Universidade Federal do Tocantins retifica Concurso Público

São 21 vagas disponíveis; salários podem chegar a R$ 11,1 mil, confira mais detalhes
Terça-feira, 19 de dezembro de 2023 às 11h12
Universidade Federal do Tocantins retifica Concurso Público

A Universidade Federal do Tocantins (UFT), por meio do a Coordenação de Desenvolvimento Estratégico - CDE (COPESE), retificou o edital do Concurso Público, que tem por objetivo o preenchimento de 21 vagas, destinadas a contratação de profissionais de nível superior completo, ao cargo efetivo de Professor do Magistério Superior.

Conforme o documento (retificação II) foi alterado alguns subitens do edital e adicionado a área de Direito para a cidade de Tocantinópolis.

Em nosso site você tem acesso aos editais e pode obter mais informações.

O certame em questão disponibiliza oportunidades entre as seguintes áreas de atuação, conforme as respectivas unidades de lotação:

  • Araguaína: Ciências da Saúde (5); Ciências Agrárias (1);
  • Arraias: Ciências Humanas/Interdisciplinar/Multidisciplinar (1);
  • Gurupi: Ciências Agrárias (1); Recursos Florestais e Engenharia Florestal (1); Ciência e Tecnologia de Alimentos/Engenharia de Alimentos (1);
  • Miracema: Ciências Humanas (1);
  • Palmas: Urbanismo (1); Ciências Sociais Aplicadas (3); Ciências da Saúde/Enfermagem (1); Engenharias (2); Ciências Agrárias (1);
  • Porto Nacional: Ciências Humanas (1);
  • Tocantinópolis: Educação Física (1); Direito.

Dentro do total de vagas ofertadas, há chances para pessoas que se enquadram nos critérios específicos do edital.

Ao ser contratado, o profissional deverá exercer funções em jornadas 20 horas semanais ou dedicação exclusiva, com remuneração mensal que varia entre R$ 2.437,59 a R$ 4.875,18, além de benefícios como auxílio-alimentação no valor entre R$ 329,00 e R$ 658,00, e também Retribuição por Titulação, com valores entre R$ 243,76 e R$ 5.606,46, totalizando até R$ 11.139,64.

Para concorrer às oportunidades é preciso que o candidato seja brasileiro nato, naturalizado ou tenha nacionalidade portuguesa; esteja regular na Justiça Eleitoral; esteja em dia com as obrigações militares; tenha aptidão física e mental para o exercício das atribuições da função; dentre outras que constam no edital.

As inscrições serão realizadas no período de 2 a 16 de janeiro de 2024, das 9h do primeiro dia às 17h do último dia, exclusivamente pelo site do COPESE. A inscrição só será efetivada após pagamento da taxa no valor que entre R$ 260,00.

Como forma de classificação, os candidatos serão avaliados mediante aplicação de prova escrita, prevista para os dias 4 e 6 de fevereiro de 2024, além de prova didática, prova de defesa de projeto de pesquisa, sendo esta última apenas para titulação mínima em mestrado ou doutorado, e prova de títulos.

O texto da Prova Escrita será avaliado quanto ao domínio do assunto sorteado; à clareza, precisão da linguagem e objetividade do tema sorteado e ao uso de linguagem técnico-científica adequada ao tema sorteado.

Na Prova Didática, a Banca Examinadora avaliará o candidato quanto à capacidade de organizar e expor as ideias sobre o tema sorteado; à objetividade e ao espírito crítico; ao domínio do tema sorteado; à coerência entre o plano de aula apresentado, o tema sorteado e o desenvolvimento da aula.

Os critérios de avaliação do Projeto de Pesquisa serão: Coerência Geral - Consistência e Relevância; Introdução/Justificativa - Contextualização; Objetivos e Metodologia; Cronograma de Execução, Possíveis Fontes de Financiamento e Referências Bibliográficas.

Conforme o edital, o certame terá validade de um ano, com possibilidade de prorrogação por igual período.

Jornalista: Beatriz Oliveira
Compartilhe: