Tribunal de Justiça - RS estende prazo de inscrição do edital 001/2013

Sexta-feira, 10 de maio de 2013 às 09h02
Tribunal de Justiça - RS estende prazo de inscrição do edital 001/2013

Ficam prorrogadas até às 18h do dia 24 de maio as inscrições do certame 001/2013 do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul, no qual são ofertadas 159 vagas.

Para mais informações consulte o edital completo e suas alterações.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------

TJ - RS abre 159 vagas para outorga de delegação de serviços notariais e registrais

O Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul, torna pública a abertura de inscrições para o Concurso Público de Provas e Títulos para Outorga de Delegação de Serviços Notariais e Registrais do Estado do Rio Grande do Sul.

No total são 159 vagas, sendo 106 para Provimento e 53 para Remoção.

O Instituto de Estudos Superiores do Extremo Sul - IESES colaborará com a Comissão de Concurso na realização do certame.

O ingresso na atividade de registrador e tabelião, por provimento ou por remoção, depende de aprovação em concurso de provas e títulos.

Durante o processo seletivo serão realizadas, com caráter eliminatório, a prova da fase inicial (prova objetiva de seleção) e, com caráter eliminatório e classificatório, as provas da fase intermediária (prova escrita e prática e prova oral). A prova de títulos terá caráter classificatório.

Serão realizados, com caráter eliminatório, sindicância sobre a vida pregressa do candidato e exames de sanidade física e psiquiátrica e de aptidão psicológica. A Comissão de Concurso poderá realizar entrevistas com os candidatos, sem caráter eliminatório, levando em consideração o resultado da sindicância e dos referidos exames. Nessa hipótese, o não comparecimento injustificado à entrevista acarretará o cancelamento da inscrição do candidato, com sua exclusão do certame.

Para participar do concurso público, o candidato deverá efetuar a Inscrição Preliminar. Estas ficarão abertas no período de 11 de abril (a partir das 10h) a 10 de maio de 2013 (até as 18h) e serão efetuadas exclusivamente pela internet, nos endereços eletrônicos www.tjrs.jus.br ou www.cartorio.tjrs.ieses.org. Não serão aceitas inscrições extemporâneas ou condicionais, nem as solicitadas por fax, por via postal ou por qualquer outro meio.

O valor da taxa de inscrição é de R$ 160,00.

Todas as referências a horários, feitas neste Edital, devem ser consideradas tendo como base o horário de Brasília-DF.

Das condições de realização das provas:

Todas as provas serão aplicadas na cidade de Porto Alegre, em datas, locais e horários publicados no DJE e divulgados nos sites.

Os candidatos deverão comparecer ao local da prova com antecedência mínima de 30 minutos do horário fixado para seu início, vedado o ingresso, em qualquer hipótese, após o fechamento dos portões. Os candidatos deverão estar munidos de caneta esferográfica fabricada em material transparente (tinta azul ou preta); original da Cédula de Identidade, ou original da carteira de exercício profissional emitida pelos órgãos criados por Lei Federal, nos termos da Lei 6.206/75 (OAB, CRE, CRC, CRA, CREA, etc.), ou original da Carteira Nacional de Habilitação instituída pela Lei nº. 9.503/97 (com foto).

A prova objetiva de seleção e o gabarito oficial desta prova serão tornados disponíveis através da internet, até às 9h do dia subsequente ao de sua realização.

Da Inscrição Definitiva:

Serão convocados para a inscrição definitiva os candidatos aprovados na prova escrita e prática.

As inscrições definitivas serão recebidas pelo IESES, no Palácio da Justiça, Praça Marechal Deodoro, nº. 55, Centro, Porto Alegre-RS no período definido no Edital de convocação para a inscrição, nos dias úteis, no horário das 9h às 12h e das 13h30min às 17h30min.

A inscrição definitiva será presencial, podendo ser requerida por intermédio de procurador com poderes especiais.

A nota final do candidato será a média ponderada das notas das provas e dos pontos dos títulos. A Comissão de Concurso organizará, em ordem decrescente de nota, as listas de classificação final do certame, segundo cada critério de ingresso.

Publicado o resultado do concurso no DJE, os candidatos serão convocados em cada modalidade de ingresso, pela ordem de classificação, para escolher a serventia a ser objeto de delegação.

Compartilhe: