Exército Brasileiro retifica Concurso ao IME com soldo maior que R$ 8 mil

Oportunidades ofertadas são ao Curso de Formação de Oficiais da Ativa do Quadro de Engenheiros Militares 2020/2021; confira
Segunda-feira, 29 de junho de 2020 às 16h49
Exército Brasileiro retifica Concurso ao IME com soldo maior que R$ 8 mil

Foi divulgado nesta segunda-feira (29) a retificação do novo Concurso Público realizado pelo Exército Brasileiro, por intermédio do Departamento de Ciência e Tecnologia (DCT), ao Curso de Formação de Oficiais da Ativa (CA/CFrm) do Quadro de Engenheiros Militares de 2020/2021. O objetivo será preencher vagas para as áreas de Engenharia de Computação (6) e Engenharia de Produção (1).

Segundo o documento (retificação I), foram atualizados alguns requisitos sobre o adiamento da matrícula e que podem ser consultados na íntegra em nosso site.

O Curso

O objetivo será selecionar candidatos que tenham concluído o nível superior em engenharia, que desejam seguir a carreira militar. O curso será realizado no Instituto Militar de Engenharia (IME), no Rio de Janeiro, e possui a duração de um ano.

Ao ingressar no CFrm, o candidato adquire a condição de militar e de aluno do Curso Básico de Formação Militar do QEM (CBFM/QEM) e, se aprovado neste curso, é matriculado no Curso de Formação Específica do QEM (CFE/QEM). Enquanto matriculado no CBFM ou CFE, o candidato ao QEM é considerado, para fins de curso, como primeiro-tenente do Quadro de Material Bélico, da reserva de 2ª Classe, com o soldo inicial de R$ 8.245,00, podendo receber promoções.

Ao término do curso, o aluno será incluído no QEM, na forma da legislação em vigor. A ascensão a um grau hierárquico superior ocorrerá por meio de promoção e depende do atendimento de requisitos próprios, podendo chegar até ao posto de General de Divisão.

Requisitos e vagas

Tendo isso em vista, de acordo com o capítulo II, é necessário que os interessados cumpram algumas exigências, tais como:

  • Ser brasileiro nato;
  • Ser voluntária para o serviço militar, se do sexo feminino;
  • Ter concluído, até a matrícula, a graduação em engenharia;
  • Ter, no máximo, 26 anos de idade, completados no período de 1º de janeiro a 31 de dezembro do ano da matrícula;
  • Ter a altura mínima de 1,60m para os candidatos do sexo masculino ou, se do sexo feminino, a altura mínima de 1,55m;
  • Estar em dia com as obrigações do Serviço Militar e da Justiça Eleitoral, bem como não estar na condição de réu em ação penal;
  • Caso seja e ex-integrante de qualquer uma das Forças Armadas ou de Força Auxiliar, não ter sido demitido por ter sido declarado indigno;
  • Não apresentar tatuagens que façam alusão a ideologias terroristas ou extremistas contrárias às instituições democráticas, a violências, a crimes, a ideias ou atos libidinosos, a discriminações ou a preconceito de raça, de credo, de sexo ou de origem ou, ainda, a ideias ou a atos ofensivos às Forças Armadas.

Inscrições

Para participar, os interessados devem se inscrever no período de 16 de julho de 2020 até o dia 1º de setembro, por meio do site do Instituto Militar de Engenharia. A candidatura se efetivará mediante ao pagamento da taxa de R$ 110,00, com possibilidade de solicitar a isenção entre 16 e 28 de julho de 2020.

Etapas

Como método de avaliação, os concorrentes serão analisados por meio das seguintes etapas:

  • Exame Intelectual (EI);
  • Inspeção de Saúde (IS);
  • Exame de Aptidão Física (EAF);
  • Avaliação Psicológica (Avl Psc); e
  • Procedimento de Heteroidentificação (PH).

O exame intelectual aborda três provas escritas, de caráter eliminatório e classificatório. A primeira fase está prevista para o dia 28 de outubro de 2020, com a aplicação de prova de conhecimentos específicos. No dia posterior (29) será realizada uma prova com questões objetivas e redação, de português e, ainda, uma prova com questões de inglês.

Os exames serão aplicados nas cidades de Porto Alegre - RS; Belo Horizonte - MG; Juiz de Fora - MG; Curitiba - PR; Salvador - BA; Recife - PE; Belém - PA; Campo Grande - MS; Fortaleza - CE; Teresina - PI; Brasília - DF; Goiânia - GO; e Manaus - AM.

Confira o edital de abertura disponível em nosso site com todas as informações aqui citadas.

Jornalista: Mayson Martins Ribeiro
Compartilhe: