Processo Seletivo Simplificado é suspenso pelo Ministério da Economia

Ao todo serão distribuídas 300 vagas para cargos diferentes e profissionais atuarão em Brasília - DF
Quinta-feira, 13 de janeiro de 2022 às 08h29
Processo Seletivo Simplificado é suspenso pelo Ministério da Economia

A Secretaria Executiva do Ministério da Economia, por meio do Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (IDIB), torna pública a suspensão do Processo Seletivo Simplificado destinado à contratação, por tempo determinado, de 300 profissionais de níveis médio e superior, para o exercício funcional em Brasília/DF, para atender necessidade temporária de excepcional interesse público. Também haverá formação de cadastro reserva.

Segundo o mais recente documento (suspensão), o Processo Seletivo Simplificado, regido pelo Edital nº 2/2022, de 6 de janeiro de 2022, encontra-se suspenso temporariamente por ordem do Ministério da Economia por motivo de interesse público.

Os candidatos devem continuar acompanhando as informações inerentes ao certame através da publicação de Aditivos e/ou Editais por meio do site do IDIB.

O Processo Seletivo

Confira quais são os cargos e suas vagas, respectivamente, conforme o documento:

  • Nível Superior: Analista de Negócios (40); Analista técnico de demandas previdenciárias, judiciais e de controle (145).
  • Nível Médio: Técnico em atividades previdenciárias e de apoio (115).

Aos aprovados e contratados a carga horaria será de 40 horas semanais, e salários entre R$ 1.700,00 a R$ 6.130,00.

Os requisitos para concorrer são: Ter idade mínima de 18 anos completos, possuir a escolaridade mínima exigida para o cargo para o qual foi inscrito; estar quite com as obrigações eleitorais e, se do sexo masculino, também com as obrigações militares; firmar declaração de não estar cumprindo e nem ter sofrido, no exercício da função pública, penalidade por prática de improbidade administrativa, aplicada por qualquer órgão público ou entidade da esfera federal, estadual ou municipal; os candidatos concorrentes à função Analista de Negócios deverão comprovar tempo de experiência mínimo de três anos nas atividades a serem desenvolvidas por suas funções.

Vale ressaltar que estão previstas as reservas de vagas destinadas para pessoas que se enquadram nos critérios estabelecidos no edital.

Inscrições e Seleção

As inscrições serão efetuadas pela internet, por meio do site do IDIB - Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro, o valor da taxa de inscrição para cargos do nível superior é R$ 64,00 e do nível médio é de R$ 54,00.

Para a Seleção será aplicado exame de habilidades e conhecimentos, mediante prova objetiva, abrangendo os conteúdos programáticos de língua portuguesa, ética na administração pública e legislação, noções de informática, conhecimentos específicos, bem como prova de títulos, que será aplicada apenas para o perfil profissional de analista de negócios.

O Processo Seletivo Simplificado destina-se à contratação temporária de profissionais para o quadro do Ministério da Economia, de acordo com o quantitativo de vagas constante no edital, e ainda das vagas que surgirem no decorrer do prazo de validade deste Certame, que será de dois anos contados a partir da data de assinatura do primeiro contrato, prorrogável uma única vez por igual período.

Já o prazo de duração dos contratos será de um ano, podendo ser prorrogado até o limite máximo de cinco anos.

Jornalista: Fernanda Claro
Compartilhe: