Aberta seleção para assistente social em Cláudia - MT

Quinta-feira, 5 de julho de 2012 às 14h27
Aberta seleção para assistente social em Cláudia - MT

A juíza da Comarca de Cláudia (620 km a norte de Cuiabá), tornou público, por meio do Edital nº. 1/2012/DF, a abertura de processo seletivo para credenciar profissional para atuar como assistente social do Poder Judiciário mato-grossense local. Foi disponibilizada apenas uma vaga.

O profissional desempenhará atividades de atenção e de reinserção social de usuários ou dependentes de drogas e outras funções pertinentes ao atendimento da Justiça.

A seleção será regida pelo Edital número 10/2010/GSCP, disponibilizado no Diário da Justiça Eletrônico nº. 8369, no dia 13 de julho de 2010. Ela consistirá na análise de documentação e do currículo dos interessados. Para a investidura no cargo é necessário que o candidato tenha no mínimo 21 anos de idade, não possua antecedentes criminais, tenha diploma de curso superior da área, devidamente reconhecido pelo MEC, e com registro no Conselho Regional.

As inscrições serão gratuitas e deverão ser entregues no fórum da Comarca de Cláudia, localizado na avenida Gaspar Dutra, sem número, até o dia 10 de julho, no horário das 12h às 18h. O formulário de inscrição deverá ser preenchido e entregue juntamente com o currículo e os outros documentos exigidos que comprovem habilitação profissional, qualificação técnica e regularidade fiscal.

Após o término do prazo de inscrição, será publicada lista com os habilitados à vaga dentro de dez dias. A habilitação não gera o direito de credenciamento, devendo este último ser feito pelo presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) de acordo com a conveniência do Poder Judiciário e respeitando o prazo de dois anos de validade da habilitação. A remuneração é de caráter indenizatório e variável de acordo com o rendimento e produtividade do profissional. Caso produza 40 horas por mês na Comarca de Primeira Entrância, o assistente social receberá o salário de R$ 802,40.

Documentos - Dentre os documentos exigidos estão a cópia autenticada do RG, CPF, diploma de curso superior e títulos exigidos, certidões negativas criminais expedidas pelas Justiças Estadual e Federal, certidão negativa expedida pelo Conselho Regional correspondente à profissão, atestado de sanidade física e mental, duas fotografias 3x4 recentes e declaração de que tem pleno conhecimento e concorda com as regras estabelecidas no Edital 10/2010/GSCP e das normas constantes do Provimento n.º 8/2008/CM.

Fonte: www.tjmt.jus.br

Compartilhe: