Ministério da Economia prorroga inscrições de Processo Seletivo com 100 vagas

Oportunidades são destinadas aos profissionais de nível superior, com salário mensal no valor de até R$ 6,1 mil
Quarta-feira, 17 de março de 2021 às 17h25
Ministério da Economia prorroga inscrições de Processo Seletivo com 100 vagas

O Ministério da Economia divulgou recentemente, por meio do Diário Oficial da União, a segunda retificação referente ao novo Processo Seletivo para contratação, por tempo determinado, de profissionais para desempenharem atividades técnicas de complexidade intelectual de nível superior.

De acordo com o novo documento (retificação II), as inscrições, que tiveram início às 14h do dia 8 de fevereiro de 2021, ficam prorrogadas até às 23h59 do dia 8 de abril de 2021, observado o horário oficial de Brasília, Distrito Federal, no site do Idib. Além disso, a aplicação das provas objetivas passa a ficar prevista para o dia 6 de junho de 2021

Conforme o documento (retificação I), foram alterados os requisitos para o cargo de Técnico em Administração, Contabilidade ou Informática também foram atualizados.

Oportunidade

Esta seleção busca preencher 100 vagas dentre profissionais nas áreas de Administração, Economia, Contabilidade ou Direito (4); Técnico em Administração, Contabilidade ou Informática (8); Nível Superior - Qualquer área de formação I (48) e Nível Superior - Qualquer área de formação II (40).

Vale ressaltar ainda que, dentre o quantitativo de vagas ofertadas, há chances reservadas às pessoas que se enquadram nos requisitos do edital.

Para concorrer a uma das oportunidades, os candidatos devem comprovar a escolaridade exigida para a função desejada, bem como ter registro ativo no respectivo conselho de classe da profissão, ter nacionalidade brasileira ou equivalente e estar em dia com a Justiça Eleitoral.

Os profissionais admitidos irão desempenhar funções em carga horária de 40 horas semanais e contarão com salários de R$ 1.700,00 a R$ 6.130,00 ao mês.

Como forma de classificação, serão realizadas duas etapas compostas por prova objetiva nas áreas de conhecimentos gerais e específicos, de caráter eliminatório e classificatório; e prova de títulos, de caráter classificatório.

É importante destacar que a prova objetiva será composta por questões de língua portuguesa; ética na administração pública e legislação; informática básica e conhecimentos específicos.

Este Processo Seletivo será válido por dois anos, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final, e poderá ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

E, para lhe auxiliar nos estudos, adquira as Apostilas Digitais deste certame em nosso site.

Jornalista: Thamires Fernandes
Compartilhe: