TJ - PR realiza mais um Processo Seletivo para estudantes de direito em Andirá

Interessados devem se atentar, pois as candidaturas serão recebidas em apenas oito dias; confira
Terça-feira, 13 de abril de 2021 às 10h19
TJ - PR realiza mais um Processo Seletivo para estudantes de direito em Andirá

O Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJ-PR) torna pública a abertura de um novo Processo Seletivo, que tem por objetivo a formação de cadastro reserva de estágio, destinado a estudantes de nível superior de graduação em direito, a fim de atuar no Gabinete do Juiz Substituto Esdras Murta Bispo, da 54ª Seção Judiciária com Sede na Comarca de Andirá.

Para concorrer a função ofertada, é necessário que o candidato possua idade mínima de 16 anos e esteja regularmente matriculado, cursando a partir do quinto semestre no ato da inscrição, e com frequência efetiva em cursos, presencial ou à distância, de instituições de ensino conveniadas com o TJ-PR, ou devidamente inscritas no Ministério da Educação (MEC) ou Secretaria Estadual de Educação (SEED).

Ao ser admitido, o estagiário deve exercer funções em regime de 25 horas semanais, distribuídas em cinco horas diárias referente a bolsa-auxílio mensal no valor de R$ 1.050,84, acrescido de auxílio-transporte de R$ 8,50, por dia efetivamente estagiado.

 Procedimentos para participação

Os interessados em participar, podem se inscrever a partir das 8h do dia 19 de abril de 2021 até às 18h do dia 26 de abril do mesmo ano, por meio do preenchimento do formulário eletrônico, disponível no site do TJ - PR.

Como forma de seleção, os candidatos serão avaliados submetidos à realização de prova, de forma remota, na data prevista de 4 de maio de 2021, das 8h às 22h. A segunda etapa será composta de entrevista com a autoridade solicitante, aplicada aos candidatos que obtiverem pontuação igual ou superior a 60% na avaliação anterior.

Vigência

O período de estágio não excederá a dois anos, exceto quando se tratar de pessoa com deficiência. Já a validade deste Processo Seletivo será de um ano, não prorrogável, a contar da publicação do edital de classificação final.

Jornalista: Thamires Fernandes
Compartilhe: