Tribunal de Justiça - MG suspende o concurso para Oficial de Justiça Avaliador

Segunda-feira, 14 de maio de 2012

Tribunal de Justiça - MG suspende o concurso para Oficial de Justiça Avaliador

O Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais, informa que, em virtude de decisão liminar, proferida pelo Conselheiro José Guilherme Vasi Werner nos autos do Procedimento de Controle Administrativo nº. 0001765-16.2012.2.00.0000, que tramita no Conselho Nacional de Justiça, a EJEF comunica que o certame em referência fica suspenso, até julgamento final do citado procedimento.

Mais informações no endereço eletrônico www.ejef.tjmg.jus.br.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Tribunal de Justiça - MG abre concurso para Oficial de Justiça Avaliador

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG) realizará concurso público destinado à formação de cadastro reserva de Oficial Judiciário, na especialidade Oficial de Justiça Avaliador, com vencimento mensal de R$ 2.057,67.

Para concorrer, os interessados deverão atender a uma série de requisitos como: ter o Ensino Médio completo; ter no mínimo 18 anos; estar em dia com as obrigações eleitorais; estar em dia com as obrigações militares, se do sexo masculino; achar-se em pleno gozo de seus direitos políticos e civis; e ser moralmente idôneo, não registrar antecedentes criminais.

Os candidatos que entrarem em exercício estarão sujeitos ao regime jurídico estatutário, em jornada de trabalho de 30 horas semanais e deverão atuar nas comarcas das regiões de Belo Horizonte, Barbacena, Juiz de Fora, Muriaé, Governador Valadares, Uberlândia, Uberaba, Varginha, Poços de Caldas, Divinópolis, São Sebastião do Paraíso, Montes Claros, Paracatu e Teófilo Otoni.

Este concurso será realizado sob a responsabilidade da Escola Judicial Desembargador Edésio Fernandes (EJEF), cujos trabalhos serão supervisionados pela Comissão Examinadora e os procedimentos relativos à inscrição bem como a operacionalização da prova objetiva ficará a cargo da Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep).

Segundo informações contidas no edital, o percentual de 10% será reservado aos candidatos portadores de necessidades especiais, cujas atribuições sejam compatíveis com a deficiência de que são portadores.

INSCRIÇÕES

Os interessados deverão se inscrever pelo site www.gestaodeconcursos.com.br, no período entre às 9h do dia 23 de maio até às 19h do dia 21 de junho, mediante o pagamento da taxa de R$ 50,00.

Os candidatos que não tiverem acesso à internet poderão utilizar os computadores disponibilizados na Gerência de Concursos da Fundep, localizada na Avenida Presidente Antônio Carlos, nº. 6627, Unidade Administrativa II, 3º andar, Campus Pampulha/UFMG, Belo Horizonte, das 9h às 11h30 ou das 13h30 às 16h30.

PROVAS

A seleção dos candidatos será realizada por meio de prova objetiva com 60 questões sobre Língua Portuguesa e Noções de Informática, Noções de Direito e Conhecimentos Específicos. Ela deverá ser realizada no dia 29 de julho, nos municípios de Belo Horizonte, Diamantina, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Uberlândia e Varginha.

Na data da prova, os candidatos deverão comparecer com 60 minutos de antecedência, munidos de documento original de identidade, caneta esferográfica de tinta azul ou preta fabricada com material transparente e, preferencialmente, do Comprovante Definitivo de Inscrição.

Este concurso terá a validade de dois anos, contado da data de publicação do ato de homologação, prorrogável uma vez por igual período, a critério do TJ/MG.

Jornalista: Marisa Bautz

Links

Compartilhar:

Twitter Facebook Delicious Google Bookmarks

Veja também:

Destaques:

Política de Privacidade 2000-2014 PCI Concursos Telefone (11) 2122-4231