Câmara Municipal de Jandira - SP suspende provas de Concurso Público

Medida é devido às recomendações relacionadas a pandemia da Covid-19; candidatos devem se atentar à divulgação de nova data
Sexta-feira, 15 de maio de 2020 às 16h00
Câmara Municipal de Jandira - SP suspende provas de Concurso Público

A Câmara Municipal de Jandira, no estado de São Paulo, por meio do Instituto de Gestão de Cidades (IGECS), anuncia uma nova retificação do Concurso Público destinado ao provimento de cargos em caráter efetivo.

Segundo o documento (retificação III), considerando as recomendações relacionadas a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), a aplicação das provas objetivas, que seriam realizadas no dia 24 de maio de 2020, ficam suspensas. Posteriormente, será divulgada uma nova data para esta etapa.

Vale ressaltar que em documento anterior, as inscrições foram prorrogadas (retificação I) e puderam ser realizadas do dia 4 de março de 2020, até às 23h59 do dia 30 de abril de 2020, por meio do site da empresa organizadora IGECS. A taxa de inscrição foi de R$ 40,00 para vagas de ensino fundamental, R$ 55,00 para ensino médio completo e R$ 75,00 para ensino superior completo.

Para mais informações, acesse os editais disponibilizados em nosso site para consulta.

O certame

Há vagas disponíveis entre as seguintes funções: Assistente de Serviços Gerais (2); Auxiliar de Manutenção (1); Gestor de Recursos Humanos (1); Agente de Segurança do Legislativo (1); Analista Legislativo (2); e Procurador Jurídico (1).

É necessário que o candidato possua escolaridade entre níveis fundamental, médio e superior relativo ao cargo no qual pretende concorrer.

Ao ser contratado, os profissionais devem desempenhar atividades em regime de 20 a 37 horas e 30 minutos semanais, mas em determinados cargos, a jornada será atribuída em escala de 12x36. A remuneração mensal é de R$ 1.854,66 a R$ 6.055,71 conforme o cargo pretendido pelo candidato, além de vale-alimentação no valor de R$ 350,00 e vale-transporte.

Como forma de seleção, os candidatos serão avaliados mediante aplicação de prova objetiva, como já mencionada acima, com duração máxima de três horas. Apenas para o cargo de procurador jurídico a duração da prova será de quatro horas. Também haverá prova de títulos.

A prova objetiva consistirá em questões nas disciplinas de língua portuguesa, matemática, raciocínio lógico, noções de informática e conhecimentos específicos.

Vale ressaltar que o prazo de validade deste certame é de dois anos, a contar da data de homologação, prorrogável por igual período.

Jornalista: Bruna Evelyn Pereira
Compartilhe: