UFT - Universidade Federal do Tocantins - TO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS - UFT

EDITAL Nº 105, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2012

ALTERADO PELO EDITAL Nº 109

Notícia:   UFT retifica edital 105/2012

SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA PARA O CARGO DE PROFESSOR SUBSTITUTO 2012.4

A FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS - UFT, neste ato representada pelo seu reitor, Márcio Silveira, designado pelo Decreto de 4 de junho de 2012, publicado no DOU Nº 108, de 5 de junho de 2012, no uso de suas atribuições legais e regimentais, em conformidade com a Lei nº 8.745/93, torna pública a abertura de inscrições destinadas a selecionar candidatos para o cargo de Professor Substituto, conforme discriminação a seguir:

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1 A seleção pública simplificada será regida por este edital, executado pela Comissão Permanente de Seleção (COPESE), da Universidade Federal do Tocantins, e realizada nos campi onde encontram-se sediados os cursos de graduação que integram este edital.

1.2 A seleção pública simplificada visa ao provimento de 24 (vinte e quatro) vagas, cujas especificações estão detalhadas no Anexo I deste edital.

1.3 A seleção constará de uma única etapa, dividida nas seguintes fases:

a) Entrevista e Análise de Curriculum Vitae, de caráter eliminatório e classificatório;

b) Avaliação de Títulos, de caráter apenas classificatório;

c) Prova Didática, de caráter eliminatório e classificatório.

1.4 As atividades referentes ao cargo de Professor Substituto incluem, obrigatoriamente, a docência de nível superior nas áreas de conhecimento do curso (conforme Anexo I deste edital) e, em caráter facultativo, a participação em atividades de pesquisa e extensão da UFT.

2. DA REMUNERAÇÃO

2.1 A remuneração obedecerá aos critérios da tabela abaixo:

TITULAÇÃO

REGIME = 20 HORAS

REGIME = 40 HORAS

DOUTOR

R$ 2.619,03

R$ 4.472,00

MESTRE

R$ 2.072,77

R$ 3.137,18

GRADUADO COM ESPECIALIZAÇÃO

R$ 1.711,80

R$ 2.356,41

GRADUADO

R$ 1.597,92

R$ 2.215,54

2.2 A remuneração dos professores substitutos dar-se-á em observância às classes e níveis estabelecidos para a carreira de Magistério Superior pelo Decreto 94.664/87 e legislação correlata.

2.3 A remuneração dos professores substitutos corresponderá à titulação do Nível I da Classe do título que possui, salvo disposto no item 2.4.

2.4 Em nenhuma hipótese haverá pagamento de remuneração superior ao Nível I da Classe do professor substituído.

2.5 O professor fará jus à remuneração por titulação apresentada no ato da contratação, correspondente à classe de ingresso na função, sendo vedada qualquer alteração posterior em razão de titulação superveniente.

3. DA JORNADA DE TRABALHO

3.1 De acordo com a necessidade de cada curso, a jornada de trabalho dos candidatos que vierem a ser contratados poderá ser cumprida nos turnos diurno e/ou noturno, nos Regimes de Trabalho de 20 (vinte) ou 40 (quarenta) horas/semanais, conforme descrito no quadro de vagas, Anexo I deste edital.

3.2 A modulação do docente em disciplinas será compatível com as necessidades do curso, campus e das diretrizes da Pró-Reitoria de Graduação.

3.3 As aulas poderão ser moduladas no semestre de ingresso do professor substituto para regularização da oferta prevista para o semestre letivo. Além disso, as aulas poderão ser oferecidas fora do período letivo.

4. DOS REQUISITOS BÁSICOS PARA A CONTRATAÇÃO

4.1 Ter sido aprovado na seleção.

4.2 Ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, em caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento de gozo de direitos políticos, nos termos do § 1º, artigo 12, da Constituição Federal.

4.3 Os candidatos estrangeiros, legalmente habilitados, deverão apresentar o visto permanente no momento da contratação.

4.4 Estar em dia com as obrigações eleitorais.

4.5 Apresentar certificado de reservista ou de dispensa de incorporação, em caso de candidato do sexo masculino.

4.6 Apresentar os diplomas, devidamente registrados, que comprovem a titulação exigida para o cargo, conforme Anexo I deste edital.

4.6.1 Para fins de contratação, diplomas expedidos no exterior somente serão aceitos com reconhecimento oficial de Instituição de Ensino Superior do Brasil.

4.7 Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo.

4.8 Cumprir as determinações deste edital.

4.9 Firmar declaração de não estar cumprindo sanção por inidoneidade, aplicada por qualquer órgão público ou entidade da esfera federal, estadual ou municipal.

4.10 O candidato terá 30 (trinta) dias improrrogáveis, contados a partir da data de publicação dos Atos de Autorização de Contratação no Diário Oficial da União, para comparecer à Diretoria de Desenvolvimento Humano da UFT e efetivar a sua contratação.

5. DAS INSCRIÇÕES NA SELEÇÃO SIMPLIFICADA

5.1 O candidato deverá efetuar sua solicitação de inscrição na Seleção observando atentamente os requisitos exigidos para a vaga a que deseja concorrer.

5.2 A solicitação de inscrição será realizada, exclusivamente, via internet, no endereço eletrônico www.copese.uft.edu.br, no horário compreendido entre as 10 horas do primeiro dia de inscrição até as 23h59min do último dia (observado o horário de Palmas - TO), conforme os períodos abaixo:

5.2.1 De 17/12/2012 a 19/12/2012 - Abertura de inscrições - somente para as vagas que exigem a titulação de Doutor;

5.2.2 De 21/12/2012 a 25/12/2012 - Abertura de Inscrições - somente para as vagas que exigem a titulação de Mestre. Caso não haja inscritos para as vagas que exigem a titulação de Doutor (previsto na alínea anterior), as inscrições para estas vagas serão reabertas, neste período, com redução da exigência de Titulação de Doutor para Mestre, conforme Anexo II deste edital.

5.2.3 De 27/12/2012 a 01/01/2013 - Abertura de Inscrições - somente para as vagas que exigem a titulação de Especialista. Caso não haja inscritos para as vagas que exigem a titulação de Mestre (previsto na alínea anterior), as inscrições para estas vagas serão reabertas, neste período, com redução da exigência de Titulação de Mestre para Especialista, conforme Anexo II deste edital.

5.2.4 De 03/01/2013 a 06/01/2013 - Abertura de Inscrições - somente para as vagas que exigem a titulação de Graduado. Caso não haja inscritos para as vagas que exigem a titulação de Especialista (previsto na alínea anterior), as inscrições para estas vagas serão reabertas, neste período, com redução da exigência de Titulação de Especialista para Graduado, conforme Anexo II deste edital.

5.3 A reabertura de inscrições, quando houver, será sempre determinada pela formação mínima especificada no Anexo II deste Edital.

5.4 A solicitação de inscrição será recebida, via internet, com o envio do formulário eletrônico devidamente preenchido. Um recibo eletrônico será emitido como comprovante da confirmação de solicitação de inscrição.

5.5 Após o candidato realizar sua solicitação de inscrição, via internet, um boleto bancário será emitido para pagamento da taxa de inscrição na Seleção.

5.5.1 O pagamento do boleto bancário deverá, obrigatoriamente, ser efetuado no Banco do Brasil, para uma maior rapidez no processamento dos dados e na realização do certame.

5.5.2 Em hipótese alguma será aceito agendamento de pagamento de nenhuma natureza (Depósito por envelope ou pagamento programado), nem transferência.

5.6 O Formulário de Solicitação de Inscrição deverá ser preenchido completamente pelo candidato, de acordo com as especificações do Anexo I deste Edital.

5.7 Taxa única de inscrição: R$ 80,00 (oitenta reais).

5.8 O prazo final para o pagamento das inscrições, de acordo com a formação especificada no item 5.2, deverá estar em conformidade com os prazos dispostos no item 12.

5.8.1 As solicitações de Inscrição, cujos pagamentos forem efetuados fora dos prazos informados no item anterior, e/ou estiverem em desacordo com o item 5.5 e seus subitens, não serão acatadas.

5.9 DA ISENÇÃO DA TAXA DE INSCRIÇÃO

5.9.1 Poderão pleitear isenção da taxa de inscrição os candidatos que preencherem os seguintes requisitos:

a) estiver inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal - CadÚnico, de que trata o Decreto Nº 6.135, de 26 de junho de 2007; e

b) for membro de família de baixa renda - aquela com renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo, ou a que possua renda familiar mensal de até três salários mínimos.

5.9.2 A isenção mencionada no subitem 5.9.1 deverá ser solicitada mediante requerimento (Anexo IV deste edital), devendo este ser encaminhado exclusivamente via Fax - (63) 3232-8545, no horário das 08h às 12h e das 14h às 18h, para apreciação nos prazos descritos abaixo, correspondentes as alíneas do item 5.2:

a) Três dias antes da abertura das inscrições: dia 14/12/2012 e o resultado no dia 17/12/2012;

b) No dia anterior à 1ª reabertura de inscrições: dia 20/12/2012 e resultado no dia 21/12/2012;

c) No dia anterior à 2ª reabertura de inscrições: dia 26/12/2012 e resultado no dia 27/12/2012; e

d) No dia anterior à 3ª reabertura de inscrições: dia 02/01/2013 e resultado no dia 03/01/2013.

5.9.3 A COPESE/UFT consultará o órgão gestor do CadÚnico para verificar a veracidade das informações prestadas pelo candidato.

5.9.4 Solicitações de isenção sem o número do NIS (CadÚnico) serão preliminarmente indeferidas.

5.9.5 Os candidatos que tiverem o pedido de isenção indeferido deverão pagar o valor integral da taxa de inscrição, conforme os prazos dispostos no item 12.

5.10 DA CONFIRMAÇÃO DA INSCRIÇÃO

5.10.1 Todas as inscrições serão confirmadas após a efetivação do pagamento da taxa de inscrição, bem como da entrega da documentação descrita no item 7.1 e seus subitens. A relação dos candidatos que tiveram suas inscrições confirmadas será publicada na internet, no endereço eletrônico www.copese.uft.edu.br, no dia 16/01/2013.

5.10.2 O candidato que desejar interpor recurso(s) em face da não confirmação de sua inscrição, disporá do primeiro dia útil após a publicação da lista de confirmação das inscrições.

5.10.3 Os recursos contra a não confirmação de inscrição deverão ser encaminhados à COPESE via Fax (63) 3232-8545, no horário das 08h às 12h e das 14h às 18h.

5.11 DAS DISPOSIÇÕES GERAIS SOBRE A INSCRIÇÃO

5.11.1 É vedada a inscrição extemporânea.

5.11.2 Não serão aceitos pedidos de alteração de opção de código de vaga/campus/curso/área, após o pagamento da inscrição.

5.11.3 O valor referente ao pagamento da taxa de inscrição não será devolvido em hipótese alguma, salvo no caso de cancelamento do certame por conveniência da Administração Superior da UFT.

5.11.4 Não serão aceitas solicitações de inscrições via fax e/ou via correio eletrônico.

5.11.5 No ato da inscrição, a solicitação de condições especiais será atendida obedecendo a critérios de viabilidade e razoabilidade.

5.11.6 As informações prestadas na solicitação de inscrição serão de inteira responsabilidade do candidato, sendo excluído da seleção pública aquele que não preencher o formulário de forma completa, correta e legível ou que fornecer dados comprovadamente inverídicos.

5.11.7 Ao se inscrever, o candidato aceita e declara que os documentos exigidos no presente edital deverão ser apresentados por ocasião da contratação, com o objetivo de atestar a compatibilidade com as exigências para o cargo.

5.11.8 Não serão aceitas as solicitações de inscrição que não atenderem rigorosamente ao estabelecido neste edital.

5.11.9 A COPESE não se responsabiliza por solicitação de inscrição via Internet não recebida por motivos de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, bem como outros fatores de ordem técnica que impossibilitem a transferência de dados.

5.11.10 O candidato deverá concorrer apenas para uma vaga. Havendo mais de uma inscrição, prevalecerá a última inscrição confirmada, conforme prazos previstos no item 12.

6. DOS CANDIDATOS QUE NECESSITAM DE ATENDIMENTO DIFERENCIADO

6.1 O candidato que necessitar de atendimento diferenciado deverá encaminhar via SEDEX, para COPESE/Seleção Pública Simplificada para Professor Substituto 2012.4, Caixa Postal nº 114, CEP 77.001-970, Palmas-TO, até o dia 07/01/2013, atestados médicos comprobatórios da sua condição e requerimento especificando o tipo de atendimento desejado. Esses documentos serão analisados por uma junta médica oficial, que concederá, ou não, o tipo de atendimento solicitado.

6.2 O candidato, neste caso, deverá verificar, no endereço eletrônico www.copese.uft.edu.br, a confirmação do atendimento de sua solicitação, no dia 16/01/2013.

7. DA DOCUMENTAÇÃO

7.1 Os candidatos deverão entregar Curriculum Vitae devidamente comprovado e os respectivos documentos para a avaliação de títulos nos locais descritos abaixo, de acordo com o Campus ao qual está concorrendo até o dia 11/01/2013, nos seguintes endereços:

7.1.1 ARAGUAÍNA: nas respectivas Coordenações dos Cursos, Campus Universitário de Araguaína - UFT - Rua Paraguai, s/n, Esquina com a Rua Uxiramas - Setor Cimba, CEP: 77824-838, Araguaína - TO. Fone Geral: (63) 2112-2201/2202.

7.1.2 ARRAIAS: nas respectivas Coordenações dos Cursos, Campus Universitário de Arraias - UFT - Av. Juraíldes de Sena e Abreu, s/nº, Setor Buritizinho (Campus Novo - Bloco III), CEP: 77.330-000, Arraias-TO. Fone Geral: (63) 3653-1531.

7.1.3 GURUPI: nas respectivas Coordenações dos Cursos, Campus Universitário de Gurupi - UFT - Rua Badejos, Lt. 07, Chácara 69/72, Zona Rural, CEP 77402-970, Fone Geral: (63) 3311-3500, FAX: (63) 3311-3501.

7.1.4 MIRACEMA: nas respectivas Coordenações dos Cursos, Campus Universitário de Miracema - UFT - Rua Lourdes Solino, S/Nº, Setor Universitário, CEP 77650-000, Miracema -TO. Fone Geral: (63) 3366-8602.

7.1.5 PALMAS: Coordenação de Recursos Humanos - Campus Universitário de Palmas - UFT - Avenida NS 15, ALC NO 14, saída para Paraíso, Bloco Bala - Sala 08, CEP: 77.001-090. Fone (63) 3232-8082.

7.1.6 PORTO NACIONAL: nas respectivas Coordenações dos Cursos, Campus Universitário de Porto Nacional - UFT - Rua 3, Quadra 17, Jardim dos Ipês, s/nº, CEP: 77.500-000, Porto Nacional -TO. Fone: (63) 3363-0508/0510.

7.1.7 TOCANTINÓPOLIS: nas respectivas Coordenações dos Cursos, Campus Universitário de Tocantinópolis - UFT, Avenida Nossa Senhora de Fátima, nº 1.588, CEP 77900-000, Tocantinópolis - TO. Fone: (63) 3471-6001/6004.

7.2 Faz-se necessária a apresentação da documentação original ou apresentação de cópia autenticada em cartório para efeitos de pontuação na avaliação de títulos, prevista nos itens 8.4 e 8.5 e seus respectivos subitens.

7.2.1 Os documentos também poderão ser conferidos com o original nos locais mencionados no item 7.1 e seus subitens, através da apresentação do original e de uma cópia.

7.3 Candidatos de outras localidades poderão enviar a documentação necessária, devidamente autenticada em cartório, somente por sedex, aos endereços apresentados acima.

7.3.1 O Sedex deve ser postado até o dia 09 de janeiro de 2013.

7.4 O candidato que não entregar e/ou enviar o Curriculum Vitae, conforme itens anteriores, será eliminado do processo seletivo, sendo-lhe vetada a participação nas demais etapas.

8. DAS BANCAS EXAMINADORAS E DAS PROVAS

8.1 DAS BANCAS EXAMINADORAS

8.1.1 As Bancas Examinadoras serão instituídas por Ato do Diretor do Campus detentor da vaga.

8.1.2 A Banca Examinadora emitirá tantas Atas quantas forem necessárias para registrar todas as atividades e fundamentações utilizadas no desenvolvimento da Seleção.

8.1.3 Cada Banca Examinadora atribuirá pontuação a cada candidato na Entrevista e Análise de Curriculum Vitae, bem como na Avaliação de Títulos.

8.1.4 Cada membro da Banca Examinadora atribuirá pontuação individual a cada candidato na Prova Didática.

8.2 DAS PROVAS

8.2.1 As Provas serão realizadas no Campus onde encontra-se sediado o curso para o qual o candidato efetuou sua inscrição.

8.2.2 É de responsabilidade exclusiva do candidato a identificação correta de seu local de prova e o comparecimento no dia e horário determinados.

8.2.3 Não serão dadas por telefone informações a respeito de datas, locais e horários de provas. O candidato deverá observar rigorosamente os editais e os comunicados a serem divulgados na Internet, no endereço eletrônico www.copese.uft.edu.br.

8.3 DA ENTREVISTA E ANÁLISE DE CURRICULUM VITAE

8.3.1 A Entrevista e a Análise do Curriculum Vitae, de caráter eliminatório e classificatório, serão realizadas no dia 22 de janeiro de 2013 e seguirão os critérios apresentados na tabela abaixo:

Critérios para realização das Entrevistas

Pontuação por item entrevistado

a) Atividades do Curriculum Vitae vinculados à função de professor (Na).

Será atribuído de 0 a 8 pontos

b) Atividades do Curriculum Vitae em relação às disciplinas/áreas disponíveis para a vaga (Nb).

Será atribuído de 0 a 8 pontos

c) Disponibilidade do candidato em relação aos horários das disciplinas do curso (Nc).

Será atribuído de 0 a 4 pontos

d) Disponibilidade do candidato em relação à orientação de alunos (Nd).

Será atribuído de 0 a 4 pontos

Nota da Entrevista (NE)

NE = Na + Nb + Nc + Nd/4

Pontuação mínima na NE para ser classificado para a fase seguinte

03 pontos

Pontuação máxima na NE

06 pontos

8.3.2 A nota da Entrevista e Análise de Curriculum Vitae será a média aritmética das notas atribuídas pela Banca Examinadora a cada um dos critérios descritos na tabela apresentada no subitem 8.3.1.

8.3.3 Cada Coordenação de Curso deverá marcar o local e o horário das entrevistas com seus respectivos candidatos, cuja divulgação ocorrerá na internet, no endereço eletrônico www.copese.uft.edu.br, e obedecerá o cronograma apresentado no item 12.

8.3.3.1 O candidato ausente na Entrevista e Análise do Curriculum Vitae, em conformidade com o item 8.3.4 deste edital, estará automaticamente eliminado da seleção, com isso não poderá participar das demais etapas da seleção.

8.3.4 Será eliminado da Seleção o candidato que obtiver nota inferior a 3,0 (três) pontos na Entrevista.

8.4 DA AVALIAÇÃO DE TÍTULOS

8.4.1 A Avaliação de Títulos, de caráter classificatório, será realizada considerando apenas os documentos entregues nos termos do item 7 deste edital e seus subitens. Não serão aceitos títulos encaminhados via fax, correio eletrônico e/ou entregue fora do prazo.

8.4.2 Somente terão os títulos avaliados os candidatos que obtiverem nota igual ou superior a 3,0 (três) pontos na Entrevista e na Prova Didática.

8.4.3 O candidato que não entregar os títulos na forma, no prazo e nos locais estipulados não terá os títulos avaliados.

8.4.4 Não serão consideradas, para efeito de pontuação, as cópias não autenticadas em cartório ou não conferidas com o original nos locais indicados no item 7.1 e seus subitens, em substituição das autenticações.

8.4.5 Só serão aceitos como títulos, publicações em Multimídia cujas cópias impressas sejam entregues com os respectivos CDs, DVDs e/ou Disquetes, para posterior conferência da Banca Examinadora. No caso de publicações cujos originais encontram-se em endereços eletrônicos na Internet, estes deverão ser informados no rodapé da primeira página de cada cópia, a fim de possibilitar a conferência da Banca Examinadora.

8.4.6 Na impossibilidade de comparecimento do candidato, serão aceitos os títulos entregues por terceiros, mediante apresentação de documento de identidade original do procurador e de procuração simples acompanhada de cópia legível do documento de identidade do candidato.

8.4.6.1 Serão de inteira responsabilidade do candidato as informações prestadas por seu procurador, no ato de entrega dos títulos, bem como a entrega dos títulos nas datas e locais previstos neste edital, arcando o candidato com as consequências de eventuais erros de seu representante.

8.4.7 Um título não poderá ser bipontuado.

8.5 DOS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO E AVALIAÇÃO DE TÍTULOS

8.5.1 Para os títulos relacionados nas alíneas "a" e "b" do Anexo III, deve ser apresentado diploma, devidamente registrado, expedido por instituição oficial ou reconhecida conforme legislação brasileira, ou ainda, poderá ser aceita certidão ou declaração da instância superior ou departamento responsável pela expedição de diplomas, especificando que a pessoa/candidato concluiu todas as exigências do programa, e aguarda a expedição do diploma de conclusão do curso, conforme prevê a legislação.

8.5.2 O documento relacionado na alínea "c" do Anexo III somente será aceito se for expedido por instituição oficial ou reconhecida pelo MEC e indicar a carga horária.

8.5.2.1 Para fins de pontuação na Avaliação de Títulos, diplomas e certificados expedidos no exterior, somente serão considerados com reconhecimento oficial de Instituição de Ensino Superior do Brasil.

8.5.2.2 Declarações ou atestados de conclusão de curso ou de disciplinas não serão aceitos como congêneres aos títulos relacionados nas alíneas "a", "b" e "c" do Anexo III.

8.5.3 Para receber a pontuação relativa aos títulos relacionados nas alíneas "d" e "e" do Anexo III, o candidato deverá atender a uma das seguintes opções:

a) cópia da Carteira de Trabalho e Previdência Social - CTPS - e declaração que informe o período (com início e fim, se for o caso), nível de escolaridade e a espécie do serviço realizado, com a descrição das atividades desenvolvidas, quando realizado na área privada;

b) certidão emitida que informe o período (com início e fim, se for o caso) e a espécie do serviço realizado, com a descrição das atividades desenvolvidas, quando realizado na área pública;

c) contrato de prestação de serviços ou Recibo de Pagamento Autônomo/RPA, declaração que informe o período (com início e fim, se for o caso) e a espécie do serviço realizado, no caso de serviço prestado como autônomo;

d) ato do dirigente máximo da Instituição, acompanhado de declaração que indique o período da realização das atividades.

8.5.3.1 Os documentos mencionados nas opções "a" e "b" do subitem 8.5.3 deverão ser emitidos por setor de pessoal, de recursos humanos ou equivalente. Não havendo setor de pessoal, deverá ser especificado, na declaração, qual é o setor competente para a emissão do documento.

8.5.3.2 A declaração mencionada na opção "c" do subitem 8.5.3 deverá ser emitida pelo contratante. Não será considerado, como experiência profissional, o tempo de estágio, de monitoria ou de bolsa de estudo.

8.5.4 A comprovação de aprovação em concurso público deverá ser feita por meio de apresentação de certidão, que informe o nível de escolaridade, expedida pelo setor de pessoal ou equivalente do órgão respectivo, ou por meio de cópia do Diário Oficial, autenticada pela imprensa oficial correspondente, especificando o concurso e o cargo no qual o candidato foi aprovado.

8.5.5 Não será considerado concurso público, seleção simplificada constituída apenas de avaliação de títulos e/ou de análise de currículos e/ou de provas práticas e/ou testes psicotécnicos e/ou entrevistas.

8.5.6 Para receber a pontuação relativa ao título relacionado nas alíneas "g", "h" e "i" do Anexo III, o candidato deverá entregar cópia legível das páginas contendo:

a) corpo editorial e/ou dados da editora;

b) resumo ou introdução que comprovem a autoria do texto;

c) indicação do ISSN ou ISBN da publicação.

8.5.6.1 No caso de publicações Multimídia, estas somente serão pontuadas pela Banca Examinadora se estiverem acompanhadas dos respectivos CDs, DVDs e/ou Disquetes, para a conferência dos documentos originais.

8.5.6.2 No caso de publicações da Internet, a pontuação será conferida por meio da verificação dos respectivos originais nos endereços eletrônicos informados pelo candidato.

8.5.6.3 A COPESE não se responsabiliza pela não pontuação de títulos cujos documentos originais não consigam ser visualizados, total ou parcialmente, pela Banca Examinadora, por motivos de ordem técnica, problemas na leitura de CD, Disquete e/ou DVD, bem como pela impossibilidade de identificação, acesso e/ou inexistência dos endereços eletrônicos.

8.5.7 Todo documento expedido em língua estrangeira, exceto aqueles relacionados nas alíneas "g", "h" e "i" do Anexo III, somente será considerado quando traduzido para a língua portuguesa por tradutor juramentado.

8.5.8 Para comprovação dos títulos relativos às alíneas "j", "l" e "m" do Anexo III, deverá ser apresentada cópia das atas de defesa ou Declaração do Programa.

8.6 DA PROVA DIDÁTICA

8.6.1 A Prova Didática, de caráter eliminatório e classificatório, será realizada no dia 24 de janeiro de 2013 e consistirá de uma aula teórica, ministrada em nível de graduação, sobre o tema sorteado dentre os contidos nos Objetos de Avaliação descritos no Anexo I deste edital.

8.6.2 Caberá às Coordenações dos Cursos que participam desta seleção a definição do local e horário da Prova Didática, bem como a realização do sorteio do tema. Será sorteado um tema único por código de vaga.

8.6.2.1 É facultado ao candidato assistir ao sorteio do tema da Prova Didática.

8.6.3 Os temas sorteados, bem como o local e horário da Prova Didática, serão divulgados no endereço eletrônico www.copese.uft.edu.br, com antecedência mínima de 24 horas.

8.6.4 A Prova Didática valerá de 0 a 6 pontos.

8.6.5 A nota final da Prova Didática será a média aritmética das notas individuais atribuídas pelos membros da Banca Examinadora.

8.6.6 A Prova Didática terá a duração de até 30 minutos para exposição e, até 10 minutos para argüição.

8.6.7 Caberá ao candidato decidir sobre a forma de abordagem, bem como de apresentação do tema escolhido, sendo-lhe facultado o uso de recursos audiovisuais, que não serão disponibilizados pela COPESE ou pela Universidade Federal do Tocantins. Não será acrescido tempo extra para montagem deste(s) recurso(s).

8.6.8 Na Prova Didática, a Banca Examinadora avaliará o candidato quanto:

a) à capacidade de organizar idéias sobre o tema sorteado e de expô-las ao nível do aluno;

b) à objetividade e ao espírito crítico;

c) ao domínio do tema sorteado;

d) à coerência entre o plano de aula apresentado e o desenvolvimento da aula.

8.6.9 O candidato deverá entregar 3 (três) vias do seu plano de aula para a Prova Didática no início da sua avaliação. O plano de aula também será objeto de avaliação pela banca.

8.6.9.1 O candidato que não entregar as 3 vias do seu plano de aula será automaticamente eliminado da Seleção, sendo lhe vetada a participação nas demais etapas.

8.6.10 O candidato poderá ser arguido ao final de sua exposição por qualquer membro da Banca Examinadora.

8.6.11 Será eliminado da Seleção o candidato que obtiver nota inferior a 3,0 (três) pontos na Prova Didática.

9. DA NOTA FINAL E DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE

9.1 A Nota Final da Seleção dar-se-á pela soma das notas atribuídas à Entrevista e Análise de Curriculum Vitae, à Avaliação de Títulos e à Prova Didática.

9.2 Em caso de empate na Nota Final da Seleção, terá preferência o candidato que:

a) tiver idade igual ou superior a sessenta anos até o último dia de inscrições nesta Seleção, conforme Parágrafo Único do Artigo 27 da Lei nº 10.741/03 (Estatuto do Idoso), dando-se preferência ao candidato de idade mais elevada;

b) obtiver maior nota na Prova Didática;

c) obtiver maior pontuação na Avaliação de Títulos;

d) obtiver maior nota na Entrevista.

10. DOS RECURSOS

10.1 O(s) recurso(s) contra o resultado provisório deve(m) ser encaminhados exclusivamente via internet, no primeiro dia após a publicação do resultado provisório, de 0h às 23h59min, no endereço eletrônico www.copese.uft.edu.br.

10.2 Não será aceito recurso via fax, via postal, via correio eletrônico, via presencial, tampouco será aceito recurso extemporâneo. Somente serão aceitos os recursos encaminhados na forma do subitem 10.1, devidamente identificados.

10.3 Será preliminarmente indeferido recurso extemporâneo, inconsistente, que não atenda às exigências e especificações estabelecidas neste edital ou em outros editais que vierem a ser publicados.

10.4 Os resultados dos recursos serão divulgados nos dias: 18/01/2013 - no que diz respeito à confirmação de inscrição; e 31/01/2013 - relativo ao Resultado Provisório da Entrevista e Análise do Curriculum Vitae, da Avaliação de Títulos e da Prova Didática, exclusivamente no endereço eletrônico www.copese.uft.edu.br. Não serão encaminhadas respostas individuais aos candidatos, porém, será disponibilizada cópia do resultado do recurso aos que solicitarem diretamente à Comissão Permanente de Seleção (COPESE).

10.5 O parecer final da Banca Examinadora é irrecorrível, e somente poderá ser recusado à vista de irregularidade e inobservância das normas pertinentes à Seleção Simplificada, que a torne eivada de vícios, declaradas pela maioria do Conselho Universitário, presidido pelo Reitor da UFT, que proporá a anulação da Seleção para a vaga correspondente.

10.6 Em hipótese alguma será aceito pedido de revisão de recurso e/ou recurso de recurso.

11. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

11.1 A qualquer tempo, poder-se-á anular ou rever a inscrição, as provas e a contratação do candidato, desde que verificada falsidade em qualquer declaração e/ou qualquer irregularidade nas provas ou em documentos apresentados.

11.2 A inscrição do candidato à Seleção implicará aceitação das normas contidas em comunicados, neste edital e em outros editais eventualmente publicados.

11.3 As despesas decorrentes da participação em todas as fases e em todos os procedimentos desta Seleção correrão por conta do candidato, que não terá direito a alojamento, alimentação, transporte e/ou ressarcimento de despesas.

11.4 O resultado final será publicado pela COPESE no endereço eletrônico www.copese.uft.edu.br, no menu "Seleções", na data provável de 31 de janeiro de 2013.

11.4.1 A UFT publicará no endereço eletrônico www.uft.edu.br os procedimentos e o cronograma para a contratação dos candidatos aprovados.

11.4.2 A contratação fica condicionada à aprovação de uma inspeção médica a ser realizada por Junta Médica designada para esse fim, e ao atendimento das condições constitucionais e legais. No ato da contratação, serão exigidos todos os documentos listados, conforme item 11.4.1, bem como a comprovação de compatibilidade de vínculo em cargo público, quando houver, em relação aos regimes de trabalho de 20 e 40 horas/semanais dos códigos de vaga, conforme Anexo I deste Edital.

11.5 O prazo de validade da Seleção será de 1 (um) ano, contado a partir da data de publicação do edital de homologação de resultado final, podendo ser prorrogada por igual período.

11.6 Os candidatos não-classificados poderão reaver seus documentos, na Coordenação do Curso para o qual fez sua inscrição, até 30 dias após a data de publicação do resultado final.

11.7 Os casos omissos serão resolvidos pela Fundação Universidade Federal do Tocantins.

12. DO CRONOGRAMA

DATA

ATIVIDADE

11/12/2012

Publicação do Edital.

17/12/2012 a 19/12/2012

Período de inscrições para as vagas com exigência do título de doutor (Professor Adjunto). Caso não haja inscritos para as vagas com a titulação de Doutor, as inscrições para estas vagas serão reabertas de 21/12/2012 a 25/12/2012 com redução da exigência de Titulação de Doutor para Mestre, conforme Anexo II deste Edital.

20/12/2012

Último dia para pagamento de inscrições (Professor Adjunto).

21/12/2012 a 25/12/2012

Período de inscrições para as vagas com exigência do título de mestre (Professor Assistente). Caso não haja inscritos para as vagas com a titulação de Mestre, as inscrições para estas vagas serão reabertas de 27/12/2012 a 01/01/2013 com redução da exigência de Titulação de Mestre para Especialista, conforme Anexo II deste Edital.

26/12/2012

Último dia para pagamento de inscrições (Professor Assistente).

27/12/2012 a 01/01/2013

Período de inscrições para as vagas reabertas com exigência do título de especialista (Auxiliar de Ensino). Caso não haja inscritos para as vagas com a titulação de Especialista, as inscrições para estas vagas serão reabertas de 03/01/2013 a 06/01/2013 com redução da exigência de Titulação de Especialista para Graduado, conforme Anexo II deste Edital.

02/01/2013

Último dia para pagamento de inscrições (Auxiliar de Ensino).

03/01/2013 a 06/01/2013

Período de inscrições para as vagas reabertas com exigência do título de graduado.

07/01/2013

Último dia para pagamento de inscrições (Graduado).

11/01/2013

Prazo final para entrega do Curriculum Vitae e os respectivos documentos para a avaliação de títulos nos locais descritos no item 7.1.

16/01/2013

Divulgação das Inscrições Confirmadas e Resposta à solicitação de atendimento diferenciado.

17/01/2013

Interposição de Recursos (Confirmação de Inscrição).

18/01/2013

Resposta aos Recursos (Confirmação de Inscrição).

18/01/2013

Divulgação do Local e Horário do Sorteio do Tema para a Prova Didática, do Local e Horário de realização das Entrevistas e do Local e Horário de realização da Prova Didática.

21/01/2013

Sorteio do tema para a Prova Didática.

21/01/2013

Divulgação dos temas sorteados para a Prova Didática (até às 18h).

22/01/2013

Entrevistas e Avaliação de Títulos.

24/01/2013

Prova Didática.

28/01/2013

Divulgação do Resultado Provisório.

29/01/2013

Prazo para interposição de Recursos contra o Resultado Provisório. Horário: das 0h às 23h59min, pela internet, no endereço eletrônico: www.copese.uft.edu.br

Até às 18h do dia 31/01/2013

Resposta aos Recursos e Resultado Final (data provável, conforme item 11.4 do Edital).

Márcio Silveira
Reitor

ANEXO I

QUADRO DE DISTRIBUIÇÃO DAS VAGAS E OBJETOS DE AVALIAÇÃO

C
Ó
D
I
G
O

D
E

V
A
G
A
CAMPUSCURSO

D
E

V
A
G
A
S
C/H ÁREA / DISCIPLINA FORMAÇÃO MÍNIMA EXIGIDA PERÍODO DE INSCRIÇÃO C
L
A
S
S
E
OBJETOS DE AVALIAÇÃO
1Araguaína Gestão e Negócios (Cooperati- vismo) 0140h Psicologia Aplicada ao Gerenciamento de Equipes (Turma A) / Psicologia Aplicada ao Gerenciamento de Equipes (Turma B) / Educação Cooperativista I / Educação Cooperativista II Graduação em Psicologia e Mestrado em Cooperativismo ou Mestrado em Psicologia ou Mestrado em Educação ou Mestrado em Psicoterapia Psicanalítica ou Mestrado em Psicologia do Trabalho ou Mestrado em Psicologia Comportamental ou Mestrado em Psicologia Clínica ou Mestrado em Extensão Rural ou Mestrado em Serviço Social 21/12 a 25/12/2012
Verificar reabertura, caso não haja inscrito com título de Mestre. Neste caso, verificar no Anexo II a formação mínima que será exigida
A
S
S
I
S
T
E
N
T
E
1. Estudo de tecnologia de intervenção psicológica nas organizações.

2. Psicodinâmica do Trabalho.

3. Desenvolvimento das organizações e gerenciamento de equipes.

4. Indivíduo, trabalho e dinâmica das organizações.

5. A organização de grupos e ambiente saudável de trabalho.

6. Cultura e poder nas Organizações: o olhar psicológico.

7. Saúde coletiva e mental nas organizações.

8. Problematizações dos relacionamentos nas organizações.

9. Adoecimento psíquico: alternativas de intervenção nas organizações.

10. Assédio moral e outras psicopatologias do trabalho.

2Arraias Matemática 01 40hLaboratório de Ensino de Matemática II / História da Matemática / Didática Geral / Matemática Básica I Graduação em Matemática e Mestrado em Matemática ou Mestrado em Educação ou Mestrado em Educação Matemática ou Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática 21/12 a 25/12/2012
Verificar reabertura, caso não haja inscrito com título de Mestre. Neste caso, verificar no Anexo II a formação mínima que será exigida
A
S
S
I
S
T
E
N
T
E
1. Matrizes e Sistemas de Equações Lineares.

2. Noções de Funções.

3. Princípio de Indução Matemática.

4. Formação e profissionalização docente.

5. Saberes docentes.

6. Concepções da História da Matemática na Educação Matemática.

7. A História da Matemática e a formação do professor de Matemática.

8. Material didático como instrumento para o processo de ensino e aprendizagem de Matemática.

9. Laboratório de Ensino de Matemática.

10. Perspectivas da Modelagem Matemática e suas relações com a Educação Matemática.

3Arraias Matemática 01 40hMetodologia da Pesquisa em Educação / Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso - Curso de Licenciatura em Matemática / Políticas Públicas e Educação / Didática Geral / Português Instrumental Graduação em Pedagogia ou Graduação em Psicologia ou Graduação em Filosofia ou Graduação em Sociologia ou Graduação em Letras (Licenciatura) ou Graduação em Matemática ou Graduação em História ou Graduação em Geografia e Doutorado em Pedagogia ou Doutorado em Psicologia ou Doutorado em Filosofia ou Doutorado em Sociologia ou Doutorado em Letras ou Doutorado em Matemática ou Doutorado em História ou Doutorado em Geografia 17/12 a 19/12/2012
Verificar reabertura, caso não haja inscrito com título de Doutor. Neste caso, verificar no Anexo II a formação mínima que será exigida
A
D
J
U
N
T
O
1. Projeto de Pesquisa e processos de orientação.

2. Redação técnica.

3. Metodologia de Pesquisa Científica.

4. Concepções acerca do Trabalho de Conclusão de Curso.

5. Políticas públicas recentes em educação básica.

6. Estudo das relações entre Estado, sociedade e educação em diferentes perspectivas.

7. Concepções de ensino e aprendizagem nas diferentes teorias pedagógicas.

8. Organização do trabalho docente: planejamento, desenvolvimento e avaliação do processo de ensino e aprendizagem.

9. Leitura, análise e produção textual.

10. Noções linguístico-gramaticais aplicadas a textos técnicos.

4Arraias Pedagogia 01 40h Introdução à Filosofia / Filosofia da Educação / Ética e Educação / Educação a Distância Graduação em Pedagogia ou Graduação em Normal Superior ou Graduação em Filosofia e Doutorado em Educação 17/12 a 19/12/2012
Verificar reabertura, caso não haja inscrito com título de Doutor. Neste caso, verificar no Anexo II a formação mínima que será exigida
A
D
J
U
N
T
O
1. Origens do pensamento filosófico.

2. Educação para o pensar.

3. Elucidação Conceitual da Filosofia da Educação.

4. A filosofia na formação do educador.

5. Abordagem filosófica de temas da Educação Contemporânea.

6. Fundamentos Conceituais da Ética e da moral relativos a atuação do educador.

7. Ética do dever e da responsabilidade.

8. Educação a Distância e as Novas Tecnologias.

9. Perspectivas e desafios da Educação a Distância.

10. Elementos do processo educativo em sistemas de Educação a Distância.

5Gurupi Engenharia Florestal 01 40h Mecânicas e Máquinas Motoras / Desenho Técnico / Sensoriamento Remoto e Sistema de Informações Geográficas Graduação em Engenharia Florestal ou Graduação em Agronomia ou Graduação em Engenharia Agrícola e Mestrado em Engenharia Florestal ou Mestrado em Engenharia Agrícola ou Mestrado em Agronomia 21/12 a 25/12/2012
Verificar reabertura, caso não haja inscrito com título de Mestre. Neste caso, verificar no Anexo II a formação mínima que será exigida
A
S
S
I
S
T
E
N
T
E
1. Fontes de Potência na Agricultura.

2. Motores de Combustão Interna.

3. Mecanismos para Transmissão de Potência.

4. Normas para Desenho Técnico.

5. Desenho Arquitetônico.

6. Desenho Topográfico.

7. Desenho Assistido por Computador - CAD.

8. Padrão de comportamento espectral dos principais alvos naturais na atmosfera e na superfície terrestre.

9. Estruturas de Sustentação das Construções.

10. Classificação de imagens orbitais.

6Miracema Serviço Social 01 40hGestão e Planejamento em Serviços Social / Estágio e Supervisão Acadêmica III / Política Social II / Estágio e Supervisão Acadêmica IV / Trabalho e Sociabilidade Graduação em Serviço Social e Mestrado em Serviço Social ou Mestrado em Educação ou Mestrado em Sociologia ou Mestrado em Ciência Política ou Mestrado em Economia ou Mestrado em História ou Mestrado em Políticas Públicas ou Mestrado em Políticas Sociais ou Mestrado em Saúde Coletiva ou Mestrado em Antropologia ou Mestrado em Ciências Sociais 21/12 a 25/12/2012
Verificar reabertura, caso não haja inscrito com título de Mestre. Neste caso, verificar no Anexo II a formação mínima que será exigida
A
S
S
I
S
T
E
N
T
E
1. Modelo de políticas públicas.

2. A estrutura do Governo como ambiente natural para a formulação de políticas públicas.

3. Etapa do processo de formulação de políticas públicas.

4. O processo decisório no governo brasileiro.

5. As políticas sociais nas sociedades capitalistas e a questão da cidadania.

6. As interpretações sobre concepção, natureza e desenvolvimento das políticas sociais nos seguintes paradigmas: marxismo, liberalismo clássico, neoliberalismo e social-democracia.

7. O capitalismo monopolista, emergência, desenvolvimento e crise do "welfare state" europeu e das políticas sociais brasileiras.

8. O debate sobre as políticas públicas e sociais. Contribuição do Serviço Social na produção e redimensionamento do conhecimento teórico-prático da política social.

9. O trabalho na sociedade capitalista: produção socializada e apropriação privada da riqueza. A polêmica em torno da crise da sociedade do trabalho e das metamorfoses no mundo do trabalho.

10. O estágio e a supervisão no processo de ensino-aprendizagem. Os desafios postos ao processo de estágio e supervisão na formação profissional do assistente social.

7Miracema Serviço Social01 40hFormação Social, Econômica e Política do Brasil / Formação Histórica, Econômica e Social da Amazônia / Cultura Brasileira e Questões Étnico-Raciais / Ciência Política Graduação em História e Mestrado em História ou Mestrado em Educação ou Mestrado em Sociologia ou Mestrado em Ciência Política ou Mestrado em Economia ou Mestrado em Políticas Públicas ou Mestrado em Políticas Sociais ou Mestrado em Desenvolvimento Regional ou Mestrado em Saúde Coletiva ou Mestrado em Antropologia ou Mestrado em Ciências Sociais 21/12 a 25/12/2012
Verificar reabertura, caso não haja inscrito com título de Mestre. Neste caso, verificar no Anexo II a formação mínima que será exigida
A
S
S
I
S
T
E
N
T
E
1. A herança colonial e a constituição do estado nacional.

2. Emergência e crise da República Velha.

3. Industrialização, urbanização e surgimento de novos sujeitos políticos: O surgimento de classes sociais; a Burguesia industrial, a classe operária, o campesinato e as classes médias.

4. Modernização conservadora no Pós-1964 e reforma do Estado brasileiro.

5. Formação histórica, política, social e econômica da Amazônia com ênfase para o Tocantins Amazônico: a) as minas de ouro em Goiás e os garimpos do Araguaia; b) a presença das ordens religiosas e a criação da Companhia do Grão-Pará e Maranhão na região, no século XVIII.

6. A exploração da borracha no século XX e a s difíceis condições de trabalho e de vida dos chamados "soldados de borracha".

7. Amazônia como palco de conflitos e de problemas político-sociais: a exclusão de índios e camponeses de suas terras. A ocupação de terras na região amazônica e o surgimento de novos sujeitos sociais, dentre outros: posseiros, grileiros e fazendeiros.

8. Relação/resultados da inclusão da Amazônia na nova ordem mundial. A utilização de áreas amazônicas no fornecimento de matérias-primas e da industrialização do país.

9. A criação do estado do Tocantins (1988) e sua inserção na Amazônia Legal. Os povos do Tocantins e o impacto dos projetos de desenvolvimento econômico sobre a vida destes povos.

10. O Estado-Nação e seus pensadores. Análise do Estado capitalista moderno, destacando as principais ideologias contemporâneas: liberalismo, socialismo, nacionalismo e totalitarismo.

8Miracema Serviço Social 01 40hEstágio e Supervisão Acadêmica I / Direito e Legislação Social / Estágio e Supervisão Acadêmica III / Estágio e Supervisão Acadêmica IV / Tópico Especial: Política de Previdência Social Graduação em Serviço Social e Mestrado em Serviço Social ou Mestrado em Educação ou Mestrado em Sociologia ou Mestrado em Ciência Política ou Mestrado em Economia ou Mestrado em História ou Mestrado em Políticas Públicas ou Mestrado em Desenvolvimento Regional ou Mestrado em Saúde Coletiva ou Mestrado em Antropologia ou Mestrado em Ciências Sociais 21/12 a 25/12/2012
Verificar reabertura, caso não haja inscrito com título de Mestre. Neste caso, verificar no Anexo II a formação mínima que será exigida
A
S
S
I
S
T
E
N
T
E
1. O estágio e a supervisão no processo de ensino-aprendizagem.

2. Conceituação de Estágio e Supervisão no processo de ensino-aprendizagem.

3. Avaliação no processo de supervisão de estágio.

4. Supervisão sistemática da prática cotidiana do aluno estagiário pautada no projeto ético-político do Serviço Social.

5. Estudo das expressões da questão social junto ao processo de trabalho do assistente social.

6. Estágio e o projeto ético-político do Serviço Social.

7. Apreensão e exercício do trabalho profissional do Assistente Social nas dimensões teórico-metodológica, ético-política, técnico-operativa, bem como a instrumentalidade do Serviço Social.

8. Os desafios postos ao processo de estágio e supervisão na formação profissional do assistente social.

9. Artigo 6º da Constituição Federal e debate sobre legislação que dá suporte legal à execução das Políticas Públicas e Sociais.

10. Trajetória da previdência social no Brasil no contexto da Seguridade Social e da Reforma do Estado. A Contra-Reforma do Estado e o desmonte da previdência social.

9Palmas Ciência da Computação 0140h Redes de Computadores I / Redes de Computadores II / Sistemas Distribuídos / Arquitetura de Computadores Graduação em Ciência da Computação ou Graduação em Sistemas de Informação ou Graduação em Análise de Sistemas ou Graduação em Processamento de Dados ou Graduação em Engenharia Elétrica ou Graduação em Engenharia da Computação ou Graduação em Engenharia de Redes ou Graduação em Engenharia de Controle e Automação ou Graduação em Engenharia Mecânica ou Graduação em Engenharia de Telecomunicações ou Graduação em Engenharia Naval ou Graduação em Engenharia Aeronáutica ou Graduação em Matemática Computacional ou Graduação em Matemática Aplicada ou Graduação em Matemática ou Graduação em Física e Mestrado em Ciência da Computação ou Mestrado em Engenharia Elétrica ou Mestrado em Matemática ou Mestrado em Física ou Mestrado em Engenharia da Computação ou Mestrado em Engenharia de Sistemas e Computação ou Mestrado em Engenharia de Software ou Mestrado em Informática ou Mestrado em Sistemas e Computação ou Mestrado em Engenharia de Automação e Sistemas ou Mestrado em Engenharia da Informação ou Mestrado em Engenharia de Teleinformática ou Mestrado em Engenharia Eletrônica ou Mestrado em Telecomunicações 21/12 a 25/12/2012
Verificar reabertura, caso não haja inscrito com título de Mestre. Neste caso, verificar no Anexo II a formação mínima que será exigida
A
S
S
I
S
T
E
N
T
E
1. Transmissão analógica e digital.

2. Técnicas de modulação: amplitude, frequência, fase e mistas.

3. Topologias e serviços de redes de computadores.

4. Protocolos TCP/IP.

5. Segurança e gerência de redes de computadores.

6. Coordenação e sincronização de processos distribuídos.

7. Transações distribuídas.

8. Sistemas operacionais distribuídos: sistemas de arquivos, memória compartilhada.

9. Modos de endereçamento.

10. Arquiteturas RISC e CISC.

10Palmas Ciência da Computação 0140h Desenvolvimento de Sistemas / Projeto de Sistemas / Engenharia de Software / Sistemas Operacionais Graduação em Ciência da Computação ou Graduação em Sistemas de Informação ou Graduação em Análise de Sistemas ou Graduação em Processamento de Dados ou Graduação em Engenharia Elétrica ou Graduação em Engenharia da Computação ou Graduação em Engenharia de Redes ou Graduação em Engenharia de Controle e Automação ou Graduação em Engenharia Mecânica ou Graduação em Engenharia de Telecomunicações ou Graduação em Engenharia Naval ou Graduação em Engenharia Aeronáutica ou Graduação em Matemática Computacional ou Graduação em Matemática Aplicada ou Graduação em Matemática ou Graduação em Física e Mestrado em Ciência da Computação ou Mestrado em Engenharia Elétrica ou Mestrado em Matemática ou Mestrado em Física ou Mestrado em Engenharia da Computação ou Mestrado em Engenharia de Sistemas e Computação ou Mestrado em Engenharia de Software ou Mestrado em Informática ou Mestrado em Sistemas e Computação ou Mestrado em Engenharia de Automação e Sistemas ou Mestrado em Engenharia da Informação ou Mestrado em Engenharia de Teleinformática ou Mestrado em Engenharia Eletrônica ou Mestrado em Telecomunicações 21/12 a 25/12/2012
Verificar reabertura, caso não haja inscrito com título de Mestre. Neste caso, verificar no Anexo II a formação mínima que será exigida
A
S
S
I
S
T
E
N
T
E
1. Métodos de Desenvolvimento Ágil: Scrum e XP.

2. Ferramentas de desenvolvimento (Ferramentas CASE).

3. Análise e projeto orientado a objetos: Processo Unificado.

4. Linguagem de Modelagem UML.

5. Requisitos de software.

6. Processos de desenvolvimento de software.

7. Componentes e reuso de software.

8. Métricas de software: métricas de processo e métricas de produto.

9. Verificação, validação e teste de software.

10. Manutenção e evolução de software.

11Palmas Ciência da Computação 0140h Introdução à Informática / Tecnologia da Informação e Comunicação / Introdução à Ciência da Computação / Banco de Dados Graduação em Ciência da Computação ou Graduação em Sistemas de Informação ou Graduação em Análise de Sistemas ou Graduação em Processamento de Dados ou Graduação em Engenharia Elétrica ou Graduação em Engenharia da Computação ou Graduação em Engenharia de Redes ou Graduação em Engenharia de Controle e Automação ou Graduação em Engenharia Mecânica ou Graduação em Engenharia de Telecomunicações ou Graduação em Engenharia Naval ou Graduação em Engenharia Aeronáutica ou Graduação em Graduação em Matemática Computacional ou Graduação em Matemática Aplicada ou Graduação em Matemática ou Graduação em Física e Mestrado em Ciência da Computação ou Mestrado em Engenharia Elétrica ou Mestrado em Matemática ou Mestrado em Física ou Mestrado em Engenharia da Computação ou Mestrado em Engenharia de Sistemas e Computação ou Mestrado em Engenharia de Software ou Mestrado em Engenharia de Automação e Sistemas ou Mestrado em Engenharia da Informação ou Mestrado em Engenharia de Teleinformática ou Mestrado em Engenharia Eletrônica ou Mestrado em Telecomunicações 21/12 a 25/12/2012
Verificar reabertura, caso não haja inscrito com título de Mestre. Neste caso, verificar no Anexo II a formação mínima que será exigida
A
S
S
I
S
T
E
N
T
E
1. História da computação.

2. Portas Lógicas.

3. Estruturas de Controle: Sequencial, Seleção e Repetição.

4. Variáveis Compostas Homogêneas.

5. Fluxograma e Algoritmo.

6. Fundamentos de Arquitetura de Computadores.

7. Fundamentos de Redes de Computadores.

8. Evolução dos Sistemas de Bancos de Dados.

9. Sistemas Gerenciadores de Bancos de Dados.

10. Linguagem SQL.

12Palmas Ciências Contábeis 01 40hContabilidade Imobiliária e de Serviços / Análise das Demonstrações Contábeis / Administração Financeira e Orçamento Empresarial / Contabilidade Gerencial Graduação em Ciências Contábeis e Mestrado em Ciências Contábeis ou Mestrado em Administração ou Mestrado em Desenvolvimento Regional e Agronegócio ou Mestrado em Ciências do Ambiente ou Mestrado em Engenharia da Produção ou Mestrado em Economia ou Mestrado em Sistema da Informação ou Mestrado em Ciência da Computação ou Mestrado em Educação 21/12 a 25/12/2012
Verificar reabertura, caso não haja inscrito com título de Mestre. Neste caso, verificar no Anexo II a formação mínima que será exigida
A
S
S
I
S
T
E
N
T
E
1. Contabilidade Imobiliária: Operações imobiliárias.

2. Contabilidade de serviços: escrituração das operações de prestação de serviço.

3. Objetivos e Finalidades da Análise das Demonstrações Contábeis.

4. Análise Vertical e Horizontal.

5. Análise Financeira e Econômica.

6. Alavancagem Operacional e Financeira.

7. O papel da administração financeira e do administrador financeiro.

8. Administração do capital de giro.

9. Orçamento empresarial: Fundamentos e conceitos do orçamento global da empresa.

10. O orçamento para planejar os resultados.

13Palmas Ciências Econômicas 01 40h Contabilidade Nacional / Teoria Microeconômica / Teoria Macroeconômica Graduação em Ciências Econômicas e Mestrado em Economia ou Mestrado em Economia Aplicada ou Mestrado em Desenvolvimento Regional ou Mestrado em Desenvolvimento Regional e Agronegócio ou Mestrado em Desenvolvimento Econômico 21/12 a 25/12/2012
Verificar reabertura, caso não haja inscrito com título de Mestre. Neste caso, verificar no Anexo II a formação mínima que será exigida
A
S
S
I
S
T
E
N
T
E
1. Equilíbrio de Mercado (Demanda e Oferta) e Elasticidade.

2. Teoria do Consumidor: Utilidade, Preferências.

3. Teoria da Firma: Maximização de Lucros.

4. Estruturas de Mercado: Monopólio e Oligopólio.

5. Contas Nacionais: Agregados Macroeconômicos.

6. Registro das transações internacionais no âmbito das Contas Nacionais.

7. Matriz Insumo-Produto.

8. Modelos Macroeconômicos de Determinação da Renda.

9. Modelo IS-LM e Demanda Agregada.

10. Curva de Phillips e Oferta Agregada.

14Palmas Comunicação Social C
a
d
a
s
t
r
o

d
e

R
e
s
e
r
v
a
40hJornalismo Online / Estudos Contemporâneos / Educomunicação / Optativa Graduação em Comunicação Social - Jornalismo e Doutorado em Comunicação ou Doutorado em Ciências Sociais ou Doutorado em Educação ou Doutorado em Linguística ou Doutorado em Letras ou Doutorado em Multimeios 17/12 a 19/12/2012
Verificar reabertura, caso não haja inscrito com título de Doutor. Neste caso, verificar no Anexo II a formação mínima que será exigida
A
D
J
U
N
T
O
1. O papel social do jornalismo e a ética profissional.

2. Ética e tecnologia aplicada ao jornalismo online.

3. Interfaces da educação com a comunicação.

4. A cobertura jornalística, princípios e técnicas.

5. Gêneros jornalísticos e novas tecnologias.

6. Consumo, indústrias culturais e meios de comunicação.

7. Jornalismo político na era digital.

8. Aspectos culturais da sociedade brasileira.

9. Aspectos da notícia no jornalismo online.

10. A comunicação como um direito humano.

15Palmas Comunicação Social C
a
d
a
s
t
r
o

d
e

R
e
s
e
r
v
a
40h Novas Tecnologias e Sociedade Informacional / Sociologia da Comunicação / Política Brasileira / Optativa Graduação em Comunicação Social - Jornalismo e Mestrado em Comunicação ou Mestrado em Ciências Sociais ou Mestrado em Educação ou Mestrado em Linguística ou Mestrado em Letras ou Mestrado em Desenvolvimento Regional ou Mestrado em Ciências do Meio Ambiente ou Mestrado em Multimeios 21/12 a 25/12/2012
Verificar reabertura, caso não haja inscrito com título de Mestre. Neste caso, verificar no Anexo II a formação mínima que será exigida
A
S
S
I
S
T
E
N
T
E
1. Tecnologias digitais e a sociedade da informação.

2. Cenário, espaços e linguagens na cultura digital.

3. Redes de aprendizagem.

4. Ciberculturas.

5. Desafios da sociedade em rede.

6. Aspectos políticos da sociedade brasileira.

7. A construção da democracia brasileira.

8. Os autores clássicos da sociologia: Marx, Weber e Durkheim.

9. O papel da sociologia para compreensão da sociedade da informação.

10. A formação da sociedade de massa e de consumo.

16Palmas Engenharia de Alimentos 01 40h Física II / Física III / Laboratório de Física (Turma A) / Laboratório de Física (Turma B) Graduação em Física ou Graduação em Engenharia Mecânica ou Graduação em Engenharia Química ou Graduação em Engenharia Civil ou Graduação em Engenharia Elétrica e Mestrado em Física 21/12 a 25/12/2012
Verificar reabertura, caso não haja inscrito com título de Mestre. Neste caso, verificar no Anexo II a formação mínima que será exigida
A
S
S
I
S
T
E
N
T
E
1. Oscilações e Ondas.

2. Hidrostática e Fluidos.

3. Termometria e Calorimetria.

4. Fenômenos térmicos.

5. Teoria cinética dos gases.

6. Força e campo elétrico.

7. Potencial elétrico e capacitância.

8. Circuitos de corrente continua e corrente alternada.

9. Campo magnético.

10. Indução eletromagnética.

17Palmas Filosofia 01 40h Estágio Supervisionado III / Laboratório de Produção de Material Didático II Graduação em Filosofia e Mestrado em Filosofia ou Mestrado em Educação 21/12 a 25/12/2012
Verificar reabertura, caso não haja inscrito com título de Mestre. Neste caso, verificar no Anexo II a formação mínima que será exigida
A
S
S
I
S
T
E
N
T
E
1. A Filosofia no Ensino Médio.

2. Metodologia da produção do texto filosófico.

3. A Filosofia como processo pedagógico.

4. Estágio Supervisionado e formação docente: desafios e possibilidades.

5. Ensino de Filosofia: fundamentos e técnicas.

6. Correntes da metodologia do ensino da Filosofia.

7. Problemas da Filosofia política contemporânea.

8. A crise da tradição política.

9. A ação moral como questão filosófica.

10. Principais correntes da ética contemporânea.

18Porto Nacional Geografia 01 40h Filosofia da Educação / Prática de Geografia no Ensino Fundamental / Prática de Geografia no Ensino Médio / Estágio VII e Trabalho de Conclusão de Curso II Graduação em Geografia e Doutorado em Geografia 17/12 a 19/12/2012
Verificar reabertura, caso não haja inscrito com título de Doutor. Neste caso, verificar no Anexo II a formação mínima que será exigida
A
D
J
U
N
T
O
1. Compreensão da filosofia em suas dimensões histórica, gnosiológica, conceitual, social e ética.

2. A importância da filosofia para uma visão de educação crítica e reflexiva.

3. As peculiaridades do ensino fundamental.

4. A criança e o conhecimento do espaço.

5. A adolescência e a juventude e o conhecimento do espaço.

6. O papel da Geografia no ensino fundamental e os temas e metodologias de ensino mais condizentes com este papel.

7. O papel da Geografia no ensino médio e os temas e metodologias de ensino mais condizentes com este papel.

8. A interdisciplinaridade e o ensino de Geografia.

9. O livro didático de Geografia no Ensino Atual.

10. As particularidades do ensino médio.

19Porto Nacional Geografia01 40hGeografia Econômica / Geografia Política / Técnica de Pesquisa em Geografia / Optativa Graduação em Geografia e Mestrado em Geografia 21/12 a 25/12/2012
Verificar reabertura, caso não haja inscrito com título de Mestre. Neste caso, verificar no Anexo II a formação mínima que será exigida
A
S
S
I
S
T
E
N
T
E
1. Principais matrizes do pensamento econômico.

2. Dinâmicas do capitalismo do século XXI - globalização; financeirização; fragmentação do território.

3. Geografia política e geopolítica contemporâneas.

4. Relação entre Política e Território e geração de desigualdades.

5. Federalismo e configuração territorial.

6. Projeto político de Estado-nação e o território brasileiro.

7. Importância de Ratzel na geografia política.

8. Território, fronteiras e globalização.

9. Uma globalização perversa.

10. Território e representação política.

20Porto Nacional Letras01 40hEscrita Acadêmica / Semântica / Pragmática / Princípios e fundamentos da linguagem Graduação em Letras Português ou Graduação em Letras Clássicas e Doutorado em Linguística ou Doutorado em Letras 17/12 a 19/12/2012
Verificar reabertura, caso não haja inscrito com título de Doutor. Neste caso, verificar no Anexo II a formação mínima que será exigida
A
D
J
U
N
T
O
1. Significado e produção de sentido.

2. Abordagem referencial em semântica.

3. Ciências da linguagem: conceitos fundamentais.

4. Universais linguísticos.

5. Os vários campos do estudo da linguística.

6. Teoria dos atos de fala.

7. Teoria conversacional - máximas e implicaturas.

8. Gêneros textuais: resumo, resenha e artigo.

9. Análise do texto: coerência e coesão.

10. Modos de organização do discurso.

21Porto Nacional Letras01 40hLíngua Inglesa / Fonética e Fonologia da Língua Inglesa / Leitura e Produção de Texto Oral e Escrito na Língua Inglesa / Introdução à Tradução / Linguística Aplicada ao Ensino de Língua Estrangeira Graduação em Letras (Português-Inglês) ou Graduação em Letras (Inglês) e Mestrado em Letras e Linguística ou Mestrado em Linguística Aplicada ou Mestrado em Linguística ou Mestrado em Ensino de Língua e Literatura 21/12 a 25/12/2012
Verificar reabertura, caso não haja inscrito com título de Mestre. Neste caso, verificar no Anexo II a formação mínima que será exigida
A
S
S
I
S
T
E
N
T
E
1. Integrated skills in the English language classroom: theoretical and practical issues.

2. Teaching phonetics, phonology and speech competences.

3. Textual diversity as development of social and discursive abilities.

4. Applied Linguistics in Language Teaching.

5. English for Specific Purposes (ESP) versus Communicative Language Teaching (CLT): different approaches to achieve different goals.

6. Methods and approaches of English Foreign Language (EFL) teaching: an overview.

7. Grammar in a communicative teaching: narrative tenses.

8. Approaches and techniques in English teaching/learning.

9. Theoretical approaches to translation.

10.Translation teaching-learning.

22Tocantinópolis Ciências Sociais01 40hFilosofia / Tópicos Especiais em Ciências Políticas / Ciência Política III / Filosofia da Educação Graduação em Filosofia ou Graduação em Ciências Sociais ou Graduação em Ciência Política ou Graduação em Sociologia e Mestrado em Ciências Sociais ou Mestrado em Ciência Política ou Mestrado em Filosofia ou Mestrado em Desenvolvimento Regional 21/12 a 25/12/2012
Verificar reabertura, caso não haja inscrito com título de Mestre. Neste caso, verificar no Anexo II a formação mínima que será exigida
A
S
S
I
S
T
E
N
T
E
1. Maquiavel e a Ciência Política Moderna.

2. Liberalismo e Contratualismo.

3. Teorias do Estado - a concepção weberiana e marxista.

4. Representação e participação.

5. Legalidade e legitimidade.

6. Estado, governo e sociedade civil.

7. Sócrates, Platão e Aristóteles.

8. Empirismo e Naturalismo.

9. A Filosofia na formação do professor.

10. Pragmatismo e educação.

23 Tocantinópolis Pedagogia 01 40h Projeto de Estágio / Educação Não Escolar / Currículo / Planejamento e Gestão da Educação Escolar Graduação em Pedagogia e Doutorado em Educação 17/12 a 19/12/2012
Verificar reabertura, caso não haja inscrito com título de Doutor. Neste caso, verificar no Anexo II a formação mínima que será exigida
A
D
J
U
N
T
O
1. Perspectiva histórica da formação de professores no Brasil.

2. A nova legislação sobre o estágio na formação do Pedagogo.

3. O estágio na perspectiva de projeto de pesquisa.

4. Os Movimentos Sociais, ONGs e sua relação com a educação.

5. Os Movimentos Sociais na perspectiva da educação transformadora.

6. Educação e o sistema 5 S.

7. Conceitos e perspectivas da concepção tradicional de currículo.

8. Conceitos e perspectivas da concepção crítica de currículo.

9. Conceitos e perspectivas da concepção pós-crítica de currículo.

10. Perspectivas teórico-conceituais em gestão educacional.

24 PalmasEngenharia Ambiental 01 40h Física I / Física II / Física III / Física I (Turma Extra) Graduação em Física ou Graduação em Matemática ou Graduação em Ciências Naturais e Mestrado em Física21/12 a 25/12/2012 Verificar reabertura, caso não haja inscrito com título de Mestre. Neste caso, verificar no Anexo II a formação mínima que será exigidaA
S
S
I
S
T
E
N
T
E
1. Grandezas físicas e vetoriais.

2. Velocidade e aceleração linear escalar.

3. Lançamento vertical e queda livre.

4. Lei de Conservação de Energia.

5. Leis da Termodinâmica.

6. Estática dos fluidos.

7. Hidrostática.

8. Fenômenos elétricos e magnéticos.

9. Lei de Gauss.

10. Propriedades magnéticas da matéria.

ANEXO II

FORMAÇÃO MÍNIMA EXIGIDA PARA CASOS DE REABERTURA DE INSCRIÇÕES

1. FORMAÇÃO MÍNIMA EXIGIDA PARA CÓDIGOS DE VAGA QUE POSSAM TER REABERTURA DE INSCRIÇÃO COM TITULAÇÃO DE MESTRE:

Código de Vaga

Formação Mínima Exigida

3

Graduação em Pedagogia ou Graduação em Psicologia ou Graduação em Filosofia ou Graduação em Sociologia ou Graduação em Letras (Licenciatura) ou Graduação em Matemática ou Graduação em História ou Graduação em Geografia e Mestrado em Pedagogia ou Mestrado em Psicologia ou Mestrado em Filosofia ou Mestrado em Sociologia ou Mestrado em Letras ou Mestrado em Matemática ou Mestrado em História ou Mestrado em Geografia

4

Graduação em Pedagogia ou Graduação em Normal Superior ou Graduação em Filosofia e Mestrado em Filosofia ou Mestrado em Educação

14

Graduação em Comunicação Social - Jornalismo e Mestrado em Comunicação ou Mestrado em Ciências Sociais ou Mestrado em Educação ou Mestrado em Linguística ou Mestrado em Letras ou Mestrado em Desenvolvimento Regional ou Mestrado em Ciências do Meio Ambiente ou Mestrado em Multimeios

18

Graduação em Geografia e Mestrado em Geografia

20

Graduação em Letras Português ou Graduação em Letras Clássicas e Mestrado em Letras e Linguística ou Mestrado em Linguística

23

Graduação em Pedagogia e Mestrado em Educação

2. FORMAÇÃO MÍNIMA EXIGIDA PARA CÓDIGOS DE VAGA QUE POSSAM TER REABERTURA DE INSCRIÇÃO COM TITULAÇÃO DE ESPECIALISTA:

Código de Vaga

Formação Mínima Exigida

1

Graduação em Psicologia e Especialização (Lato Sensu) em Cooperativismo ou Especialização (Lato Sensu) em Psicologia ou Especialização (Lato Sensu) em Educação ou Especialização (Lato Sensu) em Psicoterapia Psicanalítica ou Especialização (Lato Sensu) em Psicologia do Trabalho ou Especialização (Lato Sensu) em Psicologia Comportamental ou Especialização (Lato Sensu) em Psicologia Clínica ou Especialização (Lato Sensu) em Recursos Humanos ou Especialização (Lato Sensu) em Gestão Empresarial ou Especialização (Lato Sensu) em Gestão ou Especialização (Lato Sensu) em Gestão de Cooperativas ou Especialização (Lato Sensu) em Serviço Social ou Especialização (Lato Sensu) em Gestão Pública

2

Graduação em Matemática e Especialização (Lato Sensu) em Matemática ou Especialização (Lato Sensu) em Educação ou Especialização (Lato Sensu) em Educação Matemática

3

Graduação em Pedagogia ou Graduação em Psicologia ou Graduação em Filosofia ou Graduação em Sociologia ou Graduação em Letras (Licenciatura) ou Graduação em Matemática ou Graduação em História ou Graduação em Geografia e Especialização (Lato Sensu) em Pedagogia ou Especialização (Lato Sensu) em Psicologia ou Especialização (Lato Sensu) em Filosofia ou Especialização (Lato Sensu) em Sociologia ou Especialização (Lato Sensu) em Letras ou Especialização (Lato Sensu) em Matemática ou Especialização (Lato Sensu) em História ou Especialização (Lato Sensu) em Geografia

4Graduação em Pedagogia ou Graduação em Normal Superior ou Graduação em Filosofia e Especialização (Lato Sensu) em Mídias na Educação ou Especialização (Lato Sensu) em Coordenação Pedagógica ou Especialização (Lato Sensu) em Gestão Escolar ou Especialização (Lato Sensu) em Metodologia do Trabalho Científico ou Especialização (Lato Sensu) em Metodologia do Ensino Superior
5Graduação em Engenharia Florestal ou Graduação em Agronomia ou Graduação em Engenharia Agrícola e Especialização (Lato Sensu) em Engenharia Florestal ou Especialização (Lato Sensu) em Engenharia Agrícola ou Especialização (Lato Sensu) em Agronomia
6Graduação em Serviço Social e Especialização (Lato Sensu) em Ciências Sociais ou Especialização (Lato Sensu) em Serviço Social ou Especialização (Lato Sensu) em Políticas Sociais ou Especialização (Lato Sensu) em Serviço Social e Políticas Públicas
7Graduação em História e Especialização (Lato Sensu) em Ciências Sociais ou Especialização (Lato Sensu) em Serviço Social ou Especialização (Lato Sensu) em Políticas Sociais ou Especialização (Lato Sensu) em Serviço Social e Políticas Públicas
8Graduação em Serviço Social e Especialização (Lato Sensu) em Ciências Sociais ou Especialização (Lato Sensu) em Serviço Social ou Especialização (Lato Sensu) em Políticas Sociais ou Especialização (Lato Sensu) em Serviço Social e Políticas Públicas
9Graduação em Ciência da Computação ou Graduação em Sistemas de Informação ou Graduação em Análise de Sistemas ou Graduação em Processamento de Dados ou Graduação em Engenharia Elétrica ou Graduação em Engenharia da Computação ou Graduação em Engenharia de Redes ou Graduação em Engenharia de Controle e Automação ou Graduação em Engenharia Mecânica ou Graduação em Engenharia de Telecomunicações ou Graduação em Engenharia Naval ou Graduação em Engenharia Aeronáutica ou Graduação em Graduação em Matemática Computacional ou Graduação em Matemática Aplicada ou Graduação em Matemática ou Graduação em Física e Especialização (Lato Sensu) em Desenvolvimento de Sistemas Computacionais de Alta Complexidade ou Especialização (Lato Sensu) em Docência do Ensino Superior ou Especialização (Lato Sensu) em Gestão de Tecnologia da Informação ou Especialização (Lato Sensu) em Educação Matemática ou Especialização (Lato Sensu) em Ensino de Matemática ou Especialização (Lato Sensu) em Matemática
10Graduação em Ciência da Computação ou Graduação em Sistemas de Informação ou Graduação em Análise de Sistemas ou Graduação em Processamento de Dados ou Graduação em Engenharia Elétrica ou Graduação em Engenharia da Computação ou Graduação em Engenharia de Redes ou Graduação em Engenharia de Controle e Automação ou Graduação em Engenharia Mecânica ou Graduação em Engenharia de Telecomunicações ou Graduação em Engenharia Naval ou Graduação em Engenharia Aeronáutica ou Graduação em Graduação em Matemática Computacional ou Graduação em Matemática Aplicada ou Graduação em Matemática ou Graduação em Física e Especialização (Lato Sensu) em Desenvolvimento de Sistemas Computacionais de Alta Complexidade ou Especialização (Lato Sensu) em Docência do Ensino Superior ou Especialização (Lato Sensu) em Gestão de Tecnologia da Informação ou Especialização (Lato Sensu) em Educação Matemática ou Especialização (Lato Sensu) em Ensino de Matemática ou Especialização (Lato Sensu) em Matemática
11Graduação em Ciência da Computação ou Graduação em Sistemas de Informação ou Graduação em Análise de Sistemas ou Graduação em Processamento de Dados ou Graduação em Engenharia Elétrica ou Graduação em Engenharia da Computação ou Graduação em Engenharia de Redes ou Graduação em Engenharia de Controle e Automação ou Graduação em Engenharia Mecânica ou Graduação em Engenharia de Telecomunicações ou Graduação em Engenharia Naval ou Graduação em Engenharia Aeronáutica ou Graduação em Graduação em Matemática Computacional ou Graduação em Matemática Aplicada ou Graduação em Matemática ou Graduação em Física e Especialização (Lato Sensu) em Desenvolvimento de Sistemas Computacionais de Alta Complexidade ou Especialização (Lato Sensu) em Docência do Ensino Superior ou Especialização (Lato Sensu) em Gestão de Tecnologia da Informação ou Especialização (Lato Sensu) em Educação Matemática ou Especialização (Lato Sensu) em Ensino de Matemática ou Especialização (Lato Sensu) em Matemática
12Graduação em Ciências Contábeis e Especialização (Lato Sensu) em Ciências Contábeis ou Especialização (MBA) em Controladoria e Planejamento Tributário ou Especialização (MBA) em Administração Financeira ou Especialização (MBA) em Controladoria ou Especialização (MBA) em Planejamento Tributário ou Especialização (MBA) em Auditoria e Perícia Contábil ou Especialização (MBA) em Administração Empresarial
13Graduação em Ciências Econômicas e Especialização (Lato Sensu) em Economia ou Especialização (Lato Sensu) em Desenvolvimento Regional ou Especialização (Lato Sensu) em Agronegócio ou Especialização (Lato Sensu) em Desenvolvimento Econômico
14Graduação em Comunicação Social-Jornalismo e Especialização (Lato Sensu) em Comunicação ou Especialização (Lato Sensu) em Gestão Pública e Meio Ambiente ou Especialização (Lato Sensu) em Marketing ou Especialização (Lato Sensu) em Educação ou Especialização (Lato Sensu) em Letras ou Especialização (Lato Sensu) em Linguística ou Especialização (Lato Sensu) em Docência do Ensino Superior ou Especialização (Lato Sensu) em Assessoria de Comunicação e Imprensa
15Graduação em Comunicação Social-Jornalismo e Especialização (Lato Sensu) em Comunicação ou Especialização (Lato Sensu) em Gestão Pública e Meio Ambiente ou Especialização (Lato Sensu) em Marketing ou Especialização (Lato Sensu) em Educação ou Especialização (Lato Sensu) em Letras ou Especialização (Lato Sensu) em Linguística ou Especialização (Lato Sensu) em Docência do Ensino Superior ou Especialização (Lato Sensu) em Assessoria de Comunicação e Imprensa
16Graduação em Física ou Graduação em Engenharia Mecânica ou Graduação em Engenharia Química ou Graduação em Engenharia Civil ou Graduação em Engenharia Elétrica e Especialização (Lato Sensu) em Física
17Graduação em Filosofia e Especialização (Lato Sensu) em Filosofia ou Especialização (Lato Sensu) em Educação
18Graduação em Geografia e Especialização (Lato Sensu) em Geografia
19Graduação em Geografia e Especialização (Lato Sensu) em Geografia
20Graduação em Letras Português ou Graduação em Letras Clássicas e Especialização (Lato Sensu) em Letras ou Especialização (Lato Sensu) em Letras e Linguística ou Especialização (Lato Sensu) em Linguística
21Graduação em Letras (Português/Inglês) ou Graduação em Letras (Inglês) e Especialização (Lato Sensu) em Letras ou Especialização (Lato Sensu) em Letras e Linguística ou Especialização (Lato Sensu) em Linguística Aplicada ou Especialização (Lato Sensu) em Linguística ou Especialização (Lato Sensu) em Ensino de Língua e Literatura
22Graduação em Ciências Sociais ou Graduação em Filosofia ou Graduação em Ciência Política ou Graduação em Sociologia e Especialização (Lato Sensu) em Ciências Sociais ou Especialização (Lato Sensu) em Ciência Política ou Especialização (Lato Sensu) em Filosofia
23Graduação em Pedagogia e Especialização (Lato Sensu) em Docência do Ensino Superior ou Especialização (Lato Sensu) em Gestão ou Especialização (Lato Sensu) em Educação
24 Graduação em Física ou Graduação em Matemática ou Graduação em Ciências Naturais e Especialização (Lato Sensu) em Física

3. FORMAÇÃO MÍNIMA EXIGIDA PARA CÓDIGOS DE VAGA QUE POSSAM TER REABERTURA DE INSCRIÇÃO COM TITULAÇÃO DE GRADUADO:

Código de Vaga

Formação Mínima Exigida

1

Graduação em Psicologia

2

Graduação em Matemática

3

Graduação em Pedagogia ou Graduação em Psicologia ou Graduação em Filosofia ou Graduação em Sociologia ou Graduação em Letras (Licenciatura) ou Graduação em Matemática ou Graduação em História ou Graduação em Geografia

4

Graduação em Pedagogia ou Graduação em Normal Superior ou Graduação em Filosofia

5

Graduação em Engenharia Florestal ou Graduação em Agronomia ou Graduação em Engenharia Agrícola

6

Graduação em Serviço Social

7

Graduação em História

8

Graduação em Serviço Social

9

Graduação em Ciência da Computação ou Graduação em Sistemas de Informação ou Graduação em Análise de Sistemas ou Graduação em Processamento de Dados ou Graduação em Engenharia Elétrica ou Graduação em Engenharia da Computação ou Graduação em Engenharia de Redes ou Graduação em Engenharia de Controle e Automação ou Graduação em Engenharia Mecânica ou Graduação em Engenharia de Telecomunicações ou Graduação em Engenharia Naval ou Graduação em Engenharia Aeronáutica ou Graduação em Graduação em Matemática Computacional ou Graduação em Matemática Aplicada ou Graduação em Matemática ou Graduação em Física

10

Graduação em Ciência da Computação ou Graduação em Sistemas de Informação ou Graduação em Análise de Sistemas ou Graduação em Processamento de Dados ou Graduação em Engenharia Elétrica ou Graduação em Engenharia da Computação ou Graduação em Engenharia de Redes ou Graduação em Engenharia de Controle e Automação ou Graduação em Engenharia Mecânica ou Graduação em Engenharia de Telecomunicações ou Graduação em Engenharia Naval ou Graduação em Engenharia Aeronáutica ou Graduação em Graduação em Matemática Computacional ou Graduação em Matemática Aplicada ou Graduação em Matemática ou Graduação em Física

11

Graduação em Ciência da Computação ou Graduação em Sistemas de Informação ou Graduação em Análise de Sistemas ou Graduação em Processamento de Dados ou Graduação em Engenharia Elétrica ou Graduação em Engenharia da Computação ou Graduação em Engenharia de Redes ou Graduação em Engenharia de Controle e Automação ou Graduação em Engenharia Mecânica ou Graduação em Engenharia de Telecomunicações ou Graduação em Engenharia Naval ou Graduação em Engenharia Aeronáutica ou Graduação em Graduação em Matemática Computacional ou Graduação em Matemática Aplicada ou Graduação em Matemática ou Graduação em Física

12

Graduação em Ciências Contábeis

13

Graduação em Ciências Econômicas

14

Graduação em Comunicação Social-Jornalismo

15

Graduação em Comunicação Social-Jornalismo

16

Graduação em Física ou Graduação em Engenharia Mecânica ou Graduação em Engenharia Química ou Graduação em Engenharia Civil ou Graduação em Engenharia Elétrica

17

Graduação em Filosofia

18

Graduação em Geografia

19

Graduação em Geografia

20

Graduação em Letras Português ou Graduação em Letras Clássicas

21

Graduação em Letras (Português/Inglês) ou Graduação em Letras (Inglês)

22

Graduação em Ciências Sociais ou Graduação em Filosofia ou Graduação em Ciência Política ou Graduação em Sociologia

23

Graduação em Pedagogia

24 Graduação em Física ou Graduação em Matemática ou Graduação em Ciências Naturais

ANEXO III

QUADRO DE CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO DE TÍTULOS

Critérios

Pontuação por item

Pontuação Máxima

a) Diploma, devidamente registrado, de conclusão de DOUTORADO, excetuado o apresentado para comprovação do requisito exigido para o cargo.

Serão atribuídos 03 pontos.

3,00

b) Diploma, devidamente registrado, de conclusão de MESTRADO, excetuado o apresentado para comprovação do requisito exigido para o cargo.

Serão atribuídos 1,5 pontos.

1,50

c) Certificado de conclusão de curso de pós-graduação, em nível de especialização, na área de formação ou área afim, com carga horária mínima de 360 (trezentas e sessenta) horas, de acordo com a Resolução CNE/CES nº 1, de 03/04/2001 ou curso de Residência Médica ou Residência Médico-Veterinária, excetuado o apresentado para comprovação do requisito exigido para o cargo.

Será atribuído 0,25 ponto para o 1º título e 0,15 ponto para o 2º título.

0,40

d) Exercício de atividade profissional de nível superior, não-cumulativa com outras quaisquer no mesmo período, na Administração Pública ou Privada, em empregos/cargos especializados na área de formação ou em área afim. Das atividades em questão estão excluídas as atividades de magistério. Para efeito de pontuação, não será considerada fração de semestre.

Será atribuído 0,1 ponto a cada seis meses, sem sobreposição de tempo.

0,20

e) Exercício de magistério em curso de educação superior na área de formação ou em área afim. Para efeito de pontuação, não será considerada fração de semestre.

Será atribuído 0,4 ponto por semestre letivo, sem sobreposição de tempo.

2,00

f) Aprovação em Concurso Público de nível superior para cargo privativo da área de formação do candidato.

Será atribuído 0,1 ponto para cada aprovação.

0,30

g) Publicações de artigos científicos completos de interesse para a área do concurso em periódicos internacionais e/ou nacionais, com Conselho Editorial (não serão aceitos resumos). Para efeito de pontuação, serão consideradas somente as publicações dos últimos 5 (cinco) anos.

Será atribuído 0,1 ponto para cada publicação.

0,50

h) Publicação de livro didático/técnico ou de interesse para a área do concurso, de autoria exclusiva do candidato. Para efeito de pontuação, serão consideradas somente as publicações dos últimos 5 (cinco) anos.

Será atribuído 0,3 ponto para cada publicação. 0,90

i) Publicação de livro didático/técnico em co-autoria, ou publicação de capítulo de livro didático/técnico ou de interesse para a área do concurso. Para efeito de pontuação, serão consideradas somente as publicações dos últimos 5 (cinco) anos.

Será atribuído 0,1 ponto para cada publicação. 0,30

j) Orientação concluída de monografia de pós-graduação lato sensu.

Será atribuído 0,05 ponto por orientação.0,15

l) Orientação concluída de dissertação de mestrado.

Será atribuído 0,1 ponto por orientação.0,30

m) Orientação concluída de tese de doutorado.

Será atribuído 0,15 ponto por orientação.0,45
TOTALIZAÇÃO MÁXIMA DE PONTOS 10,00

ANEXO IV

REQUERIMENTO DE ISENÇÃO DA TAXA DE INSCRIÇÃO E DECLARAÇÃO DE HIPOSSUFICIÊNCIA

SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA PARA PROFESSOR SUBSTITUTO - 2012.4

Nos termos do Edital nº 105/2012, de 11 de dezembro de 2012, da Seleção Pública Simplificada para Professor Substituto 2012.4/UFT, requeiro a isenção do pagamento da taxa de inscrição e apresento declaração:

IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE:

*Nome: _______________________________________________________________________

*Nome da Mãe: ________________________________________________________________

Cargo Pretendido: _________________________________________ Código do Cargo: _______

Endereço: _________________________________________________________ Nº: _________

Bairro: _________________________________________________________ CEP:__________

Complemento: __________________________________________________________________

Cidade: ____________________________________________________________ UF: _______

Tel. Residencial: (__) __________ Tel. Comercial: (__) _____________ Tel. Celular: (___)_______

*CPF: __________________________________ *Data de Nascimento: _____/______/_____ Sexo: (__) M (__) F

*Carteira de Identidade: ______________________________ UF: ______ Órgão Emissor: ________

*Data de Expedição: ______/______/_______

*NIS (Número de Identificação Social) nº: _________________________________

E-mail: ________________________________________________________________________

DECLARAÇÃO DE HIPOSSUFICIÊNCIA FINANCEIRA

Declaro, para efeito de solicitação de concessão da isenção de pagamento da taxa de inscrição da seleção pública simplificada supracitada, que apresento condição de Hipossuficiência Financeira e que atendo ao estabelecido no Edital nº 105/2012, em especial o item 5.9 e seus subitens.

Declaro também estar ciente de que a veracidade das informações e documentações apresentadas é de minha inteira responsabilidade, podendo a Comissão da Seleção Pública Simplificada, em caso de fraude, omissão, falsificação, declaração inidônea, ou qualquer outro tipo de irregularidade, proceder o cancelamento da inscrição e automaticamente a eliminação do Processo Seletivo, podendo adotar medidas legais contra minha pessoa, inclusive as de natureza criminal.

_________________________________
Assinatura do Candidato