PM - MG: Concurso Público com 120 vagas tem edital publicado

Inscrições devem ser realizadas pela internet.
Quinta-feira, 5 de outubro de 2017 às 10h43
PM - MG: Concurso Público com 120 vagas tem edital publicado

No Estado de Minas Gerais, a Polícia Militar anuncia novo Concurso Público com o objetivo de admitir 120 profissionais, sendo 108 homens e 12 mulheres, no curso de formação de Oficiais da PM - MG, para o ano de 2018.

Podem participar candidatos que tenham título de bacharel em Direito, idade entre 18 e 30 anos (até 02 de julho de 2018) e estatura de 1,60m.

As inscrições devem ser realizadas entre 6 de dezembro de 2017 e 4 de janeiro de 2018, pelo site da PMMG - www.policiamilitar.mg.gov.br/crs. Nesta etapa é preciso efetuar o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 173,00. Os candidatos que atendam aos requisitos exigidos no edital podem solicitar isenção do valor.

Em nosso site você tem acesso ao edital completo e pode obter mais informações sobre este Concurso que é composto de Provas de Conhecimentos (objetiva e dissertativa), Avaliações Psicológicas, Teste de Capacitação Física (TCF), Exames de Saúde (preliminares e complementares), Exame Toxicológico, Prova Oral e Prova de Títulos.

A previsão é que a primeira etapa ocorra em 04 de fevereiro de 2018, nas cidades de Belo Horizonte, Juiz de Fora, Uberaba, Lavras, Divinópolis, Governador Valadares, Uberlândia, Patos de Minas, Montes Claros, Ipatinga, Barbacena, Curvelo, Teófilo Otoni, Unaí, Pouso Alegre, Poços de Caldas e Sete Lagoas.

Com quarenta questões, a Prova Objetiva abordará temas de Língua Portuguesa, Direito Constitucional, Direito Penal Militar, Direito Penal, Direito Processual Penal Militar, Direito Processual Penal, Direito Administrativo, Legislação Extravagante e Legislação Institucional.

Os candidatos que forem aprovados nas etapas vão ingressar no CFO, com início previsto para julho/2018, em tempo integral, com regime de dedicação exclusiva e remuneração básica inicial de R$ 5.769,43, além de abono fardamento, assistência médico-hospitalar, psicológica e odontológica.

No primeiro ano, o profissional deve ficar no alojamento com a finalidade de familiarizar-se ao regime da caserna e às atividades militares, de acordo com o Regimento da Escola. Depois de concluído com aproveitamento o período de dois anos e seis meses acadêmicos e seis meses de aspirantado e satisfeitas às exigências legais referentes à promoção, previstas no Estatuto dos Militares, o Cadete será declarado Aspirante-a-Oficial.

Este concurso terá validade de trinta dias, podendo ser prorrogado uma única vez e por igual período, contado da data do resultado final/homologação do certame.

Jornalista: Karina Felício
Compartilhe: