Prefeitura de Macarani - BA

PREFEITURA MUNICIPAL DE MACARANI

ESTADO DA BAHIA

Notícia:   71 vagas para a Prefeitura de Macarani - BA

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL FUNDAMENTAL, MÉDIO E SUPERIOR. EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES Nº. 001/2008.

Olisandro Pinto Nogueira, Prefeito Municipal de Macarani, Bahia, e a COMISSÃO ESPECIAL DE CONCURSO PUBLICO nomeada pela Portaria Municipal nº 260, de 31 de janeiro de 2008, , fazem saber que A ALPHA - EMPREENDIMENTOS E SERVIÇOS LTDA, em cumprimento ao contrato celebrado com a PREFEITURA MUNICIPAL DE MACARANI, ESTADO DA BAHIA, torna pública a realização de Concurso Público de Provas para provimento de vagas no Quadro Permanente de Pessoal da Administração Municipal, o qual se regerá pelas normas estabelecidas neste Edital.

1- DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1 O concurso será regido por este edital, executado pela ALPHA - Empreendimentos e serviços Ltda e realizado na cidade de Macarani, estado da Bahia.

1.2 A seleção para os cargos de que trata este edital compreenderá exames de habilidade e conhecimentos, mediante aplicação de provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório.

2 - DOS CARGOS

Os cargos, vencimentos, número de vagas e Conteúdos Programáticos, são constantes dos ANEXOS I e II do presente Edital.

2.1 NÍVEL ELEMENTAR

2.1.1 CARGO: GARI

REQUISITO: Ser Alfabetizado

2.2 NÍVEL MÉDIO

2.2.1 CARGO: GUARDA MUNICIPAL

REQUISITO: Nível Médio completo

2.2.2 CARGO: TÉCNICO DE RADIOLOGIA

REQUISITO: Curso Profissionalizante de Técnico de Radiologia e Registro no Conselho competente.

2.3 NÍVEL SUPERIOR

2.3.1 CARGO: NUTRICIONISTA

REQUISITO: Nível Superior em Nutrição e Registro no Conselho Competente

2.3.2 CARGO: FISIOTERAPEUTA

REQUISITO: Nível Superior em Fisioterapia e Registro no Conselho Competente

2.3.3 CARGO: ADMINISTRADOR HOSPITALAR

REQUISITOS: Nivel Superior na Área de Saúde ou Administração e Especialização em Administração Hospitalar.

2.3.4 CARGO: ADVOGADO

REQUISITOS: Curso de Bacharel em Direito e Registro na Ordem dos Advogados do Brasil.

2.3.5 CARGO: CORREGEDOR MUNICIPAL

REQUISITOS: Curso de Bacharel em Direito.

2.3.6 CARGO: MÉDICO

REQUISITO: Nível Superior de Medicina e Registro no Conselho Competente.

2.3.7 CARGO: ASSISTENTE SOCIAL

REQUISITO: Nível Superior na área.

2.3.7 CARGO: PEDAGOGO

REQUISITO: Nível Superior na área.

2.3.8 CARGO: VETERINÁRIO

REQUISITO: Nível Superior de Medicina Veterinária e Registro no Conselho Competente.

2.3.9 CARGO: ZOOTÉCNICO

REQUISITO: Nível Superior de Zootecnista e Registro no Conselho Competente.

3 - DAS VAGAS

3.1 As vagas serão distribuídas de acordo com a necessidade da Prefeitura, observando-se a reserva de vagas para candidatos portadores de necessidades especiais, em conformidade com o disposto nos subitens seguintes deste edital.

3.2 Do total de vagas destinadas aos cargos, 5% serão providas na forma do art.37, VIII, da CF, do art.5º, parágrafo 2 da Lei n 8.112, de 11 de dezembro de 1990.

3.3 Para concorrer a uma dessas vagas, o candidato deverá no ato da inscrição, declarar-se portador de necessidades especiais. Os candidatos que se declararem portadores de necessidades especiais participarão do concurso publico em igualdade de condições com os demais candidatos.

- consideram-se pessoas portadoras de deficiência aquelas que se enquadram nas categorias discriminadas no art. 4º do Decreto Federal n. 3.298/99: I - deficiência física - alteração completa ou parcial de um ou mais segmentos do corpo humano, acarretando o comprometimento da função física, apresentando-se sob a forma de paraplegia, paraparesia, monoplegia, monoparesia, tetraplegia, tetraparesia, triplegia, triparesia, hemiplegia, hemiparesia, ostomia, amputação ou ausência de membro, paralisia cerebral, nanismo, membros com deformidade congênita ou adquirida, exceto as deformidades estéticas e as que não produzam dificuldades para o desempenho de funções; (Redação dada pelo Decreto nº 5.296, de 2004)

3.4 O candidato que, no ato da inscrição, se declarar portador de deficiência, se classificado no concurso público, figurará em lista específica e caso obtenha classificação necessária, figurará também na listagem de classificação geral dos candidatos ao cargo de sua opção.

· O candidato que declarar, no ato da inscrição, ser portador de deficiência... conforme disposto neste edital, deverá encaminhar ou apresentar no período da inscrição documentos como: Laudo Médico original expedido no prazo máximo de 90 dias antes do termino das inscrições, atestando a espécie e o grau ou nível de deficiência, com expressa referência ao código correspondente da CID, bem como a provável causa da deficiência - inclusive para assegurar previsão de adaptação da sua prova... (obs - esses doc. Não serão devolvidos)

· Os candidatos que, dentro do prazo do período das inscrições, não atenderem os dispositivos mencionados (entre outros que poderão ser estabelecidos), serão considerados como não portadores de deficiência, não se admitindo alegação posterior, para o fim da presente hipótese.

· O candidato aprovado será ainda submetido à perícia médica, a ser realizada por uma junta médica oficial indicada pela Prefeitura Municipal de Macarani objetivando verificar se a deficiência enquadra-se no disposto no art. 4º do Decreto Federal n. 3.298/99 e suas alterações posteriores, conforme o item 4.4 já estabelece.

3.5 Os candidatos que se declararem portadores de necessidades especiais deverão submeter-se, previamente, a nomeação, a perícia médica que verificará sua qualificação como necessidades especiais ou não, bem como se o grau de deficiência é incapacitante para o exercício do cargo.

3.6 Os candidatos, mediante convocação, deverão comparecer a perícia médica, munidos de documento de identidade original e de laudo médico que ateste a espécie e o grau ou nível de deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças (CID), bem como a provável causa da deficiência.

3.7 A não-observância do disposto nos subitens anteriores acarretará a perda do direito às vagas reservadas aos candidatos em tais condições.

3.8 As vagas que não forem providas por falta de candidatos portadores de deficiência, por reprovação no concurso público ou na perícia médica, serão preenchidas pelos demais candidatos, observada a ordem geral de classificação de cada cargo.

3.9 As vagas destinadas à Guarda Municipal serão divididas da seguinte forma:

· 09 vagas para mulheres, que corresponde à 30% do total oferecido.

· 18 vagas para homens, que corresponde aos 70% restantes.

4 -DOS REQUISITOS BÁSICOS PARA A INVESTIDURA NO CARGO

4.1 Ter nacionalidade brasileira

4.2 Estar em dia com as obrigações eleitorais e militares, em se tratando este último requisito para candidato do sexo masculino.

4.3 Possuir o nível de escolaridade exigido para o exercício do cargo.

4.4 Ter idade mínima de 18 anos completos na data da posse.

4.5 Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo.

4.6 Apresentar os documentos que se fizerem necessários por ocasião da posse.

4.7 Declarar, no requerimento da inscrição ter a escolaridade exigida para o cargo pretendido e que conhece as exigências constantes deste Edital.

5 - DAS INSCRIÇÕES NO CONCURSO PUBLICO E DAS PROVAS

São os seguintes dados relativos às inscrições:

5.1 As inscrições serão realizadas nas dependências da Faculdade de Tecnologia e Ciências/ FTC-EAD, na Rua Encruzilhada, s/n, - Centro - Macarani - BA;

5.2 PERÍODO - 11 a 15 de fevereiro de 2008.

5.3 HORÁRIO - Das 08:00h às 12:00h e das 14:00h às 17:30h

5.4 PROVAS - 16 de março de 2008, às 8:00 horas ( horário local ), com duração de 04 (quatro) horas corridas, em locais que serão previamente determinados e comunicados aos inscritos, mediante publicação de aviso nos sites www.alphaconcursos.com.br - ate o dia 07 de março de 2008, e mediante afixação do mesmo aviso no mural de publicações do Paço Municipal e no Diário Oficial do Municipio, site www.macarani.io.org.br,

5.5 DIVULGAÇÃO - Toda e qualquer notificação, aviso , comunicação e intimações relativas ao presente concurso, serão consideradas efetivadas e de conhecimento publico e de todo e qualquer interessado em particular, pela sua publicação do Diário Oficial do Municipio, edição eletrônica, que poderá ser visualizada no sistema Web, através do site www.macarani.io.org.br, independentemente de sua eventual não divulgação por outros meios de comunicação, não podendo quaisquer interessados diretos ou indiretos alegar desconhecimento dos atos praticados e dos prazos estabelecidos.

5.6 Para efetuar a inscrição, o candidato deverá:

a) Preencher o formulário fornecido nos locais de inscrições;

b) Pagar a taxa de inscrição;

c) Apresentar cópia do documento de identidade, a qual será retida. Será obrigatória a apresentação de documento de identidade original no dia e nos locais de realização das provas bem como o comprovante de inscrição.

d) O formulário de inscrição deverá ser entregue no mesmo local de inscrição, onde será emitido o comprovante de inscrição, após pagamento na rede bancária.

e) No caso de ser portador de deficiência física os candidatos deverão apresentar no período da inscrição do concurso Laudo Médico original expedido no prazo máximo de 90 dias antes do termino das inscrições, atestando a espécie e o grau ou nível de deficiência, com expressa referência ao código correspondente da CID, bem como a provável causa da deficiência - para assegurar previsão de adaptação da sua prova - os candidatos que não observarem este requisito serão considerados como não portadores de deficiência.

f) A apresentação de Títulos deverá ser feita no ato da inscrição que, para sua comprovação serão exigidos xérox com a original. A autenticação dos documentos será realizada no referido momento pela empresa executora do concurso.

5.7 INSCRIÇÃO POR PROCURAÇÃO

5.7.1 Será admitida a inscrição por terceiros, de acordo com os procedimentos descritos no subitem 6.5 deste edital, mediante a apresentação de procuração simples do interessado, reconhecida firma, acompanhada de copia legível de documento de identidade do candidato.

5.7.2 O comprovante de inscrição será entregue ao procurador, depois de efetuada a inscrição.

5.7.3 O candidato inscrito por procuração assume total responsabilidade pelas informações prestadas pelo seu procurador, arcando com as conseqüências de eventuais erros de seu representante no preenchimento do formulário de inscrição e em sua entrega.

5.8 DAS DISPOSIÇÕES GERAIS SOBRE A INSCRIÇÃO

5.8.1 A qualquer tempo poder-se-á anular a inscrição, as provas e/ou a nomeação do candidato, desde que verificada qualquer falsidade nas declarações e/ ou quaisquer irregularidades nas provas ou nos documentos apresentados, sem direito a restituição da taxa de inscrição e/ou qualquer indenização.

5.8.2 E vedada à inscrição condicional ou extemporânea.

5.8.3 Antes de efetuar a inscrição, o candidato deverá conhecer o edital e certificar-se de que preenche todos os requisitos exigidos para a investidura do cargo.

5.8.4 O valor referente ao pagamento da taxa de inscrição não será devolvido em hipótese alguma, salvo em caso de cancelamento do certame por conveniência da Administração.

5.8.5 O comprovante de inscrição deverá ser mantido em poder do candidato e apresentado nos locais de realização das provas.

5.8.6 Não serão aceitas inscrições via postal, via fax ou via correio eletrônico.

5.8.7 Não haverá isenção total ou parcial do valor da taxa de inscrição.

5.8.8 O candidato portador de deficiência ou não, que necessitar de qualquer tipo de condição especial para realização das provas deverá solicitá-la, por escrito, no ato de inscrição, indicando claramente no formulário de inscrição quais os recursos especiais necessários.

5.8.9 A candidata que tiver necessidade de amamentar durante a realização das provas deverá levar um acompanhante, que ficará em sala reservada para essa finalidade e que será responsável pela guarda da criança. A candidata que não levar acompanhante não realizará a prova.

5.8.10 A solicitação de condições especiais será atendida obedecendo a critérios de viabilidade e razoabilidade.

5.8.11 A não solicitação de condições especiais no ato de inscrição implica a sua não-concessão no dia de realização das provas.

5.8.12 O candidato deverá efetuar uma única inscrição por cargo. Em caso de mais de uma inscrição será considerada a de data mais recente.

5.8.13 Não serão aceitos em hipótese alguma, pedidos de alteração de opção de cargo.

5.8.14 O candidato será classificado no cargo de sua escolha, seguindo rigorosamente a pontuação de provas e títulos.

5.8.15 As informações prestadas no formulário de inscrição serão de inteira responsabilidade do candidato, dispondo a Comissão Examinadora do direito de excluir do concurso público aquele que não preencher o formulário de forma completa, correta e legível e/ou que fornecer dados comprovadamente inverídicos.

5.8.16 O candidato deverá declarar, no formulário de inscrição que tem ciência e aceita que, caso aprovado, deverá entregar os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos para o cargo por ocasião da posse.

5.8.17 Não serão aceitas as solicitações de inscrição que não atenderem rigorosamente ao estabelecido neste edital.

6- DO EXAME DE HABILIDADES E CONHECIMENTOS (PROVAS OBJETIVAS)

6.1 Serão aplicadas provas objetivas de caráter eliminatório, abrangendo os objetos de avaliação (habilidades e conhecimentos).

6.2 As provas objetivas para todos os cargos serão realizadas no dia 16 de março de 2008, no turno matutino e terão a duração de 4 horas.

6.3 O candidato deverá comparecer ao local designado para a realização das provas com antecedência mínima de uma hora do horário fixado para o seu inicio, munido de caneta esferográfica de tinta preta ou azul, de comprovante de inscrição e de documento de identidade original.

6.4 Não será permitido o ingresso de candidatos no local de realização das provas após o horário fixado para o seu inicio.

6.5 Não haverá segunda chamada para realização das provas. O não-comparecimento para realização das provas implicará a eliminação automática do candidato.

6.6 Caso o candidato esteja impossibilitado de se apresentar, no dia da realização das provas, documento de identidade original, por motivo de perda, furto ou roubo, deverá ser apresentado documento que ateste o registro da ocorrência em órgão policial, expedido há, no máximo, trinta dias.

6.7 Não serão aceitos como documentos de identidade certidões de nascimento, títulos eleitorais, carteiras de motorista (modelo antigo), carteiras de estudante, carteiras funcionais sem valor de identidade nem documentos ilegíveis, não-identificáveis e/ou danificados.

6.8 Não será aceita copia de documento de identidade, ainda que autenticada para ter acesso à sala de realização de provas.

6.9 Por ocasião da realização das provas, o candidato que não apresentar documento de identidade original, xérox autenticada ou outro documento, oficial que contenha foto, será automaticamente excluído do concurso publico.

6.10 No dia de realização das provas, não será permitido ao candidato entrar e/ ou permanecer no local do exame com armas ou aparelhos eletrônicos (bip,telefone celular, relógio do tipo data bank, walkman, agenda eletrônica, receptor , gravador etc.). Caso o candidato leve algum destes itens, estes deverão ser recolhidos pela Coordenação e devolvidos ao final das provas. O descumprimento da presente instrução implicará a eliminação do candidato, caracterizando-se tentativa de fraude.

6.11 O candidato somente poderá retirar-se do local de realização das provas com seu respectivo caderno de provas decorrido uma hora do início da mesma.

6.12 Terá suas provas anuladas e será automaticamente eliminado do concurso público o candidato que, durante a realização das provas:

a) Usar ou tentar usar meios fraudulentos ou ilegais para sua realização,

b) For surpreendido dando ou recebendo auxílio para a execução das provas,

c) Faltar com o devido respeito para com qualquer membro da equipe de aplicação das provas, as autoridades presentes ou os candidatos,

d) Utilizar-se de qualquer objeto proibido ou que se comunicar com outro candidato,

e) Recusar-se a entregar o material das provas ao término destinado para a sua realização,

f) Afastar-se da sala, a qualquer tempo, sem o acompanhamento do fiscal,

g) Ausentar-se da sala, a qualquer tempo, portando a folha de resposta,

h) Descumprir as instruções contidas no caderno de provas ou na folha de respostas,

i) Perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos, incorrendo em comportamento indevido.

6.13 Não haverá, por qualquer motivo, prorrogação do tempo previsto para a aplicação das provas em virtude do afastamento de candidato da sala de provas.

6.14 No dia de realização das provas, não serão fornecidas, por qualquer membro da equipe de aplicação das provas e/ou pelas autoridades presentes, informações referentes ao conteúdo das provas.

7 - DAS PROVAS OBJETIVAS

7.1 O Concurso será de provas com questões de múltipla escolha, que versarão sobre os assuntos contidos no conteúdo programático de acordo com cargo desejado e grau de escolaridade exigido, conforme estabelecido pela comissão examinadora do certame.

7.2 O candidato deverá, obrigatoriamente, marcar, para cada item, um, e somente um, dos cinco campos da folha de respostas, sob pena de arcar com os prejuízos decorrentes de marcação indevidas, resultando nula a questão.

7.3 O candidato deverá transcrever as respostas das provas objetivas para a folha de respostas, que será o único documento válido para a correção das provas. O preenchimento da folha de respostas será de inteira responsabilidade do candidato, que deverá proceder em conformidade com as instruções específicas contidas na folha de respostas. Em hipótese alguma haverá substituição da folha de respostas por erro do candidato.

7.4 Serão de inteira responsabilidade do candidato os prejuízos advindos do preenchimento indevido da folha de respostas. Serão consideradas marcações indevidas as que estiverem em desacordo com a folha de respostas tais como: marcação de dois ou mais campos referentes a um mesmo item, ausência de marcação nos campos referentes a um mesmo item, marcação rasurada ou emendada e/ou campo de marcação não preenchido integralmente.

8 - DOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E DE CLASSIFICAÇÃO

8.1 O resultado das provas será apurado pela atribuição de notas.

8.2 Na avaliação da prova objetiva será utilizado o escore padronizado com média igual a 50%. Esta padronização da nota da prova tem por finalidade avaliar o desempenho do candidato em relação aos demais, permitindo que a posição relativa de cada candidato reflita sua classificação na prova. Na avaliação da prova do Concurso Público, será observado:

8.2.1 O total de acertos de cada candidato.

8.3 Será considerado aprovado o candidato que obtiver na prova objetiva, media igual ou superior a 50% (cinqüenta por cento) do total das questões.

8.4 Na classificação final, entre os candidatos com igual número de pontos, serão fatores de preferência, na ordem de citação, os seguintes:

8.4.1 Ter maior número de dependentes (comprovados)

8.4.2 Ser mais idoso.

8.4.3 Ser o candidato casado ou viúvo

09 - DOS RECURSOS

9.1 É admitido recurso quanto:

a) Ao indeferimento de inscrição;

b) À formulação das questões e respectivos quesitos e gabaritos das mesmas;

c) À opção considerada como certa nas provas objetivas;

d) Aos resultados parciais e finais do Concurso Público.

e) À convocação para as provas práticas;

9.2 Quaisquer recursos ou impugnações relativas ao presente edital, bem como a atos e resultados referentes ao Concurso de que trata, deverão ser interpostos até 24 (vinte e quatro) horas, iniciando-se este no dia seguinte ao da divulgação por edital, de cada evento, e sua respectiva publicação no Diário Oficial do Município, nos termos do item 5.5 deste Edital.

9.3 Somente serão admitidos um único recurso por candidato;

9.4 Somente serão apreciados os recursos interpostos tempestivamente e com indicação do nome do candidato, nome do cargo a que concorre e fase do concurso da qual pretende recorrer.

9.5 O(s) ponto(s) da(s) questão (ões) eventualmente anulada(s) será (ão) atribuído(s) à todos os candidatos presentes a realização das provas.

9.6 Na ocorrência do dispositivo no item 1.5, poderá haver, eventualmente, alteração da classificação inicial obtida para uma classificação superior ou inferior, poderá ocorrer a desclassificação inicial obtida para uma classificação do candidato que não obtiver a nota mínima exigida.

9.7 Os recursos deverão ser entregues na sede da Prefeitura Municipal, ou encaminhadas para o escritório da ALPHA, dentro dos seus respectivos prazos.

9.8 - Caberá a Comissão Especial de Concurso o julgamento de todos os recursos, num prazo mínimo de setenta e duas (72) horas que, em sendo deferidos, serão comunicados aos interessados, em não sendo feita tal comunicação, ficam de já todos os candidatos recorrentes cientes de que o Recurso foi INDEFERIDO. 10 - DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

10.1 A inscrição implica na aceitação, por parte do candidato, de todos os princípios, normas e condições do concurso, estabelecidas no presente edital e demais legislações vigentes pertinentes a concursos públicos.

10.2 Das decisões da comissão examinadora do concurso caberão recursos fundamentados a referida Comissão, no prazo de 24 HORAS, contados a partir da divulgação oficial dos resultados.

10.3 As provas serão entregues nos locais da realização das mesmas, pelos fiscais de sala até o prazo estipulado para a sua realização.

10.4 Decorrida uma hora do inicio da prova os candidatos deverão devolver apenas os cartões de respostas.

10.5 A validade do presente concurso será de dois anos contados da data de homologação do concurso, podendo, inclusive, haver prorrogação por mais dois anos, a critério da Administração Municipal.

10.6 A convocação para admissão dos candidatos obedecerá rigorosamente a ordem de classificação, não gerando o fato da aprovação, o direito à nomeação.

10.7 Para efeito de admissão, fica o candidato convocado sujeito a aprovação em exames médicos e apresentação de documentos legais que lhe forem exigidos.

10.8 Independente do numero de vagas existentes para cargos públicos de que tratam este Edital, os aprovados serão chamados conforme as necessidades da administração.

10.9 A inexatidão das informações ou a constatação, mesmo posterior, de irregularidades em documentos ou nas provas, eliminarão o candidato do concurso.

10.10 Serão publicados apenas os resultados dos candidatos que lograrem aprovação no concurso.

10.11 Os casos omissos serão resolvidos pela comissão examinadora do concurso, constituída, através da Portaria nº 260, de 31 de janeiro de 2008, expedida pelo Sr. Prefeito Municipal.

10.12 O preenchimento das vagas obedecerá rigorosamente à ordem de classificação. E, não será facultado, em hipótese alguma, ao candidato, a escolha do seu local de trabalho.

10.13 O resultado final do concurso será homologado pelo Prefeito Municipal, após divulgação por lista de classificação pela Administração Municipal, no site do Diário Oficial do Municipio, conforme item 5.5 deste Edital.

Gabinete do Prefeito Municipal de Macarani - Bahia, em 02 de Fevereiro de 2008.

Olisandro Pinto Nogueira
Prefeito Municipal

ANEXO I

QUADRO DE VAGAS

CARGO

VAGAS

SALÁRIO BASE

CARGA HORÁRIA

TAXA DE INSCRIÇÃO

Fisioterapeuta

2

R$ 2.600,00

40h

R$ 100,00

Administrador Hospitalar

2

R$ 2.600,00

40h

R$ 100,00

Corregedor Municipal

1

R$ 2.600,00

40h

R$ 100,00

Nutricionista

1

R$ 2.600,00

40h

R$ 100,00

Advogado

2

R$ 2.600,00

20h

R$ 100,00

Gari

7

R$ 380,00

40h

R$ 30,00

Guarda Municipal

27

R$ 380,00

40h

R$ 30,00

Médico

15

R$ 2.600,00

20h

R$ 100,00

Assistente Social

2

R$ 1.520,00

20h

R$ 80,00

Pedagogo

3

R$ 1.520,00

20h

R$ 80,00

Veterinário

2

R$ 1.520,00

20h

R$ 80,00

Técnico em Radiologia

5

R$ 760,00

44h

R$ 35,00

Zootécnico

2

R$ 2.600,00

40h

R$ 100,00

ANEXO II

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

- Conhecimentos Básicos para os cargos de Nível Elementar.

(De alfabetizados até a quarta série)

CONHECIMENTOS GERAIS: conceito de cidadania, direitos e deveres de um cidadão, Estados, divisão regional do Brasil e suas características: tipos de orientação, poluição, transportes e meios de comunicação, impactos ambientais, atualidades.

MATEMÁTICA (só elementar): 1 Conjuntos numéricos. 2 Números naturais, inteiros. 3 Sistemas de numeração decimal. 4 As quatro operações fundamentais (adição subtração, multiplicação e divisão). 5 Situações problema envolvendo as quatro operações.

PORTUGUÊS - Interpretação de texto, separação de silabas, ortografia - principais dificuldades ortográficas. Sinais de pontuação.

- Nível Médio

PORTUGUÊS : Classes de palavras; texto , interpretação. Fonologia : ortografia - principais dificuldades ortográficas: emprego do z , s , ss , c , ç , g , gu , j , m , n , r e rr .; acentuação ; significação de palavras. Morfologia : utilização adequada dos pronomes pessoais do caso reto , obliquo , de tratamento , demonstrativos e possessivos ; utilização adequada das conjunções aditivas , adversativas, conclusivas, alternativas e explicativas. Concordância verbal e nominal; sinais de pontuação. Problemas gerais da língua culta - forma e grafia de algumas palavras e expressões. Emprego correto de tempo e modos verbais.Verbo.

MATEMÁTICA: Conjuntos numéricos: conjunto dos números reais e seus subconjuntos, conjunto dos números complexos. Álgebra: expressões algébricas, Progressão Aritmética e Progressão Geométrica; polinômios; sistemas lineares; Matrizes e Determinantes; Funções reais e suas aplicações. Análise combinatória: Binômio de Newton. Tratamento da informação: experimentos aleatórios; espaço amostral, eventos, noções de probabilidade em espaços amostrais finitos, noções de estatística descritiva, distribuição de freqüências; gráficos estatísticos usuais, medidas de posição e de dispersão. Noções de matemática financeira: juros simples e compostos, descontos simples; capitalização simples e composta. Geometria e medidas: geometria plana; segmentos, ângulos, triângulos, quadriláteros polígonos regulares, circunferência; geometria espacial: áreas e volumes de sólidos geométricos; trigonometria: arcos e ângulos; razões trigonométricas no triângulo retângulo e na circunferência, trigonometria num retângulo qualquer.

- CONHECIMENTOS GERAIS: Situação econômica, política e social do Brasil de 1964 até os dias atuais, Constituição Federal, aspectos sociais e educacionais, lutas em defesa do meio ambiente: Rio 92, o papel das ONGS, conflitos de terras, o MST e a Violência no campo, violência urbana, temas transversais, Governo Lula.

CARGO: TÉCNICO EM RADIOLOGIA

PORTUGUÊS : Classes de palavras; texto , interpretação. Fonologia : ortografia - principais dificuldades ortográficas: emprego do z , s , ss , c , ç , g , gu , j , m , n , r e rr .; acentuação ; significação de palavras. Morfologia : utilização adequada dos pronomes pessoais do caso reto , obliquo , de tratamento , demonstrativos e possessivos ; utilização adequada das conjunções aditivas , adversativas, conclusivas, alternativas e explicativas. Concordância verbal e nominal; sinais de pontuação. Problemas gerais da língua culta - forma e grafia de algumas palavras e expressões. Emprego correto de tempo e modos verbais.Verbo.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: : 1 Radioproteção. 1.1 Princípios básicos e monitorização pessoal e ambiental. 2 Conhecimentos técnicos sobre operacionabilidade de equipamentos em radiologia. 3 Câmara escura - manipulação de filmes, chassis, ecrans reveladores e fixadores, processadora de filmes. 4 Câmara clara - seleção de exames, identificação; exames gerais e especializados em radiologia. 5 Fluxograma técnico - administrativo - registro do paciente, identificação, encaminhamento de laudos, arquivamento. 6 Conduta ética dos profissionais da área de saúde.

CARGO: NUTRICIONISTA

PORTUGUÊS : Classes de Palavras; texto , interpretação. Fonologia : ortografia - principais dificuldades ortográficas: emprego do z , s , ss , c , ç , g , gu , j , m , n , r e rr .; acentuação ; significação de palavras. Morfologia : utilização adequada dos pronomes pessoais do caso reto , obliquo , de tratamento , demonstrativos e possessivos ; utilização adequada das conjunções aditivas , adversativas, conclusivas, alternativas e explicativas. Concordância verbal e nominal; sinais de pontuação. Problemas gerais da língua culta - forma e grafia de algumas palavras e expressões. Emprego correto de tempo e modos verbais. Verbo.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS:1. Nutrição Clínica 2. Nutrição Humana 3. Terapia Nutricional 4. Ciência dos Alimentos 5. Alimentação Institucional 6. Nutrição em Saúde Coletiva 7. SUS ( Sistema Único de Saúde ) 8. Avaliação nutricional nas diferentes faixas etárias; 9. Nutrição em saúde pública; 10. Ética profissional.

CARGO: ADVOGADO E CORREGEDOR MUNICIPAL

PORTUGUÊS : Classes de palavras, Texto , interpretação. Fonologia : ortografia - principais dificuldades ortográficas: emprego do z , s , ss , c , ç , g , gu , j , m , n , r e rr .; acentuação ; significação de palavras. Morfologia : utilização adequada dos pronomes pessoais do caso reto , obliquo , de tratamento , demonstrativos e possessivos ; utilização adequada das conjunções aditivas , adversativas, conclusivas, alternativas e explicativas. Concordância verbal e nominal; sinais de pontuação. Problemas gerais da língua culta - forma e grafia de algumas palavras e expressões. Emprego correto de tempo e modos verbais. Verbo.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: DIREITO CONSTITUCIONAL: I - Princípios Gerais do Direito Constitucional: a) Interpretação das normas constitucionais;b) Eficácia e aplicabilidade das normas constitucionais; II - Controle da Constitucionalidade das leis: a) Ação Direta de Inconstitucionalidade; III - Princípios Fundamentais da Constituição Brasileira; IV _ Direitos e Garantias Individuais e Coletivos: a) As garantias individuais: Mandado de Segurança, Ação Popular, Ação Civil Pública; V - Organização do Estado Brasileiro; VI _ Organização dos Poderes: a) Poder Executivo; b)Poder Legislativo;c) Poder Judiciário; VII _ O Município; VIII _ O Processo Legislativo; IX _ Administração Pública; X _ Sistema Tributário Nacional. DIREITO ADMINISTRATIVO: I - Administração Pública: a)- administração direta e indireta; II - Poder de Polícia; III - Serviços Públicos; IV - Domínio Público; V - Desapropriação; VI - Servidores Públicos; Vil - Atos Administrativos; VIII- Contratos Administrativos; IX Licitações; X - Controle da Administração Pública; XI - Responsabilidade Civil do Estado; XII - Responsabilidade dos Agentes e Servidores Públicos; DIREITO CIVIL:I - Direito Subjetivo e Direito Objetivo; II - Fontes e Interpretação do Direito; III - Hierarquia, Vigência, Revogação e Interpretação das Leis; IV - Conflito das Leis no Tempo e no Espaço; V - Pessoa Jurídica; VI - Bens; VII - Fatos Jurídicos; VIII - Teoria Geral dos Contratos; DIREITO PROCESSUAL CIVIL: I - Jurisdição; II - Competência; III - Ação e Exceção; IV - Processo; V - Partes do Processo; VI - Formação e Extinção do Processo; VII - Procedimento; VIII - Julgamento; IX - Recursos; X - Execução; XI - Execução contra a Fazenda Pública; XII - Procedimentos Cautelares; XIII - Procedimentos Especiais; XIV - Prerrogativas da Fazenda Pública. DIREITO DO TRABALHO E PROCESSUAL DO TRABALHO: I - Relação de Emprego; II - Contrato de Trabalho; III - Alteração do Contrato de Trabalho; IV - Extinção do Contrato de Trabalho; V - Duração do Trabalho; VI - Remuneração e Salário; VII - A Administração Pública e o Direito do Trabalho; VIII- Justiça do Trabalho; IX - Dissídios Individuais X - Recursos no Processo do Trabalho; XI - Comissão de Conciliação Trabalhista; LEGISLAÇÃO MUNICIPAL: I - Lei Orgânica do Município de Canarana;; II - Código Tributário do Município.

SUGESTÃO BIBLIOGRÁFICA: 01 - Direito Constitucional - Alexandre de Moraes; 02 - Curso de Direito Constitucional Positivo - José Afonso da Silva; 03 - Direito Constitucional Didático- Kíldare Gonçalves Carvalho; 04 - Constituição da República Federativa do Brasil; 05 - Direito Administrativo - Maria Sylvia Zanella Di Pietro; 06 - Direito Administrativo Brasileiro - Hely Lopes Meirelles; 07 - Curso de Direito Processual Civil - Humberto Theodoro Júnior; 08 - Curso de Direito Civil - Maria Helena Diniz; 09 - Manual de Direito Tributário - Sacha Calmon Navarro Coelho; 10 - Curso de Direito do Trabalho - Amauri Mascaro do Nascimento; 11 - Curso de Direito Processual do Trabalho - Amauri Mascaro do Nascimento; 12 - Legislação Complementar: Lei Complementar n0 101/2000 (Lei de Responsabilidade Fiscal); Lei 8.666/93 e suas alterações; Lei 7.347/85 (Ação Civil Pública); Lei 8.429/92 (Improbidade Administrativa).

- PEDAGOGO

PORTUGUÊS :Classes de Palavras; texto , interpretação. Fonologia: ortografia - principais dificuldades ortográficas: emprego do z, s, ss., c, ç, g, GO, j, m, n, r e RR; acentuação; significação de palavras. Morfologia: utilização adequada dos pronomes pessoais do caso reto obliquo, de tratamento, demonstrativos e possessivos; utilização adequada das conjunções aditivas, adversativas, conclusivas, alternativas e explicativas. Concordância verbal e nominal; sinais de pontuação. Problemas gerais da língua culta - forma e grafia de algumas palavras e expressões. Emprego correto de tempo e modos verbais. Verbo.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: O Contexto histórico e sócio - cultural, abrangendo estudos filosóficos, políticos, econômicos, sociológicos, psicológicos e antropológicos que fundamentam a compreensão da sociedade, dos homens e mulheres, da educação como processo social e dos diversos setores da educação na sociedade contemporânea;

O Ambiente escolar como espaço de trabalho educativo, enfatizando as relações educação e trabalho; a educação na legislação brasileira atual, Lei Federal nº. 93/94 (LDB) Estatuto da Criança e do Adolescente, o compromisso social e ético do professor; currículo e projeto político pedagógico; o planejamento pedagógico; função social e política da escola, função social e política do coordenador pedagógico como agente articulador do processo Ensino Aprendizagem, evasão escolar: causas e conseqüências, avaliação do processo ensino Aprendizagem: análise conceitual e novas perspectiva emancipatórias, a demissão sócio política da avaliação pedagógica e educação inclusiva.

- ASSISTENTE SOCIAL

PORTUGUÊS :Classes de Palavras, texto , interpretação. Fonologia : ortografia - principais dificuldades ortográficas: emprego do z , s , ss , c , ç , g , gu , j , m , n , r e rr .; acentuação ; significação de palavras. Morfologia : utilização adequada dos pronomes pessoais do caso reto , obliquo , de tratamento , demonstrativos e possessivos ; utilização adequada das conjunções aditivas , adversativas, conclusivas, alternativas e explicativas. Concordância verbal e nominal; sinais de pontuação. Problemas gerais da língua culta - forma e grafia de algumas palavras e expressões. Emprego correto de tempo e modos verbais.Verbo.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: 1- Ambiente de atuação do assistente social; 1.1 Instrumental de pesquisa em processos de investigação social: elaboração de projetos, métodos e técnicas qualitativas e quantitativas. 1.2 Propostas de intervenção na área social: planejamento estratégico,planos, programas, projetos, e atividades de trabalho. 1.3 Avaliação de programas e políticas sociais. 1.4 Estratégias, instrumentos e técnicas de intervenção: sindicância, abordagem individual, técnica de entrevista, abordagem coletiva, trabalho com grupos, em redes, e com famílias, atuação na equipe interprofissional (relacionamento e competências). 1.5 Trabalho social em situação de rua. 1.6 Diagnóstico. 1.7 Organização de comunidades e movimentos sociais. 2- Estratégias de trabalho institucional. 2.1 Conceitos de instituição. 2.2 Estrutura brasileira de recursos sociais. 2.3 Uso de recursos institucionais e comunitários. 2.4 Redação e correspondências oficiais: laudo e parecer (sociais e psicossociais), estudo de caso, informação e avaliação social. 3- Atuação em programas de prevenção e tratamento. 3.1 Uso do álcool, tabaco e outras drogas: questão cultural, social, e psicológica. 3.2 Doenças sexualmente transmissíveis. 3.3 Aids. 3.4 Atendimento às vítimas. 4- Políticas Sociais. 4.1 Relação Estado/Sociedade. 4.2 Contexto atual e o neoliberalismo. 4.3 Políticas de Seguridade e Previdência Social. 4.4 Políticas de Assistência Social; Lei Orgânica da Assistência Social. 4.5 Políticas de Saúde, Sistema único de Saúde (SUS) e Agências reguladoras. 4.6 Políticas Educacionais & Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB). 4.7 Política Nacional do Idoso. 5- Legislação de Serviço Social. 5.1 Níveis, áreas e limites de atuação do profissional de Serviço Social. 5.2 Ética profissional. 6- Políticas, diretrizes, ações e desafios na área da família, da criança e do adolescente. 6.1 Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). 6.2 A defesa de direitos da criança e do adolescente. 6.3 O papel dos conselhos, centros de defesa e delegacias. 6.4 A adoção e a guarda: normas, processos jurídicos e psicossociais, adoção à brasileira e adoção internacional. 6.5 Violência contra crianças e adolescentes e combate a violência. 6.6 Formas de violência contra crianças e adolescentes: maus tratos, abuso sexual, negligência e abandono. 6.7 Prostituição infantojuvenil. 6.8 Extermínio, seqüestro e tráfico de crianças. 6.9 Exploração sexual no trabalho e no tráfico de drogas. 6.10 Sexo turismo. 6.11 A violência dos jovens, as gangues. 6.12 Delinqüência infanto-juvenil: visão psicológica, cultural e sociológica. 6.13 Trajetórias de delinqüênciais e o papel da família e da justiça. 6.14 Meninos e meninas de rua: questão econômica e social e a questão doabandono. 6.15 Trabalho infanto-juvenil. 6.16 Novas modalidades de família: diagnóstico, abordagem sistêmica e estratégias de atendimento e acompanhamento. 6.17 Alternativas para a resolução de conflitos: conciliação e mediação. 6.18 - balanço social. 6.19 - ISO 8000 e ISO14000.

- MÉDICO

PORTUGUÊS :Classes de Palavras, texto , interpretação. Fonologia : ortografia - principais dificuldades ortográficas: emprego do z , s , ss , c , ç , g , gu , j , m , n , r e rr .; acentuação ; significação de palavras. Morfologia : utilização adequada dos pronomes pessoais do caso reto , obliquo , de tratamento , demonstrativos e possessivos ; utilização adequada das conjunções aditivas , adversativas, conclusivas, alternativas e explicativas. Concordância verbal e nominal; sinais de pontuação. Problemas gerais da língua culta - forma e grafia de algumas palavras e expressões. Emprego correto de tempo e modos verbais.Verbo.

Conhecimentos Gerais: Diretrizes e Bases da implantação do SUS; Organização da Atenção Básica do Sistema de Saúde; - Política Nacional de Saúde; Epidemia geral; Reforma Sanitária e Modelos Assistenciais de Saúde; - Vigilância em Saúde; Indicadores de Nível de Saúde da População; - Doenças de Notificação compulsória; Imunização.

Conhecimentos Específicos; Cuidados preventivos de saúde: princípios de avaliação e tratamento; Doenças cardiovasculares; Doenças respiratórias; Doenças renais; Doenças gastrintestinais; Doenças hepáticas, da vesícula e vias biliares; Doenças hematológicas; Doenças metabólicas; Doenças nutricionais; Doenças endócrinas; Doenças do sistema ósseo; Doenças do sistema imune; Doenças músculo esqueléticas e do tecido conjuntivo; Doenças sexualmente transmissíveis / AIDS; Doenças paiantárias; Doenças neurológicas; Doenças de pele;

Urgências e Emergências.

- FISIOTERAPEUTA

PORTUGUÊS :Classes de Palavras, texto , interpretação. Fonologia : ortografia - principais dificuldades ortográficas: emprego do z , s , ss , c , ç , g , gu , j , m , n , r e rr .; acentuação ; significação de palavras. Morfologia : utilização adequada dos pronomes pessoais do caso reto , obliquo , de tratamento , demonstrativos e possessivos ; utilização adequada das conjunções aditivas , adversativas, conclusivas, alternativas e explicativas. Concordância verbal e nominal; sinais de pontuação. Problemas gerais da língua culta - forma e grafia de algumas palavras e expressões. Emprego correto de tempo e modos verbais.Verbo.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: 1.Anatomia e Fisiologia. 2. Cinesiologia e Cinesioterapia. 3. Neurologia. 4.Cardiopulmonar. 5. Cardiovascular. 6. Traumato-Ortopedia. 7. Reumatologia. 8. Eletroterapia. 9. Termoterapia e Fototerapia. 10. Mecanoterapia. 11. Hidroterapia. 12. Semiologia. 13. Ergonomia. 14. Ética Profissional. 15. Terapia Ocupacional. 16. Legislação de SUS. 17. Infecção Hospitalar.

· ADMINISTRADOR HOSPITALAR

PORTUGUÊS :Classes de Palavras, texto , interpretação. Fonologia : ortografia - principais dificuldades ortográficas: emprego do z , s , ss , c , ç , g , gu , j , m , n , r e rr .; acentuação ; significação de palavras. Morfologia : utilização adequada dos pronomes pessoais do caso reto , obliquo , de tratamento , demonstrativos e possessivos ; utilização adequada das conjunções aditivas , adversativas, conclusivas, alternativas e explicativas. Concordância verbal e nominal; sinais de pontuação. Problemas gerais da língua culta - forma e grafia de algumas palavras e expressões. Emprego correto de tempo e modos verbais.Verbo.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS:

Legislação Hospitalar:

Dispositivos Constitucionais relativos à saúde. Artigos 196, 197, 198, 199 e 200;

Condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes: O Sistema Único de Saúde; Os Serviços Privados de Assistência à Saúde;

Políticas de Saúde, Epidemiologia aplicada à Administração de Serviços de Saúde e Economia aplicada à Saúde. Participação da comunidade na gestão do Sistema Único de Saúde - SUS; transferências intergovernamentais de recursos financeiros na área da saúde; Contrato Administrativo - Cláusulas necessárias nos contratos de prestação de serviços entre o Estado, o DF e o Município, e pessoas naturais e pessoas jurídicas e de direito privado de fins lucrativos, sem fins lucrativos ou filantrópicas participantes, complementarmente, do Sistema Único de Saúde. Espécies de Serviços; Responsabilidade Civil; Contas, Controle, Avaliação, Vistoria e Fiscalização.

Administração da Produção nos Serviços de Saúde

Administração da Produção nos Serviços de Saúde, Planejamento Físico nos Serviços de Saúde. Serviços Hospitalares e Técnico-profissionais, Contrato de Prestação de Serviços Hospitalares e Técnico- profissionais de Assistência à Saúde.

Planejamento em Saúde, Auditoria em Serviços de Saúde e Avaliação dos Serviços de Saúde.

· Administração e Comportamento Organizacional

Teoria Geral da Administração, Comportamento Organizacional, Administração de Recursos

Humanos, Ética e Legislação, Administração de Recursos Financeiros e Marketing em

Serviços de Saúde.

- VETERINÁRIO

PORTUGUÊS :Classes de Palavras, texto , interpretação. Fonologia : ortografia - principais dificuldades ortográficas: emprego do z , s , ss , c , ç , g , gu , j , m , n , r e rr .; acentuação ; significação de palavras. Morfologia : utilização adequada dos pronomes pessoais do caso reto , obliquo , de tratamento , demonstrativos e possessivos ; utilização adequada das conjunções aditivas , adversativas, conclusivas, alternativas e explicativas. Concordância verbal e nominal; sinais de pontuação. Problemas gerais da língua culta - forma e grafia de algumas palavras e expressões. Emprego correto de tempo e modos verbais.Verbo.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: 1 Anatomia, fisiologia e patologia dos animais domésticos (animais destinados à indústria). 2 Defesa animal. 2.1 diagnóstico, prevenção e controle. 2.2 Doenças de notificação obrigatória. 3 Conhecimentos básicos de epidemiologia; análise de risco; bioestatística. 4 Desenvolvimento de programas sanitários. 5 Clínica médico-veterinária. 6 Inspeção industrial e sanitária de produtos de origem animal: boas práticas de fabricação e análise de perigos e pontos críticos de controle (APPCC). 7 Métodos de amostragem e análise. 7.1 Produtos de origem animal. 7.2 Produtos para alimentação animal. 8 Farmacologia Veterinária. 8.1 Classificação. 8.2 Mecanismos de ação. 8.3 Resíduos de medicamentos veterinários em produtos de origem animal. 9 Análises em produtos de origem animal e de alimentos para animais. 9.1 Análises físico-químicas. 9.1.1 Análise centesimal. 9.1.2 Cromatografia líquida de alta eficiência para análise de corantes e vitaminas em leite. 9.1.3 Absorção atômica. 9.2 Análises microbiológicas. 10 Noções de biossegurança. 11 Zoonoses e higiene de alimentos. 11.1 Doenças transmitidas por animais e por produtos de origem animal. 11.2 Identidade e qualidade de produtos de origem animal. 12 Legislação federal - Defesa Sanitária Animal. 12.1 Inspeção de produtos de origem animal. 12.2 Alimentos para animais. 12.3 Produtos veterinários. 12.4 Programas sanitários básicos. 12.5 Vigilância sanitária nacional e internacional. 13 Transmissão da informação genética. 14 Melhoramento genético. 15 Zootecnia. 15.1 Agrostologia. 15.2 Produção animal. 15.3 Nutrição animal. 16 Legislação ambiental. 17 Análise patológica. 17.1 Técnicas de necropsia e exames de laboratório necessários na determinação da causa mortis de um animal abatido.

ZOOTECNISTA

PORTUGUÊS : Classes de Palavras ; texto , interpretação. Fonologia : ortografia - principais dificuldades ortográficas: emprego do z , s , ss , c , ç , g , gu , j , m , n , r e rr .; acentuação ; significação de palavras. Morfologia: utilização adequada dos pronomes pessoais do caso reto, obliquo, de tratamento, demonstrativos e possessivos; utilização adequada das conjunções aditivas , adversativas, conclusivas, alternativas e explicativas. Concordância verbal e nominal; sinais de pontuação. Problemas gerais da língua culta - forma e grafia de algumas palavras e expressões. Emprego correto de tempo e modos verbais. Verbo.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS: Legislação Federal sobre fiscalização de produtos destinados à alimentação animal. Inspeção industrial e higiênico-sanitária de produtos destinados à alimentação animal. Métodos de análise e amostragem de produtos destinados à alimentação animal. Análises de resíduos e contaminantes, microbiológicas e físico-químicas de produtos destinados à alimentação animal. Nutrição animal de ruminantes, monogástricos, inclusive de animais de companhia. Processamento de alimentos e formulação de rações, concentrados, núcleos, premixes e suplementos. Principais alimentos, suas características nutricionais e utilização na indústria da nutrição de animais. Tipos e funções dos aditivos utilizados na alimentação animal. Noções de Boas Práticas de Fabricação - BPF e Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle - APPCC. Conhecimento básico sobre organismos internacionais (OMC, FAO, OMS e CODEX ALIMENTARIUS) e principais blocos econômicos (COSAVE, MERCOSUL). Legislação federal sobre melhoramento animal. Plantas forrageiras e pastagens. Melhoramento animal. Influência do ambiente na produção animal. Legislação Federal sobre registro genealógico. Plantas forrageiras e pastagens. Melhoramento genético aplicado à produção animal. Pecuária Orgânica: conceitos, princípios, alimentação e manejo da produção animal orgânica. Propriedade intelectual em biotecnologia e motivação geográfica. Planejamento rural. Economia rural. Desenvolvimento territorial. Noções gerais de cooperativismo.

93248

Política de Privacidade 2000-2014 PCI Concursos Telefone (11) 2122-4231