Concurso Público da Sejusp - MG disponibiliza 211 vagas

Vagas são distribuídas em diversas cidades do estado de Minas Gerais, onde os profissionais devem atuar em jornadas de 40 horas semanais
Sexta-feira, 16 de abril de 2021 às 11h37
Concurso Público da Sejusp - MG disponibiliza 211 vagas

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais (Sejusp) anunciou a abertura de um novo Concurso Público a fim de contratar 211 profissionais para o cargo da carreira de Assistente Executivo de Defesa Social (ASEDS) - Auxiliar Educacional.

É necessário que os profissionais tenham nível médio ou curso de educação profissional de ensino médio, na forma da Lei de Diretrizes e Bases da Educação, na área de conhecimento específica.

Quando contratados, devem atuar em jornadas de 40 horas semanais, que poderá ser cumprida em escala de plantão, de acordo com a necessidade do trabalho, e serão beneficiados com remuneração inicial no valor de R$ 1.750,10. O contrato será feito sob regime jurídico estatutário, em conformidade com as normas estabelecidas na Lei Estadual nº 869/1952, que dispõe sobre o Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado de Minas Gerais, bem como legislação federal e estadual pertinente.

Vale ressaltar que no quantitativo de vagas total, constam as que são reservadas para candidatos que se enquadrem nos itens especificados no edital de abertura.

As oportunidades serão lotadas nas cidades de: Belo Horizonte, Divinópolis, Governador Valadares, Ipatinga, Juiz de Fora, Montes Claros, Passos, Patos de Minas, Patrocínio, Pirapora, Ribeirão das Neves, Sete Lagoas, Teófilo Otoni, Uberaba, Uberlândia e Unaí.

Atribuições

Os contratados devem planejar, articular e coordenar as atividades e oficinas artístico-culturais, esportivas, recreativas, de inclusão produtiva, pedagógicas, educacionais e de autocuidado dentro dos centros socioeducativos, bem como planejar e organizar os eventos, sob a coordenação do pedagogo ou do terapeuta ocupacional; dentre outras atividades descritas no anexo II do edital de abertura.

Inscrição

Os pedidos de participação devem ser realizados a partir das 9h do dia 16 de junho de 2021 até às 23h59 do dia 16 de julho de 2021, no site da empresa organizadora IBGP. Haverá cobrança de taxa de participação do valor de R$ 73,97.

O candidato desempregado ou aquele que, em razão de limitações de ordem financeira, não possa arcar com o pagamento da taxa de inscrição, sob pena de comprometimento do sustento próprio e de sua família, poderá requerer isenção do pagamento do valor de inscrição exclusivamente no período das 9h do dia 16 de junho de 2021 às 23h59 do dia 18 de junho de 2021, observado o horário de Brasília/DF.

Provas

Este certame conta com prova objetiva de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, composta por temas de: língua portuguesa, informática básica, noções de direito, direitos humanos, raciocínio lógico e conhecimentos específicos. A previsão é que a prova aconteça no dia 15 de agosto de 2021, nas cidades de Belo Horizonte, Barbacena, Curvelo, Divinópolis, Governador Valadares, Ipatinga, Juiz de Fora, Lavras, Montes Claros, Patos de Minas, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Teófilo Otoni, Uberaba, Uberlândia e Unaí.

Haverá ainda avaliação psicológica de caráter eliminatório, sendo que o ingresso do candidato na sala para a realização da avaliação psicológica só será permitido dentro do horário estabelecido no ato de convocação.

Na hipótese de igualdade de nota final entre candidatos, serão aplicados critérios de desempate, tendo preferência, sucessivamente, o candidato que tiver: idade igual ou superior a 60 anos, conforme estabelece o parágrafo único do art. 27 da Lei Federal nº. 10.741/2003 (Estatuto do Idoso), sendo considerada, para esse fim, a data de realização das provas objetivas; maior pontuação no conteúdo de conhecimentos específicos; tiver mais idade; persistindo o empate será considerado o sorteio na presença dos candidatos.

Validade 

Este concurso público tem validade de dois anos, a contar da data da publicação de sua homologação, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Administração Pública.

Jornalista: Karina Felício
Compartilhe: