Polícia Militar - PI anuncia cancelamento em etapa de Concurso Público

Certame com oportunidades que chegam até R$ 3,1 mil, passou por modificações em seu cronograma.
Sexta-feira, 26 de maio de 2017 às 15h26
Polícia Militar - PI anuncia cancelamento em etapa de Concurso Público

Em documento publicado recentemente, o Concurso Público da Polícia Militar do Estado do Piauí (PM - PI), que visa a Admissão ao Curso de Formação de Soldados da PM, teve a primeira etapa de classificação referente às Provas Objetivas anulada.

A decisão ocorre por medidas de segurança necessárias para garantir a lisura do certame, após indícios de fraude no Concurso Público, em virtude da anulação da primeira etapa, foram realizadas alterações no cronograma.

Os inscritos que serão classificados em cinco etapas, compostas de Prova Objetiva, Exame de Saúde, Teste de Aptidão Física, Exame Psicológico e Investigação Social, passarão por nova classificação de Prova Escrita Objetiva, que agora está prevista para ser aplicada no dia 9 de julho de 2017, lembrando que as outras fases de avaliação também passaram por modificações em suas datas.

Para acompanhar todo o andamento deste Concurso, em nosso site você tem acesso aos documentos com mais informações deste certame.

Os candidatos realizaram as inscrições até o dia 17 de abril de 2017, pelo endereço eletrônico nucepe.uespi.br. A confirmação da participação foi efetivada após pagamento da taxa no valor de R$ 80,00.

Este Concurso Público tem no total 50 oportunidades para o gênero feminino e 430 masculino, sendo que em ambas os candidatos devem ter ensino médio completo ou equivalente, com remuneração inicial de R$ 3.100,00.

Os locais de atuação são para os Batalhões de Polícia Militar - BPM das seguintes localidades Parnaíba, Floriano, Picos, Corrente, Avelino Lopes, Uruçuí, São Raimundo Nonato, Piripiri, Oeiras e Bom Jesus.

A validade deste Concurso Público é de dois anos, contados da publicação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período, conforme determinações do edital disponível em nosso site.

Jornalista: André Fortunato
Compartilhe: