Seapa e IMA de Minas Gerais abrem novo Processo Seletivo

Oportunidades são para profissionais atuarem nos municípios atingidos pelo rompimento da barragem em Brumadinho; confira
Quinta-feira, 25 de junho de 2020 às 10h02
Seapa e IMA de Minas Gerais abrem novo Processo Seletivo

A Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), de Minas Gerais, e o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), diante do acordo com a Vale S.A, divulgaram o novo Processo Seletivo que visa a contratação de 26 profissionais dos níveis médio, técnico e superior.

Em primeiro momento, é necessário dizer que o objetivo será selecionar profissionais das áreas do Direito, Medicina Veterinária, Engenharia Agronômica, Engenharia Civil e Administração, para atuarem nas comarcas atingidas pelo rompimento da Barragem de Brumadinho, da Minas do Córrego do Feijão, em 2019.

Logo, uma parcela dos profissionais ficará em projetos de regularização fundiária, na certificação de produtos agropecuários e agroindustriais, ou ainda no acompanhamento, regularização e registro das agroindústrias da localidade.

Vagas

São ofertadas as oportunidades nas cidades de Belo Horizonte, Brumadinho, Bom Despacho, Curvelo, ao qual os cargos são para Técnico de Desenvolvimento Rural (8); Analista de Desenvolvimento Rural (10); Fiscal Agropecuário (8).

Os profissionais que forem admitidos terão a remuneração bruta de R$ 1.050,01 a R$ 2.983,31, mais benefícios acrescidos, com a carga horária de 40 horas semanais.

Etapas

A primeira fase é constituída da realização das inscrições, de forma gratuita, no período das 8h do dia 29 de junho de 2020 até as 18h de 6 de julho do mesmo ano, observando o horário de Brasília, por meio do endereço eletrônico específico, seguindo as orientações sobre os documentos.

Posteriormente, será aplicada a análise dos currículos entregues no primeiro ato. O objetivo será analisar as experiências e títulos dos concorrentes, de acordo com os critérios do anexo II.

A última etapa a ser realizada é uma entrevista com os candidatos aptos, em busca de informações e destaques sobre a trajetória profissional, com o intuito de identificar quais são os comportamentos e resultados obtidos durante a carreira, além de como se comporta diante de determinadas situações profissionais.

Vigência

Por fim, o prazo de validade será de até seis meses, a partir da publicação do resultado, com a possibilidade ser prorrogado pelo prazo máximo de 18 meses, conforme prescrito no edital de abertura disponível em nosso site com todas as informações.

Jornalista: Mayson Martins Ribeiro
Compartilhe: