IFNMG retifica Concurso Público com vagas para Técnico-Administrativos

Inscrições são realizadas exclusivamente pela internet entre junho e julho de 2019.
Sexta-feira, 31 de maio de 2019 às 17h37
IFNMG retifica Concurso Público com vagas para Técnico-Administrativos

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais (IFNMG), retifica Concurso Público com vagas técnico-administrativas de níveis médio e superior.

Após a retificação, os requisitos para o cargo de Tecnólogo - Produção Cultural foram alterados e seguem como previsto em edital.

A remuneração varia de R$ 2.446,96 a R$ 4.180,66 de acordo com a função exercida, acrescido de benefícios como o auxílio-alimentação (R$ 458,00), incentivo à qualificação e auxílio pré-escolar (R$ 321,00) com carga horária que varia de 20 a 40 horas semanais.

Por fim, houve a inclusão do conteúdo programático dos cargos, ele pode ser observado no edital que está disponível em nosso site para consulta.

Há oito oportunidades distribuídas entre os cargos de Administrador (1), Médico (1), Relações Públicas (1), Tecnólogo - Produção Cultural (1) e Assistente em Administração (4).

A atuação vai ocorrer nos campi localizados nas cidades de Almenara, Araçuaí, Arinos, Diamantina, Janaúba, Januária, Montes Claros, Pirapora, Porteirinha, Salinas, Teófilo Otoni, na Reitoria ou em outra Unidade que venha a ser implantada dentro do prazo de validade deste concurso.

As inscrições são recebidas entre às 9h do dia 17 de junho de 2019 até às 23h59 do dia 09 de julho de 2019, no endereço eletrônico concurso.fundacaocefetminas.org.br. Nesta etapa é preciso efetuar o pagamento da taxa com valores de R$ 80,00 e R$ 100,00, em virtude do cargo pretendido.

Os profissionais que tiverem os pedidos homologados serão submetidos às Provas Objetiva composta com questões de Língua Portuguesa, Legislação, e Conhecimentos Específicos. A previsão é que esta etapa ocorra em 25 de agosto de 2019.

E, para lhe auxiliar nos estudos, adquira a Apostila Digital deste certame em nosso site.

Jornalista: Leonardo Bosisio
Compartilhe: