PM - RJ: Edital do novo Concurso Público é divulgado

Candidatos devem ter entre 18 e 35 anos de idade para poder participar.
Quinta-feira, 27 de dezembro de 2018 às 13h42
PM - RJ: Edital do novo Concurso Público é divulgado

Foi publicado nesta quinta-feira, 27, o edital do Concurso Público realizado pela Polícia Militar do Rio de Janeiro (PM - RJ), com 37 vagas destinadas ao Curso de Formação de Oficiais da Corporação (CFO).

A participação é liberada a candidatos que tenham entre 18 anos completos até a data da matrícula no Curso de Formação e não tenham completado 35 anos até a data de publicação do Edital de abertura no DOERJ; além de bacharelado em Direito, altura mínima de 1,65 para homens, e 1,60 para mulheres, bem como outros requisitos exigidos pelo edital.

Das 37 oportunidades mencionadas acima, 30 são para ampla concorrência, enquanto que sete são destinadas a negros ou índios. A remuneração do servidor no posto de 2º Tenente PM é de: R$ 7.132,52.

Os pedidos de inscrição são recebidos a partir de 28 de dezembro de 2018 até 20 de janeiro de 2019, no site da empresa organizadora www.ibade.org.br. A taxa de participação é de R$ 138,00.

Poderá solicitar entre os dias 02 a 04 de janeiro de 2019, a isenção do pagamento do valor acima mencionado, o candidato que estiver inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), de que trata o Decreto Federal nº 6.135, de 26 de junho de 2007, e for membro de família de baixa renda, nos termos do Decreto Federal nº 6.135, de 26 de junho de 2007.

Este certame é composto de: Prova Objetiva, Prova Discursiva, Exame Antropométrico, Teste de Aptidão Física - TAF, Exame Psicológico, Exame de Saúde, Exame Social e Documental. A previsão é que a primeira etapa ocorra em 10 de fevereiro de 2019.

A validade deste Concurso Público é de 90 dias, a contar da homologação, conforme determina o edital de abertura disponível em nosso site, onde também é possível adquirir as Apostilas Digitais específicas deste certame, elaboradas conforme o conteúdo exigido.

Jornalista: Karina Felício
Compartilhe: