Hospital Estadual de Presidente Prudente - SP prorroga o Concurso Público para Médicos

Inscrições devem ser realizadas de forma presencial e será cobrada taxa no valor de R$ 82,73.
Segunda-feira, 5 de junho de 2017 às 11h04
Hospital Estadual de Presidente Prudente - SP prorroga o Concurso Público para Médicos

O Hospital Estadual "Doutor Odilo Antunes de Siqueira" (HE) da cidade de Presidente Prudente, Estado de São Paulo, prorroga as inscrições para o Concurso Público que visa preencher quatro vagas de Médicos em Oftalmologia, Pediatria com área em Medicina Intensiva, em Neurologia e Cardiologia Pediátrica.

De acordo com os editais nº 08, 09, 10 e 11/2017, podem realizar as inscrições até o dia 14 de junho de 2017, e deverão ser feitas das 8h às 11h e das 14h às 16h, mediante entrega da ficha, na Avenida Coronel José Soares Marcondes, nº 3.758 - 1º andar (Sala da Diretoria de Recursos Humanos) - Jardim Bongiovani, em Presidente Prudente - SP. A taxa de inscrição é no valor de R$ 82,73. Consulte os editais disponíveis em nosso site para obter mais informações.

Os profissionais deste Concurso Público vão atuar em jornada semanal de 24 horas e com salário mensal de R$ 3.180,00, mais vantagens pecuniárias de acordo com a unidade, acrescido de prêmio de produtividade médica no valor de até R$ 4.020,00.

Para se inscrever é necessário ser graduado em Medicina, ter Registro no Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo - CREMESP e Certificado de conclusão de residência médica em Programa credenciado pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), ou Título de especialista emitido pela Associação Médica Brasileira (AMB) na especialidade que deseja concorrer.

Para selecionar os inscritos, haverá Avaliação de Títulos e Prova Objetiva de Conhecimentos Gerais e Específicos, com data prevista para ser aplicada em 25 de junho de 2017.

Os concursos terão validade de um ano, contados a partir da data da publicação de sua homologação em Diário Oficial do Estado de São Paulo, e podem ser prorrogados uma vez por igual período, a critério da Secretaria da Saúde.

Jornalista: André Fortunato
Compartilhe: