Fundação Wall Ferraz de Teresina - PI divulga novo Processo Seletivo

Profissionais vão receber por hora-aula valores que variam de R$ 28,00 a R$ 34,00
Sábado, 29 de maio de 2021 às 15h49
Fundação Wall Ferraz de Teresina - PI divulga novo Processo Seletivo

A Fundação Wall Ferraz (FWF), de Teresina, no estado do Piauí realiza um novo Processo Seletivo a fim de formar cadastro reserva de profissionais que possam vir atuar em cursos, oficinas, workshops e palestras.

São disponibilizadas oportunidades para áreas de turismo/hospitalidade e lazer, artesanato e infraestrurura, especificamente nos cursos de: práticas para camareira de hotelaria, práticas para recepcionista de hotelaria, artesanato em madeira, técnicas de lubrificação automotiva - trocador de óleo, noções básicas de lavanderia (controle e qualidade).

A remuneração dos servidores varia de R$ 28,00 a R$ 34,00 por hora-aula.

Em todos os casos a participação é liberada a profissionais que tenham ensino médio completo com experiência ou curso de aperfeiçoamento.

As inscrições devem ser realizadas entre os dias 28 a 31 de maio de 2021, no site da Fundação. Cabe ao candidato entregar a ficha impressa junto com os documentos comprobatórios de forma presencial, das 8h às 13h, na gerência pedagógica e de capacitação na seda da FWF, localizada na Praça Marechal Deodoro, nº 900, centro, entre os dias acima mencionados.

Já a classificação ocorre por meio de análise curricular, mediante avaliação de títulos de caráter eliminatório e classificatório. Em caso de empate do candidato, consideram-se para desempate, os aspectos destacados: maior escolaridade; maior tempo comprovado de prática docente na área pretendida, maior tempo comprovado de atuação profissional e maior idade.

O contrato de trabalho por tempo determinado terá duração de acordo com o curso/oficina. Enquanto que o processo seletivo terá validade de seis meses, podendo ser prorrogado por menor ou igual período, uma única vez, a critério da administração pública.

Em nosso site você tem acesso ao edital e pode obter mais informações.

Jornalista: Karina Felício
Compartilhe: