SEPLAG - RJ tem prova cancelada para cargo do edital com 80 vagas

Sexta-feira, 4 de outubro de 2013 às 08h27
SEPLAG - RJ tem prova cancelada para cargo do edital com 80 vagas

A Fundação Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro (CEPERJ), responsável pelo IV Concurso de Gestor Público da Secretaria de Planejamento e Gestão do Rio de Janeiro, informou que a prova objetiva e discursiva para o cargo de Especialista em Políticas Públicas, realizada no último dia 29 de setembro de 2013 foi cancelada. A nova data é 27 de outubro de 2013 e o novo cartão de confirmação será disponibilizado no site da organizadora em 22 de outubro de 2013, com informação do local e horário de prova.

O cronograma para os demais cargos permanece o mesmo.

Em informe anterior, foi comunicado que as inscrições foram prorrogadas até 8 de setembro de 2013, sendo que o período inicial era de 2 de agosto de 2013 a 1º de setembro de 2013.

Por motivo dessa prorrogação, a entrega de laudos médicos para candidatos concorrentes às vagas destinadas às pessoas com deficiência, pode ser feita até o dia 10 de setembro de 2013. As demais datas permaneceram inalteradas.

As inscrições foram feitas pelo site www.ceperj.rj.gov.br ou no posto de inscrição localizado na sede da Fundação Ceperj (avenida Carlos Peixoto, nº. 54, térreo, Botafogo), responsável pelo certame. O atendimento foi de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h. O valor da taxa de inscrição é de R$ 110,00.

O certame é destinado ao provimento de 80 vagas, sendo quatro para pessoas com deficiência e 16, para candidatos negros ou índios.

As oportunidades destinam-se para a carreira de Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental (EPPGG) e para Analista de Planejamento e Orçamento (APO).

O vencimento base para os cargos é de R$ 4,2 mil mensais, acrescido da Gratificação de Desempenho de Atividade (GDA) no valor de R$ 882,00 e mais Adicional de Qualificação no valor de R$ 840,00 para doutorado, R$ 420,00 para mestrado e R$ 210,00 para pós-graduação por carga de 40h semanais. O servidor pode alcançar progressão funcional e promoções no decorrer dos anos, mediante reconhecimento do mérito, o que elevará essa remuneração para cerca de R$ 12.000 mensais, em valores de hoje.

Entre as atribuições dos Gestores há a formulação, implantação e avaliação de políticas públicas voltadas para o desenvolvimento socioeconômico e ambiental; desenvolvimento, implantação e avaliação dos sistemas, processos e métodos de gestão; formulação do planejamento estratégico estadual, do plano plurianual, das diretrizes orçamentárias e dos orçamentos anuais, entre outras.

O concurso público será realizado em duas etapas ambas de caráter eliminatório e classificatório. A primeira consiste na aplicação de provas objetivas de conhecimentos geral e específico, prova discursiva e avaliação de títulos e experiência profissional.

As provas aconteceram, provavelmente, no dia 29 de setembro de 2013, nos turnos da manhã, das 9h às 12h, e à tarde, das 14h às 18h. Na parte da manhã, foi aplicada a prova objetiva com 50 questões de conhecimentos gerais. À tarde, foi realizada uma prova objetiva com 30 questões de conhecimentos específicos e uma prova discursiva com duas questões dissertativas.

A segunda etapa do concurso compõe-se em um curso de formação de 88h e durante a qualificação, será concedida ao candidato matriculado bolsa auxílio por dedicação exclusiva, correspondente a R$ 1.050,00 mensais.

O resultado final, com classificação da primeira etapa e convocação para a segunda etapa do concurso (curso de Formação), sairá no dia 26 de novembro de 2013 e o prazo de validade do certame é de um ano, contado da data de sua homologação e pode ser prorrogado uma única vez e por igual período.

Compartilhe: