Fundação Educacional de Guaçuana - SP prorroga Processo Seletivo

Interessados em participar devem se atentar ao novo prazo de inscrições disponíveis e nas demais alterações realizadas na seleção
Terça-feira, 31 de março de 2020 às 13h31
Fundação Educacional de Guaçuana - SP prorroga Processo Seletivo

A Fundação Educacional Guaçuana, na cidade de Mogi Guaçu, São Paulo, torna pública a prorrogação do novo Processo Seletivo destinado a formação de cadastro reserva para provimento de vagas de emprego público em caráter temporário.

As inscrições, que foram abertas no dia 17 de fevereiro de 2020, agora podem ser realizadas até às 23h59 do dia 3 de maio de 2020, exclusivamente via internet, no site do Instituto Universal de Desenvolvimento Social (Iuds). O valor da taxa de inscrição para todos os empregos é de R$ 11,25.

Ainda conforme o documento, as demais etapas da seleção, tais como publicação da lista de inscritos preliminar, publicação dos locais de prova, data da prova objetiva entre outras etapas ficam temporariamente suspensas, até a regularização da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Para mais informações, acesse os editais disponibilizados em nosso site.

O Processo Seletivo

Há oportunidades disponíveis para: Auxiliar de Biblioteca, Auxiliar de Serviços Gerais, Inspetor de Alunos, Professor Auxiliar, Professor de Educação Básica I, Professor de Educação Básica II e Professor de Educação Básica III nas áreas de: Arte; Biologia, Ciências, Educação Física, Espanhol, Física, Filosofia, Geografia, História, Inglês, Matemática, Português, Psicologia, Química, Sociologia.

Os profissionais devem exercer suas funções em jornada de trabalho de 100 a 200 horas mensais ou 45 aulas semanais, referente a remuneração no valor entre R$ 20,84 hora-aula a R$ 2.472,00.

Esta seleção será composta por meio de prova objetiva, prova de títulos e prova de aptidão física. Dito isto, o conteúdo programático será baseado pelas disciplinas de: língua portuguesa, matemática, atualidades, legislação educacional e conhecimentos específicos.

Vale ressaltar que para obter a contratação, é necessário que os profissionais possuam escolaridade de níveis fundamental, médio e superior.

Jornalista: Sibeli Santos
Compartilhe: