Sudam divulga nova retificação do edital 001/2013

Sexta-feira, 19 de julho de 2013 às 17h40
Sudam divulga nova retificação do edital 001/2013

A Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) informou por meio da retificação II do concurso público 001/2013, voltado ao provimento de 71 vagas de nível médio e superior com salários previstos de R$ 2.570,02 a R$ 5.081,18, que o número correto de vagas para a função de Engenheiro Civil (código 106) é de 13 oportunidades, sendo uma para pessoa com deficiência.

Em retificação anterior, a Sudam havia esclarecido que os cargos de código 101 e 102 - Analista Técnico Administrativo e Analista Técnico Administrativo - Ciência da Computação do certame 001/2013, tiveram suas atribuições retificadas e que para concorrer a esses cargos, os profissionais deveriam possuir ensino superior em qualquer área, desde que tivessem diploma reconhecido e registro no respectivo Conselho de Classe.

No mesmo documento, foi informado que para o cargo 105 Economista a oferta de oportunidades passou para 20, com uma para pessoa com deficiência.

Outra mudança foi relacionada à exclusão do item 1.4.1 do edital e ao conteúdo programático dos cargos 102, 103, 107, 113 e 115, que foi alterado.

O concurso será organizado pelo Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades).

Os interessados deverão se inscrever até às 22h do dia 13 de agosto de 2013, pelo site www.iades.com.br, com taxa de R$ 46,00 para o cargo de nível médio e de R$ 65,00 para os cargos de nível superior.

As oportunidades são para Agente Administrativo, Analista Técnico Administrativo, Analista Técnico Administrativo na função de Analista em Tecnologia da Informação, Biólogo, Contador, Economista, Engenheiro Civil, Engenheiro de Pesca, Engenheiro de Produção, Engenheiro Elétrico, Engenheiro Mecânico, Engenheiro-Agrônomo, Estatístico, Geógrafo, Químico e Zootecnista.

A seleção dos candidatos será por meio de prova objetiva para todos os cargos, de caráter eliminatório e classificatório, com questões de língua portuguesa, raciocínio lógico e matemático, legislação aplicada à Sudam, atualidades, microinformática e conhecimentos específicos.

Além disso, haverá prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, somente para os cargos de nível superior, que avaliará os conhecimentos sobre o tema Desenvolvimento Sustentável da Amazônia; e, ainda, a capacidade de expressão na modalidade escrita e o uso das normas do registro formal culto da Língua Portuguesa.

Compartilhe: