TCE - MG autoriza reabertura do edital 001/2012 de Belo Horizonte

Quarta-feira, 23 de maio de 2012 às 16h04
TCE - MG autoriza reabertura do edital 001/2012 de Belo Horizonte

Desde a última terça-feira, 22, estão reabertas as inscrições do concurso público 001/2012 da prefeitura mineira de Belo Horizonte, voltado ao cargo de Fiscal Fazendário. A autorização foi dada pelo Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE - MG) , com prazo final para inscrições no dia 8 de junho.

Para mais informações consulte o edital completo, suas alterações e o site da organizadora.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------

TCE - MG suspende edital da prefeitura de Belo Horizonte

Em atendimento a decisão proferida pela 2ª Câmara do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE - MG), a prefeitura de Belo Horizonte tem seu concurso público 001/2012 suspenso temporariamente.

Para mais informações, consulte o edital completo e suas alterações.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Prefeitura de Belo Horizonte - MG abre 29 vagas para Analista Fazendário

Terá início a partir das 10h desta terça-feira, 14 de fevereiro, o período de inscrições para o concurso da Prefeitura de Belo Horizonte, Minas Gerais, destinado à contratação de Analista Fazendário. São oferecidas 29 vagas, sendo 15 para a área de Ciências Contábeis e 14 para Análise de Sistemas, Ciência da Computação, Informática ou Sistemas de Informação.

De acordo com informações contidas no edital publicado no site da organizadora, a Fundação Dom Cintra, os candidatos deverão ter formação em curso Superior na área e registro no conselho regional da profissão para receber o salário de R$ 3.495,00 em jornada de 8 horas diárias, mais gratificações variáveis de R$ 2.809,37, totalizando em R$ 6.304,37.

Para concorrer, o interessado deverá preencher a ficha de inscrição no período de 13 de março até às 23h59 do dia 13 de abril no site www.domcintra.org.br e pagar a taxa de R$ 90,00.

Todos os candidatos serão selecionados por meio de prova objetiva com 80 questões sobre Língua Portuguesa, Matemática, Noções de Direito Administrativo e Legislação Específica, Noções de Direito Constitucional e Legislação Específica e Conhecimentos Específicos. A avaliação deverá ser realizada em Belo Horizonte e região metropolitana, na data provável de 20 de maio.

O local, a data definitiva e o horário da prova serão informados com antecedência de cinco dias no site da organizadora.

Esse concurso terá a validade de dois anos, a contar da data de sua homologação, podendo ser prorrogado uma vez por igual período, a critério exclusivo do Poder Executivo do Município de Belo Horizonte.

Compartilhe: