Sudene retifica vagas PNE de nível superior do edital com 71 vagas

Terça-feira, 10 de setembro de 2013 às 17h29
Sudene retifica vagas PNE de nível superior do edital com 71 vagas

A Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) informa que as 67 vagas para os cargos de nível superior do concurso público 001/2013, passam a ser distribuídas da seguinte maneira: 62 imediatas e cinco para pessoas com necessidades especiais (Analista Técnico Administrativo - 2, Contador - 1, Economista - 1 e Engenheiro - 1).

Fica retificado, ainda, o item 3.6 que trata da locação dos aprovados.

Em alteração divulgada anteriormente, a Sudene comunicou que o subitem 3.1 do item 3 - dos cargos, bem como o subitem 8.1.6, 8.1.18, 9.1.4 e 9.1.5, o Anexo I - conteúdo programático e o Anexo II - atribuições dos cargos, sofreram alteração em sua redação. Além disso, foi divulgado comunicado no qual há um quadro resumo com informações essenciais a respeito dos requisitos e atribuições dos cargos/áreas ofertados no certame.

Em outra retificação foi informado que as inscrições seriam prorrogadas até 18 de agosto de 2013, sendo que o início da prorrogação foi em 25 de julho de 2013. O certame é voltado ao provimento de 71 vagas imediatas de nível médio/técnico e superior, sendo uma para pessoa com deficiência e está sob a responsabilidade da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Quando da publicação de abertura, a data prevista para o início das inscrições era o dia 18 de julho de 2013 e havia sido alterado para o dia 24 de julho de 2013.

As oportunidades são divididas em quatro para a função de Agente Administrativo e outras 67 para os cargos de Analista Técnico Administrativo nas áreas de Administração, Biblioteconomia, Ciências da Computação, Ciências Jurídicas, Comunicação Social, Controle Interno, Recursos Humanos e de Sociologia, Arquiteto, Contador, Economista, Engenheiro, Engenheiro-Agrônomo, Estatístico, Geógrafo, Geólogo e Químico.

Para a função de Agente a remuneração prevista é de R$ 2.570,02, já para os demais cargos haverá salário de R$ 3.980,62 e R$ 5.081,18, conforme o caso.

As jornadas de trabalho serão de 40h semanais e só poderão concorrer ao certame profissionais com curso de ensino médio e/ou ensino médio técnico e diploma de conclusão de curso de nível superior, com registro no Conselho de Classe, quando for o caso. Para as áreas de Controle Interno e Recursos Humanos, do cargo de Analista Técnico Administrativo, será exigido nível superior em Administração, Ciências Contábeis ou Economia, no primeiro caso e Administração, Psicologia ou Pedagogia, no segundo.

Para participar da concorrência basta atender aos requisitos do cargo pretendido e realizar inscrição no período indicado pelo endereço eletrônico www.fgv.br, com início às 14h do primeiro dia e término às 23h59 do último.

As taxas são de R$ 72,00 para nível médio/técnico e de R$ 82,00 para superior e apenas poderá requerer isenção do pagamento, o candidato que estiver inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e for membro de família de baixa renda.

Todos os inscritos serão avaliados por meio de prova escrita objetiva e prova escrita discursiva, ambas de caráter eliminatório e classificatório, na cidade de Recife. Para nível superior haverá 70 questões (língua portuguesa, raciocínio lógico-matemático, conhecimentos gerais e específicos) e para nível médio/técnico, 60 questões distribuídas em língua portuguesa, raciocínio lógico-matemático, conhecimentos gerais, legislação institucional e conhecimentos específicos.

As avaliações objetivas terão duração prevista em cinco horas para os cargos de nível superior e quatro horas para os cargos de nível médio/técnico. O conteúdo programático das provas encontra-se no Anexo I do mesmo documento.

Fonte: www.in.gov.br.

Compartilhe: