Exército é autorizado a realizar novo Processo Seletivo com 522 vagas

Oportunidades são ao Departamento de Engenharia e Construção e no Departamento de Ciência e Tecnologia
Segunda-feira, 8 de junho de 2020 às 11h00
Exército é autorizado a realizar novo Processo Seletivo com 522 vagas

Foi divulgado, por meio do Diário Oficial da União, nessa segunda-feira (8) a autorização ao Exército Brasileiro para realizar um novo Processo Seletivo pelo Ministério de Estado da Defesa e a Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia.

Assim, esta seleção terá como objetivo a contratação por tempo determinado de, no máximo, 522 profissionais para aturem no Departamento de Engenharia e Construção (412) e no Departamento de Ciência e Tecnologia (110).

Logo, confira na lista abaixo todas as oportunidades ofertadas e, respectivamente, o número de vagas ofertadas em cada uma:

  • Administrador (6);
  • Agente Administrativo (16);
  • Agente de Serviços Complementares (4);
  • Agente de Serviço de Engenharia (70);
  • Agente de Telecomunicações e Eletricidade (4);
  • Analista Ambiental (15);
  • Analista de Sistemas (20);
  • Arquiteto (30);
  • Artífice de Carpintaria e Marcenaria (10);
  • Artífice de Eletricidade e Comunicações (4);
  • Artífice de Estruturas de Obras e Metalurgia (5);
  • Artífice de Mecânica (12);
  • Auxiliar de Laboratório (6);
  • Auxiliar de Artífice (3);
  • Auxiliar Operacional de Serviços Diversos (10);
  • Auxiliar Operacional de Serviços de Engenharia (8);
  • Contador (15);
  • Desenhista (15);
  • Engenheiro (60);
  • Geólogo (3);
  • Laboratorista (14);
  • Motorista (15);
  • Programador (10);
  • Projetista (4);
  • Técnico de Nível Médio (130);
  • Técnico de Nível Superior (7);
  • Técnico em Edificações (20);
  • Agrônomo (6).
Documentos

Desta forma, o futuro edital de abertura deve seguir os números previstos de vagas, as áreas de atuação, a remuneração e o prazo de duração do contrato. Por fim, veja em nosso site o documento de autorização com todas as informações disponíveis.

Jornalista: Mayson Martins Ribeiro
Compartilhe: