Manausprev - AM retifica editais dos Concursos Públicos com vagas para nível médio e superior

Quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015 às 17h11
Manausprev - AM retifica editais dos Concursos Públicos com vagas para nível médio e superior

A Manaus Previdência (Manausprev), informa a todos que os dois editais dos Concurso Público que juntos somam 57 vagas de níveis médio e superior, foram retificados.

Houve alterações no conteúdo programático dos cargos de Analista Previdenciário - Contabilidade e Procurador Autárquico. Os documentos oficiais contendo todos os detalhes podem ser conferidos em nosso site.

O cargo de Técnico Previdenciário, formação em nível médio, dispõe de oportunidades nas funções Administrativa (30) e Informática (02). Já para Analista Previdenciário, as vagas são para áreas Administrativa (06), Contabilidade (02), Economia (02), Administração (02), Ciências Atuariais (01), Serviço Social (02), Psicologia (01), Arquivologia (02), e Tecnologia da Informação (02). Podem se inscrever profissionais com graduação em qualquer curso de nível superior, porém em alguns casos a formação deve ser específica.

Há cinco vagas para Procurador Autárquico (edital nº 02/2015); neste caso o candidato deve possuir diploma ou certificado de conclusão de curso de nível superior em Direito, devidamente registrado, e inscrição na OAB.

Todos os aprovados devem cumprir jornada de 40 horas semanais, e a remuneração é de R$ 4.000,00 para os cargos de ensino médio e R$ 6.000,00 para nível superior.

As inscrições devem ser realizadas no período de 19 de janeiro de 2015 a 13 de fevereiro de 2015, por meio de preenchimento da ficha disponível no site da organizadora Fundação Carlos Chagas - FCC (www.concursosfcc.com.br). As taxas variam de R$ 70,00 a R$ 120,00.

Serão aplicadas em Manaus, na data provável de 29 de março de 2015, as Provas Objetivas para todos os inscritos. Mas quem se inscrever para o cargo de Procurador deve passar por mais uma etapa de seleção, a Prova Discursiva, que será realizada provavelmente no dia 21 de junho de 2015.

O prazo de validade destes certames é de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período, a partir da data de homologação do resultado final.

Jornalista: Karina Felício
Compartilhe: