Prefeitura de Cambuci - RJ divulga Processo Seletivo e Concurso Público

Candidatos com nível fundamental, médio e superior podem garantir a participação em ambos editais.
Segunda-feira, 9 de janeiro de 2017 às 08h48
Prefeitura de Cambuci - RJ divulga Processo Seletivo e Concurso Público

A partir de amanhã, 10, a Prefeitura Municipal de Cambuci, no Estado do Rio de Janeiro, inicia o recebimento das inscrições do Processo Seletivo e Concurso Público.

Se você tem nível fundamental, e dispõe de 40h semanais, inscreva-se para concorrer a uma das 21 vagas disponíveis para o cargo de Agente Comunitário de Saúde, ou a uma das 12 oportunidades para Agente de Combate às Endemias, contempladas no edital 01/2017 do Processo Seletivo. A remuneração é de R$ 1.014,00.

Mas se você tem ensino médio, ou superior e deseja atuar na área da Educação, saiba que o edital nº 01/2017 do Concurso Público tem diversas oportunidades.

São contemplados os cargos de: Professor II - Educação Infantil (15), Professor II - 1º Segmento (15), Secretário Escolar (1), Professor Docente I nas disciplinas de Português (2), Matemática (2), Geografia (1), História (1), Ciências Biológicas (1), Artes (1), Inglês (1), Educação Física (1); Orientador Pedagógico (1), Orientador Educacional (1), e Supervisor de Ensino (1).

Nestes casos as jornadas de trabalho variam de 16 a 40h semanais, bem como os salários que vão de R$ 800,85 a R$ 1.474,19.

Para participar em ambos os casos é necessário preencher a ficha de inscrição exclusivamente pela internet no site da empresa organizadora INCP Concursos (www.incpconcursos.org.br), entre os dias 10 de janeiro de 2017 a 10 de fevereiro de 2017. A taxa de inscrição deve ser paga por meio de boleto bancário.

Em março de 2017 estão previstas para serem aplicadas as Provas Objetivas que vão classificar os profissionais inscritos. Sabe-se que cada avaliação constará de quarenta questões sobre temas discriminados no edital de abertura disponível em nosso site.

Tanto o Processo Seletivo quanto o Concurso terão validade de dois anos, a contar da data de publicação da homologação do resultado final, prorrogável uma vez, a critério do chefe do poder executivo, por igual período, se houver candidatos aprovados e ainda não nomeados.

Jornalista: Karina Felício
Compartilhe: