Seduc - TO abre mais de 2.500 vagas para o programa Brasil Alfabetizado

Quarta-feira, 16 de novembro de 2011 às 15h43
Seduc - TO abre mais de 2.500 vagas para o programa Brasil Alfabetizado

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo de alfabetizadores e coordenadores do Programa Brasil Alfabetizado em todo o Estado. São mais de 2 mil vagas para alfabetizador, 210 para coordenador, e outras 382 para cadastro reserva. Para realizar a inscrição, os interessados devem procurar a Diretoria Regional de Ensino (DRE) mais próxima, no período de 14 de novembro a 9 de dezembro deste ano, das 8h às 12h e das 14 às 18h.

O processo seletivo, divulgado no Diário Oficial, dispõe sobre o preenchimento de vagas de "voluntários" que desenvolverão atividades de alfabetização na zona urbana ou rural do Tocantins. Pelo serviço prestado os voluntários receberão bolsa mensal, paga pelo FNDE/MEC, no valor de R$ 250,00 para o Alfabetizador de uma turma; R$ 275,00 para o alfabetizador de uma turma de população carcerária ou jovens em cumprimento de medidas socioeducativas; R$ 500,00 para o alfabetizador com duas turmas de alfabetização ativas e R$ 500,00 para os coordenadores.

Dentre os requisitos obrigatórios para preenchimento das vagas é exigida a formação em nível médio, para alfabetizador, e nível superior em Educação, já concluído ou em curso, para coordenador.

Documentos necessários

Os candidatos devem comparecer a DRE munidos dos documentos pessoais e cópias; formulário de inscrição devidamente preenchido; cópia do comprovante de escolaridade; declaração comprovando experiência anterior em educação; currículo; e declaração de disponibilidade de carga horária de, no mínimo, 20 horas semanais, quando tratar-se de candidato que trabalhe em outro cargo como professor junto ao Estado ou Município.

O resultado será divulgado até o dia 21 de dezembro de 2011, por meio das DREs e após essa data os selecionados deverão realizar o trabalho de formação das turmas, que deverão ter: no mínimo 15 alfabetizandos no meio urbano; e ao menos 07 estudantes na zona rural. Segundo o edital as turmas não deverão exceder o número de 25 alunos e a idade mínima para ser alfabetizado pelo programa é de 15 anos.

A meta da Seduc, instituição responsável pela gestão do Programa Brasil Alfabetizado no Estado, é que em 2012 sejam alfabetizados 25 mil jovens, adultos e idosos por meio do programa. Mais informações podem ser obtidas na coordenadoria de Ensino Jovens e Adultos, pelos telefones: 3218-2280 ou 3218-1467.

Fonte: www.seduc.to.gov.br

Compartilhe: