Covid-19: IBGE retifica dois Processos Seletivos que estão suspensos

Candidatos devem se atentar nos processos necessários para recebem o valor da taxa de participação que paga
Sexta-feira, 22 de maio de 2020 às 08h46
Covid-19: IBGE retifica dois Processos Seletivos que estão suspensos

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) retifica dois Processos Seletivos que estão suspensos e eram destinados à admissão de 208.695 profissionais de níveis fundamental e médio.

Em virtude do quadro de emergência de saúde pública causado pelo novo Coronavírus (Covid-19) e das orientações do Ministério da Saúde, o IBGE anuncia que a realização do Censo Demográfico foi adiada para o ano de 2021.

Os candidatos que já efetuaram o pagamento das inscrições, que tiveram início no dia 5 e seriam realizadas até 24 de março de 2020, no site do Cebrasp, serão reembolsados com os valores de R$ 23,61 ou R$ 35,80, a partir do dia 18 de maio de 2020. Para obter mais informações sobre à restituição do valor, acesse página específica no site do IBGE.

Sabe-se que as coletas de dados são feitas por meio de pesquisa domiciliar e presencial, com isso, a estimativa de visitas é de mais de 180 mil recenseadores a cerca de 71 milhões de domicílios, o que torna impossível a realização das pesquisas.

Para que o Censo 2021 possa ser realizado, o IBGE junto ao Ministério Público, estabeleceram formalmente o compromisso de realocar o orçamento da operação censitária de 2020 no mesmo montante. A previsão para realização do próximo Censo, com referência dos últimos realizados, é do dia 31 de julho de 2021, com coleta de dados prevista entre 1º de agosto e 31 de outubro de 2021.

Seleções

No edital nº 2/2020, as oportunidades seriam para Agente Censitário Municipal (5.462) e Agente Censitário Supervisor (22.676). Já o edital de nº 3/2020 trazia 180.557 vagas para a função de Recenseador.

O salário base ofertado seria de R$ 1.700,00 e R$ 2.100,00, exceto para a função de Recenseador, pois a remuneração seria calculado por meio da produção do profissional. A carga horária era de 25 a 40 horas semanais.

Como método de seleção, estava prevista realização de prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Também haveria treinamentos dos candidatos inscritos no edital nº 3/2020.

Mais informações podem ser obtidas por meio dos documentos disponíveis em nosso site.

Jornalista: Jady Eduarda Alves
Compartilhe: