DEC do Exército abre Processo Seletivo com 10 vagas temporárias

Profissionais atuarão em programas, projetos e ações de órgão federais ou entidades de governos.
Quarta-feira, 28 de junho de 2017 às 12h19
DEC do Exército abre Processo Seletivo com 10 vagas temporárias

O Exército Brasileiro, por meio do Departamento de Engenharia e Construção (DEC), divulgou o edital do Processo Seletivo destinado à contratação temporária de pessoal civil, por tempo determinado, que terá inscrições abertas a partir de julho.

Haverá oportunidades para os cargos de Analista de Sistemas (2), Contador (1), Técnico de Nível Superior - Tecnólogo (1), Analista de Sistemas - Desenvolvedor PHP (1), Analista de Sistemas - Desenvolvedor JAVA (1), Analista de Sistemas - Analista de Requisitos (1), Agente Administrativo (1), Analista de Sistemas Sênior Programação (1) e Administrador (1), que serão preenchidos por profissionais de níveis Técnico e Superior.

Voltadas ao Departamento de Engenharia e Construção, em Brasília - DF, estas oportunidades ofertam remunerações que variam de R$ 3.201,38 a R$ 10.048,57 e jornadas de trabalho de 40 horas semanais. As contratações serão válidas pelo período de até 90 dias, podendo estas serem prorrogadas até o limite de quatro anos.

As inscrições devem ser feitas do dia 7 de julho até às 23h59 do dia 20 de julho de 2017, exclusivamente via internet, por meio do site www.dec.eb.mil.br, no link Mão de Obra Temporária Edital 003/17-DEC/PCTD. A taxa de participação é de R$ 45,00, e esta deve ser paga por meio do Guia de Recolhimento da União (GRU).

As informações prestadas no ato da inscrição deverão ainda devem ser comprovadas com o envio de documento via postal ou de maneira presencial, no Departamento de Engenharia e Construção, situado no Quartel-General do Exército - Bloco B - 3º Piso - Setor Militar Urbano, em Brasília, conforme especifica o edital completo em nosso site.

Nesta seleção, a avaliação dos concorrentes inscritos constará das seguintes etapas: Inscrição Eletrônica, com pagamento de taxa de inscrição; Remessa de Documentação Comprobatória; Análise e Validação da Documentação; Classificação Pontuada Provisória; Classificação Final; Convocação e Contratação, respectivamente.

Vale lembrar que estes profissionais irão atender aos encargos de obras e serviços de engenharia relativos ao Programa de Aceleração do Crescimento do Governo Federal (PAC), implantação de Projetos Estratégicos e Ações de Cooperação do Exército com diversos Órgãos Federais e/ou entidades dos governos estaduais ou municipais.

Jornalista: André Fortunato
Compartilhe: