanhadas do original, para serem vistadas pelo receptor.

9.8. - Todos os documentos apresentados, cuja devolução não for solicitada no prazo de 120 (cento e vinte) dias contados a partir da homologação do resultado final do Concurso Público, poderão ser incinerados pela ACAPLAM - Consultoria e Assessoria a Estados e Municípios LTDA.

9.9. - Ao candidato que não entregar o currículo com os títulos obtidos devidamente autenticados, será atribuída a nota ZERO na Prova de Títulos.

9.10. - Somente serão avaliados os títulos que estiverem de acordo com o especificado neste Edital.

9.11 - A Nota da Prova de Títulos será calculada de acordo com a fórmula abaixo:

Nota da Prova de Títulos = (Pontuação do candidato/Pontuação do candidato que obteve Máxima Pontuação)*10

9.12 - A Nota Final Classificatória será calculada a partir da fórmula abaixo:

Nota Final Classificatória = 0,7 * Nota da Prova escrita + 0,3 * Nota da Prova de Títulos.

CLÁUSULA X - DA HOMOLOGAÇÃO:

10.1. - O resultado do concurso será divulgado no máximo até o dia 31/01/2008 no saguão da Prefeitura e no site www.acaplam.com.br. A homologação final do concurso será publicada no Diário Oficial do Estado, após apreciação dos recursos a que se referem os itens 6.6 e 8.4, e após a análise dos títulos dos candidatos aprovados nos cargos que serão submetidos à prova de títulos.

10.2. - A relação será elaborada na ordem decrescente do somatório de pontos obtidos pelos concorrentes.

10.3. - A homologação do concurso se dará após encerradas todas as etapas do certame.

CLÁUSULA XI - DA NOMEAÇÃO:

11.1. - Classificados os candidatos aprovados e homologado o concurso às nomeações serão feitas de conformidade com o previsto no Regime Jurídico dos servidores municipais, observados os requisitos colocados no item 2.1.

11.2. - Os candidatos aprovados e nomeados deverão cumprir as atribuições constantes do anexo III deste Edital.

11.3. - Na convocação e lotação dos candidatos portadores de deficiência será observado o critério da proporcionalidade. No momento da nomeação, serão chamados, alternada e proporcionalmente os candidatos das duas listas, prosseguindo-se até a caducidade do concurso.

CLÁUSULA XII - DAS DISPOSIÇÕES FINAIS:

12.1. - Em nenhuma hipótese haverá devolução da taxa de inscrição.

12.2. - Não será permitido o uso de máquinas calculadoras, livros, apostilas ou qualquer outro material nos locais de realização das provas.

12.3. - Os documentos necessários para o ingresso no serviço público, inclusive a comprovação de idade mínima e da escolaridade, exigida no anexo I deste edital, deverão ser apresentados no ato do provimento sob pena do candidato perder sua classificação, podendo ficar em último lugar na lista classificatória.

12.4. - No ato da nomeação será exigido do candidato aprovado uma declaração de que não tem outro vínculo com o serviço público da administração direta ou indireta, em qualquer dos seus segmentos, conforme disposto na Constituição Federal, salvo os casos previstos em Lei.

12.5. - Se o candidato não aceitar sua convocação para o cargo a que concorreu, perderá sua classificação, podendo ficar em último lugar na lista classificatória. Concorrendo a nova chamada e persistindo sua recusa o candidato será considerado desistente, sendo reconhecida a sua desclassificação.

12.6. - Será excluído, por ato da empresa responsável, o candidato que: declarar na ficha de inscrição qualquer informação não condizente com a sua realidade; durante a realização das provas for flagrado se comunicando verbalmente ou de outra forma com outro candidato, contrariando as normas do presente edital.

12.7 - Será excluído do processo nomeatório, por ato da Prefeitura Municipal, o candidato que após o exame médico não apresentar condições de saúde adequadas para exercer as suas funções.

12.8. - Não há limite de idade para participar do presente concurso

12.9. - As candidatas com gravidez de risco, ou os candidatos em recuperação de saúde, em casa ou nos hospitais devem informar essas circunstâncias com 5 dias úteis de antecedência da data da realização do concurso, a fim de que seja viabilizada a aplicação das provas nos locais adequados, dentro do município. Em todos os casos deverão ser juntados atestados médicos.

12.10. - Os candidatos aprovados serão regidos pelo Regime Jurídico Único dos Servidores Públicos Civis Municipais e em conformidade com o Plano de Cargos e Salários do Município.

12.11. - Para qualquer informação dirigir-se à sede da Prefeitura Municipal, ou a sede da empresa organizadora à rua Padre Pinto, 715 - Cidade Alta - Natal - RN.

12.12. - O valor da taxa de inscrição será de R$ 35,00 (Trinta e Cinco reais) para os cargos de Assistente Social, Bioquímico, Nutricionista, Enfermeiro, Farmacêutico, Fisioterapeuta, Psicólogo, Fonoaudiólogo e Pedagogo, de R$ 30,00 (Trinta reais) para os cargos de Professor de Ciências, Professor de Artes, Professor de Educação Física, Professor de História, Professor de Inglês e Professor de Matemática; de R$ 17,00 (Dezessete reais) para os cargos de Professor Polivalente, Professor Infantil, Professor do EJA, Técnico em Contabilidade, Técnico em Farmácia, Técnico em Enfermagem, Auxiliar de Laboratório, Auxiliar de Enfermagem, Auxiliar de Biblioteca, Atendente de Saúde, Almoxarife, Fiscal de Obras e Serviços Urbanos e Agente Administrativo, e de R$ 8,00 (Oito reais) para os cargos de Motorista, Tratorista, Eletricista Predial, ASG, Coveiro, Cozinheira, Vigilante e Pedreiro.

12.13. - Para dirimir os casos omissos no presente edital a empresa organizadora terá amplos poderes. PREFEITURA MUNICIPAL DE TAIPU Em, 10 de OUTUBRO de 2007

SEBASTIÃO AMBRÓSIO DE MELO
Prefeito Municipal

ANEXO I

Nº DE VAGAS POR FUNÇÃO

Função

Escolaridade mínima exigida

Venc. Básico

Localidades

Vagas

Carga Horária

Assistente Social

Curso Sup. de Serv.Social + reg. conselho

540,00

Sede

05

40

Bioquímico

Curso Sup. de Bioquímico + reg.conselho

540,00

Sede

03

40

Nutricionista

Curso Superior de Nutrição + reg.conselho

540,00

Sede

03

40

Enfermeiro

C.Sup.de Enfermagem + reg.no conselho

540,00

Sede

03

40

Farmacêutico

Curso Sup.de Farmácia + reg.no conselho

540,00

Sede

03

40

Fisioterapeuta

C. Sup.de Fisioterapia + reg.no conselho

540,00

Sede

02

40

Psicólogo

Curso sup.de Psicologia + reg. conselho

540,00

Sede

02

40

Fonoaudiólogo

C. Sup.em Fonoaudiologia + reg.conselho

540,00

Sede

02

40

Pedagogo

Curso Superior em Pedagogia

700,00

Sede

02

30

Professor Infantil

Magistério

500,00

Xinxa

Logradouro

Matão

Cachoeira

Morada Nova

Ingá

Ass.Jerusalém

Ass.Tabuleiro do Barretos

Poço do Antonio

Riacho

Serra Pelada

01

01

04

04

04

02

01

01

01

02

02

30

Professor Polivalente

Magistério e/ou Licenciatura em Pedagogia

Magistério = 500,00

Pedagogia = 700,00

Sede

Xinxa

Umarizeira

Queimadas

2 Passagens

Ass.Jerusálem

Serra Pelada

03

01

01

01

01

01

02

30

Professor de EJA (Educação de Jovens e Adultos)

Magistério

500,00

Sede

06

30

Professor de Ciências

C. Sup.de Ciências Biológicas - Licenc.

700,00

Serra Pelada

01

30

Professor de Artes

Curso Sup.de Ed. Artística - Licenciatura

700,00

Cachoeira

01

30

Professor de Ed.Física

Curso Superior de Ed.Física - Licenciatura

700,00

Cachoeira

01

30

Professor de História

Curso Superior de História - Licenciatura

700,00

Cachoeira

01

30

Professor de Inglês

C.Sup. de Letras - habil. Inglês - Licenc.

700,00

Morada Nova

Matão

01

01

30

Prof. de Matemática

Curso Sup.de Matemática - Licenciatura

700,00

Morada Nova

Serra Pelada

01

01

30

Téc. em Contabilidade

Curso Técnico em Contabilidade

380,00

Sede

03

40

Técnico em Farmácia

Curso Técnico em Farmácia

380,00

Sede

03

40

Téc. em Enfermagem

Curso de Téc.em Enfermagem

380,00

Sede

15

40

Aux. de Laboratório

Curso de Auxiliar de Laboratório

380,00

Sede

03

40

Aux. de Enfermagem

Curso de Auxiliar de Enfermagem

380,00

Sede

15

40

Auxiliar de Biblioteca

Nível Médio

380,00

Sede

05

40

Atendente de Saúde

Nível Médio

380,00

Sede

05

40

Almoxarife

Nível Médio

380,00

Sede

03

40

Fiscal de Obras e Serviços Urbanos

Nível Médio

380,00

Sede

05

40

Agente Administrativo

Nível Médio

380,00

Sede

19

40

Motorista

Fundamental Completo

380,00

Sede

05

40

Tratorista

Fundamental Completo

380,00

Sede

05

40

Eletricista Predial

Fund.Completo + curso básico de eletricidade

380,00

Sede

05

40

ASG

Fundamental Incompleto

380,00

Sede

Xinxa

Umarizeira

Queimadas

Matão

Cachoeira

Morada Nova

Ingá

Ass.Jerusalém

Poço do Antonio

Serra Pelada

33

01

01

01

02

02

02

01

01

01

02

40

Coveiro

Fundamental Incompleto

380,00

Sede

05

40

Cozinheira

Fundamental Incompleto

380,00

Sede

11

40

Vigilante

Fundamental Incompleto

380,00

Sede

Matão

2 Passagens

Morada Nova

10

02

01

02

40

Pedreiro

Fundamental Incompleto

380,00

Sede

06

40

TOTAL

252

-

ANEXO II

TABELA DE TÍTULOS

ESPECIFICAÇÃO DE CURSO OU TÍTULO

PONTUAÇÃO UNITÁRIA

MAXIMA PONTUAÇÃO PERMITIDA

COMPROVANTES EXIGIDOS

a) Título de Doutor em área relacionada à Educação

10,0 por título

10,0

Diploma devidamente registrado, ou declaração/certificado de conclusão de curso devidamente reconhecido, acompanhado do respectivo Histórico Escolar.

b) Título de Mestre em área relacionada à Educação.

5,0 por título

5,0

c) Título em curso de especialização na área da educação, com no mínimo, 360 horas.

3,0 por título

9,0

Declaração ou certificado de conclusão de curso devidamente reconhecido, acompanhado do respectivo Histórico Escolar.

d) Curso de Formação continuada com carga horária mínima de 160 horas.

2,0 por curso

4,0

Certificado ou declaração assinada pelo órgão ou empresa responsável pelo curso, devidamente autorizado pelo Conselho Municipal de Educação.

ANEXO III

ATRIBUIÇÕES DE CADA CARGO

CARGOS

ATRIBUIÇÕES DO CARGO

Enfermeiro

- dirigir órgãos de enfermagem que fazem parte da estrutura básica de saúde pública e/ou privada e chefiar serviços de unidades de enfermagem;

- organizar e dirigir serviços de enfermagem, bem como suas atividades técnicas e auxiliares nas empresas prestadoras de serviços;

- fazer consultoria, auditoria e emitir pareceres sobre matéria de enfermagem;

- realizar consulta e prescrição de assistência de enfermagem;

- assumir cuidados diretos de enfermagem a pacientes em estado de grave risco de vida;

- realizar cuidados de enfermagem de maior complexidade técnica e que requisite conhecimentos científicos adequados e capacidade de tomar decisões imediatas;

- fazer parte do planejamento, execução e avaliação de programas de saúde;

- participar na elaboração, execução e avaliação dos planos assistenciais de saúde;

- fazer a prescrição de medicamentos previamente estabelecidos em programas de saúde pública e em rotina aprovada pela instituição de saúde;

- participar do processo de elaboração de medidas de prevenção e controle sistemático de danos que possam ser causados aos pacientes, durante a assistência de enfermagem;

- participar na prevenção e controle das doenças transmissíveis em geral e no programa de vigilância epidemiológica;

- prestar assistência de enfermagem a gestante, parturiente, puérpera e ao recém-nascido;

- participar de programas de assistência integral à saúde individual e de grupos específicos, sobretudo daqueles prioritários e de alto risco;

-participar da execução e assistência obstétrica em situação de emergência acompanhando da evolução ao trabalho de parto;

- participar de programas e atividades de educação sanitária, em função da melhoria da saúde do indivíduo, da família e da população em geral;

- exercer atividades similares e com o mesmo nível de dificuldade.

OBS.: Aos profissionais titulares de diploma ou certificado de obstetríz ou de enfermeira obstétrica, além das atividades de que trata os itens procedentes, pode ser designado para:

- prestar assistência à parturiente ao parto normal;

- identificar as distocias obstétricas e tomar as devidas providências até a chegada de um médico;

Fisioterapêuta

- planejar, organizar e administrar serviços gerais e específicos de fisioterapia;

- controlar o registro de dados, observando as anotações das aplicações e tratamentos realizados, para elaborar boletins estatísticos;

- assessorar autoridades superiores em assuntos de fisioterapia, preparando informes, documentos e pareceres;

- ensinar exercícios corretivos de coluna, defeitos dos pés, afecções dos aparelhos respiratório e cardiovascular, orientando e treinando o pacientes em exercícios de ginásticas especiais, para promover correções de desvios posturais e estimular a expansão respiratória e a circulação sanguínea;

- ensinar exercícios físicos de preparação e condicionamento pré e pós-parto, fazendo demonstrações e orientando a parturiente, para facilitar o trabalho de parto e a recuperação no puerpério;

- fazer relaxamento, exercícios e jogos com pacientes portadores de problemas psíquicos, treinando-os sistematicamente, para promover a descarga ou liberação de agressividade e estimular a sociabilidade;

- supervisionar e avaliar as atividades do pessoal auxiliar de fisioterapia, orientando-o na execução das tarefas, para possibilitar a execução correta de exercícios físicos e a manipulação de aparelhos mais simples;

- planejar e executar tratamentos de afecções reumáticas, osteoartrose, seqüelas de acidentes vascular-celebrais, poliomielite, meningite, encefalite, de traumatismos raquidemulares, de paralisias celebrais, motoras, neurógenas e de nervos periféricos, miopatias e outros, utilizando-se de meios físicos especiais, como cinesioterapia, eletroperapia e hidroperapia, para reduzir ao máximo possível as conseqüências dessas doenças;

- atender a amputados, preparando o coto e fazendo treinamento com prótese, para possibilitar a movimentação ativa e independente dos mesmos;

avaliar e reavaliar o estado de saúde de doentes e acidentados, realizando testes musculares, funcionais, de amplitude articular, de verificação da cinética e movimentação, de pesquisa de reflexos, provas de esforços, de sobrecarga e de atividades, para identificar o nível de capacidade funcional dos órgãos afetados.

Farmacêutico

- Realizam tarefas específicas de desenvolvimento, produção, dispensação, controle, armazenamento, distribuição e transporte de produtos da área farmacêutica tais como medicamentos, alimentos especiais, cosméticos, imunobiológicos, domissanitários e insumos correlatos. Realizam análises clínicas, toxicológicas, fisioquímicas, biológicas, microbiológicas e bromatológicas; participam da elaboração, coordenação e implementação de políticas de medicamentos; exercem fiscalização sobre estabelecimentos, produtos, serviços e exercício profissional; orientam sobre uso de produtos e prestam serviços farmacêuticos. Podem realizar pesquisa sobre os efeitos de medicamentos e outras substâncias sobre órgãos, tecidos e funções vitais dos seres humanos e dos animais.

Fonoaudiólogo

- Atendem pacientes e clientes para prevenção, habilitação e reabilitação de pessoas utilizando protocolos e procedimentos específicos de fonoaudiologia. Tratam de pacientes e clientes; efetuam avaliação e diagnóstico fonoaudiológico; orientam pacientes, clientes, familiares, cuidadores e responsáveis; desenvolvem programas de prevenção, promoção da saúde e qualidade de vida; exercem atividades administrativas, de ensino e pesquisa; administram recursos humanos, materiais e financeiros.

Bioquímico

- Realizam tarefas específicas de desenvolvimento, produção, dispensação, controle, armazenamento, distribuição e transporte de produtos da área farmacêutica tais como medicamentos, alimentos especiais, cosméticos, imunobiológicos, domissanitários e insumos correlatos. Realizam análises clínicas, toxicológicas, fisioquímicas, biológicas, microbiológicas e bromatológicas; participam da elaboração, coordenação e implementação de políticas de medicamentos; exercem fiscalização sobre estabelecimentos, produtos, serviços e exercício profissional; orientam sobre uso de produtos e prestam serviços farmacêuticos. Podem realizar pesquisa sobre os efeitos de medicamentos e outras substâncias sobre órgãos, tecidos e funções vitais dos seres humanos e dos animais.

Psicólogo

- Estudam, pesquisam e avaliam o desenvolvimento emocional e os processos mentais e sociais de indivíduos, grupos e instituições, com a finalidade de análise, tratamento, orientação e educação; diagnosticam e avaliam distúrbios emocionais e mentais e de adaptação social, elucidando conflitos e questões e acompanhando o(s) paciente(s) durante o processo de tratamento ou cura; investigam os fatores inconscientes do comportamento individual e grupal, tornando-os conscientes; desenvolvem pesquisas experimentais, teóricas e clínicas e coordenam equipes e atividades de área e afins.

Nutricionista

- prestar assistência nutricional a indivíduos e coletividades (sadios e enfermos);

- planejar, organizar, administrar e avaliar unidades de alimentação e nutrição;

- efetuar controle higiênico sanitário;

- participar de programas de educação profissional;

Assistente Social

- elaborar, implementar, executar e avaliar políticas sociais;

- elaborar, coordenar, executar e avaliar planos, programas e projetos que sejam do âmbito do serviço social com participação da sociedade civil;

- encaminhar, providencias e prestar orientação social a indivíduos, grupos e a população;

- orientar indivíduos e grupos d diferentes segmentos sociais no sentido de identificar recursos e fazer uso dos mesmos no atendimento e na defesa de seus direitos;

- planejar, organizar e administrar benefícios e serviços sociais;

- planejar, executar e avaliar pesquisas que possam contribuir para a analise da realidade social e para subsidiar ações profissionais;

- prestar acessória e consultoria;

- realizar estudos sócio econômicos com os usuários para fins de benefícios e serviços sociais.

Pedagogo

- Implementam a execução, avaliam e coordenam a (re)construção do projeto pedagógico de escolas de educação infantil, de ensino médio ou ensino profissionalizante com a equipe escolar. No desenvolvimento das atividades, viabilizam o trabalho pedagógico coletivo e facilitam o processo comunicativo da comunidade escolar e de associações a ela vinculadas.

Professor Infantil

- Promovem educação e a relação ensino-aprendizagem de crianças de até seis anos; cuidam de alunos; planejam a prática educacional e avaliam as práticas pedagógicas. Organizam atividades; pesquisam; interagem com a família e a comunidade e realizam tarefas administrativas.

Professor Polivalente

- Ministram aulas (comunicação e expressão, integração social e iniciação às ciências) nas quatro primeiras séries do ensino fundamental. Preparam aulas; efetuam registros burocráticos e pedagógicos; participam na elaboração do projeto pedagógico; planejam o curso de acordo com as diretrizes educacionais. Atuam em reuniões administrativas e pedagógicas; organizam eventos e atividades sociais, culturais e pedagógicas. Para o desenvolvimento das atividades utilizam constantemente capacidades de comunicação.

Professor do EJA

- Ministram aulas (comunicação e expressão, integração social e iniciação às ciências) nas quatro primeiras séries do ensino fundamental. Preparam aulas; efetuam registros burocráticos e pedagógicos; participam na elaboração do projeto pedagógico; planejam o curso de acordo com as diretrizes educacionais. Atuam em reuniões administrativas e pedagógicas; organizam eventos e atividades sociais, culturais e pedagógicas. Para o desenvolvimento das atividades utilizam constantemente capacidades de comunicação.

Professor Ciências

Professor de Matemática

Professor de História

Professor de Inglês

Professor de Artes

Professor de Ed. Física

- preparar aulas;

- efetuar registros burocráticos e pedagógicos;

- participar na elaboração do projeto pedagógico, planejar o curso de acordo com as diretrizes nacionais;

- planejar cursos, aulas e atividades escolares;

- avaliar o processo de ensino-aprendizagem e seus resultados;

- registrar praticas escolares de caráter pedagógico;

- desenvolver atividades de estudo;

- participar das atividades educacionais e comunitárias da escola;

- atuar em reuniões administrativas e pedagógicas;

- organizar eventos, sociais, culturais e pedagógicas;

- para o desenvolvimentos das atividades utilizar constantemente capacidades de comunicação.

Técnico em Contabilidade

- Legalizam empresas, elaborando contrato social/estatuto e notificando encerramento junto aos órgãos competentes; administram os tributos da empresa; registram atos e fatos contábeis; controlam o ativo permanente; gerenciam custos; administram o departamento pessoal; preparam obrigações acessórias, tais como: declarações acessórias ao fisco, órgãos competentes e contribuintes e administra o registro dos livros nos órgãos apropriados; elaboram demonstrações contábeis; prestam consultoria e informações gerenciais; realizam auditoria interna e externa; atendem solicitações de órgãos fiscalizadores e realizam perícia.

Técnico em Farmácia

- Realizam operações farmacotécnicas, conferem fórmulas, efetuam manutenção de rotina em equipamentos, utensílios de laboratório e rótulos das matérias-primas. Controlam estoques, fazem testes de qualidade de matérias-primas, equipamentos e ambiente. Documentam atividades e procedimentos da manipulação farmacêutica. As atividades são desenvolvidas de acordo com as boas práticas de manipulação, sob supervisão direta do farmacêutico.

Técnico em Enfermagem

- Desempenham atividades técnicas de enfermagem em hospitais, clínicas e outros estabelecimentos de assistência médica, embarcações e domicílios; atuam em cirurgia, terapia, puericultura, pediatria, psiquiatria, obstetrícia, saúde ocupacional e outras áreas; prestam assistência ao paciente, atuando sob supervisão de enfermeiro; desempenham tarefas de instrumentação cirúrgica, posicionando de forma adequada o paciente e o instrumental, o qual passa ao cirurgião; organizam ambiente de trabalho, dão continuidade aos plantões. Trabalham em conformidade às boas práticas, normas e procedimentos de biossegurança. Realizam registros e elaboram relatórios técnicos; comunicam-se com pacientes e familiares e com a equipe de saúde.

Aux.de Enfermagem

- Desempenham atividades técnicas de enfermagem em hospitais, clínicas e outros estabelecimentos de assistência médica, embarcações e domicílios; atuam em cirurgia, terapia, puericultura, pediatria, psiquiatria, obstetrícia, saúde ocupacional e outras áreas; prestam assistência ao paciente, atuando sob supervisão de enfermeiro; desempenham tarefas de instrumentação cirúrgica, posicionando de forma adequada o paciente e o instrumental, o qual passa ao cirurgião; organizam ambiente de trabalho, dão continuidade aos plantões. Trabalham em conformidade às boas práticas, normas e procedimentos de biossegurança. Realizam registros e elaboram relatórios técnicos; comunicam-se com pacientes e familiares e com a equipe de saúde.

Aux. de Laboratório

- Coletam material biológico, orientando e verificando preparo do paciente para o exame. Auxiliam os técnicos no preparo de vacinas; aviam fórmulas, sob orientação e supervisão. Preparam meios de cultura, estabilizantes e hemoderivados. Organizam o trabalho; recuperam material de trabalho, lavando, secando, separando e embalando. Trabalham em conformidade a normas e procedimentos técnicos e de biossegurança.

Agente Administrativo

- Executam serviços de apoio nas áreas de recursos humanos, administração, finanças e logística; atendem fornecedores e clientes, fornecendo e recebendo informações sobre produtos e serviços; tratam de documentos variados, cumprindo todo o procedimento nessessário referente aos mesmos; preparam relatórios e planilhas; executam serviços gerais de escritórios.

Fiscal de Obras e Serviços Urbanos

- Orientam e fiscalizam as atividades e obras para prevenção/preservação ambiental e da saúde, por meio de vistorias, inspeções e análises técnicas de locais, atividades, obras, projetos e processos, visando o cumprimento da legislação ambiental e sanitária; promovem educação sanitária e ambiental.

Auxiliar de Biblioteca

- Atuam no tratamento, recuperação e disseminação da informação e executam atividades especializadas e administrativas relacionadas à rotina de unidades ou centros de documentação ou informação, quer no atendimento ao usuário, quer na administração do acervo, ou na manutenção de bancos de dados. Participam da gestão administrativa, elaboração e realização de projetos de extensão cultural. Colaboram no controle e na conservação de equipamentos. Participam de treinamentos e programas de atualização

Atendente de Saúde

- Recepcionam e prestam serviços de apoio a clientes, pacientes, hóspedes, visitantes e passageiros; prestam atendimento telefônico e fornecem informações em escritórios, consultórios, hoteis, hospitais, bancos, aeroportos e outros estabelecimentos; marcam entrevistas ou consultas e recebem clientes ou visitantes; averiguam suas necessidades e dirigem ao lugar ou a pessoa procurados; agendam serviços, reservam (hotéis e passagens) e indicam acomodações em hotéis e estabelecimentos similares; observam normas internas de segurança, conferindo documentos e idoneidade dos clientes e notificando seguranças sobre presenças estranhas; fecham contas e estadas de clientes. Organizam informações e planejam o trabalho do cotidiano.

Almoxarife

- Recepcionam, conferem e armazenam produtos e materiais em almoxarifados, armazéns, silos e depósitos. Fazem os lançamentos da movimentação de entradas e saídas e controlam os estoques. Distribuem produtos e materiais a serem expedidos. Organizam o almoxarifado para facilitar a movimentação dos itens armazenados e a armazenar.

Eletricista Predial

- Planejam serviços de manutenção e instalação eletroeletrônica e realizam manutenções preventiva, preditiva e corretiva. Instalam sistemas e componentes eletroeletrônicos e realizam medições e testes. Elaboram documentação técnica e trabalham em conformidade com normas e procedimentos técnicos e de qualidade, segurança, higiene, saúde e preservação ambiental.

Motorista

inspecionar o veículo, observando o estado geral do mesmo, sobretudo relacionando as condições de gás, combustível, água, óleo, pneus, faróis, freios e a parte elétrica;

- dirigir o veículo conforme orientação das normas do trânsito no perímetro urbano e nas estradas, de forma incondicional;

- fazer serviços de reparos mecânicos de emergência no veículo;

- manter a conservação e limpeza do veículo encaminhando-o para lavagem e lubrificação periodicamente;

- exercer atividades similares e com o mesmo nível de dificuldade.

Tratorista

- Operam, ajustam e preparam máquinas e implementos agrícolas. Realizam manutenção em primeiro nível de máquinas e implementos. Empregam medidas de segurança e auxiliam em planejamento de plantio

Aux.de Serv.Gerais

conservar a limpeza e higiene das dependências do local do trabalho, incluindo o chão e esquadrias, vidraças, móveis, escadas, persianas, ralos, caixa de gordura e esgoto.

- realizar a coleta de lixo, desentupir ralos e pias.

- manter os sanitários com toalhas, sabão e papel higiênico sempre limpos e renovados.

- realizar a manutenção simples das máquinas, equipamentos e ferramentas.

- operar máquinas simples sob a orientação e supervisão do chefe imediato.

- colaborar na confecção e instalação de peças e equipamentos, tijolos e telhas, bem como no transporte e movimentação destes de um espaço para o outro.

- colaborar nas tarefas de preparação de ambientes para a pintura, e do próprio material a ser utilizado.

- transportar equipamentos e materiais necessários a realização das atividades.

- colaborar nas atividades de corte, montagem e instalação de vidros e espelhos.

- executar carregamento, transporte, descarga e entrega de mercadorias necessárias ao trabalho.

- locomover doentes e cadáveres aos locais destinados.

- informar ao chefe imediato das irregularidades identificadas nas instalações e ou dependências do local de trabalho.

- exercer atividades de natureza similar e com o mesmo nível de dificuldade.

Vigilante

- garantir a vigilância da instituição, fazendo a ronda em suas dependências internas e externas, estando atento a entrada e saída de pessoas ou bens, em função de evitar roubos, atos de violência e outras infrações a ordem e a segurança.

Coveiro

- Auxiliam nos serviços funerários, constroem, preparam, limpam, abrem e fecham sepulturas. Realizam sepultamento, exumam e cremam cadáveres, trasladam corpos e despojos. Conservam cemitérios, máquinas e ferramentas de trabalho. Zelam pela segurança do cemitério.

Cozinheira

- Organizam e supervisionam serviços de cozinha em hotéis, restaurantes, hospitais, residências e outros locais de refeições, planejando cardápios e elaborando o pré-preparo, o preparo e a finalização de alimentos, observando métodos de cocção e padrões de qualidade dos alimentos.

Pedreiro

- Organizam e preparam o local de trabalho na obra; constroem fundações e estruturas de alvenaria. Aplicam revestimentos e contrapisos.

PROGRAMA DAS PROVAS

Escolaridade: NÍVEL MÉDIO

Cargo: AGENTE ADMINISTRATIVO

01 - PROGRAMA DE PORTUGUÊS:

- Compreensão de texto (s);

- Sinônimos;

- Antônimos;

- Parônimos;

- Homônimos;

- Sentido denotativo e conotativo;

- Ortografia;

- Acentuação gráfica;

- Pontuação;

- Morfologia;

- Concordância verbal e nominal;

- Regência verbal e nominal;

- Noções básicas de análise sintática.

BIBLIOGRAFIA:

TERRA, Ernani. NICOLA, José. Gramática e Literatura. Editora Scipione.

CUNHA, Celso Ferreira. Gramática da Língua Portuguesa. FAE.

ANDRE, Hildebrando A.de. Gramática Ilustrada. Editora Moderna.

CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. Cia. Ed. Nacional.

OBS: Podem ser consultadas outras fontes que tratem dos assuntos relacionados ao conteúdo pedido.

02 - PROGRAMA DE MATEMÁTICA: Conjuntos e Subconjuntos. / Operações com Conjuntos. / Conjuntos Numéricos./ Divisibilidade, Máximo Divisor Comum, Mínimo Múltiplo Comum. /Grandezas Diretamente Proporcionais e Inversamente Proporcionais. /Regra de Três Simples e Composta. /Porcentagem, Juros Simples e Juros Compostos. /Produtos Notáveis. / Operações com Números Reais: Adição, Subtração, Multiplicação, Divisão, Potenciação e Radiciação. /Relações e Funções. /Função de Primeiro Grau. / Sistemas com duas variáveis. / Função de Segundo Grau. / Problemas do 2º grau./ Função Modular. / Função Exponencial. / Função Logarítmica. / Gráficos de Funções. / Equações e Inequações. / Trigonometria. / Triângulo Retângulo e Teorema de Pitágoras. / Funções Trigonométricas, Gráficos, Identidades Trigonométricas, Equações Trigonométricas, Inequações Trigonométricas. / Lei dos Senos e Lei dos Cossenos. / Geometria Plana. / Mediatriz de um Segmento, Bissetriz de um Ângulo. / Medianas, Bissetrizes, Alturas e Mediatrizes de um Triângulo. / Semelhança e Congruência de Triângulos. / Semelhança e Congruência de Polígonos. / Teorema de Tales. / Número de Diagonais, Soma dos Ângulos Internos e Soma dos Ângulos Externos de um Polígono. / Polígonos Inscritos e Circunscritos. / Relações Métricas em Triângulos, Polígonos, Circunferência e Círculo. / Área das Figuras Planas. / Área e Volume dos Sólidos.

BIBLIOGRAFIA:

OBS: Podem ser consultadas todas e quaisquer fontes que tratem dos assuntos relacionados ao conteúdo pedido. (Nível Médio)

03 - PROGRAMA DE CONHECIMENTO GERAL DE INFORMÁTICA

- Avaliação de conhecimento de uso do sistema operacional Windows.

- Avaliação de conhecimento de uso dos programas Word, Excel, PowerPoint e Access (integrantes do pacote Office da Microsoft).

BIBLIOGRAFIA:

Programas de ajuda do Windows, Word, Excel, PowerPoint e Access (integrantes dos pacotes Windows e Office da Microsoft).

OBS: Podem ser consultadas outras fontes que tratem dos assuntos relacionados ao conteúdo pedido.

Cargo / Função - ASSISTENTE SOCIAL

01 - PROGRAMA ESPECÍFICO:

1. O Serviço Social, as Políticas Sociais e a questão dos Direitos Sociais no contexto da Reforma do Estado brasileiro.

1.1. A contra-reforma do Estado e as Políticas Sociais no Brasil na contemporaneidade.

1.2. A questão dos direitos sociais no sistema de seguridade social: previdência, assistência e saúde.

1.3. A Reestruturação das políticas sociais no Brasil e as novas formas de regulação Social.

1.4. O lugar ocupado pelo Serviço Social na implementação das Políticas Sociais no contexto da descentralização e municipalização: a gestão social e participativa.

1.5. A política de assistência social como política de proteção social e o SUAS.

2. A questão social no cenário contemporâneo, as diferentes expressões concretas na sociedade brasileira e a sua centralidade no Serviço Social.

2.1. Metamorfoses da questão social nos meandros das relações entre o Estado e a Sociedade no Brasil contemporâneo.

2.2. Pobreza, exclusão social e subalternidade: expressões concretas da Questão Social no Brasil contemporâneo.

2.3. A questão social como base fundante do trabalho do assistente social.

3. O projeto ético-político profissional, os espaços ocupacionais e o trabalho profissional do Assistente Social no contexto da reestruturação do capital e da lógica neoliberal em defesa dos direitos sociais.

3.1. As dimensões éticas e políticas do projeto profissional.

3.2. O projeto profissional e as estratégias para fazer frente às diferentes expressões da Questão Social.

3.3. O assistente social como trabalhador coletivo: o trabalho profissional, demandas e requisições que exigem competência teórica, metodológica, ética, política, técnica e operativa no fazer profissional na defesa dos direitos sociais.

3.4. A legislação social e o trabalho profissional, instrumento sócio-jurídico e legal na efetivação e defesa dos direitos sociais.

BIBLIOGRAFIA:

OBS: Podem ser consultadas todas e quaisquer fontes que tratem dos assuntos relacionados ao conteúdo pedido.

02 - PROGRAMA DE PORTUGUÊS:

- Interpretação de texto(s);

- Estruturação, organização textual;

- Uso da pontuação;

- Morfologia - classes subordinantes e subordinadas;

- Síntaxe: Análise; Concordância verbal e nominal; Regência verbal e nominal; Uso da crase.

BIBLIOGRAFIA:

TERRA, Ernani. NICOLA, José. Gramática e Literatura. Editora Scipione.

CUNHA, Celso Ferreira. Gramática da Língua Portuguesa. FAE.

ANDRÉ, Hildebrando A.de. Gramática Ilustrada. Editora Moderna.

CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. Companhia Editora Nacional.

OBS: Podem ser consultadas outras fontes que tratem dos assuntos relacionados ao conteúdo pedido.

Cargo / Função -AUXILIAR DE ENFERMAGEM

01 - PROGRAMA ESPECÍFICO:

Fundamentos de Enfermagem: Anotações e registro na evolução de enfermagem. Sinais Vitais. Administração de medicamentos e soluções, peso e medidas, posições para exames. Mobilização. Equilíbrio hidro-eletro-liquido. Leis do exercício profissional e regulamento: Legislação do SUS. Imunizações, programas de saúde pública de M. S. Doenças infectas parasitárias. Ações educativas. Saneamento básico. Processo saúde-doença. Assistência a pacientes portadores de doenças crônicas (hipertensão arterial, diabetes mellitus, infecções do trato respiratório). Assistência ao paciente cirúrgico e suas complicações. Atuação do auxiliar de enfermagem na equipe cirúrgica. Cuidados com artigos hospitalares. Esterilização. Infecção hospitalar. Assistência em pré-natal / parto / puerpério e recém-nascidos. Cuidados a pacientes em urgência e emergência no pré-hospitalar e hospitalar.

Bibliografia:

- Os candidatos devem consultar bibliografia específica da área.

02 - PROGRAMA DE PORTUGUÊS:

. Compreensão de texto(s).

. Noções de fonética.

. Ortografia.

. Acentuação gráfica.

. Pontuação.

. Morfologia: substantivo; pronome; verbo; advérbio; preposição; numeral; adjetivo; conjunção; artigo.

. Noções básicas de Sintaxe.

. Concordância verbal e nominal.

. Uso da crase.

BIBLIOGRAFIA

CUNHA. Celso Ferreira. Gramática da Língua Portuguesa. FAE.

ANDRÉ. Hildebrando A.de. Gramática Ilustrada. Editora Moderna.

CEGALLA. Domingos Paschoal. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. Companhia Editora Nacional.

Obs: Podem ser consultadas outras fontes que tratem dos assuntos relacionados ao conteúdo pedido.

Cargo / Função -AUXILIAR DE LABORATÓRIO

01 - PROGRAMA ESPECÍFICO:

- Noções Básicas de biossegurança em Laboratório de análises clínicas;

- Noções básicas de limpeza e lavagem de instrumentos, vidrarias e bancadas;

- Noções básicas de desinfecção e esterilização;

- Preparação de material para exames parasitológicos de fezes, de acordo com a técnica solicitada;

- Preparação de urina para o exame físico-químico e sedimentoscópico;

- Operar com centrífugas, filtros, banho-maria, autoclave, estufa, destilador, geladeiras e freezeres.

- Noções básicas de conhecimento dos principais equipamentos utilizados em um laboratório de análises clínicas: microcentrífugas, centrífugas, microscópio, equipamentos de pesagem, banho-maria, autoclave, estufa, destilador, geladeira e freezeres.

- Conhecer as principais vidrarias utilizadas em laboratório: Pipetas, Provetas, Buretas, Becker, Bastões de vidro, etc...

- Conhecimento de acondicionamento de amostras biológicas

Referências Bibliográficas:

1. CARVALHO, W.F. Técnicas Médicas de Hematologia e Imuno-hematologia. 6ª ed. Belo Horizonte: Cooperativa Editora e de Cultura Médica.

2. FERNANDES, J.V.; et al. Guia Teórico-prático em Microbiologia e Parasitologia. Natal-RN, 1997 (apostila)

3. MOURA, R.A. et al. Colheita de Material para Exames de Laboratório. Rio de Janeiro: Atheneu, 1987.

4. MOURA, R.A., et al. Técnicas de Laboratório. 3ª ed. São Paulo: Atheneu, 1998.

5. VALLADA, E.P. Manual de Coprocultura: Cultura de fezes. 2ª ed. Rio de Janeiro: Atheneu, 1988.

6. VALLADA, E.P. Manual de Exames de Urina. 4ª ed. Rio de Janeiro: Atheneu, 1998.

7. OLIVEIRA LIMA A.; SOARES, J.B.; GALAZZ, J.; CANÇADO, J.R. Métodos de Laboratórios Aplicados a Clínica. Técnica e Interpretação. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2001.

02 - PROGRAMA DE PORTUGUÊS:

. Compreensão de texto(s).

. Noções de fonética.

. Ortografia.

. Acentuação gráfica.

. Pontuação.

. Morfologia: substantivo; pronome; verbo; advérbio; preposição; numeral; adjetivo; conjunção; artigo.

. Noções básicas de Sintaxe.

. Concordância verbal e nominal.

. Uso da crase.

BIBLIOGRAFIA

CUNHA. Celso Ferreira. Gramática da Língua Portuguesa. FAE.

ANDRÉ. Hildebrando A.de. Gramática Ilustrada. Editora Moderna.

CEGALLA. Domingos Paschoal. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. Companhia Editora Nacional.

Obs: Podem ser consultadas outras fontes que tratem dos assuntos relacionados ao conteúdo pedido.

Cargo / Função - BIOQUÍMICO

01 - PROGRAMA ESPECÍFICO:

O candidato deve ter conhecimentos gerais e específicos sobre:

Hematologia - conhecimentos gerais e específicos sobre: sangue, hemograma, classificação sanguinea e fator RH, anemias, leucemias, Métodos de coloração, hemossedimentação, coleta de sangue, preparo de sangue para exames, microscopia, contagem de reticulocitos, confecção e coloração de esfregaços sanguineos, pesquisas de hematozoários, pesquisa de células LE, coagulograma,

Citologia - conhecimentos gerais e específicos sobre: citologia mamaria, citologia oncotica, citologia hormonal, citologia de líquidos, anatomia e histologia do aparelho genital feminino, controle de qualidade e organização do laboratório de citologia

Parasitologia - conhecimentos gerais e específicos sobre: sobre helmintos e protozoários; bem como seus vetores artrópodos e moluscos, importância e método de controle, técnicas laboratoriais em parasitologia, exame parasitológico do sangue, morfologia, biologia, patologia, diagnostico, epidemiologia, profilaxia, tratamento.

Microbiologia - conhecimentos gerais e específicos sobre: patologias, Isolamento e identificação de microorganismos. Processos de esterilização e desinfecção, bacteriologia geral e clinica, micologia geral e clinica, virologia geral de clinica.

Imunologia - conhecimentos gerais e específicos sobre: diagnostico laboratorial e clinica de (tuberculose, tétano, difteria, coqueluche , poliomielite, sarampo, raiva, rubéola e doença de chagas), Antígenos e Anticorpos, técnicas laboratoriais

Bioquímica: conhecimentos gerais e específicos sobre: bioquimica geral, bioquímica clínica, dosagens laboratoriais da bioquímica do sangue e da urina.

Farmacologia - conhecimentos gerais e específicos sobre: interferência de medicamentos em exames laboratoriais.

Higiene social: conhecimentos gerais e específicos sobre: epidemiologia -saneamento. abastecimento de água. processos de tratamento. destino de dejetos.

Toxicologia: conhecimentos gerais e específicos sobre: conceito. divisão. Importância, toxicocinética, toxicodinâmica, radicais livres e antioxidantes, toxicologia ambiental, toxicologia ocupacional, toxicologia social e medicamentosa, toxicologia dos alimentos.

OBS: Pode ser consultada qualquer fonte cientifica conceituada que trate dos assuntos relacionados ao conteúdo pedido.

02 - PROGRAMA DE PORTUGUÊS:

- Interpretação de texto(s);

- Estruturação, organização textual;

- Uso da pontuação;

- Morfologia - classes subordinantes e subordinadas;

- Síntaxe: - Análise; - Concordância verbal e nominal; - Regência verbal e nominal; - Uso da crase.

BIBLIOGRAFIA:

TERRA, Ernani. NICOLA, José. Gramática e Literatura. Editora Scipione.

CUNHA, Celso Ferreira. Gramática da Língua Portuguesa. FAE.

ANDRÉ, Hildebrando A.de. Gramática Ilustrada. Editora Moderna.

CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. Companhia Editora Nacional.

OBS: Podem ser consultadas outras fontes que tratem dos assuntos relacionados ao conteúdo pedido.

Escolaridade - FUNDAMENTAL COMPLETO

Cargo: ELETRICISTA PREDIAL

01 - PROGRAMA DE PORTUGUÊS:

- Compreensão de texto (s);

- Noções de fonética;

- Ortografia;

- Acentuação Gráfica;

- Pontuação;

- Morfologia;

- Noções básicas de sintaxe;

- Concordância verbal e nominal;

- Uso da crase.

BIBLIOGRAFIA:

CUNHA, Celso Ferreira. Gramática da Língua Portuguesa. FAE.

ANDRE, Hildebrando A.de. Gramática Ilustrada. Editora Moderna.

CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. Cia. Ed. Nacional.

OBS: Podem ser consultadas outras fontes que tratem dos assuntos.

02 - PROGRAMA DE MATEMÁTICA: Conjuntos e Subconjuntos; Operações com Conjuntos; Conjuntos Numéricos; Divisibilidade, Máximo Divisor Comum, Mínimo Múltiplo Comum; Grandezas Diretamente Proporcionais e Inversamente Proporcionais; Regra de Três Simples; Porcentagem; Juros Simples; Produtos Notáveis; Operações com Números Reais: Adição, Subtração, Multiplicação, Divisão, Potenciação e Radiciação; Relações e Funções; Sistemas com duas variáveis; Função de Primeiro Grau; Função de Segundo Grau; Equações e Inequações; Problemas do 1º grau; Problemas do 2º grau; Trigonometria; Triângulo Retângulo e Teorema de Pitágoras; Geometria Plana; Relações Métricas em Triângulos e na Circunferência; Área das Figuras Planas; Área e Volume dos Sólidos; Medidas de Volume e de Massa.

BIBLIOGRAFIA:

OBS: Podem ser consultadas todas e quaisquer fontes que tratem dos assuntos relacionados ao conteúdo pedido. (Fundamental Completo)

03 - PROGRAMA DE ELETRICIDADE:

- Noções de Eletricidade básica;

- Noções de instalações prediais

BIBLIOGRAFIA:

Obs: Devem ser consultadas fontes que tratem dos assuntos.

Cargo / Função - ENFERMEIRO

01 - PROGRAMA ESPECÍFICO:

Fundamentos e exercício de enfermagem: Lei do exercício profissional de enfermagem. Código de ética. Estatística em enfermagem. Teorias em enfermagem.

Epidemiologia em Geral: Processo de Saúde - Doença. Medidas profiláticas de controle, eliminação e erradicação das doenças. Doenças emergentes.

Políticas de Saúde pública: Evolução histórica. Programa e prevenção da saúde. Lei orgânica de saúde (SUS em geral). Programas de Saúde Pública (M. S.).

Administração de serviços de enfermagem: Normas e rotinas, protocolos. Organização dos serviços de enfermagem Estrutura e funcionamento dos serviços de enfermagem. Enfermagem em recrutamento e seleção do pessoal de enfermagem.

Processo de Enfermagem: Teoria e prática. Consulta de enfermagem. Emergência e urgência clínico-cirúrgicas. Saúde do adulto, criança, adolescente, idoso. Assistência a pacientes portadores de doenças crônicas degenerativas. Esterilização, desinfecção, limpeza e descontaminação. Assistência aos pacientes clínicos e cirúrgicos, curativos de grande porte, feridas cirúrgicas e não cirúrgicas. Assistência no pré, trans e pós-operatório. Assistência a pacientes com complicações cirúrgicas.

BIBLIOGRAFIA :

- Os candidatos devem consultar bibliografias específicas da área.

02 - PROGRAMA DE PORTUGUÊS:

- Interpretação de texto(s);

- Estruturação, organização textual;

- Uso da pontuação;

- Morfologia - classes subordinantes e subordinadas;

- Síntaxe:

- Análise;

- Concordância verbal e nominal;

- Regência verbal e nominal;

- Uso da crase.

BIBLIOGRAFIA:

TERRA, Ernani. NICOLA, José. Gramática e Literatura. Editora Scipione.

CUNHA, Celso Ferreira. Gramática da Língua Portuguesa. FAE.

ANDRÉ, Hildebrando A.de. Gramática Ilustrada. Editora Moderna.

CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. Companhia Editora Nacional.

OBS: Podem ser consultadas outras fontes que tratem dos assuntos relacionados ao conteúdo pedido.

Cargo / Função - FARMACÊUTICO

01 - PROGRAMA ESPECÍFICO: Legislação farmacêutica - Leis e normas que regem a profissão farmacêutica. Farmacologia - Conhecimentos gerais e específicos sobre: definições em farmacologia, farmacocinética, farmacodinâmica, interferência de medicamentos em exames laboratoriais, Imunofarmacologia, mecanismo de ação, reações adversas, indicações e contra-indicações aos medicamentos, intoxicação medicamentosa, associação e interação medicamentosa, estabilidade de medicamentos, plantas medicinais, farmacologia dos sistemas, antibióticos e quimioterápicos, farmacoterapia pediátrica e geriátrica. Farmácia hospitalar - Conhecimentos gerais e específicos sobre: histórico, objetivos, funções, farmacovigilância, administração, seleção de medicamentos, sistemas de distribuição de medicamentos, abastecimento e gerenciamento de materiais e medicamentos, manipulação de medicamentos estéreis e não estéreis em farmácia hospitalar, terapia nutricional parenteral e enteral, assistência farmacêutica, farmácia clinica, administração de medicamentos através de cateteres de nutrição enteral. Farmacotécnica - Conhecimentos gerais e específicos sobre: desenvolvimento de novos fármacos e processos de aprovação, formas farmacêuticas, matérias primas, solidos, semi-solidos, líquidos, aerossóis inalantes e sprays, medicamentos parenterais e enterais, sistemas de liberação de medicamentos, medicamentos de uso tópico. Química farmacêutica - Conhecimentos gerais e específicos sobre: gênese de medicamentos, relação estrutura atividade, nomenclatura dos medicamentos, receptores farmacológicos. Química geral - Conhecimentos gerais e específicos sobre: estequimetria, estrutura atômica e tabela periódica, ligações químicas, reações químicas em soluções aquosas, gases, estados da matéria e as forças químicas intermoleculares, termodinâmica química, cinética química, equilíbrio químico, ácidos e bases, eletroquímica, nomenclatura. Química orgânica - Conhecimentos gerais e específicos sobre: compostos de carbono e ligações químicas, reações orgânicas, alcanos e cicloalcanos, estereoquimica, alquenos e alquinos, álcoois e éteres, sistemas insaturados conjugados, métodos espectroscópico de determinação da estrutura, compostos aromáticos, aldeídos e cetonas, ácidos carboxílicos e seus derivados, aminas, fenóis haletos de arila, carboidratos, lipídeos, aminoácidos e proteínas.

OBS: Podem ser consultadas outras fontes que tratem dos assuntos relacionados ao conteúdo pedido.

02 - PROGRAMA DE PORTUGUÊS:

- Interpretação de texto(s);

- Estruturação, organização textual;

- Uso da pontuação;

- Morfologia - classes subordinantes e subordinadas;

- Síntaxe: - Análise; - Concordância verbal e nominal; - Regência verbal e nominal; - Uso da crase.

BIBLIOGRAFIA:

TERRA, Ernani. NICOLA, José. Gramática e Literatura. Editora Scipione.

CUNHA, Celso Ferreira. Gramática da Língua Portuguesa. FAE.

ANDRÉ, Hildebrando A.de. Gramática Ilustrada. Editora Moderna.

CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. Companhia Editora Nacional.

OBS: Podem ser consultadas outras fontes que tratem dos assuntos relacionados ao conteúdo pedido.

Cargo / Função - FISIOTERAPÊUTA

01 - PROGRAMA ESPECÍFICO:

1.Fisioterapia Preventiva em Saúde Pública, do Idoso, do Trabalhador e da Mulher.

2.Legislação em Fisioterapia: DECRETO DE LEI 968/69; LEI 6.316/75; RESOLUÇÃO COFFITO 10, 37, 80, 139, 153; LEI 8.856/94

3.Recursos Fisioterapêuticos: ELETROTERAPIA; FOTOTERAPIA; TERMOTERAPIA; MECANOTERAPIA; CINESIOLOGIA; HIDROTERAPIA

4. Efeitos Fisiológicos, Técnicas de Aplicação, Indicações e Contra - Indicações de Aparelhos Utilizados na Fisioterapia.

5.Atuação da Fisioterapia: NEUROLOGIA; REUMATOLOGIA; ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA; PNEUMOLOGIA; PEDIATRIA; CARDIOLOGIA.

6.Avaliação Fisioterapêutica.

BIBLIOGRAFIA

ADAMS, John Crawford. Manual de ortopedia. São Paulo: Artes Médicas, 1978.

AGNE, Jones E. Eletrotermoterapia: teoria e prática. Santa Maria: Orium, 2004.

AZEREDO, Carlos Alberto C. Fisioterapia Respiratória Moderna. 4a. ed. São Paulo: Manole, 2002.

DANIELS, Lucille M.A; WORTHINGAM, Catherine.Provas de função muscular.Rio de janeiro: Interamericana, 1981.

DELIBERATO, P.C. Porto. Fisioterapia preventiva: fundamentos e aplicações. São Paulo: Manole, 2002.

DORETTO. D: Fisiopatologia Clínica do Sistema Nervoso: fundamentos de semiologia. São Paulo: Atheneu, 1996.

FROWNFELTER, Donna e et al. Fisioterapia Cardiopulmonar- Princípios e Prática. 5a. ed. Rio de Janeiro: Revinter, 2004.

GOLDING, Douglas N; Reumatologia em medicina e reabilitação.São Paulo: Atheneu, 2001.

KISNER, C; Exercícios Terapêuticos. São Paulo: Manole, 1998.

KITCHIEN, Se GAZIN; Eletroterapia de CLAYTON. São Paulo: Manole, 2000.

KRUSEN; Tratado de Medicina Física e Reabilitação. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1985.

LIPPERT, Lynn Ms, Pt; Cinesiologia clínica para fisioterapeutas. Rio de janeiro: Revinter, 1996.

RASCH, Philip, et al. Cinesiologia e anatomia aplicada.5°ed. Rio de janeiro: Guanabara Koogan,1977.

RATLIFFE, Katherine T. Fisioterapia na clínica pediátrica: guia para a equipe de fisioterapeutas. São Paulo: Santos, 2000.

ROWLAND, Lewis P. Merrit tratado de neurologia. 9ª ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1997.

RODRIGUES, Edgard M., et al. Manual de Recursos Fisioterapêuticos. Rio de Janeiro:Revinter, 1998.

SALTER; Distúrbios e Lesões do Sistema Músculo - Esquelético. São Paulo: MEDSI, 1985.

SCHMIDT, Robert F.; Neurofisiologia. 4ª ed. São Paulo: Editora Pedagógica e Universitária Ltda, 1979.

SHEPHERD, Roberta B. Fisioterapia em pediatria. 3ª ed. São Paulo: Santos, 1998.

SIMON, L, et al.Manual de reumatologia. 3°ed. Rio de janeiro:Masson, 1982.

SIZÍNIO, K. Hebert, et al. Ortopedia e traumatologia: princípios e práticas. Porto Alegre: ARTMED, 2003.

SKINNER, Alisson T.: THOMSON, Ann M. Duffield: exercícios na água. 3ª ed. São Paulo: Manole,1985.

SULLIVAN, S. B. SHIMIT. Fisioterapia: avaliação e tratamento. São Paulo: Manole, 1993.

STOKES, M. Neurologia para fisioterapeutas. Premier, 2000.

THOMPSON, Ann, et al. Fisioterapia de Tidy. 12ª ed. São Paulo: Santos, 1994.

UMPHRED. D. A. Fisioterapia neurológica. Manole, 1994.

02 - PROGRAMA DE PORTUGUÊS:

- Interpretação de texto(s);

- Estruturação, organização textual;

- Uso da pontuação;

- Morfologia - classes subordinantes e subordinadas;

- Síntaxe: - Análise; - Concordância verbal e nominal; - Regência verbal e nominal; - Uso da crase.

BIBLIOGRAFIA:

TERRA, Ernani. NICOLA, José. Gramática e Literatura. Editora Scipione.

CUNHA, Celso Ferreira. Gramática da Língua Portuguesa. FAE.

ANDRÉ, Hildebrando A.de. Gramática Ilustrada. Editora Moderna.

CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. Companhia Editora Nacional.

OBS: Podem ser consultadas outras fontes que tratem dos assuntos relacionados ao conteúdo pedido.

Cargo / Função - FONOAUDIÓLOGO

01 - PROGRAMA ESPECÍFICO:

1 - LINGUAGEM

Anâtomo fisiologia da linguagem, aquisição e desenvolvimento, desvio fonológico, avaliação e terapia dos distúrbios neurológicos, gagueira, diagnóstico e terapia dos distúrbios do aprendizado da leitura e escrita

2 - MOTRICIDADE ORAL

Anatomia e fisiologia do sistema estomatognático. / Fissura / Desordem tempomandibular / Deformidades dentofociais / Alterações funcionais da respiração, deglutição, sucção e mastigação.

3 - VOZ

Anatomia e fisiologia da laringe. / Conceito, classificação e etiologia das patologias da laringe. / Avaliação, diagnóstico e terapia das alterações vocais.

4 - AUDIOLOGIA

Anatomia e fisiologia do aparelho auditivo / Avaliação auditiva. / Emissões otoacústicas / Reabilitação e implante coclear / Testes básicos de avaliação auditiva. BIBLIOGRAFIA :

ALTMANN, Elisa B. C. Fissuras labiopalatinas. São Paulo-SP. Pró-fono, 1997.

ASSENCIO FERREIRA, Vicente José. Conhecimentos Essenciais para Entender Bem a Inter-relação entre Neurologia e Fonoaudiologia. São José dos Campos-SP: Pulso; 2003.

BEHLAU, MARA. A voz do especialista: Vol. I. Rio de Janeiro-RJ: Ed. Revinter, 2001.

BEHLAU, MARA. O melhor que vi e ouvi III: atualização em laringe e voz. Rio de Janeiro-RJ: Ed. Revinter, 2001.

BOONE, Daniel R. PLANTE & MCFARLANE, Stephen C. A voz e a terapia vocal. 5. ed. Porto Alegre-RS: Ed. Artes Médicas, 1994.

BOONE, Daniel R. PLANTE, Elena. Comunicação humana e seus distúrbios. Porto Alegre-RS, 2 ed., Artes médicas, 1994.

FILHO, Evaldo Dacheux de Macedo; GOMES, Guilherme F. & FURKIM Ana Maria. Manual de cuidados do paciente com DISFAGIA. São Paulo: Ed. Lovise, 2000.

FILHO, Otacílio de C. L. Tratado de fonoaudiologia. São Paulo-SP: Ed. Roca, 1997.

GONZÁLEZ, N. Z. T. Fonoaudiologia e Ortopedia maxilar na Reabilitação Orofacial-tratamento precoce e preventivo na terapia miofuncional. Ed. Santos, São Paulo-SP, 2000.

KRAKAUER, H. L.; DI FrancEsco C. R; MARCHESAN, Irene Q. (Org.) Respiração Oral. São José dos Campos-SP: Pulso, 2003.

MARCHESAN, Irene Q. Fundamentos em fonoaudiologia: Aspectos clínicos da motricidade oral. Rio de Janeiro: Ed. Guanabara Koogan S.A, 1998.

MARCHESAN, Irene Q.(Org.) Motricidade Orofacial: Como Atuam os Especialistas São José dos Campos-SP: Pulso, 2003.

MURDOCH, Bruce E. DISARTRIA, uma abordagem fisiológica para avaliação e tratamento. Editora Lovise-São Paulo-SP. 2005.

ORTIZ, K. Z. Distúrbios neurológicos adquiridos. São Paulo-SP Ed. Mande, 2004.

PINHO, Silva M. R. Fundamentos em fonoaudiologia. Tratando os distúrbios da voz. Rio de Janeiro-RJ, Koogan, 1998.

RUSSO, Iêda C. Pacheco. Audiologia Infantil. São Paulo-SP. Cortez, 1994.

SEBASTIAN, Gonzalo. Audiologia prática. Enelivros-Rio de Janeiro-RJ, 2000.

ZORZI, Jaime, L. Aprender a escrever: a apropriação do sistema ortográfico. Porto Alegre-RS: Ed. Artmed, 1998.

ZORZI, Jaime, L. A intervenção fonoaudiológica nas alterações da linguagem infantil. Rio de Janeiro-RJ: Ed. Revinter, 2002.

ZORZI, Jaime, L. Aprendizagem e distúrbios da linguagem escrita: Questões clínicas e educacionais. Porto Alegre-RS: Ed. Artmed, 2003.

02 - PROGRAMA DE PORTUGUÊS:

- Interpretação de texto(s);

- Estruturação, organização textual;

- Uso da pontuação;

- Morfologia - classes subordinantes e subordinadas;

- Síntaxe: - Análise / Concordância verbal e nominal / Regência verbal e nominal / Uso da crase.

BIBLIOGRAFIA:

TERRA, Ernani. NICOLA, José. Gramática e Literatura. Editora Scipione.

CUNHA, Celso Ferreira. Gramática da Língua Portuguesa. FAE.

ANDRÉ, Hildebrando A.de. Gramática Ilustrada. Editora Moderna.

CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. Companhia Editora Nacional.

OBS: Podem ser consultadas outras fontes que tratem dos assuntos relacionados ao conteúdo pedido.

Escolaridade - FUNDAMENTAL COMPLETO

Cargo: MOTORISTA e TRATORISTA

01 - PROGRAMA DE PORTUGUÊS:

- Compreensão de texto (s);

- Noções de fonética;

- Ortografia;

- Acentuação Gráfica;

- Pontuação;

- Morfologia;

- Noções básicas de sintaxe;

- Concordância verbal e nominal;

- Uso da crase.

BIBLIOGRAFIA:

CUNHA, Celso Ferreira. Gramática da Língua Portuguesa. FAE.

ANDRE, Hildebrando A.de. Gramática Ilustrada. Editora Moderna.

CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. Cia. Ed. Nacional.

OBS: Podem ser consultadas outras fontes que tratem dos assuntos.

02 - PROGRAMA DE MATEMÁTICA: Conjuntos e Subconjuntos; Operações com Conjuntos; Conjuntos Numéricos; Divisibilidade, Máximo Divisor Comum, Mínimo Múltiplo Comum; Grandezas Diretamente Proporcionais e Inversamente Proporcionais; Regra de Três Simples; Porcentagem; Juros Simples; Produtos Notáveis; Operações com Números Reais: Adição, Subtração, Multiplicação, Divisão, Potenciação e Radiciação; Relações e Funções; Sistemas com duas variáveis; Função de Primeiro Grau; Função de Segundo Grau; Equações e Inequações; Problemas do 1º grau; Problemas do 2º grau; Trigonometria; Triângulo Retângulo e Teorema de Pitágoras; Geometria Plana; Relações Métricas em Triângulos e na Circunferência; Área das Figuras Planas; Área e Volume dos Sólidos; Medidas de Volume e de Massa.

BIBLIOGRAFIA:

OBS: Podem ser consultadas todas e quaisquer fontes que tratem dos assuntos relacionados ao conteúdo pedido. (Fundamental Completo)

Escolaridade - FUNDAMENTAL INCOMPLETO

Cargos: ASG, COVEIRO, COZINHEIRA, VIGILANTE,

PEDREIRO e GUARDA MUNICIPAL

01 - PROGRAMA DE PORTUGUÊS:

- Compreensão de texto (s);

- Separação silábica;

- Encontro Vocálico;

- Encontro Consonantal;

- Dígrafo;

- Acentuação Gráfica;

- Substantivo;

- Adjetivo;

- Artigo;

- Numeral;

- Pronome;

- Verbo.

BIBLIOGRAFIA:

ANDRE, Hildebrando A.de. Gramática Ilustrada. Editora Moderna.

CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. Cia. Ed. Nacional.

OBS: Podem ser consultadas outras fontes que tratem dos assuntos.

02 - PROGRAMA DE MATEMÁTICA:

- Conjuntos dos números naturais;

- Operações fundamentais;

- Problemas envolvendo as operações fundamentais;

- Números racionais absolutos (frações);

- Medidas de comprimento e de massa;

- Números decimais;

- Sistema monetário brasileiro.

BIBLIOGRAFIA:

BIANCHINI, Edwaldo. Matemática.. São Paulo. Editora Moderna.

Obs: Podem ser consultadas outras fontes (livros de Matemática do 1º grau menor)

Escolaridade: NÍVEL MÉDIO

Cargos: AUX. BIBLIOTECA, ATENDENTE DE SAÚDE, ALMOXARIFE, FISCAL DE OBRAS E SERV.URBANOS

01 - PROGRAMA DE PORTUGUÊS:

- Compreensão de texto (s);

- Sinônimos;

- Antônimos;

- Parônimos;

- Homônimos;

- Sentido denotativo e conotativo;

- Ortografia;

- Acentuação gráfica;

- Pontuação;

- Morfologia;

- Concordância verbal e nominal;

- Regência verbal e nominal;

- Noções básicas de análise sintática.

BIBLIOGRAFIA:

TERRA, Ernani. NICOLA, José. Gramática e Literatura. Editora Scipione.

CUNHA, Celso Ferreira. Gramática da Língua Portuguesa. FAE.

ANDRE, Hildebrando A.de. Gramática Ilustrada. Editora Moderna.

CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. Cia. Ed. Nacional.

OBS: Podem ser consultadas outras fontes que tratem dos assuntos relacionados ao conteúdo pedido.

02 - PROGRAMA DE MATEMÁTICA: Conjuntos e Subconjuntos. / Operações com Conjuntos. / Conjuntos Numéricos./ Divisibilidade, Máximo Divisor Comum, Mínimo Múltiplo Comum. /Grandezas Diretamente Proporcionais e Inversamente Proporcionais. /Regra de Três Simples e Composta. /Porcentagem, Juros Simples e Juros Compostos. /Produtos Notáveis. / Operações com Números Reais: Adição, Subtração, Multiplicação, Divisão, Potenciação e Radiciação. /Relações e Funções. /Função de Primeiro Grau. / Sistemas com duas variáveis. / Função de Segundo Grau. / Problemas do 2º grau./ Função Modular. / Função Exponencial. / Função Logarítmica. / Gráficos de Funções. / Equações e Inequações. / Trigonometria. / Triângulo Retângulo e Teorema de Pitágoras. / Funções Trigonométricas, Gráficos, Identidades Trigonométricas, Equações Trigonométricas, Inequações Trigonométricas. / Lei dos Senos e Lei dos Cossenos. / Geometria Plana. / Mediatriz de um Segmento, Bissetriz de um Ângulo. / Medianas, Bissetrizes, Alturas e Mediatrizes de um Triângulo. / Semelhança e Congruência de Triângulos. / Semelhança e Congruência de Polígonos. / Teorema de Tales. / Número de Diagonais, Soma dos Ângulos Internos e Soma dos Ângulos Externos de um Polígono. / Polígonos Inscritos e Circunscritos. / Relações Métricas em Triângulos, Polígonos, Circunferência e Círculo. / Área das Figuras Planas. / Área e Volume dos Sólidos.

BIBLIOGRAFIA:

OBS: Podem ser consultadas todas e quaisquer fontes que tratem dos assuntos relacionados ao conteúdo pedido. (Nível Médio)

Cargo / Função - NUTRICIONISTA

01 - PROGRAMA ESPECÍFICO:

1 - Macro e micronutrientes na alimentação humana;

2 - Recomendações de energia e nutrientes; DRI´s.

3 - Alimentação no 1º ano de vida, na infância e na adolescência;

4 - Nutrição na gestação e na lactação;

5 - Avaliação nutricional em diferentes grupos etários;

6 - Microbiologia aplicadas as UAN´s:

- classificação dos microorganismos, fontes de contaminação, vias de transmissão, fatores que interferem no metabolismo dos microorganismos;

7 - Aspectos higiênicos sanitários em UAN´s:

- saúde do manipulador de alimentos e controle de matérias-primas,

- conservação e higienização da matéria-prima,

- doenças transmitidas de alimentos;

8 - APPCC (HACCP) Análise de perigos e pontos críticos de controle em UAN´s; Boas práticas na fabricação de alimentos;

9 - Planejamento, organização e administração em UAN´s:

- Recursos Humanos em UAN´s: dimensionamento, descrição de cargos e funções, recrutamento, seleção e treinamento;

- Aspectos físicos da Unidade de Alimentação e Nutrição (UAN`s);

10 - Alimentação coletiva: planejamento execução e avaliação de cardápios;

11 - Terapia Nutricional:

- nas doenças carenciais e na obesidade;

- nos distúrbios endócrinos, cardiovasculares, renais e gastrointestinais;

- nas enfermidades crônicas degenerativas;

12 - Programas governamentais na área de alimentação e nutrição:

- Programa Nacional de Alimentação Escolar;

- Programa de Alimentação do Trabalhador;

13 - Código de ética do nutricionista;

14 - Introdução à técnica dietética: conceito, objetivo e métodos de preparo de alimentos;

15 - Montagem de Fichas Técnicas de Preparação.

BIBLIOGRAFIA:

- ARAUJO, M.O.D.; GUERRA, T.M.M. Alimentos Per Capita. 3 ed. Ed. Universitária, Natal, 2007.

- ORNELLAS, L. M. Técnica Dietética: seleção e preparo de alimentos. 8 ed. Ed.Atheneu. São Paulo, 2007..

- BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de política de saúde. Organização Pan Americana da saúde. Guia alimentar para crianças menores de dois anos. Secretaria de Políticas de Saúde, Organização Pan Americana da Saúde - Brasília: Ministério da saúde, 2002.

- VITOLO, M. R. Nutrição da Gestação à Adolescência. Rio de Janeiro. Ed. Reichmann & Affonso, 2003.

- CUPPARI, L. Nutrição: Nutrição Clínica no Adulto. Ed. São Paulo: Ed. Manole, 2005..

- MAHAN, L. K.; ESCOOT- STUMP, S. Alimentos, Nutrição e Dietoterapia. 11ª ed. São Paulo: Ed. Roca, 2005.

- SHILS, M.E.; OLSON, J.A.; SHIKE, M.R., A.C. Tratado de Nutrição Moderna na Saúde e na Doença. 9ªed. São Paulo. Ed. Manole, vol.1 e 2, 2003.

- NATIONAL ACADEMY OF SCIENCES. Dietary Reference Intakes. National Academy Press, Washington, 2000. (Disponível no site www.nap.edu)

- MANUAIS DE LEGISLAÇÃO ATLAS. 16. Segurança e Medicina do Trabalho. 40 ed. São Paulo: Ed. Atlas.1998.

- MEZONO, I. F.de B. A. A Administração de Serviços de Alimentação. 4ª ed. Versão atualizada.São Paulo,1994..

- ABREU, E. S; SPINELLI, M. G. N. Gestão de Unidades de Alimentação e Nutrição: um modo de fazer. São Paulo. Ed. Metha, 2003.

- PROENÇA, R. P. C; SOUSA, A.A.de; VEIROS, M. B. HERING, B. Qualidade Nutricional e Sensorial na Produção de Refeições. Florianópolis. Ed. da UFSC, 2005.

- SILVA JR., E. A.da. Manual de Controle Higiênico-Sanitário em Alimentos. 6ª ed. São Paulo.Varela, 2005.

- TEIXEIRA, S. M.F.de B; OLIVEIRA, Z. M. C; REGO, J. C; BISCONTINI, T.M.B. Administração Aplicada às Unidades de Alimentação e Nutrição. São Paulo. Ed. Atheneu. 2006.

- VASCONCELOS, F.A.G. Avaliação Nutricional de Coletividades. Florianópolis: Ed. da UFSC.1993.

- ORDONEZ, J. et al. Tecnologia de Alimentos. Porto Alegre. Ed Artmed. vol.1 e 2. 2005.

- RIEDEL, G. Controle Sanitário de Alimentos. 3ª ed. São Paulo. Ed. Atheneu. 2005.

- SILVA, J.A. Tópicos da Tecnologia de Alimentos. São Paulo. Ed. Varela. 2000.

02 - PROGRAMA DE PORTUGUÊS:

- Interpretação de texto(s);

- Estruturação, organização textual;

- Uso da pontuação;

- Morfologia - classes subordinantes e subordinadas;

- Síntaxe: - Análise; - Concordância verbal e nominal; - Regência verbal e nominal; - Uso da crase.

BIBLIOGRAFIA:

TERRA, Ernani. NICOLA, José. Gramática e Literatura. Editora Scipione.

CUNHA, Celso Ferreira. Gramática da Língua Portuguesa. FAE.

ANDRÉ, Hildebrando A.de. Gramática Ilustrada. Editora Moderna.

CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. Companhia Editora Nacional.

OBS: Podem ser consultadas outras fontes que tratem dos assuntos relacionados ao conteúdo pedido.

Cargo - função - PEDAGOGO

01 - PROGRAMA ESPECÍFICO:

· O papel do pedagogo na conjuntura político-educacional brasileira

· Escola é lugar de aprender e de ensinar

· Ensinar: especificidade humana

· A Educação Básica redimensionada

· Escrevendo e lendo na escola

· Organização do espaço escolar

· Avaliação Mediadora na Educação Básica

REFERÊNCIAS BÁSICAS:

. Brasil. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais. Brasília: MEC/SEF,1997 e 2001.

.BRASIL. Lei de Diretrizes Nacionais (LDB 9394/96).

.Freire, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa.São Paulo: Paz e Terra, 1996.

.FONTANA, Roseli. Psicologia e trabalho pedagógico. São Paulo: Atual,1997.

.HOFFMANN, Jussara. Avaliação Mediadora: uma prática em construção da pré-escola à universidade. Porto Alegre: Educação &Realidade,1993.

02 - PROGRAMA DE DIDÁTICA: A didática como prática educativa; Didática e democratização do ensino; O processo ensino-aprendizagem; Planejamento, métodos e avaliação mediadora; Recursos didáticos e sua utilização no ensino; Saberes necessários à prática educativa; O sentido do aprendizado no Ensino Fundamental.

Sugestões Bibliográficas: BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação. (LDB) Nº 9394/96.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

LIBÂNEO, José Carlos. Didática. São Paulo: Cortez, 1994.

BRASIL, MEC. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Parâmetros Curriculares Nacionais. Ensino Fundamental, 1999.

HOFFMANN, Jussara. Avaliação Mediadora: uma prática em construção da pré-escola à universidade. Porto Alegre: Educação & Realidade, 1993.

Cargo / Função - PROFESSOR INFANTIL

01 - Professor de Educação Infantil:

1-EDUCAÇÃO INFANTIL: da creche à pré-escola

2-A CRIANÇA: concepções

3- EDUCAR: conceitos

4.CUIDAR E BRINCAR: estratégias usadas na educação infantil

5- A LEI DE DIRETRIZES E BASES-LDB9394/96

6- COMPONENTES CURRICULARES NA EDUCAÇÃO INFANTIL: objetivos,conteúdos, recursos e avaliação

7- Estabelecimento de canais de comunicação e acolhimento das famílias e das crianças na instituição escolar

REFERÊNCIA BÁSICA:

BRASIL. Ministério de Educação e do Desporto. Secretaria de Ensino Fundamental. Referencial Curricular para a Educação Infantil. Brasília: Mec/sef,1998.

02 - PROGRAMA DE DIDÁTICA GERAL: A didática como prática educativa; didática e democratização do ensino; o processo ensino-aprendizagem; planejamento, métodos e avaliação mediadora; recursos didáticos e sua utilização no ensino; saberes necessários à prática educativa.

Sugestões Bibliográficas:

· BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação. (LDB) Nº 9394/96.

· FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

· LIBÂNEO, José Carlos. Didática. São Paulo: Cortez, 1994.

· BRASIL, MEC. Sec.de Educação Média e Tecnológica. Parâmetros Curriculares Nacionais. Ensino Fundamental, 1999.

· HOFFMANN, Jussara. Avaliação Mediadora: uma prática em construção da pré-escola à universidade. Porto Alegre: Educação & Realidade, 1993.

Cargo / Função - PROFESSOR POLIVALENTE

01 - PROGRAMA DE DIDÁTICA GERAL: A didática como prática educativa; didática e democratização do ensino; o processo ensino-aprendizagem; planejamento, métodos e avaliação mediadora; recursos didáticos e sua utilização no ensino; saberes necessários à prática educativa.

Sugestões Bibliográficas:

· BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação. (LDB) Nº 9394/96.

· FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

· LIBÂNEO, José Carlos. Didática. São Paulo: Cortez, 1994.

· BRASIL, MEC. Sec.de Educação Média e Tecnológica. Parâmetros Curriculares Nacionais. Ensino Fundamental, 1999.

· HOFFMANN, Jussara. Avaliação Mediadora: uma prática em construção da pré-escola à universidade. Porto Alegre: Educação & Realidade, 1993.

02 - PROGRAMA DE DIDÁTICA DA LÍNGUA PORTUGUESA:

Leitura: importância no ensino fundamental; a produção oral e escrita; ortografia; acentuação e pontuação; o ensino da língua portuguesa no ensino fundamental. Projetos de trabalho.

Sugestões Bibliográficas: BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: língua portuguesa. Brasília: MEC / SEF, 1997.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: introdução. Brasília: MEC / SEF, 1997.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC / SEF, 2001.

03 - PROGRAMA DE DIDÁTICA DA MATEMÁTICA:

O conhecimento matemático: características; o papel da Matemática no ensino fundamental; Matemática e os Temas transversais; aprender e ensinar Matemática no ensino fundamental; objetivos, conteúdos e avaliação em Matemática; orientações didáticas para ensinar Matemática. Projetos de trabalho.

Sugestões Bibliográficas: BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Matemática. Brasília: MEC / SEF, 1997.

04 - PROGRAMA DE DIDÁTICA DA HISTÓRIA:

A história no ensino fundamental; ensino e aprendizagem de História no primeiro e no segundo ciclos; objetivos de História no primeiro e no segundo ciclos; conteúdos de História no ensino fundamental; orientações didáticas gerais para o ensino e a aprendizagem no ensino de História; conhecimento geográfico; características e importância social; critérios de avaliação de História no ensino fundamental.

Sugestões Bibliográficas: BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: História, Geografia. Brasília: MEC / SEF, 1997.

05 - PROGRAMA DE DIDÁTICA DA GEOGRAFIA:

Conhecimento geográfico: importância social; aprender e ensinar geografia na Educação Básica; orientações didáticas para a aprendizagem da Geografia; blocos temáticos e conteúdos no ensino de Geografia.

Sugestões Bibliográficas: BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: História, Geografia. Brasília: MEC / SEF, 1997.

06 - PROGRAMA DE DIDÁTICA DAS CIÊNCIAS:

Aprender e ensinar Ciências Naturais no ensino fundamental; objetivos e conteúdos de Ciências no ensino fundamental; critérios de avaliação de Ciências para o primeiro e o segundo ciclos; orientações didáticas no ensino de Ciências; projetos.

Sugestões Bibliográficas: BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais: Ciências Naturais. Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC / SEF, 1997.

Cargo - função - PROFESSOR DE ARTES

01 - PROGRAMA ESPECÍFICO:

· A arte e suas funções.

· Objetivos gerais do ensino de arte.

· A arte e os temas transversais.

· A arte através do tempo.

· Histórico do ensino de arte no Brasil.

· O ensino de arte no currículo escolar: legislação e prática.

· As linguagens artísticas: artes visuais, dança, música, teatro.

· Os diversos códigos utilizados nas artes visuais: cores, formas, ponto, linha, luz, volume, espaço, perspectiva, superfície e textura.

· Critérios para avaliação em arte.

· A abordagem triangular no Ensino de Arte no Brasil.

· As habilidades necessárias à leitura de imagens e à apreciação das artes visuais.

BIBLIOGRAFIA

- Os candidatos devem consultar bibliografias específicas da área.

02 - PROGRAMA DE DIDÁTICA: A didática como prática educativa; Didática e democratização do ensino; O processo ensino-aprendizagem; Planejamento, métodos e avaliação mediadora; Recursos didáticos e sua utilização no ensino; Saberes necessários à prática educativa; O sentido do aprendizado no Ensino Fundamental.

Sugestões Bibliográficas: BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação. (LDB) Nº 9394/96.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

LIBÂNEO, José Carlos. Didática. São Paulo: Cortez, 1994.

BRASIL, MEC. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Parâmetros Curriculares Nacionais. Ensino Fundamental, 1999.

HOFFMANN, Jussara. Avaliação Mediadora: uma prática em construção da pré-escola à universidade. Porto Alegre: Educação & Realidade, 1993.

Cargo - função - PROFESSOR DE CIÊNCIAS

01 - PROGRAMA ESPECÍFICO:

1. Citologia A água e os sais minerais Glicídios e lipídios Proteínas Vitaminas Visão geral da célula Membrana plasmática Citosol, centríolos e ribossomos Sistema de endomembranas Mitocôndrias Fotossíntese Núcleo Ácidos nucléicos Divisão celular

2. Histologia Tecidos epitelial, conjuntivo, hematopoético, imunitário, muscular e nervoso.

3. Classificação dos seres vivos

4. Vírus, bactérias, protozoários, algas unicelulares e fungos.

5. Reino vegetal.

6. Reino animal.

7. Anatomia e fisiologia comparada dos animais

8. Genética.

9. Evolução.

10. Ecologia.

BIBLIOGRAFIA:

Cheida, L.E. Biologia Integrada.vols 1, 2 e 3.São Paulo,FTD, 2002.

Paulino, W.R. Biologia Atual. Vols 1, 2 e 3. São Paulo, Ática, 2001.

Sezar, C. Biologia. Vols 1, 2 e 3. São Paulo, Saraiva,2002.

Lopes, Sônia. Bio. Vols 1, 2 e 3. São Paulo, Saraiva, 2002.

Linhares, Sérgio & Gewandsznajder, Fernando. Biologia Hoje. Vols 1, 2 e 3. São Paulo, Ática, 2003.

Amabis, José & Martho, Gilberto. Conceitos de Biologia. Vols 1, 2 e 3. São Paulo, Moderna, 2002.

02 - PROGRAMA DE DIDÁTICA: A didática como prática educativa; Didática e democratização do ensino; O processo ensino-aprendizagem; Planejamento, métodos e avaliação mediadora; Recursos didáticos e sua utilização no ensino; Saberes necessários à prática educativa; O sentido do aprendizado no Ensino Fundamental.

Sugestões Bibliográficas: BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação. (LDB) Nº 9394/96. FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996. LIBÂNEO, José Carlos. Didática. São Paulo: Cortez, 1994. BRASIL, MEC. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Parâmetros Curriculares Nacionais. Ensino Fundamental, 1999. HOFFMANN, Jussara. Avaliação Mediadora: uma prática em construção da pré-escola à universidade. Porto Alegre: Educação & Realidade, 1993.

Cargo / Função - PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA

01 - PROGRAMA DE EDUCAÇÃO FÍSICA

e Princípios que norteiam a Educação Física no Ensino Fundamental;

e Tendências pedagógicas da Educação Física escolar;

e Avaliação no Ensino Fundamental;

e A Questão da organização do conhecimento e a abordagem metodológica da Educação Física;

e Domínios do comportamento humano e o movimento;

e Aspectos biológicos do desenvolvimento e o movimento humano;

e Processo do desenvolvimento motor;

e Dimensões Sociais do Esporte;

e Pedagogia Crítico-social dos conteúdos e a Educação Física brasileira;

e Educação Física e a Motricidade Humana;

e Reflexões sobre o corpo: corpo educação, corpo educação motora e corpo desvelado;

e Corpo e sociedade brasileira;

e Ritmo do movimento na criança: ver e perceber;

e Recreação e Lazer: o entendimento de suas dimensões;

e Concepção sistêmica na pedagogia do movimento;

e Consciência corporal: a compreensão do corpo sujeito e o corpo objeto;

e Conceitos e Perspectivas da aprendizagem motora;

e Teorias de controle e aprendizagem motora.

Referencias Bibliográficas:

e Parâmetros curriculares nacionais: Educação Física / Secretaria de Educação Fundamental - Brasília: MEC / SEF, 1998.

e Coletivo de Autores: Metodologia do ensino de educação física, CORTEZ, São Paulo-SP, 1992.

e GO TANI... [et al.], Educação Física escolar: fundamentos de uma abordagem desenvolvimentista, EPU - Editora da Universidade, São Paulo-SP, 1988.

e TUBINO, M.J. G, As dimensões sociais do esporte; CORTEZ, São Paulo-SP, 1992.

e GHIRALDELLI, P. Jr., Educação Física Progressista: a pedagogia crítico-social dos conteúdos e a Educação Física Brasileira; LOYOLA, Col. Espaço vol 10, São Paulo-SP, 1988.

e CUNHA, M. S. V, Educação Física, ou, Ciência da Motricidade Humana; PAPIRUS, Campinas-SP, 1989.

e MEDINA, J. P. S, O brasileiro e seu corpo; PAPIRUS, Campinas-SP,1991.

e MOREIRA, W. (org) [et al.], Educação Física & Esportes: perspectivas para o Século XXI; PAPIRUS, Campinas-SP, 1993.

e ___________________, Corpo Presente; PAPIRUS, Campinas SP, 1995.

e GRECO E BRENDA, Iniciação Esportiva Universal; Ed. UFMG, Belo Horizonte MG, 1998.

02 - PROGRAMA DE DIDÁTICA: A didática como prática educativa; Didática e democratização do ensino; O processo ensino-aprendizagem; Planejamento, métodos e avaliação mediadora; Recursos didáticos e sua utilização no ensino; Saberes necessários à prática educativa; O sentido do aprendizado no Ensino Fundamental.

Sugestões Bibliográficas:

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação. (LDB) Nº 9394/96.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

LIBÂNEO, José Carlos. Didática. São Paulo: Cortez, 1994.

BRASIL, MEC. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Parâmetros Curriculares Nacionais. Ensino Fundamental, 1999.

HOFFMANN, Jussara. Avaliação Mediadora: uma prática em construção da pré-escola à universidade. Porto Alegre: Educação & Realidade, 1993.

Cargo / Função - PROFESSOR DE HISTÓRIA

01 - PROGRAMA DE HISTÓRIA

HISTÓRIA DO BRASIL

Ø Pré-história brasileira

Ø Colônia: administração colonial, sistema de capitanias hereditárias, governo geral, pacto colonial, ciclos (cana-de-açúcar, ouro, pecuária, drogas do sertão), invasões (holandesas e francesas), o Brasil sob o domínio espanhol, entradas e bandeiras, revoltas nativistas e separatistas, a crise do sistema colonial, a vinda da corte portuguesa ao Brasil, o governo de D. João, a volta da família real para Portugal, processo de independência, a sociedade colonial.

Ø Império: primeiro reinado, período regencial, segundo reinado, crise do império.

Ø República: consolidação da República, a República da Espada, a República Velha, a economia na República, as lutas populares do período, crise da República, revolução de 1930, tenentismo, República Nova, República populista, regime militar, Brasil contemporâneo.

HISTÓRIA GERAL

- Pré-história

- Antiga: primeiras civilizações (Egito, Mesopotâmia, Hebreus, Fenícios, Persas, Cretenses), civilizações clássicas (Grécia e Roma), civilizações da América pré-colombiana, civilizações orientais (China, Japão e Índia).

- Idade Média: reinos bárbaros, os árabes, origens do feudalismo, sistema feudal de produção, sociedade feudal, império Bizantino, império Carolíngio, as Cruzadas, a Igreja Medieval, renascimento comercial e urbano, as monarquias nacionais (França, Inglaterra, Itália, Sacro Império Romano-Germânico, Portugal e Espanha), crise do feudalismo.

- Moderna: desagregação do feudalismo e origens do capitalismo, etapas do capitalismo, mercantilismo, Renascimento, Reforma e Contra-reforma, absolutismo, Iluminismo, Revolução Francesa, império napoleônico, revolução industrial.

- Contemporânea: capitalismo industrial, imperialismo, neocolonialismo, I Guerra Mundial, revolução Russa de 1917, o período entre guerras, II Guerra Mundial, guerra fria, descolonização da Ásia e da África, os conflitos no Oriente Médio, crise do bloco socialista, blocos econômicos, atualidades.

BIBLIOGRAFIA:

ARRUDA, José J. de A. História Total. Ed. Ática.

ASSIS, Francisco de. História do Brasil. Ed. Moderna.

ASSIS, Francisco de. História Geral. Ed. Moderna.

COTRIM, Gilberto. Saber e Fazer. Ed. Saraiva.

DREGUER, Ricardo. História Cotidiano e Mentalidades. Ed. Atual Editora.

PILLETI, Nelson. História é Vida. Ed. Ática.

PILLETI, Nelson; ARRUDA, José J. de A. Toda a História. Ed. Ática.

VINCENTINO, Cláudio. Viver a História. Ed. Scipione.

VILLA, Marco Antonio. Caminhos da História. Ed. Ática.

02 - PROGRAMA DE DIDÁTICA: A didática como prática educativa; Didática e democratização do ensino; O processo ensino-aprendizagem; Planejamento, métodos e avaliação mediadora; Recursos didáticos e sua utilização no ensino; Saberes necessários à prática educativa; O sentido do aprendizado no Ensino Fundamental.

Sugestões Bibliográficas:

· BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação. (LDB) Nº 9394/96.

· FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

· LIBÂNEO, José Carlos. Didática. São Paulo: Cortez, 1994.

· BRASIL, MEC. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Parâmetros Curriculares Nacionais. Ensino Fundamental, 1999. HOFFMANN, Jussara. Avaliação Mediadora: uma prática em construção da pré-escola à universidade. Porto Alegre: Educação & Realidade, 1993.

Cargo / Função - PROFESSOR DE INGLÊS

01 - PROGRAMA DE INGLÊS

- Texts comprehension;

- Personal pronouns;

- Possessive adjectives and pronouns

- TO BE (present tense / past tense)

- Articles (definite / indefinite)

- Plural of nouns

- Present continuous tense

- Past continuous tense

- Simple present tense

- Simple future tense

- Quantitatives (much / many / little / few)

- Prepositions

- Simple past tense

- Indefinites (some / any / no)

- Reflexive pronouns

- Comparatives and superlatives

- Genitive case

- Present perfect tense

- Anomalous verbs

- Question tags

- Conditional sentences: if clauses

- Relative pronouns

- Reported speech

- The passive voice

- Direct and Indirect speech

- Passive voice

BIBLIOGRAFIA:

MARQUES, Amadeus. TAVARES, Kátia. New password read and learn. (coleção de 5ª a 8ª série). Ed. Ática.

MARTINS, Elizabeth Prescher. PASQUALIN, Ernesto. Graded English. (Volume Único). Ed. Moderna.

HOLLAENDER, Arnon. SANDERS, Sidney. New Keyword. Ed. Moderna.

02 - PROGRAMA DE DIDÁTICA: A didática como prática educativa; didática e democratização do ensino; o processo ensino-aprendizagem; planejamento, métodos e avaliação mediadora; recursos didáticos e sua utilização no ensino; saberes necessários à prática educativa. O sentido do aprendizado no Ensino Fundamental.

Sugestões Bibliográficas: BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação. (LDB) Nº 9394/96. FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996. LIBÂNEO, José Carlos. Didática. São Paulo: Cortez, 1994. BRASIL, MEC. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Parâmetros Curriculares Nacionais. Ensino Fundamental, 1999. HOFFMANN, Jussara. Avaliação Mediadora: uma prática em construção da pré-escola à universidade. Porto Alegre: Educação & Realidade, 1993.

Cargo - função - PROFESSOR DE MATEMÁTICA

01 - PROGRAMA DE MATEMÁTICA: Conjuntos e Subconjuntos. / Operações com Conjuntos: União, Intersecção, Diferença e Complementar. / Número de Elementos da União de Conjuntos. / Conjunto Numéricos (Naturais, Inteiros, Racionais, Irracionais, Reais e Complexos). / Divisibilidade, Máximo Divisor Comum, Mínimo Múltiplo Comum. / Grandezas Diretamente Proporcionais e Inversamente Proporcionais. / Regra de Três Simples e Composta. / Porcentagem, Juros Simples e Juros Compostos. / Produtos Notáveis. / Operações com Números Reais: Adição, Subtração, Multiplicação, Divisão, Potenciação e Radiciação. / Seqüências, Progressões Aritméticas e Progressões Geométricas. / Relações e Funções. / Produto Cartesiano. / Função Injetora, Sobrejetora, Bijetora, Par, Ímpar, Crescente e Decrescente. / Função Composta e Função Inversa. / Função de Primeiro Grau. / Função de Segundo Grau. / Função Modular. / Função Exponencial. / Função Logarítmica. / Gráficos de Funções. / Equações e Inequações. / Matrizes: Operações e Propriedades. / Determinantes. / Resolução e Discussão de um Sistema Linear. / Trigonometria. / Triângulo Retângulo e Teorema de Pitágoras. / Funções Trigonométricas, Gráficos, Identidades Trigonométricas, Equações Trigonométricas, Inequações Trigonométricas. / Lei dos Senos e Lei dos Cossenos. / Geometria Plana. / Mediatriz de um Segmento, Bissetriz de um Ângulo. / Medianas, Bissetrizes, Alturas e Mediatrizes de um Triângulo. / Semelhança e Congruência de Triângulos. / Semelhança e Congruência de Polígonos. / Teorema de Tales. / Número de Diagonais, Soma dos Ângulos Internos e Soma dos Ângulos Externos de um Polígono. / Polígonos Inscritos e Circunscritos. / Relações Métricas em Triângulos, Polígonos, Circunferência e Círculo. / Área das Figuras Planas. / Geometria Espacial. / Retas e Planos no Espaço. / Princípio de Cavalieri. / Prisma, Pirâmide, Cilindro, Cone e Esfera. / Área e Volume dos Sólidos. / Geometria Analítica. / Coordenadas Cartesianas. / Distância entre Dois Pontos, Distância de um Ponto a uma Reta. / Equações da Reta, Ângulo entre Duas Retas, Retas Paralelas, Retas Perpendiculares. / Equações da Circunferência. / Equações da Elipse, Hipérbole e Parábola. / Análise Combinatória. / Princípio Fundamental da Contagem. / Arranjo, Permutação e Combinação, Casos Simples e com Repetição. / Triângulo de Pascal e Binômio de Newton. / Probabilidade, Espaço Amostral, Resultados Igualmente Prováveis. / Probabilidade Condicional. / Polinômios. / Operações com Polinômios. / Fatoração e Raízes de um Polinômio. / Relações entre Raízes e Coeficientes de um Polinômio. / Pesquisa de Raízes Racionais. / Raízes Complexas Conjugadas. / Noções de Lógica. / Noções de Estatística (Média, Mediana, Moda, Variância, Desvio Padrão, Distribuição Normal).

BIBLIOGRAFIA :

OBS: Podem ser consultadas todas e quaisquer fontes que tratem dos assuntos relacionados ao conteúdo pedido.

02 - PROGRAMA DE DIDÁTICA: A didática como prática educativa; Didática e democratização do ensino; O processo ensino-aprendizagem; Planejamento, métodos e avaliação mediadora; Recursos didáticos e sua utilização no ensino; Saberes necessários à prática educativa; O sentido do aprendizado no Ensino Fundamental.

Sugestões Bibliográficas: BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação. (LDB) Nº 9394/96. FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996. LIBÂNEO, José Carlos. Didática. São Paulo: Cortez, 1994. BRASIL, MEC. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Parâmetros Curriculares Nacionais. Ensino Fundamental, 1999. HOFFMANN, Jussara. Avaliação Mediadora: uma prática em construção da pré-escola à universidade. Porto Alegre: Educação & Realidade, 1993.

Cargo / Função - PSICÓLOGO

01 - PROGRAMA ESPECÍFICO:

- A psicologia como ciência e profissão.

- Personalidade e desenvolvimento humano.

- Ética e saúde.

- A psicologia breve como abordagem no processo terapêutico.

- Psicossomática e o processo saúde-doença.

- O adoecer e o morrer no cotidiano hospitalar.

- O paciente, a equipe e a família na instituição.

- A humanização e o acolhimento na saúde..

- Políticas de saúde no Brasil: a reforma sanitária e a construção do sistema único de saúde.

- ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).

- Política nacional do idoso: estatuto do Idoso.

Bibliografia:

OBS: Podem ser consultadas todas e quaisquer fontes que tratem dos assuntos relacionados ao conteúdo pedido.

02 - PROGRAMA DE PORTUGUÊS:

- Interpretação de texto(s);

- Estruturação, organização textual;

- Uso da pontuação;

- Morfologia - classes subordinantes e subordinadas;

- Síntaxe: - Análise; - Concordância verbal e nominal; - Regência verbal e nominal; - Uso da crase.

BIBLIOGRAFIA:

TERRA, Ernani. NICOLA, José. Gramática e Literatura. Editora Scipione.

CUNHA, Celso Ferreira. Gramática da Língua Portuguesa. FAE.

ANDRÉ, Hildebrando A.de. Gramática Ilustrada. Editora Moderna.

CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. Companhia Editora Nacional.

OBS: Podem ser consultadas outras fontes que tratem dos assuntos relacionados ao conteúdo pedido.

Cargo / Função -TÉCNICO EM FARMÁCIA

01 - PROGRAMA ESPECÍFICO: 1- Noções básicas de biologia: células, tecidos, órgãos, sistemas e organismos.2- Noções de microorganismos: Bactérias, Protozoários, Helmintos, Fungos e Vírus (destancando-se principalmente Tuberculose, hanseníase candidíase, AIDS e Hepatites).3- Conceitos básicos em farmacologia e toxicologia: droga, fármaco, princípio ativo, tóxico, droga de abuso, medicamento, denominação comum brasileira (DCB), especialidade farmacêutica.4-Sistema métrico decimal: medidas de massa e volume aplicadas a medicamentos.5- Armazenamento e Conservação adequados de Medicamentos.6- Princípios Básicos de Farmacotécnica: formas sólidas, semi-sólidas, líquidas, retais e vaginais, oftálmicas, auriculares e parenterais.7- Noções de terapia com vacinas (imunoprofilaxia) e com soros (imunoterapia).8- Sistemas de distribuição de medicamentos.9- Medicamentos citotóxicos: cuidados no armazenamento, dispensação e preparo.10- Legislação Farmacêutica:- Regulamento de Medicamentos Genéricos: critérios para prescrição e dispensação- Regulamento Técnico sobre Boas Práticas de Manipulação de Medicamentos em Farmácias

Bibliografia:

- Os candidatos devem consultar bibliografia específica da área.

02 - PROGRAMA DE PORTUGUÊS:

. Compreensão de texto(s).

. Noções de fonética.

. Ortografia.

. Acentuação gráfica.

. Pontuação.

. Morfologia: substantivo; pronome; verbo; advérbio; preposição; numeral; adjetivo; conjunção; artigo.

. Noções básicas de Sintaxe.

. Concordância verbal e nominal.

. Uso da crase.

BIBLIOGRAFIA

CUNHA. Celso Ferreira. Gramática da Língua Portuguesa. FAE.

ANDRÉ. Hildebrando A.de. Gramática Ilustrada. Editora Moderna.

CEGALLA. Domingos Paschoal. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. Companhia Editora Nacional.

Obs: Podem ser consultadas outras fontes que tratem dos assuntos relacionados ao conteúdo pedido.

Cargo / Função -TÉCNICO EM CONTABILIDADE

01 - PROGRAMA PARA TÉCNICO EM CONTABILIDADE:

Contabilidade Geral

1. Estática patrimonial.

2. Plano de contas.

3. As variações do patrimônio líquido.

4. Registro das operações típicas de uma empresa.

5. Operações com mercadorias.

6. Balanço patrimonial.

7. Demonstração do resultado do exercício.

8. Depreciação, amortização e exaustão.

Contabilidade Pública

1. Contabilidade pública: sistema orçamentário; sistema financeiro; sistema patrimonial; sistema de compensação.

2. Orçamento público.

3. Receita pública: classificação legal da receita orçamentária; receita extra-orçamentária; estágios da receita pública; quitações; resíduos ativos ou restos a arrecadar; dívida ativa; restituições de receitas.

4. Despesa pública: classificação legal da despesa orçamentária; despesa extra-orçamentária; estágios da despesa; restos a pagar ou resíduos passivos; dívida pública; despesas de exercícios anteriores;

5. Regimes contábeis: regime de Caixa, regime de competência (princípio da competência).

6. Regime de adiantamento.

7. Patrimônio público

8. Créditos adicionais

9. Levantamento de balanços: balanço orçamentário; balanço financeiro; balanço patrimonial e demonstração das variações patrimoniais.

02 - PROGRAMA DE PORTUGUÊS:

. Compreensão de texto(s).

. Noções de fonética.

. Ortografia.

. Acentuação gráfica.

. Pontuação.

. Morfologia: substantivo; pronome; verbo; advérbio; preposição; numeral; adjetivo; conjunção; artigo.

. Noções básicas de Sintaxe.

. Concordância verbal e nominal.

. Uso da crase.

BIBLIOGRAFIA

CUNHA. Celso Ferreira. Gramática da Língua Portuguesa. FAE.

ANDRÉ. Hildebrando A.de. Gramática Ilustrada. Editora Moderna.

CEGALLA. Domingos Paschoal. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. Companhia Editora Nacional.

Obs: Podem ser consultadas outras fontes que tratem dos assuntos relacionados ao conteúdo pedido.

Cargo / Função -TÉCNICO EM ENFERMAGEM

01 - PROGRAMA ESPECÍFICO:

1. SAÚDE PÚBLICA: IMUNIZAÇÃO, INFECÇÃO HOSPITALAR, ERGONOMIA, SAÚDE DO TRALHADOR, LEI Nº 8.080: SUS; PRINCÍPIOS E DIRETRIZES, FINANCIAMENTO DO SISTEMA DE SAÚDE NAS TRÊS ESFERAS DO PODER, PROGRAMAS DE SAÚDE PÚBLICA DO MINISTÉRIO DA SAUDE, DOENÇAS DE AGRAVOS NACIONAL PELO M.S., DST's/AIDS;

2. SAÚDE DO ADULTO E IDOSO: PROCEDIMENTOS DE BAIXO E MÉDIO RISCO, ASSISTÊNCIA AO PACIENTE COM DOENÇAS CRÔNICAS NA ATENÇÃO BÁSICA, SECUNDÁRIA E TERCIÁRIA; CUIDADOS COM PACIENTES NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA - INFANTIL E ADULTO, ATENÇÃO BÁSICA AO SUPORTE DE VIDA, CUIDADOS NA ASSISTÊNCIA CLÍNICA, CIRÚRGICA, URGÊNCIA E DESINFECÇÃO E ESTERILIZAÇÃO DAS UNIDADES DE SAÚDE, ATENÇÃO À SAÚDE DA MULHER, ADOLESCENTE, CRIANÇA ;

3. EXERCÍCIO DA ENFERMAGEM: LEIS DO EXERCÍCIO DA ENFERMAGEM - LEI Nº 7.498/86, DECRETO Nº94.406/87, LEI Nº 5.905/73, CÓDIGO DE ÉTICA DOS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM, FUNÇÕES DOS ÓRGÃOS DE CLASSE DA ENFERMAGEM,

Bibliografia:

- Os candidatos devem consultar bibliografia específica da área.

02 - PROGRAMA DE PORTUGUÊS:

. Compreensão de texto(s).

. Noções de fonética.

. Ortografia.

. Acentuação gráfica.

. Pontuação.

. Morfologia: substantivo; pronome; verbo; advérbio; preposição; numeral; adjetivo; conjunção; artigo.

. Noções básicas de Sintaxe.

. Concordância verbal e nominal.

. Uso da crase.

BIBLIOGRAFIA

CUNHA. Celso Ferreira. Gramática da Língua Portuguesa. FAE.

ANDRÉ. Hildebrando A.de. Gramática Ilustrada. Editora Moderna.

CEGALLA. Domingos Paschoal. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. Companhia Editora Nacional.

Obs: Podem ser consultadas outras fontes que tratem dos assuntos relacionados ao conteúdo pedido.

Cargo / Função - PROFESSOR DO EJA

01 - PROFESSOR DO EJA: Parâmetros legais da Educação de Jovens e Adultos (EJA): Resolução CNE/CEB No 1, de 5 de julho de 2000. EJA: pressupostos pedagógicos O texto: espaço privilegiado para integração de áreas Intertextualidade e leitura O que é ler? Princípios básicos utilizados na EJA Avaliação na EJA

Referências Básicas:

- BRASIL. Caderno Metodológico para o professor. Coleção cadernos de EJA: SECAD/MEC,2007. Disponível em www.eja.org.br.

- BRASIL. Resolução CNE/CEB N. 1, de 5 de Julho de 2000. Disponível em www.eja.org.br/cadernometodologico/resolucoes/index.

02 - PROGRAMA DE DIDÁTICA GERAL: A didática como prática educativa; didática e democratização do ensino; o processo ensino-aprendizagem; planejamento, métodos e avaliação mediadora; recursos didáticos e sua utilização no ensino; saberes necessários à prática educativa.

Sugestões Bibliográficas:

· BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação. (LDB) Nº 9394/96.

· FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

· LIBÂNEO, José Carlos. Didática. São Paulo: Cortez, 1994.

· BRASIL, MEC. Sec.de Educação Média e Tecnológica. Parâmetros Curriculares Nacionais. Ensino Fundamental, 1999.

· HOFFMANN, Jussara. Avaliação Mediadora: uma prática em construção da pré-escola à universidade. Porto Alegre: Educação & Realidade, 1993.