Corpo de Engenheiros da Marinha do Brasil retifica edital de Concurso Público com 28 vagas

Seleção tem como objetivo a classificação de candidatos para o Curso de Formação de Oficiais (CFO); veja mais
Quarta-feira, 2 de junho de 2021 às 15h54
Corpo de Engenheiros da Marinha do Brasil retifica edital de Concurso Público com 28 vagas

O Serviço de Seleção do Pessoal da Marinha (SSPM) anuncia uma retificação do Concurso Público, que tem por objetivo o provimento de vagas destinadas ao Corpo de Engenheiros da Marinha em 2021 (CEM/2021) para formar profissionais ao posto de Primeiro-Tenente. Conforme o edital, o CEM destina-se ao preenchimento de cargos e funções relativos à aplicação de conhecimentos específicos, necessários às atividades de manutenção e reparo dos meios existentes e ao desenvolvimento e projeto de novos meios, além das atividades inerentes à carreira militar.

A retificação foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (2) e estabelece mudanças mudanças no anexo de programas e bibliografias para as provas escritas objetivas e discursivas. As alterações se referem aos conteúdos na área de física (retificação I).

Oportunidades

Ao todo serão preenchidas 28 vagas, dentre os cargos de Arquitetura e Urbanismo (1); Engenharia Aeronáutica (1); Engenharia Cartográfica (1); Engenharia Civil (2); Engenharia de Produção (1); Engenharia de Sistemas de Computação (1); Engenharia de Telecomunicações (2); Engenharia Elétrica (3); Engenharia Eletrônica (3); Engenharia Mecânica (5); Engenharia Mecânica de Aeronáutica (1); Engenharia Naval (2) e Engenharia Química (2). Cabe ressaltar que dentre o total de vagas ofertadas, há aquelas que são voltadas às pessoas especificadas no edital.

Para concorrer as vagas ofertadas, é necessário que o candidato tenha menos de 36 anos de idade no primeiro dia do mês de janeiro de 2022, além de ter concluído ou estar em fase conclusão do curso de graduação em engenharia ou arquitetura e urbanismo, estar em dia com as obrigações do serviço militar e da Justiça Eleitoral, bem como ter altura mínima de 1,54m e máxima de 2m, dentre outros requisitos.

O Curso

O candidato aprovado e classificado no resultado final realizará o Curso de Formação de Oficiais (CFO), no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), no Rio de Janeiro. O curso tem por finalidade o preparo do candidato para o exercício de cargos e funções em Organizações Militares da Marinha, situadas em qualquer unidade da federação, de acordo com as suas qualificações e atendendo à conveniência do serviço.

O curso é constituído por um período de adaptação de, aproximadamente, três semanas, e uma etapa curricular, compreendendo as atividades previstas nos respectivos currículos. Durante esse curso, o Guarda-Marinha terá a remuneração atinente à essa graduação, tendo como valor bruto, em termos atuais, R$ 9.070,60, sendo R$ 7.315,00 relativos ao soldo militar, R$ 1.389,85 relativos ao adicional militar e R$ 365,75 relativos ao adicional de compensação por disponibilidade militar, conforme previsto na legislação em vigor, além de serem proporcionados alimentação, uniforme, assistência médico-odontológica, psicológica, social e religiosa.

Procedimentos para participação

Os interessados podem se inscrever partir das 8h do dia 19 de julho de 2021 até às 23h59 do dia 31 e julho do mesmo ano, horário de Brasília/DF, exclusivamente via internet, por meio do site da Marinha. O pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 130,00 deverá ser efetuado em qualquer agencia bancária até o dia 5 de agosto de 2021, porém, aos candidatos que se enquadrarem nos critérios estabelecidos no edital, estes poderão solicitar a isenção do valor entre os dias 19 e 26 de julho.

Como forma de seleção, os candidatos serão avaliados mediante a realização das seguintes etapas: Prova Objetiva (PO); Redação; Tradução de Texto; Verificação de Dados Biográficos (VDB) e Verificação Documental (VD); Inspeção de Saúde (IS); Teste de Aptidão Física de Ingresso (TAF-i); Prova de Títulos (PT); Avaliação Psicológica (AP) e Procedimento de Heteroidentificação Complementar à Autodeclaração (PH).

A prova escrita objetiva, prevista para ocorrer na primeira quinzena de setembro de 2021, terá duração máxima de quatro horas e consistirá em 20 questões que envolvem as matérias de língua portuguesa e conhecimentos profissionais, bem como redação, enquanto que a prova escrita discursiva de conhecimentos profissionais e tradução de texto em inglês deve ocorrer na segunda quinzena de novembro. Já os locais de realização das avaliações, bem como as organizações responsáveis pela execução local, podem ser consultados na tabela que consta no edital de abertura.

Vigência

De acordo com o edital de abertura, os candidatos aprovados e classificados dentro do numero de vagas, serão convocados para o curso, sob regime de internato, que terá duração total de 31 semanas.

Jornalista: Thamires Fernandes
Compartilhe: