SEPLAN - MG prorroga inscrições para Processo Seletivo na área da saúde

Interessados devem se inscrever em um das unidades regionais da SCPMSO, pessoalmente ou por procuração.
Quinta-feira, 8 de junho de 2017 às 12h15
SEPLAN - MG prorroga inscrições para Processo Seletivo na área da saúde

A Secretária de Estado de Planejamento e Gestão do Estado de Minas Gerais (SEPLAN - MG) prorrogou o prazo das inscrições para o Processo Seletivo destinado à contratação de profissionais para atuarem na Superintendência Central de Perícia Médica e Saúde Ocupacional (SCPMSO).

As inscrições devem ser realizadas até o dia 14 de junho de 2017, em um das unidades regionais da SCPMSO, de maneira presencial ou por meio de procuração. No ato da inscrição, os documentos exigidos devem ser entregues em um envelope contendo a identificação e dados do candidato.

Por meio desta seleção, são disponibilizadas três vagas para a função de Fonoaudiólogo e outras sete para o cargo de Médico Perito, distribuídas entre as seguintes cidades: Caratinga, Conselheiro Lafaiete, Divinópolis, Juiz de Fora, Janaúba, Pato de Minas e Sete Lagoas.

Os profissionais, que devem ter Nível Superior completo e registro nos respectivos conselhos regionais de classe, atuarão em jornadas de trabalho que variam de 20 a 40 horas semanais, e receberão remuneração nos valores de R$ 1.193,80 e R$ 4.676,20, respectivamente.

O processo de pré-qualificação dos concorrentes será composto de três etapas distintas, sendo elas: Habilitação, Titulação e Experiência e Entrevista, todas de caráter eliminatório e classificatório, a serem realizadas na SCPMSO - Unidade Central ou Unidades Regionais.

Vale lembrar que, em caso de surgimento de novas vagas durante o prazo de validade do Processo Seletivo Simplificado, o excedente de candidatos classificados, mas não contratados, poderá ser convocado, respeitando a ordem de classificação geral desta seleção.

Em nosso site você tem acesso aos editais e demais documentos referentes à esta seleção, cujo seu resultado final terá validade pelo prazo de dois anos, onde é possível obter mais informações. Os documentos podem ser acessados na integra, a qualquer momento de seu dia.

Jornalista: André Fortunato
Compartilhe: