Prefeitura de Guarapari - ES anuncia Processo Seletivo para educação

Profissionais de nível superior podem participar da seleção.
Terça-feira, 5 de dezembro de 2017 às 14h58
Prefeitura de Guarapari - ES anuncia Processo Seletivo para educação

A Prefeitura de Guarapari no Estado do Espírito Santo, anuncia o edital do Processo Seletivo que visa contratação de Professores para a Secretaria de Educação - SEMED, para o ano letivo de 2018.

O Objetivo é preencher vagas nos cargos de Regente de Classe, Função Pedagógica e Formação de cadastro reserva para MAPA, MAPB, MAPP e PC.

Há oportunidades nas modalidade de Educação Infantil / Multidisciplinar (Urbano e Campo); Ensino Fundamental I / PLE - Práticas de Leitura e Escrita(Urbano e Campo); Educação de Jovens e Adultos - 1º, 2º, 3º e 4º ciclos (Diurno e Noturno); Ensino Fundamental II; Pedagogo Escolar; Educação Especial (DA, DV, DI, Altas Habilidades / Superdotação); Tecnologia Educacional e Educação Integral.

As áreas são as de Educação Infantil/ Multidisciplinar Urbano e Campo; Anos Iniciais Ciclo de Alfabetização 1º, 2º e 3º Anos/ PLE - Práticas de Leitura e Escrita Urbano e Campo; Anos Iniciais 4º e 5º Anos Urbano e Campo; 1º Ciclo/ 2º Ciclo EJA; Intérprete e Tradutor de LIBRAS; Instrutor de LIBRAS; Deficiência Auditiva; Deficiência Visual- Braille; Deficiência Intelectual; Altas Habilidades/ Superdotação; Arte e Cultura, Educação Física, Ciências/ Robótica, Geografia/ Turismo, História/ Direitos Humanos, Inglês, Matemática, Língua Portuguesa, Ensino Religioso, Monitor de Tecnologia Educacional, Pedagogo Escolar sendo estes - Urbano e Campo; Esporte/ Lazer/ Capoeira; Esporte/ Lazer/ Dança e Cultura Digital e Tecnológica.

Pelo site www.guarapari.es.gov.br é possível realizar as inscrições entre 11 e 13 de dezembro de 2017. As Provas serão aplicadas entre 20 e 21 de dezembro de 2017, conforme o cargo a ser desempenhado. Mais informações estão disponíveis no edital em nosso site.

Os salários partem de R$ 1.034,45 a R$ 2.073,28 para jornada de 20h a 24h semanais desde que não ultrapasse o limite de 44h por semana.

Jornalista: André Fortunato
Compartilhe: