Aeronáutica oferta 179 vagas para Curso de Formação de Sargentos

Oportunidades são voltadas a cidadãos brasileiros, de ambos os sexos, que atendam aos pré-requisitos do documento oficial
Segunda-feira, 15 de fevereiro de 2021 às 08h33
Aeronáutica oferta 179 vagas para Curso de Formação de Sargentos

O Ministério da Defesa do Comando da Aeronáutica divulgou um novo edital de Processo Seletivo com 179 vagas ofertadas, além da formação de reserva, para o exame de admissão ao Curso de Formação de Sargentos da Aeronáutica (CFS 1/2022) para o primeiro semestre de 2022. Segundo o edital, as oportunidades são voltadas a cidadãos brasileiros, de ambos os sexos, que atendam aos pré-requisitos, condições e normas estabelecidas no documento oficial.

As oportunidades ofertadas são para as seguintes áreas:

  • Aeronavegantes/sexo masculino: BMA - Mecânico de Aeronaves (56); BMB - Material Bélico (12);
  • Não-Aeronavegantes/sexo masculino: SGS - Guarda e Segurança (24);
  • Não-Aeronavegantes/ambos os sexos: BEV - Equipamento de Voo (10);
  • Controle de Tráfegos/ambos os sexos: BCT - Controle de Tráfego Aéreo (77);

O Curso

O candidato, no momento da matrícula, passará à situação de Aluno (Praça Especial), situação essa a ser mantida durante todo o Curso de Formação. Desta forma, vale ressaltar que o candidato militar das demais Forças Armadas ou Auxiliares que vier a receber ordem de matrícula no CFS 1/2022, deverá ser licenciado e desligado da Organização Militar (OM) de origem no último dia útil anterior à matrícula no curso.

Durante a realização do curso, o aluno estará sujeito ao regime escolar da Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), e contará com a mesma remuneração que recebia por ocasião da matrícula, se militar da ativa da Aeronáutica, ou fixada em lei para Aluno de Escola de Formação de Sargentos, além de alimentação, alojamento, fardamento, assistência médico-hospitalar e dentária, exclusivamente para si.

Durante o curso, os alunos realizarão provas teóricas e práticas nos Campos Militar e Técnico-Especializado, e a conclusão do curso está condicionada à sua aprovação, mediante a obtenção de graus e médias previstos no Plano de Avaliação. Já a promoção à graduação de Terceiro-Sargento ocorrerá mediante ato da Diretoria de Administração do Pessoal, em data oportuna à conveniência do Comando da Aeronáutica e conforme o Regulamento do Corpo do Pessoal Graduado da Aeronáutica (RCPGAER).

Os formandos do CFS serão distribuídos e classificados nas OM do COMAER, abrangendo todo o território nacional, de acordo com a necessidade da Administração.

Como concorrer

As candidaturas poderão ser feitas via internet, a partir das 10h do dia 15 de fevereiro de 2021 até às 15h do dia 17 de março de 2021, horário de Brasília/DF. Haverá recolhimento de taxa de participação no valor de R$ 60,00.

Para concorrer, os candidatos devem ser brasileiros, ter concluído com aproveitamento o ensino médio, não ter menos de 17 anos e nem completar 25 anos de idade até 31 de dezembro do ano da matrícula no CFS 1/2022, estar em dia com suas obrigações eleitorais e militares, dentre outros requisitos que constam no edital.

A avaliação dos candidatos inscritos será realizada por meio de provas escritas, Inspeção de Saúde (INSPSAU); Exame de Aptidão Psicológica (EAP); Teste de Avaliação do Condicionamento Físico (TACF); Procedimento de Heteroidentificação Complementar; e Validação Documental.

As provas escritas, que estão previstas para serem aplicadas no dia 30 de maio de 2021, serão compostas das seguintes disciplinas: língua portuguesa, língua inglesa, matemática e física.

Os resultados obtidos pelos candidatos em todas as etapas somente terão validade para a matrícula no CFS 1/2022.

Jornalista: Gabriela Correia
Compartilhe: