Prefeitura de Natal - RN: 240 vagas e remuneração de R$ 1.200,00

Quarta-feira, 5 de setembro de 2007 às 16h39

A Prefeitura Municipal de Natal (www.natal.rn.gov.br), selecionará 240 candidatos, para provimento de cargo efetivo do Quadro de Pessoal do município, através de Concurso Público, que será realizado pela Fundação Norte-Rio-Grandense de Pesquisa e Cultura da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

O concurso oferece 240 vagas para o cargo de Educador Infantil, sendo 5% destinadas aos portadores de necessidades especiais, com remuneração: R$ 1.200,00 e carga horária semanal de 40 horas. Os interessados deverão possuir o Ensino Médio.

Os aprovados trabalharão em creches e Centros Municipais de Educação Infantil, da Secretaria Municipal da Educação.

O valor da inscrição é de R$ 50,00.

A inscrição será feita através do endereço eletrônico www.comperve.ufrn.br, entre às 8h00 do dia 17 de setembro de 2007 até às 23h59min do dia 07 de outubro de 2007. O pagamento da taxa de inscrição deverá ser efetuado até o dia 8 de outubro de 2007.

As Provas Escritas serão realizadas no dia 28 de outubro de 2007, das 8h10min às 12h10min e contemplará os seguintes conteúdos: Fundamentos da Educação Infantil (10 questões) e Conhecimentos Específicos do Cargo (prática pedagógica na Educação Infantil), com 20 questões. A Redação (Discursiva) será determinada em artigo de opinião ou carta argumentativa. Para a Redação ser corrigida, é preciso acertar 03 questões de Fundamentos e 06 de Conhecimentos.

A Prova de Títulos visa conhecer o enriquecimento da capacitação profissional do candidato. Só serão aceitos os títulos a partir de 1º de janeiro de 2002, com carga horária. Estes deverão ser entregues de 07 a 09 de novembro de 2007, na Sede da COMPREVE, das 8h00 às 11h30min ou das 14h00 às 17h30min.

No caso de empate, terá preferência o candidato que:

  • for mais idoso.
  • obtiver maior nota na Prova de Conhecimentos.
  • for pertencente ao Serviço Público Municipal.

O prazo de validade mínimo deste Concurso é de 24 meses, e máximo de 48 meses.

Compartilhe: