DPE - RS retifica Concurso Público com vagas de nível médio e superior

Candidatos devem ficar atentos as modificações.
Terça-feira, 25 de julho de 2017 às 09h55
DPE - RS retifica Concurso Público com vagas de nível médio e superior

A Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul (DPE - RS) informa a todos que o edital do Concurso Público destinado ao preenchimento de vagas em cargos de nível médio e superior, com remuneração de R$ 3.243,90 e R$ 5.947,15 foi alterado.

Diversas informações referente ao Conteúdo Programático foram modificadas e estão disponíveis para consulta nos editais oficiais disponibilizados em nosso site.

Este Concurso conta com oportunidade para a função de Analista, na Área Processual (23), Contabilidade (2), Economia, Administração (4), Arquitetura, Engenharia Civil (1), Engenharia Elétrica (1), Saúde - Farmácia (1), Assistente Social, Biblioteconomia, Arquivista, Comunicação Social, Área Saúde - Especialidade Psicologia (1), Área Tecnologia da Informação: Especialidades Infraestrutura e Redes (2), Banco de Dados (1), Desenvolvimento de Sistemas (2), Segurança da Informação (1).

Já quem optar por Técnico pode concorrer nas áreas Administrativas (57), Informática (6), Apoio Especializado - Especialidades: Edificações (4), Logística (1), Segurança do Trabalho (1), e Segurança.

As inscrições podem ser realizadas no site www.concursosfcc.com.br até o dia 11 de agosto de 2017. As taxas são de R$ 80,00 para os cargos de Técnico e de R$ 182,41 para os cargos de Analista.

A classificação dos inscritos é obtida por meio de Provas Objetivas, Discursiva de Redação, e de Capacidade Física, de acordo com o cargo pretendido. A previsão é que a primeira etapa ocorra em 17 de setembro de 2017, nas cidades de Caxias do Sul, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre, Santo Ângelo e Santa Maria. Em nosso site você pode adquirir as Apostilas Digitais.

Este Concurso tem validade de dois anos, a contar da data da publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul.

Jornalista: Karina Felício
Compartilhe: